Jamais subestime os peões: Eles valem uma rainha

Jamais subestime os peões: Eles valem uma rainha Celina Moraes




Resenhas - Jamais subestime os peões


39 encontrados | exibindo 1 a 16
1 | 2 | 3


Dri @maktub_literariabook 04/05/2022

Um dos melhores livros que já li
(...)

Esse é aquele livro completo que me surpreendeu do início ao fim. Um enredo bem elaborado que possuí críticas sociais importantíssimas, assim como referências no xadrez. A história começa em 1987 e 1992, a partir dessa linha temporal acompanhamos essas histórias em paralelos. Essa foi minha primeira experiência com a escrita da autora e simplesmente fique encantada com a riqueza que é essa obra. A autora tem uma escrita fácil, regional e totalmente envolvente. Celina aborda aqui nesse livro temas como o preconceito, o regionalismo, a intolerância religiosa, a desigualdade social, o machismo e principalmente a ambição em cada tipo de pessoa, deixando nós leitores com reflexões valiosas e críveis. A história é narrada de diferentes pontos de vista o que em minha opinião facilitou para minha conexão com eles e pela visão mais completa de tudo que vai acontecer.

Enfim, uma história que trás um desfecho bem amarrado e incrível onde todas as peças se encaixam sem deixar nenhuma ponta solta e para a leitora que ama um romance, fiquei sim com meu coração quentinho e apaixonada pela trajetória de um casal em especial. Novamente meus parabéns a autora pelo grande talento e fica aqui minha recomendação para que leiam esse livro!

Resenha completa no IG @maktubliteraria_
comentários(0)comente



books of sarah 25/04/2022

? um lindo romance com superação de barreiras!
? a raquel é uma protagonista incrível! ela é forte, inteligente, decidida, o tipo de pessoa que não leva desaforo pra casa

? que livro incrível!
eu acreditada que seria um livro de romance, mas o livro é mais focado no desenvolvimento e crescimento da personagem, o que foi melhor ainda. ver a evolução da raquel durante o livro foi incrível.

? o romance entre a raquel e o aron é muito fofo, e uma coisa que eu gostei é que ele não é estereotipado, como quando a mulher é a mais amorosa, que se apaixona primeiro e essas coisas, aqui é bem diferente.

? uma coisa que gostei muito foi o fato do livro não contar só a história da protagonista, mas também dos personagens ao seu redor. todos os personagens são bem construídos, nos conhecemos seus passados, temores, ambições e etc.

? o livro trata de assuntos muito importantes como assédio, problemas familiares, vício em drogas, intolerância religiosa e também diferenças de classes sociais e como isso ao invés de nos distanciar, deveria nos unir.
comentários(0)comente



Ing | @ingridalvesbr 21/04/2022

Adorei!
Nesse livro, acompanhamos a história de Raquel, uma mulher cheia de sonhos e que vive em uma pequena cidade, tranquilamente com seus hobbies e seu namorado, o Daniel, que sonha em criar uma família. Até que esse mesmo namorado se casa, sem aviso prévio, com a filha de um homem milionário do local. Desiludida e decepcionada, ela vai para São Paulo tentar viver tudo o que sempre quis e mudar de ares. Mas como nada é por acaso, lá ela encontra o Aron, um homem que havia decidido que não viveria nenhum tipo de relacionamento sério tão cedo. Mas muitas vezes, as coisas não saem como planejamos.

Eu adoro a escrita da Celina e nesse livro não recebi menos que uma história incrível! Como sempre inserindo no enredo assuntos e temáticas necessários e importantes, a narrativa flui com muitos detalhes, riqueza em ambientação e muitos aprendizados. Machismo, intolerância religiosa, preconceitos e tantos outros assuntos são abordados de forma impecável.

A experiência de leitura que a autora proporciona é sempre incrível! Ela tem o dom de te fazer mergulhar e viver a história, de forma muito fluida.
Entregando personagens muito carismáticos, em especial a Raquel, que me cativou desde os primeiros capítulos, não decepciona. E ver o seu crescimento pessoal e amadurecimento é muito bom de acompanhar.

