Esperança

Esperança Nana Pauvolih




Resenhas - Esperança


27 encontrados | exibindo 1 a 16
1 | 2


Karina 11/12/2021

A liberação de Marina pelo amor!
A Marina precisava de um final feliz, mesmo tendo um pouco de ranso no início dela no livro Ódio entendi todas as suas questões incapacitantes! Ela precisava de um porto seguro como Carlo para lhe devolver a felicidade perdida a tantos anos!
comentários(0)comente



Amanda 28/09/2021

Um desfecho para Marina
A história é um breve conto com um desfecho para a Marina e Carlo, personagens muito importantes na Duologia Amor e Ódio.
Marina Moreno sofreu muito em seus 27 anos de vida. Depois de ter perdido os pais, ser usada como escrava sexual por homens nojentos, ter ajudado Thomaz e Domenico na vingança contra os Montenegro e ver seus amigos se ajustando na vida, ela se sente como um peso. Assim, ela aceita trabalhar na casa de Carlo Coimbra, o homem que perdeu muito tentando ajudar a ela e aos amigos.
Carlo perdeu a esposa para o câncer e viu seu filho morrer em uma armadilha que seria para ele, tudo porque decidiu ajudar aquelas crianças vítimas daqueles homens asquerosos. Mas mesmo com tudo isso, ele nunca se arrependeu e hoje após Thomáz se casar com Caena e Domenico se ajustar com Analice, ele só se preocupa com Marina. Quando a convivência entre os dois despertar sentimentos mais intensos, ele precisa decidir se os obstáculos como passado e a diferença de idade serão maiores que seus desejos.
Assim, foi tudo muito rápido e eu achava que tanto Marina quanto Carlo mereciam um pouco mais. Mesmo com início, meio e fim, o final foi muito corrido e não mostrou os verdadeiros desafios que eles terão como um casal, como ela trabalhar pra ele, ter uma filha na mesma idade que ela, saber de todo o passado, entre outros. É um acalento no coração saber que ela também conseguiu seu final feliz, mas podíamos ter tido um pouco mais do que foi apresentado. Enfim, vale a pena para matar a saudade desses personagens!
comentários(0)comente



Bvm 30/09/2021

Ahhh quero mais 500 páginas!!!
E mais uma história da nana super bem trabalhada, um conto curtinho onde podemos conhecer melhor personagens que nos envolvem em ódio e amor. Adorei os pontos de vista de ambos, deu um maior entendimento para algumas coisas que acontecem nos livros anteriores. Nana, escreve mais um monte de páginas?
comentários(0)comente



San 24/11/2021

Boa leitura
Leitura rápida, fluiu bem.
Apesar de ter um pano de fundo pesado, a leitura é leve.
Gostei da leitura.
comentários(0)comente



Cris 30/09/2021

Marina
Como é bom ter notícias de Marina, mesmo que tenha sido um conto rápido, porém intenso como ela é.
Marina possuí marcas profundas, dos traumas gerados de um sofrimento sem tamanho.
Carlo, também é uma alma perdida, machucada pela vida e por percas irreparáveis.
A cura nem sempre é possível diante de tanta Incerteza e Confusão, mas a Esperança pode ser o sopro de Vida para um recomeço.
comentários(0)comente



@leiturasdabah 16/10/2021

"O MEDO ENTROU COMIGO. MAS TAMBÉM A ESPERANÇA"
Marina Morena guarda mágoas e dores antigas dentro de si, por conta da infância e adolescência abusiva e muito traumática que vivenciou na fazenda Negromonte, no interior de Goiás.

Anos depois, ainda cheia de ódio, ela tem a oportunidade de recomeçar e enfim tentar ser feliz. Mas como poderá fazer isso, se não tem mais nenhuma esperança?

Carlo Coimbra há salvou uma vez, e a salvaria quantas vezes fossem necessárias. Em busca de justiça pelas atrocidades que aconteciam naquela fazenda, ele acabou perdendo o filho em uma emboscada e adquirindo uma deficiência física em uma das pernas. Agora Carlo proporciona a Marina o apoio necessário para uma nova vida, sob o seu teto e proteção.

Ambos não imaginavam que uma amizade e afeição mútua que nutriram durante anos, poderia evoluir para algo mais, mas com a convivência diária, novos sentimentos e desejos acabam florescendo.

