O Destruidor de Corações

O Destruidor de Corações Vi Keeland




Resenhas - O Destruidor de Corações


96 encontrados | exibindo 76 a 91
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7


Mari Scotti 23/02/2016

Resenha no Blog Coração de Papel
O destruidor de corações nos apresenta Nico, um lutador de MMA traumatizado. Dezoito meses antes de conhecer a mocinha da história, ele teve sua última luta e ela foi fatal para o seu adversário. Apesar dos médicos e advogados afirmarem que ele não teve culpa, Nico se afasta das lutas e se culpa dia e noite por ter sido seu punho que tirou a vida de alguém.
Tudo começa a mudar quando ele conhece a advogada Elle, uma mulher com toda a vida harmonizada, mas que sente falta de alguma adrenalina em sua vida. Bom, ela acabou de encontrar alguém que fará sua vida ficar de cabeça para baixo.

Essa premissa me lembrou muito a minha leitura do livro Real. Não que a trama tenha muito a ver, não tem, mas talvez por ser um lutador bipolar que eu tenha pensado tanto em Real.
A escritora teve uma ideia genial: um mocinho com uma barreira para voltar a lutar. Uma mulher com um passado obscuro, muito obscuro, infelizmente, não soube desenvolver, o que não me prendeu positivamente à leitura.
Os capítulos terminam do nada, o que nos faz pensar que faltaram páginas ou frases, mas apesar disso, não fica confuso continuar lendo.
As cenas eróticas foram bem descritas e sem exageros. O Nico tem uma característica que eu gostei muito, ele é todo certinho com a alimentação, bem o oposto da Elle, o que deu um balanço legal à história e deixou bem pontuada a diferença dos personagens.
Como sou curiosa demais e tinha esperanças de encontrar algo que me prendesse na história, continuei lendo e ainda bem que encontrei esse algo. Achei muito inteligente a forma que a escritora resolveu o problema principal do Nico e essa cena foi realmente pensada como se fosse um homem vivenciando, sem blablabla, sem exageros, ficou excelente!
Só por essa cena eu dei três estrelas para o livro.

Desculpem a resenha pequenininha, mas eu não sei mesmo o que falar do livro.

É uma série, mas não prometo ler os próximos. Quem gosta de tramas eróticas com personagens lutadores e cheios de traumas, vai adorar a leitura. Por ser uma escrita simples, pode ser considerada uma leitura rápida.


Beijão!


site: http://mariscotti.blogspot.com.br/2016/02/resenha-o-destruidor-de-coracoes.html
comentários(0)comente



Janaina 13/01/2016

bom.
comentários(0)comente



dayukie 28/12/2015

"provavelmente eu fiquei apaixonada por ele em cada flerte que ele dava, em cada sorriso torto que eu imaginei ele soltar, as covinhas que tanto fascinaram a Elle, bem, eu me apaixonei pelo Nico também. Desculpa Elle."

Confira a resenha completa lá no blog.

site: http://goo.gl/oBe8X8
comentários(0)comente



Carolina DC 04/09/2015

Narrado em primeira pessoa por Elle e Nico, "O Destruidor de Corações" é o primeiro livro da série MMA Fighter, publicado no Brasil pela Editora Charme.

Elle é uma ótima advogada, independente, bonita e inteligente, mas que emocionalmente não se arrisca muito. Ela "namora" William, um advogado, inteligente, gentil e muito bonito. Namora não seria o termo correto, pois eles não realizam passeios românticos ou viagens de casais. Eles se encontram com exclusividade, mas seguem um roteiro simples: jantares e encontros íntimos. Não há uma faísca ou tensão sexual entre os dois. É mais um companheirismo. Para Elle, isso é ótimo, pois ela não tem pretensões de sofrer grandes emoções. Até que William encaminha Nicholas Hunter como cliente para Elle.

"Eu sou assim há muito tempo. Faço escolhas responsáveis. Minha vida é honesta e organizada e minha frequência cardíaca permanece constante. Gosto das coisas assim na maior parte do tempo. Eu deveria ter orgulho da forma como conduzo a minha vida. Mas a verdade é que, muitas vezes, sinto como se eu estivesse sufocando na minha vidinha superficial." (p. 07)

Nicholas ou Nico precisa de um advogado para anular um contrato de patrocínio, pois eles utilizam trabalho infantil. Ao se encontrarem pela primeira vez, faíscam surgem imediatamente. Elle realmente tenta não se deixar levar, mas é impossível.

Os dois tem um passado trágico, cada um a sua maneira. E eles encontraram maneiras de lidar com seus problemas, mas vão perceber que por conta disso, acabam se isolando emocionalmente. Juntos, Elle e Nico, são um exemplo de força e determinação.

Tanto Elle quanto Nico não ficam enrolando. Ao demonstrar interesse, os dois correm atrás do que desejam. Essa é uma característica que agradou bastante durante a leitura. A mocinha não ficou andando de um lado para o outro, com dúvida do que fazer em relação ao Nico. Ela agarrou o lutador com unhas e dentes.

