Renascer de Um Outono

Renascer de Um Outono Samanta Holtz




Resenhas - Renascer de um Outono


41 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3


CATATAU 15/11/2019

O DESTINO DÁ VÁRIAS CHANCES PARA A VIDA
Venha conhecer a Anna Hills a doce menina que consegue conquistar à todos…
Deixando Mountanhain Valley (Movva) seu lar com seus familiares para tentar a vida na cidade grande, em Icefall, mas após ser reprovada na faculdade e perder o emprego, começou trabalhar de babá…
Conheceu Ricardo pra quem foi trabalhar cuidando de sua sobrinha Lauren, onde encontrou uma sincera amizade neste grande novo amigo…
Na esperança de rever John, que estudava medicina em Icefall, seu amor platônico a quem amava em silêncio desde a infância…
Uma história linda, envolvente e gostosa de ler do início ao fim…
Onde as montanhas era o cenário preferido de Anna…
Venha conhecer esta linda e maravilhosa história…
Parabéns Samanta… sua história é divina e maravilhosa… Amei.
comentários(0)comente



Cheli 10/08/2017

Amei, amei, amei !!!
Estou em estado de letargia até agora, como sabem meus romances preferidos tem que me fazer chorar e esse livro minhas amigas, não me decepcionou, depois de como eu era antes de você, esse sem dúvida nenhuma, chegou quase a superar. É um romance nacional o segundo que leio da Samanta Holtz (1º O Pássaro), fala sobre perdas, superações,
todos os tipos de amores e, principalmente, sobre o recomeço, é repleto sentimentos puros e singelos, renovou minha fé, e me fez lembrar que por mais que a vida não tome os caminhos pelo qual sonhamos e revire nossos planos de cabeça pra baixo, devemos continuar acreditando no amor, enxergar possibilidades até na mais dura e fria derrota. Tenho apenas uma queixa, achei o final rápido demais.
comentários(0)comente



spoiler visualizar
Elda.Pimentel 03/11/2016minha estante
já vou furar fila rs


Carla Solayne 03/11/2016minha estante
Vc vai amar Elda! Pode apostar!! :-)


Elda.Pimentel 03/11/2016minha estante
imagino Sarah...há tempos paquete com ele


Jéss 03/11/2016minha estante
Fiquei com mta vontade de ler agora! :) louca pra conhecer os livros dela.


Carla Solayne 03/11/2016minha estante
Tbm estou louca para ler outros livros dessa autora Jéss! A forma dela escrever é linda, super poética e reflexiva. Tenho certeza que os outros livros são tão lindos quanto esse! Detalhe: esse livro Renascer de um Outono, a autora escreveu com apenas 14 aninhos...tem noção do talento dessa pessoa, minha gente? hehe


Jéss 04/11/2016minha estante
Nossa, sério!? Que legal! Bom, só ouvi boas críticas sobre Quando o Amor Bater a Sua Porta. Estou louca pra ler este e outros livros dela pq pelo visto ela realmente é boa.
Nunca pensei que chegaria o dia em que eu diria que quero ler livros nacionais. E não é que já até comprei vários e gostei do que já li!?!? Rsrsrs


Patti Spissoto 28/03/2017minha estante
Pra mim a história poderia ser melhor se tivesse sido melhor escrita...sei lá, achei algumas partes meio confusas e encontrei alguns erros na história... A ideia foi boa, mas faltou melhorar algumas coisas pra ficar perfeita...
Tudo bem que ela disse que foi escrita quando ela tinha quatorze anos. Mas...




Sâmmy 27/09/2016

Resenha exclusiva para o blog SammySacional

A vida não tem sido fácil ou generosa com Anna Hills. Recém-dispensada de seu emprego e lidando com a reprovação no vestibular, ela ainda está aprendendo a lidar com a morte da mãe enquanto segue na construção de seu próprio caminho, tudo isso em uma cidade estranha e distante do pai e dos irmãos de quem tanto sente falta. Antes que a desistência de sua jornada na cidade grande se dê por completo e ela retorne para casa, porém, uma oportunidade inesperada de emprego lhe surge - como babá de uma garotinha que vive com o tio. Mas essa certamente não será uma missão fácil, uma vez que a garota, traumatizada pela perda dos pais, isola-se de todos e se mostra tão arredia. Apesar disso, Anna não pretende desistir tão fácil e fará de tudo para quebrar os muros da pequena Lauren, ao mesmo tempo em que quebrará, sem perceber, os próprios muros de insegurança que tanto a impediram, no passado, de correr atrás do que queria de verdade.

Quem já acompanha o blog há um tempo deve saber bem o quanto sou apaixonada pelos livros da Samanta Holtz - o início da resenha de O Pássaro, aliás, deixa isso claro até demais, rs -, então nem preciso dizer que, com essa premissa clichê mas ao mesmo tempo intrigante, logo quis embarcar em mais essa leitura. Saber que esse fora, originalmente, o primeiro livro escrito pela autora em sua carreira, inclusive, só ressaltou o quão talentosa ela é desde tão jovem. Claro que o livro passou por algumas revisões desde o rascunho original, mas a própria Sam declara, em uma nota no próprio livro, que procurou não mudar muita coisa no enredo para não tirar a essência do seu eu de anos antes, quando pensou nos personagens pela primeira vez, ainda que com uma igual essência do seu eu de agora, pela narrativa doce e sensível de que tanto gosto.

