Pollyanna

Pollyanna Eleanor H. Porter
Eleanor H. Porter




Resenhas - Pollyanna


276 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 |


Nobrega 06/08/2017

Primeiro Amor
Pollyanna foi meu primeiro amor. É incrível como eu mudei de ideia ao acabar esse livro! Pollyanna é uma garota encantadora que te ensina a ver a vida de outra maneira. Nem tudo que é ruim tem que ser ruim. É um livro com ótima narrativa e uma história cheia de reviravoltas. Sempre há um motivo para ver o lado bom das coisas, por mais difícil que seja a situação e o acontecimento. O jogo que Pollyanna te leva é lindo, e algo que pode trazer um novo olhar pra sua vida. Ótimo livro para quem é iniciante no mundo da leitura!
comentários(0)comente



Mimi 26/07/2017

Não se encaixa no estilo de livro do qual gosto, porém é inegável a sua qualidade de narração .
comentários(0)comente



Joice 25/07/2017

Pollyanna
Sem dúvidas, desde criança esse é meu livro preferido, aprendi muito com essa garotinha, e confesso que sim, inúmeras vezes na minha vida, msm depois de adulta, joguei o jogo do contente. Super recomendo!
comentários(0)comente



Cíntia Carvalho 20/07/2017

Encantador
Fiquei muito feliz de ler esse livro. Na verdade ele foi uma reeleitura. Li esse livro a primeira vez na minha adolescência e lembro que tinha amado. Agora, depois de tantos anos lê -lo novamente foi uma grata surpresa porque não me lembrava de o quanto ele é maravilhoso. Amo livros escritos por crianças. E o que dizer de Pollyanna? É uma personagem única. Não é a toa que esse livro se tornou um clássico e foi um dos mais lidos em todo o mundo. Leiam! Urgente!
Mariana Abramo 20/07/2017minha estante
nunca li esse livro, acredita?? :(


Cíntia Carvalho 20/07/2017minha estante
Pois ponha na sua lista de desejados. bjs


Mariana Abramo 20/07/2017minha estante
:D




Raio 17/07/2017

Quanto mais difícil, mais divertido o jogo é.
Esse livro, apesar de ser classificado como infanto-juvenil, possui uma das maiores lições de vida que eu já li. É triste e alegre, você ri, você chora, e no final quem sabe você também consiga jogar o jogo do contente. Vale muito a pena!
comentários(0)comente



Kleyssi 26/06/2017

"Ela não finge que tudo é maravilhoso nem se conforma... apenas não se entrega ao sofrimento..."
Ao iniciar o livro, a editora deixa uma nota onde fala sobre a história e como as pessoas a enxergam. E é com essa frase que para mim tudo inicia "Ela não finge que tudo é maravilhoso nem se conforma com as coisas ruins que acontecem, apenas não se entrega ao sofrimento e à amargura, procurando fazer sempre do limão que a vida lhe dá; e ensina aos que a arrodeiam." (pág 8).
Não irei falar sobre qual a premissa da história, já que há várias resenhas, mas sobre como este livro me afetou. Após ler Extraordinário, que me surpreendeu (pois achava que não iria gostar), Pollyanna do mesmo modo me surpreendeu positivamente. Nunca havia ouvido falar nesse livro e em nada relacionado, e iria comprar Pollyanna moça em seu lugar, até ver que antes dele havia este, então preferi começar do início. E que livro lindo! A narrativa é boa, você lê e quando vê já tem devorado por inteiro, você não quer parar. É em terceira pessoa, e há diálogos também. deixando a leitura bem fluida. Juro que não sei o porquê, mas as trinta últimas páginas terminei de lê-las chorando (acho que estava sensível kk). E por fim, aprendemos a tentarmos ver as coisas de um modo melhor, mesmo quando elas são as mais difíceis, mesmo quando tudo parecer perdido, lembre-se que sempre deve haver algo que possamos agradecer e por quais ficarmos contentes. Ah! Preciso destacar que a arte desse livro é muito bonita, desde a capa, até as primeiras letras que começam os capítulos. Se olhar direitinho, elas encaixam com o título do capitulo, é um detalhe que deixa tudo tão caprichoso.
Recomendo mesmo este livro, acho que por mais simples que parece, ele vai te surpreender e te deixar mais leve. ;D
comentários(0)comente