Nico foge do estereótipo. Não tem nada de lutador malvado e tonto. É inteligente, carismático e mesmo que não confesse, é extremamente sensível as necessidades alheias. É um protagonista incrível. Ver alguém se preocupar com o bem-estar, não apenas dos familiares e amigos, mas também dos jovens que se encontram em situações de risco, é maravilhoso de ler.

A química entre os dois é perceptível desde a primeira troca de olhares e eles se complementam muito bem. A preocupação e o carinho ocorrem com os dois protagonistas, mas também com os personagens ao seu redor. Regina, a secretária e amiga de Elle, que sabe toda a sua história e traz sabedoria e bom humor; Preach, o treinador de Nico, que é quase um pai para ele e que o tem como um filho.

A história é um romance, mas também tem um clima familiar. Claro que existem cenas mais sensuais, mas o enredo como um todo fala de amizades, superação, família e amor.

A escrita da autora é fluida e os diálogos foram criados de forma que encantam durante a leitura.

" - Deixe-me te levar para jantar. Apenas jantar. Eu serei um perfeito cavalheiro. Palavra de escoteiro...
... - Você foi mesmo um escoteiro?
- Sim - ....
- Tudo bem, foi somente por um dia. Meu irmão e eu entramos numa briga e fui expulso na segunda reunião. Mas ainda conta. Eu fui escoteiro." (p. 27)

Em relação à revisão, diagramação e layout a editora realizou um ótimo trabalho. A capa tem um modelo M-A-R-A-V-I-L-H-O-S-O, que dispensa comentários.

site: http://www.viajenaleitura.com.br/
comentários(0)comente



Atitude Literária 05/08/2015

Permita-se...
O Destruidor de Corações não é apenas um livro focado no romance, mas uma história mais abrangente com um enredo fluido, bem construído e marcante. O que mais me chamou atenção na história foi à forma como os protagonistas em nenhum momento ficam se fazendo de vítimas de seus passados, pelo contrário eles são ferozes, fortes, determinados e cheios de vitalidade ainda que uma parte de si mesmos esteja praticamente morta.

"Nós dois sabemos que muito pode mudar em um único minuto. O curso de toda uma vida pode ser redirecionado, um homem pode escolher viver, um homem pode morrer inesperadamente. Nada é definitivo até que se dê o último suspiro."

O livro é narrado em primeira pessoa, com pontos de vistas de ambos os protagonistas, o que eu amo, pois nos aproxima mais da verdadeira emoção individual. Aquela sensação de realmente entrar na mente do personagem.

Nico e Elle, podem ser tidos como opostos, ele lutador de MMA, de porte grande, todo construído em músculos e sexy além do que podemos descrever, possui uma aura selvagem, brutal, fatores que apenas o deixa ainda mais irresistível. Mas ao contrário do que imaginei para este romance, Nico é um protagonista carinhoso, sensível, que me deixou suspirando e não apenas um homem com um ego gigante todo arrogante. Ele está marcado com um acidente ocorrido há tempos atrás durante uma de suas lutas e agora carrega o fardo de ter que aprender a lidar com a culpa e a dor e seguir em frente.

Já Elle é uma advogada dedicada, uma mulher extraordinária, com sua vida metódica e rotina certinha, inteligente e engraçada, em busca de segurança “emocional”, fato esse que fica claro quando nos deparamos com seu relacionamento sem vida, mas "seguro". Mas uma de suas grandes virtudes e que me fez me tornar sua fã, é que se ela quer algo ela se joga e pronto, não fica de mimimi, cheia de medos e receios, ela apenas se arrisca. Uma mocinha encantadora e forte, mesmo tendo que lutar contra um passado misterioso e cheio de traumas ela não se esconde.

O ponto que os uni? Nossos protagonistas são exatamente iguais, eles são sobreviventes. Sobreviventes de um passado doloroso, sobreviventes do medo, da culpa, do receio de seguir em frente, sobreviventes deles mesmos. Ambos merecem toda a minha admiração.

“Ninguém nunca olhou para mim do jeito que ele me olha. Sinto uma batalha silenciosa no meu íntimo e sei que alguma coisa mudou em mim, para sempre. Eu nunca vou ser capaz de voltar ao confortável e agradável depois de sentir o que quer que esteja queimando entre nós. Isso me assusta pra cacete e, atrai ao mesmo tempo.”

Nico e Elle são apresentados oficialmente no escritório de Elle, quando Nico precisa de ajuda para se livrar de um contrato. A química entre eles é instantânea, mas não precisa ficar receoso com medo de ser mais um romance água com açúcar, porque como estava dizendo, a atração é imediata, mas o respeito, confiança e amor vão sendo construídos e descobertos aos poucos. No melhor estilo um passo de cada vez, um toque, uma palavra, uma atitude, um olhar é tudo tão natural, tão redondinho que é impossível não ser sugado para dentro da cena e desejar estar vivendo aquele momento. E o que falar das cenas mais hot... Elas são na medida exata, apenas o toque certo para deixar o que já está bom ainda melhor. A verdade é que Nico e Elle são perfeitos um para o outro. E ao longo do desenrolar do enredo e a medida que vamos nos aproximando mais da verdade de cada um, retirando as camadas que ambos escondem, vamos nos apaixonando mais e torcendo para que a felicidade chegue para ambos.

