A Sombra do Passado

A Sombra do Passado Sylvain Reynard




Resenhas - A Sombra do Passado


29 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2


Adna Rios 24/10/2016

Falar dos livros de Sylvain Reynard é uma tarefa muito fácil para mim, aliás, sou suspeitíssima pois há anos acompanho suas publicações e sempre espero uma leitura prazerosa. O autor canadense é um excelente contador de histórias. É daquele tipo que trabalha muito bem a inserção de fatos históricos misturados a ficção, fazendo com que seu leitor entre em contato com um livro que respira arte e cultura, sem ser sobrecarregado de informações jogadas aleatoriamente, despertando no leitor o desejo de se teletransportar para a Itália e morar na Galeria Uffizi. Por mais que eu não seja adepta da leitura de romances sobrenaturais, os personagens dessa nova série não me incomodam em nenhum momento, dada a maneira com que SR os trata. Não é uma história tradicional de vampiros, eles criaram uma sociedade muito bem organizada com regras e leis. Apesar de não serem humanos e pertencerem ao submundo, as emoções humanas estão presentes a todo momento, sejam elas, o amor, a inveja, a paixão, a cobiça, a traição, tendo pano de fundo a bela cidade italiana de Florença. Neste segundo livro da série Noites em Florença, o romance de William e Raven avança para um novo nível. William sente-se mais a vontade de falar sobre seu passado (particularmente minhas partes preferidas), e isso faz com que o par de amantes se conecte ainda mais. Aliás, essa é uma das belezas desse casal. Não há dramas, crises de choro, gritos, cobranças, os dois têm certeza do amor um do outro e isso basta e sobra. Raven desperta o lado "humano" do príncipe, esquecido há tantos séculos. Os diálogos servem para acertar as arestas do relacionamento e isso é muito bonito de se ler. Logo no início do livro vemos o passado de Raven voltar a atormentá-la, mas com isso vem a chance de resolver essas pendências de uma vez por todas e zerar a vida a partir dali. Uma decisão muito importante há de ser tomada por ela. Fora isso, tenta fugir da investigação do inspetor Battelli que busca provas de seu envolvimento com o príncipe e o roubo das ilustrações de Botticelli. Mais uma vez vemos a participação dos Emerson, ainda que de forma modesta. William se vê diante de uma grande ameaça ao seu reinado em Florença e precisa de aliados para vencer essa batalha. O livro não se resume a um só plot, histórias paralelas acontecem, mas há uma boa orquestração de todas e, no fim, elas convergem no clímax do livro sem deixar pontas soltas. O uso da linguagem fluida propicia uma leitura rápida o que causa certa frustração, já que o livro termina em um 'to be continued' de fazer o leitor deitar em posição fetal de ansiedade pelo próximo livro. Juro que tentei ler mais devagar, saboreando cada página, mas falhei nessa missão. Agora estou aqui, sem rumo na vida, esperando o livro 3. Cinco estrelas fáceis para SR.
comentários(0)comente



Viviane Schneider 14/06/2020

Afff
Argh que agonia, parece que esta história nunca vai terminar!!! Esse casal só passa por dificuldades!
comentários(0)comente



Neguinha 22/02/2020

Sem palavras para descrever o sentimento que essa leitura me causa. Quanto mais leio essa série, mais quero ler.
comentários(0)comente



Beta Oliveira 02/11/2016

A vontade que dá é, uma vez iniciada a leitura, só parar quando o livro terminar. É tanta coisa acontecendo ao mesmo tempo e, mais que apenas querer, você PRECISA saber como tudo termina. E sim, as histórias de vampiros não estão entre as minhas favoritas, mas não consigo parar de ler a série Noites em Florença.

