Só Escute

Só Escute Sarah Dessen


Compartilhe


Resenhas - Só Escute


40 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3


Cris.Matthiesen 21/01/2019

Just do it.
Eu adoro a autora. Adoro a maneira como ela abordado assuntos sérios sem deixar o livro pesado demais. Ela escreve sobre o fim da adolescência e como tudo pode mudar rapidamente. Temos três irmãs. A mais velha é a que tem língua solta. A do meio é a equilibrada e a caçula e protagonista é a menina doce. A autora nos conta em idas e vindas feitas em flashback, muito bem feitos por sinal que a mais nova está numa fase de vida muito ruim. E, seu maior problema é seu medo de contar a verdade, confrontar essa verdade. A mais velha é a do meio se mudam para NY e as duas começam a se desentender ainda mais. O livro aborda de maneira delicada o transtorno alimentar que muitas pessoas tēm e a dificuldade de aceitar o tratamento. Owen é o contra ponto da caçula e através dele ela descobre a diferença entre mentir e ser gentil. Todos os personagens secundários são ótimos e ressalto a incrível e jovem irmã de Owen. Não é um livro bobo. Fala sobre como a vida real pode ser tão difícil é que a felicidade pode acontecer mediante um pequeno grande gesto. Pq daí nascem os que realmente vão sobreviver nessa selva louca chamada vida. Muito bom e recomendado bastante.

site: https://crismatthiesen.com/
comentários(0)comente



valreiss 09/01/2019

Recomendo a leitura
A capa não me atraiu, nem mesmo o titulo, mas como havia comprado por ser da Sarah Dessen, resolvi ler. Gente, amei! Livro surpreendente, personagens marcantes, história densa... não consegui parar de ler. Amei Owen, me identifiquei muito com a Annabela e recomendo!
comentários(0)comente



Ingrid.Oliveira 04/01/2019

Me surpreendeu negativamente
Eu fiquei interessada em ler esse livro por conta da avaliação dele aqui no Skoob, mas definitivamente não me convenceu. Achei a protagonista chata, sem graça e muito pacífica. Eu suspeitava desde o início o que tinha acontecido entre ela e a suposta melhor amiga, pq sinceramente, com amigas que nem a dela, quem precisa de inimigos?
O romance de Annabel o Owen é muito sem emoção, sei lá, a escrita da autora não demonstra os sentimentos da Annabel como deveria, o romance parecia sem química, não repassava emoção.
Os temas abordados são sim de suma importância, mas não consegui sentir empatia pelos personagens, os achei frios demais.
A forma como Annabel descreveu os horrores que a Sophie fazia com as pessoas e ela simplesmente aceitava? Hã? Que tipo de ser humano aceita essas imbecilidades calado e sem rebater por medo de perder a amizade? Eu sinceramente manteria distância de km de almas sebosas que nem a Sophie.
Esse livro é desnecessário e eu fiquei com ódio de mim mesma quando terminei de ler, por ter perdido meu tempo com algo tão entediante.
comentários(0)comente



Ingrid.Oliveira 04/01/2019

Me surpreendeu negativamente
Eu fiquei interessada em ler esse livro por conta da avaliação dele aqui no Skoob, mas definitivamente não me convenceu. Achei a protagonista chata, sem graça e muito pacífica. Eu suspeitava desde o início o que tinha acontecido entre ela e a suposta melhor amiga, pq sinceramente, com amigas que nem a dela, quem precisa de inimigos?
O romance de Annabel o Owen é muito sem emoção, sei lá, a escrita da autora não demonstra os sentimentos da Annabel como deveria, o romance parecia sem química, não repassava emoção.
Os temas abordados são sim de suma importância, mas não consegui sentir empatia pelos personagens, os achei frios demais.
A forma como Annabel descreveu os horrores que a Sophie fazia com as pessoas e ela simplesmente aceitava? Hã? Que tipo de ser humano aceita essas imbecilidades calado e sem rebater por medo de perder a amizade? Eu sinceramente manteria distância de km de almas sebosas que nem a Sophie.
Esse livro é desnecessário e eu fiquei com ódio de mim mesma quando terminei de ler, por ter perdido meu tempo com algo tão entediante.
comentários(0)comente



Nai 04/01/2019

Primeiro leitura do ano!
Definivamente Sarah Dessen trm um padrão para suas mocinhas: Elas tem muito a dizer, mas optam por um silêncio sufocante. Esse não é o meu favorito mas não desqualifico a capacidade da autora em criar personagens secundários incríveis!
comentários(0)comente



Beca Folgueira @capadurabooks 04/10/2018

Resenha: Só escute | Sarah Dessen | @editoraseguinteoficial.
Annabel a primeira vista que tem tudo, modelo local requisitadas em propagandas e popular no colégio.

