Sem você não é verão

Sem você não é verão Jenny Han




Resenhas - Sem Você Não É Verão


63 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4 | 5


So 21/10/2019

Uma ponte
Particularmente não achei esse livro muito relevante. A protagonista tem preocupações muito infantis e segue muito indecisa espero que seja uma ponte para o livro final e que ela amadureça
comentários(0)comente



Thatá 14/10/2019

Amei
Difícil decidir qual casal eu quero ? espero que no terceiro livro eu consiga decidir e amar o casal ???
comentários(0)comente



Pipoca Nerd 09/10/2019

Resenha do livro Sem Você Não é Verão de Jenny Han
No primeiro livro conhecemos a vida Belly, a jovem que tem os dois melhores amigos que a vida poderia fornecer e acaba loucamente apaixonada por um, Conrad, enquanto Jeremiah segue apaixonado por ela. Acontece que os dois irmãos estão caidinhos pela protagonista, mas os olhos delas estão focados no mais velho.

Nesse meio tempo temos a história de Suzannah, mãe dos meninos Fisher e melhor amiga da mãe de Belly, Laurel. Quando eu li o título desse livro, achei que tinha tudo a ver com os meninos e esse amor adolescente, mas não, meus amigos, simplesmente não. E preciso dizer que esse livro pisou no meu coração por diversas e diversas vezes. Em alguns momentos eu precisei engolir o choro e parecer uma menina forte e segura.

Jenny Han como sempre tem o talento de nos envolver com seus personagens e suas dores. Enquanto o mundo dos meninos e de Belly parece se esvair aos poucos, temos a dor de Laurel e um sentimento de “e agora?” que persiste.

O livro tem romance. Pelo menos é o que a gente espera de um romance caótico e confuso. Eu ainda continuo no team Jeremiah e tô louca pra saber o que vocês acham disso.

Nesse livro, Belly tem que ajudar Conrad que não ta sabendo lidar com uma grande perda e ao mesmo tempo ela não sabe o que fazer com a própria dor. Jeremiah continua sendo um fofo e complica ainda mais a vida de Belly quando ele decide tomar uma atitude. De volta à casa de verão, os três passarão por algumas tretas e rola até uma bebedeira de tequila. Quando se vê sem opção e totalmente embriagada, Belly liga pra mãe e pede ajuda. É aí que vemos a força de Laurel e como uma mãe consegue cuidar de todos. AMEI VOCÊ, LAUREL 💕

Sem você não é verão é incrível como a gente já esperava. Eu levei mais de 90 páginas para entender o fim do primeiro livro e quando terminei esse segundo continuei incrivelmente ansiosa por mais. O que vai chegar em breve pra vocês, porque eu não sossego enquanto não terminar essa trilogia e saber o que aconteceu na vida desses meninos.

Continuo odiando a Taylor e o Adam.

Continuo achando o Conrad um saco.

Continuo querendo bater no Jeremiah.

E senti falta do Steven.

Mas são emoções, não é mesmo? Dificilmente uma autora consegue nos fazer sentir algo por TODOS os personagens ao mesmo tempo. Porque normalmente ela apaga um personagem ou outro, são apáticos e sem graça… Mas como a Jenny é diferente, meus amigos. Você mal sabe pra onde olhar e quando vê, não sabe nem o caminhão que lhe atropelou.

Espero vocês para me contar o que estão achando e torcer comigo pelo casal preferido. Em breve chegamos com o final dessa trilogia e eu não vejo a hora. Se você ainda não leu e nem sabe do que tô falando, procura logo e vem ler comigo. Não fique de fora desse verão maravilhoso.

Até breve.

site: http://pipocanerd.com/livros/resenha-do-livro-sem-voce-nao-e-verao-de-jenny-han/
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



@caixa.postal 24/09/2019

Iluminou meu coração!
Quando comecei o segundo livro dessa trilogia, eu pensei: "Espero que essa protagonista cresça e amadureça nesse livro!". Até mais da metade do livro eu tive a certeza de que a autora definitivamente não leu meus pensamentos.