É uma história muito bem construída, que nos ensina muito numa leitura rica e surpreendente. E que final... ✨ Amei demais e me apaixonei ainda mais pela escrita da Celina! Simplesmente perfeito 💛

Recomendo muito! ✨💛
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



silvanasartori 05/04/2022

Raquel tem sua primeira desilusão amorosa, seu namorado de anos de repente aparece casado com a filha de um homem muito rico fazendo ela e seu pai ficarem irritados. E como qualquer pai que se preze, ele vai tentar defender a honra da filha e acaba preso, o que deixa ele envergonhado, um homem honrado sendo algemado e fixado. Porém, Raquel promete que um dia vai rasgar a ficha suja do pai em praça pública já que ela acha que foi uma injustiça prender seu pai sendo que ele nem encostou em seu ex namorado

---------

Em uma cidade do interior a linda galopeira luta para conquistar o seu espaço e realizar o seu sonho de ter um haras e seu pai trabalha em um onde ela mantém seu lindo alazão que ela ganhou do chefe do seu pai. Ele e a menina de cabelos pretos e olhos de safira, desbravam a pequena cidade e seus arredores. Mas infortúnios permeiam a vida da linda jovem Raquel.

Sua melhor amiga e única já que ela não gosta da maioria das pessoas mesquinhas que vivem na cidade, tem a péssima ideia de se aventurar com meninos ricos e que junto com eles vem as drogas, abalando a amizade das meninas, pois a amiga loirinha vai se entregar ao vício por não encarar as dificuldades da vida com garra e assim acredita que as drogas a levam a um patamar que aquela cidadezinha não está preparada para chegar.

Com desespero Raquel acaba enfrentando os meninos drogados jogando várias de suas drogas fora para defender a amiga e acaba então ganhando novos inimigos. E por eles acharem Raquel a galopeira, esnobe e careta, por vingança eles matam seu cavalo, deixando ela desolada e inconformada com o rumo que sua vida vem tomando.

Não contente seu pai depois de ser preso nunca mais foi o mesmo, e acaba por interferência da mãe de Raquel sendo internado em um hospício.

---------

Já na grande capital de São Paulo, a periferia e burguesia se misturam, na constante procura por empregos para o sustento da família. A luta para estudar e trabalhar para um dia sair da miséria.

Aron filho de um importante milionário da tecnologia, volta do Estados Unidos com uma mente totalmente diferente do que o pai esperava. Sua indignação com a forma que as pessoas menos abastecidas são tratados pela alta sociedade gerou diversas discussões com a família, principalmente o pai. Mas mesmo acreditando no comunismo e todo o seu discurso moralista, ele não deixa de usar seus cartões sem limite e carros de última geração.

Em constantes brigas com o pai, Aron só quer saber de curtir a vida com as mulheres, deixa bem claro para elas que ele não quer compromisso, mas elas sempre tem esperança de ser a garota que vai arrebatar o coração do jovem rico. Mas não é assim que acontece.

---------

Bom por onde começar com esse livro? A autora nos trás mais uma bela história para que possamos refletir e compreender a nós mesmos. E junto ela trás um cenário, onde o desemprego e as drogas estão tomando conta, e sucumbir ao fracasso e ao desespero está cada vez mais fácil.

Os personagens são perfeitos dentro de suas imperfeições, são reais, com sonhos e metas a serem alcançadas, mas a dificuldade de encontrar um emprego, ou se manter em um dificulta cada vez mais, e se perder é mais fácil do que persistir. A ambição de alguns personagens podem moldar futuros diferentes para cada um.

Ficamos apreensivos por ver meninas inteligentes caindo na ilusão de um relacionamento superficial, no qual elas só estão sendo usadas. No decorrer da história teremos personagens secundários que irão roubar a cena, por exemplo a nova secretaria da empresa do pai de Aron que tem a atitude nos olhos, quer ser uma grande advogada, mas para isso precisa do emprego para poder pagar os estudos e ainda pagar o aluguel e comer. E nesse caminho ela vai se apaixonar pelo chefe. E quando ela perceber que escolheu o caminho errado, ela já terá se machucado.

