Poemas e Cartas a um Jovem Poeta

Poemas e Cartas a um Jovem Poeta Rainer Maria Rilke




Resenhas - Cartas a um jovem poeta


62 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4 | 5


Gabriel.Tesser 05/07/2019

Tenha na sua estante
Eu não sou muito fã de poesia. Confesso, porém, que na minha adolescência consumia e rabiscava alguns versos. Achava que expressar o sentimento era preciso através das palavras que vinham fragmentadas, surgidas do interior, do mais profundo íntimo e da necessidade de escrever. Essa mesma necessidade, após anos, tem se tornado minha mais nova obsessão. Aprender as palavras, a sintaxe, a forma e estética, tem sido minha rotina diária. Livros e mais livros, estudos, conversas e a paciência da minha amada @lirianepompiani têm sido minha força motriz. Este livro foi um achado. Estava em um loja local esquecido, escondido, como uma obra a ser consumida pelo tempo. As cartas de Rilke fizeram todo o sentido do meu tempo agora, e por isso não há o que se falar da qualidade do conteúdo, do incentivo auspicioso que René (Rainer) expressa em suas cartas. Só há o que sentir. Se você trabalha com texto, gosta disso, este livro é essencial. Tenha-o em sua biblioteca.
comentários(0)comente



Carla 17/06/2019

Rilke fala com você
Realizei a releitura de Cartas a um jovem poeta de Rilke 10 anos depois de ter lido pela primeira vez.
A releitura, já mais amadurecida pela vida, me trouxe novas perspectivas e me chamaram atenção novos aspectos.
Rilke fala diretamente com o leitor nessa obra. Suas cartas, dirigidas a um poeta iniciante, falam de arte, de vida, morte, solidão e amadurecimento.
Falam de dor e de como sofrer nos traz algo de bom e constitue o que somos.
Qualquer um de nós pode se colocar no lugar do jovem poeta destinatário das cartas e receber os conselhos de um sábio Rilke, iluminado, inspirado e amigo.
comentários(0)comente



claudio.louzd 28/05/2019

Vale pelas duas primeiraa
Meu primeiro contato com Rilke foi ótimo. As duas primeiras cartas empurram qualquer um ao caminho da poesia. Quanta poesia em prosa!
comentários(0)comente



ianagrecco 08/04/2019

De aquecer o coração
Livro muito gostoso de ler, que traz varias reflexões pra vida, além de aconselhar aqueles que seguem alguma profissão com viés criativo, não somente escritores. Pra mim, a melhor descrição que posso dar é a dessa sensação de dar um ?quentinho? no coração :) grata surpresa
comentários(0)comente



Guardiã de Portais 11/03/2019

De autor para autor
Houveram certos momentos onde pensei que as cartas eram para mim.
Através de palavras cultas e claras, Rilke descreve de forma, arrisco dizer, quase que perfeita os maiores carmas da vida de um autor. Tanto famoso quanto iniciante.
Isso inclui o espírito artístico, os pontos de vista, toda inspiração e solidão que cerca essa vida de tantos poréns.
Me identifico com a obra, que além de renovadora, nos traz uma nova ideia de tempo e companhia. Além de relações humanas e conflitos internos que atormentam a mente do homem desde muito antes de 1903.
comentários(0)comente



Vitória 31/01/2019

Sobre as cartas
Enquanto eu lia as cartas pareciam que tinham sido escritas para mim. Amei!
comentários(0)comente



Daniel.Simoes 16/01/2019

Livro curto, com algumas cartas escritas por Rilke a um jovem poeta. Há muita sabedoria nesse livro, escrito com simplicidade. As reflexões que mais gostei foram sobre como os homens não levam a sério o sexo como deveriam (e como os outros seres da natureza levam) e sobre como nós devemos buscar as dificuldades para progredir.
comentários(0)comente



Bruna 30/12/2018

Esplêndido
"Se o cotidiano lhe parece pobre, não o acuse: acuse-se a si próprio de não ser muito poeta para extrair as suas riquezas."
comentários(0)comente



Josué Júnior 15/12/2018

As cartas do Rilke carregam conselhos essenciais para todo jovem; sua valorização do autoconhecimento e de abraçar a vida justamente por ser difícil. tudo com uma camada poética e metafórica linda, escrito numa fluidez capaz de transmitir uma sensação de conforto.
o poema final é simplesmente uma das obras mais incríveis que já li na vida, sem mais!!
comentários(0)comente



Cami 21/11/2018

Muito bom!!!!
O livro traz inúmeros pensamentos mais íntimos, acredito que dê muitas pessoas, então por vários momentos parece que o autor está falando diretamente com nós. Ótimo livro para ler novamente quando estiver pensando demais na vida
comentários(0)comente



Juliana 01/08/2018

Cartas a um jovem
Esse livro poderia se chamar simplesmente "Cartas a um jovem", já que Rilke aconselha como um pai.
Com certeza, é um daqueles livros que eu gostaria muito de ter lido na minha adolescência.
O modo como Rilke se mostra aberto aos incontentamentos do jovem poeta, mesmo sem a gente saber exatamente quais são, demonstra como eles são universais aos jovens e, mais ainda, a todos os homens.
O principal conselho do autor ao seu interlocutor é o exercício da paciência para que a vida revele por si mesma o que ela reserva. Quisera eu ter tido ouvidos para escutar esses conselhos mais cedo. Rilke, ao contrário de podar um ímpeto de juventude, abraça o jovem poeta e demonstra que ele não está sozinho nessas agruras.
Esse é um livro para se ter sempre ao alcance.
comentários(0)comente



