Quem É Você, Alasca?

Quem É Você, Alasca? John Green




Resenhas - Quem é Você, Alasca?


1000 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 |


matheus 13/08/2019

Um clássico indie
Logo no início do livro somos apresentados a uma narrativa juvenil super carismática onde é possível se identificar com as tramas vividas dentro do colégio interno. No decorrer da leitura o livro começa a tomar proporções mais sérias e dramáticas, tratando temas como vício, suicídio, relacionamento familiar e amoroso, desenvolvendo um tom mais pesado e melancolico.
Outro ponto interessante é a divisão de capítulos que é marcada por uma contagem decrescente de dias para um acontecimento não revelado, e ao descobrir o motivo deixa qualquer um em estado de choque.
A dúvida tratada no final do livro é de matar qualquer leitor e deixa livre para a livre interpretação, fechando assim o livro em um tom muito pesado, mostrando a perspectiva pós luto.
comentários(0)comente



matheus 13/08/2019

Um clássico indie
Logo no início do livro somos apresentados a uma narrativa juvenil super carismática onde é possível se identificar com as tramas vividas dentro do colégio interno. No decorrer da leitura o livro começa a tomar proporções mais sérias e dramáticas, tratando temas como vício, suicídio, relacionamento familiar e amoroso, desenvolvendo um tom mais pesado e melancolico.
Outro ponto interessante é a divisão de capítulos que é marcada por uma contagem decrescente de dias para um acontecimento não revelado, e ao descobrir o motivo deixa qualquer um em estado de choque.
A dúvida tratada no final do livro é de matar qualquer leitor e deixa livre para a livre interpretação, fechando assim o livro em um tom muito pesado, mostrando a perspectiva pós luto.
comentários(0)comente



Miley 11/08/2019

Quem é você Alasca?
Do começo ao fim do livro me identifiquei com os personagens, Alasca é uma personagem muito bem construída você precisa se por no lugar dela para entender seu misto de sentimentos e pensamentos.

Foi incrível sentir a emoção do "antes" para descobrir oq iria acontecer (mesmo eu já recebendo spoliers).

Eu me vi muito na Alasca, se fosse para mim me definir como um personagem seria ela.
O hábito de leitura seu modo de pensar é incrivelmente cativante igualmente ao de Miles.

Foi o primeiro livro que eu li do John, e se tornou meu livro da vida, nunca me apaixonei tanto assim.

É um livro avançado para o ano de 2004, mas hoje em dia faz bastante sentido.

Não vai agradar a todos, é um livro que divide opiniões, não tem muitas respostas e isso foi proporcional.
comentários(0)comente



maria 05/08/2019

De fato...quem é Alasca?
John Green é um autor beeem realista,o que é uma característica que admiro muito nele como escritor,porém esse livro é cansativo de tantos "realismos",mesmo...
O que eu digo não é apenas um discurso barato onde as pessoas,provavelmente,diriam: "Mas a vida é cruel!",não.Temos que enxergar que Alasca é uma personagem doente e misteriosa,uma representação de uma geração (de fato,real) de adolescentes doentes,e aqui não me limito a ansiedade ou depressão,mas ao comportamento ferido de Alasca,manifestado na sua maneira instigante e questionadora de viver.
Ela é uma personagem-problema que,claramente,não está satisfeita na situação em que se encontra.Alasca leva uma adolescência depravada,desvalorizando sua própria existência e baseando sua vida apenas no divertimento barato que seus "amigos","namorado" e seu consumo de drogas oferece.
Realmente é um livro que não quero ler novamente,por um lado,me mostrou a tristeza em que,grande parte,dos adolescentes vivem,principalmente nos EUA,por outro,me deixou desgostada e insatisfeita com um desfecho tão mal desfechado.
No fim das contas,realmente é impossível dizer quem Alasca é.
Ela parece uma mistura de medo,mistério e indignação.
comentários(0)comente



Patricia Manhães 28/07/2019

Esse é a exceção que faz a regra dos livros de John Green. Regra essa de livros emocionantes, cativantes e cheios de emoção.
comentários(0)comente



Letícia Moura 23/07/2019

Ótimo
Só não gostei do final da história, tirando isso ele é muito bom.
comentários(0)comente



