O Príncipe Gato e a Ampulheta do Tempo

O Príncipe Gato e a Ampulheta do Tempo Bento de Luca




Resenhas - O Príncipe Gato


57 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4


Lucy 05/07/2020

O Príncipe Gato e a Ampulheta do Tempo
O Príncipe Gato veio de Marshmallow por um buraco de minhoca para São Paulo encontrar um objeto que é capaz de salvar sua terra.
Estava em uma livraria lendo livros sobre catedrais e conhece um jovem de nome Hugo.
Agora os dois vai partir no encalço do objeto.
Vão encarar muitos perigos para encontrar a Ampulheta do Tempo.

Amo esse livro. Foi o responsável por eu tomar o gosto por outras coisas, pois antes só lia poesia.
comentários(0)comente



Vera 08/05/2020

A narrativa ocorre de forma alternada, sob três óticas: a do príncipe Gato, a do humano Hugo e a do rato Eleanor.
Algumas vezes apresenta uma leitura morosa, outras mais excitantes !!

A personalidade marcante e peculiar do felino predomina na contação da história.
-----> Amantes de gatos sabem bem como eles conseguem parecer tão insensíveis e chatos, mesmo sendo tão amáveis

O inesperado estreitamento da relação entre os personagens, dá vida a uma aventura cheia de magias e esperança!!


Ansiosa pela leitura da sequência - O Príncipe Gato e a flor cadáver.
comentários(0)comente



Suellen 14/03/2020

Queria poder agradecer ao vendedor na bienal do livro que me indicou esse livro.
Príncipe Gato (sim, é um gato e ele tem mais ou menos 1m e é bípede) que vem a São Paulo através de um buraco de minhoca (viagem entre mundos) que vai dar no Parque Trianon.
Ele está a procura de uma ampulheta, a ampulheta do tempo, para salvar o seu mundo, Marshmallow.
Para essa tarefa ele conta com a ajuda de Hugo, um ser humano e Eleanor, um rato.
A história tem uns toques de ironia e humor. É super envolvente e com uma leitura bem gostosa.
Adorei e recomendo!

site: https://www.instagram.com/sula_fenix_
comentários(0)comente



Kymhy 01/04/2018

O Príncipe Gato e a Ampulheta do Tempo - Bento de Luca
Hugo não esperava encontrar um gato enorme que anda, fala e diz ser o príncipe de um reino chamado Marshmallow. Agora ele terá que ajudar o felino a encontrar a Ampulheta do Tempo antes que seja tarde demais.

site: https://gatoletrado.com.br/site/resenha-o-principe-gato-e-ampulheta-do-tempo-bento-de-luca/
comentários(0)comente



patyalgayer 02/02/2016

Já tinha lido O Príncipe Gato e a Ampulheta do Tempo uma vez antes, mas acabei não conseguindo comprar os outros volumes e, consequentemente, não prossegui na leitura da trilogia... Agora que finalmente tomei vergonha na cara e comprei os outros livros, resolvi retomar essa história incrível, e reler o primeiro volume, para voltar a me ambientar na trama! E posso dizer que, mesmo já sabendo o que viria a seguir, voltei a me sentir completamente imersa nas aventuras de Hugo, do Príncipe Gato e de Eleanor... este livro é viciante, com certeza vale a pena ler!

Não há muito o que em possa contar da história que já não esteja na sinopse (aliás, podem lê-la sem medo, no link acima, que não contém spoilers), então vou me ater mais às minhas impressões sobre a obra... que, claro, são as melhores possíveis! Os autores da obra (Marcelo Siqueira e Gustavo Almeida, sob o pseudônimo de Bento de Luca) conseguiram criar uma trama fantástica, cheia de aventuras e reviravoltas, que mistura nosso mundo com o fantástico reino de Marshmallow de uma forma totalmente natural... a impressão que dá é de que Marshmallow realmente existe, e que a qualquer momento podemos nos deparar com o Príncipe Gato correndo por aí, com seu 1m de pura coragem e audácia, combatendo alguns feiticeiros em companhia do humano Hugo e do rato Eleanor! O enredo é incrível, a aventura alucinante, e o final deixa um gancho que te deixa louco para ler a continuação... sinceramente, não sei como passei tanto tempo sem ler o volume 2; agora mesmo, já estou me roendo de vontade de continuar a leitura!