E enquanto isso Raquel promete a si mesma que nunca mais entregará seu coração a mais ninguém, principalmente se for alguém rico. O que ela não esperava era que um playboy faria de tudo para conquistar o coração da galopeira e colocando então as suas barreiras em teste. E esse playboy vai precisar de toda ajuda para conquistar a jovem de cabelos pretos, pois sua mais nova amiga é a ex amante de seu pai, que será o cupido desses dois, que são pessoas totalmente diferentes. Mas que vão mostrar que independente das diferenças o amor faz toda a diferença.

Acompanhar um romance nascer e romper barreiras sociais, e pessoais foi maravilhoso, passear pela mente desses dois jovens que tem o mundo para conquistar, foi um privilégio. A autora não dispensa uma boa crítica social, nos colocando em um cenário que mostra a realidade de tempos difíceis. E como a incompreensão das pessoas pode virar algo danoso.

É o segundo livro que leio da autora e não poderia ser melhor, pois agora já não sei qual é meu preferido porque ambos são maravilhosos e particularmente peculiares, já que eles abordam assuntos pesados de forma leve. Podemos sentir a dor e a alegria dos personagens através de suas palavras. Tem coisa melhor?

Um livro mais do que recomendado com toda certeza!



site: https://www.lovemybookss.com/2021/12/resenha-jamais-subestime-os-peoes.html
comentários(0)comente



Gio - Literatura Presente 04/04/2022

Romance nacional de excelente qualidade!
Raquel é uma garota simples do interior, que joga xadrez muito bem, adora galopar e alimenta o sonho de um dia ter o seu próprio haras. Ao sofrer uma desilusão amorosa, quando seu namorado Daniel a abandona para se casar por interesse com a filha de um usineiro, Raquel passa a não acreditar mais no amor.

Dalila, sua amiga de infância abomina a simplicidade e pobreza em que vive e acredita que sua vida irá mudar quando conseguir se casar com um rapaz rico. No entanto, ela passa a se envolver com amigos que a apresenta ao mundo das drogas.

Jamais Subestime os Peões é uma história ambientada em meados dos anos oitenta e início dos anos noventa e teremos como contexto histórico um país que estava passando por grandes problemas como inflação altíssima, planos econômicos desastrosos, desemprego, congelamento de preços, etc. Além disso, a ditadura no Brasil era algo bem recente e as feridas ainda estavam abertas.

“Os jovens mortos na ditadura só queriam resgatar um direito básico de todos nós, que é poder se expressar. “

A autora trabalha muito bem todos esses temas e aborda tantos outros igualmente relevantes, como o vício nas drogas, a intolerância religiosa, o preconceito e a desigualdade social.

As personagens são muito bem construídas tendo suas histórias contadas de maneira individual, porém, no ao longo da narrativa elas vão se entrelaçando e formando uma trama bem escrita e emocionante.

Celina Moraes consegue abordar diversos assuntos importantes em suas obras, fazendo isso de maneira criativa e instigante. Fazer uma leitura de sua obra é ter a oportunidade de se inteirar sobre política, história e sociedade. Além de se entreter com uma belíssima história de ficção.

site: https://literaturapresente.com/resenha-jamais-subestime-os-peos-celina-moraes/
comentários(0)comente



@leituras.da.sabrina 03/04/2022

Um romance além do romance!
Esse foi o meu primeiro contato com a autora e posso afirmar que fiquei encantada com a narrativa! Temos aqui uma história fluida, envolvente, com personagens cativantes e muito bem ambientado.

Gostei demais da Raquel e de tudo o que ela representa no livro. Ela é forte, decidida, certa de seus valores e princípios. Ela não tem medo de encarar os obstáculos que a vida apresenta e luta para conquistar os seus sonhos de forma digna.