“Sinto que estou preso em um filme ruim, com um diabinho sentado em um ombro e um anjo no outro. Mas o maldito diabo tem o dobro do tamanho e o meu anjo é mudo, porra. Ótimo, eu tenho o caralho de um anjo mudo.”

Amei que mesmo os personagens secundários puderam de alguma forma participar ativamente da história e nos proporcionar bons diálogos e aprendizados.

"(...) o que nos faz seguir em frente é aceitar o que sentimos e compartilhá-lo."

Vi Keeland me conquistou, ela me convenceu, sua escrita é bem construída, fluida, divertida, com emoção e verdade. Acho que temos grandes lições a aprender com a história, como não se deixar abater, não afundar em meio ao caos e tristeza, ser persistente e saber que o tempo é capaz de curar as feridas, cicatrizar a dor e te permitir voltar a acreditar que é merecedor de uma nova chance e felicidade. A vida é uma só então... Use-a, supere seus medos, seus traumas e foque em tudo de bom que ainda pode ter pela frente.

Enfim, o livro é lindo, a história merece ser lida. A capa é um espetáculo a parte, amei a textura e o material utilizado. A diagramação está simples e perfeita. Amei a fonte e o espaçamento. Parabéns a Editora Charme pelo trabalho de qualidade.

Então, sim eu RECOMENDO e muito a leitura, estou muito ansiosa para ler o segundo volume da série e me apaixonar mais uma vez.

site: http://letraselivros2.blogspot.com.br/2015/07/resenha-o-destruidor-de-coracoes-mma.html
comentários(0)comente



Portal JuLund 17/07/2015

O Destruidor de Corações, Resenha, @EditoraCharme
Gente a culpa não é minha se os lutadores me pegam de jeito risos… Esse livro é fofo do início ao fim… Enfim um lutador de liga profissional sem lutas clandestinas, achei o máximo!

Elle é uma advogada bem sucedida, tem um emprego que gosta, tem sua melhor amiga trabalhando no mesmo lugar que ela, costuma sair com um velho amigo de faculdade e considerando seu passado traumático ela conseguiu ter a vida decente que ela sempre quis, mas agora ela percebe que evoluir a amizade para amizade colorida com Willian não foi boa ideia.

Leia a resenha completa em nosso portal!

site: http://portal.julund.com.br/resenhas/o-destruidor-de-coracoes-resenha-editoracharme
comentários(0)comente



Malucas Por Romances 29/06/2015

Comecei a ler O Destruidor de Corações porque sabia que ia amar e porque estava numa ressaca daquelas depois de ler um drama daqueles. Esse livro tem todos elementos que eu gosto:
CAPA BONITA ✔ OK
LUTADOR TATUADO ✔ OK
MOCINHO POSSESSIVO ✔ OK
HOT ✔ OK

Então, li sem medo de ser feliz rsrs.

"Eu sou uma personagem na minha história , passando pelos capítulos da minha vida como se fossem escritos por uma pessoa imaginária, quando eu deveria ser a autora."

O Destruidor de Corações conta a história de Nico e Elle.

[...]

LEIA MAIS NO BLOG

site: http://malucaspor-romances.blogspot.com.br/2015/06/resenha-o-destruidor-de-coracoes.html
comentários(0)comente



Ana Caroline 28/05/2015

m O Destruidor de Corações vamos conhecer a história de Elle e Nico. Elle é uma advogada que tem um passado perturbador e por isso ela gosta da sua vida simples e sem emoção, ela prefere viver a uma vida onde tudo possa ser controlado. Quando se vive muito tempo sem controle sobre a própria vida você assume esse controle assim que pode e não solta nunca mais.

Nico é um lutador de MMA que está vivendo em um trauma, ao contrário de Elle, ele sempre viveu sua vida intensamente, mas depois do que aconteceu durante a sua luta ele não é mais o mesmo e acredita que nunca mais será.

Mais a vida faz com que Elle e Nico se encontrem e a atração entre ambos é instantânea. Ele a quer e ela o quer, mas Nico é um pacote bem grande de toda a emoção que Elle tem fugido a sua vida inteira e ela não se sente preparada para enfrentar tudo o que ele representa.

Acontece que Nico “O Destruidor de Corações” Hunter sempre tem o que quer e agora o seu desejo se concentra totalmente em Elle e com toda a sua habilidade de luta ele vai lutar pelo coração dessa advogada certinha.

Ler O Destruidor de Corações demorou mais do que o meu tempo de leitura habitual, apesar de ser um livro erótico este livro tem uma carga emocional bem grande e eu acabava me perdendo em sentimentos e ficava o tempo todo me colocando no lugar dos personagens então acho que por isso eu acabei parando a leitura em diversos momentos para analisar pedaço por pedaço do que eles estavam sentindo.


