Rio Vermelho

Rio Vermelho Amy Lloyd




Resenhas - O Rio Vermelho


60 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4


Bruna 12/03/2019

Fé nas Malucas
?? ??? ?? ? ?? ?? ?
?Permita que eu poupe algum tempo seu: muitas vezes, a resposta mais óbvia é a correta, aquela que está bem na sua frente o tempo todo?. ?? ?? ?
?? ?? ?
Vocês não tem ideia do nível de insensatez e insanidade da nossa queria Samantha, mas podem chamar de Sam, porque a moça sofre de vários distúrbios psiquiátricos seríssimos, não estou brincando! ?? ?? ?
?? ?? ?
Sam, fica obcecada por um caso de assassinato onde muitas controvérsias foram geradas sobre a investigação e condenação de Dennis ao corredor da morte - 20 anos atrás. Enfim, existem teorias de que o moço é inocente. Ela passa a viver em sites, fóruns e grupos que defendem Denis. Em um belo dia resolve escreve para ele. ?? ?? ?
?? ?? ?
E pronto, eles se apaixonam perdidamente. Ela fica hipnotizada pelas cartas que trocam e faz o que? Larga seu trabalho e toda sua vida na Inglaterra e vai se atrás dele na prisão, onde passam a se encontrar. E junto com uma equipe de TV passam a produzir um seriado que visa inocentar Dennis. No meio de todo esse fuzuê uma nova pista surge e pode liberar o rapaz de sua sentença da noite para o dia. ?? ?? ?
?? ?? ?
Li o livro em dois dias, fazia séculos que não lia tão rápido. O motivo? Impossível não querer saber o desfecho da insanidade de Sam. PELOAMORDEDEUS não dá nem para se empática com a moça. Ela precisa de intervenção URGENTE! Não que não possa haver pessoas como ela, mas é justamente isso que me assusta. ?? ?? ?
?? ?? ?
Dennis é no mínimo estranho, insensível, frio e desprovido de reciprocidade. Isso eu senti do início ao fim do livro. E o maior mistério não é descobrir sobre os assassinatos e mistérios que assombram até hoje a pequena cidade mas sim em como será o final? Como Sam vai sair dessa CILADA, Bino! ?? ?? ?
?? ?? ?
Desfecho foi um loucura, MUITOS fatos ficaram em aberto. E no geral o livro é muito bom e envolvente. Retratando a capacidade da mídia interferir em situações de forma tão sensacionalista, criando falsas verdades incontestáveis ?. Quem leuuu??? Beijos ?
comentários(0)comente



Isabela | @sentencaliteraria 05/03/2019

Resenha originalmente postada no IG @sentencaliteraria
Rio Vermelho / @faroeditorial / 3 ⭐️’s

Há vinte anos, Dennis Danson foi preso pelo assassinato de uma jovem na pequena cidade de Red River, Flórida. Muitos ainda hoje acreditam que ele é inocente, inclusive Samantha, uma professora inglesa que fica obcecada com o caso de Dennis, e com ele próprio. Eles começam a se corresponder por cartas, e Sam logo é conquistada pelo aparente charme dele.

Nem mesmo a enorme distância entre Inglaterra e Flórida fará com que Samantha desista de lutar pela libertação de seu amado, já que devido à um documentário sobre crimes reais que será lançando acerca do caso dele, todos estão em um frenesi online para descobrir a verdade, e libertar este homem que foi falsamente condenado.

Sam decide abandonar sua casa e todos que conhece, para se casar com Dennis e participar do documentário que pode gerar a soltura dele. Mas quando a campanha é bem sucedida e ele é libertado, Sam começa a descobrir novos detalhes que sugerem que Dennis pode não ser tão inocente quanto ela pensava...

Para mim esse livro todo foi uma loucura! A começar pela protagonista, que decide largar tudo para casar com um homem totalmente estranho e que supostamente cometeu um crime terrível, não tendo nem a certeza de que ele será realmente solto da prisão. Sam acredita realmente que Dennis não cometeu esse crime, sem nunca nem ter conversado com as pessoas de Red River, que o conheceram a vida toda. E mais, ela não acha estranho que o comportamento dele muda quando é libertado e o casal passa a morar junto.

