Postais do Coração

Postais do Coração Ella Griffin




Resenhas - Postais do Coração


46 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4


Fernanda 15/01/2013

LINK DA RESENHA > http://segredosemlivros.blogspot.com.br/2013/01/resenha-postais-do-coracao-ella-griiffin.html


Resenha: Confesso que ouvi vários comentários a respeito desse livro, e estava meio receosa em ler Postais do Coração. Gostei bastante da história e do enredo em si, porém achei a narrativa um pouco cansativa e repetitiva. Por exemplo, o livro é dividido em três partes, mas comecei a gostar mais na última parte, quando as coisas realmente foram acontecendo.

Sadbh Martin, mais conhecida como Saffy, namora Greg Gleeson há seis anos e depois de todo esse tempo, ela acredita que está mais do que na hora de passarem para o próximo passo. Porém ele não está no mesmo ritmo que ela. Ele é ator e trabalha em uma série chamada “A estação" atuando como um bombeiro bonitão e disputado. Diga-se de passagem que ela tem que disputar a atenção dele, com diversas outras garotas. Greg ainda é meio bobo, não sabe muito o que quer da vida, diferentemente de Saffy. Os dois parecem viver em estados opostos da vida, enquanto um parece estar descobrindo o que quer, e o outro quer batalhar pelos seus ideais.
E quem nunca viveu uma situação parecida com essa, né? Não necessariamente nesta situação, mas quando alguém entra em desacordo com você ou é avesso as suas opiniões. Claro que o caso de Saffy é bem difícil mesmo. Imagina viver seis anos com uma pessoa e ela não ter certeza se quer casar mesmo. Complicado!


Ao longo da história conhecemos a vida profissional e afetiva de Saffy. Ela tem um relacionamento meio difícil com a mãe Jill, e não sabe lidar muito com isso, sendo que ela apresenta uma personalidade tempestuosa, confusa e repleta de ressentimentos. Acontece que a mãe esconde certos segredos da filha, e algo vai transformar a sua vida e os seus ideais.
Entram em cena também, um casal – Jess e Connor – que são amigos de Greg e Saffy. Os dois vivem juntos e são pais dos gêmeos Lizzie e Luke e são bem diferentes do outro casal. Connor não está nem um pouco contente com a sua realidade, ele dá aulas, porém não gosta do que faz e passa horas escrevendo para poder publicar seu livro. Diferentemente de Saffy, Jess não quis e nem pensa em casar e Connor quer muito mudar a opinião dela em relação a isso.

Os dois casais acabam vivenciando certos conflitos que irão mudar as suas vidas. E chega um ponto que o leitor já não sabe mais como a situação vai terminar. Por fim, ambos escondem certos segredos e chega um momento em que ficam enrolados diante de um situação complicada e um tanto desconexa.
Todos os personagens apresentam ter uma ligação entre si, sendo que na minha opinião, o foco do livro se mantém nas escolhas das pessoas. Cada um tem que saber escolher qual caminho seguir e deve saber que precisa abdicar e renunciar algumas coisas para viver ao lado de quem se ama. Sem esses ideais, acredito que nenhuma relação vai pra frente. Postais do Coração nos remete a uma história reflexiva diante das ações humanas, atitudes compulsivas e ações desnecessárias. É uma trama comum, que podemos vivenciar ou mesmo conhecemos alguém que passa pelos mesmos problemas e casos. E é isso que aproxima o leitor e faz com que entenda melhor as cenas e consiga visualizar e entender tudo o que a autora nos quis passar.

LINK DA RESENHA > http://segredosemlivros.blogspot.com.br/2013/01/resenha-postais-do-coracao-ella-griiffin.html
comentários(0)comente



Saleitura 18/01/2013

Postais do Coração by Jaci Clemente ( Pandora)
Nos últimos tempos tenho visto que as autoras irlandesas estão em alta, com sua escrita leve, divertida, abordando os dilemas das mulheres de classe média na faixa dos 30 anos, elas estão ganhando cada vez mais espaço no mercado editorial. Cecelia Ahens (autora de P.S. Eu te amo), Marian Keiyes (autora de Melancia) e agora Ella Griffin são exemplos de autoras irlandesas de sucesso considerável.

Confesso que não desgosto nem um pouco dessa tendência, tenho curtido conhecer Dublin, voar pelas verdes paisagens irlandesas e me acabar de ri com as situações inusitadas nas quais essas autoras costumam colocar suas personagens vez em sempre. Tem sido muito divertido ler o que essas meninas escrevem.