"Algum dia, alguém entrara na sua vida e te fará entender porque nunca deu certo com ninguém antes."

Autor Desconhecido


Vi Keeland é aquele tipo de autora que não tem medo de escrever safadeza, ela descreve uma cena com todos os detalhes, tantos detalhes que pode deixar muita gente corada por aí. Eu mesma fui ler esse livro enquanto esperava para ser atendida no médico e toda hora ficava tampando um pedaço do livro para a pessoa do meu lado não ficar lendo junto comigo. Não que eu tenha vergonha de ler livros com cenas hots, mas é que eu sou tímida mesmo. Então fica como dica não ler esse livro em locais públicos se você também for uma pessoa tímida.

Este é um daqueles livros em que na maior parte em que o casal principal está juntos eles vão para cama, ou algo parecido com isso, mas não julguem esse livro por ter muitos momentos de sexo, pois apesar disso a autora conseguiu sim escrever um livro com uma história embasando todo esse sexo alucinado. E por sinal uma história com um final muito bonito e que te passa uma mensagem. E pra mim quando um livro é bom ele tem que te passar algo, tem que te ensinar alguma coisa e, por isso, O Destruidor de Corações entra para a minha lista de bons livros, pois me lembrou que o passado é passado, que devemos lutar para seguir com a nossa vida mesmo com as coisas ruins que aconteceram na nossa vida, que pedir por ajuda, pedir por socorro quando você não está dando mais conta de lidar com algo sozinha não é errado, não te diminui como pessoa e que às vezes você pode se culpar por algo que nem existe, por algo que está somente dentro de você te destruindo dia após dia.


"... o que nos faz seguir em frente é aceitar o que sentimos e compartilhá-lo."


Ensinou-me também que algumas vezes quando você tenta carrega todo o peso de passado sofrido sozinha você pode acabar se sufocando, mas quando você divide com alguém você pode se salvar.

Então leiam o livro e se encantem com a história de Elle e Nico.

Ah, quase ia esquecendo falar sobre o trabalho de edição da Editora Charme que como sempre fez um trabalho lindo, com aquela capa que parece veludo (alguém sabe o nome desse material?), mas que dessa vez optou por uma diagramação simples, que eu gostei muito, pois combinou com a história. Esse é o primeiro livro da editora que eu encontrei alguns errinhos, como a troca do feminino pelo masculino ou a repetição de umas palavras, mas nada que prejudicasse a leitura, estou comentando somente por algumas editoras gostam de saber essas coisas para poder corrigir posteriormente.



site: http://livrosleituraseafins.blogspot.com.br/
comentários(0)comente



Anastacia 15/03/2015

Destruindo tudo...
Gente a culpa não é minha se os lutadores me pegam de jeito risos… Esse livro é fofo do início ao fim… Enfim um lutador de liga profissional sem lutas clandestinas, achei o máximo!

Elle é uma advogada bem sucedida, tem um emprego que gosta, tem sua melhor amiga trabalhando no mesmo lugar que ela, costuma sair com um velho amigo de faculdade e considerando seu passado traumático ela conseguiu ter a vida decente que ela sempre quis, mas agora ela percebe que evoluir a amizade para amizade colorida com Willian não foi boa ideia.

site: http://portal.julund.com.br/resenhas/o-destruidor-de-coracoes-resenha-editoracharme
comentários(0)comente



Eri Guimarães 29/01/2015

O Destruidor de Corações
Olá Galera!!