Visite o Literatura de Mulherzinha e veja o texto completo sobre A Sombra do Passado, de Sylvain Reynard, lançamento de outubro da Editora Arqueiro.

site: http://livroaguacomacucar.blogspot.com.br/2016/10/cap-1068-sombra-do-passado-sylvain.html
comentários(0)comente



Janie 29/03/2019

Um amor em meio a guerra...
Sylvain Reynard cria uma trama perfeita e profunda, que faz o leitor se deliciar com esse romance épico!
comentários(0)comente



Gy de Paula 08/04/2017

A sombra de um passado sombrio
O penúltimo volume da série Noites em Florença retrata o passado de Raven e como Willian York tenta ajustar as coisas pra ela. O relacionamento dos dois se fortalece (será?), mas passa por duras provas, inclusive por uma vampiresca guerra civil na qual cabeças, literalmente, rolaram.
E agora? O que será de Florença? O que será de William? E o que será de Cassita???
(Sobre a Série Noite em Florença:
Livro 0.5 - O Príncipe das Sombras
Livro 1 - A Transformação de Raven
Livro 3 - A Sombra do Passado
Livro 4 - The Roman [ainda sem título em português nem data de lançamento aqui no Brasil. Oremos para que a Editora Arqueiro
nos dê logo boas notícias]).
comentários(0)comente



Grazi 04/12/2016

Sombra do passado entre meus 5 melhores livros do mês
http://doidosporserieselivros.blogspot.com.br/2016/12/as-cinco-melhores-leituras-do-mes-parte.html?m=1

As cinco melhores leituras do mês parte 1: Sombra do passado e Sr Daniels ????

Minha missão na terra é enaltecer o trabalho do Sylvain Reynard
comentários(0)comente



ELB 31/01/2017

Every Little Book
Nesse segundo livro da série, a continuação da história continua do mesmo ponto em que parou: a narrativa dinâmica, com os mesmos conflitos imperando entre o casal e a ameaça sobre a supremacia de William como príncipe dos vampiros em Florença.

Sobre a continuação do romance entre os protagonistas, William se revela disposto a conquistar Raven com um presente inusitado: o resgate do seu passado e a oportunidade de vingar-se, apagando algo ruim que lhe aconteceu. Isso mostra como os dois têm concepções diferentes sobre justiça e visão de mundo. São dois opostos que, no entanto, necessitam cada vez mais um do outro.

"Era o mais improvável dos casais. No entanto, estava claro para ambos que formavam um par perfeito."

Também se percebe um amadurecimento no relacionamento dos dois, afinal, têm a certeza do amor um do outro. Raven tem a incrível capacidade de ir modificando cada vez mais esse vampiro que, antes de conhecê-la, era destituído de misericórdia e esperança. E mais, sem qualquer sentimento por outra pessoa, seja de entre os seus ou não. Mas, com Raven, o que ele guardava de bom antes de sua transformação em vampiro, parece surgir de uma forma surpreendente.

"Estava faminto por ela, seu corpo e seu sangue, com um desejo que beirava o desespero."

Mais uma vez, a história não segue somente a narrativa de um casal apaixonado que têm suas diferenças por motivos óbvios; a trama em torno da destituição de William como príncipe de Florença continua se fortalecendo. A ameaça se torna cada dia mais real, a um ponto de questionar quem são seus verdadeiros aliados, quem realmente está ao lado dele nessa guerra ambiciosa pelo poder.

E mais um conflito é adicionado quando o padre que ajudou a criar Raven e sua irmã, após a tragédia pela qual passaram, surge de repente em Florença e se revela como um dos membros da Cúria, um segmento da igreja que tem a finalidade de exterminar os seres sobrenaturais. E o padre Kavanaugh está disposto a afastar Raven da presença de William, que ele considera totalmente nociva. Isso, ou os vampiros serão duramente atacados.

Enfrentando um conflito no seu principado e ainda outro que pode resultar em seu afastamento definitivo de Raven, William toma uma decisão que pode definir os rumos do futuro dos dois: decide procurar o seu criador e assim ter um aliado forte contra os seus inimigos.




Essa série pode ser comparada a um crescendo: a cada livro ela ganha intensidade, despertando aquela curiosidade natural de como será o seu fim. O final do segundo livro foi dramático, então só podemos esperar uma conclusão explosiva com o terceiro e último livro da série.

