Metropolis

Metropolis Thea von Harbou


Compartilhe


Metropolis





Metropolis (O livro) talvez seja o maior clássico não celebrado da ficção científica. Apesar de todos reconhecerem a importância do filme de Fritz Lang, de 1927, poucos sabem que o roteiro do filme foi escrito em conjunto com sua esposa, Thea Von Harbou, que era uma escritora famosa da República Alemã que precedeu a Alemanha Nazista, e que esse roteiro originou-se de um romance escrito por Harbou com o único propósito de ser adaptado futuramente para o cinema. O romance apoiou-se fortemente na campanha de marketing do filme, e foi serializado para ser publicado no jornal Illustriertes Blatt em conjunto com o lançamento do filme. Harbou e Lang trabalharam juntos em um roteiro derivado desse romance, e vários pontos importantes e elementos temáticos – incluindo a maioria das referências à magia e ocultismo presentes no romance – foram descartados.
Recentemente, em julho de 2008, foi descoberta uma versão do filme com vários minutos que tinham sido cortados, e após muita restauração foi lançada uma nova versão do filme em fevereiro de 2010.Metropolis se passa em 2026, a população está dividida em duas classes: a elite dominante e a classe operária, que vive num mundo subterrâneo, escravizadas pelas monstruosas máquinas que fazem funcionar a todo vapor a cidade. Uma revolução operária é planejada, mas sempre impedida pela líder Maria. O chefe da cidade pede a um cientista maligno que construa um robô à imagem e semelhança dela, para que possa incitar os trabalhadores à revolta.
Disponível no link: http://livrosdoexilado.org/metropolis-thea-von-harbou/

Ficção científica / Literatura Estrangeira / Distopia

Edições (5)

ver mais
Metrópolis
Metropolis
Metropolis
Metropolis

Similares

(78) ver mais
Kallocaína
O Gabinete do Dr. Caligari
De Caligari a Lili Marlene:
De Caligari a Hitler

Resenhas para Metropolis (22)

ver mais
Perfeito!
on 13/3/20


O livro já começa nos assustando. Primeiro porque Thea Von Harbou não é quem a gente pensa, não tem uma visão tão agradável quantos muito gostariam… Mas o livro já inicia com uma nota dos editores mostrando a grandiosidade da história e nos deixando cientes que a autora se filiou ao partido nazista, e ainda, durante o governo de Hitler, foi presidente da Associação Alemã de Autores de Filmes Falados, que estava alinhada à Câmara de Cultura do Reich. Em nota, já deixa-nos claro que e... leia mais

Vídeos Metropolis (1)

ver mais
METRÓPOLIS: o livro que originou o clássico filme de Fritz Lang | Livro Lab

METRÓPOLIS: o livro que originou o clássico f


Estatísticas

Desejam229
Trocam1
Avaliações 3.8 / 158
5
ranking 30
30%
4
ranking 38
38%
3
ranking 25
25%
2
ranking 6
6%
1
ranking 2
2%

48%

52%

Exilado
cadastrou em:
15/11/2014 10:49:48
Dover
editou em:
05/05/2016 19:09:37