No entanto, acontecimentos recentes a deixam "sem nada" sua família não é feliz, sua melhor amiga declarou guerra a ela e não é mais popular.

Owen, um garoto de poucas palavras que resolve suas desavenças na mão, após um período forçado longe do colégio, ele volta mudado e submerso em música.

Os dois acabam começando uma amizade um tanto quanto improvável, mas levando em conta as situações atuais, não é tão improvável assim.

Annabel não suporta conflitos, nenhum tipo deles, então todos os seus problemas seguem sem solução, ela simplesmente aceita.

Já Owen é o cara mais franco que possa existir e ele não mente, não mais. Um cara que aprendeu com o seu passado.

O que pode sair dessa amizade? A educação musical é constante, mas será que Owen vai conseguir ajudar a garota a lidar com seus conflitos ou melhor ter um conflito.

Annabel necessita ser sincera.

Esse livro me pegou desprevenida, de guarda baixa. Os reais motivos dos conflitos ficam turvos no livro, o que nos leva a uma revelação final que me arrancou lagrimas (não fiquei com raiva, juro). Achei a leitura leve, misturando o presente com acontecimentos passados e assim podemos perceber a Annabel por inteira.

Não foi o meu primeiro contato com a autora já resenhei outro livro dela aqui no IG e hoje chegaram mais dois livros dela. Posso dizer que estou gostando sim da escrita dessa autora.

site: https://www.instagram.com/p/BmcCVWHn2i_/?taken-by=capadurabooks
comentários(0)comente



Mari - Pequenos Retalhos 22/08/2018

Amei as relações familiares retratadas nessa história e achei uma leitura importante tendo em conta os temas que foram abordados.

site: http://www.pequenosretalhos.com/so-escute-sarah-dessen/
comentários(0)comente



Desireé (@UpLiterario) 21/07/2018

Quando o silêncio é ensurdecedor. (@UpLiterario)
Annabel é a garota que tem tudo: uma carreira amadora de modelo, os amigos populares na escola e os convites para as melhores festas. Mas um verão foi capaz de lhe tirar tudo, e mostrar à ela que, na verdade, a garota que tinha tudo, não tinha quase nada.
.
"As pessoas que nos conhecem melhor podem ser mais perigosas, porque suas palavras e seus pensamentos podem não apenas ser assustadores, mas verdadeiros."
.
Sabe aquele YA que foi feito pra gente? Escrito com um pedacinho da nossa alma e impresso milhares de vezes pelas páginas repletas de palavras que pertencem ao nosso coração? Foi assim que me senti lendo Só Escute. Como se fosse o livro perfeito para mim.
.
Annabel é a filha caçula, vivendo nas sombras das irmãs mais velhas, cada uma com seus problemas, seus defeitos e suas mil qualidades. E quando elas precisam da sua ajuda, Annabel não medirá esforços para ajudá-las, mesmo que isso acabe deixando seus próprios medos e anseios de lado.
.
"Era apenas o silêncio, o melhor tipo de silêncio, se estendendo para sempre, ou só por um momento, então acabou."
.
Um YA de leitura obrigatória que trata com carinho, destreza e emoção de alguns problemas, infelizmente, muito presentes entre os adolescentes como depressão, abuso sexual e anorexia. Uma voz em meio ao silêncio e um segredo que pode mudar tudo. Recomendo muito! Tem que ler!

site: www.instagram.com/upliterario
comentários(0)comente



EvelynMDS 03/07/2018

Só escute
Com certeza um dos melhores livros da autora, Só escute narra questões como distúrbios alimentares e violência sexual de forma leve, apesar da seriedade do tema.
comentários(0)comente



Faces EM Livros 19/06/2018

😉Que tipo de pessoa você é: a que fala mais ou escuta mais?
Só escute foi escrito pela autora Sarah Dessen e lançado pela @editoraseguinteoficial . Nele visualizamos como alguém perde tudo do dia para a noite: apenas por não ter falado.

