Intergaláctica

Intergaláctica F. P. Trotta




Resenhas - Intergaláctica


102 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7


Gabriel 03/11/2017

Resenha - Intergaláctica
Olá seres respirante,
Hoje eu vou falar de um livro que recebemos de parceria com o autor F.P. Trotta, que se chama Intergaláctica. Este livro foi a primeira experiência com algo futurista ao extremo, pois até então eu ainda não tinha lido nada parecido, sendo assim, sofri um pouco no começo, pois ainda não estava acostumado com a forma de narrativa, mas depois que tomei o gosto pela leitura, tudo ficou melhor.
Primeira coisa que digo a vocês a narrativa é muito futurista e algumas coisas dão enormes saltos de tempo, sendo assim, prestem atenção. As primeiras paginas da narrativa começa em 2009 contando a vida de uma garotinha chamada Amanda que entra sem querer no laboratório do pai, e lá ela começa a ver coisas diferentes e uma delas é uma invensão que seu pai, um famoso cientista (o top dos cientistas da época). Daí acontece algumas desventuras, pois ela sai correndo do laboratório dando seguimento a uma série de outros fatos, que vocês precisarão ler para saber. Daí a estória dá o primeiro salto, pois a Amanda já é adulta, é uma psicologa, contudo ela contrai uma doença que faz com que ela fique em coma por muiiiiiiito tempo, quando ela desperta ela começa a narrar fatos que ela “viveu” no período de coma e coisas do tipo.

Resumindo a resenha para ela não ficar muito grande. Amanda descobre que seu pai está por trás de uma ideia muito louca e que coloca toda a humanidade e o planeta terra em risco. Então a Amanda e mais três amigos ( Lina, Stryker e Ripley) sentem que algo maior, além da compreensão de meros mortais que não conhecem os verdadeiros objetivos do cientista, resolvem se infiltrar em organização chamada Firma. Muita coisa acontece neste meio tempo, fatos realmente fora do normal. O bom é que, o autor narra tudo isso de uma forma que você chega a acreditar que realmente é verdade, ou seja, um ponto positivo para o livro.

A narrativa vai se complicando para os personagens, tudo sempre está mudando, até os últimos suspiros pode mudar, a cada virgula vem algo que não estava previsto, deixando a narrativa muito surreal. Detalhe, algumas perguntas surgem no decorrer do livro, não se preocupem, elas serão todas respondidas. Outro fato bem legal é que este livro faz parte de uma duologia, e que o segundo livro será lançado em 2016, sendo assim, aguardem

Para indicar o meu nivel de satisfação referente a este livro eu vou dar a nota 8, pois eu achei a estória muito boa, mas algumas vezes ela se tornava um pouco cansativa, com muitos detalhes ou então demorava muito para se desenvolver, mas fora isso, está muito bem estruturada. Espero que gostem e não se esqueçam de deixar seus comentários aqui em baixo.

site: geekiebook.wordpress.com.br
comentários(0)comente



lana fada 20/01/2017

Magnífico resume esse livro.

site: https://www.youtube.com/watch?v=bwjNUjRDcKo&t=5s
comentários(0)comente



Allex.Nascimento 07/01/2017

Intergaláctica
Maravilhoso, sempre me surpreendia a cada página lida. O livro é cheio de ação, fazendo com o leitor não fique exausto, e sim o prendendo para as páginas seguintes. O que falar por hora? Excelente, quero o 2.
comentários(0)comente



Luciano Sabino 30/12/2016

Leitura obrigatória para fãs de ficção científica e de literatura nacional.
Nesse livro vamos acompanhar a história de Amanda, uma brilhante psicóloga e neurocientista que tem assuntos mal resolvidos desde criança com seu pai, o ambicioso e renomado cientista Oswald, devido a um acontecimento do início do livro que acabou afastando os dois personagens.

Muitos anos após esse incidente Amanda entra em coma devido uma infecção por Meningite, mas consegue se recuperar e ao acordar descobre que a NASA está planejando uma missão tripulada à Europa, uma das luas de Júpiter, em busca de sinais de vida e o que responsável pela expedição é seu
pai. Ela tem certeza de que Oswald está tramando alguma coisa e que ele tem segundas intenções com essa viajem espacial.
Amanda decide, então, se infiltrar no centro de operações do pai junto com seus amigos/pacientes Ripley e Striker, e a recém conhecida Lina para tentar sabotar o lançamento da nave, mas isso não será tão simples.

