Poemas e Cartas a um Jovem Poeta

Poemas e Cartas a um Jovem Poeta Rainer Maria Rilke




Resenhas - Cartas a um jovem poeta


116 encontrados | exibindo 1 a 16
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 |


Vinicius 24/01/2021

Ótima surpresa
Cheguei até a leitura através de uma citação no livro "O corpo guarda marcas" do psiquiatra Bessel van der Kolk. Me surpreenderam os paralelos entre os conselhos ao escritor iniciante e as ideias contidas nas filosofias orientais, sobretudo no Yoga. Livro para ser relido e degustado muitas vezes mais.
comentários(0)comente



Polly 18/01/2021

Terapia
Um mergulho na profundidade humana em 45 páginas.

"(...) Voltar-se para si mesmo e sondar as profundezas de onde vem a sua vida; nessa fonte o senhor encontrará a resposta para a questão de saber se precisa criar."

"Pois, se pensarmos a existência do indivíduo como um cômodo de dimensões maiores ou menores, revela-se que a maioria de nós só chega a conhecer um canto de seu quarto, um local perto da janela, uma faixa na qual se anda para lá e para cá."
comentários(0)comente



Paloma.Ferreira 08/01/2021

Rilkiana
Rilke é talvez o poeta mais solitário que já encontrei. A sua força e fé na vida são extremamente enormes e estes itens o fazem crer numa vida cotidiana, simples, mas ao mesmo tempo, incentiva a sair da zona de conforto.
As cartas são muito bem escritas e tem uma denotação muito realista do seu modo de ver e pensar. Rilke foi muito autêntico.
Os seus poemas são recheados de observações pessoais, mas ao mesmo tempo, transmitem uma magnitude de mundo. Mesmo que seja o mundo do seu próprio eu.
E é neste Eu que Rainer Maria Rilke aprofunda sua experiência de vida. As linhas do livro nos leva a refletir e nos convida a conhecer nossa máxima, se é que isto é possível. E é nesta dicotomia que a solidão penetra nossa vida. Aprender a ser sua própria companhia, olha mais para si, seus defeitos, erros, anseios, medos, tristezas (ou que possam acontecer) e não ter medo deles. Saber que cada sentimento, cada aflição é o que te torna forte, sábio, você. Só nunca esqueça da meninice guardada em si.
Ela sempre está aí dentro de si.
comentários(0)comente



Kelly Bacelar 07/01/2021

Livro de bolso, estruturado em forma de cartas curtas, mas com reflexões filosóficas profundas sobre a vida. Vale a releitura de tempos em tempos.
comentários(0)comente



@umapaixaochamadalivrosblog 02/01/2021

Filosófico.
Bom dia leitores,
Minha 1° #leitura do ano foi esse #livro curto (que um outro exemplar será sorteado dia 10) que pode ser lido rapidamente. Achei-o filosófico. O início nos introduz à vida do autor. Trata-se de cartas do Rainer remetidas a um jovem poeta, que após a morte do autor, resolveu publicar seus escritos por acreditar na genialidade das palavras escritas. Entre 1903 a 1908, o livro traz dez cartas, com temas sobre a vida e a morte, principalmente sobre ser original naquilo que se propõe, fugindo do óbvio (serve para nós, blogueiros literários), sobre o amor para além do romântico, do homem comum, a conexão com nossas dúvidas e perguntas, que todos nós não somos tão livres quanto gostaríamos e pensamos, sobre convenções, sobre aprendizado e em especial sobre nossa solidão, natural e de todos. O autor tem um olhar nostálgico, calmo e paciente para a vida. Chegando a ser melancólico. Gostei.

Para participar do sorteio: www.instagram.com/umapaixaochamadalivrosblog

#cartasaumjovempoeta #rainerrilke #lpm #2020 #pocket #literaturaaustriaca #notaquatro #filosofia #naoficcao #livrodebolso #amoler #literatura #leitora #lendo

Beijos e até a próxima.
comentários(0)comente



Emanuela 28/12/2020

Como resenhar sobre um livro, no qual lemos: “Não há nada que toque menos uma obra de arte do que as palavras de uma crítica: elas não passam de mal-entendidos mais ou menos afortunados”?

O pior, ou talvez o melhor, de “Cartas a um jovem poeta” é que não nos deparamos com um personagem, mas é o próprio Rilke que nos fala. No livro, uma coletânea de cartas que o autor enviou a um aspirante à poeta, se revelam plenamente a beleza da prosa do escritor tcheco e a riqueza de seu pensamento.