Reynard continuou esse segundo volume da série sob o mesmo ritmo; através da narrativa em terceira pessoa, mostrou as perspectivas de cada personagem, e a história se parece com um leque que vai se abrindo e revelando a personalidade de cada personagem, seja protagonista ou não, fazendo-nos desconfiar de suas atitudes ou compreendê-las.

O enredo continua muito bem elaborado, auxiliado por uma narrativa que continua muito fluida, os acontecimentos são narrados com dinamismo, as ações seguindo uma sequência lógica e envolvente.

Sobre os personagens, quem mais merece destaque é William. O personagem mostra uma evolução ímpar e se mostra apaixonante. Para quem gosta de um bom livro sobrenatural, com um vampiro extremamente apaixonado, tem que ler esse livro. Como o autor tem uma escrita que beira à escrita poética, os diálogos foram muito ricos e deram vida aos sentimentos que eram expressos entre os protagonistas.

Fiquei muito ansiosa em saber que o último livro da série será lançado no dia 06/12/2016 em inglês, porque ficamos na dúvida sobre a previsão de quando finalmente será lançado aqui. Bem, estou na torcida para que seja o mais rápido possível.

site: http://www.everylittlebook.com.br/2016/12/resenha-sombra-do-passado-sylvain.html
comentários(0)comente



Fabiana @bibliotecadabia 21/06/2020

Livro simplesmente M A R A V I L H O S O !
Resenha: Continuando as resenhas da ☆《Série Noites em Florença》☆, hoje vamos conhecer o terceiro livro da Série. A trama segue o mesmo ritmo do primeiro livro, sendo narrado em terceira pessoa, mas alternando o ponto de vista entre Raven e William.

Raven revelou a William o episódio traumático que aconteceu com sua irmã mais nova Carolyn, e também como se machucou, deixando sua perna lesionada para toda vida, além dos conflitos com sua mãe. Tal situação é fator de sofrimento para Raven, e William, extremamente protetor com sua amada, quer proporcionar justiça em seu nome, e protege-la de qualquer ameaça.

William encontra-se em meio a uma crise política em seus domínios. Existe uma forte conspiração para derrubá-lo, e a cada dia ganha mais forma e força, o que não o deixa confiar em ninguém, ele só confia em Raven, que sabe seus verdadeiros dons de vampiro.

Em meio a toda essa conturbada situação, eles vivem um intenso romance, William aprende com a amada sobre perdão, a dar uma segunda oportunidade às pessoas, em contrar ponto Raven presencia o que existe de pior e cruel entre os vampiros.

William e Raven tentam manter um equilíbrio em seu relacionamento, entretanto, as circunstâncias ficam cada vez mais complexas. Eles são de mundos diferentes, tem posicionamentos diferentes, enquanto o mundo dele é implacável e impiedoso, o de Raven consegue machuca-la de outras maneiras.

Este livro trás ao leitor, o fechamento de questões importantes que foram abordadas nos três primeiros livros, assim como, nos explica o papel de alguns personagens secundários muito importantes no decorrer da história. Além de também nos mostrar como alguns dos personagens secundários tem crescido no desenrolar da trama, e nos deixam ainda mais apreensivos sobre quais suas verdadeiras intenções.

No final deste livro foi simplesmente ARREBATADOR, foi a grande revelação de toda conspiração contra William e seus conspiradores ! A obra conta com uma cena extra de A Sombra do Passado; uma cena de 'O Inferno de Gabriel' em um Universo Alternativo e Glossário de Termos e Nomes Próprios (com Spoilers).

site: https://www.instagram.com/bibliotecadabia/
Claudia 05/07/2020minha estante
To evitando de ler, vou confiar na sua resenha e acreditar q o final vai ser surpreendente. ?


Fabiana @bibliotecadabia 05/07/2020minha estante
Obrigada pela confiança, esse mês finalizo a resenha da Série com o último livro The Roman.




Claudia 07/07/2020

Instigante.
Antes de começar gostaria de dizer que minha opinião é controversa e vai contra o senso comum.

Apaixonei-me pela escrita de Sylvain Reynard, e engatei uma série na outra, mesmo sem ter gostado do último livro sobre Gabriel e Julianne, mas Noites em Florença não é bem o q eu esperava.