Muitos segredos, mistérios e plot twists esperam nosso quarteto em sua jornada intergaláctica.


Pois bem meus caros colegas, o que eu acabei de descrever acima é apenas a trama inicial e não gostaria de me prolongar muito em relação ao enredo, pois a cada página há uma coisa nova acontecendo. O ritmo do livro é bem rápido e frenético, com revelações e reviravoltas a todo instante e eu não gostaria de estragar a experiência de leitura de ninguém soltando um spoiler por aqui.

Intergaláctica é um livro sensacional e tráz boas reflexões acerca do nosso lugar no universo e o significado de estar vivo, além do fato de que ainda temos um longo caminho para percorrer como indivíduos e como sociedade.



site: http://blogcolhendolivros.blogspot.com.br/2016/12/intergalactica-fp-trotta.html#more
comentários(0)comente



Diario de Resenhas 24/12/2016

Uma viagem e tanto
Resenha Intergalática
⚫ Introdução

Uma conspiração para controlar o rumo da mais importante expedição espacial da história da humanidade. 3 de Maio de 2031 - No dia de lançamento da aguardada expedição da NASA para explorar a lua de Júpiter, uma das candidatas para habitar vida extraterrestre, a psiquiatra Amanda Collins acorda de um coma após meses batalhando contra uma meningite aguda. Junto com seus pacientes Stryker, Ripley e sua amiga Lina, eles descobrem que fazem parte de um crescente quebra-cabeça envolvendo uma corporação geopolítica underground chamada A Firma, que planeja sabotar a missão, usufruindo de uma nova tecnologia para saquear a nave e destiná-la para um planeta habitável localizado dezessete anos luz da Terra. O quarteto então inicia uma operação para descobrir a verdade por trás da conspiração, mergulhando de cabeça na maior expedição planetária da história da humanidade.

⚫ O que eu achei

O primeiro capítulo ja começa cheio de mistérios, e perguntas, quando finalmente a história começou fui jogada num enredo que entrelaça Ficção com Fantasia de uma forma que nunca tinha lido. Não quero contar muita coisa sobre o livro, pois quero que você se surpreenda assim como foi comigo.

O autor meche com nossas cabeças, com os personagens cativantes que ele criou e com suas reviravoltas inesperadas, uma das coisas que deixou a ficção extraordinária foi a existência de um planeta muito parecido com a terra, e que foi muito bem narrado (com todos os detalhes) pelo autor ! estou muito curiosa para ler o próximo livro, pois as últimas páginas não deram muita descrição sobre o que de fato vai acontecer, mas acho que isso foi Proposital do autor para nos deixar pensativo sobre o próximo livro.

Eu bato palmas para o Trotta pois escrever ficção não é algo fácil, ainda mais impressionar os leitores críticos, Como ele fez !! Uma das únicas coisas é que alguns personagens não foram muito explorados, pois acho que todos tiveram uma história muito interessante a se conhecer ! mas só vemos mesmo sobre Amanda.

Mas apesar disso posso confirmar que a História criada pelo autor vai te surpreender e te fazer pensar sobre sua existência e existência de vida em outro planeta. Esse livro não se tornou apenas uma leitura para mim, e sim uma viajem feita por mim e com os personagens que já considero meus amigos !!!

Se vocês quiserem que eu faça uma resenha com spoilers, e mais descritiva com a minha opinião, comentem.....!

site: http://diarioderesenhasdry.blogspot.com.br/2016/12/resenha-intergalatica.html
comentários(0)comente



Jhone Amaral 24/12/2016

Intergaláctica
Falar sobre o universo e sua imensidão é algo que mexe muito comigo, pois as possibilidades são, literalmente, infinitas. A vida é tão preciosa, que a busca por seres vivos em outros planetas é algo muito significativo. Tanto por informação e precaução, quanto por ter mais uma opção caso a vida no planeta Terra chegue ao fim - vale lembrar que nessa caso nós somos os vilões.


3 de maio de 2031
No dia em que a NASA comunica uma missão espacial para Europa, uma das luas de Júpiter, com o objetivo de buscar vida extraterrestre, a psiquiatra Amanda Collins desperta de um long coma provocado por uma meningite aguda. E traz deste sono lembranças detalhadas de uma incrível odisseia em outro plano.


