Não Olhe!

Não Olhe! FML Pepper




Resenhas - Não Olhe!


226 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 |


Gesiane.Almeida 17/03/2019

Amei
Esse livro foi surpreendente a história te prende ate o final,dava cada suspiros a Nina e o Rich casal lindo e tantas coisas acontecendo no desenrolar do livro.... ah amei nao conseguia parar de ler muito viciante ....
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



Lilian 24/02/2019

Amei
Adorei o livro! Devorei ! Parabéns a autora!
comentários(0)comente



Clube do Farol 17/02/2019

"Não Olhe!" - Clube do Farol
Resenhado por: Elisabete Finco

Vamos lá, essa resenha não deve ser lida por quem não leu a história anterior, Não Pare!, que você pode conferir a resenha no Clube, clicando aqui. Para quem leu, vem comigo, conversar sobre a segunda história, Não Olhe!.

"Somos seres amaldiçoados. É por isso que não sentimos as emoções positivas e as espetaculares sensações que vocês, humanos, podem experimentar. É por isso que habitamos essa dimensão miserável e vivemos apenas para tirar vidas, dia após dia."

Vou começar dizendo que minhas expectativas eram muito boas, mas não tão altas, o segundo livro de uma trilogia costuma ser um livro de transição entre o primeiro e o terceiro, no geral morno o suficiente para querer ler o próximo , porém, eu me surpreendi demais e de uma maneira mais que positiva.


O livro começa com Nina, acordando entre a vida e a morte na terceira dimensão, que narra a história em primeira pessoa, e consegue colocar o leitor dentro de suas dúvidas e decisões com facilidade, mesmo não concordando com ela você consegue compreende-la. E ao começar em Zyrk, o que era um segundo livro ganha ares de primeiro por te apresentar um lugar totalmente novo e em especial com uma tensão tão forte, que parece poder se romper com o menor passo em falso.

Afinal, o que ficou encoberto para Nina por toda a vida é fato conhecido, narrado, contado e recontado nessa dimensão e nos quatro clãs que constituem as forças de governo e poder nela. Há milênios forças ocultas espreitam, aguardando apenas o momento de emergir das sombras e mostrar seu poder e a presença de Nina ali coloca na mesa as cartas que nós leitores iremos conhecer ao longo da história. Outro ponto alto é o fato de que a jornada de Richard e Nina pelos clãs vai mostrando ao leitor cada teoria criada em torno da profecia e das lendas, deixando aquele ar de curiosidade e também claro detetive, afinal não tem como não começar a pensar qual pode ser a verdade dentre todas as possibilidades criadas.

" ? Eu não seria igual aos outros, Nina ? rebateu e tornou a me nocautear com sua resposta inesperada. ? Eu teria você e eles não."

Levada para a sombria Thron, Richard, o nada confiável principal resgatador, está em "casa" e vê sua luta contra sua própria natureza aumentar de uma proporção que deixa o leitor sem vontade alguma de largar o livro, afinal ele é a morte e sua vontade parece oscilar como um pêndulo em direções opostas a todo momento. E uma decisão faz começar uma viagem por todos os outros clãs, e Nina, que num primeiro momento se sente mais uma em meio a outros de olhos com as pupilas verticais, descobre que é uma híbrida e está longe de ser mais uma.


E já aviso que você terá que escolher seu shipp, porque Rick (sim já estou íntima) está confuso e cada vez mais cercado por seus inimigos. Mesmo o melhor dos guerreiros, o mais temido e destemido, pode não estar protegido da força de um grande amor. E quando esse grande amor parece encontrar um rival a altura, afinal meu Jonh (Sim, meu! Escolha outro pra você!) parece sofrer da mesma atração criada por Nina para com Richard.

" Você é o fogo que me mata e me dá forças para reerguer todos os dias, Nina. Estou descontrolado e minhas ações perderam o sentido. Eu penso em você dia e noite, Tesouro. Tudo que digo é verdade. Por favor, acredite."