Essa trilogia foi escrita por Jenny Han antes do sucesso "Para Todos os Garotos que já Amei" e, por isso, é possível notar que a história em si, embora seja muito bem escrita e cujo enredo seja bem elaborado, tem algumas falhas.

Nessa continuação, voltamos à casa de verão um ano depois, onde tudo havia mudado: Susannah já havia partido, Conrad havia sumido e Jere acionara Belly nessa missão de encontrá-lo - e é aí que todos se encontram na casa novamente.

Em alguns momentos eu achei a história um pouco massante e repetitiva. Belly passa vários e vários capítulos sofrendo por seu amor não correspondido por Conrad e isso me incomodou um pouco. Ok, temos que levar em conta que ela é uma adolescente e todos nós já passamos por isso, mas, comparando-a com a minha amada Lara Jean, Belly parece uma criança de 10 anos de idade.

Porém, eu achei muito tocante a forma como o luto foi abordado. Eu já passei pela mesma situação (perdi minha mãe pro câncer) e as passagens que a autora inseriu no livro são muito reais.

Por fim: esse final... É de ensolarar qualquer coração!

site: https://www.instagram.com/caixa.postal/
comentários(0)comente



Renata.Oliveira 18/09/2019

Um ano após ter vivido um verão inesquecível, Belly está de volta a casa de praia junto com Jeremiah e Conrad . Porém agora tudo está diferente, os três estão passando por um momento muito difícil e estão lutando para consertar as coisas e ter fazer tudo voltar a ser como antes.

Diferente do primeiro livro da trilogia, Sem você não é verão também aborda perspectiva de Jeremiah, tornando-se mais interessante pois possibilita o leitor conhecer os diferentes pontos de vista dos personagens.

Além de abordar temas corriqueiros da adolescência, aborda outros assuntos muito pertinentes como conflitos familiares, términos e luto. Tornando -se uma história emocionante e com um final surpreendente.
comentários(0)comente



Lumi 13/09/2019

Logo após um acontecimento importante a vida de todos os personagens é impactada em Sem você não é verão.
Começamos a leitura já sabendo o que ocorreu de trágico na vida dos protagonistas e sabemos também que Belly finalmente está em um relacionamento com Conrad, mas as coisas não vão tão bem assim.

Nesse livro os capítulos se alternam entre as narrativas e memórias de Belly e Jeremiah. Isso fez toda a diferença pra eu conseguir ter um quadro geral da história e das cenas que cada um descrevia a partir do seu ponto de vista.

Belly está solteira e deprimida, travando uma batalha interna de como lidar com Conrad, sendo que ainda o amava mas claramente ela não tinha significado nada pra ele; é quando surge Jeremiah pra montar um triângulo amoroso confessando estar apaixonado. Sempre presente e se importando com o bem-estar dela, faz a gente torcer pra ela dar uma chance pro o irmão que poderia fazê-la feliz.

O final desse livro tem um salto ainda maior no tempo e eu só posso dizer que: TERMINEI ESSE LIVRO DESESPERADA PRA LER O TERCEIRO DE TÃO CHOCADA QUE FIQUEI COM AS POUCAS INFORMAÇÕES QUE ME FORAM ESFREGADAS NA CARA!