😀ENREDO:
Muito conhecida por ser uma modelo de vislumbre, Annabel tinha tudo que uma adolescente prestes a entrar na faculdade queria: pais maravilhosos, fama, amigos de longa data. Ao fechar os olhos e abri-los vemos que a vida de Anna começou a desandar depois que sua irmã desenvolveu distúrbios alimentares sérios. Sua vida mudou da água para o vinho e tudo perdeu o brilho. Ela perdeu o que tinha, até mesmo a sua melhor amiga, por um incidente. Agora, ela é uma estranha na escola. Ao tentar se encaixar, Anna conhece Owen Armstrong- um cara misterioso, com um passado sombrio e violento. Por outro lado, é com ajuda dele, que Anna expõe um segredo que tem guardado todo esse tempo e a fez recuar de sua vida antiga. Séria possível Anna ouvir esse cara estranho?

😄OPINIÃO
Segundo livro que leio da Sara Dessen e fico apaixonada pela beleza nua e crua de sua escrita. Seus personagens são reais: cheios de defeitos, mesmo quando parecem perfeitos! Annabel é o próprio reflexo da insegurança, ainda mais por colocar as pessoas a frente de si. Owen é misterioso, mas altamente sincero. Foi nesse ponto que me apaixonei por ele: falar tudo e não esconder nada. Para ele os relacionamentos sobrevivem quando as pessoas falam o que pensam e expõem o que precisam.
Só escute é uma trama bem construída, que fala das relações familiares, de personagens imperfeitos, de vidas destruídas por uma trágica escolha e de palavras não postas a mesa. Nessa narrativa, Sarah Dessen te convida a ouvir todos os lados da estória, inclusive o seu. Impossível não se apaixonar e se deixar levar nesse mar envolto de confusões sentimentais!

site: https://www.instagram.com/p/BiDbKYtHorG/?hl=pt-br&taken-by=facesemlivros
comentários(0)comente



Giovanna 13/06/2018

Amei de paixão
Pensei que era só mais um romance mas me enganei, a Annabel é diferente daquilo que pensávamos, e vai se descobrindo com a gente. A complexidade das relações familiares é abordada de forma delicada mas marcante. A relação com o Owen é apaixonante, ele acaba se revelando bem mais do as primeiras impressões. Amo as irmãs dela é com certeza gostaria de ler um livro sobre cada uma.
comentários(0)comente



Jéssica Spuzzillo @pintandoasletras 28/05/2018

“Não pense ou julgue. Só escute"
Em Só Escute, conhecemos a história de Annabel, que após um terrível acontecimento acabou perdendo a sua vida antiga e seus velhos amigos. Como se não bastasse isso, a sua família parece estar desmoronando desde a descoberta do distúrbio alimentar de uma de suas irmãs.

Após passar muitos dias almoçando sozinha, ela conhece um garoto na escola. Owen é alto, bonito, misterioso e obcecado por músicas. Eles passam um bom tempo juntos e quando ele começa a desafia-la a se abrir mais, ela começa a perceber que talvez a única maneira de tudo voltar aos eixos é começar a ser honesta, com a sua mãe, suas irmãs, amigas e até mesmo com o Owen.

Annabel nunca soube como pedir desculpas, nunca conseguiu soltar a voz e se abrir para contar as coisas terríveis que fizeram com ela. Será que essa amizade vai ajuda-la a enfrentar esses problemas?

Essa história me trouxe muitas reflexões, mas também muitas perguntas. Quantas vezes respondemos que estamos bem da boca para fora? Quantas vezes precisamos de ajuda, mas não sabemos como pedir? Quantas vezes afastamos as pessoas que amamos por medo de ser quem somos?

Esse YA atingiu em cheio o meu coração, eu amei a escrita da autora. A história é rica em temas reais, especialmente sobre a família e amizades. Gostei muito de como o poder da música foi discutido, a sua capacidade de curar e conectar as pessoas.

SÓ ESCUTE duas palavras simples, mas com significados importantes, passamos mais tempo falando do que escutando, precisamos escutar mais, não só as pessoas ao nosso redor como também nosso coração.

Um livro maravilhoso, sobre corações partidos, sonhos perdidos, solidão, segundas chances, mas principalmente sobre o amor em todas as suas formas. Recomendadíssimo!

site: https://www.instagram.com/p/BjLMpXnFYZG/?taken-by=pintandoasletras
comentários(0)comente



Ana Luiza 18/05/2018

Emocionante e apaixonante
A HISTÓRIA
Para quem olha de fora, Annabel tem tudo o que uma garota poderia desejar. Ela é popular na escola e bonita o suficiente para trabalhar como modelo. Além disso, suas irmãs mais velhas (também modelos) vivem em Nova Iorque e seus pais são amorosos e presentes. Contudo, Annabel sabe que grande parte disso é fachada. Sua mãe luta diariamente com a depressão. Suas irmãs mais velhas não se falam e, a do meio, voltou para a casa dos pais para lidar com seu distúrbio alimentar. Assim, em uma família cheia de conflitos, Annabel não quer chamar atenção para si mesma e tenta lidar com seus problemas sozinha.