O William, conhecido como ?o Príncipe? está longe de fazer honra ao título. Ele é sombrio, misterioso e cruel, totalmente tirano. Sua exceção se faz apenas a Raven. E isso me deixou meio que contrariada. Ele não tem um passado ruim do qual ele se arrepende, ele não tem vínculos ele NÃO É HUMANO.

Td bem, q essa é a intenção do autor, eu entendo, mas isso fez com q eu não me ?apaixonasse? por ele.

Em ? A Sombra do Passado? temos, finalmente, algumas revelações sobre ele e algumas ?justificativas?, mas não funcionou muito bem pra mim.

Logo no começo ele dá a Raven um presente de aniversário bizarro que embrulha o estômago dela e o meu.

Mais uma vez: eu sei q ele não é humano e que essa foi a intenção do autor, para mostrar q ele é uma criatura da noite.

Mas eu gosto de histórias que enchem o coração de esperança, mesmo q seja torcendo por um vilão, q ele se redima pelo amor. Não tive esse sentimento pelo Príncipe.

Pela primeira vez, entre todos os filmes, livros e séries que já vi na vida, me peguei torcendo para que a mocinha escolhesse outra pessoa. Torci para a Raven ficar com qq um, menos com ele. Senti q a única forma dele mostrar q realmente a amava era usando controle mental e fazendo-a esquecer dele, abrindo mão dela, mas ele não fez isso e não penso q isso vá fazer.

A Raven é maravilhosa, bondosa, sofrida, uma alma evoluída que merecia bem mais que aquele Príncipe.

Então você não gostou do livro?

Gostei. O livro flui bem, a escrita do autor é ótima, os diálogos são interessantes, os acontecimentos surpreendentes, enfim, td me fez gostar do livro. Meu problema foi com o personagem, com William, e suas decisões e posturas. Um ?vampiro? com o nível de escuridão dele, não seria capaz de amar, mesmo que fosse a Raven, ele me parece um psicopata, desprovido de sentimentos e psicopatas não amam. Achei q essa paixão dele não foi convincente, só isso. Mesmo qdo o tema é fantasia, gosto de encontrar algum sentido naquele mundo.

William me deixou órfã desse sentimento. Lerei o último livro na esperança de que minha opinião sobre ele mude.
comentários(0)comente



Malucas Por Romances 14/11/2016

Estou apaixonada por um vampiro :o
Oie gente! Hoje vou falar de um livro que sou até suspeita pra falar. Sou fã do autor Sylvain Reynard, então não reparem seu eu rasgar a seda nessa resenha por esse livro. Essa série está perfeita demais e eu não posso deixar de falar aqui dela para vocês. Gosta de romances sobrenaturais, vampiro gato, e mistério? Vem comigo nesse resenha.

"Era o mais improvável dos casais. No entanto, estava claro para ambos que formavam um par perfeito."

A Sombra do Passado é o segundo livro da série Noites em Florença, do autor Sylvain Reynard, lançamento da Editora Arqueiro. Se você ainda não leu o primeiro livro da série pare por aqui, senão você pode pegar algum spoiler do primeiro livro.

Li a pouco tempo o primeiro livro da série e quando acabei fiquei louca por esse livro. Ainda bem que li só agora, imagina o leitor que leu o primeiro e está a um ano esperando!? :o O primeiro livro termina com William abrindo seu coração de vampiro, e dizendo a sua Cassita que a ama e que vai dar a sua esperada justiça. Mas Raven não é esse tipo de mocinha, pensa que a morte de quem lhe fez mal não apagará seu passado e muito menos lhe trará justiça. Florença ainda vive ameaçada por alguém que está infiltrado no exército de William e novas ameaças estão por vir. Um romance cheio de mistérios e com vampiros com sede de vingança. Um romance que vai te deixar ligada do primeiro ao último capítulo.