Sam é uma mulher que tem uma auto estima baixa e acha que nunca vai dar certo no amor, então por isso que ela fica animada com o pouco de atenção que recebe dele. E quando *finalmente* ela percebe que tem algo estranho com Dennis, o livro nos traz um final que pode deixar você leitor com raiva. Mas é óbvio que Sam deixou a decisão mais irracional para o final!

Não foi um dos melhores thrillers que já li, pois gosto mais de livros desse gênero que me surpreendam e tragam um final arrasador, e esse passa longe disso tudo. Mas indico o livro se você é um leitor que está começando a descobrir livros de suspense.

site: https://www.instagram.com/sentencaliteraria/
comentários(0)comente



Ana monteiro silva 18/02/2019

Olá ?, olá para você aí do outro lado da telinha...
Essa semana estou bem inspirada foram 4 livros e 2 semanas ?....
Ainda não consegui colocar o IG em ordem mas vamos de mais uma #resenha ?
.
? : Rio Vermelho
Autora :Amy Lloyd
Editora @faroeditorial.
.
Frase do livro: você acredita nele...
Então por que está com tanto medo ?
.
? Denis Danson foi preso aos 18 anos pelo assassinato brutal de uma jovem no condado de Red River ( Flórida ), porém um grupo acredita que ele é inocente e começa a fazer um documentário para provar. Com inúmeras falhas do processo, e inúmeras campanhas nas redes sociais.
?Samanta, uma jovem que mora na Inglaterra e fica obcecada pelo cado de Dennis, começa a acompanhar o caso em fóruns na internet e vendo que ele se correspondia por cartas com algumas pessoas, ela toma a iniciativa de mandar uma carta.
? O que ela não esperava, aconteceu Denis responde a sua carta e ela começa a trocar correspondências com ele.
Ela rapidamente é conquistada por seu charme, bondade e toda atenção que nunca avia recebido em um relacionamento, Samantha deixa sua vida e parte para os Estados Unidos, para se dedicar ao novo amor. Decidida se casa com ele, e começa a fazer companha pela sua libertação.
? com a campanha bem-sucedida, Denis é liberado, ele começa uma vida nova e eles começam a viver juntos. Por causa de uma tragédia eles voltam para a casa de sua infância e lá ela começa a descobrir novos detalhes do passado de Dennis que a fazem acreditar que ele não é tão inocente quanto parece ser.
.
?? Bom pensei em um milhão de formas de descrever esse livro para vocês.
No começo eu estava achando bem cansativo os detalhes que o livro trás ,sobre as prova, depoimentos. Isso não estava prendendo muita minha atenção, mas quando ele é solto e começa a conviver no mundo real eu vi traços estranhos nele.
Tá confesso que Samantha me pareceu ser uma doida varrida, encantada com um amor novo, mesmo com a distância que sentia, mas como muitos relacionamentos, ela acredita que ?ele possa mudar ?.
Mas com a grande reviravolta do livro, fui mergulhando em cada página e muitas das vezes me vi não respeitando os pontos as vírgulas era como se cada palavra fossem ditas de uma vez só, e percebi que não conhecemos quem temos ao nosso lado.
Bom, a única coisa que me chateou um pouco foi o final, sério eu meio que fiquei incrédula, mesmo sabendo que na vida real poderia acabar acontecendo isso, mas ainda não achei aceitável.
.
? o livro contém: Suspense, detalhes brutais de um assassinato é um grade segredo.
.
E aí já leram esse livro ? Deixem sua opinião...
.
.
#libraria  #leiamais #lendo #livro #book #books #booklover #bookaholic #bookaddict #bookworm #bookporn #bookstagram #instabook #instalivros #libro #libros #amoler #livros #livroseleitura #read #lendo #ler #bookIG #literatura #suspense #riovermelho #faroeditorial #amylloyd
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



