Bruxos e Bruxas

Bruxos e Bruxas James Patterson




Resenhas - Bruxos e Bruxas


442 encontrados | exibindo 1 a 16
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 |


Regiane 09/06/2013

Empolgante, engraçado e mágico!

Bem-vindo ao seu pior pesadelo, ou talvez um que você não consegue nem imaginar. Um mundo onde tudo mudou. Sem livros, sem filmes, sem música, sem liberdade de expressão. Todos com menos de dezoito anos não são confiáveis. Você e sua família podem ser levados e aprisionados a qualquer momento. Sua existência é dispensável, até indesejada. Que mundo é este? Onde alguma coisa desse tipo poderia ter acontecido? Essa é a questão. A Questão é que realmente aconteceu. Está acontecendo agora conosco. E se você não parar e prestar atenção, seu mundo poderá ser o próximo.


É até vergonhoso confessar isso, mas eu nunca tinha lido antes, um livro sequer de James Patterson. E como me arrependo, pois Bruxos e Bruxas, eu praticamente devorei em um piscar de olhos. A temática me interessou instantaneamente e quando me dei conta, eu já tinha virado a última página. Estou totalmente curiosa para ler outras obras do autor, inclusive The Gift - a continuação da saga Bruxos e Bruxas.

Imagine que no meio da noite, você está no conforto da sua casa, no 3º terceiro sono, e de repente você é arrancado à força dali, sem entender o que está acontecendo direito, com uma acusação nas costas de ser praticante de bruxaria e lançado em uma prisão? Pois bem, é isso que acaba acontecendo com os irmãos Allgood - Whisty e Whit. Mas isso não é exclusividade deles, milhares de outros jovens também foram acusados e detidos, sem contar os que estão desaparecidos.

Depois que o mundo foi colocado sob o regime da Nova Ordem, o destino desses jovens torna-se totalmente desconhecido. Esse governo opressor insiste em afirmar que menores de dezoito anos são suspeitos de conspiração. E se isso já não bastasse, O Único Que É O Único lutará incansavelmente para extinguir com qualquer forma de liberdade, inclusive a tudo que for ligado a arte, como livros, filmes, música e especialmente a magia. Será que os irmãos Allgood serão capazes de vencer essa batalha cruel e reconquistar o direito de serem livres?

Quando eu peguei esse livro em mãos, eu não tinha ideia de que iria encontrar uma leitura descontraída em meio à tensão que é relatada logo na sinopse. Pensei que a história fosse mais séria, mas fui pega totalmente de surpresa. Não que isso seja ruim, mas eu estava longe de imaginar que era algo mais voltado para o infanto-juvenil. De qualquer forma, quero deixar claro, que me senti totalmente presa por suas páginas. Foi uma ótima experiência, que me encheu de vontade para ler a continuação.

A narração em 1ª pessoa é intercalada entre Whisty e Whit e me agradou muito. Parecia que havia uma disputa entre os dois, de quem faria mais piadinhas e teria mais pensamentos cômicos, mesmo em ocasiões mais críticas - como quando estavam correndo risco de vida. Eu ri alto várias vezes ao me deparar com suas descrições em determinadas situações e de alguns personagens. Esse humor presente, mesmo em momentos deploráveis, me fez lembrar um pouco dos irmãos Baudelaire de Desventuras em Série. Nem preciso dizer que adorei.

Como poderíamos ter subornado alguém? Com mingau de aveia? Cocô de ratos? Dicas de beleza daquela enfermeira-chefe assustadora?

Aquele corte de cabelo de vendedor de seguros, a camisa polo colorida, a calça social bem passada, mas, acima de tudo, aquele jeito dele de sabe-tudo tinham deixado Byron marcado como o maior puxa-saco da história da escola. De perto, a cara dele era bicuda e seu olhar era malvado, como um furão de estimação com planos de se tornar representante de classe.

Os personagens possuem personalidades marcantes com características curiosas e cômicas. Quando imagino Whisty com seus cabelos rebeldes, ruivo-cenoura me vem à mente, Merida da animação Valente. Ela é uma garota cativante, engraçada, que adora arrumar problemas na escola e com uma língua afiadíssima. Nesse último quesito ela só perde mesmo para seu irmão Whit. Seus comentários irônicos me renderam boas gargalhadas, ao mesmo tempo em que irritaram seus inimigos - que não são poucos. Apesar disso, ele é um bom filho e irmão, capaz de arrancar suspiros das meninas do seu colégio. O Sr. e a Sra. Allgood, mal apareceram na história. Fiquei bem curiosa para saber mais deles, já que tudo leva a crer que eles guardam alguns segredos bem interessantes. Espero sinceramente que eles sejam mais explorados no próximo livro da série.

A enfermeira-chefe é de dar arrepios com suas maldades sem limites. Como eu torci para que ela se ferrasse. Mas uma coisa é certa: ela é uma vilã bem convincente. Eu achava que ia sentir calafrios com O Único Que É O Único, mas no fim ele se mostrou menos perverso do que foi esperado por mim. Isso ainda pode mudar ao decorrer da série e poderei me surpreender. Os demais personagens secundários, não ficaram para trás, o autor soube trabalhá-los muito bem.

Bruxos e Bruxas possui uma história com espírito aventureiro, que não dá espaço algum para à monotonia. A leitura é instigante, com direito a surpresas e com situações de tirar o fôlego. Apesar da maioria dos diálogos serem curtos, eles vêm acompanhados de ótimas sacadas. Patterson me cativou com sua maneira de escrever e com sua imaginação aguçada.

A única coisa que não gostei, é que algumas coisas não foram condizentes com a sinopse, por exemplo: faltou destacar a proibição dos livros, filmes e músicas. Não sei se o autor guardou esses detalhes para a continuação, mas eu tinha quase certeza que veria isso diversas vezes ao decorrer da história. Confesso que fiquei um pouco frustrada por não ter sido dessa forma, mas tirando isso, posso garantir que essa obra superou minhas expectativas.

Eu não fazia ideia de que a capa desse livro era tão linda e detalhada, até tê-lo em mãos, e o mais interessante, foi que a Novo Conceito "manteve" a arte original. Trocaram o W de Witch & Wizard para B de Bruxos e Bruxas. Achei genial, pois a essência permaneceu intacta.

Se você é fã de livros repletos de ação, humor e muita magia, capazes de fazê-lo perder a noção do tempo em suas páginas, eu recomendo essa série!
Rosane 05/07/2013minha estante
Gostei da sua resenha e sentir a mesma coisa q vc descreveu sobre o livro maas vc disse que faltou destacar os livros, filmes e músicas proibidos pela Nova Ordem, eu acabei de ler esse livro em ebook e ao menos, no ebook que eu li, bem no final tinha essa lista. o.O


Regiane 05/07/2013minha estante
Olá, Rosane! Que bom que gostou da resenha ;)

Sim, tem uma lista no final. Mas o que quis dizer, foi em relação o assunto ser explorado no decorrer da história e isso não aconteceu.


@viajantedaleitura1 29/10/2013minha estante
Você me convenceu á ler este livro, assim acabo de solicitá-lo!
Sei que James Patterson já é por si só convincente , mas você me ajudou muito!
obrigada!


Maria Isabel 12/11/2013minha estante
Regiane me desculpe mas acho que você esta falando do livro errado, Bruxos e Bruxas não tem nada de empolgante, engraçado e magico é só uma história mal escrita que não se deve nem chamar de livro! O autor deveria ter vergonha dessa obra ridícula! A história não fala nada de legal sobre Bruxaria o autor simplesmente investiu no marketing do livro e nada mais! Espero que você releia o livro e perceba o erro da sua resenha! Me desculpe sei que temos opiniões diferentes,mas uma coisa é você saber identificar um bom livro e outra é dar tanto mérito a um livro de péssima qualidade como esse, o autor foi simplesmente RIDICULO-CARA-DE-FUINHA-IRRITANTE é como ele escreveria uma coisa tão sem noção e mal escrita! Me desculpe mesmo e que eu realmente fico muito brava com as resenhas desse livro pobre de conteúdo! Agora um livro que no inicio estava no valor de R$30,00 cai para R$ 14,90 é no minimo LIXERATURA-POBRE-SEM-NOÇÃO-CHEIO-DE-CLICHES-ORROROSOS.


Maria Isabel 12/11/2013minha estante
Só para piorar o livro não tem final! é ridículo isso! O autor só escreve: Continua... Que palhaçada é essa me explica?


Otávio R.S 24/11/2013minha estante
Muito boa sua resenha , vamos ver no que que dá acabei de comprar !


Brina DeFur 02/12/2013minha estante
Regiane parabéns por sua resenha! Eu confesso que esperava mais do livro, (pois eu tenho uma coleção de livros do James Patterson e o cara manda muito bem!) porém eu me coloquei no lugar dos adolescentes (não sou mais, já estou velhinha hehe) e analisando dessa forma o livro é bem gostoso e divertido de ler, me peguei dando risada com algumas situações dos irmãos, ainda não comprei a sequência (O Dom) mas estou curiosa!