Nesse livro o amor está no ar, então se preparem para um vampiro apaixonado. William desencanou dessa história que não pode amar e agora faz de tudo para ficar junto com sua Cassita, até colocar sua Florença em risco. Ele ainda é aquele vampirão frio, mas só perto de quem lhe deve lealdade , perto de sua Cassita ele só fala como ela é bela e como gosta de venerar seu corpo. Será possível se apaixonar por um vampiro? Eu já sei que estou.

"Estava faminto por ela, seu corpo e seu sangue, com um desejo que beirava o desespero."

Raven a mocinha não tão bela assim e cheia de defeitos, está mudando o Príncipe com sua humanidade e com seu jeito de pensar. Ela fala a toda hora como William é bom, como ele é digno de amar. Foi muito amorzinho esse livro, mas também teve seus momentos tensos.

RESENHA COMPLETA NO BLOG

site: http://malucaspor-romances.blogspot.com.br/2016/11/resenha-sombra-do-passado-serie-noites.html
comentários(0)comente



Dessa 27/12/2016

A história segue o mesmo ritmo do primeiro, escrita em terceira pessoa, com os pontos de vista de Willian e Raven. Temos um pouco mais de ação, e também romance. Willian se depara com uma situação em que a vida de Raven fica em risco e Raven passa por maus bocados qdo tem que enfrentar alguns fantasmas do passado.
Tenho algumas questões. Raven se apaixona por um vampiro, sabe quem ele é, sua vida, sua idade, como ele age e mesmo assim toma algumas decisões estranhas ... não quer se tornar vampira , e o motivo dessa decisão não me convenceu. Outra coisa que me incomodou um pouco foi a relação dela com a irmã, que teima em dizer que não sabe de nada e que em outras palavras, Raven fez tudo sozinha . E o presente de aniversário que Willian dá a ela? WTF ???

Enfim...Escrita de forma fluida, temos muito romance dessa vez, conspirações, traições, aquele clima de tensão por desconfianças. A batalha no final deu um up na leitura, e a resolução de Willian no final nos dá vontade de continuar, apesar de que fiquei um pouco decepcionada pela Raven. Bom, elogiei o autor no primeiro livro e agora espero que o livro 3 possa redimir essas minhas questões pois quero saber como vai terminar e que fim cada personagem terá e torcendo mais do que nunca que as coisas se encaixem melhor!
comentários(0)comente



Blog Imaginação 24/03/2017

Noites em Florença #2
"A Sombra do Passado" é o segundo livro da série "Noites em Florença" que teve início com "A Transformação de Raven"(Resenha aqui). Preciso dizer que estava muito ansiosa para ler esse livro, pois o primeiro terminou de uma forma que nos deixa avidos pela continuação de tal forma, que é impossível não se perguntar o que vai acontecer em seguida.

Depois de conhecermos a história de Raven, como ela ficou daquele jeito. Nesse segundo livro vamos adentrar ainda mais o universo sombrio criado por Sylvain Reynard e descobrir um pouco mais sobre o misterioso Príncipe de Florença.

Eu me apaixonei de forma quase imediata pelo Príncipe no primeiro livro, porém nesse, pude ver que tinha uma ideia bastante oposta do que ele era de verdade.

"A Sombra do Passado" começa quase do ponto onde o primeiro livro termina. Raven e William estão juntos novamente , apaixonados e vivem intensamente esse sentimento. Willian, jamas imaginou que podia existir algo tão forte e fosse capaz de amar alguém daquela forma.

" Você é um sonho. Um sonho de amor que eu nunca achei que fosse ter."

Ele faz tudo para manter Raven segura dos perigos que sua espécie oferece, no entanto, ao saber de todas as coisas que ela passou, a sede de vingança fala mais alto e faz com que ele traga a tona traumas do passado que não precisavam ser revividos.

Ao contrário de William, Raven não se importa em fazer alguém pagar por algo que fez no passado. E quando descobre que o presente que ele tanto prometeu a sua amada era ficar de cara com o homem que a machucou profundamente, o mundo de Raven fica totalmente fora dos eixos.

E confesso que para mim foi um choque ver um personagem que tanto amava fazendo algo tão cruel, mesmo ele não tendo percebido o quanto a feria.

