Sempre foi você

Sempre foi você Ana Lemos




Resenhas - Sempre foi você


54 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4


Bella Martins 28/04/2015

Resenha - Sempre Foi Você
É estranho como a vida nos traz momentos em que temos que fazer escolhas tão grandes, que podem mudar o rumo de nossa história para sempre. E que às vezes, deixamos as melhores oportunidades passarem por medo do desconhecido. Lucy teve uma grande chance na vida e ela a agarrou com todas as suas forças e seguiu sua vida em outro país, deixando para trás, mãe e irmãos para viver um grande sonho.
Mary e Michael Smith, por serem pessoas incríveis e de bom coração, proporcionaram para Lucy essa grande oportunidade. Sinceramente, ao meu modo de pensar, deveriam existir mais pessoas como os dois no mundo, as coisas seriam bem diferentes. O carinho e a vida que proporcionaram a Lucy são inexplicáveis, pois a conheceram em menos de um ano e colocaram-na para fazer parte da família, dando-lhe uma vida mais favorável aos seus sonhos e irmãos que ela não poderia pedir melhores. Seu carinho chega a ser palpável naquela família de tão solida e sincera.
Lucy fez o possível e o impossível para merecer tanto em sua vida: foi uma aluna dedicada, uma amiga presente e uma filha que poucos têm oportunidade de ser. Ela “plantou todos os frutos que poderia plantar” e hoje colhe com tanto gosto. Nunca pediu mais do que poderia ter, mas sempre fez o seu melhor para merecer.
O tempo passou e por ironia do destino ela encontrou seu grande amor. Lucy e Marco é um casal que admirei muito do começo ao fim do livro. Marco é um cara que todas as mulheres sonhariam em sua vida: bonito, rico, inteligente e de boa família, porém sua desconfiança é maior que qualquer qualidade que tenha. Lucy, mulher linda, de duas famílias, inteligente e focada em seus ideais, mas de um gênero muito difícil. Os dois são parecidos, mas ao mesmo tempo bem diferentes. O amor dos dois me fez pensar como a confiança e o afeto são pontos cruciais em uma relação. Como o amor verdadeiro pode te trazer tantas alegrias e lágrimas de felicidade. O fogo que existe entre os dois é admirável. Eles me fizeram chorar, rir, suspirar e, acima de tudo, sonhar.
Fiquei impressionada com o livro, pois a leitura é rápida, e como a autora descreve cada passagem e cada personagem, te trás para uma realidade surpreendente. A dinâmica de escrita, como a narrativa dos personagens, é impecável.
O amor de Lucy pela carreira que estar por vir e o amor que tem pelos amigos é um sentimento muito rara nos tempos de hoje. Esses sentimentos te fazem pensar e repensar em como a vida pode ser maravilhosa, se você souber colocar o que é realmente importante em primeiro lugar. O que você planta no futuro, colherá, e é assim que foi a vida de Lucy. Em um passado não muito distante, ela teve que fazer uma escolha, e com essa escolha acatou as responsabilidades que com ela vinham, e lutou por seus ideais, onde com eles veio um futuro promissor e um lindo grande amor.
Recomendo a todos que gostam de um romance e uma história de vida que emociona, um romance quente e enlouquecedor, pois é isso que o livro Sempre foi você lhe proporciona.
Espero que todos tenham a oportunidade de conhecer a vida e o romance de Lucy e Marco, pois é de tirar o folego.
Por: Bella Martins

site: http://thehouseofstorie.blogspot.com.br/2015/04/resenha-sempre-foi-voce.html
comentários(0)comente



Bianca 29/06/2015

Sempre Foi Você
O livro traz a história de Lucy, uma brasileira de 16 anos que vai para Manhattan com sua melhor amiga Anna Smith e a família dela, para terminar o ensino médio e começar a tão sonhada faculdade de Direito.

Os anos se passam e Lucy já é uma linda mulher, que está prestes a se formar. Sempre junta de sua fiel amiga e irmã Anna, as duas estão terminando a faculdade de direito. Lucy teve o carinho e o apoio da família Smith, que a adotou como filha, ela sempre teve os mesmos privilégios que Anna (Menina de sorte essa!). Com o final do curso, as duas, assim como seus inseparáveis amigos Bia, Kat e Thomas, são encaminhados a um tutor designado a orientá-los no trabalho de conclusão de curso, o TCC, onde este seria apresentado perante uma banca examinadora. E foi assim que nossa Brasileira viu seu mundo mudar completamente.

Foi justamente neste último e mais importante ano de faculdade que a minha vida virou de cabeça para baixo. Foi quando encontrei o homem que marcaria minha vida para sempre e de forma irreversível, mudando não só muitos de meus conceitos sobre o Direito, mas também sobre o desejo, luxúria, amor e ódio.
Página 13

Depois disso, esse casal passa a tentar fugir da atração forte em que se encontram, afinal, não pode existir relação entre pupilo e mentor. Mas essa tarefa não será nada fácil. Marco se vê completamente deslumbrado pelo jeito de Lucy, tanto profissional quanto pessoal. Com isto, ele descobre sentimentos que nunca sentiu antes por uma mulher, incluindo o ciúme. Porém esses dois não conseguem se manter longe por muito tempo, e assim, embarcam em uma deliciosa e proibida história de amor.