Anne 04/06/2017

Leve e encantador
Pollyanna é aquele livro que, assim como Morangos Mofados, me recomendam desde quando usava o Orkut e, por falta de interesse, nunca pensei em ler. Até o dia em que fui chamada de menina Pollyanna e decidi procurar pelo livro. O livro é destinado ao público infanto-juvenil, mas a história é daquelas que todos devem e podem ler. Pollyanna e todo o "Jogo do Contente" consegue cativar a todos com espontaneidade e doçura. A ideia do jogo de Pollyanna é poder retirar alegria do que inicialmente nos entristece, e vendo em prática no livro percebemos como estamos sempre dispostos a enxergar o ruim e nos cegarmos ao que é bom. Pollyanna é aquela história que pode-se recomendar a qualquer um. O livro carrega uma linguagem simples e uma história bem fluída, além de sensível, esperançoso e otimista.
comentários(0)comente



Nalini 09/05/2017

Mágico
Dizem que todo bom livro é sempre atual. Este é, ainda, mágico. Releio-o de tempos em tempos e a história vai amadurecendo comigo (ou seria o contrário?). Desta vez revesei a leitura do minha filha de 8 anos, que ficou encantada com Pollyanna. Recomendo até para quem, de cara, não o leria. É uma experiência. Como a vida. Apenas prove.
comentários(0)comente



Cida 30/04/2017

Pollyanna
Uma história linda,é encantadora. Que bela forma de viver têm a Pollyanna. A história leva a cada uma das pessoas a refletir sobre a forma como elas vivem. Pollyanna é tão encantadora e a sua forma de ver os problemas e encara-los com um outro ponto de vista, encanta cada um dos personagens inclusive o leitor. Ela muda a vida de cada um dos personagens e nos convida a mudar também. Vou levar pra sempre os ensinamentos e as reflexões de Pollyanna. Amei esse livro e principalmente o jogo do Contente.
comentários(0)comente



Tracinhas 10/04/2017

por Lídia Rayanne
Faz muitos anos que queria ler Pollyanna, pois minha mãe ama essa história e sempre me falava do “Jogo do Contente”. Foi então com grande alegria que ganhei esse livro num concurso e mês passado tive finalmente o prazer em lê-lo.

Pollyanna, que perdeu a mãe muito nova e foi criada pelas “senhoras da igreja”, vê sua vida mudar quando o seu pai também morre. Ela é então levada para viver com sua única parente viva, tia Polly. Só que a tia, por conta de conflitos do passado, aceita receber Pollyanna apenas como um dever.

Acontece que a mãe de Pollyanna decidiu não seguir os conselhos de sua família (que queria que ela se casasse com um homem mais velho e rico) e partiu da cidade para se casar com um jovem pastor missionário. E é pelo ressentimento de que sua irmã mais velha foi levada que tia Polly não permite que Pollyanna mencione seu pai na frente dela.

O que é um verdadeiro desafio, porque Pollyanna, na busca de superar a dor da perda e os desafios em morar numa cidade nova, quer alguém com quem jogar o jogo que seu pai lhe ensinou: “O Jogo do Contente”. Um jogo em que, não importa o quão adversa seja sua situação, você sempre procura imaginar algum motivo para ficar contente. E quanto mais difícil a situação, mais divertido o jogo fica.

E nessa busca de encontrar alguém com quem jogar que Pollyanna acaba cativando até as pessoas mais rabugentas da cidade. Ela é com um raio de sol que traz alegria às suas vidas cinzentas e apáticas. Mas quando um trágico acidente acontece é que Pollyanna vai descobrir que todo o amor com que contagiou cada habitante da cidade pode voltar para ela.

Esse sem dúvida foi um dos livros mais lindos que li na minha vida. É impossível não se deixar contagiar pelo humor da Pollyanna, e apesar de ser uma história simples voltada para o público infantil, perdi a conta de quantas vezes a emoção quis transbordar por meus olhos. Sem dúvida essa história ficou no meu coração e vou tentar praticar o “Jogo do Contente” com muito mais frequência. Super recomendo e já quero ler a continuação, Pollyanna Moça.