Pare! Não, amigo leitor, amiga leitora, a história não cai no clichê do triângulo amoroso (apesar de que torcer para ela ficar com Jonh não é crime, não é verdade?), porque sendo Jonh o resgatador principal de Storm cria uma linha de narrativa que não deixa a história cair numa monotonia.

Outro fator que é incrível são as paisagens a cada clã que te fazem ficar atenta o tempo todo para não perder nada que ajude a descobrir a verdade. Mas talvez a mais cruel descoberta seja que as vontades do coração podem ser mais traiçoeiras e enganosas que lendas ou maldições.

"Um dilúvio de lágrimas rolava descontroladamente pelos meus maxilares. Lacunas em branco de um triste filme eram preenchidas em minha mente e coração destroçados: o filme da minha vida. Eu tinha uma história."

Enquanto Nina deixa de ser a menina mimada e insegura do primeiro livro, conhecemos um Rick em sentido oposto, cada vez mais confuso e sem certezas, afinal nada está acontecendo como deveria e quanto mais de sua própria história vem à tona, menos o que era certo parece fazer sentido ou ser como deveria. No final tudo se resume a fugir e sobreviver. Aceitar e lutar. Há muitos caminhos, mas qual deles seguir? E assim, vamos para o terceiro livro que traz a primeira resposta no próprio título: ? Não fuja!.
comentários(0)comente



Likka 17/02/2019

Ainda melhor que o primeiro volume
No primeiro livro da trilogia, somos apresentados a Nina Scott e sua vida nômade e quando terminamos a leitura a personagem já está em Zyrk, a terceira dimensão. O segundo volume começa exatamente no ponto onde terminamos a leitura do livro anterior e aventura acontece, dessa vez, dentro da terra desconhecida, até então, pelo leitor. Não sei se quem já leu "Não Pare!" irá concordar comigo, mas achei o primeiro livro um pouco lento, porque os fatos demoram para acontecer, de modo que a leitura demora a engatar. No entanto, isso não torna a leitura chata. A autora conseguiu embasar bem a estória, o que permite que tudo faça sentindo no final da trilogia e, se o livro não começasse do jeito que começou, provavelmente muitas questões seriam deixadas de lado durante o desenvolvimento do enredo. Voltando, então, a falar sobre o segundo volume, tenho uma ótima notícia para quem achou a leitura do primeiro livro lenta: isso não acontece em "Não Olhe!". A narrativa é bem dinâmica e repleta de ação, a final, a personagem está na terra dos zirquinianos.


Nesse segundo livro, conhecemos melhor a temida Zyrk e a maioria de seus clãs. Gostei muito de como a autora descreveu os costumes de cada clã, a diferença entre as construções e os povos. Além disso, novos personagens entram em cena e com eles perguntas começam a surgir na cabeça de Nina. A jovem começa a descobrir que não conhece sua história e que há muita coisa sobre seu passado que precisa descobrir.


Em "Não Olhe!" conhecemos uma nova Nina, ela é mais forte e mais determinada. Ao conhecer a terceira dimensão, também conhecemos melhor os zirquinianos já presentes no primeiro livro, descobrimos mais sobre suas vidas e suas personalidades. Como vocês acham que é o verdadeiro Richard? Leia e descubra!
comentários(0)comente



Amanda | @oparaisodaleitura 01/02/2019

Não Olhe!
Neste segundo livro da trilogia Nina enfim consegue entrar em Zyrk (uma dimensão diferente), já que todo o enredo do primeiro livro se fixou envolto de saber qual dos clãs conseguiria leva-la até o portal que permitiria sua entrada. Após passar pelo portal, Nina é levada junto de Richard ao clã que ele serve, Thron. A autora conseguiu abordar boa parte do espaço desta dimensão, caracterizando seus clãs sem deixar a leitura exaustiva, incluindo uma viagem maravilhosa por esse universo fantástico. Fazendo deste volume melhor que seu antecessor!! Pontuando Zyrk, um lugar que foi tomado apenas por sentimentos ruins, negativos e até machistas, após a maldição que assolou aquelas terras.