Em “Postais do coração” todos os elementos acima citados aparecem: situações constrangedoramente divertidas, Dublin e paisagens irlandesas somadas a história de como alguns homens e mulheres se apaixonam, desapaixonam e voltam a se apaixonar amadurecendo de forma significativa no processo. É uma leitura leve e, sem aparentes pretensões didáticas, faz pensar sobre as idas e vindas da nossa vida.

Saffi e Greg, Conor e Jess são os casais em torno dos quais toda a história se desenrola e nós os pegamos justamente no momento no qual as relações deles vão passar por um momento de tensão, aquele momento no qual a gente pensa ou você “Dobra ou Desiste”.

Saffi, uma publicitária de sucesso, vive um relacionamento estável com Greg, um ator protagonista de um seriado de sucesso na televisão irlandesa, apesar de toda estabilidade do relacionamento a Saffi quer algo mais, ela quer casar... Mas... Bem... Inicialmente o Greg não e essa negativa do Greg bem no dia dos namorados empurra os dois para a primeira crise do relacionamento e um processo de reavaliação da relação dos dois.

Conor e Jess também vivem a delicia e a dor das longas relações estáveis, eles moram juntos em uma casa pequena com um casal de gêmeos e seus bichinhos de estimação, são deliciosamente apaixonados. A vida deles é uma bagunça adorável e, apesar falta de dinheiro constante, são felizes juntos, porém quando o Conor decide escrever um livro e vê uma chance desse livro ser publicado surge uma tensão entre o casal nunca antes vista. A Jess é afligida pelo medo de perder a melhor parte de sua vida e o Conor sente o peso da incompreensão e fica até o ultimo momento do livro a questão: “será que eles dobram isso ou será que vão desistir?”.

Adorei a história que Ella Griffin contou em “Postais do Coração”, o livro é redondo, não encontrei sobras e nem lacunas na história. Tudo nesse texto flui como um rio de águas límpidas em sua trajetória para o mar. Ella sabe ser delicada, reflexiva e divertida, não vulgariza as pessoas ou situações, não perde o fio da meada, não faz de nenhum dos sujeitos da história potenciais vitimas, todos estão aqui na vida, sofrendo, sorrindo e aprendemos, como cada um de nós.

“Postais do Coração” me fez pensar que todos cometemos erros e vez ou outra fracassamos em algo, mas isso não nos tira o direito de encontrar em qualquer esquina, curva ou na gôndola de um balão a felicidade. Espero ter a oportunidade de ler muitas outras histórias contadas por por Ella Griffin, ela já se tornou uma das minhas irlandesas preferidas.

Resenha by Pandora
http://www.skoob.com.br/usuario/62017-pandora

Link Postagem na Saleta de Leitura
http://saletadeleitura.blogspot.com.br/2013/01/resenha-do-livro-postais-do-coracao-de.html
Cris Aragão 12/05/2013minha estante
Eu gosto desses romances que deixam de lado a temática sobrenatural, os mocinhos heróicos e perfeitos e o mundo da fantasia. Se a história é bem escccrita e os personagens parecem fazer parte da vida real, melhor ainda.


Rosiclecia 13/05/2013minha estante
Amei saber que o livro trata de relacionamento e de coisas corriqueiras do dia a dia, o que denota que podemos ter uma raiva dos personagens uma hora ou outra, uma vez que sempre é melhor analisar a vida alheia do que a nossa, onde não conseguimos ver nada.


Belle 13/05/2013minha estante
Quando li a resenha amei a historia....gosto de historias falando sobre relacionamento,........


Fla 13/05/2013minha estante
Amo romances, é meus livros favoritos para ler ^^ gostei mt da sua resenha está ótm.


Andréia 19/05/2013minha estante
Amo romances, quero ler esse livro!


DomDom 19/05/2013minha estante
Essa história vem mostrar que por mais legal que a sua vida está, nunca estamos satisfeitos. Sempre buscamos algo que inicialmente não nos faz falta, ou pelo menos não achávamos que fazia falta.
O livro me parece ser bem interessante, e se está todo certinho, sem pontas soltas nem nada, está mais do que anotado na minha listinha de futuras aquisições.


Sue 20/05/2013minha estante
Maravilhoso esse romance, amo romances, quero demais ler...