Depois de ler os dois primeiros livros da série Real da Katy Evans (Real, Meu) e conhecer o Remy “Arrebentador” Tate, confesso que quando vi a sinopse desse livro me empolguei muito. Pra quem já curtia assistir UFC na televisão, ver belos lutadores vivendo paixões arrebatadoras virou quase uma tara. Então hoje, com uma empolgação gigantesca apresento para vocês o primeiro volume da série MMA Fighter.
Elle, é uma jovem com uma vida tranquila. Tem um bom emprego como advogada, um chefe bem humorado e que gosta e confia em seu trabalho, uma belo e confortavel apartamento, um namorado considerado um bom partido. Nada de montanhas russas emocionais, tranquilidade e rotina são chavões em sua vida. Isso, até Nicholas “Nico” Hunter entrar em seu escritório acompanhado de William seu namorado perfeito demais.
Tudo o que ele queria era uma rescisão de contrato do qual o produto usava trabalho infantil, mas ele saiu de lá com mais. Além de saber que seu caso estava em boas mãos, Nico ficou com a vontade de rever aquela linda mulher e fazer da faísca no olhar dela se transformar em verdadeiras chamas.
Mas, Nico é um homem marcado por um acidente de trabalho. Ele é esportista, lutador de MMA, um campeão. Mas sua ultima luta não terminou da forma que ele esperava, e a culpa e arrependimento corroem sua alma. Mais de um ano fora da gaiola, e Nico apenas agora ao conhecer Elle começa a se sentir pronto de voltar à ativa.
Mas enfrentar os fantasmas do passado não será uma coisa facil. Será que Nico conseguirá se manter firme e não afastar a única a tocar seu coração? E mais, será que ele perceberá que sua amada também tem fantasmas com as quais lidar?
“O Destruidor de Corações” foi um livro que me surpreendeu muito. Uma letura facil e prazerosa. Em poucas horas li o livro inteiro, pois não conseguia desgrudar dele. Narrado em primeira pessoa, temos os capitulos intercalados entre Elle e Nico, permitindo que conheçamos bem o drama envolvendo o passado e como isso influencia suas escolhas e o relacionamento.
Elle é o tipo de protagonista que amo. Ela é sincera, doidinha, sempre atrasada, mas não fila com melodrama. Ela parte pra ação e tenta resolver o problema. Ela tem um passado triste, o que a fez apenas sobreviver por muito temop, mas quando decide sair de seu casulo de mesmice e realmente viver, luta com garras e dentes para que nada atrapalhe.
Nico não é o tão esperado bad boy. Ele tem mais o jeito moleque de ser. Um menino em corpo de homem. Um sorriso facil e humor invejavel. Caçula de quatro irmãos, tem muitas historias engraçadas, apesar de sua infancia e adolescencia não terem sido tão faceis. Um homem apaixonado por sua profissão, daqueles que realmente só entregam seu coração uma vez.
Fora o casal protagonista, alguns outros personagens roubam cena não apenas por seu carisma natural, mas pelo amor que demonstram ter por Elle e Nico. Regina é a recepcionista que trabalha com Elle. Uma mulher de mais de quarenta anos e que cria oito gatos. Por fora ela parece uma mulher de meia-idade, mas por dentro tem um espirito livre. Tem uma voz extremamente sexy, e toda vez que ela a usa, Elle fala que é a Gigi que entrou em ação. Me divirto pensando na Gigi ganhando rios de dinheiro sendo operadora de sexo por telefone.
Preach é o treinador de Nico há mais de dez anos. Esse homem se tornou o pai que Nico nunca teve. Está sempre ali treinando não apenas o corpo de seu pupilo, mas instigando a mente e o coração. É daquele tipo de cara marrento que esconde um coração de ouro.
Com capitulos curtos, a autora conseguiu desenvolver uma trama profunda. O relacionamento de Elle e Nico é muito mais do que apenas carnal, muito mais do que apenas sexo e mais sexo. Vi Keeland conseguiu mostrar toda a fragilidade humana e mostrar como a cura de feridas profundas é um processo complicado e doloroso. Perdoar a si mesmo é um dos alicerces desse livro.
Uma das coisas que mais me chamam a atenção é o fato de que os capitulos narrados pela Elle são quase o dobro dos capitulos narrados por Nico. Meio que mostrando que mulher está muito mais propensa a falar sobre seus sentimentos do que os homens.
E o final, simplesmente adoravel. “O Destruidor de Corações” é um livro fechado, onde já sabemos como Elle e Nico terão o seu “Felizes para Sempre”. Os proximos dois livros da série terão como protagonista outros casais que ainda não apareceram na trama. O que me deixou curiosa para saber se as histórias irão se entrelaçarem algum momento ou se apenas o fato dos homens serem lutadores de MMA será o comum entre eles.
Um romance quente, sem muita enrolação ou drama desnecessário, uma história de superação e perdão. Um dos livros que entrou na minha lista de favoritos e que merece e muito o Selo de Qualidade BLA. Super recomendo essa leitura!!


site: http://literalmenteamigas.hol.es/
comentários(0)comente



Everything but the books 27/01/2015

Esqueça qualquer outro livro com temática de lutador que você tenha lido. Sim, Nico “O Destruidor de Corações” Hunter é um lutador. No entanto, o livro é bem mais do que isso. Desde a primeira vez que o li, gosto de defini-lo como o encontro entre duas almas quebradas, que acham que não merecem o amor de alguém e que ajudam na cura um do outro e encontram o amor.

Arrepia, né? ;)

Eu sei, eu sei, por que Nico não é de verdade? Bem que eu queria…

Oi? Resenha? Que resenha? Ahhhhh, é mesmo. Ops, estava viajando. Acontece. Abafa! ;)

Na minha opinião, a autora conseguiu mesclar o drama e o romance na medida exata para sentirmos tudo o que se passa na cabeça e no coração de Elle e Nico, por meio das trocas de ponto de vista (POV) e na forma como cada um reagiu a uma mesma situação.

Se pensarmos bem, é tão fácil alguém se perder na culpa e na dor e se acomodar a uma vida sem brilho. Como bem disse Oscar Wilde:

“Viver é a coisa mais rara do mundo, a maioria das pessoas existe, isso é tudo.”

Essa citação também está em outro livro da Charme que amo de paixão, meu xodó e maridinho lindo, mas isso é assunto para outro post. ;)

Agora, ouço vocês falarem: mas, poooooovo do EBTB, o livro não é hot? Sim, é. Nico é muito sensual e sabe mostrar à Elle exatamente o quanto a estima e deseja. Mas, vejam, essa não é a temática principal do livro, que, na verdade, é a cura dos corações despedaçados, o perdão da culpa, a superação das dificuldades e a abertura para uma nova vida repleta de amor.