Intergaláctica é uma obra que possui uma história construída de forma "darwinista" *. Os acontecimentos vão crescendo e ganhando dimensões maiores seguindo uma linha evolutiva da narrativa. Quando eu estava lendo e achando que o centro de tudo era o conflito entre Amanda e o pai, a reviravolta leva tudo para um outro plano.

"A eletricidade, telefones, computador conseguiram afastar a escuridão da ignorância, mas você comete um erro ao pensar que consegue ver muito além deste pequeno círculo de luz. - disse Amanda."

Trotta me ganhou com os ótimos plot twists que ocorrem no enredo. Como eu havia dito anteriormente, quando parecia que tudo era uma grande briga de família, a história apresenta uma viagem espacial e assim por diante.

"Considere a probabilidade. Se você multiplica o número de estrelas em nossa galáxia pelo número de galáxias no universo, você tem aproximadamente um "gazilião" de estrelas. E ainda pode ter mais que isso. As chances de sermos os únicos organismos com vida no universo... para mim, pensar que somos únicos é pretensioso demais."

O livro mostra alguns pontos importantes que podemos levar para a vida como aprendizado:

1 - Nem tudo é o que parece: algumas pessoas que consideramos amigos podem estar nos apunhalando pelas costas, enquanto quem achamos ser inimigo, pode estender a mão para nos ajudar.

2 - O valor da amizade: os amigos das antigas e as novas amizades são fundamentais para uma vida mais divertida e feliz. Sem falar que precisamos de alguém para pedir socorro. hihi

3 - Siga seus instintos: quando confiar em alguém é perigoso demais ou a verdade não está tão clara, siga seus instintos!

Na minha opinião a grande reflexão da obra é sobre a existência de vida extraterrestre. Como diria Amanda "pensar que somos únicos é pretensioso demais". Pessoalmente falando, eu creio na vida em outros planetas e planos, pois o universo sendo infinito, as possibilidades são as mesmas.

"Amanda e Lina olharam maravilhadas para a praia alienígena à frente, ouvindo o barulho de cada onda que chegava da maré."

Acompanhar Amanda e seus amigos Stryker, Ripley e Lina enfrentarem a poderosa corporação conhecida como A Firma e desbravar o universo é uma aventura que vale muito a leitura. Então... Fique atento, pense bem nas pessoas em que você confia, tenha coragem para desbravar o desconhecido e cuidado para não ir parar no hypersleep. #ficaadica

site: http://www.cultverso.com/single-post/2016/12/20/Resenha-Intergal%C3%A1ctica-F-P-Trotta
comentários(0)comente



Nana 23/11/2016

Experiência única
Muitos leitores tem bastante receio ao iniciar uma leitura de ficção que envolve muita fantasia e viagens a outros planetas, principalmente pelos casos de tentativas “fail” de histórias inovadoras com universos complexos sem fundamentos. Mas a dica de leitura dessa semana é totalmente o oposto disso! Estou falando de “Intergaláctica: Onde estaria a segunda terra?”, que é o primeiro e sensacional livro da trilogia de F. P. Trotta, um escritor que merece MUITO destaque. Sua obra me impressionou bastante principalmente por ser cheia de detalhes e me deixou super ansiosa pela continuação. Correrei atrás dos próximos volumes!

Nesse primeiro livro conhecemos a protagonista Amanda. Uma garota de muita personalidade e coragem – e haja coragem – que além de ser super inteligente, embarcará em uma missão extremamente perigosa, com o objetivo de impedir seu pai (Oswald) a realizar um grande estrago com a Terra e com a humanidade. Oswald é um personagem que nos deixa boquiabertos pelo extremo de frieza que ele consegue chegar.

A narrativa é muito interessante porque se inicia com a Amanda ainda criança, quando ela faz uma descoberta sobre algo que o pai anda tramando. No capítulo seguinte a cena já é cortada para alguns anos depois, em que ela, agora adolescente, toma uma certa decisão importantíssima em sua vida.

Depois o desenrolar dessa aventura dá continuidade com Amanda já adulta, acompanhada de mais outros três personagens: Striker, Ripley e Lina – cada um com seu jeito e personalidades diferentes, com papéis fundamentais ao longo da história.