O livro é super leve e divertido, simplesmente devorei o livro. É recomendado tanto para adolescente quanto para adultos que procuram uma leitura gostosa e rápida.

site: http://amoremlivross.blogspot.com.br/
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



Mari 15/07/2015

Li algumas resenhas desse livro e fiquei empolgada com a história. Tamanho foram os elogios, que minhas expectativas quanto à obra ficaram lá em cima. E vocês já sabem o que acontece quando isso ocorre, rs. Mas aqui não. Não fiquei desapontada, mas em vários momentos fiquei surpresa com algumas cenas encontradas no decorrer das páginas.

Conhecemos a vida de Lucina (Lucy), uma jovem que tem os pais separados. Depois da chegada de uma gringa em seu colégio, ela acaba se aproximando dela para ajudá-la nos estudos, uma vez que ficará aqui no Brasil por um ano e não entende muito bem o idioma daqui.

Ana é filha de um importante empresário dos Estados Unidos, tem um irmão mais velho, acaba se tornando amiga inseparável de Lucy, mas depois do período já estipulado de permanência aqui no Brasil, é hora de partir de volta para casa. Ambas ficam arrasadas. A mãe de Anna, vendo todo seu sofrimento, tem a ideia de convidar Lucy para morar com eles, inclusive conversa com a mãe de Lucy, pois já sabia que sempre foi o sonho dela estudar fora do país.

Lucy vai com a nova família, que a adota como filha – praticamente -, ficando cada vez mais inseparáveis. Inclusive decidem cursar a mesma faculdade, optando pelo curso de Direito. As duas são bem dedicadas aos estudos, sempre com ótimas notas inclusive, um orgulho para o Sr. Smith. Elas nem conseguem pensar em namorados, uma vez que o irmão de Ana sempre afasta todos os possíveis pretendentes.

Chegando ao último período da faculdade, agora é hora do TCC, que terá um orientador diferente para cada uma. Inclusive faz parte do trabalho estagiar em um escritório. Lucy vai para um dos mais renomados, imaginando que ia se encontrar com um senhor de meia idade, já com netos. Para sua surpresa, ela encontra um verdadeiro deus grego de tão lindo e charmoso e já começa a prever como será complicado trabalhar ao lado de Marco.

Lucy fica nas nuvens de tão empolgada, mas sabe que não poderá se envolver com ele, pois ele será um dos avaliadores do trabalho final. Ela nem consegue imaginar que o mesmo que ela sentiu ao se deparar com ele foi a mesma atração que ele teve.

Anna não terá a mesma sorte, mas o futuro reserva uma feliz surpresa para ela, que mesmo sendo mais tímida, irá surpreender até mesmo Lucy com alguns conselhos.

Agora ambos terão que trabalhar diariamente, lado a lado. Será que irão conseguir controlar essa paixão? Talvez seja mais forte que eles mesmos imaginem. Uma atração fatal.

Um romance arrebatador, com diversas cenas bem quentes, por sinal. Um prato cheio para aqueles que gostam de um romance forte, com reviravoltas e suspiros de emoção.

Esse é o primeiro livro da Trilogia Amores Traçados. Cada um irá retratar um casal diferente, mesmo tendo os outros presentes.

Estou curiosa pelo próximo, pois nesse a autora conseguiu me surpreender e acredito que, pelo talento que encontrei aqui, o próximo será tão bom quanto ele.

A diagramação é boa para leitura, capa simples e bonita. A narrativa flui que nem notamos. Temos visões muitas vezes de Lucy, outra hora de Marco, coisa que sempre gosto nas leituras, pois temos uma visão mais ampla da história.

site: http://marifriend.blogspot.com.br/2015/07/minha-opiniao-sempre-foi-voce.html
comentários(0)comente



Edi 22/06/2015

Sempre foi você é o primeiro livro da trilogia Amores traçados, e primeira obra da autora, apesar de se tratar de uma trilogia, são livros independentes, com foco em casais de personagens diversos, embora todos os personagens sempre estarão na história de uma forma ou outra ( restante da trilogia ainda não foram lançados).

Sempre foi você conta a estória de Luciana Somel (Lucy) uma menina que aos 16 anos conhece Anna Smith ainda no ensino médio. Anna é americana e estava no Brasil de passagem devido aos negócios do pai. Logo nasce uma linda amizade entre as duas e se tornam "irmãs", Lucy participa efetivamente da família Smith que a considera filha.
Infelizmente (ou felizmente) Mary Smith, mãe de Anna, descobre que estar grávida e a volta para Nova York precisa ser adiantada. Aflitas com a possível separação, tanto Anna como Lucy ficam inconsoláveis, é nesse ponto que o "Senhor e Senhora Smith" convida Lucy para morar com eles.