Destaco duas cenas opostas que adorei: a primeira é quando conhecemos Gigi e sua voz e a segunda, a recapitulação do passado doloroso de Elle. Eu me diverti muito com a primeira e praticamente consegui imaginar a tal “voz poderosa”.

Já na segunda, eu revi tudo junto com ela e confesso que meu coração ficou pequenininho e a vontade de chorar foi inevitável. :'(

Foi ruim demais ver uma criança passando por isso e daí entendemos os traumas dela.

.

O resultado é um livro lindo, com personagens apaixonantes (um lutador de tirar o fôlego – posso ficar pra mim??? :D ), uma história emocionante e um final super feliz, é claro. Tudo isso condensado em uma tradução primorosa e arte super linda da editora. Eu já falei que a capa é aveludada? Já? :o Não custa relembrar! ;)

Leia a resenha completa no blog. ;)



site: http://blogeverythingbutthebooks.com/2015/01/26/resenha-o-destruidor-de-coracoes-de-vi-keeland/
comentários(0)comente



Nikolle - Paradise Books 11/01/2015

SUPER AMORZÃO

Elle é uma garota que tem um emprego bom, um namorado legal, e uma vida totalmente planejada, pois depois do que ocorreu no seu passado, a única coisa que procura são momentos estáveis, nada para tirá-la de sua zona de conforto. Mas isso muda a partir do momento em que encontra Nico Hunter, um cara lindo, sexy e que por fora grita "problema!", mas por dentro é um pessoa totalmente diferente.

"Deus, este homem é lindo. E não apenas por fora...por dentro também... e ele não precisa sequer tentar. É apenas quem ele é . Debaixo de 100 quilos de músculo rígido tatuado que grita problema, é a alma mais sensível e bonita que eu já conheci. Pela primeira vez desde que eu tinha oito anos eu me sinto como a garota mais sortuda do planeta."

Quando comecei o livro imaginei que seria como todos os outros romances que existem por aí, mas encontrei uma coisa nova ao ler "O Destruidor de Corações", como podem ver pela capa Nico é um lutador de MMA, mas por causa de um determinado acontecimento sua vida nunca será mais a mesma. Ele tem um tormento que não consegue apagar. E quando encontra Elle é como se sua vida deixasse de ser em preto e branco e passa a ter um pouco de cor.

"Você é inteligente e confiante e as pessoas ao seu redor parecem amar você."
Ele para e me olha e eu posso dizer que ele está decidindo se continua.
"E quando eu olho nos seus olhos eu vejo uma centelha... " Ele faz uma pausa por um segundo. Eu olho para ele, mas ainda não falo."E pelas ultimas vinte e quatro horas tudo o que eu conseguia pensar era o que eu faria para transformar essa faísca em uma chama."

Com os capítulos intercalados entre Elle e Nico você entende a atração entre os dois, e também porque estabelece uma ligação tão de repente. O que achei diferente é o fato da autora já jogar na sua cara um dos segredos logo nas primeiras páginas (o.o), e fiquei imaginando o que iria me manter para ler o resto. E foi aí que Vi Keeland, me surpreendeu, ela tem uma delicadeza com as palavras, e um enredo que te mantem firme na historia. Ela cria personagens com ótimas personalidades, que quando eles estão aflitos, com raiva ou felizes, você acaba ficando também, porque é como se eles fossem seus amigos e você está ali torcendo para cada um, e pedindo que se abram e contem tudo o que guardam para si.

O fato de cada um querer salvar o outro de seu passado, te deixa super aflita na história. E foi o que eu gostei. A autora não te enche com mimimi's dos personagens. Ela te dá cenas detalhadas, com capítulos curtos e com ótimos diálogos. Apesar de o foco ser o que envolve Nico e Elle, nós também conhecemos todos que estão em volta deles. O que me agradou muito, pois cada personagem que aparece ela te apresenta ele de um modo.
Enfim galera, leiam e se apaixonem pelo Nico Hunter igual eu!! shuahsuashau

site: http://paradisebooksbr.blogspot.com.br/
comentários(0)comente



Livros e Citações 06/01/2015

Superou as expectativas
Autora: Vi Keeland
Editora: Charme
Páginas: 277
Classificação: 3.5/5 estrelas

http://www.livrosecitacoes.com/resenha-charme-o-destruidor-de-coracoes-vi-keeland/

O Destruidor de Corações é mais um livro envolvendo a febre de new adults protagonizadas por lutadores que iniciou-se com Travis Maddox, de Belo Desastre. Dessa vez, esse é o primeiro de uma série onde cada livro será protagonizado por casais diferentes e olha, confesso, eu gostei.

"Você preencheu todas as rachaduras no meu coração e me fez melhor."