E Annabel tem muitos problemas. No último verão, algo terrível aconteceu em uma festa e fez sua melhor amiga passar a odiá-la. Agora, marcada como “vagabunda”, Annabel se torna uma pária social. Mas, o pior de não ter amigos é não poder dividir com ninguém o medo e a ansiedade que a tomam nos momentos mais inesperados, a ponto de deixá-la sem ar. Contudo, tanto em casa quanto na escola, Annabel precisa fingir que está tudo bem. Até que ela se aproxima de Owen Armstrong, um dos garotos mais estranhos da sua escola. Owen ficou conhecido após socar um colega de escola e boatos dizem que ele já foi até preso. Sempre com fones de ouvido, Owen não fala com ninguém e passa os almoços sozinhos.

Annabel achava que Owen nunca tinha notado sua existência, até que ele lhe dá uma carona para casa e ela percebe que estava completamente errada sobre o garoto. Owen explica sua obsessão por música, e como ela o ajuda diariamente a lidar com a raiva. Desde que socou o colega de escola, o garoto tem buscado o seu equilíbrio e passou a ter uma política de completa honestidade. Owen sempre fala a verdade e desafia Annabel a fazer o mesmo.

“- É que… nem sempre digo o que estou sentindo.
- Por que não?
- Porque às vezes a verdade machuca – respondi.
- É – ele concordou. - Mas a mentira também.” pág. 106

E é aí que a garota se abre e se vê contando coisas que nunca tinha dito nem para a melhor amiga: como o fato dela odiar o trabalho de modelo e de sentir que tem que ser perfeita o tempo todo. Através de conversas honestas e discussão sobre música, Annabel e Owen se aproximam em um curto período de tempo. Mas, quando a amizade começa a virar romance, surge um impasse. Há coisas que Annabel jamais seria capaz de contar, como a noite da festa de destruiu tudo, e seu relacionamento com Owen não vai resistir a qualquer segredo. Mas, para encontrar sua felicidade, ambos precisam a aprender a fazer uma das coisas mais complicadas de sua vida: apenas escutar um ao outro.

A LEITURA, OS PERSONAGENS E AS LIÇÕES DO LIVRO
(...)

Contudo, Só Escute não é uma obra triste ou muito densa, apesar dos temas que aborda. Os momentos de tensão, com a protagonista lidando com sua a ansiedade e medo, além dos problemas familiares, são equilibrados com os encontros dela e Owen, momentos fofos e divertidos, regados a bastante música. Só Escute tem uma trilha sonora própria, um prato cheio para quem, como eu, gosta de descobrir canções e artistas desconhecidos. A narrativa em primeira pessoa, sobre a perspectiva de Annabel, nos ajuda a mergulhar de cabeça na história e entender melhor o que a garota está sentindo. Dessen possui uma escrita simples, mas cativante e bastante fluída. O resultado: devorei o livro em uma noite, apesar de que não consegui tirá-lo da minha cabeça pelo menos uma semana depois da leitura… Nem preciso dizer que Só Escute está mais que recomendado para todos, não é mesmo?

LEIA A RESENHA COMPLETA E VEJA FOTOS DO LIVRO NO MEU BLOG:

site: http://www.mademoisellelovesbooks.com/2018/05/resenha-so-escute-sarah-dessen.html
comentários(0)comente



Bruna 06/05/2018

É sempre bom ter alguém disposto a ouvir.
Annabel Greene vive em uma casa de vidro. Não totalmente, apenas a frente da casa, porém, é suficiente para que muitos, quando passam, imaginem que sabem exatamente o que está acontecendo naquela casa, com aquela família... não poderiam estar mais enganados.

Quando a garota nasceu, suas duas irmãs mais velhas ja eram bem conhecidas no ramo das modelos, isso ajudou Annabel a construir uma carreira também. Ela costumava ser perfeita para o papel de "a garota que tem tudo", um comercial que havia gravado antes de tudo acontecer, mas agora, sempre que se via usando um vestido de gala ao lado de um garoto perfeito, ou num uniforme de líder de torcida, ela não conseguia se reconhecer.