É incrível como Intergaláctica apresenta reviravoltas. Há uma série de acontecimentos em planetas diferentes ricamente descritos, sem falar nos diversos momentos de reflexão e filosofia. Mesmo com personagens e planetas fictícios, essa obra nos permite viajar em pensamentos e questionamentos sobre a nossa existência no universo, sobre quem realmente somos, para onde iremos e tudo o mais que desconhecemos.

Intergaláctica foi uma história inédita para mim. Uma experiência única de leitura que gostei muito! Realmente incrível e super indico para aqueles que curtem uma história de ficção científica.

site: http://www.ingrataepifania.com.br/book-da-semana-intergalactica/
comentários(0)comente



Wesley 21/11/2016

Resenha: Intergaláctica
Imagine que haja vida fora da Terra. O que isso provocaria nas crenças e ideais que temos? Como as pessoas assimilariam isso e de que forma agiriam sabendo disso?

Intergaláctica é o primeiro livro de uma trilogia e começa a história de uma forma intrigante, que te faz pensar nossa posição no universo, mas não de forma de livros de auto-ajuda(BEM LONGE DISSO) e sim em uma forma de curiosidade, fascínio e deslumbramento.

O livro conta a história de Amanda Collins que descobre uma conspiração de sabotagem à missão da NASA de expedição em busca de vida extraterrestre, uma corporação conhecida como A Firma tem os planos de roubar a nave para ir para uma segunda terra, um planeta com habitat favorável para a vida humana se manter.

A partir dessa premissa, o livro se desenrola em duas linhas claras de desenvolvimento da trama: a primeira mais leve - começando em 2009 com uma pequena Amanda e progredindo ao longo do tempo até a data da missão da NASA em 2031 -, que serve como embasamento para toda a história que vem logo após; a segunda mais eletrizante, uma verdadeira montanha-russa de sentimentos: fascínio pelo novo, curiosidade de um mundo tão vasto sendo explicado e muita, mas muita ação!

O autor nos leva por uma verdadeira viagem intergaláctica(para quem viu Doutro Estranho: me senti vagando por dimensões incríveis e fantásticas), criando um universo tão vasto com originalidade e propriedade, são criaturas e mundos fascinantes que nos são apresentados de forma estupenda fazendo com que você apenas se deixe levar pelo turbilhão que é a trama desse livro.

O livro possui um dos maiores Plot Twist(mudança radical do que se espera que aconteça) que vi no mundo literário, foi realmente um choque pra mim todo o final da história e afirmo que o livro vale muito a pena pela forma que termina, deixando o leitor ávido pela continuação(tô me corroendo).

Em suma, intergalática é uma válida viagem por um novo universo. Um mergulho no cosmos e suas constelações. Explore você também esse novo mundo e se maravilhe com essa belíssima história.
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



A Garota Que Le 16/11/2016

Incrível!
Olá leitores, tudo bem? Hoje trago a vocês a resenha desse livro que é do gênero que eu amo

site: www.instagram.com/agarotaquele
comentários(0)comente



pdrofion 04/11/2016

Intergaláctica(Resenha)
Bom eu recebi este livro de uma parceria que eu fiz com o querido Franco ou F.P. Trotta, ele é um escritor nacional que lançou este livro em 2015 e logo mais tem a continuação INTERDIMENSIONAL!!!, e eu estou muuuuuuuuuito ansioso para ler INTERDIMENSIONAL,por que o INTERGALÁCTICA foi maravilhoso! Porque eu sempre fui muito de ficar pensando nisso sabe? De vez em quando eu deito na cama e penso em que lugar nós estamos?Será que estamos sozinhos?

E nesse livro não foi diferente,ele conta da história da Amanda e seus amigos numa jornada em que o destino é procurar existência de vida extra-terrestre!,isso mesmo ALIENÍGENAS!!! e por aí temos muitas descobertas e aventuras que eu simplesmente me senti dentro do livro.

No começo ele é meio lentinho na transição já que o desenrolar da história se passa em vários anos,mas do meio pro final é ação sem pausas pra descanso e a cada descoberta você entende mais sobre a história e no fim tudo aquilo se transforma em raiva,porque eu nunca vi uma protagonista sofrer tanto e o cérebro dela não parar de tanta informação!,hahaha,quando eu acabei o livro senti muito familiar á Jogos Vorazes,não tem nada ver com a história mas quando vocês acabarem,quem leu Jogos Vorazes também vão entender a referência.