“— [...] às vezes, Deus coloca situações em nossa vida que, de início, parecem ser um castigo. Porém, se formos fortes e seguirmos acreditando, logo encontramos o bem que estava reservado para nós dentro dessa provação.”

Diferentemente dos seus outros dois livros já lançados, O Pássaro e Quero Ser Beth Levitt, a história de Anna Hills segue numa narrativa em primeira pessoa pela nossa personagem de dezoito anos. Já começando com sua demissão após um mal-entendido na lanchonete onde trabalhava, ela se vê um tanto quanto sem rumo após perder a única estabilidade que tinha na cidade, começando a pensar constantemente sobre retornar à sua casa na pequena Mountain Valley. Ao se deparar com a oportunidade de ser babá da pequena Lauren, porém, ela está disposta a quebrar as barreiras da menina, que, por sua vez, não vai facilitar em sua nova vida na mansão onde ela e o tio residem. Com toda essa pressão, ela tende a mostrar-se um pouco insegura e teimosa de início, mas com o passar da história logo conheceremos melhor a protagonista, como a garota tímida, mas determinada que é, e que não foge dos problemas - da maioria deles, pelo menos - e não hesita em falar o que pensa, ainda que com sua delicadeza natural de alguns momentos. Dessa forma, é meio inevitável não simpatizar com ela e envolver-se tão rapidamente com seus dramas e lutas diárias, de modo que eu precisava fazer pausas durante a leitura para digerir com calma certos acontecimentos, assim como ela mesma, rs.

“— Mas não escolhemos o rumo que nossa vida irá tomar. Só o que podemos fazer é entender, aceitar e mudar o ritmo da dança quando o destino muda a música.”

Essas pausas não querem dizer, porém, que a narrativa é lenta, muito pelo contrário. Depois de pegar o ritmo após os primeiros capítulos era até difícil parar, de tão fluida e leve que ela é, ainda que abordando eventuais temas fortes como a perda dos pais e sobre como lidar com crianças visivelmente problemáticas como Lauren. Aliás, tanto Lauren como os demais personagens também são um outro ponto de que gostei muito no livro. A começar pela garotinha, por mais arredia que ela fosse e me irritasse um pouco de certa forma, quando agia tão fria e indiferente perante os esforços de Anna, é impossível não entender suas ações de alguma forma - ainda que não concorde com elas, é claro. Afinal, o trauma vivido pela menina ainda tão jovem, perdendo os pais de uma forma tão repentina em um acidente, rega lembranças ruins daquela noite e de todos os momentos difíceis a seguir, nada fáceis de serem digeridos até mesmo para um adulto, mas, ao mesmo tempo, também é discutido o quão não se pode deixar crianças nessa situação persistirem em tais atitudes por tanto tempo, porque chega uma hora em que é preciso conformar-se de um jeito ou de outro e evitar que essas emoções negativas saiam ainda mais de controle.

“— Acredito que não é o amor quem provoca sofrimento, e sim a falta dele — falei. — É a ausência do amor que causa decepções e tristezas. O amor cura, liberta... e somos nós que erramos ao chamar de ‘história de amor’ qualquer relacionamento envolvendo duas pessoas, pois o fato de estarem juntas não significa que seus corações também estejam. E o contrário também vale...”

Além dela, temos Ricardo, seu então tio e responsável pela guarda da menina desde a morte da irmã e seu esposo, mesmo ainda jovem e há pouco tempo de formado e estabelecido profissionalmente. Esse, por outro lado, é um daqueles personagens que cativam desde o primeiro aparecimento na história, com uma personalidade e postura sempre tão viva e carismática, ainda que depois de enfrentar tantos momentos difíceis. Disposto a fazer Lauren se abrir mais, deposita sua esperança em Anna, com quem acaba por desenvolver uma amizade tão singela e bonita que deixei de prestar atenção no mocinho e fiquei aos suspiros com ele mesmo, rs. E falando em mocinho, eis que temos o John, antigo conhecido de Anna dos tempos do colégio e recém-chegado na cidade. Ele também é um amor e desenvolve uma relação igualmente bonita com a protagonista, apesar de, mesmo com toda a sua simpatia e timidez, não ter me cativado tanto quanto o Ricardo, mas isso não impediu que fosse um personagem igualmente marcante na narrativa. Da mesma forma, os secundários como os amigos da protagonista e sua própria família também cumpriram seus papéis, ainda que um tanto breves no enredo, com igual simpatia e firmeza.