Aron também foi outro personagem que gostei demais. Apesar de herdeiro de uma grande fortuna, ele é consciente de seus prestígios e luta por uma sociedade mais justa e igualitária.

Além dos protagonistas, os personagens secundários também são importantes e têm espaço na trama, como o pai de Aron e as amigas de Raquel, Mirela e Frances.

Um ponto que gostei muito é que esse livro vai além do romance. A autora discute temas importantes como preconceito, desigualdade social, machismo, adultério, ambição, intolerância religiosa e vícios, por exemplo.

Outro ponto que merece destaque é que o livro se passa entre os anos 80 e 90 e, por isso, os personagens estão vivendo a instabilidade política e econômica que o Brasil enfrentava naquela época. Foi super interessante encontrar essas referências e as reflexões que a autora traz a todo momento.

Super recomendo essa história para quem gosta de romance e, principalmente, que aborda temáticas importantes!
comentários(0)comente



Lari Guglielmoni 03/04/2022

? #Resenhasdalarissa : Jamais Subestime os Peões eles valem uma rainha - @celinamoraesescritora

Raquel, a Galopeira acabou sofrendo uma desilusão amorosa com seu namorado, o Daniel, aquele por ela quem planejava várias coisas, mas ele decide se casar com uma mulher rica e a deixa de lado.
Além disso, ela é uma mulher que ama jogar xadrez e que conhece os pontos fracos e fortes de alguém. Ela decide ir para São Paulo, por ela ser uma garota do interior ela vai sofrer algumas diferenças na capital.
Além disso iremos conhecer a história de Dr. Dalton e seu filho que só quer saber de curtição, enquanto o próprio pai está de olho na secretaria.
Neste livro iremos ter uma narrativa em terceira pessoa que foca em alguns personagens, mas o foco maior será na personagem Raquel, que está com seu coração machucado, e parte para outro lugar, um lugar que vai trazer muitos obstáculos e que ela terá que lhe dar com eles.
Gostei também do fato da autora começar a história lá em 1987 e assim iremos ir acompanhando desde deste ano até os próximos anos.
Outro ponto que preciso ressaltar é além da autora usar uma linguagem regional, iremos ter grandes temas nesta obra, como o dinheiro e suas escolhas erradas, e também sobre alcançarmos tudo que a gente quer, com o tempo, mesmo sabendo que as vezes nem tudo será flores.
Como sempre a autora conquistou meu coração com sua escrita fluida, envolvente e até mesmo emocionante, trazendo um pano histórico para essa obra e que sem dúvidas é uma obra que nos ensina e que nos faz refletir, por isso leiam.
comentários(0)comente



Nanda 02/04/2022

Muito bom
❝[...] O amor não tem regras. O corpo não enlaça o amor; são os olhos que o despertam.❞

Jamais Subestime os Peões: Eles Valem uma Rainha foi uma leitura tão deliciosa que torço muito para que esse livro ganhe o mundo porque essa história é surpreendente e cativante.

A história se passa no fim dos anos 80 e início dos 90 e aqui vamos conhecer Raquel, uma garota introvertida e séria que sonha em estudar agronomia e ter o seu próprio haras já que uma de suas paixões é galopar, tanto que é conhecida como galopeira, em Otinga, a pequena cidade onde mora.

Após 3 anos de namoro e muitos planos feitos com Daniel, Raquel descobre que interessado no dinheiro ele se casou com a filha de um usineiro sem avisá-la, deixando-a para trás com o coração partido e então, após outras decepções em sua vida, ela decide ir embora para São Paulo tentar uma vida melhor para estudar e realizar seus sonhos.

E por outro lado vamos conhecer Aron, um jovem herdeiro de uma grande empresa que acabou de voltar de um MBA nos EUA e que por não querer um relacionamento sério só quer saber de curtir e aproveitar a vida, até que o seu caminho cruza com o de Raquel e ele se vê fazendo tudo o que sempre afirmou que não faria.