Anos se passaram e agora Lucy se encontra onde tanto almejava, estar no último ano da faculdade de direito prestes a apresentar seu tcc (trabalho de conclusão de curso), divide apartamento com a amiga e irmã Anna e nas horas vagas prática diversos exercícios físicos. Como Lucy precisaria de um tutor para acompanha-la e orienta-la na confecção do trabalho, a faculdade lhe encaminhou para o Senhor Marco Salvatore, é aqui que seus problemas (ou a solução deles) começa.

"Foi justamente neste último e mais importante ano de faculdade que a minha vida virou de cabeça para baixo. Foi quando encontrei o homem que marcaria minha vida para sempre e de forma irreversível, mudando não só muitos de meus conceitos sobre o Direito, mas também sobre o desejo, luxúria, amor e ódio."

Marco é um advogado renomado, a competência em pessoa. Além de lindo (entendam Deus grego rs), focado no trabalho e sem nenhum interesse em relações amorosas, isso muda quando ele ver entrando em sua sala o seu novo "pupilo" e pela primeira vez é uma mulher, uma linda mulher.. Lucy Somel.

"Além disso descobri que, por você, sou capaz de qualquer coisa"

De inicio tanto Marco quanto Lucy tenta afastar qualquer possibilidade de relação entre eles, afinal seria anti-ético se envolver com seu orientador, mas isso dura pouco, logo estão vivendo em um ambiente de pura luxúria onde um não consegue tirar os olhos (ou as mãos) de cima do outro.. A dificuldade agora é: como se manter focada nos estudos quando o "Henry Cavill" (aos olhos de lucy) estar na sala ao lado?

"Marco eu estou aqui com você porque é exatamente isso o que quero. E o que mais desejo nesse momento é que você seja o meu orientador ... para o prazer."

Minhas considerações :
Bom meus amores, agora vamos a minha opinião sobre o livro, confesso que não consegui me ligar completamente a estória, primeiro porque achei superficial a relação da protagonista com praticamente todos, principalmente com a família biológica, não senti veracidade no fato de uma mãe deixar sua filha de 16 anos ir pra fora do país e passar a chamar outra família de sua (pode até ser que exista, mas..)
Também fiquei torcendo o nariz para certas atitudes da Lucy e os seus amigos, nem parecia que eram adultos prestes a se formar em direito, atitudes imaturas e cheia de joguinhos sabe?
Acho que me tornei uma velha rabugenta rsrs porque não consigo gostar desses amores instantâneos (3 minutos e é o homem da minha vida).
Fora isso é um romance "clichêzinho" sem grandes reviravoltas, fofo e leve, ótimo para ler num domingo friozinho quando se estar de pernas pro ar. Não espere nada grandioso, mas é uma leitura rápida capaz de encher o coração de algumas "moçoilas" e arrancar suspiros.
No geral é uma leitura agradável, com uma estória já bem vista, e que flue com leveza e naturalidade, tem umas pitadas de humor essências que me fizeram ler em algumas horas.
Apesar de ser New adult achei bem leve, acima de 16 anos dá pra ler tranquilamente.

site: dnabookz.blogspot.com
comentários(0)comente



Stephanie Raiany 15/07/2015

♥ PERFEITO ♥
Lucy Somel, brasileira e com origens italianas que no ensino médio conhece Anna Smith, uma americana que vem para o Brasil com os pais, passar um tempo aqui. As duas ficam super amigas e Lucy vai para os Estados Unidos com os Smith para ajudar a cuidar de Sophia, irmã mais nova de Anna.

Anna e Lucy se tornam irmãs e os Smith são a segunda família para ela. As duas descobrem que querem seguir a mesma carreira, se tornarem advogadas. No último ano da faculdade, elas começam a fazer estágio e também o tcc (trabalho de conclusão de curso), Lucy é enviada para o escritório de Marco Salvatore, considerado um dos melhores profissionais da cidade, no qual, ela pensa que ele é um senhor de idade, casado com filhos e netos, mas chegando lá ela descobre que estava totalmente enganada.

Marco Salvatore era um homem sedutor, com olhos azuis e uma beleza estonteante, logo que Lucy bateu os olhos nele, percebeu que estaria ferrada, que seria impossível se concentrar no serviço com um homem daqueles por perto.

Uma história linda, cheia de romance, sedução e prazer, com personagens apaixonantes e muito divertidos. É aquele tipo de história que você deseja ser um personagem dela, que deseja conhecer um Marco em sua vida. Esse é só o primeiro livro da série, super ansiosa pela continuação.

site: http://poeliterar.blogspot.com.br/
comentários(0)comente



Anni | @dearmasen 14/07/2015

Resenha: Sempre foi você

''Amanhã vou sussurrar em seu ouvido tudo o que pretendo fazer com você até o amanhecer e gostaria que você estivesse usando esses brincos.''

Sabe quando você começa a ler um livro e não consegue mais parar, mas ao mesmo tempo também não quer que ele acabe? Conhecem a sensação desse dilema? Foi exatamente isso que aconteceu com ''Sempre foi você''. A sinopse já havia me deixado cheia de expectativas e, ao iniciar a leitura, tenho a surpresa de todas elas serem superadas.

