O último homem do mundo

O último homem do mundo Tais Cortez




Resenhas - O último homem do mundo


153 encontrados | exibindo 76 a 91
1 | 6 | 7 | 8 | 9 | 10 | 11


Vanessa 27/03/2015

Voltando à adolescência
"O Último Homem do Mundo" de Taís Cortez, me transportou novamente à adolescência. Eu não desgrudei do livro e enquanto lia era a Vanessa de 16 anos outra vez.
Aquela história que entre o amor e o ódio existe uma linha tênue vem à tona com a personagem Amanda, que depois de 3 expulsões consecutivas, vai parar no internato onde se formam "Barbies e Ken's". Oops! Digo, onde se formam os herdeiros das famílias mais prestigiadas de São Paulo.
Sua mãe, uma atriz super famosa toma essa decisão, sem ao menos consultá-la. O que a revolta totalmente e ela acaba de vestir a sua armadura fria de rebeldia.
Para ela é um insulto ser "presa" com um bando de mimados fúteis. E logo de cara já consegue encrenca com outra aluna: Mariana, nada mais, nada menos que a filha do diretor. As brigas e provocações não param.
O que Amanda não espera enquanto inventa diversas maneiras de ser expulsa, é a amizade de Maíra e Paulina, que são pessoas agradáveis e legais. Ao contrário do grupo de Mariana, que só provocam os piores sentimentos ou não. Pois nesse grupo está Ricardo, o garoto mais lindo e popular da escola. O tal "último homem do mundo", o tal "ódio à primeira vista".
No meio dessa confusão, brigas, provocações, dramas familiares e por que não dizer: beijos trocados, Amanda e Ricardo, duas pessoas que aparentam ser tão diferentes, descobrem que são tão parecidos e se unem por uma causa que acreditam.
Desse cenário, Taís conseguiu um livro leve, romântico, divertido e dramático. A pegada totalmente teen conquista qualquer leitor que vive ou já viveu conflitos semelhantes. Estou pronta para o próximo.
Tais Cortez 29/03/2015minha estante
Oooi Van
Adoreiii a resenha!!
Obrigada por compartilhar o q achou!
Impossível não rir com seu comentario sobre a formação de barbies e kens haha
Fico Mto feliz q tenha sido conquistada por essa história e Q venha o próximo!
Bjssss




Fer - Mato Por Livros 27/03/2015

Leve, envolvente e divertido. Com um casal apaixonante e marrento rs.
Ai minha nossa. Eu simplesmente adoro um romance com personagens “marrentos”. Aquele romance adolescente que nos faz voltar no tempo e lembrar de todas nossas “aventuras” daquela época?!

Assim me senti com O Último Homem do Mundo.

É um romance leve, divertido e envolvente, que nos proporciona momentos de muitas risadas, mas também nos faz pensar no poder do bom coração.


Amanda é a típica garota rebelde. Ela quer gritar ao mundo sua vontade de liberdade. Ela não aceita ordens de nada nem de ninguém e não aceita muito bem as regras.
Ricardo é o típico “mauricinho”, cheio de não me toques e “eu sou dono do mundo”.

"Pessoas comuns falam sobre pessoas. Pessoas extraordinárias discutem ideias. Pessoas comuns pensam em si mesmas. Pessoas extraordinárias querem mudar o mundo. Pessoas comuns se cansam quando os obstáculos aparecem. Pessoas extraordinárias encontram forças quando todos já desistiram."

Ambos só aparentam aquilo que esperam que os outros vejam neles, não o que verdadeiramente são.

Mas quando Amanda, contra sua própria vontade vai parar no mesmo colégio que Ricardo, a coisa toda promete pegar fogo, muito fogo, e um consegue despertar no outro seu pior lado. Ou não.

"Parecia ironia que o último homem do mundo havia se tornado, sem que eu soubesse exatamente onde, como e quando, o único homem que eu queria."

É especial acompanhar todas as brigas desses dois, eu não sabia se ria, se chorava, ou se torcia para que eles parassem logo com aquilo e enxergassem o que estava diante de seus olhos.
As brigas prometem ser intermináveis. Mas quando situações improváveis juntam esses dois, o fogo promete ser ainda maior.

"O Amor é um risco e, se você não está disposta a se arriscar, então não é digna desse amor."


Simplesmente amei, e terminei o livro já com vontade de rele-lo.
Um livro que nos faz querer uma continuação, que nos faz querer mais dos personagens.
E esse foi o único ponto “negativo” do livro, rs.
Acho que a Tais podia ter nos dado um pouco mais de história. Aqueles dois prometiam muito mais confusão. Mas sei lá, quem sabe não role uma continuação?