Eu só realmente esperava que o romance tivesse se desenvolvido de um jeito mais calmo, ainda que ele também não tenha sido às pressas. Mas sinto que não me apeguei tanto a ele quanto queria no começo, o que mudou mais, porém, à medida que algumas revelações surgiam e eu passei a ficar com o coração apertadinho durante a leitura. Era uma angústia tão grande acompanhar Anna naqueles momentos, queria tanto poder abraçá-la, mas certas coisas são inevitáveis. Eu só não esperava que, a partir daí, a história adentrasse numa série de reviravoltas cada vez mais intensas, culminando em um final que, apesar das circunstâncias, foi exatamente o que eu queria mesmo sem saber, concluindo a leitura de Renascer de Um Outono em um doce e positivo saldo de cinco estrelas + favoritado, como mais uma feliz surpresa com os livros de Samanta Holtz; e sigo no aguardo de sua mais nova história a ser lançada pela Editora Arqueiro neste mês de Agosto de 2016, Quando o amor bater à sua porta.

site: http://sammysacional.blogspot.com.br/2016/08/Resenha-RenascerDeUmOutono.html
comentários(0)comente



Ariane 26/07/2016

Resenha Renascer de um outono
Sinopse: A vida aos dezoito anos está muito diferente do que Anna Hills havia sonhado. Sozinha em uma cidade estranha, reprovada no vestibular e demitida do emprego, ela enfrenta a difícil batalha para superar o desânimo e ir em busca de um lugar no mundo que possa chamar de seu.
Determinada a deixar os fracassos para trás, Anna descobre nos classificados a vaga para baby sitter de uma garotinha que vive com o tio. No entanto, ela não imagina que aquele pequeno anúncio de jornal se tornará o passaporte para as maiores emoções da sua vida, colocando-a face a face com mudanças, escolhas e com John, o rapaz que amava em segredo desde a infância, em um encontro que os levará a desvendar o verdadeiro sentido do amor, da vida e da importância de fazer cada instante vivido valer a pena.
Em uma tortuosa e apaixonante jornada, Anna descobrirá a força de uma grande amizade, a dificuldade de se conquistar o coração de uma criança e, acima de tudo, o poder transformador do amor, naquele que será o melhor e o pior outono da sua vida.
Anna é uma garota de apenas 18 anos, que decidiu mudar de sua cidade para Icefall após se formar no colégio, para trabalhar e fazer faculdade de veterinária, que era seu sonho, ela queria independência e também fugir do sofrimento da perda de sua mãe.
Porém nada tem sido como ela sonhou, não conseguiu passar no vestibular e após quase seis meses na cidade nova, está simplesmente sobrevivendo, pois ainda sente muita falta da sua mãe, quase não fala com seu pai e seus irmãos pois acha que assim conseguirá fugir do sofrimento, trabalha em uma lanchonete até que agradável, mas com um patrão horrível e para ajudar, mora em um prédio aonde a filha do síndico, Cindy, torna seus dias mais desagradáveis.

"Aos 15 anos, previa meus dezoito de um jeito totalmente diferente; eu estaria cursando o primeiro ano da faculdade, comemorando um ou dois anos de namoro com o homem dos meus sonhos - John de preferencia - e estagiária em um clinica veterinária. De fato tudo está muito diferente de como eu esperava. Talvez seja essa a razão do pensamento que vem me acometendo nos últimos tempos: se o meu presente está tão longe de como eu costumava imaginá-lo, quem garante que serei capaz de construir o futuro com qual sonho?"

Acha que já ta bom de coisas ruins? Mas ainda não acabou, ela acabou sendo demitida por seu chefe horroroso após ser pega aos beijos com Rob, seu colega de trabalho. é nesse momento sem emprego, que Anna resolve visitar sua família em Movva (Mountain Valley) sua cidade natal, pois não aguenta mais de saudade e está precisando deles.
Rob se oferece para dar uma carona para Anna, no caminho até Movva eles decidem ser só amigos, Anna não consegue gostar de outra pessoa que não seja John, seu amor "platônico" desde a época do colégio. E é nessa viagem que Ana descobre que Rob é também o amor de infância de sua amiga Raquel, e que ele também lembra dela até hoje. Que situação difícil ela se enfiou, beijar o amor de sua melhor amiga. Mas Anna vai dar um jeito de resolver as coisas.
Após uma visita revigorante à sua família, Anna volta a Icefall para um teste para ser babá na casa de Ricardo.

"Se há algo que essa virada da vida me ensinou foi que, apesar de todas as dificuldades, devemos erguer a cabeça e seguir em frente. Transformar as lagrimas em força, a força em atitudes e os erros do passado em chão que sustenta o caminho rumo ao sucesso. Se olhar em volta e não encontrar nenhuma luz que o gui, basta fechar os olhos: a luz estará dentro de você."

Ricardo tem apenas 25 anos e ficou com a guarda de sua sobrinha Lauren, por ser seu único parente vivo, a dois anos colocou no jornal a vaga de babá para sua sobrinha, porém não conseguiu nenhuma que desse certo com Lauren. Anna não sabe como, mas esse jornal foi parar em suas mãos, e agora ela vai tentar conquistar o coraçãozinho fechado de Lauren, mas ela não esperava que seria tão difícil.
Fácil mesmo foi conquistar o coração de Ricardo, seu chefe, em pouco tempo ambos criaram uma linda amizade.
Mas quando Anna começou a trabalhar com Ricardo não sabia que ele ia ser uma chave importante de tantas mudanças na vida dela.
A história de Anna é linda, ela não é aquelas personagens coitadinhas, é uma garota com apenas 18 anos, forte, determinada, batalhadora e nunca desiste, mesmo nos maiores obstáculos, nessa história vemos o seu amadurecimento. Anna é aquela garota que faz diferença na vida das pessoas, por onde ela passa deixa sua marca de carinho, compreensão, afeto, amor, amizade, esperança.
Anna consegue seu grande amor, porém ela não esperava por tudo que passaria, sua construção, sua quebra e sua reconstrução.