DaniBooks 15/02/2019

Rio Vermelho
A história começa com Dennis Danson no corredor da morte por assassinar uma menina de 11 anos. Além desse assassinato, há outras meninas desaparecidas que desconfiam que ele matou. Ele foi preso aos 18 anos e, 20 anos depois, seu caso comove pessoas que acreditam que ele é inocente. Há fóruns na Internet, documentários e grupos que apontam inconsistências no processo.
Samantha mora na Inglaterra e acaba ficando obcecada com Dennis, a ponto de começar a trocar correspondência com ele. Ela vai para os EUA e, rapidamente, os dois trocam poucas declarações de amor e acabam se casando na prisão.
Até que um fato novo vem à tona e Dennis é solto. Ele vira uma celebridade no início, mas as coisas não saem tão bem quanto o esperado.
O fato é que Samantha começa a perceber que há realmente algo de estranho naquele homem; que, na verdade, ela não o conhece tão bem. Quando eles voltam a Red River, cidade onde tudo aconteceu, para o funeral do pai de Dennis, as coisas pioram e ela começa a sentir medo.
Há segredos, personagens estranhos, fatos esquisitos, tudo contribuindo para Samantha se arrepender de acreditar na inocência do marido.
Samantha, na verdade, é uma personagem bem irritante. Fraca, com tendência à depressão, submissa, tem complexo de inferioridade e aceita qualquer migalha como se fosse a coisa mais maravilhosa do mundo.
A verdade fica muito clara desde o início, o que tirou um pouco do suspense. Você sabe o tempo todo o que aconteceu e o final não surpreende nesse sentido. Mas surpreende em outros aspectos.
Por conta disso, não considero o melhor livro do gênero thriller que eu já li. Porém, a história prende por conta dos personagens singulares. Samantha é uma protagonista controversa, Dennis é estranho e os outros personagens também são peculiares. A interação entre eles, a relação que eles estabelecem entre si é bem interessante.
Enfim, o livro fala sobre manipulação, sobre a atração que psicopatas exercem sobre algumas mulheres, sobre dependência, sobre amores doentios. É um bom livro, de leitura rápida e com uma edição bem caprichada.
comentários(0)comente



Gislene 30/01/2019

Red River
Neste livro não há muito "mistério" e "surpresas", pois na própria sinopse já é descrito que é necessário que haja a desconfiança em relação ao personagem Dennis, que foi preso há vinte anos pelo assassinato de uma jovem da cidade de Red River.
Apesar disso o livro é bom, e como vários outros do gênero prende fazendo com que esta seja uma leitura rápida. Nele não há muitas mudanças na direção dos acontecimentos chegando até um ponto já esperado, apenas com um final com alguma intenção de surpreender, mas que no meu ponto de vista não agradou.
De qualquer forma foi uma boa leitura e vale a pena caso não se crie muitas expectativas.
Roberta.Albano 11/02/2019minha estante
Também não gostei do final :/




PorEssasPáginas 18/01/2019

(...)
Eu achei esse livro muito mediano, por mais que seja claro que a autora quisesse explorar o lado sociopata de cada personagem. Temos aqui em destaque Samantha, Lindsay e Denis, três pessoas com problemas psicológicos distintos. Esses problemas são expostos sutilmente, avançando a cada página, mas para mim esse tipo de abordagem se tornava cansativa em determinados momentos.

Samantha não tinha perspectiva de seu futuro, acabou idealizando um relacionamento dos sonhos onde Denis seria aquela pessoa quebrada que ela pudesse consertar e, em troca, recebesse amor e atenção. Tanto que ela releva e perdoa muitas coisas dele, inclusive a intromissão de Lindsay. Lindsay é outra sociopata que sempre foi obcecada por Denis, ainda mais por ele te-la ajudado na adolescência, então carrega uma dívida de gratidão eterna que beira à adoração.

Já Denis… Ele é o pior de todos, uma vez que ele encontra justificativas para suas ações de modo que faz parecer tudo natural e lógico. Ele não enxerga o quão doentio consegue ser, nem em seu relacionamento com Sam, nem em suas atitudes perante outras pessoas.

Talvez por isso eu não tenha gostado tanto da história, acabou que eu já conseguia prever o que aconteceria a seguir. Por outro lado, o final de Samantha foi, no mínimo, curioso. Talvez demonstre que ela é tão doente quanto o Denis, mas aí só vocês lendo para saber…
(...)
*** Resenha completa no blog***

site: http://poressaspaginas.com/resenha-rio-vermelho
comentários(0)comente



Libera 05/01/2019

O livro traz a historia de Dennis, um homem que foi preso há 20 anos pelo assassinato de uma jovem em Red River.
No corredor da morte, Dennis conta com a ajuda de Carrie e sua equipe que tentam provar sua inocência, que preparam um documentário sobre ele.