Brina DeFur 02/12/2013minha estante
Maria Isabel, todos tem o direito de gostar e resenhar de maneira que quiser, temos que respeitar a opinião da Regiane. Quanto ao livro, sou mega fã do James Patterson e quando li esse livro me decepcionei, porém, como expliquei pra Regiane em outro comentário, eu procurei ler como se eu fosse adolescente. E pensando como adolescente o livro se encaixa muito bem. Só acredito que quem fez a tradução do livro original exagerou um pouco em alguns termos "muito infantis"...mas dá pra relevar e se divertir. É um livro despretensioso. Quando o final "CONTINUA..." não sei se você sabe mas ele faz parte de uma série de livros, ou seja, tem continuação e é proposital não ter um final certo?


Consuelo 31/12/2013minha estante
Regiane, gostei muito da sua resenha, já conhecia os livros de James Patterson e por ser o 1º livro de uma série eu já estou acostumada (e quem já leu "Os homens que não amavam as mulheres", "A menina que brincava com fogo" e "A rainha do castelo de ar" ou "A Passagem" e "Os Doze" - falta o úlitmo da série.. - são geniais, também gostaram). Vou começar a ler em 2014. Feliz Ano Novo!!


Lucas 10/03/2014minha estante
Como faço pra curtir o comentário da Maria Isabel??? Sério, foi bem menos do que achei do livro mas é verdade: um livro feito não para contar uma história, mas pra se tornar um best seller por conter coisas que as pessoas querem ouvir (uma boa história é feita de coisas que deem sentido aos fatos e coerência na história) e FALTA DE INFORMAÇÃO para "criar um mistério". Não por causa do gênero, mas o modo como se seguem os fatos; onde um ditador vai permitir que seus prisioneiros levem um objeto se eles, por si só, são um perigo??? Um livro que eu troco com um pesar de entregar um livro desse para outra pessoa, mas como tem gente que gosta... Nada contra a resenha, sou contra o livro, porque né...


Júnior 08/06/2014minha estante
Muito bom! Você fez quase um livro com este comentário... Kkkkkkkkkkk... Gostei muito dele.


Nat 19/06/2014minha estante
Uauu... Adorei essa resenha... estou aguardando o livro chegar para devorá-lo.




Telma 15/06/2013

Bruxos e Bruxas...
Muita calma nessa hora!

Achei difícil resenhar por alguns motivos:

1º) Esperava mais do livro, que teve um marketing maravilhoso... eu ansiava tanto que talvez (apenas talvez) isso tenha me deixado um tanto quanto frustrada. Não que o livro seja ruim. Mas não é ótimo.

2º) Adoro sobrenatural e supernatural... adoro magia e misticismo mas, não senti o livro bem explorado nesses aspectos. Senti superficialidade.

3º) Os capítulos são curtinhos e isso atrapalha a leitura. Acho gostoso ler capítulos curtos mas, quando eles são cortados bruscamente e com esse corte você fica confusa (o aspecto negativo da confusão), não acho legal. De qualquer forma, a trama é bem amarrada (desde que se desconsidere a superficialidade)

4º) Achei mesmo que alguns aspectos poderiam ter sido brilhantemente explorados... e não foram. Aí me pergunto: talvez eu deva olhar também com olhos superficiais e me ligar mais na proposta geral... mas o problema é que sou detalhista. :(

O livro é bom? Sim! ... Creio que o pessoal teen vá amar mas quem já tiver lido coisas demais talvez seja incomodado pelo raso.

Isso é um defeito? Não!... e essa foi uma das minhas dificuldades em fazer a resenha. Deveria tê-la feito pelos meus olhos adultos ou por meus olhos de anos atrás?

O livro é fácil de ler (li entre a Sexta-feira e Sábado), mas achei a linguagem um pouco afetada... quase como se fosse caricato.

Termino dizendo que eu o leria de qualquer forma, uma vez que a propaganda já havia me aguçado o suficiente.

Se eu leria novamente? Não.

Recomendo? Sem dúvida que sim... mas não vá com muita sede ao pote.
;)

*smack*

Bruxos e Bruxas
De James Patterson e Gabrielle Charbonnet
Editora Novo Conceito

Sinopse:
No meio da noite, os irmãos Allgood, Whit e Wisty, foram arrancados de sua casa, acusados de bruxaria e jogados em uma prisão. Milhares de outros jovens como eles também foram sequestrados, acusados e presos. Outros tantos estão desaparecidos. O destino destes jovens é desconhecido, mas assim é o mundo sob o regime da Nova Ordem, um governo opressor que acredita que todos os menores de dezoito anos são naturalmente suspeitos de conspiração. E o pior ainda está por vir, porque O Único Que É O Único não poupará esforços para acabar com a vida e a liberdade, com os livros e a música, com a arte e a magia, nem para extirpar tudo que tenha a ver com a vida de um adolescente normal. Caberá aos irmãos, Whit e Wisty, lutar contra esta terrível realidade que não está nada longe de nós.


Camila Bico 15/06/2013minha estante
Peninha que não seja um livro incrível =/


Gabi Manson 15/06/2013minha estante
Nossa Telma,
estou muito curiosa pra lê-lo, mas agora sei que não posso esperar muito pelo livro.
Mas vou lê-lo
Obrigada pela resenha


Ana 15/06/2013minha estante
Adorei sua resenha! Me tirou muitas dúvidas sobre esse livro.


Mallu 15/06/2013minha estante
O grande problema de muitos livros é esse: você lê com bastante expectativas e acaba se decepcionando quando vê que não é tudo que esperava. Mas, vai muito do momento... É a mesma coisa que ler um livro e gostar, e depois de anos, quando relê, já não gosta tanto ou vice-versa.


Rodrigo 15/06/2013minha estante
o livro parece muito bom, quer dizer, não perfeito, mas deve ser bem legal...


Camilla 15/06/2013minha estante
É como vc disse, eu leria de qualquer jeito, só pela propaganda. Também tenho esperado muito dele e sinto que posso me decepcionar, mas ainda assim, não posso evitar a ansiedade!


Isa 15/06/2013minha estante
Mesmo criando expectativas e sabendo que não é otimo ainda esto curiosa para ler. Ótima resenha


Cris21 15/06/2013minha estante
Quero ver se vale a pena ou não. Vi resenhas boas, aí choveram ruins...mas com os livros dele não posso botar fé, ou gosto ou não e a maioria até agora foi não. Espero que quando ler esse goste, a trama é diferente, parece boa.


Cagól 15/06/2013minha estante
Hm, não irei com muita sede ao pote e talvez goste. Obrigada por baixar minhas expectativas, elas tavam altas e podia me decepcionar também xD


Rodrigo Lessa 16/06/2013minha estante
Esse livro é perfeito para mim. Estou querendo/apaixonado com ele desde quando a Novo Conceito estava mandando as cartas secretas antes do lançamento do livro, foi genia demais. Adorei o livro por todos os motivos mesmo. A capa é perfeita, a do Brasil ganha da Italiana ainda. Realmente eu adoro histórias assim, o nome já me chamou super a atenção. Quero muito ver por tudo que o autor James viajou, a questão da nova ordem e o que será dos jovens agora. Eu realmente quero muito ler esse livro. Ele parece ter muito suspense, muito mistério, e uma ótima leitura, curti demais.


Bruna Costenaro 16/06/2013minha estante
Putz aspectos sobrenaturais mal explorados? Isso costuma ser mto irritante p/ mim. Podem existir diversas falhas em livros, e eu acabar aceitando, mas falha nessa parte me pega de jeito. Mesmo assim quero espiar o livro pq ele tem uma capa tão linda, com uma letra tão legal hahaha

Boa Resenha!
Miquilisss


Danielle 16/06/2013minha estante
Eu quero muito ler para tirar minha própria conclusão. Obrigada pela resenha


Beth 16/06/2013minha estante
Adoro temas com bruxas e esse pelo que li é um dos que vou adorar ler.Sua resenha me deixou ansiosa por ele.Beijos.


Val 16/06/2013minha estante
O Book trailer do livro chamou muito a minha atenção, espero q seja um bom livro.


Aline 16/06/2013minha estante
Tô louca pra ler esse livro!!!


Amanda 16/06/2013minha estante
Ai, Telma. Como já disse um vez, já li dois livros do Patterson e confesso que gostei muito mais do romance. Me animei pra ler esse livro devido ao marketing, me deixou curiosa! Agora tô com medo de ter criado muita expectativa... acho que a solução para o momento é aguardar um pouco a poeira baixar e ler sem expectativas! ;)


Isa 17/06/2013minha estante
Então,realmente o marketing desse livro me deixou muito curiosa,porém depois de ler suas opiniões Telminnha fiquei um pouco na duvida se é tudo o que imagino. Lógiiico que vou ler, mas vou seguir sua dica "Sem muita sede ao pote" ;)


Vânia 17/06/2013minha estante
realmente, o que eles fizeram com o marketing foi o que mais chamou a atenção dos leitores! O que deixa a pessoa empolgada e acaba se decepcionando ):


Aninha 18/06/2013minha estante
A propaganda feita sobre ele foi intensa e aguçou minha mente. Adoro James Patterson e espero incluir esse livro nos meus favoritos.