NESSA 22/05/2013minha estante
Oi Jaci,também concordo que as autoras irlandesas estão em alta.Adorei sua resenha e ganhei o livro e agora vou começar a ler e acompanhar Saffi e Greg, Conor e Jess.
Gostei da parte de ter reflexões que nos faz pensar sobre as idas e vindas da nossa vida.
Livros assim tornam a leitura agradável e fluída,as autoras tem uma sensibilidade,talento e criatividade que encantam os Leitores,as histórias são emocionantes,leves com momentos divertidos,com amor,amizade e reflexão.


Beth 25/05/2013minha estante
É bom encontrarmos escritores que saibam colocar tão bem a vida a dois,seus conflitos e dúvidas.É isso que realmente acontece e que nos faz crescer.Muito bom.Adorei.Amo essas mulheres excepcionais e tão capazes.


Sabrina Piano 25/05/2013minha estante
Bela resenha, acho que esse livro é um daqueles que deixa o leitor refletindo, acho muito interessante essas autoras que conseguem expor os conflitos de personagens tão divinamente como essa autora conseguiu.




Aline Souza Eng 07/01/2013

Bom, mas poderia ser melhor.
A história é bonita, se desenvolve bem, mas me deixou meio desorientada no final. Parece que a autora foi escrevendo e de repente lhe faltaram poucas páginas para finalizar a história, então ela fez o fechamento na correria. Do nada as coisas acontecem e não há muita explicação.

Durante todo o livro também percebi que a narrativa passava de uma ponto a outro e eu levava um tempo para me localizar. Falava sobre os pensamentos de um personagem e sobre uma época específica e repentinamente já se tratava de outra pessoa ou um outro momento. Então, conforme eu lia, percebia que estava perdida e tinha que voltar.

Outra coisa que me incomodou (mas nesse caso a culpa é da editora) foi a capa. A autora relata Greg como um baixinho bonitão e Conor como um homem alto e corpulento. Logo, percebe-se que não tem nada a ver com os dois homens da capa. Um é baixo e corpulento e outro alto e magro.

Na minha opinião, se você vai fazer uma capa que remeta aos personagens, tem que ler o livro para saber suas características e segui-las. Caso contrário, não ponha pessoas. Isso me decepcionou bastante e me fez demorar mais para me conectar aos personagens.

Mas apesar dessas falhas, é um livro gostoso e fácil de ler. Tanto é que acabei em 3 dias. Vale a pena.
tiagoodesouza 09/01/2013minha estante
Não acho que a editora quis retratar os personagens na capa. Não exatamente, as capas da NC normalmente são mais conceituais. E outras editoras também não levam ao pé da letra criar uma capa remetendo aos personagens da história. Exemplo disso é a série Fallen, da Lauren Kate. A modelo na capa tem os cabelos compridos e a Luce tem o cabelo curto. Mas são detalhes.

Quanto ao fato de mudar o ponto de vista, isso não me incomodou. Acho que a autora deixou bem claro quando partia para o de outro personagem.