"Quem não luta não perde, mas também não ganhas. quem não tenta não prova o amargor da frustração, mas também não saboreia a doçura da vitória. Afinal, eliminando o risco da dar errado, também eliminamos o risco de dar certo."

O livro é maravilhoso, você se sente na história, da a impressão de que a autora foi conhecendo a história ao mesmo tempo em que escrevia, parece que a história tem vida própria, porque as coisas vão acontecendo naturalmente como na vida real, é difícil explicar, mas é como se num momento acontecesse algo que você nem imaginava, e você vai sendo pego de surpresa durante a leitura, não é um livro cheio de mistérios, mas é um livro cheio de acontecimentos novos.
Esse é o primeiro livro da Samanta que eu li, e já estou encantada com a autora, ela é o Nicholas Sparks brasileiro. Prepare os lencinhos, muitas lagrimas vão rolar, eu não esperava, mas chorei muito, mas também me diverti, e suspirei muito.
A autora já tem mais dois livros publicados, que estou doida para ler, "O pássaro" e "Quero ser Beth Levitt", e etá lançando mais um livro, "Quando o amor bater à sua porta".

Veja resenha completa no blog

site: https://arianeeleuterio.blogspot.com.br/2016/07/blog-ariane-eleuterio-resenha-renascer.html
Samanta 31/08/2016minha estante
Querida Ariane!

Muito obrigadaaaa por dividir sua opinião aqui no Skoob através dessa lindíssima resenha! Adoreiiii!

Já tinha lido e comentado em seu blog, mas precisava agradecer mais uma vez!

Espero que ameeee meus outros livros também, já que esse foi o primeiro! :)

Beijoooossss
Sam :*




Kenia 06/10/2015

"Se o meu presente está tão longe de como eu costumava imaginá-lo, quem garante que serei capaz de construir o futuro com o qual sonho?"

Anna Hills é uma jovem sonhadora e determinada. Seu sonho é se formar em Medicina Veterinária, e pra isso, ela resolveu mudar para Ice Fall, uma cidade grande em que ela aplicou para uma universidade de lá. Essa mudança não foi somente motivada pela carreira, mas por algo triste que aconteceu em sua vida: sua mãe faleceu em um acidente de carro, e Anna decidiu se mudar como forma de superação e amadurecimento.

O que ela não esperava é que não fosse passar na prova. Mas isso não a faria voltar para sua cidade natal, Mount Valley ou como ela carinhosamente apelidou, Movva. Trabalhando como garçonete no Snack Glace, ela acreditava que poderia continuar em Ice Fall com esse emprego e tentar o próximo vestibular. Porém, a sorte não estava muito a seu favor. Anna foi dar uma descansada na cozinha do restaurante após longas horas de trabalho em pé e acabou engajando em uma conversa com seu colega de trabalho, Rob. O que ela não contava era que essa conversa ia colocar ambos em maus lençóis com o estressado patrão, Senhor Mattos. Os jovens foram então demitidos.

Totalmente sem direção, a jovem liga para sua memiga (melhor amiga) Raquel e desabafa sobre a perda do emprego, suas dúvidas, medos, mudanças e confusões amorosas. A amiga então a encoraja a resolver as coisas mais importantes e Anna consegue foco e calma para tomar decisões. No dia seguinte, ela decide procurar por emprego, e seu primeiro passo é dar uma olhada nos classificados. Ela pede um direcionamento à sua mãe, que ela sente se comunicar através do vento, e curiosamente, uma vaga de babá surge na página dos classificados.

"Você viverá uma história intensa de amor e entrega. Algumas coisas que você conquistar nesse período serão permanentes e, de outras, você terá que se despedir. (...) estará dividida entre dois caminhos. Ambos a levarão para uma nova descoberta, mas, se você escolher com o coração, encontrará a felicidade duradoura."

Ela se empolga com a ideia do novo emprego já que adora crianças. Sua função será cuidar de Lauren, que mora com seu tio Ricardo, um belo arquiteto com um senso de humor contagiante.
Já Lauren, não é uma criança como todas as outras. Difícil de se relacionar, ela se mostra indiferente a todos à sua volta. Anna aceita o desafio, porque imagina ser possível conquistar o coraçãozinho de Lauren.

Anna se muda para a casa dos patrões e lá começam suas novas experiências de vida. O dia-a-dia com Lauren e as pequenas batalhas que ela precisa vencer; ela vê um ótimo amigo em Ricardo, eles se relacionam bem desde o princípio. Mas algo está faltando... E seu coração?

Anna tem uma paixão platônica por John desde seus 12 anos. Ele também é de Movva. Só que ela nunca conversou ou flertou com o rapaz, esse amor simplesmente cresceu e ficou com ela. Essa eterna paixão a levava a curtir tudo com o nome John: os cantores John Mayer, John Lennon, John Mclaughlin, sem contar na literatura, tendo como livro favorito Dear John e durante a história, sua constante companhia é A Culpa é das Estrelas, de John Green!