Gabi 19/06/2013minha estante
Quando vi a propaganda no Skoob, corri pra ler a sinopse e sinceramente nem achei essa coca-cola toda. Que bom que não criei expectativas demais, mas ainda assim quero ler


Gabriela 19/06/2013minha estante
Ainda quero ler, a sinopse me atrai muito.


Farley 19/06/2013minha estante
eu quero


luluzinhapinkgv 19/06/2013minha estante
Ainda não li o livro, mas eu espero muito dele por tanto que estou ouvindo falar, espero não me decepcionar como voce.
bjos


Beawryy 20/06/2013minha estante
Já li outros generos que Patterson escreveu e amei, outros, nem pelo titulo me interessei. Mas estou curiosa para saber como ele se saiu no genero fantasia. Tem costumo colocar mtas expectativas em um livro, mas espero n me decepcionar. Bjksss


Pandora 20/06/2013minha estante
desde que eu vi a Novo Conceito fazendo a propaganda desse livro (de modo bem criativo por sinal) no facebook que estou louca pra lê-lo *---* parece emocionante!


Vini 21/06/2013minha estante
Muito legal a resenha, parceira!
Que pensa que Bruxos e Bruxas não foi tudoooo aquilo. Vou procurar lê-lo e ver o que acho. Adoro suspense e sobrenatural, então é grande a expectativa. \o
:D


22/06/2013minha estante
Mesmo a resenha falando de um o livro ser muito superficial, quero lê-lo por que esse é um assunto que me atrai muito. Além disso, também quero ter base para fazer a minha crítica. Crítica essa que eu espero que seja construtiva.


Rafaella 22/06/2013minha estante
Eh uma pena q o livro naum tenha sido tão bom...confesso q me interessei por causa do autor e tbm pq ele tem um marketing ótimo msm, acho q deixarei pra conhecer a história no cinema, ou tvz se ganhar o livro!!=)


Gustavo 26/06/2013minha estante
Ainda não li, mas quero muito! Espero que seja tão bom quanto está sendo divulgado por ai, e sua capa me chamou bastante a atenção!


Jessy 26/06/2013minha estante
James Patterson é o cara, não vejo a hora de ler este livro *-*


André 26/06/2013minha estante
Botava fé que esse livro era incrível... Mas não faz mal, quero muito ler para tirar minhas conclusões!! *-*


EllenPaiva 26/06/2013minha estante
Mesmo antes do lançamento eu estou louca para ler esse livro... parece ser, quer dizer, é apaixonante demais.


Mariana 27/06/2013minha estante
ansiosa pra ler *-*


Camy 28/06/2013minha estante
Ótima resenha!!!!
Nos faz entender bem como é o livro e não ir com "muita sede ao pote"!!!


Geruza 30/06/2013minha estante
Achei o trabalho de marketing do livro incrível, todos aqueles apelos e pedidos. Fiquei muito curiosa para ler e agora confesso que estou desiludida, rsrsrs...
Ainda assim, vou ler para matar minha curiosidade.
Não posso deixar de comentar que o marcador personalizado do livro é maravilhoso! Estou morrendo de vontade de ter um, mas, não acho nas livrarias e já procurei em várias.


Nanawtf 30/06/2013minha estante
Você disse bem, a marketing envolvida nesse livro é tremenda, mas mesmo assim, com o conjunto de capa e sinopse, ele deve ser espetacular! Estou muito a fim de ler *-*


Letícia 30/06/2013minha estante
Eu nem ligaria pra ler esse livro se não fosse o marketing incrível que fizeram. Ainda estou curiosa, mas foi bom saber que não posso ir com "sede ao pote", também sou do tipo que às vezes vai com um olhar meio crítico... tem livros que adoro mas que critico coisas que podiam ser mais exploradas... ficarei atenta para com esse rsrsrs


Gaby 01/07/2013minha estante
Adoro literatura sobrenatural, tendo um pouco de suspense e consiga nos prender a leitura ótimo!
Realmente o livro tem um marketing espetacular, me chama muita atenção e gostaria muito de ser sorteada, ficarei atenta quando ler para poder não mi confundir! obrigada pela dica! bjos


Adriano 01/07/2013minha estante
Achei um tanto quanto pobre no vocabulário geral, mas a história parece ser boa


AmyPond 02/07/2013minha estante
Não tenho muitas esperanças para esse livro, acho que provavelmente vai ser só mais um romance adolescente a lá Twilight :\


Setsuna 02/07/2013minha estante
Ótima resenha! Ansiosa para ler!


Camila 02/07/2013minha estante
adorei a resenha! Ainda assim continuo bastante ansiosa para lê-lo, mas foi bom para, como você disse, não ir com "tanta sede ao pote", isso geralmente traz decepção haha


Santoso 02/07/2013minha estante
adorei a resenha, estou louca pra ler adoreis a sinopse estao vou amar o livro !!!


Nat Lala 02/07/2013minha estante
Espero que seja bom, pois coloquei minhas confianças nele.


Cacau Scorpioni 05/07/2013minha estante
Bruxaria sempre será um tabu, alguns se assustam, outros tem a curiosidade, mas é tudo porque não conhece o desconhecido. Li algumas resenhas deste livro e achei bacana a forma da escrita e claro, quero ganhar para poder ter esta certeza....


Beatriz 05/07/2013minha estante
Ansiosa pra ler *u*


Ariadne 05/07/2013minha estante
Quero muito ler *-*


Thaisa Machado 05/07/2013minha estante
Preciso muito dele, foi paixão a primeira vista e olhe que nem acreditava nisso. s2s2s2


Nathalia 06/07/2013minha estante
Sou fã desse tema! E já ouvi falar muito bem desse livro. Torcendo muito!


stellapaes 06/07/2013minha estante
Quero muito ler esse livro!!!


Maristela 06/07/2013minha estante
No lançamento desse livro criou-se uma expectativa muito grande. Hoje já li comentários negativos e positivos sobre ele. Desejo ler para tirar minhas próprias conclusões.


Cinthia 07/07/2013minha estante
Estou ansiosa para ler este livro!


Alessandra 08/07/2013minha estante
Uma amiga que leu já havia me confessado que achou os capítulos muito curtos e que achou o começo meio devagar, mas depois gostou.
Eu pretendo dar uma chance ao livro, por amar histórias de bruxas e o sobrenatural. (AMO)
Tomara que eu goste mais que você :)
Gostei da sua resenha honesta.


bia311 08/07/2013minha estante
bem cada um tem seu gosto,eu achei a sipnose interessante,mas,eu ñ gosto de capitulos curtos mas primeiro eu vou ler e depois reclamar ou falar bem dele,mas isso só tem q ver com o livro


Angélica 08/07/2013minha estante
Concordo plenamente com tudo o que você escreveu, fizeram um baita marketing e não é isso tudo, esperava mais, de repente os outros serão melhores.


Gabriel 09/07/2013minha estante
Apenas Marketing?
Esperarei para ler este livro...


Nany 09/07/2013minha estante
ADOREI A RESENHA! ESTOU MUITO CURIOSA PARA CONHECER ESSE UNIVERSO DE BRUXOS!!! ADORO LIVROS DESSE GÊNERO ATÉ ACHEI QUE SERIA UMA DISTOPIA. LOUCA PARA LER


Maju Marques 09/07/2013minha estante
Amei a resenha!
Fiquei realmente muito curiosa para ler o livro.
:D


Matheus 09/07/2013minha estante
Depois de ler a resenha fiquei um pouco '' desanimado '' , mas espero ler para tirar minhas próprias conclusões.


Ana Paula 12/07/2013minha estante
Eu nunca li nada do James Petterson e esse livro eu gostei da premissa, então fiquei interessada em ler.. Só tinha visto falarem bem até agora, é bom ver o outro lado também. Sorte que eu gosto de um governo forte à lá distopia e coisas sobrenaturais, achei a trama interessante, então...


Laurinda 13/07/2013minha estante
Adorei a resenha,! Claro que fiquei meio decepcionada pois a expectativa era enorme, mas, ainda assim, continuo super curiosa para ler o livro!


Vanessa 13/07/2013minha estante
Não vejo a hora de ler este livro *---*


Thay 14/07/2013minha estante
Depois que eu li me primeiro livro distópico (Estilhaça-me - Tahere Maffi) comecei a gostar mais do gênero, e eis que me apareceu esse livro no qual eu fiquei SUPER afim de ler, então comecei a participar de várias promoções e nheca: nada.
Enfim, a resenha está ótima mesmo! :)


Joane 14/07/2013minha estante
Também criei todas as mesmas expectativas que você citou, mas o marketing do livro nos deixa na ansiedade da leitura, vou seguir seu conselho, "ir com menos sede ao pote..." rsrs


Michelle 14/07/2013minha estante
Como ainda não li o livro, prefiro não criar expectativas, pois cada um tem uma opinião sobre o que lê.
A sinopse me chama muito a atenção, e estou ansiosa pra lê-lo!


Natálie 14/07/2013minha estante
ótima resenha


BrunoGomesz_c 15/07/2013minha estante
Eu quero.


Sara 15/07/2013minha estante
Sou fascinada por esse tema e espero que goste de ler :)


Samuel 15/07/2013minha estante
eu queroo!!!