Outra coisa que chama a atenção são os personagens: desde o "estouradinho" Príncipe Gato ao nobre e inteligente Eleanor, passando por Hugo, Edgar, e mesmo os temíveis Feiticeiros, todos são muito bem delineados, cheios de personalidade e absolutamente memoráveis... e, antes que me perguntem, sim, a história tem animais como protagonistas, e um mundo chamado Marshmallow; mas não, este não é um livro infantil, ok? É uma trama muito bem conduzida e um young adult de primeira, com personagens diferentes e super cativantes! Além disso, as ilustrações contidas no site da série ajudam ainda mais na caracterização dos personagens, e fazem com que seja ainda mais fácil imaginar a trama no geral... vale a pena a visita! ;)

Enfim, termino esta resenha dizendo que O Príncipe Gato e a Ampulheta do Tempo é uma obra primorosa de aventura e fantasia, que não pode faltar em sua estante; leia, com certeza vale a pena! Eu já li duas vezes, e posso dizer que cada uma delas foi uma aventura indescritível... uma obra nacional de indiscutível qualidade!! Quanto a mim, já estou retirando O Príncipe Gato e a Flor Cadáver da estante, para saber logo o que virá a seguir... não vejo a hora de ver o que aconteceu após aquele final bombástico!!

site: http://magicacult.blogspot.com.br/2016/02/o-principe-gato-e-ampulheta-do-tempo.html
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



Mih 05/03/2015

Lindo!
Um livro pra lá de lindo e encantador, cheio de magia, personagens fofos, lugares mágicos e tudo mais. O mais incrível é que o livro se passa no Brasil, achei isso fantástico e raro de se ver hoje em dia em livros de fantasia nacionais. O personagem principal me lembrou bastante o gato de botas do Shrek, e isso foi bastante positivo pra mim. Uma história linda sobre coragem, amizade, com um ritmo muito gostoso e que me prendia de uma forma muito boa. Ainda não tive a oportunidade de ler o segundo, mas com certeza comprarei o segundo e o terceiro na primeira oportunidade. Meus parabéns aos autores (fiquei surpresa ao descobrir que é uma dupla). Recomendo e indico!
comentários(0)comente



Ana Valentina 24/02/2015

O livro O Príncipe Gato e a Ampulheta do Tempo é narrado em 1º pessoa pelo Hugo, só que lá pela metade do livro somos presenteados por capítulos narrados pelo Príncipe Gato e também pelo Eleanor; o livro foi muito bem escrito e a linguagem é simples e muito fluída, me prendi na história logo na primeira página, sem falar que essa capa é perfeita, bem como toda a diagramação do livro
comentários(0)comente



Carpe Libri 23/02/2015

Olá, pessoas. A princípio já aviso que, se você não leu o primeiro livro, não leia este também, pois se trata do segundo volume da Série The Body Finder, "Desejos dos Mortos", de Kimberly Derting, publicado pela Editora Intrínseca em 2012.

Então, imaginem uma garota que poderia ser totalmente comum, mas que possui o dom de achar cadáveres, corpos de animais e pessoas que foram assassinados. Se interessou? Pois essa é a situação de Violet, que convive com todos os dilemas dos 16/17 anos, a relação com o boy magia, os amigos e os não tão amigos, a escola, os pais preocupados e, é claro, os corpos que ela acha pelo caminho.