Conforme já foi dito, quando Lucy passa a morar em Nova York tudo o que ela mais queria era concluir com êxito a sua faculdade de Direito e, é no último ano da faculdade, em que ela conhece Marco Gato Perfeição Queropramim Salvatore - aquele que virá a ser o seu orientador. Lucy passa a conviver todos os dias com o seu tutor, um excelente profissional que irá lhe auxiliar no seu projeto de conclusão de curso. Contudo, não esperavam que a atração e o desejo mútuo fosse imediato, esse fato muda completamente o rumo de tudo.

Uma das coisas que mais gosto em um livro é quando o enredo não enrola para desenvolver os fatos e, ainda assim, consegue fazer com que as coisas se encaminhem sem deixar peças soltas, e foi exatamente isso que vi por aqui. Em momento nenhum a leitura fica cansativa, pelo contrário, cada página sempre pede por outra. A autora possui uma escrita fácil e agradável de ser lida, outro ponto positivo que deve ser levado em questão.

Abra o livro ciente de que você só vai interromper a leitura se for para fazer algo estritamente necessário, por que cada página te deixa ansiando por mais e mais. Marco e Lucy engatam num romance ''secreto'', tendo em vista a situação na qual se encontram.

''Só faltava ele pensar que, no primeiro dia de trabalho, eu já estava flertando com um dos sócios. Oh, shit.''


Porém, como nem tudo são flores, algo acontece fazendo com que o casal se desentenda, mas creio que esse acontecimento serviu para amadurecer a relação e firmar mais a confiança de um pelo outro. Não vou dizer o que foi, okay? Nada de spoilers por aqui, nem se preocupem.

Além de todas as cenas maravilhosas entre os pombinhos, outra coisa muito legal no livro que eu acho necessário dar ênfase: a relação de amizade. Eu não gosto quando leio um livro onde os amigos são super intrometidos e querem ditar a vida da mocinha. Mas aqui não é o caso, existe um companheirismo, uma ligação. São cúmplices, se assim posso dizer. Anna, melhor amiga da Lucy, praticamente sua irmã, é dessas que sabe levantar seu astral e lhe dizer não aquilo que você quer ouvir, mas o que você precisa. Amizade, antes de tudo, requer sinceridade, certo? Não só a Lucy, mas muitos outros amigos da personagem principal dão leveza ao enredo.

''Pela primeira vez em minha vida, não tinha pressa em me livrar da mulher que estava em minha cama, ao contrário, queria ela ali, exatamente como estávamos, abraçados e felizes.''


''Sempre foi você'' é um romance delicioso de ser lido, que te faz suspirar a cada página e desejar sempre mais. Uma história onde o personagem deixa o orgulho bem fechado dentro de uma gaveta quando está ciente de que fez coisa errada e vai atrás em busca de consertar seu erro. Tem coisa melhor do que isso? Costumo dizer que um livro é considerado bom, por mim, quando eu termino de ler e sei que o leria de novo. Nem preciso dizer mais nada, não é?

O final, como todo bom livro que se preza, deixa com gostinho de quero mais, e já estou me perguntando quando lança o próximo. ''Sempre foi você'' faz parte de uma trilogia, mas os livros são independentes.

site: http://masenstale.blogspot.com.br/2015/07/resenha-sempre-foi-voce.html
comentários(0)comente



Gabi 18/06/2015

Viciante e apaixonante!
Ana Lemos, a autora do primeiro volume da trilogia Amores Traçados, é quase minha vizinha. Ela mora na cidade ao lado, e foi a partir de um amigo em comum que acabei conhecendo seu romance de estreia na literatura. Sempre foi você conta a história da estudante de direito Lucy Somel e do advogado Marco Salvatore, e não é um enredo que vai te surpreender. Porém, é daqueles livros pequenos que, muito sutilmente, fazem com que o leitor não largue as páginas até chegar ao epílogo.

Quando Anna Smith, a nova-iorquina que não conseguia falar muito bem a nossa língua veio para o Brasil, ela foi parar na mesma classe do ensino médio que Lucy Somel. Logo as duas se tornaram amigas, e uma ajudava a outra: Anna ganhava lições da língua portuguesa, ao passo que Lucy pôde aperfeiçoar o seu inglês. As duas eram inseparáveis e a família de Anna tinha adotado Lucy como a uma filha. Então, quando chegou a hora da família Smith voltar aos Estados Unidos, Lucy foi convidada a terminar os seus estudos no país. Porém, o que era pra ser apenas alguns meses, se tornaram anos. Lucy e Anna agora tinham um apartamento e estavam no último ano da faculdade de Direito – e começando o tão temido Trabalho de Conclusão de Curso. Quando tudo deveria manter-se sob controle, Lucy vê a sua vida virando do avesso.