(Para conferir as fotos da edição da Editora Autêntica, entre no link abaixo)

site: http://jatracei.com/post/159411458392/resenha-249-pollyanna
comentários(0)comente



Alexandre 02/02/2017

Pollyanna
Pollyanna (menina) (PORTER, Eleanor H., 1913) Traduzido pelo grande Monteiro Lobato, o livro apresenta uma linguagem simples e convidativa. A tempos queria fazer a leitura deste livro. Sobre o conteúdo da história, surpreendi-me com a simplicidade da menina Pollyanna, que menina extraordinária! - como dizia sua tia. Ensinada pelo pai, a menina órfã, que foi morar com sua tia Mrs. Polly, passa a manifestar seu contentamento por tudo que lhe ocorre, mesmo com algo ruim, a menina procura pensar em algo bom, a isso se deu o nome de Jogo do Contente. Este jogo, por influência dela, foi se disseminando na pequena Beldingsville, e mudando a vida de muitos amigos da garota.
Pollyanna (menina) é uma história sobre o amor, a amizade e sobre o surpreendente poder da felicidade.
Emocionante, sensível e delicado. Mal posso esperar pela leitura de Pollyanna (moça).
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



Bárbara Luisa 22/01/2017

Ensinamentos para a vida toda.
Pollyanna é um livro encantador, assim como a personagem e nos deixa ensinamentos para carregarmos conosco durante o resto de nossas vidas.
A personagem de apenas 11 anos é muito ativa e puxa conversa com qualquer pessoa que aparece em seu caminho, principalmente se essa pessoa parecer triste, e a menina desperta o interesse de todos que a conhecem por estar sempre contente, afirmando isso constantemente.
Por meio de seus questionamentos, Pollyanna faz com que cada pessoa reflita sobre o modo como levam a vida e ensina a cada um que conheceu o jogo que aprendera com seu pai: o "jogo do contentamento", motivo pelo qual ela está sempre afirmando que está contente. O jogo se baseia em sempre tentar achar algo que te deixe contente, pois quando procuramos algo bom para nós deixar contente, nos esquecemos das coisas ruins.
Dessa forma, a garotinha ajudou a transformar a vida de várias pessoas que aprenderam e começaram a jogar o jogo do contentamento, além de formar laços de amizade com cada uma.
Após cultivar muitas amizades e ajudar a melhorar a vida e o ponto de vista de várias pessoas, Pollyanna passa por um momento difícil em sua própria vida e não consegue encontrar motivos para se sentir contente devido à situação em que se encontrava. Assim, todas as pessoas que Pollyanna conheceu, foram um a um contar a menina o bem que ela fizera na vida deles, dando assim motivos para que ela se sentisse contente novamente ao ouvir seus feitos na vida de cada uma dessas pessoas, o que a ajudou a enfrentar o momento complicado pelo qual vivia. Dessa forma, as amizades de Pollyanna fizeram por ela o que ela fez com cada um quando eles se sentiram tristes, eles a fizeram enxergar vários motivos para ela se sentir contente em um momento da vida em que a garotinha se sentia triste, retribuindo assim a alegria que ela levou para a vida deles e a ajudando a enfrentar o momento difícil pelo qual ela passava.
Nesse momento estou contente por ter lido Pollyanna e ter os lindos ensinamentos da personagem em meu coração, descubra você agora os vários motivos para se sentir contente todos os dias de sua vida, praticando o jogo do contentamento.
comentários(0)comente



Gabriely 04/01/2017

Encantador. É essa a palavra
Pollyanna é uma menina doce, gentil e que sempre procura o melhor das coisas mesmo que a situação pareça péssima. Ela tem seu jeitinho sem malícia e confiante em cada pessoa que encontra. Pollyanna, órfã, vai morar com sua tia Polly que não está tão feliz com a vida e menos contente com sua chegada, é uma mulher um pouco rude e que coloca seu dever acima de qualquer afeto aparente. Pollyanna com suas façanhas e seu carisma devagar vai destravando o coração de sua tia. No caminho fazendo vários amigos e os dando oportunidades de olhar diferente pra vida. Pollyanna por onde passa leva seu jogo do contente e nos vislumbra ao tocar em uma parte sensível que muitos ignoram, que é ter sim oque agradecer.
comentários(0)comente



Ana Paula 25/12/2016

Lição de vida!
O livro conta a história de uma menina órfã que vai morar com a tia e nos ensina que a vida tem as cores que quisermos dar a ela! Emocionante! Uma verdadeira lição de vida!!
comentários(0)comente



276 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 |