Eu me encantei mesmo pelos personagens. Fiquei encantada por Amanda e Ricardo, achei os personagens muito bem estruturados. E claro Ricardo me deixou apaixonada rs.
Eu só posso indicar a leitura a todos. Não precisa ser jovem para se encantar por histórias assim.
O Último Homem do Mundo promete bons, divertidos e apaixonantes momentos.

site: http://www.matoporlivros.com.br/
Tais Cortez 27/03/2015minha estante
Ferrrrrrr
Eu q simplesmente ameiiii a sua resenha!
Obrigadaaa!
Adorei os quotes q escolheu e seus comentários sobre como se sentiu enquanto lia!
E q maravilhoso saber q terminou já com vontade de relê-lo!
Fico mto feliz q tenha se encantado com a história e os personagens :)
Bjsssss
e sucesso ao blog!




Tatah 26/03/2015

A história começa com Amanda chegando ao Educação Elite, a escola mais renomada do país, onde estudam os filhos das pessoas mais importantes do Brasil. Amanda está furiosa por mais uma vez ser mandada para um lugar que ela não escolheu, e tem raiva de sua mãe por fazer todas as suas escolhas por ela. Fica mais furiosa ainda ao pensar que sua mãe, Patrícia Oliveira, está mandando ela para um internato para que assim ela tenha mais tempo para namorar, sem que sua filha seja um empecilho.
Logo no início Amanda se esbarra com Ricardo e Mariana, o típico casal popular do colégio. Naquele instante ela já tem determinado quais são seus inimigos, e quem ela iria infernizar durante seus dias naquele colégio. Sua determinação em ser expulsa do colégio, faz com que logo nos seus primeiros minutos ela caia em uma briga braçal com Mariana, que ofendeu sua mãe. Esse foi só o ínicio de muitas outras coisas que Amanda aprontou, mas o diretor, suas colegas de quarto e a inspetora estavam determinados em fazer com que ela permanecesse ali.
Enquanto ela não conseguia ser expulsa, se divertia infernizando Ricardo e Mariana, que sempre lhe retribuíam o favor. Através dessa troca de hostilidades, Ricardo se dá por vencido quando Amanda revela na frente da escola inteira um segredo de Mariana, que foi o suficiente para separar o casal.
Amanda, porém, não se sente nem um pouco feliz com o que fez, apesar de não ter tido escolha. Ela foi exatamente no ponto fraco de Ricardo, assim como ele tinha ido no dela.
Ricardo, que tinha muitos problemas familiares, após terminar com Mariana estava um dia com cada garota do colégio, além de ter voltado a beber. Isso fez com que Amanda reforçasse a idéia de que Ricardo era o último homem do mundo em que ela iria querer perto dela, apesar de ser inegável a atração que sentia por ele.
Esse sentimento começou a mudar quando os dois juntaram forças para fazer um ato de caridade. Obrigados a passar mais tempo juntos, Amanda foi percebendo através de algumas atitudes, que Ricardo não era tão ruim assim. Apesar das provas que ela já teve da falta de caráter, algumas atitudes nobres que ele tinha contradiziam essa imagem negativa que ela tinha. E a atração que ambos sentiam um pelo outro se fortaleceu mais e mais, e se conhecendo melhor, passaram do ódio a admiração.Depois de muitos acontecimentos, muitas dúvidas e algumas certezas, o desfecho do livro é emocionante.
Tais tem uma escrita fluída e fácil, escreve muito bem e desenvolveu o enredo com perfeição. É um daqueles livros que te prendem a atenção do início ao fim, um daqueles romances adolescentes que você sabe exatamente como vai terminar, mas que isso não te impede de se encantar com cada novo acontecimento. Apesar de ser bastante comum esses romances adolescentes, Tais tornou seu livro uma história única. Os acontecimentos são bastante surpreendentes e te fazem querer devorar o restante do livro. É um daqueles livros que fazem a gente se orgulhar da literatura nacional e que faz a gente marcar como favorito no Skoob.

site: http://fotografiaeleitura.blogspot.com.br/
Tais Cortez 27/03/2015minha estante
Thaisssssssss....
Primeiramente, obrigada por participar do Book Tour!!!!
Adoreiii a resenha...
Vc abordou pontos importantes da trama sem dar nenhum spoiler. Se não fosse a autora, teria ficado curiosa hahaha
Fico mto feliz por ter gostado!
Bjssss
e sucesso ao blog :***




Lara 18/03/2015

Mais um livro Surpreendente da Tais.
"O Ultimo homem do Mundo" conta a história de Amanda Oliveira, filha da importante atriz Paloma Oliveira. Amanda tem sérios problemas com sua mãe, por ser muito ausente, e uma forma de se rebelar contra tudo é fazendo por onde ser expulsa das escolas que frequenta. Depois da terceira expulsão, Paloma coloca sua filha em um internato: Educação de Elite. Lá apenas os filhos de ricos estudam, é uma escola selecionada de alto nível educacional. Amanda não quer estudar lá, então procura inicialmente de todas as maneiras ser expulsa mais uma vez. Só que nessa escola não dá certo porque ela tem duas colegas de quarto, a inspetora e o diretor. Em meio ao tempo que passa lá, Amanda conhece Ricardo. E um projeto consegue mudar todo o jeito de Amanda pensar sobre si mesma e sobre o mundo.