E essa virada tem nome, cargo e endereço: Marco Salvatore, orientador do trabalho de conclusão e sócio de um dos maiores escritórios de advocacia da cidade. Lucy preferiria que o tal Marco fosse um velhinho meio careca que tinha decidido usar seu tempo livre para as orientações da universidade. Mas não: ele era bonito, muito bonito, e tirava o chão de Lucy com aqueles olhos azuis escuros. Ambos não queriam se envolver, mas o que se pode fazer contra o destino? E mais: o que se pode fazer quando aquele Deus Grego insinua que quer algo além das orientações profissionais?

É óbvio, desde o começo da história, que os personagens ficarão juntos, porém, como todo bom romance clichê, a gente não quer largar o livro até a última linha. Lucy é uma personagem decidida e madura, apesar de ser meio infantil às vezes (ela mesma reconhece isso), e Marco é o típico cara que faria qualquer mulher não conseguir desviar o olhar. Logo no começo, percebi uma pequena similaridade com Cinquenta Tons de Cinza, e durante a trama a autora revela, na voz de Lucy, que já leu o best-seller. Então, se você gostou do livro do Grey, vai gostar deste romance também – só que sem a parte do sadomasoquismo, pelo menos não nas linhas no texto.

Ana Lemos não narra a maioria das cenas de sexo entre os personagens; ela dá somente uma prévia e deixa o resto para a imaginação do leitor. Os personagens são quentes e muito ávidos um pelo outro, o que parece causar até faíscas nas páginas. Às vezes achei até meio exagerada a vontade de um pelo outro, mas de novo: o que se pode fazer contra Marco Salvatore? Os amigos de Lucy também valem um comentário aqui: Anna é aquela amiga divertidíssima e engraçada, Kat e Bia aparecem menos, mas são amigas incríveis, e Thomas é aquele amigo que você chama quando precisa de uma maquiagem de última hora. Apesar de ter adorado todos, foi Thomas que ganhou o posto de favorito. Que personagem mais fofo e hilário!

A narrativa é boa, mas acho que faltou um tantinho de emoção e profundidade nas cenas, assim como um pouquinho de desenvolvimento nos diálogos. Muitas vezes, tive a impressão de estar lendo o diário da Lucy, tamanha a rapidez com que ela narrava os seus dias e o que tinha feito. Isso não é algo de todo ruim, mas acredito que o romance poderia ter sido muito mais envolvente se algumas cenas mais importantes tivessem sido melhor trabalhadas e as emoções fossem mais aprofundadas.

Apesar desses detalhes, eu adorei a leitura e me apaixonei pelos personagens! Para quem gosta de uma narrativa rápida e uma história previsível, mas muito gostosa de ler, certamente vai se apaixonar por Sempre foi você. No final do livro, a autora nos dá uma prévia de quem será o personagem principal no livro seguinte, ao estilo Bella Andre, e isso me deixou muito curiosa. É dada toda a introdução durante o livro e, no fim, Ana deixa aquele suspense em aberto. O próximo livro se chamará Um amos inesperado, e acho que teremos notícias sobre ele em breve!

site: http://fluffy.com.br/2015/06/ana-lemos-sempre-foi-voce/
comentários(0)comente



Anny 20/04/2015

Resenha do Livro Sempre Foi Você No Blog Meu Pequeno Vício
[...}Devo dizer que a Lucy ganhou na loteria ao encontrar um homem tão perfeito quanto o Marco, seu orientador, outro motivo pelo qual eu tive tanta inveja da personagem (haha) quem me dera encontrar um orientador no meu estágio que fosse do nível do Marco.
Então o livro foca nessa história de amor entre Lucy e seu orientador, Marco. Eu adorei as partes em que mostrava o ponto de vista de Marco, achei ele muito fofo e a Lucy de fato ganhou na loteria ao conhecer um homem como esse. Sempre foi você é um livro encantador, eu adorei a história do Dr. Insaciável, Marco, e da Lucy. Amei o final porque já deu uma prévia do próximo livro da Ana, Um Amor Inesperado e que já devo dizer que pela prévia parece ser muito bom :)
Outro motivo que adorei o livro foi.... Veja a resenha completa no link ---> http://meupequenovicioo.blogspot.com.br/2015/04/resenha-livro-sempre-foi-voce-da-autora.html