Muita ação e aventura se fizeram presentes nesta leitura, eu realmente viajei para dentro de Zyrk junto de Nina. Notei ela mais atenta, pensando mais em si mesma e indo atrás de sua liberdade, não aceitando tudo com tanta facilidade como aconteceu no livro antecessor. A narrativa se fez em primeira pessoa por Nina, que ainda não consegue confiar em ninguém. Richard parece meio bipolar, em alguns momentos é frio e em outros fala exatamente o que ela quer ouvir, a deixando confusa. Provocando, em seu leitor, curiosidade além de mexer com os sentimentos e emoções!!

Diante desse enredo envolvente com uma história surpreendente, eu não queria largar essa leitura até saber o que se daria, fiquei extremamente ansiosa e o meu coração dava saltos a cada capítulo. Onde a confiança no livro anterior se tornou um fator que foi totalmente destruído, aqui ela começa a ser reconstruída.

As habilidades de Rick e sua personalidade são bem traçados, assim como John que aparece mais neste enredo e maiores explicações se fazem presentes, abrangendo um maior entendimento de como as coisas funcionam nesta dimensão e o envolvimento de Nina em toda essa situação. Incluindo um fim de tirar o fôlego e novos mistérios que deixam muita curiosidade para o terceiro volume!

@oparaisodaleitura

site: https://oparaisodaleitura.com/
comentários(0)comente



Ju 10/01/2019

Massa!
Um livro brilhante, única coisa que odeio nesse livro é o "casal" Nina+Richard, apoio ela mil vezes com o John. Entretanto, é uma história super viciante.
comentários(0)comente



Elyza.Medeiros 10/01/2019

Incrível
A melhor trilogia ?
comentários(0)comente



Paula.Heloisa 20/12/2018

Sensacional
Você simplesmente fica sem fôlego!
Amei essa trilogia!
comentários(0)comente



Bya/ @thebook_andthegirl 19/12/2018

Simplesmente eletrizante.
Obs. Essa resenha não contém spoilers do livro Não Olhe!
.
"De que adiantaria sobreviver se não havia um motivo, se não haveria alguém por quem viver?"
.
Após o final avassalador de Não Pare, Nina Scott finalmente se encontra em Zyrk. Após ficar entre a vida e a morte ela se encontra sobre o domínio de pessoas que ela deveria fugir, de pessoas nada confiáveis. Mas ela tem Rick ao seu lado não é mesmo? Ele jurou protegê-la de todo mal que a ronda, mas às vezes promessas não passam de palavras sem significados e a dor da quase morte acaba se tornando nada quando ela experimenta o quanto a dor de um coração partido, a dor da traição pode ser mais destrutivo e insuportável se comparado com a dor física.
.
Determinada a lutar por sua vida e pelo livre arbítrio Nina se encontrará em meia a um terrível jogo de poder. Onde qualquer um poderá lhe trair, lhe ceifar a vida. Uma teia de mentiras e segredos começa a ganhar forma e para sair viva Nina deverá confiar naquele que a traiu e partiu seu coração diversas vezes sem pestanejar. Mas confiança é uma palavra que pelo visto não existe em Zyrk e quanto mais Nina conhece Richard, mais conflitantes e confusos se tornam seus sentimentos e sua mente. Seria ele sua morte? Ou seria ele sua salvação?
.
Não Olhe! foi uma leitura ágil, fluída, eletrizante; mas confesso que em grande parte senti raiva, muita raiva. Richard com suas ações dúbias, me fizeram ficar com o pé atrás durante 90% da leitura. Ao mesmo tempo em que ele jurava que jamais magoaria a Nina, na página seguinte ele cravava um punhal em suas costas sem se preocupar se estaria machucando ela. Finalmente conhecemos Zyrk, vemos quem é Richard de verdade e a questão que fica é: seria ele o mocinho ou o grande vilão?
.
Nina teve um crescimento significativo, e quando ela decidia agir acabava sendo limitada por Richard - o que me irritou bastante. Esse livro foi menos confuso que o primeiro, mas que mesmo assim não respondeu todas as minhas questões. Em contrapartida fiquei super curiosa, sedenta até por mais e qual minha surpresa ao me deparar com um final extremamente chocante, com uma revelação aterradora?! Não Olhe no geral é um livro grandioso, com um romance impossível, ação, mentiras e segredos que agora me encontro ansiosa para desvendar. E a minha grande questão é: o quão poderosa Nina Scott é, que faz todos estarem dispostos a iniciar uma guerra por ela?
comentários(0)comente