Que leitura deliciosa! Esse foi o 2º livro que leio da autora e mais uma vez sua escrita e personagens me conquistou. O que mais gosto nos livros da Celina é que ela não foca apenas em um personagem, ela nos apresenta vários personagens ao longo da história e em certo momento seus caminhos se cruzam de alguma maneira e isso nos deixa ávido por mais e devoramos as páginas sem ver, esse é o tipo de leitura que não sabemos se lemos rápido para ver o que vai acontecer ou devagar para não despedir dos personagens.

Aqui temos uma narrativa informal e regionalista e em 3ª pessoa, e os capítulos intercalam o ponto de vista de vários personagens nos dando assim uma visão ampla da história que além de nos deixar mais próximos deles, nos insere em seu universo e nos faz sentir suas dores e nos deixa torcendo por um desfecho positivo para todos, e o coração ficou quentinho com o desfecho amarradinho sem nenhuma ponta solta e com a justiça sendo feita e cada um recebendo exatamente o que merece.

Outra coisa que gosto nos livros da autora é que ela sempre trás críticas sociais em seus enredos através dos temas pertinentes e que condizem com a nossa realidade atual que ela aborda, aqui ela abordou com maestria a intolerância religiosa, o preconceito social, o machismo, o regionalismo entre outros, o que torna a leitura prazerosa e reflexiva, duvido você ler algum livro da autora e não terminar a ultima página sem ter se identificado ou aprendido algo com alguma situação vivida pelos personagens.

Essa é uma história sobre escolhas e suas consequências, e de não desistir dos nossos sonhos porque nem sempre as coisas saem como planejamos, mas se persistimos tudo pode acontecer e melhor do que esperamos.

❝— Vou escalar o topo da montanha sozinha – afirmou decidida.
— Raquel subir ao topo, é só metade da escalada. A outra metade é descer, tão perigosa quanto subir. O grito de vitória deve ser dado do sopé e não do topo.❞
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



Rhayane.Nascimento 30/03/2022

Livro inspirador, crítico e extremamente necessário
Preciso ser sincera e dizer que esse livro me tocou em diversos momentos e desde do começo me senti conectada a ele de uma maneira que não soube explicar. Raquel uma galopeira além de seu tempo, mesmo depois de ter se desiludido e se magoado muito com um amor que ela achava que tinha ao invés de se perder na mágoa, simplesmente decidiu que não só precisava seguir sua vida, mas também agregar mais sentido ainda a ela, buscando seu sonho e correndo atrás do que queria.

Sempre muito querida por todos, essa menina doce ainda carregava no peito uma mágoa que só um novo amor poderia curar. O livro traz em vários momentos assuntos de importante discussão como: intolerância religiosa, casamento arranjado, infidelidade matrimonial, moralidade, drogas e vícios, assédio, preconceito racial, classes sociais e todo o precipício de diferença entre elas, até mesmo sobre as cicatrizes da ditadura no Brasil, principalmente por causa do período histórico em que o livro se passa.

É lindo ver que Aron apesar de ser um rapaz namorador, que nunca pensou em relacionamento antes, desde da primeira vez que vê Raquel começa a duvidar de todas as suas convicções e se torna quase um menino ao lado dela, sem saber como agir e tendo como único objetivo tratá-la bem na esperança de um dia ter seus sentimentos correspondidos, sem em nenhum momento forçar a barra, ele sempre tentou seguir o tempo dela, e aguardou na dele, porque o amor dela viria na hora certa.

Raquel passou por diversas provações, mas sua persistência, força de vontade e lealdade a levaram muito mais longe do que ela poderia imaginar um dia. Levando sempre consigo humildade, o amor pelos animais, pela sua cidade natal: Otinga e suas amizades verdadeiras do lado e amor pelo seu pai, foi lindo acompanhar a história e a trajetória de Raquel.
comentários(0)comente



Mahh 29/03/2022

Amei
Gente esse livro do começo ao fim é intenso ,me fez chorar , me apaixonar , me desesperar e por fim ficar aliviada ,a história da Raquel é tão marcante de diversas formas.
comentários(0)comente



Ana 29/03/2022

Adorei o livro
Um livro bastante surpreendente, que superou minha expectativas. Foi meu primeiro contato com a autora e gostei da escrita dela, que é leve, fluida e traz reflexões nessa história sensacional.