Após isso William faz de tudo para reparar seu erro e é até bonitinho ver ele tão desesperado (rsrs).

Contudo, o problema maior vem logo depois disso. Como se não bastasse todos os já habituais, ele acaba descobrindo que está sendo traído por pessoas que ele se diziam estar ao seu lado, lutando pelos mesmos propósitos e um membro da Curia aparece.

Em comparação ao primeiro, "A Sombra do Passado" é relativamente curto, confesso que estava ansiosa para ter um pouco mais de páginas e quando peguei o livro fiquei até um pouco triste com isso. Quanto melhor o livro, mais número de páginas nós queremos, não é mesmo?

O livro é narrado em terceira pessoa, nos dando uma melhor ideia de toda a trama, passeando pelos personagens principais e secundários. Com uma trama inteligente cheia de reviravoltas e conflitos, um enredo bem desenvolvido e uma escrita envolvente, Sylvain surpreende os leitores a cada livro.

É evidente o amadurecimento dos personagens nesse livro e eu adorei ver isso, apesar de não gostar muito do comportamento do William em relação a algumas coisas. Eu só consigo pensar no quanto quero ler o próximo e torcer para que seja lançado logo.

"Noites em Florença" tem uma ponte com a triligia "Inferno de Gabriel", não sei se devo dizer spin-off porque são histórias completamentes diferentes, tendo essa uma pegada sobrenatural. A única ressalva que eu faço é, para ler os livros na ordem, acreditem é importante e não digo isso apenas por causa de spoilers.

É impossível ler um livro do Sylvain Reynard e não sair por aí fazendo altas recomendações. Romance na medida certa, aventura, planos conspiratórias pelo poder e talvez até um pouco mais. Eles são maravilhosos e prendem o leitor do início ao fim.

site: http://blogimaginacaoliteraria.blogspot.com.br/2017/01/resenha-sombra-do-passado.html
comentários(0)comente



MILA 31/01/2017

Encantada com o autor
A Sombra do Passado - Noites de Florença, é o segundo livro da série, se inicia ao termino do seu antecessor, porém o autor presenteia o leitor com uma breve história de Willian em 1268, onde vive uma paixão com Alicia e assim conhecemos o desenrolar de toda tragédia que passou, com isso passamos a conhecer um pouco mais de Willian York e também à compreender seus dons e sua personalidade forte.

Neste livro nos deparamos com novos perigos, a Cúria ameaça a invadir a cidade e por este motivo o príncipe busca novas soluções para tentar conter está ameaça, ele só não conta que além desse perigo alguém próximo a ele está em busca de sua coroa.


"– Não sou Helena de Troia. A Cúria não vai deflagrar uma guerra contra você por minha causa, não quando isso pode causar pânico mundial e expô-los. Só precisamos de alguém com um celular, e um vídeo da Cúria matando vampiros estará por toda a internet."


O casal Emerson também faz breves aparições, que foi motivo suficiente para ficar bem curiosa com o livro O inferno de Gabriel, devo dizer que estou doida para ler está série também.

É muito gratificante pegar um livro onde nos perdemos em suas páginas, enredos bem elaborados, cheios de mistérios e aventuras e quando os personagens são bem construídos e os diálogos inteligentes então, estou simplesmente encantada por Florença depois de ler esta série.

Em nenhum momento a leitura foi enfadonha, foi ao contrário, é instigante, quase um vicio e um daqueles gostosos, eu me surpreendi em vários momentos.

Willian continua muito focado, tanto nos assuntos do principado quanto em tentar proteger Raven, me surpreendi muito com Raven, sua maneira de lidar com os vários problemas e situações só me mostrou em o quanto ela evoluiu como personagem, com atitudes imprevisíveis.

"– Posso não escolher minha morte, mas posso escolher minha vida. E escolho passar o tempo que me resta com você."


A capa desta edição me chamou muito a atenção, achei linda, ilustra muito a história, a diagramação está simples e satisfatória, não posso deixar de parabenizar a Editora Arqueiro com o cuidado que tem com os livros.


