Subliminar

Subliminar Leonard Mlodinow




Resenhas - Subliminar


35 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3


Victor.Santos 06/09/2019

Melhor do que parece
Livro ótimo! Leve e com muita ciência. Trata de como somos influenciados e não nos damos conta disso, e por meio de vários experimentos demonstra isso.
comentários(0)comente



Biblioteca Álvaro Guerra 06/09/2019

Leonard Mlodinow, autor do best-seller O andar do bêbado, investiga, de forma divertida e brilhante, como o inconsciente modela nosso comportamento e determina nossas decisões e juízos sobre o mundo, as pessoas, as coisas.

Empreste esse livro na biblioteca pública

Livro disponível para empréstimo nas Bibliotecas Municipais de São Paulo. Basta reservar! De graça!

site: http://bibliotecacircula.prefeitura.sp.gov.br/pesquisa/isbn/9788537809594
comentários(0)comente



Anitta.Rodrigues 27/02/2019

Livro incrível
O livro é demais. Com certeza entrou para minha lista de favoritos. Após (e durante) a leitura é impossível não se surpreender com os fatos apresentados e questionar todas as suas ações.
A visão sobre mim e minhas ações e atitudes, desejos e pensamentos foi melhor entendida após esse livro, também o pensamento em relação ao próximo.

Terminei a leitura agora e já quero reler.
comentários(0)comente



Dogivaldo 13/02/2019

Livro muito bom
O livro serve para quebrar alguns mitos sobre a nossa racionalidade. Nem sempre somos tão objetivos e pensantes quanto achamos.
comentários(0)comente



Damata 05/02/2019

Como opera o vasto submundo da mente humana.
Mlodinow demonstra como possuimos 2 cérebros que operam de formas e forças diferentes. É no nivel inconsciente que interpretamos tudo o que vemos, escutamos, lembramos e sentimos do mundo a nossa volta. Vasto conhecimento em neurociência e psicologia, demonstradas nas mais recentes descobertas. Recomendo para quem quer entender melhor os mecanismos que nosso cérebro utiliza para interpretar o mundo. Além dele ter sido um dos melhores amigos do físico Stephen Hawking.
comentários(0)comente



Robson Furtado 03/12/2018

Impressões
A melhor palavra pra definir esse livro é: Interessante. Confesso que esperava mais pelo que me falaram. Enfim, se você já tem algum envolvimento com neurociência, este livro não vai lhe trazer muitas novidades. Ele fala como o inconsciente no entendimento moderno atua. O destaque dele é que o autor cita dezenas de estudos e experiências, estando quase todos nas referências, diferente de muitos livros que lançam aquele famoso "estudos apontam" ou simplesmente tiram a "informação" da bunda (Não significa que todos os estudos citados sejam confiáveis). Caso não tenha tido muito contato com neurociência previamente, o livro vai lhe mostrar como nossa percepção, crenças, pensamentos e comportamentos são moldados e produzidos à luz desse campo de conhecimento. No geral, é uma leitura bem fácil, fluída, rápida e agradável. Não é uma leitura indispensável, mas a recomendo caso goste do assunto ou se quiser conhecer um pouco sobre ele.
Judeu 02/02/2019minha estante
Obrigatório por sua análise. Li outros textos que abarcam um pouco a neurociência como Os Dragões do Éden de Carl Sagan e me interesso um pouco sobre a área. Amo divulgação científica gosto da forma de escrever do Mlô.

Poderia recomendar outras leituras básicas sobre neurociência que seriam, a seu ver, realmente indispensáveis?


Robson Furtado 02/02/2019minha estante
Cara, apesar de gostar muito da área, não tenho tantas leituras sobre os campos de estudo que a compõem. Acho que além do Mlodinow, você pode procurar coisas de autores como António Damásio e Ivan Izquierdo. Se vc gostou da escrita do Mlodinow e Carl Sagan, provavelmente vai gostar dos livros do neurologista Oliver Sacks que puxam mais pra literatura, mas abordando neurociência. O livro Cem Bilhões de Neurônios do autor Roberto Lent talvez seja um bom livro pro que vc está procurando por se tratar de conceitos fundamentais. Talvez valha a pena procurar materiais dos campos de estudo que integram a neurociência.