O livro é muito bem acabado,a capa tem muito haver com o a história do livro,algumas páginas são meio que trabalhadas,mas pra ser sincero algumas palavras ao desenrolar do livro estão com alguns erros de impressão (ortográficos),não sei se é alguma coisa apenas do meu livro,mas não atrapalha de forma nenhuma,a escrita do autor é muito gostosa,não é repetitiva,não enjoa e é bem fácil de ler não tem aquelas palavras de "OUTRO MUNDO" hahahaha, o livro é bem curtinho,mas eu gosto muito de ler o livro e imaginar como ele seria se fosse um filme e eu GOSTARIA MUITO!,pois ele tem criaturas muito lindas e ricas,são muito interessantes!!!.Eu sinceramente se soubesse desenhar bem faria um SKETCHBOOK completo com as criaturas lindas que eu monto na imaginação sobre este livro.

EU AMEI O LIVRO,recomendo para esses leitores que gostam de livros sobre ET´s,Fantasia,outros mundos,ação,vale muito a pena.



Essa resenha é do meu blog!!
Dêem uma passadinha lá

site: https://lendopedro.wordpress.com/
comentários(0)comente



CuraLeitura 03/11/2016

Sci Fi incrível
Oi Gente!!! A resenha de hoje é de um gênero que eu nunca tinha lido (Sci- fi) e que adorei conhecer, estou animada para resenhar o mesmo então, vamos lá.

O livro começa nos apresentando Amanda, uma garotinha de 9 anos que mora com seu pai Oswald e sua babá Shirley. Como seu pai trabalha muito ele quase não tem tempo de ficar com ela, Amanda como toda criança sente falta dele e quando vê a luz do laboratório de seu pai acessa, ela resolve procurar por ele, chegando ao local ela ouve gritos e sai correndo desesperada mas, por pirraça acaba pegando um objeto do laboratório oque faz seu pai ficar furioso e se transformar em uma pessoa que ela nunca viu antes.

O Òrbita estava despedaçado no chão com fumaça cinza saindo do centro. Oswald correu para o objeto sem nem olha para sua filha. Amanda olhou para seus braços e retirou uma dupla de estilhaços de vidro de se braço direito dando gritos de dor enquanto arrancava cada um, mas Oswald parecia não ouvir.
Pág, 13

A historia dá um salto o tempo e 5 anos após o ocorrido nos deparamos com Amanda amarrada em uma cadeira, dentro do laboratório de seu pai que decidiu fazer um experimento na sua própria filha.

Amanda abriu os olhos e se viu em uma sala branca, com um corredor no fim: Ela imediatamente se localizou ,estando dentro da sala á esquerda do laboratório de seu pai [...]
[...] Ela tentou se mover mas notou que estava amarrada á cadeira: tentou abrir sua boca, mas sua boca também foi presa.
Pág: 14

Por esse motivo Amanda fugiu de casa com sua babá e amiga Shirley e nunca mais procurou o seu pai. Um outro salto na historia nos leva a 2031 quando Amanda acorda de um coma profundo após uma meningite aguda. Bem sucedida, agora Amanda tem 30 anos é psicóloga e vai contar com a ajuda de seus ex - pacientes e amigos, para tentar acabar com o plano de seu pai de lançar um foguete para Europa uma das luas (satélites) de Jupiter, com o objetivo de encontrar vida extraterrestre. Conhecendo o pai como ela conhece, Amanda desconfia que a algo maior por trás dessa expedição, enquanto estão em um café conversando sobre isso com os amigos, os 5 são abordados por falsos tiras que dão ordem de prisão á ela. Vendo o simbolo nas roupas dos policiais Amanda percebe que são capangas a mando de seu pai e sem pensar duas vezes acaba matando á todos.

- Pronto. Adeus. - e saiu ignorando os cinco corpos mortos no chão
Pág; 30

Foragida e caçada pelo seu pai, Amanda percebe que o único jeito de destruir os planos dele é se infiltrando na Firma, a organização de pesquisa de seu pai e base do lançamento do foguete. E a partir daí Amanda e seus amigos começam uma corrida contra o tempo para sabotar essa missão e livrar as pessoas de seja lá o que seu pai esteja planejando.