A história se passa no final dos anos 80 numa cidade pequena chamada Otinga. E lá mora Raquel, uma jovem que ama os cavalos e galopar, tem ambição de estudar agronomia e é apaixonada por Daniel. Ambos tinham um sonho de ter um haras, mesmo eles sendo de famílias pobres.
Eles até haviam feito planos de estarem juntos, mas o destino mostrou a verdade face de Daniel, um rapaz ambicioso que se casou com a filha de um usineiro por causa de dinheiro.

Apesar da desilusão, Raquel correu atrás e foi para São Paulo focar nos seus estudos e lá conhece Aron, um jovem que veio dos EUA, herdeiro de uma grande empresa e que só quer curtição na vida. Com o tempo e imposição de seu pai, Aron começa a criar responsabilidades e observar que depois de conhecer Raquel, a vida de curtição já não fica mais tão interessante.

Um ótimo para quem quer ler um romance bem escrito que traz temas importantes para reflexão, como machismo, preconceito, regionalismo, entre outros.
comentários(0)comente



Ramona 28/03/2022

Ameei
Uma história muito rica, com personagens extremamente complexos, não tenho palavras pra descer o sentimento de alegria que fiquei ao terminar de ler, magnífico!!!
comentários(0)comente



Pam 24/03/2022

Você precisa conhecer essa galopeira..
Raquel, uma destemida galopeira do interior, vê seus sonhos irem por água abaixo, quando de repente sofre uma desilusão amorosa que causa grandes repercussões em sua vida. Como se não fosse suficiente, nossa protagonista ainda enfrenta discussões turbulentas entre seus pais, pela divergência religiosa. E ainda, sua melhor amiga precisa urgentemente de ajuda, pois está envolvida com drog@s.

Mas, mesmo nessa situação complicada, quem disse que Raquel abaixa a cabeça? Ao contrário, encara tudo com garra e resistência, passando por cima de todos obstáculos e nos mostrando a mulher forte que é!

Raquel tem duas paixões que me encantaram: jogar xadrez e cavalgar. O amor dela por ambos, é nítido e nos conquista desde o início. Ela passa os dias dessa maneira, até que devido à um acontecimento impactante, Raquel decide se mudar para a capital de São Paulo.

Nesse contexto, conheceremos Aron, um herdeiro milionário, criado para assumir o comando das empresas do pai, e casar-se com uma moça da mesma classe social. O único problema, é que Aron não quer compromisso sério com ninguém! Bem.. até seu destino se cruzar com o de Raquel.

Primeiramente, se você acha que esse é só mais um romance clichê, não se engane! O livro não é apenas sobre o romance entre os protagonistas. Celina vai muito além disso!

Na narrativa em terceira pessoa, a autora vai nos apresentando parte da rotina de cada personagem secundário, que no desenrolar da história vão compondo o enredo e se entrelaçando uns com os outros. Assim, Celina aborda vários temas relevantes e faz diversas críticas sociais, num livro ambientado nos anos 80, que se torna bastante atrativo.

A autora cita e desenvolve muito bem assuntos de política, machismo, preconceito, intolerância religiosa, drog@s, vícios e muito mais.

Aliás, gostei bastante da forma como ela inseriu os vícios na obra. Nada foi romantizado aqui!

São tantos personagens e tantas questões reflexivas que eu poderia ficar o dia todo aqui, elogiando a construção e desenvolvimento desse livro.

Ademais, finalizo dizendo que é um dos poucos que pretendo reler ainda esse ano! Certamente me proporcionará uma nova experiência reflexiva.
comentários(0)comente



39 encontrados | exibindo 1 a 16
1 | 2 | 3


Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com a Política de Privacidade. ACEITAR