Karina Erika 17/07/2013minha estante
Talvez vc devesse resenha e ver este livro com seus olhos de alguns anos atrás, por que um livro ele é todo trabalhado para agradar um público(pelo menos eu acho isto), mas, porém, ele poderá agradar algumas pessoas fora deste público.

Ah eu também fiquei louca para ler. Depois de tanto marketing e comentários ficou impossível controlar minha vontade de tê-lo.

Gostei de sua resenha e ache bem criativo a forma como vc resenhou.

Beijos!

eueminhacultura.blogspot.com.br


Amanda Chris 18/07/2013minha estante
Estou ansiosa para ler este livro, sou louca por coisas sobrenaturais. Ótima resenha. Foi feita muita markenting nesse livro em seu lançamento... Mas não irei com sede ao pote rsrs. Beijos'


Pamela 19/07/2013minha estante
Super desejado esse livro *-----*


Mara 19/07/2013minha estante
Eu quero muito ler esse livro *-*


Marco Antonio 19/07/2013minha estante
A sinopse é interessante e desperta o interesse. A resenha é muito boa também. Espero ler este livro.


Ariane 20/07/2013minha estante
Gostei da resenha, uma das poucas que eu li que fala tanto do lado positivo, quanto do negativo do livro :)


Daniele 20/07/2013minha estante
Ótima resenha.
Senti mais curiosidade de ler, agora sabendo o que não devo esperar do livro. Espero que seja bom.


Luiza 20/07/2013minha estante
Adorei a resenha! Eu já estava com vontade de ler esse livro... Agora eu quero mesmo lê-lo! Não pelo fato de ser "raso", ou por ser um "livro adolescente", mas por apresentar uma temática que me interessa muito! Adoro coisas de bruxos, magia e etc...
Espero poder lê-lo um dia! ^^


Kbeça 20/07/2013minha estante
Telma, conheço o seu bom gosto e, apesar de ter mais contras do que prós (pelo menos para mim), vou apostar neste livro.

Espero ganhar a promoção. :D


Maria Isabel 12/11/2013minha estante
Uma unica palavra define esse livro: PÉSSIMO! Comprei esse livro na equitativa de ser bom! Nunca julgue um livro pela capa e pelo marketing eu julguei e paguei caro por um livro mal escrito que ate uma criança de 5 anos detestaria. Mal escrito e elaborado cheio de hífen por todos os lados levei 4 meses para ler isso que chamaram de livro!


Juan Costa 29/12/2013minha estante
Mesmo que eu prefira livro teens, e realmente não li muitos livros, ainda me frustrei ao ler Bruxos e Bruxas. Diálogos fracos, narrativa fraca, falta algo que realmente nos prenda a história e aos personagens. É tudo sim, muito superficial. No geral, eu esperava muito mais e de fato não indico esse livro entre diversos outros muito melhores no mercado.


Consuelo 31/12/2013minha estante
Ainda não o li, aliás nem sabia que James Patterson tinha escrito livros deste segmento, mas gosto dele como escritor. Com relação ao marketing, fui a Bienal este ano e nem vi nada sobre a série. Enfim, livros de série sempre me atrairam, mas seleciono bem.


Diogo 03/02/2014minha estante
Muito obrigado Telma Myrbach,por sua opinião a respeito desse livro porque,estou pensando em comprar,mas para isso precisava ler algumas resenhas,por isso agradeço por sua opinião ao respeito do livro.


Thais (@continuealeitura) 02/03/2014minha estante
Também esperava mais do livros. Me decepcionei muito! parece uma fic e não um livro! Mas, nem terminei ele, então não posso falar muito.


Júnior 08/06/2014minha estante
Fui opinião é interessante, mas, acho que você julgou esse livro mal. Não que eu esteja dizendo que sua opinião é errada, mas, eu acho que você leu com olhos de um adulto ortodoxo. Esse livro é ultramente recomendado por mim, principalmente para aqueles que não gostam muito de ler. Após ler este livro, com certeza absoluta, meu primo é um bom exemplo disso, ficarão com uma fome insaciável de leitura.

A história te prende totalmente, você não consegue de jeito nenhum largar o livro. Você fica totalmente ligado ao livro. Os personagem, com aquelas suas personalidades fortes, cômicas, sérias, e outras coisinhas mais, deixa você a cada segundo mais surpreso com o livro.
O humor que contém nele é esplendido! A cada minuto eu dava uma risada mais alta que a outra. O sarcasmo de Whisty e Whit, principalmente nas situações mais sérias, eu não aguentava, caia no riso.
A coragem deles, tudo, o livro todo é magnífico, fica até difícil transcrever em palavras tudo que rola no livro.

Todo o suspense, a trama, o drama, tudo que contém nele, te prende totalmente, após você começar, você não conseguir parar de ler. Eu sou um bom exemplo, comecei a ler à tarde, quando fui ler, algumas horas depois, já tinha terminado o livro.


Ele está em terceiro lugar no meu TopBooks favoritos.


Telma 08/06/2014minha estante
Júnior,
Não acredito em julgar certo ou errado, um livro... Tudo o que eu escrevo sobre um livro é sempre a minha opinião, baseada em minhas experiências e em meus gostos pessoais. O gosto e experiência difere de pessoa para pessoa.
Não é errado o livro está em seus top 3 melhores, assim como não é errado ele ter levado apenas 3 estrelas de mim.
Respeito sua opinião, só peço que amplie os horizontes do conceito da arte. Te divertiu? Então é certo pra você... Me entediou? então é errado pra mim. Não há absolutismo na arte da escrita. Essa é uma das maiores belezas dela, na minha opinião.
Não li com olhos de adulto ortodoxo. Li com esses melhores olhos que gargalham ao ler um gibi da Mônica (adorooooooooo)
Beijo em você e continue lendo tudo o que gosta!


Eric Rocha - Ersiro 20/07/2014minha estante
Sua resenha descreve exatamente como me senti enquanto lia o livro, o autor tinha ótimas ideias e a trama é muito boa, porém, para mim, ele não soube explorar bem como poderia ter explorado o livro. A questão de usar humor em algumas partes também não me agradou muito, quando ficaria melhor se ele colocasse algo mais impactante e épico do que humorístico.


Eduardo C. Queiroz 24/09/2014minha estante
Olá Telma Myrbach! Adorei sua resenha, pensei seriamente em fazer uma mas ao ler a sua creio que tu já tenha falado por mim e entre muitos outros leitores... Por ser praticante de Wicca a muitos anos eu esperava mais do livro, tinha em minha mente que seria uma obra mais "séria" mas houve aquele pequena decepção, porém continuei a leitura. Claro, a curiosidade falou mais alto (rs). Enfim creio que a obra possa amadurecer durante a continuação quem sabe?! Afinal Harry Potter (Sem comparações) começou assim também e tem tudo para quem sabe vermos nas telonas essa história sendo bem representada (Assim espero). Afinal virou moda livros se tornarem filmes e este em específico (Bruxos & Bruxas) creio que tenha potencial para tal.




Gabi 28/04/2021

Bruxos e bruxas
Um livro de fantasia maravilhoso que ganhou meu coração. Tem uma escrita fácil e é pra qualquer idade. Algumas pessoas não gostam que tem um capítulo novo a, literalmente, cada duas páginas, mas eu gostei porque faz eu sentir que estou avançando mais rápido na leitura e isso me faz querer ler cada vez mais.
Estou ansiosa para ler os outros, recomendo demais.
Gabi 28/04/2021minha estante
Uma coisinha: não tem um plot twist muito ? mas é bom do mesmo jeito KKKKKKKKK




Fernanda 24/06/2013

Resenha: Bruxos e Bruxas
CONFIRA O LINK DA RESENHA NO BLOG SEGREDOS EM LIVROS:

http://www.segredosemlivros.com/2013/06/resenha-bruxos-e-bruxas-james-patterson.html


Resenha: Primeiramente gostaria de parabenizar a Editora Novo Conceito pelo excelente trabalho de divulgação para o livro “Bruxos e Bruxas”. Seja no envio de cartazes e cd aos parceiros, ou na página do facebook, muitas vezes me vi surpreendida pela expansão na revelação da história. História esta, que possui uma narrativa envolvente e correspondeu todo o trabalho exclusivo da editora. Admito que comecei a leitura cheia de expectativas e a cada página lida me vi mais surpreendida ainda. Os capítulos – extremamente curtos – são alternados entre dois narradores – Wisty e Whit – irmãos que contam sua trajetória em tempos difíceis.