Narrado pelo ponto de vista de Elle e Nico, conhecemos duas pessoas que estão perturbadas pelo seu passado. Nico, em um trágico acidente, matou um garoto durante uma luta e desde então não voltou mais aos ringues. Já Elle acredita ter uma boa vida, o trabalho perfeito, um namorado que não pede muito além do que ela está disposta a dar. E tudo bem que sua vida seja chata, é disso que ela precisa e ela espera que continue assim…. até conhecer Nico “Destruidor de Corações” Hunter e perceber que está disposta a entrar em uma boa luta por esse cara e até mesmo a ter seu coração destruído por ele, como ocorreu com tantas outras garotas. Mas, para Nico, ela não será como as outras.

"Nós dois sabemos que muito pode mudar em um único minuto. O curso de toda uma vida pode ser redirecionado, um homem pode escolher viver, um homem pode morrer inesperadamente. Nada é definitivo até que se dê o último suspiro."

Garota perturbada, garoto perturbado, um amor súbito, a lutar por ele, esses são ingredientes comuns do gênero, mas a grande diferença foi a química que rolou solta nas páginas desse livro. É realmente estranho Elle ser tão convicta em não se envolver em dramas para logo no primeiro encontro com Nico começar a ter suas dúvidas, não posso classificar essa história como crível, mas a forma como um balança a vida do outro e todo o romance água com açúcar é algo que me deixou com um sorriso bobo por algumas horas.

E Nico é tão, tão, tão não Travis, não-bad-boy, o garoto certinho que cresceu em uma boa família, e é exatamente por isso que fica tão abalado após o acidente no ringue e isso também é um dos pontos altos da trama, o que tornou pelo menos esse personagem mais real. Aliás, o jeito como a autora narrou tudo o que envolvia MMA foi ótimo, eu conseguia ouvir a voz de Bruce Buffer (para quem não conhece, ele narra as lutas de MMA) cada vez que Vi Keeland se adentrava um pouco mais a esse mundo.

O Destruidor de Corações, em suma, superou as expectativas, tanto em relação ao livro quanto em relação a editora com sua diagramação, revisão e etc — há erros, mas na linha do comum. E o romance em si também pode não ser perfeito, mas Elle e Nico são perfeitos um para o outro, eles seguem em frente graças ao amor entre eles, e mesmo o drama não é rival para todo o humor que deixou toda a história mais leve. No fim, Nico era realmente um superman para Elle, e ele encontrou nela a supergirl que precisava para ser feliz.

“O que está a fim de comer? Eu entrego.”
“Você.”

Resenha por: Gabrielle

site: http://www.livrosecitacoes.com/
Julindgri 16/07/2015minha estante
Finalmente, alguém que pensa como eu venho pensando.
Estou gostando da história, é até muito mais do que eu esperava, só ando um pouco incomodada com o amor muuuuito instantâneo entre os dois. Mas fora isso, penso exatamente como você!




Clã 05/01/2015

Clã dos Livros - Destruidor de Corações
"O homem é sexy. Não bonito ou charmoso, essas palavras são muito comuns para descrever o que ele é. Sexy. Sensual. Bruto. Todo másculo."

Nico Hunter é um lutador de MMA. Campeão, lindo, quase um gigante tatuado, musculoso e extremamente sedutor. Quando Nico, mais conhecido como Destruidor de Corações (por que será?) se depara com um problema em um dos seus contratos de patrocínio, vai à procura de ajuda jurídica e acaba se encontrando uma linda e irresistível advogada, Elle.

Elle é um advogada decidida, inteligente e controlada. Vive para o trabalho e tem uma rotina pré-estabelecida que funciona muito bem. William, seu ex colega de faculdade, também é advogado. Ele é bonito, inteligente, muito educado e um excelente partido. Os dois mantém uma amizade com benefícios ;) que até agora tem funcionado muito bem para Elle. Mas isso não vai durar muito tempo.

"- Elle, esse é Nicholas Hunter - William acena para o homem sentado ao seu lado.
Eu finalmente olho para o homem que estava sentado ao lado de William e fico assustada com o que encontro. O homem tira o ar dos meus pulmões. "

A advogada carrega um trauma e quer esquecer o que viveu em seu passado. Ela guarda lembranças perturbadoras, e por conta delas, acaba preferindo manter-se afastada de relacionamentos sérios. Porém Elle não esperava se sentir tão balançada por um homem como Nico Hunter.

"- Por que você quer jantar comigo?
Nico me observa demoradamente, avaliando e olhando o meu corpo, de cima a baixo, não fazendo qualquer tentativa de esconder seu ataque descarado. Ele me dá um sorriso de menino que tem uma ponta de conotação sexual, antes de ele falar: - Além do óbvio de que você é linda?"

Nico também tem sua própria carga emocional. Após viver uma tragédia em uma de suas lutas, ele sente dificuldades em voltar.

" Eu sei que sou um teimoso de merda e não tenho me mexido para voltar para a gaiola nos últimos treze meses. Mas Preache me conhece. Eu ainda treino seis horas por dia, seis dias por semana."

Porém se envolver com Elle lhe deu novo ânimo. Ele passou a se sentir mais confiante e capaz de vencer o trauma.