Quando a Tais me chamou para participar do Booktour, eu eu aceitei na hora. Afinal, eu fiquei apaixonada pelo primeiro livro dela. O que não esperava era uma obra tão diferente da primeira, e tão positiva. Em "O ultimo Homem do mundo" encontrei um young adult super rápido de ler. Não porque é pequeno, mas porque Tais escreve de uma maneira fluida e despretensiosa.

O livro tem uma trama por trás do romance, existem motivos para o romance acontecer. Existem problemas familiares, intrapessoais, interpessoais. E tudo isso liga ao romance, e a forma como Amanda e Ricardo levam a vida. É um livro que tem uma problemática inicial, um desenvolvimento impressionante, e um final que agrada. Pelo menos a mim foi assim. Eu levei cerca de duas horas para terminar o livro inteiro, e posso dizer que ele não deixou a desejar em nada. Nada mesmo.

Pegando um livro que tenha a história boa com uma escrita que você adora, só pode ganhar o seu coração. E assim fez. Talvez eu não tenha gostado tanto dele quanto Golfinhos e Tubarões, mas esta tem uma explicação: amo sobrenaturais. É um fato que levo comigo sempre, e tenho ciência que esse é o motivo. Mas isso não desmerece em nenhum momento o carinho que criei por esta obra.

A diagramação está super linda, e essa capa em tons rosados são minha paixão. Amo rosa, e ficou muito linda mesmo a capa. Não tenho o que comentar sobre a diagramação em si, porque está tudo perfeito.

site: http://pausaparaumlivro.blogspot.com.br/2015/03/semanacomatais-resenha-e-adeus.html
Tais Cortez 18/03/2015minha estante
Oiii, Tamiris!
Obrigada pela resenha :)
Fico mto feliz q mais um livro meu a tenha agradado.
Q venha o terceiro! rsss
Bjssss
e sucesso ao blog!




spoiler visualizar
Tais Cortez 10/03/2015minha estante
Oiii, Hellen!
Q resenha mais lindaaaa!
Adorei saber q vc não dava nada para o livro e acabou sendo completamente conquistada! rsss
E q honra a Amanda e o Ricardo terem entrado para a sua lista de casais literários favoritos!!! hehe
Bjssss
e sucesso ao blog!




Isabella 06/03/2015

O Último Homem do Mundo
O Livro é narrado em 1ª pessoa por Amanda, filha de uma atriz muito rica e famosa. Sua relação com a mãe não é boa, Amanda se mostra revoltada no início do livro pelo fato de que a mãe procura fazer tudo da forma que bem entende sem consultar a garota.
Conforme o livro vai caminhando, percebemos que a mãe de Amanda não é presente na vida da filha por trabalhar muito. Está sempre a matriculando em colégios internos e dizendo que é o melhor pra ela. Amanda é expulsa de várias escolas por querer, está sempre causando confusão.

''Eu fiquei feliz em deixar sua sala. Alexandre não era ruim. Ao contrário, eu tinha que reconhecer que ele parecia legal e justo. No entanto, tinha algo nele que me incomodava profundamente: ele prestava atenção em mim. Isso era algo com que eu não estava acostumada e não sabia lidar muito bem''.
Com a nova escola não é diferente. Ela faz de tudo para conseguir uma expulsão o mais rápido possível, mas acaba criando laços e pretende não destruir isso.
O livro é carregado de cenas engraçadas, me fez rir em vários momentos. Assim como me fez chorar e me emocionar.
A personalidade dos personagens é bem trabalhada no livro, isso me agradou muito....

Continuação em: http://www.livrologias.com/2015/03/resenha-o-ultimo-homem-do-mundo.html


site: http://www.livrologias.com/
Tais Cortez 10/03/2015minha estante
Oi Isabella!
Obrigada pela resenha :)
Q bom q gostou!
Bjssss
E sucesso ao blog!




Bruna 03/03/2015

Uma obra completa e apaixonante para quem ama ler.
Primeira coisa que eu tenho a dizer é que falar sobre um livro que me envolveu tanto e me fez me apaixonar de tal forma, não é nada fácil. No entanto, tenho que ser justa com ele e fazer uma resenha no mínimo à altura para que você possa se permitir se apaixonar pelo casal marrento dessa história tanto quanto eu!

Quem nunca odiou ninguém? Quem nunca se sentiu sozinho ou quis fazer algo apenas para irritar seus pais? Quem nunca falou que certa pessoa era a última pessoa na face da terra com quem ficaria e acabou descobrindo dentro de si sentimentos fortes e intensos? Se você se identificou com algum desses fatos, e até mesmo se não, essa leitura é a ideal para você.