“ – Wisteria Allgod – Byron disse sem mudar o tom de voz, como um oficial de justiça, e tirou um rolo de papel que parecia oficial de não sei onde. – De agora em diante, você estará ob custódia da Nova ordem até seu julgamento. Você está sendo acusada de bruxaria. Fiquei boquiaberta. – Bruxaria? Você está maluco?! – gritei.” Pg.23

Do nada os dois são levados de sua própria casa e presos por um regime intitulado como a Nova Ordem. Assim como tantos outros jovens, eles estão sendo acusados de bruxaria e sob custódia esperam até seu julgamento. O únicos objetos que os dois conseguiram levar de casa foi uma baqueta e um diário em branco. Nada fazia sentido, mas aos poucos eles começaram a notar e a sentir algumas mudanças sobre si mesmos. O lugar que ambos foram levados era intitulado como “Reformatório da Nova Ordem” e lá vão se deparar com jovens em situações bem piores, vivendo as custas de um novo governo autoritário e ditador. Penso, entretanto, que os autores poderiam ter feito um maior esclarecimento da situação, e o por quê de todos os jovens abaixo de 18 anos estarem sendo acusados sob algum tipo de conspiração.

“Até onde eu sabia, eu não era bruxo nem super-herói. Eu era apenas um moleque do Ensino Médio, que tinha sido sequestrado na própria casa.” Pg.32

Aos poucos, Wisty e Whit percebem que há mais nesta história do que eles jamais poderiam vir a imaginar. Seus pais nunca deram nenhum indicio de que soubessem algo fora do comum. Mas parece que eles estavam escondendo muitas outras coisas também. Finalmente os dois começam a descobrir seus poderes e a fortalecer a união entre ambos. Alguns fatos acabaram ficando sem respostas, porém acredito que irá haver maiores revelações nos próximos volumes da série.

“Escute aqui, sua menina insolente! Vocês são uma ameaça a tudo o que é adequado, certo e bom. Soubemos pelo testemunho da policia sobre suas ultimas perpetrações nas artes das trevas. Sabemos disso graças a inúmeras investigações conduzidas pela Agencia de Segurança da Nova Ordem, e sabemos disso, acima de tudo, graças à Profecia.” Pg.51

Para piorar a situação ainda existe uma profecia. E é justamente ela que será a responsável por tanto alvoroço e confusão. Neste cenário conflituoso, os dois precisam encontrar uma solução para reverter todo o caos em que se encontra a sociedade e principalmente, precisam aprender a conviver com seus novos poderes e conhecimentos. Como já era de se esperar, o entusiasmo foi um certo problemas nesta leitura. Imaginei que a trama tomaria um rumo totalmente diferente ao seu real. No entanto, não posso dizer que não gostei do livro já que ele possui boas sacadas de aventura, suspense, ação e até humor. O destaque foi a maneira instigante como os autores conseguiram fazer a junção de uma distopia com um tom mais cômico.

“– Temos que descobrir como isso funciona – Wisty disse, tensa. – Eu sei que você acha que sou louca, mas estou começando a acreditar nessa história de bruxa e bruxo. Na nossa mágica. Temos que treinar, Whit. Temos que ter mais força de vontade. Talvez você seja um bruxo. Talvez eu seja uma bruxa.” Pg. 86

CONFIRA O LINK DA RESENHA NO BLOG SEGREDOS EM LIVROS:

http://www.segredosemlivros.com/2013/06/resenha-bruxos-e-bruxas-james-patterson.html

comentários(0)comente



Karine 07/10/2013

Divisor de opiniões
Resenha publicada em www.fulanaleitora.com

Parece que o universo conspirou contra para que eu não terminasse de ler Bruxos e Bruxas. Mas como todo mundo diz... Antes tarde do que nunca!
Então ali ia eu. Pegando Bruxos e Bruxas para ler e fazer essa resenha que vai soar mais como uma crítica e PÁ! Este livro é uma incógnita para mim. A capa, maravilhosa eu acho, é quente. Os adolescentes, segundo o mundo, sabem o que é quente. E dizem por aí que Bruxos e Bruxas está pegando fogo. Eu diria que sim e diria que não... Bruxos e Bruxas me deixou satisfeita, mas não completamente. Frustrante, mas audacioso. Ah, é complicado. Mas como posso começar?
Bruxos e Bruxas, do poderoso James Patterson em parceria com Gabrielle Charbonnet é um livro facilmente amado e facilmente odiado. Ele dividiu opiniões. É fácil encontrar resenhas que o vangloriam e que o colocam na lama. Agora, o que você vai achar deste livro vai depender da sua expectativa e do seu estado de espírito. Você pode molhar as calças ou querer jogá-lo no lixo após a leitura. Isso soa louco? Pergunte a James Patterson!
O livro é infanto-juvenil. Então, muita calma nessa hora! Se você já leu muita coisa, vai achá-lo fraco. Mas se não for com muita sede ao pote ele será capaz de cumprir seu propósito.
Numa noite, os irmãos Allgood (tudo de bom, só no nome) – o loiro atlético e lindo, mas que não sabe disso, Whit, e a ruivinha, sardentinha e baixinha mas que odeia esses apelidos, Wisty, foram levados de sua casa acusados de bruxaria. Mas calma, a coisa é pior que isso. Todas as crianças e adolescentes... jovens, são automaticamente levados para a prisão acusados de bruxaria. Isso porque a Nova Ordem um partido político que quer mudar o mundo acabando com as artes e a instabilidade, liderada pelo Único que é o Único, acredita que crianças, adolescentes e jovens são perigosas para o mundo.
Mas até aí, a sinopse é instigante. James Patterson e a Charbonnet poderiam ter erguido toda uma filosofia em que questionassem a bruxaria a qual as crianças estavam sendo acusadas. Afinal, há magia dentro de nós, certo? Somos nós que mudamos o mundo? É exatamente o espírito jovem, sua instabilidade emocional, os erros cometidos e suas lições que evoluem o mundo. A arte e o entretenimento são dominados por nós, não é verdade? James escreveria um livro sensacional. Só que não.
Na verdade, porque em Bruxos e Bruxas a magia existe. O Único prende, julga, mata e tortura crianças acusando-as de bruxaria só por capricho e insanidade, sim por causa disso. Mas a magia existe. Na prisão, os irmãos Allgood acabam se descobrindo realmente bruxos. Habilidades no estilo X-Men: Pegam fogo, lançam raios, ficam invisíveis, flutuam, transformam pessoas em animais, atravessam portais... enfim. A distopia fantástica e toda sua mitologia criada por Patterson e Charbonnet é boa. Na verdade, é excelente, mas nada que uma narrativa ruim com uma escrita estranha para estragar, certo?
A narrativa em primeira pessoa, intercalada por Wisty (a irmã) e Whit (o irmão) me fez voltar a ler a capa algumas vezes para ter certeza que era James Patterson que escrevia aquilo. E mesmo que o livro seja uma parceria, onde foi parar o James Patterson neste livro? Se você nunca leu nada dele... então você não vai passar por isso. Mas pra quem leu fica o incômodo.
Porém, eu disse que Bruxos e Bruxas dividiu opiniões. Então, vamos aos pontos negativos.
Primeiro: a infantilidade dos protagonistas é irritante. Metáforas idiotas e piadinhas fora de hora que me faziam acreditar que eles tinham 10 e 11 anos, não 15 e 18! E santo Deus, a menina pega fogo, lança raios pela mão, fica invisível, o garoto flutua e ainda assim não chegam a concluir que são bruxos rapidamente? Como assim, mãe?! O relacionamento deles não é bem definido. Você não chega a se simpatizar muito com deles.
Segundo: A narrativa dos capítulos curtíssimos são idênticas entre Wisty e Whit. Quase sempre, enquanto eu lia eu precisava reler o nome no topo do capítulo para lembrar quem narrava. Pois são idênticas, não se vê diferenças. Os irmãos possuem personalidades iguais embora haja uma diferença de idade entre eles.
Terceiro: O romance podia ter ajudado no livro. Mas só piorou tudo porque faltou bastante dos personagens secundários.
Quarto: Não, chega de pontos negativos, pois ainda há pontos positivos.
Eu disse que Bruxos e Bruxas dividiu opiniões. E ele também dividiu a minha!
Primeiro: As cenas de ação são boas, ou mais que boas até, porque néé... James Patterson. São as cenas de ação que salvaram minha leitura. O que me fez começar AMANDO o livro porque começou com um sequestro assustador. E nestas cenas, Patterson não deixou a peteca cair.
Segundo: A mitologia desta distopia fantástica é inteligente, embora mal explicada. Há todo um mundo onde há bruxos, magias, livros e varinhas que não chegam a um Harry Potter, mas ainda assim... prende. Dimensões e subdimensões inexplorados, Terra das Sombras, Submundo... enfim, realidades interessantes. Isso também sustentou minha leitura.
Terceiro: O FINAL. É instigante. Um verdadeiro empurrão para você acordar.
E... putz, chega a ser engraçado, mas foi quando a narrativa ficou mais interessante e me deixou esperando curiosa demais por sua sequência, O Dom. Que tem um D com um azul sinistro na capa que me deixou babando.


“Então, tudo bem por aí, onde quer que você esteja? Escute, por favor: viva o momento, não se preocupe com o que vai acontecer depois. É o seu cérebro, a sua vida, a sua atitude... Vai lá e encha a sua vida de visões e sons e ideias que são maiores que você. A história já nos contou, isso sem falar nessa realidade doida de agora, o que pode acontecer se simplesmente ficarmos quietos e fizermos apenas o que as outras pessoas mandam. E não se preocupe demais com o Whit e comigo. Notícias sobre o que acontece depois vão dar um jeito de chegar até você. Prometo! E eu sou uma bruxa assustadora que cumpre suas promessas.”