No livro anterior acompanhamos Violet com sua paixão não correspondida, ou ao menos ela pensava, por Jay, seu melhor amigo, e sua busca por um serial killer que estava matando garotas da idade de Violet e muito próximo à sua casa. Como falei na resenha anterior, eu gostei muito do primeiro livro, especialmente por nem tudo ser focado em uma característica só da personagem, ela encontra cadáveres, mas ok, viveremos com isso e vamos lidar também com outros aspectos da personalidade dela. E é dessa forma que continuamos com o segundo volume da série, onde Violet e Jay estão juntos e felizes, ou quase, já que temos um rola e não rola na situação. Continuamos com alguns velhos personagens, como Chelsea, Jules e Claire, e somos apresentados a dois alunos novos, Mike e Megan, irmãos, que começam a se integrar com o grupo já existente. E novamente, temos Violet descobrindo um eco em um contêiner fechado na área do porto de Seattle. O que ela não sabia era que o eco era do corpo de um garotinho, sequestrado há algum tempo e, por ter sido identificada como a pessoa que chamou a polícia, Violet passa a receber a visita de Sara Priest, agente do FBI que parece muito interessada em como a garota conseguiu descobrir sobre o corpo do garoto, além de Rafe, um [tchutchuco] cara que trabalha junto com Sara e que parece entender o suficiente sobre a forma como Violet lida com seu dom.

Nesse miolo, temos Violet tentando descobrir mais sobre a história de Mike e Megan, Sara Priest e Rafe aparecendo em vários momentos, rola um ciúme básico, obviamente, e também temos alguém com uma curiosa obsessão por Violet, e talvez querendo o pior. Já deu pra ver que alguma coisa vai sair errado na história, né? E é justamente nesses errados que eu gostei do livro. Como já falei, embora o interesse sobre o dom de Violet aumente nesse livro, ele não é necessariamente o foco, ele começa a se inserir mais na história, com a personagem percebendo que pode usá-lo para mais do que apenas enterrar os animais que encontra no bosque perto de sua casa. É um aumento gradual. Além disso, não temos um romance tão meloso, nem tão vulgar, com Jay e Violet ainda se acostumando com a nova situação. Temos ótimas cenas engraçadas, uma dose correta de mistério e perigo, novos personagens e situações. Confesso, estou gostando cada dia mais da série e achando que Kimberly Derting ainda tem muito potencial a explorar em seus livros. É leitura recomendada para todos.
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



Paulo Wotckoski 01/10/2014

Surpreendente
'O Príncipe Gato e a Ampulheta do Tempo' é um livro que queria a muito tempo, mas algo me fazia enrolar para ler este. Depois de terminar, tive a sensação de que deveria ter lido esse livro faz muito tempo! Surpreendente.
Os capitulos são alternados entre os personagens, o que achei que seria uma ótima forma de explorar os personagens, mas não foi bem assim. Depois da sequência inicial de capítulos narrados pelo Hugo, há vários do Príncipe Gato, que aparenta tomar posse das páginas. No fim, os autores poderiam ter usado isso para explorar a doença do Hugo e a paixão dele. E Eleanor (personagem favorito) ao fim teve apenas um capitulo.
Mas os personagens ainda sim são bem construídos e não tem como não criar afeto por algum deles.
Outro ponto positivo no livro foi como essa alternância entre os personagens era bem utilizado para criar o climax e deixa o leitor desesperado por saber mais. Me via desesperado passando as páginas. E as pontas soltas a serem reveladas nos próximos livros são no minimo, intrigantes.
As descrições dos cenários são muito boas e fazem o leitor saltar para dentro das páginas.
Em suma, O Príncipe Gato aparenta ser apenas um livro infanto-juvenil como os outros. Apenas aparenta. Essa sensação é totalmente contrariada logo nos capítulos iniciais, onde se descobre um livro criativo e totalmente original.
comentários(0)comente



Lara Albuquerque 29/09/2014

Começo de uma lenda.
Imaginem vocês, ao entrar em uma biblioteca ir para a sessão de livros raros e ver um gato. Sim, um gato! Mas não um gato comum e sim um gato que fala e alega ter atravessado um Buraco de Minhoca (túnel que separa duas dimensões) parando em São Paulo, em busca de uma relíquia para salvar seu mundo que se chama Marshmallow e está a beira da destruição. Conseguiram imaginar? Não?! Então vocês tem que ler esse livro, porque só assim vocês vão acreditar nessa maluquice toda.