"Se há algo essa virada da vida me ensinou foi que, apesar de todas as dificuldades, devemos erguer a cabeça e seguir em frente. Transformar as lágrimas em força, a força em atitudes e os erros do passado em chão que sustenta o caminho rumo ao sucesso. Se olhar em volta e não encontrar nenhuma luz que o guie, basta fechar os olhos: a luz estará dentro de você!"

De um pequeno anúncio de jornal, Anna viverá as maiores emoções de sua vida, ela vai passar por mudanças, escolhas, reencontros, descobrirá o verdadeiro sentido do amor, da vida e da importância de fazer cada momento valer a pena. E que sempre vale a pena recomeçar.

Esse livro é lindo, apaixonante, fofo, tudo na medida certa, assim como a escrita da Samanta. Já li O Pássaro e Quero Ser Beth Levitt e me encantei demais! Com Renascer de um Outono não seria diferente. Seus romances são leves e de escrita fluente, além de serem carregados de mensagens e lições de vida. Percebi isso bem mais em Renascer de um Outono. Anna passa por situações boas e ruins, mas sempre procurava tirar algo disso e seguir em frente. Esse é um romance para aquecer o coração e se deixar envolver pelas surpresas do destino.
Leiam e se encantem!
Samanta 11/01/2016minha estante
Querida Kenia,

Muito obrigada pela lindíssima resenha de Renascer de um Outono e por compartilhar sua opinião aqui no Skooob! Fico muito feliz em saber que a leitura foi tão emocionante e especial :)

Beijos no coração!!
Sam :*




Dani 26/09/2015

Fascinante
Comprei os livros de Samanta Holtz por indicação e o primeiro que resolvi ler foi Renascer de um Outono, eu particularmente adoro romances.
Confesso que no início pra mim custou a desenrolar a história, cheguei a parar de ler por alguns dias, resolvi retornar e estou aqui com tantos sentimentos.
Confesso que quando Ana entrou na vida e na família de Ricardo o meu coração tinha certeza que os dois tinham que ficar junto. rsrs
Mas depois que John apareceu ficou tudo mais lindo e apaixonante, mas o momento do médico pós cirurgia foi um baque pra mim, não consegui parar de chorar, eu tava parecendo a personagem, meu choro não cessava e não consegui dormir, tive que terminar o livro pra poder dormir.
Acordei pensando na história, relatei em poucas palavras para meu esposo de tão fascinada que estava com a história.
Adorei o desfecho que meu coração não tinha se enganado.
Apaixonada pela história, os personagens e a autora.
Samanta 30/09/2015minha estante
Querida Dani,

Que lindas palavras sobre Renascer de um Outono!!! Amei saber que a história de Anna a tocou de forma tão profunda, e que permaneceu em seu coração mesmo após a noite de sono :) Fico muito feliz, de verdade, em saber que foi uma leitura tão especial!

Beijos no coração,
Sam




Vania Dilma 27/07/2015

Verdadeiro e otimista até o fim.
"Entre você e Deus"
Renascer de um Outono é uma montanha russa de sentimentos: primeiro eu o adorei, depois me entediei, em seguida devorei com descrença os novos acontecimentos, me senti tentada a largá-lo ao perceber que certas coisas - coisas que eu sonhara que se concretizassem - pareciam ficar cada vez mais longes, posteriormente me apaixonei por algo inédito, senti as lágrimas após momentos surpreendentes, sorri com a nova caminhada que a história tomou, me desesperei por imaginar o que poderia vir a seguir, chorei - chorei muito mesmo - quando só restavam fragmentos de um coração partido, mas, como ansiava, as trevas se foram e a luz assumiu o cenário de fundo, deixando claro que, apesar de todo o sofrimento, a vida continua e, melhor ainda: você não está sozinho.
Terminei o livro com muitas lágrimas - confesso - mas também com o coração leve.
Renascer de um Outono é um livro - apesar de curto - muito longo durante as primeiras páginas. Tive que me conter para não largá-lo, afinal o desfecho estava estampado nas entrelinhas.
Mas, me surpreendendo mais do que eu ousara imaginar, eu me encantei com a mensagem que o livro trouxe, além da veracidade da autora ao falar de seu amor integral por Deus.
Me emocionei diversas vezes, principalmente por partilhar da mesma fé que a autora, mas não posso deixar de creditar - até por que não seria nada justo fazer isso - a escrita da mesma, que evoluíra muito após alguns capítulos.
Samanta Holtz conseguiu fazer aquilo que muitos autores não conseguem: tocar fundo nos sentimentos do leitor.
Recomendo o livro à todos que não se importem em derramar umas boas lágrimas.
Samanta 18/08/2015minha estante
Uau!!!

Querida Vania, que palavras lindas... lindas, lindas, lindas! Ler a descrição dos seus sentimentos ao longo da leitura criou um "raio X" perfeito dos sentimentos despertados ao longo da leitura - o início mais lento, de reflexões e a falsa sensação de "já antecipar o fim" rs... a história caminhar para um lado, depois para o outro, os fragmentos do coração partido, a luz que assume o cenário de fundo após as trevas...