O que me deixou com uma pergunta interessante: Como O Dom se sairá? James e Gabrielle podem simplesmente estraçalhar tudo ou salvar a trilogia, até onde eu sei. O final de Bruxos e Bruxas te diz, em outras palavras:
“Ei, isso pode não ter sido como você esperava, mas em O Dom você vai se apaixonar por mim. Ou não.”
comentários(0)comente



Ericson 27/07/2014

X-MEN (???)
A temática é boa, mas foi muito mal explorada. Para você assim como eu, que espera uma nova Inquisição, bom, nosso amigo Mr. Petterson vai deixar a desejar.
Os personagens não foram bem desenvolvidos; os nomes foram mal escolhidos, "Whit" e "Wisty", até você saber quem é quem já se foi metade do livro.
A narrativa beirava a conto da Disney. Levei horas(duas), para termina-lo.
Os poderes... Já estava esperando aparecer um senhor careca de cadeira de rodas. "Bruxos que não são bruxos", esse sim deveria ser o nome do livro.
E ele tem continuação.
Sabe aquele ditado, do livro e sua capa, então, "Bruxos e Bruxas" é só capa.
PS: A única estrela que eu dei, foi para a capa.
comentários(0)comente



Nita 06/06/2013

TEM A RESENHA + PROMOÇÃO DO KIT NO BLOG ^^
Podem ler, prometo nada de spoilers! =)


''Bem-vindo ao seu pior pesadelo, ou talvez um que você não consegue imaginar. Um mundo onde tudo mudou. Sem livros, sem filmes, sem liberdade de expressão.
Todos com menos de dezoito anos não são confiáveis. Você e sua família podem ser levados e aprisionados a qualquer momento.
Sua existência é dispensável, até indesejada.''


Primeiro tenho que dizer que essa capa é show de bola! Ficou espetacular, me arisco a dizer que foi a capa mais linda feita pela Novo Conceito, o selo da editora pegando fogo na minha humilde opinião deve continuar para sempre. ^^ (fica a dica)

Como todos repararam a capa está pegando fogo literalmente, assim como acontece com a história. O livro foi tão dinâmico, com tantos diálogos, passagens rápidas e, emocionantes, cheio de ação, aventura... li em três horas assim que o carteiro deixou ele comigo. Você nem percebe passar o tempo, a leitura passa tão rápido que terminei já pensando, e agora? Cadê a continuação? (foco para meus olhinhos lacrimejantes e pidões rs)

Vamos do inicio.

Dois irmãos de nomes bizarros devo dizer, estão levando suas vidinhas comuns, Whitford apelidado de Whit (é garoto, o nome não ajuda muito na identificação de sexos kkk) tem 17 aninhos, é loiro, musculoso, lindo de viver... atleta na escola, ele é o bam bam bam das garotas. Ainda assim, é também um bom moço, de boa educação, bom filho... (acho que gamei rs) Sua irmãzinha Wisty (apelido, pois o nome é Wisteria kkk) tem apenas 15 aninhos, é uma magricela de cabelos rebeldes e ruivos, de língua afiada, boa garota, mas adora pirraçar o irmão e as vezes pega uma detenção na escola.
Numa bela noite militares invadem sua pacata e pequena cidade, e entram com tudo em sua casa e querem levar os irmãos presos! Seus pais estão apavorados, mas com um olhar que diz saberem exatamente o que está acontecendo... suspeito não acham?
E tudo que os irmãos podem levar junto é um livro de páginas em branco e uma baqueta (aqueles pauzinhos de músicos).






Livro (veio no kit, esse marrom) e a baqueta (com o nome do livro e autor impressos nela)


Os irmãos são levados para a prisão, mas o julgamento é bizarro! Não tem advogados, direitos, nada. Somente o líder da Nova Ordem que agora governa o mundo, sem que as pessoas tenham se dado conta. O líder e Juiz é O Único Que É O Único, (assim que se chama ele) um sujeito doido com muito poder. Acusados de serem bruxos os dois são condenado à forca! Parece século 17 galera.

- Você, Wisteria Allgood, foi considerada bruxa pela Nova Odem! E você Whitford Allgood, foi considerado bruxo! (..)
- Ambos os crimes serão punidos com o enforcamento... até a morte. pág. 53

A questão é, como fugir? Será que são bruxos mesmo? Que poderes eles tem? E como destruir a Nova Ordem e salvar seus pais, o mundo?

''É claro que em julgamentos normais tem advogados e princípios do tipo ''inocente até que se prove o contrário'', essas coisas. Então sejam bem vindos à Nova Ordem, eu acho.'' pág.53

Acreditem, esses irmãos são muito poderosos! A garota é fogo... depois vão me entender rs.

Como eu disse antes, o livro está recheado de aventuras, sem nenhuma parte monótona, ele é muito divertido também, da para rir muito com a Wisty e suspirar com o protetor e fofo Whit com seu amor por uma garota morta. Mal posso esperar pela sequência. ^^

''A Nova Ordem deixou esse lugar totalmente a prova de feitiços - ela disse toda animada, mas então sua expressão mudou e ela começou a sussurrar para si mesma- Mas não sei o que eles acham que vou fazer com mais lixo como vocês.
- Bem-vindos ao corredor da morte - ela disse e bate a porta, nos trancando lá dentro.'' pág. 65


Quem já leu algo do James Patterson, sabe que eu nem preciso dizer muito, o cara é F@#$% seus livros são sempre maravilhosos. =)


Autores: James Patterson; Gabrielle Charbonnet
Titulo: Bruxos e Bruxas
ISBN: 9788581632216
Selo: NOVO CONCEITO
Ano: 2013
Páginas: 288
Álvaro 07/06/2013minha estante
Gostei da resenha, na minha próxima compra esse livro já tá na lista.


Day 09/06/2013minha estante
Já está na lista de desejados...


Palamedi 15/11/2013minha estante
Não gostei desse livro não, nada de empolgante e historia infantil demais...a hora que parece que vai ficar bom acaba o livro...e pelo q eu estava lendo a resenho do 2° "O Dom" pessoas dizendo que o 1° foi melhor, então já não vou perder meu tempo e nem dinheiro com o 2°...pq o primeiro deixou MUITO a desejar!!!! isso é a minha opinião pq eu li, se sua opinião for diferente e você gostou respeito o seu gosto!!!




Andreza 21/09/2014

Decepcionante!
Bruxos e Bruxas foi o primeiro livro de James Patterson que tive a oportunidade de ler e mesmo não sendo um livro escrito só por ele, estava ansiosa pela leitura. O livro traz a estória dos irmãos Allgood, Wisty e Whit, que são acusados de bruxaria e presos pela Nova Ordem, um novo governo que proíbe livros, música ou qualquer coisa que signifique ameaça à ordem. Eu achei que fosse encontrar uma estória com o foco em governos opressores ou algo do tipo; mas não foi bem assim e esse foi um dos motivos que me fez não gostar muito da leitura. Na verdade eu concluí a leitura sem entender muitos pontos, pois os fatos vão acontecendo muito rapidamente. Talvez uma releitura me ajudasse a entender melhor o que o autor quis passar ou quem sabe lendo O Dom, que é a continuação da série, eu consiga amarrar as pontas soltas. Em vários momentos os nomes muito parecidos me deixaram confusa e os capítulos muito curtos me incomodaram também! Sem se falar que não consegui rir das cenas engraçadas (o humor que os autores quiseram passar não me contagiou) e os personagens não me cativaram. Achei que a estória não foi bem explorada ou talvez eu é que tenha criado expectativas demais. Recomendo o livro a quem quiser uma leitura leve e rápida.


**Comentário publicado no blog Além da Contracapa:
http://alemdacontracapa.blogspot.com.br/2013/12/book-tour-bruxos-e-bruxas.html
Laryssa 14/10/2014minha estante
É uma leitura confusa e por mais que eu tenha me esforçado, ficou tão chato e bobo que eu desisti e abandonei. Pena, tem um tema super amplo que poderia ser muito melhor explorado, mesmo que na linguagem muito mais informal que ele coloca no livro e nem mesmo o universo dos personagens é bem explicado, você pisca e eles já estão em um lugar completamente diferente e o leitor não tem a minima ideia de como eles chegaram lá. Me senti lendo uma fanfic. OBS: Odeio como as palavras: horrivel, horrendo, terrivel, perigosos e outros adjetivos que nem uma criança de 5 anos usa aparecem de 2 em 2 linhas.




Cecília @febredelivro 27/07/2020

Bruxos e Bruxas [Resenha literária]
Bruxos e Bruxas é o primeiro livro da série escrito por James Patterson e Gabrielle Charbonnet. Foi publicado pela Editora Novo Conceito, no qual, apresenta uma boa diagramação e uma capa bem atrativa.

Whit e Wisty são irmãos e estão no começo das descobertas da vida e da família, mesmo com alguns acontecimentos distintos da normalidade em suas vidas, jamais procuravam por respostas ou indagações sobre o desconhecido. Entretanto, quando uma Ordem invade a casa, no qual moravam, se torna um motivo para pensamentos e especulações de quem eles realmente eram.