Sim,eu sei que a resenha ficou um pouco vaga mas decidi falar apenas do começo do livro, pois apesar de ter apenas 275 páginas o autor consegue colocar tanta informação que a cada página é uma descoberta e é claro, eu não quero estragar a surpresa.
O começo é meio lento, e possui três saltos no tempo em um curto espaço, mas é essencial para entendermos a relação e a personalidade dos personagens.
A narrativa fica fluida quando chegamos na metade do livro, que fica carregada de ação e não para, cada página é uma reviravolta diferente e a tensão vai crescendo á todo momento.
Os cenários são bem desenvolvidos e o autor descreve os mesmos com riqueza em detalhes.
A personagem principal é uma mulher, e que mulher. Diferentemente de quase todos os livros que lemos Amanda é o suficiente para si mesma e para a trama, carrega todos nas costas, sofre muito mas não se abala e não perde tempo chorando, as outras mulheres que aparecem Lia e Stryker são sensacionais também.
O legal de Intergaláctica é que o autor usa descobertas reais com uma pitada de ficção e nos quando estamos lendo pensamos: Será que isso pode acontecer? Será que realmente estamos sozinhos?. E ler uma trama que nos leva a pensar em outras teorias e possibilidades é realmente algo digno de ser lido.
Agora sobre os contras do livro: O começo é bem parado mesmo, tanto que demorei a engrenar na história.
A revisão da editora não está legal e o livro foi publicado com vários errinhos de português e algumas redundâncias, procurei o nome do revisor e o mesmo não se encontra descrito na página de informações sobre a edição da obra.
Outra coisa que me incomodou foi que a cola utilizada para a montagem do livro ficou aparecendo na primeira página, deixando uma aspecto de descuido da editora, não sei se todos os livros saíram assim, mas o meu veio e eu não gostei.
No quesito diagramação, a editora tirou 10 pois o livro está lindo demais por dentro.
Quanto a capa do livro, eu achei simplória, merecia mais, porém imagino que a própria editora percebeu, pois a capa do segundo volume está linda.
A parte de trás do livro eu não gostei, para mim não fez sentido algum.O livro se aprecia como um todo por isso espero que a editora tenha mais cuidado ao lançar os próximos volumes.

site: https://curaleitura.blogspot.com.br/
comentários(0)comente



Renan Stephano 30/10/2016

RESENHA: Intergaláctica - F.P. Trotta
O livro começa contando alguns trechos da infância da Amanda, que é a personagem principal desse livro. Existem várias passagens de tempo nesse início, essas contam trechos importantes da vida de Amanda para o desenvolvimento do livro.

O pai de Amanda, Oswald, é um "criador", e em um certo dia, quando Amanda era criança, percebeu luzes ligadas no laboratório do pai. Curiosa, foi até lá conferir o que acontecia.

MÁ IDEIA!

Ao entrar lá, ela se depara com um objeto um tanto intrigante de formato esférico, que era um dos experimentos do seu pai, quando ouve sons de gritos. Depois de ouvir isso, seu pai surge na porta da sala de onde o som vinha, e com uma seringa na mão. Já dá para imaginar o que ele estava fazendo!

Anos se passam, e Oswald acaba envolvendo Amanda em um de seus experimentos. Após isso, ela desenvolve um ódio profundo pelo pai por causa de sua atitude abusiva, e acaba se distanciando dele.

Muitos anos depois, em 2031, Amanda já é uma mulher, e trabalha como psiquiatra. Ela acorda de um coma que foi causado por uma meningite aguda que teve.

Após acordar, ela acaba descobrindo por meio de Ripley e Stryker, seus amigos e pacientes, que uma expedição a Europa, lua de Júpiter, irá acontecer. Amanda sabe que um acontecimento tão grande como esse só poderia ter um organizador e agora seu principal objetivo é confirmar suas teorias sobre a expedição e deter os planos que podem destruir toda a humanidade.

Eu tenho que confessar que eu amei esse livro. Eu já adoro ficção-científica, e esse livro me fez amar mais ainda! É muito perfeito, sério! E o final? Eu só posso dizer que vocês vão querer matar o Franco, assim como eu! Hahahahah ❤

site: morebooksblog.blogspot.com
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



Nathália 14/09/2016

Eletrizante, Surpreendente e de Outro Planeta!