site: http://meupequenovicioo.blogspot.com.br/
comentários(0)comente



Gisa 17/01/2015

Apaixonante
Encontrei esse livro ao acaso e logo de cara amei a capa. Gente, fala sério, essa capa é tudo de bom né? E o título que é isso minha gente? Apesar de que eu ache que o título não combinou muito, mas ok
A Ana é uma fofa e é gaúcha tô surtando ainda e aceitou essa parceria que eu espero que dure muito. Ela me enviou o livro com autografo e tudo. Obrigada Ana
Sempre foi você é narrado em primeira pessoa, na maior parte do tempo, pela Lucy. Uma brasileira que foi para Nova York com a família de uma amiga, ainda nos tempos de escola. Os únicos planos dela e da Anna (sua irmã quase adotiva) é concluir o trabalho de encerramento da faculdade e se formar com exito.
Encontrar um amor, está fora de cogitação, já que as duas não têm boas experiências.
Mas é claro que o destino vai brincar com a nossa Ana. E o orientador do seu trabalho é nada mais, nada menos, que o lindo e sedutor Marco Salvatore.
E claro que o Marco, também fica encantado com a nossa bela Lucy.
E agora, como Marco conseguirá resistir ao poder de sedução de sua pupila? Odeio essa palavra gente. Mas é assim que ele fala, então deixa aí. E como Lucy, conseguirá se concentrar em seu trabalho, tendo ao seu lado o cara mais gostoso que ela já viu?
Foi impossível não notar as semelhanças entre Sempre foi Você e 50 tons de eca cinza. Como por exemplo, o fato da menina ir lá e conhecer o cara super badalado que nunca amou ninguém, mas se apaixona por ela. Tem outras semelhanças também, mas que eu não posso contar para não dar spoillers. Mas, podemos dizer que Sempre Foi Você é quase como uma versão muito, muito, muito mesmo, melhorada do 50 tons.
Ponto para a Ana, já que nessa história não temos uma mocinha retardada boba. A Lucy, apesar de meio infantil, é super decidida e cabeça dura. Até demais as vezes tadinho do Marco. Mas quem sou eu, para falar? Cabeça dura meu nome do meio.
Também não temos um cretino FDP e nada daquelas correias e chicotes que me fizeram odiar tanto o Grey. O Marco é apaixonante, apesar de ser muito baba ovo. kkkkk. O Marco sim, é um mocinho que acredito, todas as mulheres gostariam de ter.
E preciso dizer gente, o que eu mais amei é que a Ana NÃO é virgem que fique claro: nada tenho contra as virgens. Mas é difícil engolir uma mulher de 20 e poucos anos, linda, que já namorou, não religiosa e virgem. Se houver alguém aqui com essas características, perdoe meu equivoco. Gente do céu, amei isso. Me julguem!!!!
Claro que quando a deusa interior resolveu aparecer, eu queria tocar o livro na parede, kkkk. Ainda bem que eu não fiz isso. Porque a história apesar de clichê é apaixonante. Eu li em dois dias assim, bem rapidinho. Nós sabemos o que vai acontecer, mas nós queremos saber como vai acontecer.

Sempre foi Você conta a história de um amor muito bonito e maduro... até certo ponto. Afinal, quem aqui é maduro quando está apaixonado? Eu não!!!!!
Tirando esses pequenos detalhes e as narrações do Marco, que em nada acrescentaram na história, Sempre foi Você é um livro que eu indico muito para quem curte romances.
Ele até tem um pezinho no erótico. Mas erótico mesmo, nada pornográfico. E olha gente, se estou falando, pode acreditar, por que eu sou super chata com isso.

Outra coisa que amei no livro é que a Lucy, lê livros "brasileiros que estão bombando". Será que ela estava lendo Justa Causa ou Os Sonhos de Rita? ashauhsuahsuahsu. Amei essa parte Ana.

Por fim é isso galerinha. Indico para quem gosta de um romance de qualidade e com um pé no erótico sem ser exagerado.

O livro faz parte de uma trilogia. E eu acho que o próximo personagem será o Andrew, o "irmão adotivo" tudo de bom da Lucy.

site: http://profissao-escritor.blogspot.com.br/2015/01/sempre-foi-voce-ana-lemos.html#comment-form
comentários(0)comente



Khrys Anjos 08/12/2015

Quer aprender a amar? Descubra como
Lucy tem um encontro aos 16 anos que mudará completamente sua vida. É nesta época que Anna vem morar com a família no Brasil para que o pai possa trabalhar. Elas passam a conviver por causa da escola e daí floresce o amor mais puro e forte que existe: a amizade.

Quando Anna volta para Nova York com a família leva a sua nova irmã na bagagem. Além de conquistar uma irmã ainda ganha uma família adotiva de presente já que Michael e Mary também caíram de amores pela pequena Lucy.

Ao iniciarem a faculdade optam por Direito para dar continuidade ao legado da família Smith. E acabam conhecendo aqueles que juntamente com elas formarão o quinteto fantástico: Bia, Kat e Thomas (os encontros todas as quartas-feiras para falar sobre os relacionamentos dos integrantes da equipe são impagáveis).

Já quase concluindo o curso elas precisam fazer o temido estágio mas é exatamente neste momento da vida da Lucy que o Destino resolve mostrar o seu poder e a faz virar pupila do advogado mais conceituado na área o Dr. Marco Salvatore.

A ligação é instantânea mas Lucy tenta resistir um pouquinho aos encantos deste deus grego que veio fazer um passeio pelo planeta. Não preciso dizer que seus esforços foram um fracasso né?

Pode-se dizer que este é o enredo de vários romances que lemos por aí mas a Ana conseguiu pegar a simplicidade deste enredo e transformá-lo numa história envolvente, cativante, caliente e com muitas lições para o leitor.