A Nova Ordem, comandado pelo O Único dos Únicos, é um mundo de opressão, no qual ansiavam por um futuro que substituía as liberdades corruptas e ilusórias denominada democracia, e para isso, era preciso acabar com a pessoas consideradas ‘’anormais’’ que moravam naquela sociedade. Foi quando, os irmãos Whit e Wisty foram arrancados de casa por essa nação e submetidos a julgamentos.

Agora em um mundo totalmente diferente, julgados por um erro que mal sabiam que havia cometido ou quem jamais pensassem que fossem, só restavam para eles, a partir de agora, o sentimento de coragem e enfrentamento de todos os desafios que estavam rodeados. Já que estavam submissos a todas as acusações, para escapar desse mundo de perseguição, opressão e medo, terão que contar um com o outro e aprender a usar magia.

''O que acontece é que sempre nos amamos, mas brigávamos pelas coisas mais mesquinhas e ridículas. Desde que fomos sequestrados, não brigamos mais. A vida, como o ditado mais sábio diz, é curta demais.''

Com uma leitura fluida e uma história atrativa, James e Gabrielle apresentaram uma boa obra com a temática de bruxos e feitiços envolto em uma história distópica. Um dos pontos positivos desse livro são os capítulos pequenos, no qual deixa o leitor ainda mais curioso ao virar a página, sendo notório que o sentimento fica cada vez mais insaciado. Os personagens tinham características semelhantes e que combinavam com a história, entretanto, me perdia algumas vezes na distinção dos dois, pelos nomes serem tão semelhantes. Bruxos e Bruxas foi uma leitura boa, aceitável e me senti motivada a querer ler a continuação da série.

site: https://febredelivro.blogspot.com/
comentários(0)comente



Bru 07/04/2019

Um tremendo desastre
Bem, como começar a resenha do livro Bruxos e Bruxas? Chato? Amador? Irritante? Pois é, ele é tudo isso, sim. Ao menos a meu ver ele é. James Patterson que me perdoe, mas no que ele estava pensando quando escreveu este livro?
A obra conta a história de dois irmãos, Wisty e Whit Allgood, que descobrem serem bruxos, após serem capturados pela Nova Ordem – tipo de poder ditatorial que está dominando a face da Terra. Confesso que não sou muito fã de histórias de fantasia, mas têm algumas que se saem muito bem e acabam me conquistando. Esta, infelizmente, não foi uma delas.
Achei que o escritor se empolgou demais e acabou saindo totalmente da zona verossímil da história. Ele coloca muitos elementos juntos em uma mesma obra, o que acaba deixando as coisas um tanto quanto bagunçadas. A trama não é convincente, ela parece meio desesperada. É uma coisa meio maluca que envolve vários níveis da terra – superfície, terra das sombras, submundo, terra livre… – e várias denominações que categorizam pessoas e animais – curvos, retos e estreitos. E esses elementos todos foram muito mal explicados durante a história.
Além disso, o escritor tem a irritante mania de ficar fazendo paródia de filmes, músicas e livros durante a história. Por exemplo: Harry Potter virou Harry Podre, e Eragon, Edragão. Pelo amor do meu santo Deus, quem em sã consciência inventa uma coisa destas? Parece história de criança escrita da pior forma possível, sem revisão ou qualquer senso de ridículo.
Ainda preciso mencionar o fato de que, lembrando, os irmãos Allgood são bruxos, ou seja, eles têm poderes. Então você se pergunta: que tipo de poderes? E eu digo, o que for conveniente no momento. Como assim? É simples: quando eles precisam de alguém super pequeno para invadir um local específico onde apenas cabe alguém do tamanho de um rato, eles conseguem transformar-se em um. Além disto, eles ficam em chamas sem se chamuscarem, brilham, levitam e controlam coisas. Ah, não posso me esquecer, conseguem trocar magicamente as roupas que estão usando. É como uma comédia de muito mau gosto. Daquelas bem toscas, sabe?
Não tenho muito o que dizer sobre os irmãos bruxos da história, além do fato de que os detestei com todas as minhas forças. Eles tentam ser fortes durante o livro. Protegem um ao outro e em momentos de sofrimento sempre têm uma piadinha para tirar da manga. São sarcásticos e fazem o papel dos jovens inocentes que descobrem ter poderes capazes de salvar o mundo ou morrer tentando. Eu, particularmente, preferia que eles tivessem morrido, assim eu era poupada de ficar lendo as bobagens que eles diziam.
Eu só não abandonei esta leitura, pois queria ter certeza de meus sentimentos pela obra após ter acompanhado toda sua história e ter tido a oportunidade de tirar minhas conclusões. Precisava fazer esta resenha, mas para isto precisava me munir de argumentos que explicassem minha aversão pelo livro. Ao final eu tive a plena certeza que desperdicei boa parte da minha vida em algo que nada conseguiu me acrescentar.
Infelizmente este é um daqueles livros que eu não consigo indicar a ninguém.

site: https://freescura.wordpress.com/
Adriana 22/07/2020minha estante
Nossa, curti muito sua resenha, eu também acho a mesma coisa. A história é boba, os personagens são rasos, o mundo é raso, fora a conveniências ao longo da história (como os poderes, que vc citou), que fazem com que o leitor deixe de se importar e se preocupar com os protagonistas, visto que o autor vai tirar do c#$% qualquer coisa, temos poderes, mas não há regras para eles...Enfim uma lambança. Esse é um dos piores livros que eu li na vida.
Uma pena, pois a proposta, em si, é muito interessante, mas falha miseravelmente na execução.




Saleitura 19/09/2013

Estamos em uma época na qual os jovens estão indo as ruas lutar pelos seus direitos e por um país melhor. Ao ler Bruxos e Bruxas, fica bem claro que a ficção também pode retratar em partes a realidade com a qual nossos pais, tios, avós, antepassados, conviveram em tempos de guerra e de ditadura militar de uma forma mais distópica e não tão distante de nós, como já mencionado na sinopse do livro.

Em Bruxos e Bruxas, nos deparamos com um novo governo chamado Nova Ordem controlado pelo "O Único que é o Único". Um regime muito-super-hiper autoritário no qual não existe nenhum tipo de liberdade. Educação, música, livros, arte e cultura em geral não existia mais. Tudo era fiscalizado com rigidez pelo governo. As pessoas que eram contra estavam condenadas a prisão e no mais tardar a morte. Mas a Nova Ordem tinha prazer em eliminar principalmente os jovens, pois esses sim eram uma grande ameaça a sociedade e ao futuro desse regime, especialmente os considerados bruxos e bruxas. Os jovens possuem voz ativa, tem sede de mudança e lutam por melhorias, os que possuem dons, poderiam liderar e conseguir banir a Nova Ordem, por esse motivo, eram os primeiros a serem reclusos sobre vigilância dura e após completar dezoito anos eram condenados a morte.

"A Nova Ordem é um futuro brilhante! É um futuro que substitui as liberdades corruptas e ilusórias das chamadas democracias com uma disciplina muito maior (...) E parte desse melhor, claro, é tomar as medidas necessárias para eliminar os depravados, os criminosos e todos aqueles que ameaçam a prosperidade e a supremacia da Nova Ordem" ( Página 93)

A leitura começa quando os irmãos Allgood, Wisty e Whit, são acordados no meio da noite na casa onde moram com os pais por membros da Nova Ordem. Acusados de serem uma ameaça a sociedade por possuírem dons que eles mesmos desconhecem, são levados a força e encaminhados para a "Prisão da Superfície". Antes de partirem, seus pais lhes entregam um caderno e uma baqueta, sem dar no mínimo uma explicação plausível sobre o que estava acontecendo de fato.

"Às vezes, as pessoas têm medo de quem é diferente. E o medo faz com que elas fiquem bravas e irracionais" (Página 22)".

Parece loucura, mas não é. Imagina só ser levado de casa e ser acusado de bruxaria, se na verdade você nunca teve dom nenhum e sempre foi um adolescente normal? Isso é o que estava acontecendo com os irmãos Allgood. A Nova Ordem enxergava neles uma ameaça e o "Único que é o Único" só ficaria satisfeito se conseguisse manter os dois bem vigiados e ao seu alcance.

"- Vou facilitar para vocês dois. Tudo o que têm que fazer é renunciar a sua existência anterior, como suas liberdades, seu modo de vida e, principalmente, seus pais, e , então serão poupados. Vocês não sofrerão mal nenhum se obedecerem às regras." (Página 29)

Com o desenrolar da leitura, Whit e Wisty, vão percebendo que realmente possuem dons e vão descobrindo cada um deles, além de aprender como utiliza-los nos momentos certos.

"- Temos que descobrir como isso funciona - Wisty disse, tensa. - Eu sei que você acha que sou louca, mas estou começando a acreditar nessa história de bruxo e bruxa. Na nossa mágica. Temos que treinar, Whit. Temos que ter mais força de vontade. Talvez você seja um bruxo. Talvez eu seja uma bruxa." (Página 86)

Whit, o irmão mais velho, tem dezessete anos e esta a prestes de completar os temidos dezoito anos. Sua namorada, Célia, sumiu antes dele ser preso e, pelo o que tudo indica, ela também foi capturada pela Nova Ordem. O personagem é bem carismático, porém sua irmã rouba a cena na maior parte da história. Wisty tem quinze anos e é dona de uma cabeleira ruiva. Tem um senso de humor fantástico, chorona e possuí vários poderes de bruxa que ela mesma fica perplexa a cada descoberta.