PS: Depois de terminada a trilogia que eu fui entender o verdadeiro significado do título desse livro, faz todo o sentido e é bonito demais. ♥


Pra quem se interessar tem a resenha completa lá no meu blog. ;D

site: https://lumireads.wordpress.com/2019/09/22/resenha-trilogia-verao-jenny-han/
comentários(0)comente



Thamara 10/09/2019

Geralmente sou fã de triângulos amorosos, mas esse é uma exceção.
Quando comecei a ler esperei ver o amadurecimento dos personagens, o que claramente não aconteceu.
O livro todo se passa em um ciclo: as coisas estão bem, Belly da um jeito de estragar tudo. Isso me irritou e me cansou ao decorrer da história, e confesso que o que me fez continuar a leitura foi o Jeremiah, o único personagem que salva. Amei os capítulos narrados por ele.
No próximo espero ver o desenvolvimento do Conrad e o amadurecimento da Belly, também espero que o Jeremiah abra os olhos e não se deixe ser usado porque ele é um amorzinho e bom demais pra isso.
Mayhara 25/09/2019minha estante
A coisa que mais me irritou nesse livro foi a falta de amadurecimento do Conrad e da Belly, bom saber que não fui a única a se incomodar com isso.




taiskamozaki 08/09/2019

Uma flor desabrochando no verão!
Quando comecei o segundo livro dessa trilogia, eu pensei: "Espero que essa protagonista cresça e amadureça nesse livro!". Até mais da metade do livro eu tive a certeza de que a autora definitivamente não leu meus pensamentos.

Essa trilogia foi escrita por Jenny Han antes do sucesso "Para Todos os Garotos que já Amei" e, por isso, é possível notar que a história em si, embora seja muito bem escrita e cujo enredo seja bem elaborado, tem algumas falhas.

Nessa continuação, voltamos à casa de verão um ano depois, onde tudo havia mudado: Susannah já havia partido, Conrad havia sumido e Jere acionara Belly nessa missão de encontrá-lo - e é aí que todos se encontram na casa novamente.

Em alguns momentos eu achei a história um pouco massante e repetitiva. Belly passa vários e vários capítulos sofrendo por seu amor não correspondido por Conrad e isso me incomodou um pouco. Ok, temos que levar em conta que ela é uma adolescente e todos nós já passamos por isso, mas, comparando-a com a minha amada Lara Jean, Belly parece uma criança de 10 anos de idade.

Porém, eu achei muito tocante a forma como o luto foi abordado. Eu já passei pela mesma situação (perdi minha mãe pro câncer) e as passagens que a autora inseriu no livro são muito reais.

Por fim: esse final... É de ensolarar qualquer coração!

site: https://www.instagram.com/caixa.postal/
comentários(0)comente



Iane.Ramos 12/08/2019

Muito bom de ler
De novo um livro bem fácil e leve de ler, que te prende do início ao final. Esse eu me emocionei demais, e amei como a Susannah tá tão viva na história, aqueceu meu coração. Só não vale às 5 estrelas pq teve algumas atitudes da belly que sinceramente, dava vontade de pegar ela pela mãozinha e falar: vem cá miga, vamo ter um papo sério. Maaaas o final me deu esperança, então é bom ela ficar com ele no final do terceiro livro se não sério. Vai ser a decepção.
comentários(0)comente



Fabi | @psamoleitura 29/07/2019

{resenha feita no blog PS Amo Leitura}
“Sem você não é verão” é o segundo livro da trilogia Verão, escrito pela autora Jenny Han e publicado pela Editora Intrínseca. Após todos os acontecimentos marcantes no primeiro livro – o verão que mudou minha vida –, nesse temos uma jornada diferente para Belly, Jeremiah e Conrad.

*resenha do segundo livro SEM SPOILER.

Isabel Conklin sempre teve um verão marcante.
Costumava passar na casa da praia com os garotos Fisher. Eles sempre estiveram ao seu lado e sempre aceitaram as diversas aventuras que Belly quisesse.

Apesar de serem totalmente diferentes – Conrad é ousado e inteligente, enquanto Jeremiah é engraçado e espontâneo – os três cresceram juntos e criaram um vínculo incrível e uma amizade indescritível.

Só que, diferente dos outros verões, esse será totalmente oposto. Muita coisa aconteceu há um ano. Alguns sentimentos surgiram e mudaram o rumo totalmente dessa amizade, assim como a perda de uma pessoa afetou a estrutura de todos.

