Pessoas partidas

Pessoas partidas Diego Lops


Compartilhe


Pessoas partidas





"Pessoas partidas" traz contos, às vezes mais leves e irônicos, outras vezes mais ásperos ou violentos, que se passam em Porto Alegre, no Canadá, na Argentina, nos Estados Unidos e em outros cenários.

Em 'O homem cordial', um advogado acorda um dia e se dá conta de que lhe tiraram algo essencial, e sai à procura do que está faltando, por mais absurda que seja sua busca; em 'Passeio noturno', um professor criado pelos avós se revolta com o próprio envelhecimento; em 'O Grande Circo', uma fã de filmes antigos encontra a felicidade pelo autoengano; em 'Despedida', uma vítima de bullying planeja uma vingança enviesada. Pelos mais diversos caminhos, os 21 contos deste livro giram sempre em torno de pessoas colocadas em situações-limite que não podem ser ignoradas e que não permitem a volta à normalidade. Para as personagens das histórias aqui contidas, cada desfecho é uma transformação, o começo de uma nova história ainda não contada.

Com um texto sem lições de moral, os contos ainda misturam referências incidentais de cultura pop que vão de Heidegger a He-Man, de Platão a Pica-Pau, de Julio Iglesias a King Kong, passando por Douglas Adams, Bach, Joy Division, Milan Kundera e outras.

"Pessoas partidas" foi a obra vencedora do III Prêmio Ufes de Literatura, na categoria Melhor Livro de Contos.
Link para a compra: http://www.edufes.ufes.br/items/show/385

Contos

Edições (1)

ver mais
Pessoas partidas

Similares

(6) ver mais
A Brincadeira
Eu receberia as piores notícias dos seus lindos lábios
Cordilheira
A Mulher Mais Linda da Cidade

Resenhas para Pessoas partidas (2)

ver mais
Uma ótima surpresa!
on 31/12/16


Esse livro me surpreendeu de várias formas: os contos são profundos e tocantes (de todas as formas possíveis); o autor consegue abordar características bem realistas dos personagens, que geralmente são postos em situações fortes de conflito e questionamento pessoal. Gosto do fato de alguns contos se passarem em outros países, você se sente em movimento durante a leitura e isso é impagável num livro. Esse autor definitivamente foi um achado em 2016. Espero ansiosamente pelas próximas ... leia mais

Estatísticas

Desejam8
Trocam1
Avaliações 4.4 / 4
5
ranking 60
60%
4
ranking 40
40%
3
ranking 0
0%
2
ranking 0
0%
1
ranking 0
0%

17%

83%

Diego Lops
cadastrou em:
18/06/2016 21:52:53
Diego Lops
editou em:
18/06/2016 22:01:37