Um Copo de Cólera

Um Copo de Cólera Raduan Nassar


Compartilhe


Um Copo de Cólera





"... e estava assim na janela, quando ela veio por trás e se enroscou de novo em mim, passando desenvolta a corda dos braços pelo meu pescoço, mas eu com jeito, usando de leve os cotovelos, amassando um pouco seus firmes seios, acabei dividindo com ela a prisão a que estava sujeito, e, lado a lado, entrelaçados, os dois passamos, aos poucos, a trançar os passos, e foi assim que fomos diretamente pro chuveiro."

"O corpo antes da roupa", afirma o personagem de Um copo de cólera ao narrar o que acontece numa manhã qualquer, depois de uma noite de amor, quando a aparente harmonia entre ele e sua parceira se rompe de repente. Tensa, contundente, a linguagem de Um copo de cólera alcança tal intensidade e vibração que faz desta narrativa uma obra singular da literatura brasileira, um clássico dos nossos tempos.

Literatura Brasileira / Romance / Ficção

Edições (6)

ver mais
Um Copo de Cólera
Um Copo de Cólera
Um Copo de Cólera
Um copo de cólera

Similares

(13) ver mais
islandeses
Lavoura Arcaica
Quarup
Eu sei que vou te amar

Resenhas para Um Copo de Cólera (96)

ver mais
A rudeza singular

É um clichê à espreita, mas é inevitável não falar que "Um copo de cólera" é uma novela intensa. O paulista Raduan Nassar é uma figura enigmática. O cara lançou três obras, virou um ermitão e ainda ganhou o atual maior prêmio de literatura em língua portuguesa, o Camões. Mas este livro ajuda a compreender o porquê. A força da narrativa, a intransigência da linguagem e a aspereza do diálogo formam juntos um desafio ao leitor. E é isso que faz esta obra ser tão peculiar. Vale ... leia mais

Estatísticas

Desejam337
Trocam9
Avaliações 3.8 / 2.154
5
ranking 32
32%
4
ranking 32
32%
3
ranking 24
24%
2
ranking 8
8%
1
ranking 4
4%

37%

63%

Hilton Neves
cadastrou em:
11/01/2009 10:50:14

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com a Política de Privacidade. ACEITAR