O livro é narrado em 1ª pessoa através do ponto de vista de Amanda, uma jovem ruiva problemática e rebelde que faz de tudo para chamar a atenção e/ou causar constrangimento para sua mãe famosa que não lhe da muita atenção e decide a vida dela (como a maioria dos pais) sem consultar suas vontades. É, inclusive, em consequência de uma dessas escolhas onde conhecemos a principal, e divertida, Amanda que acaba de chegar ao seu novo colégio, após três expulsões anteriores em outros lugares. Desde o primeiro momento, ela faz questão de demonstrar estar ali contra sua vontade e se mostra decidida a fazer de tudo até conseguir ser expulsa. E já aviso vocês que ela não irá poupar esforços ou controlar seu gênio para concluir seu objetiva, o que proporcionará encontros marcantes e situações essenciais para o desenvolver da trama.
Sua personalidade forte adicionada com o fato de ela estar disposta a fazer qualquer coisa para sair dali, a faz rejeitar a ideia de se deixar ser convencida por qualquer coisa ou qualquer pessoa do Educação de Elite. Sem duvidar e tendo a certeza que nada e nem ninguém irá faze-la desistir de conseguir seu objetivo ela espera que seguir seu plano e dar o fora dali seja algo fácil a ser realizado em no máximo uma semana, ou assim era o que ela pensava antes de conhecer algumas pessoas que não tornariam isso nada simples.
Logo de cara ela conhece Ricardo, um menino típico de elite (mimado, arrogante) e os dois já trocam farpas o que só piora com a namorada dele, Mariana, se metendo e falando o que não deve. Não preciso nem dizer que esses três irão se meter em muita confusão, ou preciso? Tanto Ricardo quanto Amanda são extremamente marrentos e não poupam esforços em tornam a vida do outro complicada, mas será que por trás de tanta provocação e ódio um outro sentimento não se encontra escondido? São questionamentos como esse que um plano, um beijo, vingança podem estar respondendo e não da forma como eles esperam.
Não vou falar o que eles irão aprontar, tampouco irei falar sobre todos os personagens da história, isso eu deixo para vocês serem surpreendidos assim como eu fui no decorrer da leitura! O que irei dizer para vocês é que todos os personagens despertam sentimentos e emoções em nós leitores, Ricardo e Amanda mesmo com tanta marra são apaixonantes e nos fazem crescer com eles durante a leitura, sem falar que nos levam a refletir sobre ações e pensamentos errados que temos e que não percebemos. Bem mais que uma história de amor, O último homem do mundo, é uma obra de crescimento, reflexão e que contribuem diretamente em nossa vida.
Eu me identifiquei diversas vezes com partes do livro, o que me levou a refletir sobre certos pontos e parar de focar somente em mim. Sem falar que eu ri, briguei, suspirei e me apaixonei em cada página. O romantismo na medida certa, o amadurecimento dos personagens no decorrer da obra, o jeito que problemas são mostrados de forma suave sem tirar a gravidade, dentro outros diversos fatores são o que tornam a obra de Tais Cortez completa e incrível.
A capa é linda, e antes que vocês digam algo foi a primeira coisa que a minha mãe também comentou, a diagramação é simples e ao mesmo tempo perfeita. A escrita é gostosa, rápida e quando você vê já está lendo a horas e pareceu apenas minutos, não é a toa que essa obra entrou para minhas favoritas e desejadas. Admito também que fazia tempo que uma leitura não me prendia tanto quanto esse conseguiu, parabéns pela obra incrível Tais, pode ter a certeza que conseguiu me conquistou completamente!

site: http://brookeandbelle.blogspot.com.br/2015/03/resenha-o-ultimo-homem-do-mundo-tais.html
Tais Cortez 03/03/2015minha estante
Oiiiiii, Bruna!
UAU...nem sei o q dizer depois de ler uma resenha dessas...tão perfeita e apaixonante!
É com ctz uma das mais lindas q já li!
Só o q posso dizer é MUITO OBRIGADA! Pelo carinho q sente por meu livro, por mim, e por colocar todo esse carinho em palavras tão doces!
Uma das maiores recompensas de publicar minhas obras é encantar leitoras e blogueiras como vc.
Espero q Deus me dê muita inspiração para continuar escrevendo histórias q conquistem seu curacao!
Bjssss
e sucesso ao blog!
Q venha Golfinhos e Tubarões! Admito q estou ansiosa rss...espero q goste!




Yasmim 26/02/2015

O livro nos apresenta Amanda, uma jovem rebelde de dezesseis anos que vive para contrariar as ideias de sua mãe e ser expulsa de colégios. No momento, ela tem três em seu curriculum e fara de tudo para que consiga ser, mais um vez, expulsa de um dos mais importantes colégios do país, A Educação de Elite. Só que dessa vez as coisas não serão nada fáceis para Amanda, já que tanto a inspetora como o diretor estão decididos a faze-la ficar, mesmo que contra sua vontade.