Enfim, ameeeeei a forma linda e poética como você descreveu os sentimentos que a leitura despertou! E fico feliz que, apesar de ter sentido vontade de deixar a leitura de lado em algum momento, você tenha vencido essa vontade para chegar ao fim e descobrir uma mensagem que tocou seu coração :)

Beijos e muito obrigada por compartilhar sua opinião aqui no Skoob!
Sam




Mayra 15/07/2015

Opinião sobre a autora / livro
A Samanta Holtz é um tipo de ser mágico, que foi colocado no mundo para trazer um pouco de doçura e leveza a esse mundo tão conturbado e escuro. Ela tem o dom de nos fazer acreditar nos sonhos, nos impossíveis que todos os dias recebemos de nossos digníssimos destinos.
A escrita da Samanta é ao mesmo tempo doce e cruel. Terna e forte. Leve e tocante.
Nos chama à realidade, ao mesmo tempo que nos leva a sonhar. Isso é possível? Eu achava que não, até conhecê-la.
Só que tem um detalhe... A Samanta existe e é, em vida, esse ser mágico que faz isso tudo ser possível... Tem mãos, dons e coração de fada!

Sobre o livro só tenho uma coisa para dizer: "no fim, é entre você e Deus..."
Samanta 18/08/2015minha estante
Querida Mayra,

Que palavras mais doces a meu respeito!! Li seu depoimento com um sorriso no rosto, por saber que desperto sentimentos tão positivos em você - e tão importantes, como a crença em nossos sonhos!!

Obrigada pelas palavras carinhosas e pelos elogios... De coração! Fiquei muito feliz! :)

Beijos no coração,
Sam




spoiler visualizar
Samanta 18/08/2015minha estante
Querido Daniel,

Que resenha mais linda!! Amei ler suas impressões sobre "Renascer de um Outono" e saber que o rumo de Anna o surpreendeu, bem como que a leitura o fez se sentir tão apaixonado pela vida e pelas pessoas que o rodeiam!

Muito obrigada por compartilhar sua opinião de forma tão bela no blog e aqui no Skoob :) Fico feliz, de coração, em saber que a leitura alcançou suas altas expectativas!

Abração!
Samanta




Fran.Silva 06/07/2015

Renascer de um outono
Capa maravilhosaaaa!!
Anna Hills sonhou com uma vida um pouco diferente dessa que está vivendo agora.Depois de ter perdido sua mãe, não ter passado no vestibular e ainda ter perdido o emprego ela se vê desanimada e abatida...Mas um dia lendo o jornal sua vida toma outro rumo...
Chorei e ri com Ann.
Vale a pena conferir essa linda história de Samanta Holtz.
Samanta 18/08/2015minha estante
Querida Fran,

Muito obrigada por dividir aqui no Skoob os sentimentos que a leitura despertou em você!!! :)
Você é sempre uma fofaaaaa!

Beijos no coração,
Sam




Amália 31/05/2015

Renascer de um outono
Primeiramente o livro me encantou pela capa, acho ela linda demais ( outono é minha estação favorita). Segundo, me apaixonei de vez pela trama.
O livro conta a história de Ana Hills, que perdeu a mãe a alguns anos, e para não dar mais despesas ao pai resolve que vai morar em outra cidade para tentar o vestibular, mas não consegue passar e acaba ficando na cidade e arrumando um emprego de garçonete. Após alguns meses, Ana perde o emprego e também é ameaçada pelo dono do apartamento em que mora de despejo. Desesperada, Ana resolve buscar emprego nos classificados, e acaba encontrando um de babá. Ana acaba conseguindo o emprego e terá que cuidar de Lauren, uma garotinha que perdeu os pais e vive com o tio, Ricardo. Lauren é uma garotinha cheia de problemas, que não se aproxima de ninguém, e que irá dar muito trabalho para Ana.
Ana também tem uma melhor amiga e uma paixão secreta desde a adolescência, um garoto chamado John.
Não vou contar mais coisas, porque tenho medo de soltar spoillers, mas é uma leitura que recomendo muito, faz você refletir sobre amizade, família, amor, superação e recomeço. O livro me tocou bastante, foi o meu primeiro contato com a autora Samanta Holtz e foi muito prazerosa. A leitura é leve, rápida e com certeza entra uma das minhas melhores leituras do ano.
" ... Os maiores acontecimentos costumam ser aqueles que menos esperamos." pág. 113.
"Ele ama ela e ela ama ele. Não tem nenhum coração voando na cabeça deles, porque não acontece isso na vida real. Mas eles sabem que se amam poque estão felizes em um lugar onde não tem mais nada, só os dois." pág. 217.
Samanta 12/06/2015minha estante
Querida Amália,

Que alegria ler suas lindas palavras sobre "Renascer de um Outono"!
Fico muito feliz em saber que se tornou uma das melhores leituras do ano e que a história a tocou tão profundamente!