O Príncipe Gato, de Bento de Luca foi publicado pela editora Novo Século e tem uma história bem exótica e diferente do que costumamos ler por aí (pelo menos eu).

Tudo começa com um humano, aparentemente normal, chamado Hugo que vai à uma biblioteca e encontra esse estranho gato que era muito maior do que os gatos normais de São Paulo, pensava que estava louco o pobre Hugo. Quando esse tal Gato arma um encontro com Hugo para dizer o que lhe trazia ali e que precisaria de ajuda em sua missão é que Hugo pensa que enlouqueceu de vez e tenta não acreditar nas maluquices que ouvia sobre um outro mundo, um gato falante que se intitulava príncipe desse tal mundo, porque aquilo tudo não podia ser real, pelo menos ele pensa que não.

Depois de vários bate-bocas entre um gato e um humano, eis que o humano Hugo decide ajudar o Príncipe Gato a procurar essa importante relíquia que pode salvar o mundo dele, e o que é esse objeto tão valioso? Uma Ampulheta do Tempo, capaz de feitos inimagináveis. Mas não se sabe onde está a Ampulheta, mas o gato acredita que existem pistas espalhadas por São Paulo que podem ajudar na busca e é assim que a aventura começa, aventura essa que carrega grandes obstáculos e perigos.

Esse livro foi, para mim, algo novo, pois nunca li livros cujos protagonistas fossem animais, e ainda por cima animais felinos (confesso não gosto muito de gatos) e tenho que falar que está sendo uma experiência incrível ver os animais de outra forma, ver a cidade de São Paulo de outra forma. Agora existe uma coisa mais mágica lá e isso é incrível! Às vezes penso estar meio maluca, porque já me apeguei a Marshmallow, até me imaginei como uma habitante de lá. Lendo o livro, teve horas que eu tinha que parar um pouco, porque algo muito surpreendentemente, incrível ou triste havia acontecido, confesso que chorei em uma parte específica do livro. Ah coisas bem imprevisíveis, então quem for ler: preparem seus corações. O Príncipe Gato e a Ampulheta do Tempo é o primeiro livro de uma trilogia que, com certeza, será emocionante.

Pra quem quise ver mais resenhas cou deixar meu site abaixo.

site: http://www.carpelibri.com.br
comentários(0)comente



Felipe Miranda 10/01/2014

O Príncipe Gato - Bento de Luca por Oh My Dog estol com Bigods
O reino de Marshmallow corre grande perigo e o único que pode salva-lo da destruição é o príncipe gato. Através de um Buraco da Minhoca(túnel interdimensional),o príncipe gato vem até o mundo dos humanos,mas precisamente em São Paulo,em busca da Ampulheta do Tempo,que é o objeto que pode salvar Marshmallow do seu fim.

Como a própria sinopse diz,seres malignos também conseguiram passar pelo Buraco da Minhoca,seres que querem dominar Marshmallow,seres que também estão em busca da Ampulheta do Tempo,os terríveis Feiticeiros. O Príncipe Gato não contava com os Feiticeiros na sua cola,e muito menos em ser visto por um humano,mesmo tomando todos os cuidados possíveis,o que não é uma tarefa fácil,sendo ele um gato três vezes maior que qualquer gato de tamanho normal.

Esse humano foi Hugo.

O Príncipe Gato precisava tomar alguma atitude,Hugo poderia ser um problema e isso atrapalharia seus planos,Hugo tinha que morrer. Mas algo fez com que o Príncipe hesitasse,talvez seria melhor conhece-lo melhor,algo em comum eles já tinham,ambos tinham um olho verde e outro castanho.

O Príncipe então resolve roubar algo precioso de Hugo e obriga-lo a ajuda-lo nessa busca pela Ampulheta do Tempo,em troca de seu pertence. Mesmo não acreditando em tudo que estava acontecendo,Hugo resolve ajudar aquele gato enorme príncipe de um reino chamado Marshmallow.Chegava a ser ridículo,Hugo esperava acordar logo daquele sonho estranho.