Rose 30/04/2014

O livro fala sobre a vida e decisões de 2 casais de amigos, saffy e Greg e Jess e Connon.
Saffy e Greg namoram há anos e ela acha que já está na hora de casar, coisa que Greg nem pensa. Jess e Connon já tem 2 filhos e apesar dos insistentes pedidos de Connor para oficializar a união, aqui é Jess que não quer nem pensar nisso. Ela foge de casamento como vampiro de água benta...
Estes amigos são bem diferentes entre si, mas acabam se dando bem uns com os outros, são os mistérios de uma amizade...
Lendo o livro, fiquei analisando estes casais. Em que parte da vida deles, eles passaram a enxergar apenas o próprio umbigo? Não deu para entender como o relacionamento deles durou tanto tempo. Será que eram sempre assim ou estavam atravessando uma fase?
Vamos fala de Jess e Connor: ninguém acreditava como Jess poderia estar casada com Connor, nem ele mesmo. Era muito areia para o caminhãozinho dele. Na minha opinião, Connor era o único inteiro dos quatro. Quando você está com uma pessoa, está com ela por inteiro, quer vê-la feliz e realizada. Connor sempre sonhou em ser escritor, e quando estava começando a realizar este sonho, ou pelo menos tomando providências para que ele acontecesse, Jess surta e acaba se afastando dele. Vai entender, em vez de apoiar, passa a ter ciúmes do livro. E Connor coitado, acaba sofrendo com a situação. Ainda bem que Jess não é tão demente assim e viu que estava pisando feio na bola, resta saber se percebe seu erro a tempo de não perdê-lo...
E o que falar de Saffy e Greg? Ele é um ator famoso, mas não cresceu muito e só tem olhos para si mesmo, apesar de ser um cara legal e de sempre tentar ajudar seu amigo Connor. Ele tem um bom coração, só precisa crescer. Saffy para mim foi a mais idiota de todos eles. Sabe aquele ditado "não jogue pedras no telhado dos outros se o seu for de vidro?" Pois é, ela passou por cima disso. Ela cobrou uma fidelidade de Greg (quando ambos estava separados) e não foi tão fiel assim... Para mim não houve traição, afinal eles estavam separados, mas voltamos ao caso... O pior da estória foi dar uma de ultrajada, totalmente sem sentido!
Sem sentido maior então quando ela começa a se envolver em outro relacionamento sério e nem conta ao rapaz a sua verdadeira história! Sem noção total!!!!!!!!!!! E para completar seu egoísmo (do meu ponto de vista, viu galera) ainda larga a mãe sozinha bem no meio de uma recuperação causada por uma operação extremamente delicada! E sabem que ficou ao lado da mãe dela? Pasmem, o Greg!
Vocês devem pensar, a Rose detestou o livro. Mas não, pelo contrário, eu gostei muito. É um livro que mostra bem como um casal, ou melhor, 2 casais que se amam acabam se perdendo um do outro. Mostra como podemos ser egoístas com aqueles que amamos. Prova que o amor precisa de cultivo diário e esta estória mostra claramente isso. Uma boa opção de leitura, sem dúvida, mas que eu não fui com a cara da Saffy e da Jess, não fui mesmo! Dos quatro, gostei mais do Connor.

site: http://www.fabricadosconvites.blogspot.com.br/p/minhas-resenhas.html
Naty 22/07/2014minha estante
Ganhei esse livro num sorteio, Rose. Espero gostar, embora sua análise tenha me deixado um pouco receosa em alguns pontos.


Beth 29/07/2014minha estante
Um romance bem intenso esse. Gostei muito da história. Beijos.


Clarice.Castanhola 23/06/2015minha estante
Ela escreve muuuito bem, quero muito ler postais do coração.
ótima resenha >.




Nita 17/12/2012

Postais do Coração - Ella Griffin

''Às vezes novos caminhos estão em olhar novos horizontes''

Sinopse: Saffy tem um trabalho incrível em uma agência de propaganda em Dublin. Ela tem sua difícil mãe a uma distância segura. E ela acredita que seu namorado ator Greg — o próximo Colin Farrell — finalmente irá pedi-la em casamento. Conor admira a linda Jess. Mas depois de sete anos e gêmeos, ela ainda não se casará com ele. Ele passa os dias ensinando adolescentes terríveis e as noites escrevendo o livro que espera que mude tudo — inclusive a mente dela. Mas está difícil de alcançar finais felizes...



''As pessoas dizem que você não pode sentir falta do que nunca foi seu, mas elas estão erradas''


Este livro trata do tema relacionamentos, e sua difícil e árdua manutenção. Saffy é uma mulher discreta e bem sucedida, que guarda uma profunda tristeza no coração, por ter sido abandonada por seu pai quando pequena. Ela namora o ator considerado o mais gato do momento Greg, seu namorado a seis anos trabalha graças a ela que lhe conseguiu um papel, como o charmoso e sedutor herói bombeiro Mac da série ''A Estação'', o que faz com que todas as mulheres fiquem loucas atrás dele. Porém algo está mudando, na série Greg pede em casamento a personagem Mia, e todos começa a parabeniza-lo como se fosse algo real, e ela se pergunta, será que não está na hora de ele me pedir em casamento? No dia dos namorados toda sua vida vai mudar quando em um jantar romântico para comemorar a data, Saffy após uma quantidade exagerada de álcool solta a linguá e pergunta, quando ele vai pedi-lá em casamento, após ouvir a resposta errada eles brigam e tem um terrível rompimento.