Obrigada por dividir suas impressões aqui no Skoob!
Caso venha a ler minhas outras obras, vou amar saber sua opinião também :)

Beijos no coração,
Sam




Nicole Kloss 06/04/2015

Já faz tempo que morria de vontade de conhecer a escrita da Samanta Holtz, desde quando "O pássaro" ainda era seu único livro publicado (e que ainda não li!). Porém, desde então tive a oportunidade de ler "Quero ser Beth Levitt" no ano passado, e simplesmente me encantar com a escrita da Samanta, que transmite tanto sobre o que eu também acredito.
Em Renascer de um outono, conhecemos Anna. Uma garota que está para completar 18 anos que já teve que passar pela tristeza da perda da mãe, e atualmente está lidando com a vida longe de casa, que está sendo completamente diferente do que ela imaginara, e diante das circunstâncias que lhe são impostas, é obrigada a se adaptar da melhor maneira possível.
Ainda que o contexto geral inicie com o relato de situações tristes, o livro não carrega essa "nuvem cinza" no seu decorrer. Sendo um romance romântico que é, não tem como não ter um toque de mel e uma certa dramatização dos acontecimentos, mas isso já é esperado nesse tipo de narrativa. E se bem desenvolvido, como é o caso, não se torna uma leitura cansativa ou inverossímil, se transforma em uma leitura que traz esperança e aquece o coração, pois vale ressaltar que aqui não é abordado apenas o amor romântico, e sim todas as formas de amor.
A protagonista é forte e alegre, e ainda que tenha alguns traços infantis no início, é perceptível seu amadurecimento ao longo da trama, principalmente devido às situações as quais vai sendo apresentada e às mudanças pelas quais vai passando na idade que tem. Ela transmite tanto sobre acreditar no impossível e nunca deixar de tentar que me tocava de uma maneira que me instiga a fazer o mesmo. Os demais personagens se mostram especiais a sua maneira - até mesmo aqueles sem grandes aparições. Conforme iam sendo apresentados e suas histórias desenvolvidas, iam ganhando o meu coração - até mesmo aqueles que não mereciam. Como os personagens, e a própria protagonista, são dinâmicos, engraçados e otimistas, a narrativa em 1ª pessoa se tornou uma aliada para fluir a escrita, que por vezes me sentia lendo um relato de uma amiga íntima sobre sua vida, depois de algum tempo sem muito contato.
Infelizmente esse não foi um livro que me arrebatou com seu enredo, como Beth Levitt, mas definitivamente me deixou feliz e mais esperançosa de um mundo com pessoas tão doces como seus personagens.

"Quantos planos que eu julgava certos não se concretizaram, enquanto outros foram forçosamente elaborados devido à circunstâncias que eu jamais imaginaria viver. Pode parecer exagero expressar-me dessa forma com tão pouca idade, mas as mudanças pesam em nossa vida, independentemente do tempo que levam para acontecer. E para marcar."


site: http://www.teens-books.com/
Samanta 06/04/2015minha estante
Querida Nicole,

Muito obrigada pela linda resenha e por dividir sua opinião sobre "Renascer de um Outono" aqui no Skoob!! Adorei ler sua análise sincera e detalhada sobre a trama, os personagens e o gênero do livro :)

Beijos no coração!!!
Sam




Bárbara @versosenotas 30/03/2015

Resenha: Renascer de um Outono
Anna Hills, como a maioria das garotas, teve um amor de infância. Um lindo, puro e verdadeiro amor, mas que nunca se concretizou. O menino em questão chamado John nunca soube dos sentimentos dela, pois Anna tinha receio em se aproximar (Isso me levou ao passado lembrando como é difícil o medo da rejeição).

“Às vezes, eu me convenço de que o coração tende a escolher as pessoas erradas para nos apaixonarmos, tornando-as perfeitas aos nossos olhos, especialmente quando são inatingíveis. Não houve um só dia em que eu estive com o coração vazio, pois sempre havia o nome de John estampado no lugar mais aparente, como uma tatuagem indiscreta.”

Os anos passam, e aos 18 anos Anna precisa lidar com a perda mãe. Mesmo muito fragilizada, ela se dedica o máximo aos estudos mudando de cidade para ficar mais próxima da faculdade, mas não consegue passar no vestibular. Pra piorar tudo, ela perde o emprego e o lugar onde estava morando. Isso tudo acontece logo no início do livro quando eu já me via ligada emocionalmente com a personagem, torcendo para que as coisas se ajeitassem.

Prestes a declarar seu fracasso e regressar para a casa do pai em Mountain Valley (sua querida e amada cidade natal), a jovem consegue um novo emprego como baby sitter. O anúncio no jornal foi feito por Ricardo, um jovem rapaz a procura de ajuda para cuidar da pequena Lauren. Além do emprego, ele oferece a Anna um quarto na casa, pois assim ela passaria mais tempo com a garotinha. É neste momento que ela acredita que finalmente tudo começaria a dar certo, mas logo no início ela enfrenta a árdua tarefa de cuidar da menina que parece não gostar de ninguém a não ser de Ricardo.

“Lauren é um pouco...tímida”, recordei, enquanto subíamos as escadas, imaginando o que ele realmente quisera dizer com aquilo. Não sei por que, mas a escolha do adjetivo soava mais como um eufemismo...”.

Muitos sentimentos, mágoas, tristeza e medo envolve a relação das duas e a cada página eu me via mais envolvida com o esforço da Anna em conquistar a amizade de Lauren. Muitos foram os momentos em que me peguei dizendo: “Anna vai embora, você já passou por muita coisa na vida e não merece isso”, mas ainda bem que ela não me ouviu, pois sua vida mudou completamente depois que ela entrou naquela casa.