Eu sentia isso todas as vezes que ela olhava pra mim, em cada reprovação e em cada momento em que ela se afastava de mim. O que eu deveria pensar se ela sempre me deixava de lado?

Ricardo é o garoto mais popular e mulherengo do colégio, tipico dos garotos ricos, ele é o último homem do mundo qual a Amanda gostaria de lidar. Porém, em um colégio como o Educação de Elite é impossível não se esbarrar com pessoas indesejáveis, principalmente se tratando de Ricardo Miliano. e a sua namorada, Mariana.
Mas decidida a ser expulsa mais uma vez, Amanda não poupara esforços para que consiga o que tanto deseja .... nem que isso ponha em risco toda sua armadura de menina má.

Brigas, injustiças, traições, rebeldia e problemas com bebidas alcoólicas serão abordadas de uma maneira simples e direta. O livro tem uma escrita leve e bem desenvolvida, trazendo consigo um enredo comum na vida de um adolescente. Nossa protagonista, Amanda, é forte, decidida e justa, mas nem mesmo isso fará com que ela se salve de tantos problemas.
Com uma mãe desleixada e rodeada de grandes casos fracassado, Patricia Oliveira é tudo que uma filha não desejaria, sendo o motivo para tanta rebeldia de Amanda. Mesmo tentando entender um certo lado da protagonista, eu ficava com serias dúvidas do que ela estava fazendo era certo. Tanto que, em uma parte do livro ( quem leu sabe ) fico imensamente agradecida pelo balde de água fria que ela leva. Aquilo foi realmente necessário!
Como se já não bastasse, temos Ricardo, que desde a separação de seus pais vem se afogando em bebidas e mais bebidas.
E, entre tapas e beijos é que veremos onde esses dois iram terminar.

Resenha completa em:

site: http://miiheomundoliterario.blogspot.com.br/2015/02/resenha-o-ultimo-homem-do-mundo-tais.html
Tais Cortez 27/02/2015minha estante
Oiii, Yasmin
Agradeço sua resenha e participação no Book Tour!
Fico feliz q tenha gostado da minha escrita e achado os personagens bem desenvolvidos.
Realmente vc está certa em ter se lembrado do relacionamento da Roberta e do Diego, pois essa dinâmica de amor e ódio foi sim inspirada por eles!
Eu sempre escrevo primeiramente para mim, e quis criar algo leve e divertido com essa ideia de amor e ódio entre os protagonistas.
Sei q é impossível agradar a todos, e espero q Golfinhos e Tubarões consiga conquistar seu coração :)
Bjsss e sucesso ao blog!




Daiane 18/02/2015

Leve, fácil e envolvente
Resenha publicada no blog No Universo da Literatura

Por esses dias eu estava procurando um livro leve, um romance adolescente, fácil, meigo, para aqueles momentos que queremos apenas relaxar. Cheguei a pedir indicações em meu twitter pessoal, mas, ainda assim, os títulos me indicados não eram o que eu queria. Até que recebi este exemplar da Ler Editora, ainda não conhecia o livro e não tinha ouvido nada sobre ele, e isso foi perfeito! Ao ler a sinopse vi que era exatamente o estilo que eu precisava naquele momento, então claro, me joguei na leitura.

Desde as primeiras páginas de O último homem do mundo eu já havia percebido duas coisas. A primeira é que a história seguiria uma linha clichê comum, e a segunda e mais importante: não há como parar de ler. Eu não me importo de uma história ser clichê, desde que seja bem construída e me prenda! E claramente, nisso o livro acertou em cheio, porque sabe muito bem como conquistar o leitor.

Amanda, ah dona Amanda, mas que personagem cheia de personalidade! Uma adolescente rebelde, porém com um grande coração. E Ricardo? Este dispensa apresentações (suspiros). Porém algo que percebi e admirei nestes dois personagens é que ambos tem problemas comuns a muitos jovens. Assim com certeza o jovem leitor tem facilidade em se identificar com o que lê, e até mesmo os que já não estão mais nessa fase como eu (também não faz muito tempo que sai dela né gente, embora os meus 23 já estejam ai batendo na porta cof cof) sentirão aquela sensação gostosa de nostalgia quando relembramos essa nossa fase cheia de dúvidas e intensidade, em que tantos sentimentos são descobertos.

Tais Cortez soube como retratar o universo adolescente, principalmente ao que remetem as principais dúvidas, medos e problemas que são enfrentados nessa fase. É uma escrita jovem e ao mesmo tempo madura, pois é certeira em saber envolver o leitor. A leveza predominante e o traço de diversão, faz com que o enredo não caia em uma monotonia.

Esta é aquela típica obra que você se vê esperando pelo final feliz, torce pelo casal, odeia os “vilões”, e não deixa de se sentir tocado pelas situações presentes em várias cenas. Não é por ser uma história escrita para adolescentes que o livro deixa de ter certa profundidade, ele tem! Pois consegue emocionar, e até mesmo ensinar, já que alguns pontos independem de idade para ocorrer em nossas vidas.