Intergaláctica é narrado em terceira pessoa e nos conta a história de Amanda Collins, uma renomada psiquiatra, que morou com seu pai Oswald (um homem prodígio responsável por diversos experimentos e ideias premiadas) por alguns anos de sua infância até descobrir um segredo do cientista que foi a gota d’água. O livro então dá um salto no tempo, nos apresentando uma Amanda adulta, acordando e se recuperando de um coma severo causado por meningite aguda.

Estamos no ano de 2031 e a Terra está bastante avançada em suas tecnologias. A pergunta incessante é: “Onde estaria a segunda Terra?”. O questionamento sobre se há vida em outros planetas e se não estamos sozinhos martela na cabeça de algumas pessoas na sociedade. Até que finalmente a NASA comunica uma missa espacial para Europa, uma das luas de Júpiter, com o objetivo de buscar vida extraterrestre e desvendar essa dúvida que persegue a humanidade há anos.

Nossa protagonista desperta do coma no dia em que a NASA comunica oficialmente sobre a viagem. Mais precisamente dia 3 de maio de 2031. A psiquiatra não fica parada quando descobre dos planos da NASA e logo começa a procurar mais.

No decorrer da trama segredos são revelados, aventuras são iniciadas e cenas de ação nos acompanham por todo o percurso. O autor vive brincando com a nossa curiosidade. Ele cria um mundo repleto de possibilidades, onde há vida extraterrestre em novos e incríveis planetas, cenários espetaculares e criaturas maravilhosas de tirar o fôlego! As aventuras desafiadas pelos protagonistas são descritas com muita maestria e criatividade.

O autor conseguiu ilustrar todas as expectativas, agressividades e medos de uma população que se acha a mais poderosa e inteligente do universo que não sabe lidar com a mera possibilidade do contrário. E que, se houvesse vida “lá fora”, não seria nada de extraordinário ou maior que nós.

Os valores e ideais que nos são apresentados nesse livro, não nos deixa parar de questionar nem por um segundo. Somos submetidos a uma guerra. Há religião e conceitos envolvidos. Tudo que sabemos vai praticamente por água abaixo e temos que criar uma nova linha de pensamento. Juntar o velho ao novo. São tantas coisas, mais tantas coisas criadas pelo autor que dá vontade de socar a cara da humanidade e manda-la acordar. Tipo: “Helloo seres humanos! Use sua inteligência para coisas mais importantes! Não regressem por causa de uma descoberta! Sigam em frente, cacete! Eu sei que a situação está difícil, mas podemos passar por ela e evoluir!”.

O ritmo do livro é frenético. A cada página praticamente jorra conteúdo e sabedoria. Os acontecimentos não param! Preparem-se para muitas reviravoltas, até as últimas páginas. E cada uma de tirar o fôlego! Em um momento você está sentada tomando um cafezinho com os personagens e do nada acontece algo que arranca sua paz.

Eu amo livros de fantasia que nos levam para outros mundos ou que se passam em novos mundos. Agora imaginem que a “fantasia” é nossa realidade. Isso nós encontramos em Intergaláctica! Porque a história mostra seres humanos comuns, que com inteligência busca as respostas para as perguntas mais simples e complexas. Nos mostra que pode sim existir vida em nosso universo. Planetas novos, inteligentes, incríveis e que nos ensinam muitas lições. Ou seja, que livro MA-RA-VI-LHO-SO!

Em suma, podemos aplaudir e abraçar o FP por ter criado uma história tão fantástica e real. Que nos transmite lições, nos faz pensar, questionar e ter novas ideias. É incrível como um livro, uma história de ficção, possa nos dá tantas emoções e conceitos reais. A leitura flui bem e apesar do começo ser um pouco confuso, no final faz todo sentido e você pensa: “Então toda aquela confusão faz sentido não ter sentido.” Ok, talvez eu tenha confundido a cabeça de vocês com essa frase, mas tentem entender haha

O autor teve uma estreia maravilhosa e merece todo o prestígio. Sua criatividade não tem limites e aposto que seria ainda melhor se fosse uma trilogia para assim, ser muito mais bem explorada do que já é! A escrita é leve e repleta de diálogos bem construídos que completam o enredo e atmosfera do livro. É uma história eletrizante, enigmática e faz o leitor viajar por completo! Não digo isso para puxar saco ou porque o autor é parceiro do blog. Digo por que é verdade. Vocês me entenderão após ler. Super recomendo!

RESENHA COMPLETA NO BLOG

site: www.livrosdagarotavermelha.com.br
comentários(0)comente



102 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7