Ari 22/07/2019

Um livro singelo
Ganhei o livro de uma amiga que não gostou do começo e não conseguiu ler, aconteceu exatamente o mesmo comigo, achei o começo meio cansativo, mas insisto na leitura, começou a ficar interessante, porém não é aquela leitura que te arrebata como "a culpa é das estrelas" por exemplo. Conta a história de um garoto que quer recomeçar a vida e decide deixar os pais e partir para o colégio interno que o pai havia estudado , ele tinha uma grande necessidadebdo sentimento de pertencimento, e ele realmente encontrou isso no colégio e muito mais que isso, encontrou uma garota que o ensinou que o grande talvez que ele tanto procurou , poderia ser um tanto quanto doloroso , recomendo a leitura para quem quer ler um romance leve, apesar de conter um drama que te deixa de coração partido ....
comentários(0)comente



Raquel 19/07/2019

Como sair desse labirinto de sofrimento ?
O começo do livro é entediante e bem parecido com outros livros de John Green, por isso não me empolguei tanto, parecia que eu estava lendo outro cliche adolescente.
Porém, no meio do livro a trama começa a ganhar forma e a ser envolvente, e as questoes abordadas começam a fazer com que voce queira ler mais e mais.
E o final, te faz fletir sobre sua vida, lhe faz pensar sobre a vida que quer ter, o caminho que quer seguir e sobre recomeçar.
Recomendaria esse livro para jovens que buscam um rumo pra a vida.
comentários(0)comente



Bianca. 19/07/2019

Bonitinho, mas superestimado.
comentários(0)comente



Duda.Nascimento 16/07/2019

Com toda certeza um dos melhores livros que já li , nos faz pensar e refletir em toda leitura ....é perfeito!!
comentários(0)comente



Ariane 15/07/2019

Como sair desse labirinto?
O começo do livro não é muito interessante, e sim chato e entediante. Ao continuar a leitura, a história começa se tornar cada vez mais misteriosa e intrigante.
O livro sem dúvidas é ótimo. Nos faz refletir muito sobre como podemos sair desse labirinto (seja ele de sofrimento, raiva, solidão...) e, principalmente, como podemos ajudar o outro a sair desse labirinto.
comentários(0)comente



Kauan.Antunes 12/07/2019

Alasca?
No começo esse livro me deu nos nervos, me parecia muito desinteressante, porém, não desisti de lê-lo (tantas críticas positivas deviam ter algum motivo, não é mesmo?).

Mas após um tempo a história começou a me envolver, ou vise e versa e eu acabei me apaixonando por essa história, pois ela me fez refletir bastante.

Então se você está lendo esse livro e está totalmente desinteressante, por favor, insista nele, não vaise arrepender!!!
comentários(0)comente



Bacon Brown 07/07/2019

O dessenvolvimento gradativo dos personagens e a escrita do John green, fazem de Quem é você Alasca? um de seus melhores livros...
É incrível observar como a vida do Miles (e sua personalidade) vai mudando durante o decorrer das páginas. Tudo isso por causa dos novos vínculos criados na Culver Creek com personagens que são muito bem desenvolvidos e que não estão ali apenas para preencher buraco no enredo (personagens que acabam de alguma forma preenchendo buracos internos no leitor e o fazendo se identificar aos poucos com cada um deles). Green faz com que você conheça as últimas palavras de várias pessoas, mas não permite que você fique sabendo as últimas palavras da pessoa que responderia o grande questionamento dos leitores de quem é você Alasca: FOI ISSO, OU AQUILO?

E é fatídico dizer que a separação da narrativa em ANTES e DEPOIS acaba deixando o leitor tão instigado a desvendar o que aconteceu que acaba devorando o livro em menos de dois dias (e logicamente fazer com que leitores como eu dêem uma espiada no final do livro... Coisa que não recomendo fazer
comentários(0)comente



Adriel_Bispo12 06/07/2019

Quem é Você, Alasca?
------MINHA OPNIÃO-----
QUE LIVRÃO! EU AMEI TODOS OS PERSONAGENS! ELE É ÓTIMO! É UM ROMANCE, UM DRAMA É UMA COMÉDIA... ESSE LIVRO É UMA MISTURA DE EMOÇÕES DE EXPLODIR A CABEÇA; TIPO... NÃO TENHO MUITAS PALAVRAS PARA DESCREVER ELE, SÓ SEI QUE... AMEIIII!!!!
comentários(0)comente



carolzita 29/06/2019

Surpreendente
Eu tinha baixas expectativas quando comecei a ler, mas ao longo da leitura me surpreendi. O final foi chocante, mas acho que foi na dose necessária.
Lica 05/07/2019minha estante
Como faço pra ler livro nesse aplicativo?




1000 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 |