Sam mora na Inglaterra, e conhece a historia de Dennis através de seu namorado que lhe mostra um documentário, a partir daí Sam fica obcecada pela história de Dennis e começa a querer saber mais sobre ele. Neste meio tempo seu relacionamento acaba e ela começa a escrever para Dennis, que responde suas cartas deixando Sam cada vez mais interessada.
Logo Sam parte para os Estados Unidos onde se casa com Dennis na prisão e faz o possível para tira-lo de lá. Dennis sempre se mostra amável e gentil, até o momento em que sai da cadeia e tudo muda. Nada é como Sam esperava, e ela começa a pensar se ele realmente é o que ela imaginava que fosse.
“Sam buscava seu nome no Google o tempo todo e consultava as seções de comentários. Alguns questionavam o motivo pelo qual um homem com Dennis amava uma mulher igual a ela. Usavam palavras como gorda, feia simplória, tiete. Outros perguntavam por que uma mulher normal iria querer um homem como Dennis. Diziam que ela tinha o que merecia”.
Este é um thriller um pouco diferente de outros que já li, temos Dennis um homem que passou 20 anos preso, teve uma infância difícil, e agora está livre, rodeado da mídia e de pessoas que acreditam em sua inocência, e outras que acreditam que ele seja culpado. Temos Sam, uma mulher com uma baixa alta estima, que nem de longe é uma pessoa “normal”, e se apaixona a ponto de largar tudo para ir atrás de Dennis.

Desde o começo da leitura não concordei com as atitudes de Sam; com o fato dela se casar com alguém que ela mal conhecia e que estava preso por um crime tão brutal. Mas tentei não julgar Dennis precipitadamente, apesar de ficar o tempo todo pensando se não me arrependeria por isso. Passou pela minha cabeça que, se ele fosse inocente eu me acharia terrível por não dar uma chance ao personagem; mas se ele fosse culpado e eu acreditasse na sua inocência no final da leitura eu me acharia uma idiota.
Então, para uma personagem (Sam) que nunca acreditava em si mesma, que necessitava de atenção o tempo todo, a ponto de postar fotos de sua refeição e esperar curtidas (como acontece muito na vida real), toda e qualquer forma de amor seria bem vinda.
“Às vezes, Sam se sentia tonta com a felicidade que Dennis lhe proporcionava. Em outros momentos ele ficava com um humor difícil, sombrio, que tomava conta dele de repente, deixando-o calado e inacessível.”
Após sair da prisão, Dennis se mostra um homem perturbado, que em momentos é um ótimo parceiro, mas em outros é totalmente rude, chegando a ser assustador. Sam segue ao seu lado, mesmo com as atitudes assustadoras do marido.
Em alguns momentos eu me colocava no lugar de Sam, para tentar entender como alguém aceitaria uma relação como a deles, onde a desconfiança estava presente na maior parte do tempo.

Aos poucos conseguimos conhecer um pouco mais sobre a história de Sam, seu relacionamento com Mark, seu ex-namorado. Também desvendamos mais sobre Dennis e seu passado, fazendo com que a leitura fique mais envolvente a cada página.
O final foi surpreendente, me deu até um pouco de raiva por não concordar, não foi nada do que eu esperava, mas isso é o mais legal, acreditar que sabia o que iria acontecer, e no último momento e levar um tapa na cara, quando tudo é totalmente diferente do que eu imaginei.

A edição está linda demais. Como sempre, a Faro Editorial arrasa: Capa linda e condizente com o enredo, letras em tamanho confortável para a leitura, ótima diagramação e aquelas folhas grossas que eu amo demais! Sou suspeita pra falar, eu sei, mas eu amo os livros dessa editora! Sempre pensando com carinho nos leitores, trazendo livros com ótimas histórias e qualidade impecável!

site: http://www.livrosdeelite.com.br/2018/07/resenha-rio-vermelho-amy-lloyd.html
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