Resumindo, que leitura gostosa, narrativa envolvente e rápida, foi uma leitura que me marcou profundamente, também adorei conhecer um pouco mais de Florença e suas obras de arte, estou encantada e doida para um dia conhecer Florença e toda sua história.

site: http://dailyofbooks.blogspot.com.br/
comentários(0)comente



Andréa Bistafa 31/01/2017

www.fundofalso.com
A Sombra do Passado é a continuação de A Transformação de Raven (que também tem um prequel que se chama O Príncipe das Sombras. Sendo assim, em ordem de lançamento da editora, é o terceiro livro da série.

Para quem não conhece, A Transformação de Raven é o primeiro livro dessa trilogia onde temos seres sobrenaturais, com o foco nos vampiros. Um romance entre humana e vampiro, ambientada em Florença, e cercado por arte. Esse livro tem o mesmo universo da trilogia anterior da autora (ou autor, pois ainda não me convenci que seja homem, após o mistério sobre sua identidade) o Inferno de Gabriel. Eu não li essa trilogia, não sei se ela também tem essa pegada sobrenatural. Nessa há muita fantasia, relacionado ao sub mundo dos vampiros e outras criaturas da noite. Como o protagonista dessa série anterior aparece vez ou outra, e tem consciência do vampiro, fiquei com essa dúvida sobre a série do Gabriel.

"Amor: um eufemismo gentil para a conjunção de corpos em nome do prazer físico"

******* Essa resenha contem pequenos spoilers dos livros anteriores. *******

Nesse livro, Raven após passar um período separada de Willian, o vampiro, reatam e o romance continua. E esse foi o problema para mim.

O livro anterior foi intenso, cheio de descobertas e muita ação, tem algumas cenas mais quentes, tem rivalidade no Clã. Nesse livro não temos nada. O romance é super sem graça e sem sal. Eu já teria terminado com William na vida real rs
A maior parte são só coisas banais de casal, tanto que eu quase já não me lembro dos fatos, e li a menos de uma semana!

Os pontos positivos. talvez estejam no que diz respeito a vingança que William quer oferecer a Raven contra seu padastro que molestou sua irmã e a feriu na infância. Propondo que a mesma o mate com crueldade, o servindo a ela aprisionado em uma cela em seu aniversário.

Raven acha o presente bizarro e tem uma crise. Essa crise foi mal desenvolvida, e apesar do trauma grande, não consegui enxergar Raven nessa cena, como nada além de uma donzelinha indefesa, coisa que ela deixou bem claro no livro anterior que não é.

Bom, em decorrer a esse acontecimento, ela entra em contato com a irmã, que ainda alega não ter sido molestada e nós leitores ficamos sem saber qual é a verdade de fato. Elas brigam e a briga acaba levando a irmã a procura-la em Veneza, onde sofrerá o risco de ser capturada pelos inimigos de William, que querem chantageá-lo em troca do trono.

Temos também explicações para o passado do protagonista, antes de sua transformação, descobrimos o segredo que cerca a morte de sua primeira noiva.
Descobrimos ainda, uma ligação entre Raven e a Curia (organização católica contra os seres do submundo), que é interessante já que tem um drama quase familiar, e também descobrimos quem é o traidor que quer derrubar o Willian do governo de seu clã.

"Os homens sempre desqualificam as mulheres como sendo histéricas. É a forma de dizerem que nossos sentimentos não importam."

São fatores legais, mas não foram bem contados nesse livro. Achei um pouco enfadonho e previsível demais. Alguns diálogos até mesmo infantilizados. A narrativa, em terceira pessoa, tornou-se monótona em uma boa parte. Realmente não sei o que aconteceu, se eu perdi o gosto pelo gênero ou o autor perdeu a mão aqui, já que o livro anterior me lembro de ter gostado muito!

Vou esperar pelo próximo, para ter uma opinião formado em um todo.

site: http://www.fundofalso.com/2017/01/resenha-sombra-do-passado-sylvain.html
Henning 12/03/2017minha estante
eu so tenho esse ultimo
achei ele na livraria comprei sera vo picar bem perdida




29 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2