– Faz anos que espero que você me peça em casamento Greg, anos e anos. E me desculpe, mas não posso continuar assim, fingindo que isso não tem importância – Era verdade agora ela percebia. E sentiu um alivio ao dizer: – Relacionamentos são como tubarões: precisam continuar em movimento senão morrem.
Greg sorriu nervosamente e tentou segurar sua mão.
– Quem disse? Talvez sejam como os bichos preguiças. Eles praticamente não se movem e podem viver até quase quarenta anos. Eu vi em um documentário no Discovery


Conor é um professor um pouco acima do peso, que da aulas em uma escola para os adolescentes mais perturbados que você poderia conhecer, ele tem o sonho de ver o livro que anda escrevendo publicado. Conor é completamente apaixonado por sua esposa Jess, uma linda mulher, a mais bela que ele já viu, com ela ele tem dois filhos gêmeos igualmente lindos, apenas uma coisa não torna sua vida em família mais perfeita. Jess se recusa a casar com ele, ela não é nada romântica detesta flores, comemorar dia dos namorados, e a palavra casamento lhe é uma ofensa. Mas Conor não desiste e espera que com seu livro ele possa mudar a opinião de sua mulher.



– Prometa que não vai me pedir em casamento na frente dos gêmeos. Nem pelas costas deles. Porque a resposta será ''não''. Você sabe o que eu acho daquela palavra que começa com C. A resposta vai ser sempre um ''não''
– Meu Deus! O que foi isso? – Conor parou subitamente.
– O quê? - Seus olhos arregalaram. Ela olhou para ele.
Shhhhhh! De novo! – Ele pôs a mão no peito – O barulho do meu coração se despedaçando.


Conor e Greg são melhores amigos, se conhecem desde a escola na infância, em consequência suas mulheres também se tornaram melhores amigas. Esses casais estão prestes a enfrentar a pior fase de seus relacionamentos, o termino, a traição, a mentira...são os temas trabalhados nesse livro.



Eu gostei muito, ele é muito envolvente, tem uma linguagem simples, é recheado de momentos engraçados, divertidos e dramáticos também. Narrado pelos quatros personagens de forma alternativa, você leitor tem a chance de saber o que se passa na cabeça de todos eles, e assim, formar uma opinião melhor. Não tem como não gostar de algum deles, pois no fundo todos são excelentes pessoas, só que com personalidades diferentes, e formas diversas de ver a vida. O interessante é que os temas das discórdias nesses relacionamentos são comuns na vida real, então não se espante se você se deparar com algo que já viveu ou presenciou. De uma forma deliciosa somos convidados a fazer parte da vida desses dois casais, e as lições que você vai tirar dessa experiência são inestimáveis.


Título: Postais do Coração
Autor: Ella Griffin
Editora: Novo Conceito
Páginas: 448
ISBN: 9788581630496



Beijos
Nita
comentários(0)comente



Paula 13/01/2013

Li diversas resenhas de Postais do Coração, algumas positivas e outras negativas, por isso fiquei com um pé atrás, mas a sinopse me pareceu boa e o comentário de Marian Keyes logo na capa me deu a sensação de ser um livro divertido: "Uma voz nova e fresquinha. Ella Griffin consegue fazer rir e depois chorar ao virar a página."

Mas eu não ri nas partes engraçadas e nem chorei nas partes mais emocionantes. Também não consegui gostar dos personagens, apesar de bem elaborados. Na verdade, gostei sim, de dois, os gêmeos de 7 anos, Lizzie e Luke, filhos de Conor e Jess.

A narrativa é bem leve, mas acredito que acaba se estendendo muito, cansando o leitor (pelo menos me cansou) e eu acabei "arrastando" a leitura pelo menos até um pouco mais da metade da segunda parte (o livro é dividido em três) e acredito que depois dessa parte eu comecei a curtir um pouco mais a leitura e deixei-a fluir.

Saffy vive em uma belíssima cobertura em Dublin com ser namorado Greg, os dois estão juntos há seis anos mas ele nunca tocou no assunto casamento. Ela sente que o relacionamento dos dois está estagnado e também está cansada de dividir a atenção de Greg com centenas de mulher, apesar de seu namorado não ser um garanhão, mas um ator de uma novela que interpreta um bombeiro gostosão. Trabalho que conseguiu graças a Saffy, pois fora ela que o escalara para uma propaganda de um sorvete que acabou inspirando toda a série. Greg quase perdeu o teste e, mais uma vez, graças a Saffy, que não era sua namorada na época, conseguiu o papel no comercial. Agora ele deseja uma carreira em Hollywood e foi eleito o nono homem mais sexy da Irlanda.

Greg é crianção, ama a si próprio mais do qualquer coisa e não consegue fazer nada por sua conta.