Jaque | Maluca dos livros 13/12/2018

Resenha: Não Olhe!
Não olhe! É o segundo livro da trilogia Não Pare! Então se você ainda não leu o primeiro livro esta resenha pode contar spoilers!

Nina é uma hibrida, que agora após ser disputada pelos quatro clãs, acordou em Zyrk com Richard e ele a leva para Thron, um lugar escondido em um vulcão. O clã de Richard entra em festa com a notícia de que agora eles possuem a hibrida, e Nina que agora terá que se acostumar com os costumes desta dimensão se vê sozinha, sem saber se pode ou não confiar em seu até então, grande salvador e amor, Richard.

Neste livro encontramos um Richard instável e traiçoeiro. Que mesmo jurando amar Nina algumas vezes a trai sempre que para seu benefício próprio. E isso se dá quase o livro inteiro, confundindo não só Nina que continua apaixonada por Richard apesar de tudo, mas também nós leitores. E é assim que as coisas começam a mudar, após ser traída por Richard em Thron, Nina acorda distante de Thron, com Jhon.

Jhon a leva para Storm, e lhe promete proteção, já que o rei de seu clã quer mantê-la viva, mas isso pode não durar muito já que Nina passa a não confiar muito no rei deste clã. Por outro lado, Jhon começa a sentir algo por Nina querendo protege-la aonde quer que seja. Nina agora tem que descobrir o seu lugar e tomar decisões difíceis que vão mudar não só sua vida, mas também a vida nestas dimensões. Outros clãs não deixaram de ir atrás da hibrida prometendo ação do início ao fim, com Nina fugindo de sua morte.

Narrado em primeira pessoa por Nina, agora temos a oportunidade de conhecer Zyrk e toda sua cultura. A narrativa é fluida e nos prende desde o início, já que começa desde o ponto em que parou em Não Pare! Porém, Nina e Richard neste livro conseguiram me irritar mais do que tinham irritado no primeiro. Aqui encontramos uma Nina corajosa, mas sem ação, totalmente apaixonada por Richard e esse amor impossível acaba se tornando abusivo, já que Richard não pensa duas vezes antes de traí-la, mas em outros momentos corre atrás dela e tenta salvá-la, lutando contra sua própria natureza, mas essas atitudes dele não me convenceram.

Por outro lado, Jhon foi um personagem que ganhou um pouco mais de destaque neste livro e isso fez com que eu simpatizasse muito mais com ele, já que ele não apaga Nina, e é totalmente diferente de Richard, sendo um amor de pessoa. Nina sem Richard ganha força e se torna sua própria heroína. Enquanto Richard aparentemente joga com ela o tempo todo e isso se torna até cansativo. Adoro a escrita da autora e adorei o primeiro volume da série, mas aqui foi impossível não ficar incomodada com este romance abusivo, e este Richard tão instável.

Não pare! É uma trilogia com muito potencial, e apesar de estar um pouco desapontada com Não olhe! Não vejo a hora de ler o terceiro volume, pois além dos ganchos que a autora deixou para o livro seguinte, Nina foi muito bem desenvolvida e acreditando neste potencial que ela tem, espero em uma personagem mais forte, determinada e dona de si em Não fuja!

site: http://www.malucadoslivros.com/2018/12/resenha-nao-olhe-fml-pepper.html
Isabelle 13/01/2019minha estante
Senti a mesma coisa que você. Esse relacionamento abusivo deles me incomodou muito e também algumas inconsistências no comportamentos do pessoal de Zyrk.




priscila.wenzel 08/12/2018

Gostei bastante!