Os dois juntos são como uma bomba relógio. A atração foi imediata e irresistível. Porém a autora conseguiu construir o enredo com uma boa tensão sexual no início, com Hunter resistindo, mesmo cheio de tesão, para dar a Elle o tempo adequado para que ambos se conhecessem melhor (fofo).

"Então ela me beijou. Eu sei que poderia ganhar ainda mais, depois daquele beijo. Mas eu não quero uma noite com Elle. Eu quero mais. Eu não faço ideia do porquê, mas eu quero. Caralho, muito, muito mais."

Assim, a relação dos dois começou com mais do que apenas a atração existente. Ok, não se enganem com a minha fala... o livro é um romance erótico. Bom ;) muito bom, mas não é só isso.

Nico Hunter é um cara muito legal, do tipo maravilhoso. Ama sua família, tem bom caráter, é lindo, gostoso, cheio de tatoos (vamos combinar.... UAUUUU) e tem uma pegada irresistível.
Eu também adorei a Elle, que não é nenhuma protagonista cheia de mi mi mi. Ela é interessante e madura, apesar dos traumas vivídos.

As perguntas que nos fazemos, ao longo da leitura de O Destruidor de Corações, são...
Será que os dois juntos poderão se ajudar? Se curar? Ou as sombras deles são grandes demais para continuarem juntos?

Vi Keeland explorou de maneira sensível e habilidosa as emoções, traumas e dores dos personagens, deixando o enredo ainda mais emocionante e encantador.

"Ninguém nunca olhou para mim do jeito que ele me olha. Sinto uma batalha silenciosa no meu íntimo e sei que alguma coisa mudou em mim, para sempre. Eu nunca vou ser capaz de voltar ao confortável e agradável depois de sentir o que quer que esteja queimando entre nós. Isso me assusta pra cacete e, atrai ao mesmo tempo."

Amei o livro e recomendo!

site: http://cladoslivros.blogspot.com.br/2015/01/resenha-o-destruidor-de-coracoes-livro.html
comentários(0)comente



Livros Encantos 24/12/2014

O Destruidor de Corações
Meninas se preparem Nico está chegando e vai te conquistar pelo olhar.,,

Quem ama cuida e se preocupa com a pessoa amada mesmo de longe.

Vamos conhecer um pouco de nossa história marcante.

O livro é narrado por ambos Nico e Elle e podemos sentir as emoções de cada um deles , aproximando ainda mais leitor e nossos personagens.
Nico um lutador de MMA que traz consigo uma culpa enorme e já está há um ano sem lutar.
Nossa protagonista Elle uma advogada que prefere viver uma vida sem grandes emoções, e aceita um relacionamento esporádico

Irão se conhecer no escritório dela, e Elle não ficará imune ao charme de Nico, irá resistir para se entregar a essa relação com medo de se machucar.
Quando se entrega a ligação entre ambos vai se construindo aos poucos, ambos com receio de entregar, além da enorme atração que ambos sentem um pelo outro, com a convivência o sentimento vai crescendo.

É lindo de ver Nico olhando para Elle parece que grava cada segundo da imagem dela para carregar consigo, de lembrança. Um homem que valoriza a mulher que está a seu lado.
Um destaque do livro foi como Elle se entregou, confiou em Nico a ponto de desnudar sua alma, ficando leve revelando segredos.
Cuidou de Nico da maneira mais linda que uma pessoa que ama cuida, mesmo longe estava preocupada com ele e não se deixou abalar pelo muro que muitas vezes Nico levantou na relação dos dois.

Nico em sua dor particular acabou deixando Elle de fora, o que gerou alguns atritos. Nico é daqueles homem que são lindos por dentro e por fora e demonstram com atitudes seus sentimentos amei isso .
Nesse romance lindo iremos ver um homem lutando para voltar a viver sua vida sem medos, sem culpas e Elle se entregando cuidando das dores de Nico.

Parabéns a autora que conduziu a história de maneira brilhante nos presenteando com um casal que teve grandes desafios em sua vida, mas não desistiram e o amor os curou .

Um final lindo Nico se mostrou mais romântico ainda preocupado com Elle e demonstrando seu amor com grandes atitudes.

O livro me prendeu do início ao fim, tem cenas hot sem exageros, dramas na medida certa sem ficar pesado demais , e um lutador charmoso que vai conquistar a todas .

Quem quer conhecer Nico Destruidor de Corações e se encantar com ele não pode deixar de ler ...

Quotes
"E quando eu olho nos seus olhos eu vejo uma centelho." Elle
"Eu finalmente entendi isso ... o que faz a gente seguir em frente é aceitar o que nós sentimos e compartilhar isso." Nico
"Puro e simples, é o amor que derrama de nós dois e conecta-se em um beijos." Elle
"Eu não sabia sequer que estava faltando algo até encontrar você, mas agora eu não sei como passar um dia sem o que você tem dado para mim." Nico
"Você colou todas as rachaduras no meu coração e fez melhor" Nico

site: http://www.livrosencantos.com/2014/11/destruidor-de-coracoes-vi-keeland.html
comentários(0)comente



96 encontrados | exibindo 76 a 91
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7