"Esperança" (18+) é spin-off da duologia "Ódio" e "Amor" que já elogiei muito por aqui que traz a história de Thomas Boa Morte e Caena Negromonte ♥️ Conhecemos Marina anteriormente, juntamente com seu passado e dores profundas através da narrativa de Thomas e Caena, e já havia me afeiçoado profundamente a ela, apesar dos pesares, pois era nítido sua necessidade de apoio emocional e ajuda psicológica.

Marina está ferida, perturbada e se recusa a ter auxílio mental. Os traumas passados a tornaram uma mulher amargurada e minaram sua auto estima e feminilidade.

Acompanhar através deste conto seu recomeço e primeiros passos rumo a cura é tocante, envolvente e libertador. E vivenciar ela aprendendo o que é amar através de Carlo, que também merece e precisa recomeçar, é emocionante.

Com uma escrita fluída, intensa e responsável, a autora nos faz matar a saudade destes personagens já conhecidos e proporciona o prazer de acompanhar o início do merecido final feliz de Marina e Carlo.

Inclusive, gostaria que a história tivesse sido mais longa, pois acabou muito rápido.

De início ao fim, cada página transborda empatia, perdão, renovação e amor

site: https://www.instagram.com/p/CVG6u61LEc5/
comentários(0)comente



Edrianascimento 28/12/2021

Recomeço
Após passar por uma vida de abuso e traumas a protagonista teve sua chance de fazer diferente. De finalmente viver.
comentários(0)comente



Nina 23/11/2021

Necessário
Esse livro foi simplesmente maravilhoso e necessário. Quem leu a duologia de Amor e Ódio de Nana, com certeza sentiu necessidade de saber mais sobre o que aconteceu com Marina e Domenico. Um conto denso, como não poderia deixar de ser, pois Mariana tem um passado cheio de traumas, mas como o próprio nome diz é um conto sobre esperança. Esperança de dias melhores, de se encontrar alguém que te ame verdadeiramente, do jeito que você é . Gostaria muito que fosse um livro mais longo, mais detalhado, pois a todo tempo o conto apontou para um final feliz, cheio de esperança como a personagem merecia, mas mesmo assim deixou meu coração quentinho. Fiquei feliz por Marina e Carlo.
comentários(0)comente



hyocha 07/11/2021

Os livros dessa autora são muito bons, ela consegue amarrar as histórias em poucas páginas, incrível o trabalho dela! Gostaria de um livro maior e mais detalhado!!
comentários(0)comente



Livros Pra Vida 25/10/2021

Encantador.
Não pensei que gostaria tanto de Marina até ler o livro dela com Carlo. No livro Ódio e Amor a gente percebe que eles vão ficar juntos, mas não imaginava que as cicatrizes dela eram tão profunda.
Amei o jeito que Carlo soube lidar com ela. Simplesmente amei esse casal ??
comentários(0)comente



17/10/2021

Adorei
Algo faltava para Carlos e Marina se abrirem para uma nova fase de suas vidas,  e junto com o novo sentimento que os une e que esses dois mereciam ,vem a esperança de que podem ser felizes juntos, Nana deu uma oportunidade tão linda de um jeito tão lindo de conhecermos mais um pouco desses dois, adorei !!
comentários(0)comente



gabriela.temponi. 27/09/2021

Quanto foi bom ver aos poucos Marina se recuperar de tudo que aconteceu em sua vida e ainda mais com uma pessoa que sempre esteve ao seu lado!!!

Um conto incrível!! amei relembrar um pouquinho mais dos personagens
comentários(0)comente



Luciana.Rodrigues 13/10/2021

Bom
Um conto pequeno com a história dos personagens. Trouxe o desfecho de Marina que sentimos falta nos livros anteriores.
comentários(0)comente



Vanessinha 16/10/2021

Um gostinho de quero mais.
No início do conto vemos um dos textos mais bem elaborados da autora. Quase um fluxo de consciência divagando de forma visceral pelos sentimentos da protagonista. Muito já foi explicado na duologia Amor e Ódio sobre os personagens envolvidos na história. Apesar de saber que o conto é apenas um recorte de uma grande história fiquei com um gostinho de quero saber mais.
comentários(0)comente



Dan 31/12/2021

Desconexo
Achei a leitura muito confusa, no final descobri que esse livro é um spin off de outro. Talvez por isso eu tenha ficado perdida.
comentários(0)comente



27 encontrados | exibindo 1 a 16
1 | 2


Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com a Política de Privacidade. ACEITAR