Adorei O último homem do mundo, e recomendo com certeza! Fazia tempo que eu não encontrava uma obra tão doce, delicada e fofa assim para ler. Drama, humor, personagens cativantes, e uma escrita suave, elementos bem dosados para tornar esta obra tudo que ela precisava ser: única! Recomendo para quem procura um romance adolescente bem levinho, fácil, e envolvente.

site: http://www.nouniversodaliteratura.com.br/2015/02/resenha-o-ultimo-homem-do-mundo.html
Tais Cortez 19/02/2015minha estante
Oooi, Daiane!
Sou a autora de O último homem do mundo.
O Navarro me passou sua resenha. Adoreiii!
Fico mto feliz que tenha gostado e agradeço os elogios maravilhosos!
Amei conhecer sua perspectiva sobre os personagens, a trama, etc.
Obrigada!!!
Bjsss e sucesso ao blog! :)




Ana Caroline 18/02/2015

Amanda é uma menina de 16 anos que já foi muito pobre, hoje em dia com a fama da sua mãe ela é uma garota muito rica e que pode comprar o que quiser, mas nem todo o dinheiro do mundo pode comprar a falta que ela sente da sua mãe na sua vida. Quando elas eram pobres sua mãe era presente, mas depois da fama ela sente-se abandonada.
Ela tenta chamar atenção da sua mãe sendo a pior filha possível e, depois de ser expulsa de três escolas acaba sendo enviada a um internato misto onde ficará a semana inteira na escola e voltará aos fins de semana para casa.
Na sua cabeça, este internato era só mais uma maneira de sua mãe a manter longe e seu grande objetivo era ser expulsa novamente, mas desta vez ela encontrou em seu caminho o Sr. Alexandre, o diretor da escola, um homem bom que percebeu pelo o que Amanda estava passando e não a deixaria sair da escola tão fácil, não antes dela tentar verdadeiramente ficar.
Após algumas tentativas de expulsão, onde todas falharam, Amanda se vê obrigada a ficar mais tempo do que esperava naquela escola e o que descobre é que não é tão ruim quando imaginava. Pela primeira vez na vida ela fez amigas, Paulina e Maíra fazem com que ela se senta bem vinda e querida, além de ter duas pessoas com quem pode contar.
Se fosse só isso talvez fosse fácil ficar na escola, mas nesta escola também o Ricardo, o menino mais galinha, metido, traidor e popular que ela conhece e odeia. O ódio é mútuo, pois Ricardo não suporta a presença dela na escola. Os dois vivem sabotando um ao outro, mas entre uma sabotagem e outra eles acabam se conhecendo melhor, vendo que ambos possuem uma armadura onde se escondem das pessoas para que ninguém veja o que eles realmente sentem.
Amanda e Ricardo escondem muitos sentimentos, deixam o seu melhor escondido no fundo da alma e mostram o seu pior para o mundo, mas quando ambos conseguem enxergar o melhor um no outro isso pode mudar completamente. Para Amanda, o Ricardo seria o último homem no mundo que ela escolheria para si e para Ricardo, a Amanda era somente uma menina maluca, mas de repente isso parecia ser muito errado, pois Amanda e Ricardo não conseguiam ficar sem pensar um no outro.
O Último Homem do Mundo é um livro que você pode até pensar inicialmente que é só mais uma história de amor, mas é muito mais que isso. Essa história nos mostra como a falta de amor por parte dos pais pode afetar a vida de um filho, como a ajuda pode vir de onde você menos espera, que amizades verdadeiras mudam tudo, que devemos dar valor e ao que temos e sempre que possível ajudar quem tem menos do que nós.
E por último, mas não menos importante, esta história nos mostra que aquela pessoa que você nem imagina na sua vida pode acabar sendo fundamental e que é importante confiar no poder do amor.


site: http://livrosleituraseafins.blogspot.com.br/
Tais Cortez 18/02/2015minha estante
Oii, Ana!
Q resenha linda e super sensível!
Obrigada!
Adoreiii a análise que vc fez dos personagens!
Q bom q gostou da história!
Agora q vc já leu meus dois bbs, eh soh esperar o terceiro! Rsss
Bjsss e sucesso ao blog! :)