Paulascrap 14/12/2018

Bem mediano..!..
.📜Desde o lançamento estava na expectativa dessa leitura e hj a encerrei totalmente frustada. 📜Longe de ser uma boa leitura, não consegui qualquer envolvimento com a história ou personagem, 📜O que se espera e muito de uma premissa dessa é aquele thriller que não conseguimos largar, mas é tão irritante que larguei várias vezes. 📜Enrolado , repetitivo , com um final atropelado e previsível. 📜Sam uma mulher de baixa estima(e muito irritante), e considerando Dennis , um condenado no corredor da morte, inocente, se apaixona por este, não medindo esforços para ajudar em sua libertação. 📜Uma submissão irreal por um desconhecido que chega a irritar o leitor. .. 📜E o desenrolar da história não convence, um cara que demonstra ser esquisito desde o primeiro momento( em momento algum presumimos sua inocência), e a protagonista inventa a cada segundo motivos pra acreditar em todas as suas atitudes, surreal. 📜Enfim, decepcionante, a história não me convenceu, embora saibamos que não faltem loucas obcecadas em criminosos abrindo mão da própria vida para acompanhá-los acreditando cegamente em uma Inocência comprovadamente inexistente.
comentários(0)comente



Paula 07/12/2018

Rio Vermelho, é mais uma história sobre a personagem Samantha do que o crime de Dennis. Pois a história conta como ela se iludiu, por algo que não imaginou que colocaria a vida dela em risco. Samantha é a personagem principal, mas o narrador é em 3 pessoa, criando assim um mistério página por página, também nós intrigando com a seguinte pergunta: quem é Dennis ? Ele realmente é inocente?
Uma narrativa calma, entretanto envolvendo, algo que é comum encontrar em livros antigos. Deste modo a narrativa não nos deixa outra escolha, que é ir com a história até o final e descobrir o verdadeiro mistério por trás das 266 páginas.
Envolvendo e chocante são os seus últimos capítulos, eles amarram toda a história criando assim um ótimo desfecho. Amy Lloyd realmente mereceu ter ganhado a competição nacional do jornal britânico Daily e Mail.
comentários(0)comente



Welliton.Rocha 29/11/2018

História interessante porém mal executada.
A premissa do livro é bem bacana mas a construção dele te faz duvidar muito da história pelo modo como ela acontece. A protagonista e o personagem preso não parecem consehui lconseguir ligação entre sí e os sentimentos parecem bem forçados. O final também é muito tosco.
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



umalivraria 27/10/2018

Resenha @umalivraria - #resenhasdaelay
❝É estranho que as pessoas saibam tanto a meu respeito. Acho que elas sabem mais de mim do que eu mesmo❞

Vocês conhecem aquela música da Britney Spears, onde ela fala “But, mama, I’m in love with a criminal”? É isso que acontece aqui.

Samantha, mais conhecida como Sam, é uma mulher amargurada e que carrega uma grande tristeza. Seu trabalho já não lhe traz alegrias e nem sua vida amorosa. É quando ela conhece a história de Dennis, um homem preso – acusado de um assassinato na Flórida – que pode estar sofrendo acusações injustas.

Ela vê em Dennis uma grande chance de diminuir a sua dor. Quem nunca colocou seus problemas em segundo plano para ajudar alguém? E ainda se viu bem após isso?

Dennis é acusado de matar uma garota na cidade de Red River e está envolvido em outros assassinatos na região. O estranho disso tudo é que não existe nada que comprove que ele realmente é o culpado. Sem corpos, sem impressões digitais e grandes julgamentos contra ele.

Sam e Dennis vão trocando cartas, até ela decidir visitá-lo. E o romance entre eles surge, de uma forma estranha e suspeita, mas surge.

A leitura é bastante envolvente, o leitor se pega curioso em saber o motivo de todos esses julgamentos sem provas contra Dennis, até mesmo em sua cidade natal. Por outro lado, temos um toque de realidade, pois nas redes sociais há vários protestos a favor do homem.

A edição da @faroeditorial está linda, traz todo o cenário e clima que o livro pede. Esse suspense policial mexeu com a minha cabeça e, tenho certeza, que irá mexer com a sua também. Toda essa realidade criminal me encantou ainda mais, saber que casos assim acontecem todos os dias e pode estar mais próximo do que imaginamos.

Personagens coadjuvantes, mas bem importantes para a história, roubam a cena em alguns momentos. O livro é narrado em terceira pessoa e possui um enredo nada cansativo.

site: https://www.instagram.com/umalivraria/?hl=pt-br
comentários(0)comente



spoiler visualizar
Welliton.Rocha 29/11/2018minha estante
Concordo totalmente


Matheus 20/01/2019minha estante
Crítica fiel ao livro, concordo bastante, várias falhas em um enredo que poderia ter um final melhor




60 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4