Os irmãos passam por muitas dificuldades e tem uma grande ajuda de outros jovens que se encontram na mesma situação que eles. Muitas aventuras e aprendizados embalam esse primeiro livro da série construído pelo famoso escritor James Patterson e Gabrielle Charbonnet. Confesso que nunca li nenhum livro de ambos, porém já conhecia Patterson por causa dos comentários das amigas leitoras diante de suas obras.

Gostei bastante de Bruxos e Bruxas, só que devido ao grande marketing feito durante o seu lançamento eu esperava mais da história. Para ser sincera, acreditava que seria um livro de suspense e terror, afinal a capa e o título dá um pouco essa impressão de que será algo bem aterrorizante. Na verdade é mais um livro distópico e com bastante aventura, sem contar que muitas vezes consegui dar boas gargalhadas com a caçula Wisty. Por esse motivo, dei quatro livrinhos. Apesar disso, a história é muito boa e com uma escrita jovial que prende a atenção. O próximo livro da série esta previsto para sair no final do ano e se chama "O Dom". Aguardo ansiosamente!!!


Resenhado por Vivian San Juan
http://www.skoob.com.br/usuario/perfil/136331/perfil:on

site: http://saletadeleitura.blogspot.com.br/2013/09/resenha-do-livro-bruxos-e-bruxas-de.html
Vanda Ramos 17/04/2014minha estante
adorei quero


Claudia 17/04/2014minha estante
Amo distopias, e essa é uma que eu com certeza vou amar!! *-* Preciso!!!


SINISTRO171 27/04/2014minha estante
Resenha muito boa, abordando o conteúdo de forma simples e inteligente, despertando o interesse dos leitores, vale a pena conferir.


Andrea 27/04/2014minha estante
gostei


Sáh 28/04/2014minha estante
amo a história de bruxas, vale mt a pena ler e imaginar!! *-* mto boa a resenha, valeu !!!


Lee 03/05/2014minha estante
Ameiiiii!! Louca p viver essa historia emocionante na leitura!!!


Patrini 05/05/2014minha estante
Adorei a resenha, já estava com vontade de ler o texto e os quotes que tu escolheu só aumentaram essa vontade. Parabéns pela resenha!


Ketlen Patricio 05/05/2014minha estante
Eu já li incontáveis resenhas sobre esse livro e a cada uma que eu leio fico mais curiosa para conhecer essa história incrível, esse é um gênero de livro que eu gosto bastante, pessoas lutando por um modo de vida melhor me encanta.
Adorei a resenha.
Beijos


Tali 07/05/2014minha estante
Já li tantas resenhas sobre os livros da série "Bruxos e Bruxas" que me deu uma vontade de ler os livros, acho que quando eu os ler, eles se tornaram os meus favoritos.
Adorei a resenha.
Bjos.


Dani 12/05/2014minha estante
Tenho muita vontade de ler essa série também, gosto muito de estórias envolvendo bruxaria e esta parece ser muito interessante, nunca li nada onde os jovens fossem "confiscados" por ser suspeitos de praticar magia e fiquei curiosa para saber como será o desenrolar deste livro. Parece ser uma boa leitura, apesar de você ter comentado que esperava mais. :)




Val 09/01/2014

Livro "Bruxos e bruxas"
A vida da familía Allgood vira de cabeça pra baixo quando eles têm a casa invadida e os filhos são presos pela Nova Ordem. São acusados de bruxaria. Whit e Wisty são presos e não entendem nada, pois até aquele dia, não sabiam nada sobre isso. Mas, no momento de raiva, Wisty começa a pegar fogo e incrivelmente não se queima.
A narrativa do livro vai se alterando entre os irmãos e é cada hora um que conta uma parte.
Os pais deles sumiram..se esconderam..e nesse meio tempo os irmãos conseguiram escapar, mas bolam planos junto a outras pessoas para salvar o restante das crianças que estão presas.
O livro acaba como no inicio, onde eles estão para serem executados.
Eu termino o livro já querendo ler o outro. Ansiedade louca!



E você? Já leu? O que achou?
Conta ai pra gente! :)

site: http://www.revistagalaxy.com/2014/01/resenha-bruxos-e-bruxas_6829.html
Karinne 09/01/2014minha estante
Será minha próxima leitura,adoro livros de bruxaria! :D beijos!


Beth 10/01/2014minha estante
Ganhei este livro a pouco tempo e estou ansiosa pra que chegue logo. assim poderei curtir muito a história e os personagens.


Gy 10/01/2014minha estante
Sou muito fã de livros de magia, esse livro tem dado o que falar, e quero muito ler...


Dâmaris 13/01/2014minha estante
O livro parece muito interessante, já tinha ouvido falar a respeito dele. Achei a resenha muito sucinta, poderia ser um pouco mais detalhada.


Gizeli Regina Meister 14/01/2014minha estante
Amei a resenha. Me deu muita vontade de ler. Quando vi o título pensei: "Ah, deve ser só algo como caçar bruxas", mas logo que li, vi que estava totalmente errada. Tenho em mente que preciso ter logo esse livro em mãos.


Fernanda @condutaliteraria 21/01/2014minha estante
Gosto bastante do autor e do tema também, mas esse livro infelizmente não me prendeu :(


Káritha 30/04/2014minha estante
Oi gente estou lendo o livro agora e estou com uma duvida, nao sei se é so o meu mas vcs repararam que o texto esta torto nas paginas? O.o




Keell 27/03/2020

Péssimo
Não vou dizer que parece uma fic, porque já li muita fic boa, coerente e bem escrita. Não sei nem descrever esse livro. A ideia era boa, tinha tudo pra ser um livro bom, mas os diálogos, a escrita deixou muito a desejar. Um livro fácil de ler, mas com uma história desleixada.
comentários(0)comente



Li 06/05/2020

Esperava muito mais...
Eu ainda não sei o que dizer desse livro de outra forma, então: ruim, mas me prendeu. Não gosto da escrita, alguns momentos que poderiam ser incríveis NÃO são, a história tem um milhão de furos e a maneira como pulamos de um ponto para outro me irritaaaaaa. Hahaha

E o pior é que eu quero saber até onde isso vai dar... Parabéns, James! Nota 2.
comentários(0)comente



zoni 10/02/2019

Xmen Evolution? Eu jurei que seria uma história sobre bruxaria!
1,5

Meu santo Apolo, esse livro é muito ruim, ruim mesmo, e eu esperava tanto dele, até porque na época de lançamento lembro que qualquer booktuber só comentava dessa história, enalteciam tanto esse livro que eu jurava que seria uma ótima história, me enganei muito. O livro beira o ridículo... Na verdade, acho que no fundo os autores queriam fazer uma paródia, e isso cagou tudo, ficou superficial, mal explorado, mal escrito, chato. Ainda estou tentando entender qual a razão de um livro tão curto ter mais de 100 capítulos. É sério autores, capítulos com 30 palavras atrapalham a leitura, parem de fazer isso, é irritante e soa preguiçoso. Os personagens não agradam em nada, são dois irmãos, e cada um narra um capítulo, mas sério SÃO A MESMA PESSOA NARRANDO, APENAS COM NOME DIFERENTE. A maior parte do tempo o livro é chato e a gente sente a necessidade de abandonar. Eles são bruxos? Não, sinceramente não, eles estão mais pra mutantes do Instituto Xavier, perdidos numa história mal contada. Já li fanficions melhores.

site: www.instagram.com/nomeiodatravessia
Alana Nery 10/02/2019minha estante
E nem tente ler o segundo para ver se melhora, porque isso não acontece. Na verdade o segundo me deu ainda mais raiva, já que os autores escraxaram no romance adolescente e tentaram colocar uma carga dramática que só serviu para dar raiva.


zoni 12/02/2019minha estante
Ai, Alana, eu desisti real e oficial, não tenho intenção nenhuma de continuar, só não abandonei esse porque ele era de fato pequeno, caso contrário teria marcado como abandonado, porque horrível, escrita podre, personagens ridículos, plot ridículo e a parte de bruxaria totalmente porca, acho que os autores não fizeram nenhuma pesquisa antes de escrever. Horrível em todos os sentidos.


Rael 13/03/2019minha estante
Eu concordo com tudo o que disseste. Os autores brincaram com a minha inteligência. Me senti totalmente bocó lendo esse livro. Foi tudo mal construído. O enredo é totalmente sem pé nem cabeça, os personagens são chatos pra caralho. Tudo muito tosco. Me sentindo um idiota. (Comecei a lê-lo dia 11/03/2019 e o terminei hoje 13/03) estou numa ressaca literária bem foda, com medo de pegar outros livros para ler. Hahaha. Socorro. Estou muito bolado.




442 encontrados | exibindo 1 a 16
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 |