Carol 10/02/2015

O Último Homem do Mundo
Atenção! Todo mundo pare o que está fazendo e comece a ler! O Último Homem do Mundo não é nada mais nada a menos do que perfeição. Não consigo encontrar palavra melhor do que PERFEIÇÃO. Bom, primeiramente você tem que ler o livro de mente aberta. Já li esse livro milhões de vezes e, cada vez que leio, aprendi uma coisa nova. É incrível com a Tais conseguiu retratar tão bem a realidade adolescente através da Amanda. Um menina que antes era meiga, "forçada" a virar rebelde para descobrir que 1) ter amigas é muito bom ; 2) ela também pode amar. Com o desenvolver da história, você consegue perceber as mudanças psicológicas da Amanda e por mais que pareça tolice, aquilo pode se encaixar na sua vida! Sou muito grata a Tais por todo o conhecimento que ela me deu. Independente de você é fã de romance o não, o livro é para todos. O Ricardo já virou um dia meus amores literários e eu amo a Amanda e o jeito diferente dela. Vale a pena ler e a autora é uma graça, muito gentil e carinhosa!!
~Carol ?
Tais Cortez 10/02/2015minha estante
O q posso dizer depois de ler tantas palavras gentis?
Muitooooo obrigada!!!!!
Agradeço por compartilhar o Qnt o livro impactou vc.
Isso significa mais do Q vc pode imaginar!
Amo saber Q os leitores tiraram lições e refletiram por causa das minhas histórias!
Vc eh uma fofa e foi um grande prazer ter t conhecido através do meu livro!
Espero poder criar mts outras histórias Q encantem seu coração!
Bjssssss Cá s2




Dri 31/01/2015

O último homem do mundo
Este é aquele livro que quando você entra na livraria e se depara com ele, você sente a necessidade de pegar, abrir, folhear, e por fim leva-lo.

Amanda é uma adolescente rebelde e determinada, filha de uma famosa atriz, Patrícia Oliveira, que por conta da agenda cheia e de seus casos amorosos, nunca tem tempo suficiente para a filha.

Para chamar cada vez mais a atenção de sua mãe, Amanda sempre está envolvida em problemas. E depois da terceira expulsão de um colégio, Patrícia decide matricular a filha no Colégio Educação de Elite, um dos melhores colégios de São Paulo, a diferença desse colégio para os demais é que os alunos só podem ir para casa aos finais de semana. O que deixa Amanda muito mais nervosa e
determinada em conseguir a sua quarta expulsão.

"Era inaceitável que ela decidisse sobre minha vida sem considerar minha opinião, que ela estivesse feliz enquanto eu não estava. E era inaceitável que eu não fizesse algo a respeito."

Assim que chega, Amanda já chama a atenção de todos pelo jeito de se vestir, o tom colorido dos cabelos, a maquiagem pesada e as roupas descoladas que são bem diferentes do estilo dos “riquinhos” do colégio.

Logo no primeiro dia de aula Amanda já consegue uma maneira de iniciar um plano para a sua expulsão, mas para sua surpresa será ainda mais difícil do que ela pensa. O diretor, e suas novas colegas de quarto não pretendem facilitar e deixar que isso aconteça.

Como em todo bom colégio que se preze, no Educação de Elite tem um garoto lindo, popular, e claro, mulherengo, o Ricardo. Enquanto todas as garotas fazem fila para ficar com ele, Amanda o quer bem distante. Ela não o suporta, suas atitudes são horríveis, Ricardo é “o ultimo homem do mundo” que ela iria querer. O ódio entre ambos é instantâneo, desde o momento em que se viram.

"Você parece ser tão superficial, idiota e egoísta, mas, as vezes, parece que é outra pessoa completamente diferente (...)"

Mas devido a uma boa causa, Amanda precisa da ajuda de Ricardo e terá que ceder um pouco, ficar mais próxima dele e deixar essa raiva de lado. Ela só não contava que enquanto ela acha que o odeia, seu coração parece estar dizendo o contrario.
Fora a capa que eu achei maravilhosa, o título foi algo que me chamou muito a atenção. Pois ele tem todo um mistério. “O Ultimo Homem do Mundo”, pode ser interpretado de formas diferente, em primeiro momento eu tinha a ideia de que fosse uma busca por este tal homem (o ultimo do mundo), mas por fim é algo contraditório, do tipo, “não posso amar este homem” o que foi uma bela surpresa.

"Os livros tinham sido meus melhores amigos por muitos tempo. Eles me permitiam fugir da realidade, viver a vida de outras pessoas e esquecer as frustrações com minha própria vida."

Adorei o fato da Amanda não ser aquela típica personagem rebelde sem causa, que irrita o leitor a cada página. A determinação e confiança em suas próprias ações foi o que eu mais gostei.

A maneira como a autora abordou um drama familiar, não apenas com a personagem central , em que os pais não tem tempo para os filhos e há a falta dialogo dentro da própria casa, foi essencial.

Uma história que te mostra à surpresa e o valor de encontrar amigos e aliados onde menos se espera, a fé das pessoas, não apenas por religião, mas sim “fé na coisa”, a determinação de uma atitude prejudicial ser transformada em uma determinação para ajudar ao próximo, e claro, o amor, da forma mais comum e inusitada ao mesmo tempo.

"Você devia saber que eu não sou mais aquela pessoa de antes."

Todos esses aspectos, esses sentimentos, são lições maravilhosas que podem ser tiradas dessa linda história e que contribuem para que “O último homem do mundo” seja uma leitura gostosa, envolvente.