Saffy trabalha em uma agência de publicidade e sua vida é extremamente corrida. Ela é bem confusa, além de ter um relacionamento conturbado com a mãe e um ressentimento profundo por ter sido abandonada por seu pai quando tinha dois anos, nunca viu uma foto dele mas sabia que ele era casado quando sua mãe engravidou e era muito mais velho que ela, coisa que seus pais não aprovaram e a enxotaram. Após dois anos, seu pai acabou voltando para a esposa.

Saffy parece uma garotinha, apesar de ter mais de 30 anos, é ingênua e confusa, parece ser aquele tipo de pessoa falsa que mantém uma casca por fora para o mundo ver mas por dentro ainda não conseguiu descobrir quem é ou o que quer.

Conor e Jess são amigos do casal, apesar de serem muito diferentes de Saffy e Greg. Na verdade, a amizade entre os dois homens começou na escola: Conor era solitário, havia crescido e engordado muito entre o Fundamental I e II, os outros alunos tiravam sarro dele, chamando-o de "Pé-Grande" e "Fofo"; Greg era o garoto mais baixo da classe e o mais bonito da escola, começaram a chamá-lo de "Nanico" que acabou virando "Penico" e quanto mais as garotas perseguiam Greg, mais os garotos implicavam com ele. Quando um dos alunos foi bater em Greg e viu que o que tinha de mais próximo era um sanduíche de atum, pegou-o e o esmagou no rosto de Greg. O sanduíche era de Conor e, furioso, começou a socar o garoto, tornando-se amigo de Greg.

Conor conhecia Jess há 8 anos, uma mulher linda que, aos 24 anos, namorando Conor há apenas dois meses, descobriu estar grávida. Vivendo dois anos juntos com seus filhos, Jess nunca aceitou se casar, para frustração de Conor, professor em um colégio onde coincidentemente foi apelidado de "Senhor Fofo" pelos alunos. Ele odiava dar aulas, aguentar as piadinhas e estar no meio de adolescentes terríveis. Passa as noites escrevendo seu livro, na esperança de mudar tudo: largar a vida de professor, dar uma vida melhor à Jess e aos gêmeos e quem sabe mudar a opinião de sua companheira com relação ao casamento.

Conor é um personagem neutro na minha opinião, enquanto Jess me deixou enervada muitas vezes com o seu jeito irritante e controlador.

No Dia dos Namorados Greg e Saffy vão jantar, ele está atrasado, ela já está bêbada e nervosa por ter visto um episódio do seriado do namorado em que seu personagem pede em casamento outra personagem. Ao questionar Greg ela acaba fazendo um escândalo e ele diz que não irá casar com ela.

Enquanto isso, Conor trabalha cada vez mais em seu livro, o que deixa Jess enciumada.

A vida dos quatro está prestes a virar de ponta cabeça e você simplesmente não sabe para onde a história vai caminhar (ponto positivo para o livro).

O grande problema dos quatro e tantos outros personagens na história são os segredos, as verdades contadas pela metade, os sentimentos que não são ditos ou expostos, que os engancham em uma verdadeira teia de aranha.
Pandora 21/01/2013minha estante
Eu considerei a história desse livro bem contada, redonda, mas confesso que não me levou ao choro e também não morri de ri, no entanto gostei e concordo com sua analise da história.




RUDY 01/07/2013

RESUMO SINÓPTICO:
"Saffy tem um trabalho incrível em uma agência de propaganda em Dublin. Ela tem sua difícil mãe a uma distância segura. E ela acredita que seu namorado ator Greg — o próximo Colin Farrell — finalmente irá pedi-la em casamento.

Conor admira a linda Jess. Mas depois de sete anos e gêmeos, ela ainda não se casará com ele. Ele passa os dias ensinando adolescentes terríveis e as noites escrevendo o livro que espera que mude tudo — inclusive a mente dela.

Mas está difícil de alcançar finais felizes..."
(Usei a sinopse da editora pois está na medida.)


site: http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com/
Belle 21/07/2013minha estante
Otimo livro.........


Beth 26/07/2013minha estante
Acabei de ganhar esse e estou adorando ler. muito bom.


Diandra 13/08/2013minha estante
Me parece que esse livro tem um objetivo maior de que retratar um romance, mas também de nos fazer refletir sobre escolhas. Gostei da resenha.




Brilho 16/12/2012

postais do coração
Mais do que um romance comum, Postais do coração mostra a vida real. Sem acontecimentos surreais de outros livros do gênero, com a sua simplicidade o livro faz um belo retrato da realidade dos corações humanos. Cheios de surpresas, tristezas e alegrias. Com uma narrativa gostosa e enredo convincente Ella consegue criar um delicioso romance verdadeiro, no qual o leitor poderá se identificar com os problemas dos personagens.