A Lucy é uma verdadeira privilegiada pois teve o merecimento de ter uma família de sangue que a amava, encontrou uma nova família onde também foi amada, conquistou o coração do homem que TODAS as mulheres desejariam ter para si e se formou com louvor na faculdade.

Isso não quer dizer que ela nasceu com um estrelinha tatuada na testa indicando que todos deveriam olhar para ela e caírem de amores.

Ela fez por merecer cada uma dessas conquistas. E como se consegue esta dádiva? Da maneira mais simples que existe: ela se amava acima de tudo.

Isso não é ser egoísta. É a forma mais eficaz de ser feliz. Somente quem tem a capacidade de se amar pode amar ao próximo. E quando você sente este amor por si mesmo corre atrás daquilo que acredita ser o melhor para a sua vida.

Lucy foi morar num outro país, estudou de forma absurda e foi recompensada pela vida encontrando sua Alma Gêmea.

Mas ela precisou mostrar que o fato de amar uma pessoa não deve em hipótese nenhuma transformá-la em uma submissa. O Marco cometeu um erro e foi devidamente punido por isso. Foi nessa hora que a Lucy ganhou uma admiradora. A atitude que ela teve foi corretíssima.

Quem pretende começar um relacionamento deve ter isto em mente: a base para que a relação dê certo tem que ser a confiança. O diálogo é a única maneira saudável de conviver com o outro.

Confesso que ver a determinação do Marco para reconquistar a Lucy foi apaixonante. Um dos advogados mais temidos nos tribunais demonstrando toda a sua fraqueza ao ser corroído pelo ciúme. Teve que mostrar todo o seu potencial para nos conquistar, quer dizer, conquistar a Lucy novamente.

Além deste casal explosivo, A Lucy e o Marco, temos um outro que também nos encanta com um relacionamento fofo e quente, a Anna e o Robert.

Sem falar nos amigos das meninas principalmente o Thomas. Ele é TUDO.

E ao chegar a última página já estava louca de vontade de estar com o segundo volume desta trilogia nas mãos para descobrir como será que o Andrew irá "domar" a fera Alice.

Só tenho que fazer uma ressalva: este é um romance hot. Ou seja, não é indicado para menores (sinceramente esta ressalva é apenas para fins legais pois na realidade meninas e meninos de 9 e 10 anos estão dando aulas neste quesito).

Recomendo esta história para todos os que estão querendo aprender a amar de verdade. Corpo, mente, coração e alma.

site: http://minhamontanharussadeemocoes.blogspot.com.br/2014/11/resenha-sempre-foi-voce-ana-lemos.html
comentários(0)comente



Paula Juliana 02/03/2015

Resenha: Sempre foi você - Amores traçados # 1 - Ana Lemos http://overdoselite.blogspot.com.br/2015/03/resenha-sempre-foi-voce-amores-tracados.html

''- Dã! Até a Sophia sabe disso, já que o namorado da Barbie dela é o Henry... Espere, você está querendo dizer que o Dr. Marco Salvatore não é um coroa mal educado, nem grosseiro, mas sim um Gioden Cross?''

Quem não gosta falar sobre o Amor? O amor que move o mundo, transforma as pessoas, dá um novo sentido para a vida! E o que seria da vida sem ele? Temos que amar a vida, amar nossas metas, amar o que fazemos, amar nossos amigos, nossa família, temos que amar aquela pessoa? E quando ainda não encontramos essa pessoa especial? Será que falta algo? E quando o destino nos acerta como em um jogo e AQUELA pessoa cai em nossas vidas e meche com tudo que planejamos tão certamente?!! Foi assim que Lucy se sentiu no romance Sempre foi você - Amores traçados, livro 1, da autora Ana Lemos!

'' - Lucy, acho que você está levando muito a sério essa pequena vingança. Eu estou começando a ficar com pena do Dr. Bonitão. Se ele pensa que o sangue quente é dos italianos, ele ainda não tem noção do que uma latina desprezada é capaz de fazer.''

Lucy Somel é uma Brasileira que foi correr atrás de seu sonho em Nova York, depois de passar por poucas e boas com sua família, um pai que a abandonou e a sua mãe, ela foi meio que ''adotada'' pela família de sua melhor amiga Anna.

As duas juntas construíram uma verdadeira amizade, que ultrapassa todas as barreiras, elas são irmãs de coração, cúmplices, confidentes, e dividem sonhos!

Em NY iriam concluir a faculdade de Direito! Prestes a pegar o diploma Lucy é designada para ser a pupila de um dos melhores escritórios de advocacia, lá ela encontra o seu orientador, o sedutor e charmoso Marco Salvatore!
Paixão e um desejo explosivo que ambos não conseguem resistir!!!

''- Eu amo o seu gosto, Lucy, o cheiro da sua pele, os seus sons quando está exitada e, principalmente, o seu olhar quando está gozando, quando está sentido o prazer que posso lhe dar.''