A história continua sendo narrada por Nina e prossegue do mesmo ponto em que o anterior acabou.
Nina acorda um pouco confusa e descobre que está em Zyrk. Richard a leva para Thron e lá Nina descobre um novo mundo e um novo Rick.

Em Thron, Rick é praticamente idolatrado, visto como um rei, um possível sucessor ao trono, se tornando praticamente outra pessoa. Nina tem a oportunidade de constatar o guerreiro habilidoso que Rick é, o respeito que toda a Thron tem por ele, incluindo seu rei, Shakur.

Enquanto luta pra se manter viva, Nina começa a entender melhor a maldição que envolve os zirquinianos, entender mais sobre si mesma, porque é chamada de hibrida, descobre mais sobre seus pais, sobre o mundo de Zyrk e seu povo e todo o esforço que sua mãe fez para mantê-la viva.

Confesso que em alguns momentos Nina e Rick me irritaram bastante. Várias vezes fiquei na dúvida sobre a as intenções de Rick e algumas atitudes meio infantis da Nina me tiraram do sério. O casal é um dos mais difíceis da literatura no quesito se entender (rs)

Uma coisa que gostei muito na história, foi poder conhecer melhor os personagens. Estando dentro de seus mundos, Jhon, Richard, Collin e Kevin ficam diferentes, talvez mais adultos, destemidos e responsáveis. Eles se tornam literalmente guerreiros muito honrados (ou não).

Pra quem leu o primeiro livro e gostou, com certeza vale a pena ler o segundo e a forma como a história termina é motivo mais que suficiente para ir correndo ler o terceiro rs.
comentários(0)comente



Keli 18/11/2018

Gostinho de quero mais!!
Segundo livro da trilogia que nos apresenta o incrível mundo de Zyrk! E faz a gente se apaixonar mais ainda pela MORTE de olhos azuis e corpo de guerreiro. Ai ai suspiros
O livro é uma fantástica continuação do primeiro livro e nos deixa com um gostinho de quero mais.
Super recomendo a trilogia!!!
comentários(0)comente



Luuh_em_livros 08/11/2018

Amei!!!!
Amei o livro!!! Muita ação, suspense, cada declaração linda. Senti um misto de sensações. Super indico esse livro!!!!!
comentários(0)comente



Sugada Por Um Livro 01/11/2018

O misterioso mundo de Zyrk
O livro “Não Olhe!”, segundo volume da trilogia “Não Pare!”, da @fmlpepper, publicado pela editora @edvalentina

Primeiramente, volto a ressaltar que a trilogia é voltada para o público jovem, contendo #fantasia, #ficçãocientífica, um pouco de #terror e muito #mistério.

Com a mesma narrativa empolgante que vemos no primeiro volume da série, o segundo volume, captura nossa atenção para o misterioso mundo de Zyrk. Um mundo sóbrio e rodeado de mistério onde nossa protagonista, Nina Scott, foi aprisionada.

Em quem você deve confiar em meio de uma guerra preste a explodir? Richard, resgatador de Thron ou em John, resgatador de Storm?

Quaro clãs. Um reino. Uma lenda.

Entre tantos pontos fortes a obra, eu posso citar alguns como a forma de como a autora apresenta os quatro clãs de Zyrk e o mistério que cada um possui, bem como seus costumes, suas lendas e suas regras. A construção do triangulo amoroso, e por último, o mistério de Richard.

Uma obra que vai levar suas emoções ao limite.

Curiosidade: 1.“Não Olhe!”, segundo volume da trilogia, está em nono lugar dos 100 mais vendidos na categoria “Ação e Aventura para Jovens e Adolescentes”da @amazonbrasil ; 2. A obra foi publicada em 2015; 3. O site da nossa escritora é: http://fmlpepper.com.br/

site: https://www.instagram.com/sugadaporumlivro/
comentários(0)comente



226 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 |