Queimada Viva

Queimada Viva Souad


Compartilhe


Queimada Viva





Quando o amor antes do casamento é sinônimo de morte. Souad tinha dezessete anos e estava apaixonada. Na sua aldeia da Cisjordânia, como em tantas outras, o amor antes do casamento era sinônimo de morte. Tendo ficado grávida, um cunhado é encarregado de executar a sentença: regá-la com gasolina e chegar-lhe fogo. Terrivelmente queimada, Souad sobrevive por milagre. No hospital, para onde a levam e onde se recusam a tratá-la, a própria mãe tenta assassiná-la. Hoje, muitos anos depois, Souad decide falar em nome das mulheres que, por motivos idênticos aos seus, ainda arriscam a vida. Para contar ao mundo a barbaridade desta prática, ela corre diariamente sérios perigos, uma vez que o “atentado” à honra da sua família é um “crime” que ainda não prescreveu. Um testemunho comovente e aterrador, mas também um apelo contra o silêncio que cobre o sofrimento e a morte de milhares de mulheres.

Edições (1)

ver mais
Queimada Viva

Similares

(8) ver mais
Vendidas
Do Outro Lado do Destino
Desfigurada
Inocência Perdida

Resenhas para Queimada Viva (12)

ver mais
on 21/3/10


É um relato chocante de uma mulher que sofreu um crime pela honra da família. Souad conta sua história desde a infância quando sofria maltratos do seu pai na Cisjordânia, a violência e opressão à mulher como atitudes usuais, o desejo desesperado pelo casamento como fuga da escravidão imposta pela família e a punição chocante para aquelas que não obedeceram as regras da sociedade. O título explica muito - Souad é queimada viva mas sobrevive e refaz sua vida na Europa, graças à uma organ... leia mais

Estatísticas

Desejam70
Trocam2
Avaliações 4.4 / 225
5
ranking 57
57%
4
ranking 29
29%
3
ranking 12
12%
2
ranking 2
2%
1
ranking 0
0%

11%

89%