Lígia Araújo 21/04/2018

Após arruinadas tentativas de publicar de seus versos, um jovem poeta, Franz Xaver Kappus, escreve para um dos maiores poetas do século XX, Rainer Maria Rilke, solicitando a leitura de seus versos e também uma opinião sobre a qualidade de sua escrita. Em meio às cartas trocadas (ao todo foram dez entre 1903 e 1908), Rilke meticulosamente induz seu interlocutor a uma avaliação de si mesmo, para que de fato ele sinta se é isso mesmo o que quer para si no futuro. A partir daí nasce uma profunda reflexão sobre a importância da solidão e do sofrimento para o criador, quão bom pode ser a tristeza se utilizada de forma correta. Quanto ao amor, Rilke deixa claro quão necessário é paciência e maturidade para que tudo se proceda de forma natural. Uma história envolvente que nos faz refletir sobre o que somos, o que queremos para o futuro o quão solitário somos e o quanto isso é necessário para nós enquanto humanos.
comentários(0)comente



Angelo Pessoa 14/04/2018

Não se deixe enganar pelo título banal.
Ganhei este livro de presente - minha amada Flávia Mélo que já se foi, infelizmente! - e confesso que, à primeira vista, fiquei decepcionado com o péssimo título, pois não conhecia o autor na época. Em cada carta há tanta verdade e tantas leituras que até hoje o releio. Pois mudou minha visão em relação à alguns conceitos nos quais acreditava. Sim, mudou minha visão em relação a pelo menos uma verdade que trazia há tempos. Rilke tornou-se, pra mim, depois desta inesquecível leitura (leituras!), um dos escritores mais importantes em minha vida. Sem exagero ou qualquer favor em relação a sua obra. Como dizia Flávia: "Rilke reverbera!". Eu diria que explode certezas! Imperdível!
comentários(0)comente



ViagensdePapel 29/08/2017

Depois de anos recebendo a indicação da minha amiga de infância Mallu (também colunista do blog) a respeito da obra Cartas a um jovem poeta, decidi embarcar na leitura. Com pouco mais de 100 páginas, o livro traz dez cartas escritas por Rainer Maria Rilke, entre 1903 e 1908, endereçadas ao jovem poeta Franz Xaver Kappus. Esta edição, publicada pela Biblioteca Azul, traz também a obra “A canção de amor e de morte do porta-estandarte Cristóvão Rilke”, um poema escrito em uma noite de 1899.

Após prefácio de Cecília Meireles, também tradutora do poema que compõe a segunda parte, o livro conta com uma breve introdução feita por Franz Xaver Kappus. Nela, o jovem poeta conta como decidiu encaminhar, em 1902, alguns de seus poemas à Rainer Maria Rilke, que admirava muito na época. A ideia era pedir conselhos para sempre aprimorar sua escrita. Junto aos poemas, enviou uma carta de apresentação, que resultou em uma correspondência até 1908.

O livro apresenta dez cartas escritas por Rainer Maria Rilke. Apesar de pedir conselhos sobre suas poesias, Franz recebe muito mais do que isso. Com tom filosófico e poético, as cartas falam – e guiam o leitor – sobre a formação humana e sobre a vida. Propõem inúmeras reflexões e apresentam novos horizontes sobre diversos assuntos, como a arte da escrita, o amor, a solidão, entre tantos outros.

Por ser uma obra curta e em formato de cartas, a leitura é muito rápida, além de envolvente. Apesar de um pouco mais rebuscada, a escrita não é difícil de entender e não exige muito esforço. Além de valer a pena conhecer a principal obra de Rilke, seus textos trazem diversos ensinamentos. Já a segunda parte da obra, “A canção de amor e de morte do porta-estandarte Cristóvão Rilke”, é uma breve história épica sobre um porta-estandarte que, após chegar ao castelo, sofre uma reviravolta em sua vida. Escrito em apenas uma noite, o poema apresenta uma importante parte da faceta literária de Rilke.

A edição da Biblioteca Azul, apesar de simples esteticamente, possui cuidado especial e admirável com o conteúdo do livro. Além do prefácio, introdução, cartas e poema, a obra conta com um posfácio que apresenta o discurso de Robert Musil, um dos mais importantes nomes da literatura alemã, proferido pouco tempo após a morte de Rainer Maria Rilke. Musil fala, em seu texto, sobre a importância de Rilke e avalia o autor como o “maior poeta que os alemães possuíram desde a Idade Média”.



Leia a continuação da resenha, acesse o link abaixo:

site: http://www.viagensdepapel.com/2015/06/07/resenha-cartas-a-um-jovem-poeta-de-rainer-maria-rilke/
comentários(0)comente



Biahhy 27/08/2017

Um dos melhores dos melhores livros dos ultimos tempos
Neste livro por meio de 10 cartas que Rilke manda para esse jovem que almeja em ser escritor e poeta, vemos muito mais que respostas do Rilke para alguém que quer ser poeta e não sabe como, ele da dicas, fala de experiencias da vida, expõe em suas cartas seus pensamentos e opiniões sobre diversos aspectos da vida, do desejo de escrever, sobre Deus, sexo, relacionamentos, solidão, e muito mais, um dos melhores livros que já li e um dos melhores livros de cartas.

site: https://biahhysilva.wordpress.com/2017/08/28/cartas-a-um-jovem-poeta-rilke/
comentários(0)comente



62 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4 | 5