Saber que estamos diante de Rilke, que sequer imaginava ao escrever aquelas linhas que elas se converteriam em mais um livro com sua assinatura, é estimulante. A sensação não poderia ser outra: parece que cada palavra foi endereçada a nós. Tudo bem que nem todos somos exatamente poetas, mas é certo que quando um autor escreve um livro ou um texto qualquer que seja, o escrito já não é apenas dele, mas de todos que podem ter-lhe acesso. Pode-se pensar que o leitor nada pode agregar, mas ao contrário, é justamente ele quem emprega sentido à existência da obra. Assim, torna-se parte da arte e a toma para si.

Poderíamos, assim, co-produtores da obra, fazer alguma crítica? À “Cartas a um jovem poeta”, não. Isso porque não há muito o que falar do livro - acabaríamos sendo injustos com o pensamento de Rilke – há, no entanto, o que ler, o que sentir, o que pensar, o que se permitir. Por tudo isso, é uma obra para ser lida e relida continuamente, pois a cada nova leitura, encontraremos algo novo.
comentários(0)comente



Belly 27/12/2020

Paciência ??
É um sentimento muito complexo explicar como essas cartas para uma outra pessoa pode tão bem refletir os anseios da nossa alma. É simplesmente algo pra se manter por perto sempre e que lhe oferece muitas lições basta você querer aprender.
comentários(0)comente



F. C. Gonçalves 23/12/2020

Uma obra prima sobre nós mesmos
Cartas a um jovem poeta foi um daqueles livros que li que me trouxe um sentimento de tristeza ao finalizá-lo. a profundidade que perguntas simples sobre a existência e sobre as angústias que Rilke discutia são fantásticas. De longe, uma de minhas melhores leituras!
comentários(0)comente



Beatriz Rosa 20/12/2020

Interessante
Muito interessante, para ser poeta é preciso refletir sobre nós e nosso meio. Um livrinho simples mas que com certeza deve ser relido de tempos em tempos.
comentários(0)comente



Beth 14/12/2020

Livro lindo
Livro lindo, curtinho que se lê em um dia, porém não se engane, pois trás grande reflexões para a vida.
Com certeza pretendo reler.
comentários(0)comente



Miriam.Brito 08/12/2020

Um livro emocionante eu diria! Para aspirantes de qualquer área. Nós faz refletir.
comentários(0)comente



Jardel Leite 03/12/2020

Não somente para um jovem poeta
O que esperar de cartas escritas por um poeta alemão do século XX à um jovem que pede orientações para se tornar também um grande poeta?
Leia e receba algo mais do que simples conselhos. Aqui, além de entender o que pode definir se seu destino é ou não viver para a arte e para a poesia, há um pouco de filosofia; da necessidade da solidão, do olhar para "dentro", do auto conhecimento, das razões da tristeza, da transformação, do amor! Lições de vida!
comentários(0)comente



yas 30/11/2020

Sem dúvidas um dos livros mais inspiradores que li na minha vida, certamente lerei novamente para novos olhares.
comentários(0)comente



Camila Borges 21/11/2020

"a própria arte é uma forma de vida"
Nas cartas que escreve ao jovem poeta Franz Kappus, Rilke o aconselha sobre a arte, o amor, a solidão, a natureza, a tristeza, a paciência e vários outros temas. Impossível não sentir a ternura em cada palavra dele, fiquei encantada. É perceptível que ele realmente encarava a arte como "uma forma de vida".
comentários(0)comente



Nathalia 14/11/2020

basta, como foi dito, sentir que seria possível viver sem escrever para não ter mais o direito de fazê-lo

Cartas a um jovem poeta, não apenas ao Kappus com quem Rilke troca as cartas, mas também ao jovem poeta dentro de cada um de nós, leitores. Um manual de instruções, eu diria. Que livro sucinto e genioso. Os temas abordados por Rilke nestas poucas páginas, são os mais comuns até os dias de hoje, mesmo depois de tanto tempo escritos. Solidão, sexualidade, religião, dentre outros temas comuns abordados pelo autor, foram caminhos para um diálogo intímo tranformando as poucas cartas em um livro para se ter na cabeceira da cama pelo resto de sua vida. Este livro com certeza entrará na lista de livros que lerei novamente, pois cada frase é um ensinamento e cada palavra é uma vivência.

Recomendo muito!! Este livro será sem dúvidas um divisor de águas em sua vida, como cidadão, leitor e/ou escritor.
comentários(0)comente



116 encontrados | exibindo 1 a 16
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 |