Judeu 07/02/2019minha estante
Muito obrigado pela resposta. Irei me instruir mais a respeito. Sou de exatas, mas também sou um eterno curioso sobre as ciências em geral.




Luan Poppe 28/09/2018

Demorei um pouco pra ler o livro, mas de umas duas semanas pra cá consegui ler de forma constante, então acho que essa demora não prejudicou minha experiência com o livro.

De forma geral, achei o livro interessante, especialmente em relação ao conteúdo que foi passado pelo autor. É muito fascinante ver como o nosso incosciente tem tanta influência sobre nós, nossas ações e pensamentos. Nesse aspecto, o livro é muito bom e traz muitas informações interessantes. Porém, tenho que admitir que não gostei muito do ritmo de narrativa do Leonard. Por vezes parece que a escrita fica meio arrastada, por vezes não empolga tanto quanto acredito que poderia empolgar. Uma das coisas específicas que me incomodou um pouco foi constantemente ele explicar com detalhes como pesquisas foram realizadas. Acho que ele perde muito tempo explicando essas pesquisas, e foca menos no que a gente pode concluir a partir dessas pesquisas.

Por fim, achei o livro bom, mas termino de ler com a sensação de que ele poderia ser melhor. No mais, recomendo para quem quer entender um pouco mais como nosso inconsciente influencia todas as áreas de nossa vida!
comentários(0)comente



Roberta 09/07/2018

O "Subliminar" foi indicação de uma amiga, uma leitura que me fez refletir bastante sobre como construímos a nossa opinião. No livro encontramos várias pesquisas que confirmam que a grande maioria de nossas decisões é baseada no inconsciente, ou seja, nossos argumentos conscientes não deixam de existir, mas muitas vezes não são os principais e mesmo se forem estão longe de ser os únicos motivos de nossa opinião.

As lacunas em nossa memória também é tema das pesquisas desse livro, achei interessante como algumas doenças que fazem pessoas lembrarem de tudo, em seus mínimos detalhes, na verdade, as prejudicam de fazer as mais simples operações lógicas ou interpretações de texto. A nossa falta de memória parece que "abre espaço" para a nossa mente trabalhar em outras atividades. Preenchemos as lacunas da memória com nossos valores, conhecimento prévio e com nossas expectativas. Portanto, não dá para confiar tanto em nossas mente até mesmo para a solução de crimes, 75% dos inocentes condenados pela justiça foram apontados por testemunhas oculares.

Esse livro não nos apresenta o inconsciente de forma profunda e definitiva, tem base científica (uma bibliografia considerável) mas é uma leitura leve e envolvente, os livros de medicina são enormes só para falar de uma parte pequena do cérebro, imagine um que trate do inconsciente com apenas 350 páginas? Portanto, é uma leitura que me ajudou a agregar um pouco mais de conhecimento sobre alguns tópicos que eu sabia quase nada. Foi uma leitura proveitosa e já estou querendo ler mais do autor.

site: @take.an.unexpected.read (instagram)
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



Darceno 27/06/2018

Entendendo que você não entende sua própria mente
Leonard Mlodinow, mesmo sendo um físico, apresenta com maestria os temas contemporâneos da psicologia e da neurociência a respeito do inconsciente. Mostra a gigante importância do inconsciente nas tarefas cotidianas e até na construção da própria história de quem somos. Com certeza uns dos meus livros favorito sobre o tema. As influências do inconsciente sobre o consciente, aparentemente racional, é de causar risadas de tão escrotas que são. Mas escrotas num sentido divertido. É de grande essencialidade entender como nossa mente funciona, e quais são seus furos, para então fazermos-a funcionar ainda melhor.
comentários(0)comente