Gostei da obra como um todo, mas esperava mais em alguns aspectos, achei o romance bem linear, queria ter sofrido mais durante a leitura, e apesar de ter adorado o humor do livro, esperava diálogos mais maduros também. Claro que esses fatos não tiram o brilho da história. Foi um prazer conhecer a história de Lucy e Marco, ver o desenvolvimento da paixão, a conquista, e o amor do casal!

Sempre foi você foi uma leitura rápida e gostosa, foi um romance bem fofinho, gostei de ver a relação de amizade de Lucy com seus amigos/irmãos, a sua relação com a família, a adotiva e a de sangue, gostei que ela como mulher sabia o seu valor, se valorizava plenamente! O romance é lindo, baseado na confiança e buscando sempre mostrar quem eles eram de verdade como pessoas! Recomendo para quem gosta de romances bonitos e histórias de amor!

''Entrei em casa pensando se realmente merecia aquele homem e toda aquela felicidade. Sim, definitivamente, eu merecia, porque havia lutado por meus sonhos desde criança, sempre agindo de forma correta e sem esquecer minhas origens e meus valores. Agora, tinha chegado a hora de colher os frutos do que havia plantado, porque a nossa vida nada mais é do que a colheita daquilo que plantamos.''

Paula Juliana

site: http://overdoselite.blogspot.com.br/
comentários(0)comente



Blog Metamorfose 28/05/2015

Um romance lindo e marcante! Recomendoo.
Sempre foi você é o primeiro livro da trilogia amores traçados, conta a história de Lucy Somel uma brasileira descendente de italiano que conhece em seu colégio a americana Anna que morará no Brasil por apenas um ano, a amizade netre elas ocorre imediatamente de maneira que elas não conseguem mais serem separadas, assim Lucy vai mora em Nova York com a amiga para realizar seu grande sonho, formar-se em Direito.

As prioridades de Lucy desde sua partida do Brasil sempre foram apenas estas, a de se formar em Direito, ser uma excelente profissional e trabalhar com Anna, se apaixonar não estava em sua lista de realizações ou prioridades. Lucy esta na reta final para se formar, com isto ela precisa ser aprovada apresentando um TCC de qualidade, algo que exigia um orientador, assim Lucy se dirige ao Dr. Marco Salvatore, que para sua sorte é uma lenda nos tribunais, uma advogado bem renomado e conhecido por todos.

O que esperar de alguém com tão boa fama, quanto Dr. Marco Salvatore? Para Lucy era bem simples, um homem de meia-idade, casado e com filhos, prestes a se aposentar e por isso não se importava em ser orientador de TCC de universitários. Bem, vocês conseguem imaginar qual não foi a surpresa de Lucy ao descobrir que Marco era justamente o contrário do que esperava?! Marco era um homem charmoso, verdadeiro "Deus Grego" de olhos azuis, sedutor, sofisticado, além de inteligente e totalmente SOLTEIRO! (Óh céus, que inveja da Lucy rsrsr) E então meninas eu pergunto a vocês... Vocês iriam conseguir desenvolver seu TCC estando todos os dias estando ao lado de um "boy magia" desses? Conseguiriam se concentrar em suas palavras ao invés de dirigir ua atenção ao corpo escultural e a boca daquele homem lindo de morrer? Ah eu não sei vocês, mas prevejo situações embaraçosas e muito calor para a nossa querida Lucy!

Então caso vocês tenham ficado curiosos, eu lhes afirmo isso é apenas o começo (emoji da lua preta do whats multiplicado por 20 rsrsr), este livro é fantástico! A Lucy é inteligente, batalhadora, decidida, com gênio difícil e extremamente focada... Ao menos era focada enquanto não estava perto do Sr. Bonitão kkkk Este é o tipo de livro que tem aquela combinação perfeita entre romantismo e aquela pitada hot que oferece todo o sabor único para o livro! É o tipo de livro que todas querem ler...

Estou mega animada para ler a continuação que promete ser ainda melhor, mais picante e disputada conquista em que os amores já estão traçados!

site: http://soujovemliterario.blogspot.com.br/2015/03/resenha-sempre-foi-voce-ana-lemos.html
comentários(0)comente



Silvânia Alves 04/09/2015

Sempre foi...surpreendente!
Criada nos EUA pelos pais de uma amiga como se fosse filha do casal, a jovem brasileira Lucy Somel, está prestes a se formar em direito, quando começa a fazer seu TCC e conhece seu orientador, o experiente advogado Marco Salvatore.
Primeiro livro da trilogia Amores traçados, "Sempre foi você" tem uma narrativa leve, leitura fácil e divertida.
O livro que conta o começo da história de amor do italiano Marco Salvatore e da brasileira Lucy Somel, é uma narrativa rápida, sem meios termos, sem muita ação, ou conflitos, não teve tanto a exploração dos personagens, a autora preferiu falar mais sobre eles nos próximos livros da trilogia, e eu já estou louca de curiosidade pra saber o que acontece com eles...
Leia mais no blog:

site: http://www.detudopouco.com.br/2015/05/resenha-do-livro-sempre-foi-voce-da.html
comentários(0)comente



54 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4