Crescida em uma família onde muitos acontecimentos que deveriam ser discutidos são ignorados, como se tudo estivesse bem, Annabel guarda o seu segredo mais profundo. Algo aconteceu quando as férias de verão chegaram, e a garota se empenhou em ignorar a todos e se isolar, acreditando que tudo ia passar. Mas não é tão simples assim, com um passado tão presente em sua mente, Annabel vivência as consequências de não falar em voz alta o que está gritando por dentro.

Em sua casa, as coisas também não iam muito bem. Suas irmãs foram morar em Nova York para correr atrás de suas carreiras como modelos. Mas nesse meio tempo, Whitney, a mais reservada, começou a agir de forma diferente, e apesar dos avisos de Kirsten, ignoraram o possível e o mais óbvio motivo para a garota estar agindo de forma tão estranha. Até não poderem ignorar mais. Agora, Whitney vinha lutando com seu distúrbio alimentar.

Voltar a escola depois de um verão como aqueles deixou Annabel insegura. Até aquele momento a garota ainda acreditava que tudo podia voltar ao normal. Mas Emily a ignorava, Clarke ainda a odiava, e Sophie estava zangada, e a chamava de vagabunda e confrontava ela sempre que podia. Foi em um desses confrontos que Annabel recebeu ajuda de alguém inesperado. Owen.

Owen era um mistério. Era forte e alto, e havia sido preso por se envolver numa briga. Sempre fechado, o garoto era temido por quase, se não todos, os outros alunos. Por isso, vê-lo ali, sendo a única pessoa estendendo a mão para Annabel, a fez perceber que nem sempre vemos tudo por um ângulo só.

Annabel e Owen se tornam bons amigos. O garoto se mostra muito sincero, e completamente apaixonado por música, num nível que Annabel nunca tinha visto. Isso a instiga a ser mais sincera também, e a notar como suas pequenas mentiras eram muito presentes, mesmo que fosse dita com boas intenções.

Só Escute possui uma escrita envolvente. Eu já esperava por isso quando comecei a ler, apesar de ter lido apenas A Caminho do Verão, de Sarah Dessen, me apaixonei pela maneira simples de sua narração. Reparem bem, simples, mas não pobre. Os sentimentos ficam bem claros, e nos fazem refletir, os personagens são muito carismáticos, fazia tempo que eu não gostava tanto de um personagem principal, mas durante muitos momentos desejei ser amiga de Annabel e Owen.

Mesmo tendo previsto alguns pequenos pontos na história, não atrapalhou em nada a leitura. Muitas das vezes eu não percebia que estava lendo e virando as páginas freneticamente, apenas quando olhava para o número da página e notava que tinha lido umas 50 páginas sem ver.

O Livro é delicado ao abordar assuntos bem sérios, como o transtorno alimentar de Whitney. E ele com certeza já se tornou um dos melhores livros que li esse ano.

Blog: Dicas do Jess

www.dicasdojess.com
comentários(0)comente



Jéssica - @Febreliteraria 04/05/2018

Quantas vezes você precisou de ajuda, mas não sabia como pedir?
Nunca li nada da autora Sarah Dessen e sempre tive vontade de ler porém nunca tive a oportunidade, até que a @companhiadasletras me enviou este livro e eu imediatamente peguei para ler, e posso dizer que vou ler mais outros livros da autora porque eu gostei bastante do que eu encontrei aqui.

Ao contrário do que eu achava, este livro não é apenas uma estória de amor. É sobre como é importante aprender a falar, e ao mesmo tempo escutar o que os outros tem a dizer.

Quantas vezes você respondeu à pergunta “Como você está” com apenas “bem”.? Quantos de seus segredos escuros e internos fizeram seu coração quebrar a cada dia mais?. Quantas vezes você precisou de ajuda, mas não sabia como pedir?

ós temos a triste mania de escondermos as coisas por vergonha, ou porque acreditamos que os outros podem não prestar atenção em nós se pedirmos ajuda. É uma estória de solidão, aparências, bullying e amizade. Sobre como não devemos pensar ou julgar, devemos apenas ouvir.

Eu me identifiquei bastante com Annabel, eu sou muito de guardar as coisas para mim e às vezes isso faz muito mal. Eu me identifiquei e amei a dinâmica familiar, sobre como a família é importante, que em mesmo em momentos mais difíceis, eles estão sempre lá de braços abertos para ajudar. Eu realmente amei este livro, e espero que vocês amem tanto quanto eu.


site: https://www.instagram.com/febreliteraria/
comentários(0)comente



40 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3