Valério 05/02/2018

Excepcional
Aqueles que, como eu, são incansáveis buscadores de conhecimento sobre si, que querem a todo custo entender porque somos como somos, terão aqui uma importante peça do quebra-cabeças.
Mlodinow explica, de forma clara e detalhada o comportamento que adotamos na maioria das vezes e que pensamos ser fruto de nosso raciocínio e análise, quando não passa de condicionamento. Somos muito menos senhores de nossos atos do que imaginamos.
Uma análise interessantíssima de psicologia social e comportamental.
Um estudo científico que consegue ao mesmo tempo ser leve, tornando-o acessível mesmo para que nunca leu nada sobre neurociência cognitiva.
Subliminar desvenda vários caracteres que explicam o ser humano e sua forma de agir.
Henrique 05/02/2018minha estante
Adoro este tema. Vai pra minha lista!


Valério 05/02/2018minha estante
Então vai gostar. Abs




Warlisson Ferreira 07/12/2017

Excelente
Já considero a minha melhor leitura do ano
comentários(0)comente



Léo 22/09/2017

Para ter na estante de livros
Mlodinov é fera. Esse é um daqueles livros de devorar em poucas horas. Claro, com embasamento, simples de compreender e que muda tua percepção ao folhear as páginas.
Nao perca tempo vendo críticas ou olhando resenhas, leia.
comentários(0)comente



Nilton 19/03/2017

FANTÁSTICO
Leitura bem tranquila. O livro é interessantíssimo. Vale muito a pena ler.

Não vou escrever textões...leiam!
comentários(0)comente



Rafa 09/02/2017

Impressionante
Quando ouvi o nome desse livro pela primeira vez no podcast Mamilos (ótimo podcast por sinal, recomendo!) achei que era um livro de pseudociência. Quando descobri o livro era do Leonard Mlodinow, senti mais confiança, ele é pesquisador, e como já li O Andar do Bêbado, sabia que ele coloca as referências no livro (ele não joga um monte de informações sem base alguma).

Sobre o livro: é um livro denso. É muita informação sobre como nosso cérebro funciona, sobre as pesquisas com o consciente e o subconsciente, são muitos casos que parecem impossíveis e tem muita coisa que dá medo! E esse dar medo é porque começa a mostrar que não estamos totalmente no controle, de forma consciente, de nós mesmos e que nem sempre a forma que nos lembramos de algum fato é como realmente aconteceu (essa parte de falsas memórias me dá muito medo! É um negócio muito louco! O Pirula fala sobre isso nesse vídeo). O Leonard Mlodinow apresenta resultados de pesquisas explicando de forma simples, para leigos, o que acontece no cérebro. E é incrível!! E se ficar curioso, ele deixa todas as referências para buscar os artigos publicados.
É IMPRESSIONANTE! Ele mostra estudos desde como podemos ter um tipo de “visão inconsciente” até como às vezes as discussões do tipo coxinha x mortadela, grêmio x inter, etc, não vão levar a nada mesmo. Sobre a “visão inconsciente”, ele descreve um estudo em que o paciente perdeu a visão por causa de um derrame (o globo ocular estava perfeito, o problema foi apenas no cérebro). Mesmo cego, esse paciente conseguiu passar por obstáculos sem se machucar (eu fiquei meeega impressionada com isso!). Com relação às discussões, há estudos que mostram que tendemos a selecionar dados que comprovem a forma que pensamos. Então mesmo que para você os seus argumentos façam todo o sentido, o colega que pensa de forma diferente vai usar dados que para ele fazem todo o sentido. E isso não é uma atitude sempre consciente. No livro ele cita vários exemplos de estudos psicológicos em que mesmo preconceitos podem estar relacionados ao subconsciente.

É FANTÁSTICO! Vale muito a pena a leitura, mesmo acabando o livro e pensando que tem que recomeçar porque foi muita informação (senti o mesmo com O Andar do Bêbado). Talvez esses livros sejam bons para livros de cabeceira, que de tempos em tempos pegamos para reler e ver que nem sempre o que acreditamos é o certo, inclusive sobre nós mesmos.

site: https://ohmylivros.wordpress.com/2017/02/05/subliminar-como-o-inconsciente-influencia-nossas-vidas-leonard-mlodinow/
comentários(0)comente



35 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3