O livro apresenta os problemas e decisões de dois casais de amigos muito diferentes. Greg e Saffy, e o casal Conor e Jess.

Greg e Saffy estão há anos namorando, Saffy está ansiosa para iniciar uma nova fase com Greg, um casamento seria a solução de tudo. Mas Greg nem pensa sobre isso, está em uma ótima fase de sua vida como ator em um seriado. E está realmente feliz com este relacionamento, nem ao menos percebe que este romance está desmoronando aos poucos... Várias decisões são tomadas pelos dois conforme a história vai sendo desenvolvida, alguns problemas são encontrados no meio do caminho, mas não importa o que aconteça. O coração sempre mostrará o caminho a ser seguido...

Conor e Jess estão praticamente casados, os dois tem gêmeos e vivem juntos há muito tempo. Conor quer muito casar com Jess, mas ela não muda de ideia, acha casamento algo criado pelo capitalismo para as pessoas gastarem mais dinheiro em apenas um dia de suas vidas. Além do casamento Conor sonha em publicar um livro, ele acredita que sua vida irá mudar a partir do momento que realizar este sonho...

Neste livro temos a certeza de que a vida realmente é cheia de surpresas, em alguns momentos acreditamos que tudo está bem, mas na realidade não queremos enxergar os problemas a nossa volta.
Um ponto forte da história é Saffy, esta personagem precisa de várias respostas a respeito de seu passado. No desenvolvimento da narrativa a autora consegue se aprofundar em sua história, mas gostaria de ter um pouco mais!
O final foi muito bem encerrado, mas ainda deixou algumas perguntas no ar. Fiquei muito tempo lembrando alguns fatos marcantes e tentando adivinhar o que aconteceria após o fim!!
O título deste livro tem uma GRANDE explicação, mas demorou muito tempo para eu entender, foi apenas na página 349, que tudo foi esclarecido. Não irei contar para vocês, querem saber? Então leiam!

Foi uma leitura divertida, forte, tensa e completa. Gostei MUITO do livro e espero mais lançamentos da Ella Griffin por aqui! ÓTIMO livro para ler nas férias!
Indico para leitores que apreciem romances verdadeiros!
comentários(0)comente



Ana Tereza 19/07/2020

Postais do coração
"Contando a história de quatro amigos, Postais do Coração trata de amor, família, morte, luxúria, fama, pilotos de balões e hamsters perdidos. Mas, acima de tudo, é sobre o amor. Encontrá-lo, perdê-lo e descobrir como mantê-lo."
comentários(0)comente



Moana Oliveira 21/01/2013

A história gira em torno dos casais Greg e Saffy, Conor e Jess, que veem suas vidas mudarem depois do dia dos namorados.

Conor é aquele tipo de professor que não tem moral nenhuma com os alunos. Graças a ele, bullying é um dos assuntos frequentemente abordados no livro. Jess, sua "companheira", é uma mulher belíssima. Como dizemos por aqui: é areia demais para o caminhãozinho dele. Ela tinha um futuro promissor, mas teve que jogar isso fora há oito anos, quando ficou grávida dos gêmeos (espertos e sapecas) Luke e Lizzie.

Greg é o astro da série A Estação, onde interpreta o bombeiro Mac, e por suas cenas calientes com a bombeira Mia, ele foi eleito o nono homem mais sexy da Irlanda. Até aí tudo bem, o problema é que Greg só cresceu na carreira por causa de Saffy, uma publicitária bem sucedida, que acredita que o namoro de seis anos parece está avançando para algo mais sério, o Casamento. Totalmente equivocada, ela faz um escândalo em um restaurante frequentado por celebridades, pede Greg em casamento e ele recusa na frente de todos. Que bafo!!!

Quase no mesmo dilema de casamento, Jess não quer casar com Conor. O relacionamento deles é uma delícia, apesar de todas as dificuldades financeiras. Conor quer proporcionar uma vida melhor para sua amada e seus filhos, por isso ele está escrevendo um livro chamado "Dobra ou Desiste", o problema é que para conseguir terminá-lo no prazo oferecido por sua editora ele tem que se dedicar dia e noite, com isso sua relação com Jess e os filhos muda completamente, até chegar ao ponto que não há mais assunto entre eles.