Belly passará por um momento difícil, um conflito interno. Prestes a ingressar em uma faculdade, ela terá que lidar com todos os dilemas e sentimentos. Ela precisará deixar o seu coração falar mais alto. Será entre Jeremiah ou Conrad? Ou um novo garoto?

Nesse segundo livro da trilogia Verão, nós conhecemos Belly em uma fase um pouquinho mais adolescente. É quando ela precisa lidar com o primeiro amor e diversas questões delicadas que foram abordadas no primeiro livro – o verão que mudou minha vida.

Confesso que eu adoro um triângulo amoroso em livros.
Então tudo que a Jenny Han abordou até aqui foi algo gostoso de ler e bem leve. Porém em alguns momentos as atitudes de Belly deixaram um pouco a desejar. Apesar de ser uma adolescente, suas atitudes não estavam condizendo com sua idade, entende? Assim como a personalidade de Conrad e Jeremiah mudam nesse segundo livro.

Depois de algo que mudou tragicamente a vida deles, eles começaram a ver a vida de uma forma diferente e começaram a seguir um rumo diferente também. O que antes tínhamos dois garotos bem jovens, passando por alguns problemas, em “sem você não é verão” temos dois adolescentes lidando sozinhos com seus problemas, mas assim como a Belly, sofrendo pelo primeiro amor.

É bem compreensível o que acontece em cada capítulo e a forma como eles agem com determinado assunto, mas ainda assim queria ressaltar que apesar de ter ficado um pouco irritada com as atitudes de Belly, isso não atrapalhou a leitura. A autora soube como deixar um livro repleto de sentimento e emoção.

Até agora não vi muita diferença na escrita da autora.
Assim como na trilogia “para todos os garotos que já amei”, Jenny Han aborda as questões sobre coração partido, adolescentes e primeiro amor. Os temas são semelhantes e para quem gostou da outra trilogia, com certeza vai gostar dessa também.

Apesar de serem assuntos semelhantes, na trilogia Verão há algumas questões um pouco mais além. Questões que tocam um pouco mais no coração e te faz compreender alguns pontos. Isso, sem dúvidas, foi um grande boom para mim.

É realmente difícil escrever uma resenha de um segundo livro.
Pois há muitas questões que gostaria de abordar, mas que, para quem ainda não leu a série, seria spoiler e isso não é legal (não mesmo). Por isso escrevi alguns aspectos de forma um pouco superficial, mas que expressasse meu sentimento durante a leitura.

De qualquer forma, “sem você não é verão” é um livro com triangulo amoroso, a dor da perda e do primeiro amor, e com um final que te deixa de boca aberta pensando “como assim? Não acredito!” e você sente aquela necessidade de pegar o último livro da trilogia – sempre teremos o verão – e descobrir mais sobre aquele final arrasador.

A escrita da autora é realmente fluída, que conquista qualquer leitor que goste de um romance fofinho, estilo sessão da tarde. É impossível não se encantar com todos os personagens, amar alguns em determinados momentos, assim como odiá-los também.

Se você procura uma leitura leve, a trilogia Verão é uma boa pedida. Descubra o rumo que Belly tomou e com quem seu coração ficou.

site: https://www.psamoleitura.com/2019/07/resenha-sem-voce-nao-e-verao.html
comentários(0)comente