Um livro indicado para todos e em todas as idades.

site: http://livrosleituraseleitores.blogspot.com.br/
Tais Cortez 01/02/2015minha estante
Oooi Driii!!!
Nossaaaa q resenha incrível! Ameiiii!
Vc realmente abordou todos os principais pontos de maneira muito assertiva e sem dar spoiler!
Achei interessante suas impressões sobre o título rss realmente eu tenho o costume de dar títulos metafóricos para os meus livros hehe
Obrigada pela resenha maravilhosa! Estou indo dormir com um sorriso nos lábios!
Bjssss




Viviana Mendonça 29/01/2015

[RESENHA] O Último Homem do Mundo - Autora Tais Cortez
Este é o primeira livro que leio da Autora Tais Cortez e não "puxando o saco", mas confesso que ela se tornou uma das minhas autoras favoritas com esse livro.Quando li O Ultimo Homem do Mundo, voltei a minha adolescência, voltei a ser a menina-moça rebelde, mas cheia de vida e romantismo, sonhadora porém esperta e desconfiada, que muitas adolescentes são, a história me resgatou lá do passado, parecia ser amiga de Amanda e por algumas vezes a Amanda. Ah! Como algumas vezes queria ser a Amanda...E Ricardo, quem nunca se apaixonou por um Ricardo, mesmo sabendo que correríamos o risco de nos magoar. Quem é que não teve uma Mariana na vida e lógico a sorte de uma Paulina e Maíra.
A leitura foi simples e leve, mas envolvente, por mais que a historia seja simples, não tem como não querer e torcer para a bem de todos. A autora conseguiu resgatar em mim, uma jovialidade tão inocente e romântica que há tempos não sentia. Não tem como não se apaixonar, eu me apaixonei, acho que ainda estou apaixonada, pelos personagens, pela historia!

site: http://devoreumlivroeoufilme.blogspot.com.br/2015/01/resenha-o-ultimo-homem-do-mundo-autora.html
Tais Cortez 30/01/2015minha estante
Viviiiiiiii....ameiiiiiii a sua resenha!
Uau, muito obrigada mesmo!
Q honra ter me tornado uma das suas autoras preferidas!
E q delicia foi ler as sensações q vc teve durante a leitura....tão incrivel criar algo capaz de despertar isso no leitor!
Muito obrigada pelo carinho. Espero q GET tb conquiste um espaço no seu coração!

Bjssss e sucesso ao blog! :)




Viviane 28/01/2015

Apaixonada
Achei o livro maravilhoso, me encantei com cada um dos personagens, leitura super fácil, que te envolve e você não quer parar enquanto não acabar.
Estou me sentindo órfã a sensação que tenho é que os personagens fizeram parte de minha vida e agora partiram. Estou de verdade apaixonada pela história, pelos personagens. Uma história que nos faz repensar alguns atos de nossas vidas, as vezes pensamos ter tão pouco, mais não fazemos ideia como existe pessoas querendo esse nosso pouco. Os personagens principais são especiais me sinto próxima deles, um romance lindo e intenso.
Tais Cortez 29/01/2015minha estante
Viviiii, minha amiga!
Q bommmm saber q mais um livro meu conquistou seu coração!
Adoreiiii o feedback e fico mtoooo feliz por ter criado algo q teve um efeito tão forte em vc! rs órfã...hehehe
Obrigada pelo carinho!
Q venha agora o terceiro! rs
Bjssss




viviann.kelly.1 10/01/2015

Quem sabe o último homem do mundo, pode ser o primeiro ?
O último homem do mundo, o livro de Tais Cortez, conta a história de Amanda uma garota problemática que não parava em escola nenhuma, era filha de uma atriz famosa e fazia de tudo para chamar a atenção da mãe que não ligava para ela, Amanda faz as maiores loucuras para ser expulsa do colégio até que conhece Ricardo o garoto mais popular e mulherengo da história, um romance com muito suspense e cheio de aventura... O último homem do mundo para Amanda foi o primeiro que apareceu em seu caminho e fez sua vida virar de cabeça para baixo.
Li o livro em 2 horas, muito contagiante o que te faz querer ler e ler cada vez mais. Adorei a escrita a descrição das personagens e quando acabou o livro, minha vontade era de apenas ler qualquer outra coisa escrita pela autora, fascinante e uma leitura que não deixa o leitor desgastado, simplesmente mágico.


site: http://pointdaliteratura.blogspot.com.br/
Tais Cortez 11/01/2015minha estante
Oiii, Viviann!
Adorei a resenha!
Q delicia saber q leu o livro em uma sentada e q adorou a escrita!
Tb amei saber q sentiu vontade de conhecer mais obras minhas qnd terminou de ler!
Espero q meu outro bb a agrade tanto qnt esse! rs
Bjsss e sucesso ao blog :)




153 encontrados | exibindo 76 a 91
1 | 6 | 7 | 8 | 9 | 10 | 11