Com idas e vindas, hamsters perdidos, amores e perdas, Postais do Coração tem uma narrativa leve e bem humorada, que prende o leitor do começo ao fim.
comentários(0)comente



Mandy 23/01/2013

Postais do Coração
Resenha original do Blog Sook >>> http://the-sook.blogspot.com.br

Saffy vive numa bela cobertura em Dublin e namora Greg há seis anos. Ela trabalha em uma agência de publicidade e tem a vida corrida, mas se sua carreira é estável, não se pode dizer o mesmo de sua vida amorosa. Ela acha que já está na hora de dar o próximo passo em seu relacionamento com Greg, mas ele só pensa em sua carreira e na fama. Greg é o famoso bombeiro Mac Malone em uma série de TV e acaba de ser eleito o nono homem mais sexy da Irlanda. Ele é simplesmente um crianção egocêntrico que só consegue ver seu futuro como ator em Hollywood!

Além da vida de Saffy e Greg, conhecemos seus amigos Jess e Connor. O casal tem dois filhos — Lizzie e Luke — e apesar de morarem juntos, não são casados, já que Jess não se importou com esse detalhe, mas Connor nunca pareceu desistir de tentar mudar a opinião dela. Connor é professor e foi apelidado pelos alunos de "Sr. Fofo", mas o que ele gosta mesmo é de continuar escrevendo seu livro. Se Connor é um cara tranquilo e meigo, Jess é uma mulher irritante e controladora.

Além da estória dos dois casais, conhecemos Jill — a mãe de Saffy. Por mais que Jill tente fazer parte da vida da filha, o relacionamento entre elas é distante e conturbado e como se isso não bastasse, ela esconde um enorme segredo da filha. A todo o momento a vida dos cinco se entrelaçam, mostrando o cotidiano, a alegria, a tristeza, os problemas, os erros e as surpresas que o destino reserva para eles.

"Postais do Coração" é um livro agradável, que nos mostra os acasos que todos podemos enfrentar. A narrativa é simples e flui facilmente, sendo uma estória que vale a pena ser lida!
A diagramação da editora Novo Conceito conta com as páginas amareladas, fonte agradável e uma capa linda. Não encontrei erros durante a leitura.


spoiler visualizar
comentários(0)comente



Kettlen Caroline 27/06/2020

Resenha!!!
@tempestade_de_palavras_kcabreu
.
#resenhasdatempestade
Livro: Portais do coração
Autor(a): Ella Griffin
Editora: Novo conceito
.
"Não soa muito bem no papel, mas tudo o que posso dizer é que sempre existe uma pessoa feita para você e se você encontrar essa pessoa não pode lutar contra isso"
.

Sua felicidade depende apenas de você.
"Postais do coração" é um livro repleto de confusão, nada muito diferente das famílias da vida real, afinal, sempre tem um segredo, um desentendimento, um sonho, um objetivo e decisões, muitas decisões... E, o mais importante, amor. Durante a leitura, conhecemos o modo de vida de dois casais que são amigos, mas que também são, completamente, diferentes, dessa forma, a narrativa se alterna entre eles, sendo assim, sempre sabemos as opiniões e sentimentos individuais dos personagens. Contudo, embora tenha um pouco mais de 400 páginas, algumas situações, infelizmente, ficaram vagas. Em suma, esse livro é para rir, sentir um pouco de raiva e, ao mesmo tempo, refletir.
.
.
O livro "Postais do coração" retrata a vida de dois casais: Saffy e Greg/Jess e Conor. A jovem Saffy é bem sucedida em uma agência de publicidade em Dublin, faz o possível para que sua mãe se mantenha a uma distância segura e tem o namorado dos sonhos: Ator, protagonista de um duradouro seriado de televisão, bonito, forte (e baixinho). Já Jess e Conor, juntos há 7 anos, com gêmeos e um hamster bagunceiro, vivem uma vida tranquila e feliz, ela escrevendo propagandas para jornais e revistas e ele trabalhando como professor, embora tenha o sonho de escrever e publicar seu próprio livro. Porém, enquanto Saffy acredita que será pedida em casamento por Greg no dia dos namorados, Jess recusa todos as propostas de Conor, além disso, ele começa a colocar suas estórias no papel ao mesmo tempo em que Greg almeja conseguir encenar em Hollywood. A partir de todos esses fatores, suas vidas serão transformadas de uma forma que ninguém imaginava.
comentários(0)comente



46 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4