Livros e Abraços 27/07/2019

[RESENHA EM DUPLA]
[RESENHA EM DUPLA]
No ano passado os sonhos de Belly se tornaram realidade e o pensamento de um verão sem a praia de Cousins ​​era inconcebível, mas as coisas podem mudar. E quando Jeremiah liga para dizer que Conrad desapareceu, Belly deve decidir como vai passar este verão: perseguindo o rapaz que ama, ou, finalmente, deixá-lo ir.
🌊
Título: Sem você não é Verão
Autora: @jennyhan
Editora: @intrinseca
🌊
@rm.pri
O segundo livro da trilogia traz uma leitura mais madura, onde Belly e os garotos Fisher sofreram uma grande perda, fazendo-os enfrentar uma realidade dura enquanto amadurecem. O começo do livro me passou a impressão de que seria como o primeiro, do qual não consegui me envolver muito, mas não, esse livro tem um desenvolvimento maior. Embora Belly comece perdida, sofrendo pela perda e pelo abandono, ela está mais forte e segue com Jeremiah em busca de Conrad para ajuda-los no que precisarem, enquanto tenta resolver algumas situações que tem a mantido estagnada. O que eu mais gostei é que, mesmo nutrindo sentimentos tão fortes por Conrad enquanto ele continua sendo aquele enigma, ela está mais disposta a cuidar de si mesma, o que a permite olhar além e ver as pessoas com outros olhos, uma em especial. Resta saber o que o último livro nos reserva e se ela realmente se decidiu pelo irmão certo.
Vale 3,5 abraços.
🌊
@josyoliveira88
Neste segundo volume Belly se depara com a primeira perda em sua vida, de uma pessoa tão querida e amada por ela. Agora precisa aprender a lidar com o luto, seu desfecho com Conrad e a amizade com Jeremiah.
Podemos notar que Belly está amadurecendo, embora algumas vezes ela ainda tenha atitudes egoístas. Temos a oportunidade de conhecer a visão de Jeremiah, pois ele sempre se mostrou um menino alegre e sem preocupações, mas os poucos capítulos que ele narra só reafirmaram o quanto esse personagem é incrível. Talvez esse tenha sido meu livro preferido da série, muita coisa legal aconteceu, mas algumas atitudes dos personagens me irritam, principalmente as de Conrad. O final me surpreendeu um pouco. A autora já deixou um gancho para o próximo e último volume, o que me deixou querendo muito ler a continuação.
Vale 3 abraços 🤗🤗🤗

site: https://www.instagram.com/p/ByVaaAKDspN/
comentários(0)comente



Talita 23/07/2019

Como alguém pode ser apaixonar por esse Conrad? Ele não faz meu estilo, muito sombrio, carregado, um idiota na minha opinião.
comentários(0)comente



Aninha 30/06/2019

Muito bom
Gente que livro é esse?! Extremamente rápido e envolvente, é o tipo de livro que conseguimos ler em 1 tarde..
Amei demais e super ansiosa para saber o que irá acontecer com a Belly.
comentários(0)comente



Leticia.Viviane @livrosdaleti 25/06/2019

Sem você não é verão
Belly sempre passou seus verões em Cousins, junto da sua família e os garotos Fisher. Eram verões maravilhosos ao lado das pessoas que ela sempre amou.
.
Porém agora é diferente. Com uma peça fundamental faltando, este é o primeiro ano que ela passa o verão longe de Cousins e dos garotos.
.
Mas então ela recebe uma ligação de Jeremy, avisando que Conrad sumiu e que precisa de sua ajuda. Ela nunca negaria algo assim para Sussanah e seus meninos. Será que Conrad estava em apuros? .
Algo inesperado fez com que Belly e Jeremiah fossem atrás de Conrad, e mesmo sem querer, lá estão eles de volta em Cousins.
.

Neste volume Belly se depara com a primeira perda em sua vida, de uma pessoa tão querida e amada por ela. Agora ela precisa aprender a lidar com o luto, seu desfecho com Conrad e amizade com Jeremiah.
.
A história continua com insights entre passado e presente, porém o passado não é tão distante, são acontecimentos do ano anterior.
.
Nesse livro temos a oportunidade de conhecer a visão de Jeremiah, pois ele sempre se mostrou um menino alegre e sem preocupações, mas os poucos capítulos que ele narra só reafirmaram o quanto esse personagem é incrível
.
Livro leve e super rapidinho de terminar, adorei ❤️
comentários(0)comente



63 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4 | 5