Começa então a busca pelo objeto que poderia salvar muitas vidas,busca nada fácil,já que os Feiticeiros também haviam passado pelo túnel e iriam fazer o que fosse preciso para encontrar a Ampulheta do Tempo,até aprisionar almas de pessoas inocentes,transformando-as em bonecos. Mas Hugo e Príncipe Gato não estão sozinhos nessa,eles vão contar com a ajuda de Eleanor,um pequeno roedor dono de uma inteligência absurda,um verdadeiro sábio que até artes marciais domina.

Essa estória me cativou bastante,uma trama tão absurda que num todo deu muito certo.
Um gato príncipe de um reino chamado "Marshmallow",não foi apenas Hugo que achou estranho,eu também achei no mínimo "diferente".Um rato mais esperto que eu leitor,Hugo e o Príncipe Gato juntos.
E Hugo,um maluco de entrar numa aventura tão louca como essa,mas vejam bem,acho que Hugo só entrou nesse porque sua vida estava sem muitos sentidos,morava sozinho,ainda não tinha se recuperado de um fim de relacionamento,e o pior sofria de câncer.

O livro é narrado por Hugo,Príncipe Gato e Eleanor,alternando os pontos de vistas de cada um á cada capítulo.A ironia presente no relacionamento dos personagens deixa a trama mais divertida.
Os ambientes do enrendo são incríveis,bastante fantásticos e surreais,muitos momentos de aventura,regados a perseguições,batalhas e descobertas a cada página.

Acho que a força do livro se define na amizade dos três personagens,que se fortalece com o decorrer dos acontecimentos.
O final do livro é impressionante,deu o desfecho de algumas coisas,mas deixou muitas outras para serem reveladas na continuação da trilogia.
Aguardo ansiosamente pelo próximo livro,espero que não demore tanto.
Resumindo tudo: foram momentos de puro prazer com esse livro em mãos,super recomendo.
Abraço para os autores que me enviaram um exemplar do livro, sucesso sucesso sucesso pra vocês.

site: http://www.ohmydogestolcombigods.com/2011/11/o-principe-gato-bento-de-luca.html
comentários(0)comente



Danielle 27/09/2013

Resenha – O príncipe gato e a ampulheta do tempo – Bento de Luca
O príncipe gato e a ampulheta do tempo é um livro de fantasia e o primeiro de uma trilogia.
Logo no início do livro no deparamos com Hugo em uma biblioteca, e quando ele entra na seção de livros raros se depara com gato lendo um livro e pensa estar tendo uma alucinação. Então quando Hugo chega ao seu apartamento após tomar banho encontra um bilhete no lugar de um pingente de grande valor sentimental pedindo um encontro e quando Hugo vai ao local marcado se depara com o gato da biblioteca, que está armado.
Hugo repara que o gato tem as mesmas cores de olhos que ele, um verde e outro castanho, apenas coincidência?
O gato além de ler livros também fala, e se apresenta para Hugo como o príncipe de Marshmallow, uma dimensão paralela onde ele atravessou através de um portal chamada buraco de minhoca no parque onde eles se encontram. O príncipe está à procura de algo chamado Ampulheta do Tempo para salvar seu reino da destruição e precisa da ajuda de Hugo, chantageando-o de posse do pingente do rapaz. Hugo resolve ajudar o gato e juntos eles encontram mais um amigo para ajudar chamado Eleonor que é um rato falante e essa turminha irá correr contra o tempo com muita aventura para encontrar a ampulheta do tempo.
Um livro que mescla aventura, fantasia e um pouco de comédia, a leitura foi muito prazerosa e divertida, os personagens são bem marcantes e a trama bem amarrada, cheio de reviravoltas e o final me deixou ansiosa pelo próximo volume que já foi lançado (ainda bem).
Recomendo a leitura a todos os fãs de fantasia, não tem como não se encantar pelo Príncipe Gato.


site: minhasresenhasdp.blogspot.com.br
comentários(0)comente



57 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4