“Ricardo sabe quem contrata- falou, com os olhos atentos ao trabalho. E, virando o rosto para mim, continuou: - Você trará muita mudança aqui dentro, menina. (...) Não falo apenas da menina. Falo em todos aqui.”

Lembram do John? Sim, o John da Anna. Mesmo depois de tanto tempo o amor continua muito vivo em seu coração. Isso faz com que ela não consiga se dar a chance de conhecer alguém legal, como se ela estivesse a sua espera o que seria muito improvável. Mas, o destino começa a olhar por ela e de uma forma que eu não esperava eles se reencontram.

“O outono me testou, me tentou e me despedaçou em mil pedaços para que o inverno pudesse me reconstruir, renascendo melhor e mais forte após o difícil período de amadurecer. E, como um presente a quem a vida fora dura nos últimos tempos, trazia consigo, ao meu alcance, o grande amor da minha vida interia...”.

Daí em diante o livro só me prendeu ainda mais. Não consigo dizer como essa narrativa é fantástica e nada previsível. Este foi um livro que eu não consegui prever o final. Pensei, repensei, mas quando eu achava que já sabia qual seria o desfecho algo acontecia e mudava tudo.

Me emocionei demais com a leitura e me identifiquei com a personagem desde as primeiras páginas. Aprendi que os obstáculos da vida são inevitáveis. O que determina suas consequências em nossas vidas somos nós mesmos. Podemos escolher não lutar e desistir na primeira queda. Ou então podemos escolher persistir, continuar tendo fé e a esperança de que, um dia, as coisas melhorem. Aprendi que tudo na vida tem um motivo e um por que de acontecer e não adianta reclamar, pois assim tudo tende a piorar.

Enfim, este livro despedaçou meu coração ao ponto de eu sentir um enorme aperto no peito. Depois ele recolheu cada pedacinho e os uniu novamente. Resultado: terminei a leitura com lágrimas nos olhos. Apesar disso eu me sentia leve e ao fechar o livro não consegui fazer nada. Simplesmente fiquei parada onde estava e comecei a pensar na vida em geral, principalmente na minha. Repensei prioridades e bobas reclamações que nós temos o costume de fazer diariamente.

Se deixar não irei mais parar de escrever, pois tenho a sensação que nada que eu disser irá transmitir o quanto o livro mexeu comigo. Espero que este livro os toque de uma forma especial também e quem já leu, por favor, compartilhe sua opinião nos comentários, pois tenho vontade de que todos leiam para poder discutir depois.

Por fim, parabenizo a editora Novo Século pela linda capa e diagramação. Perfeita! E a querida Samanta Roltz pelo belo dom da escrita e de tocar os leitores com ensinamentos tão lindos!

Ps. A autora é uma querida mesmo. Acompanho suas páginas no facebook e ela dedica atenção total aos leitores. As poucas vezes que deixei uma mensagem, ela me respondeu com o maior carinho. Isso é a literatura nacional ganhando seu espaço e com ótima qualidade. Vamos incentivar pessoal!!

“Não há mudanças sem riscos...quem não arrisca não se fere, mas também não conquista. Quem não luta não perde, mas também não ganha. Quem não tenta não prova o amargor da frustração, mas também não saboreia a doçura da vitória. Afinal, eliminado o risco de dar errado, também eliminamos o risco de dar certo.”

Visite o blog: http://versosenotas.blogspot.com.br/ onde tem essa resenha e muito mais!!


site: http://versosenotas.blogspot.com.br/
Samanta 02/04/2015minha estante
Querida Barbara,

Muito obrigada por dividir sua opinião sobre "Renascer de um Outono" aqui no Skoob!! A resenha ficou lindaaaaaaa!!! Eu me lembro de quando você postou no blog, mas eu não poderia deixar de comentar para, mais uma vez, agradecer pelas lindas palavras :)

Beijos no coração!!
Sam




ELB 10/03/2015

Every Little Book
"Em Renascer de um Outono a Samanta nos leva ao mundo da Anna Hills, uma garota que após passar por uma grande perda resolve sair de perto da família e tentar a vida em outra cidade. Ela sonha em ser veterinária, mas infelizmente não consegue e passa a trabalhar como garçonete, temporariamente, mesmo assim ela tem conseguido se virar bem, mas em um único dia tudo dá errado. Ela perde o emprego e tem problemas na moradia, nesse momento ela se sente destruída, mas Anna é essencialmente uma pessoa positiva e esperançosa, e começa a procurar novamente, até que encontra um emprego de babá em uma família maravilhosa que promete resolver todos os seus problemas. Mas que sem duvida terminou mudando toda a sua vida…"

(...) Leia mais no blog!

Resenha feita pela Lala, postada no ELB!

site: http://www.everylittlebook.com.br/2014/11/resenha-renascer-de-um-outono.html
Samanta 16/03/2015minha estante
Obaaaa!!

Vou agora conferir no blog :)

Obrigada por compartilhar sua opinião sobre o livro, querida Lala!!

Beijão!!!




41 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3