A Irmandade Perdida

A Irmandade Perdida Anne Fortier




Resenhas - A Irmandade Perdida


70 encontrados | exibindo 1 a 16
1 | 2 | 3 | 4 | 5


Carla Reis 06/05/2021

O livro é interessante, mas demora a desenvolver, o início eu achei muito lento e um pouquinho chato. Eu quis ler esse livro porque amei o livro Julieta da mesma autora. Gosto do assunto ligado a mitologia e do meio para o final ele fica muito bom!
comentários(0)comente



Jessyca 07/02/2021

Minha opinião
Para quem já leu Julieta vai ver que a autora continua seguindo o mesmo estilo, ótimo livro....mesmo achando algumas coisas desnecessárias, é um bom entretenimento...boa leitura!
comentários(0)comente



Verona Aguiar 06/02/2021

Bom
No mesmo estilo de Julieta, a autora alterna entre duas histórias no livro, uma ótima leitura!
comentários(0)comente



Suellen 15/11/2020

Oi, gente!
Hoje tem resenha de A Irmandade Perdida, Anne Fortier.
Editora Arqueiro.

Contém cenas +18.

Dra. Diana Morgan é uma estudiosa das Amazonas e acredita que elas realmente possam ter existido, mas não há legado na humanidade para a real existência daquelas mulheres guerreiras, o que torna Diana quase como uma piada na Universidade onde defende sua tese e leciona.

Parte de sua crença nessa possível mitologia veio de sua avó, desaparecida há muito tempo e de quem ela sempre se perguntou sobre o que aconteceu desde então.

Entre aulas e treinos de esgrima, uma paixonite por um colega na docência, vem a ela um misterioso homem que lhe oferece uma foto onde há inscrições de palavras desconhecidas pelo mundo moderno. É uma tentação e Diana sucumbe a ela, indo em busca de uma Irmandade Perdida e seu tesouro.

O livro salta para um passado distante e alterna entre Diana e outra protagonista a surgir, Mirina é o seu nome.

Por tragédia, ela perde a mãe e toda a vila onde morava, e precisa de toda a sua fibra para levar sua irmã mais nova ao Templo da Deusa da Lua para curar a doença que a acometeu.

Um tempo de paz é estabelecido brevemente, porém mais tragédias surgem e Mirina precisa enfrentar mais desafios e sobreviver a eles.

Separadas por milênios, Diana e Mirina buscam o seu próprio destino, enquanto um inimigo oculto move-se para caçar e destruir tudo o que restou das Amazonas.

**

Gostei muito. Achei bem possível a existência dessas mulheres guerreiras, pois sangravam, choravam, amaram, sofreram, tiveram fome e tudo o mais que qualquer humano pode sentir.

Todavia, acredito que se eu tivesse lido alguma tragédia grega, teria apreciado melhor, só sei o básico do básico do básico, uns nomes soltos em minha memória que despertavam familiaridade apenas.

Li para os 12 livros para ler em 2020.

E acho que isso é digno de nota, paguei dez reais nas lojas americanas, um achado em minha opinião kkkk.
comentários(0)comente



Rafa Tulino 18/10/2020

Quando li o livro 'Julieta' da mesma autora, percebi como a mesma conseguiu conduzir laços de ficção e história num só caminho de maneira que você fica se perguntando "será que não poderia ter acontecido dessa maneira?!"

Então, ao me deparar com 'A Irmandade Perdida' que conta a história do legado das Amazonas, só puder correr e comprar o mais rápido possível.

Aqui conhecemos duas mulheres separadas por milênios: Mirina, uma caçadora e Diana, uma acadêmica de Oxford.

O livro é contado ora narrando a trajetória de Mirina pela Argélia, Grécia (Creta, Micenas), na lendária Tróia e pela jornada de Diana percorrendo os caminhos de Mirina no encalço das Amazonas.

Assim percebemos que ambas tem uma conexão muito forte que as mantém ligadas por todo esse tempo: manter vivo o legado das Amazonas.

A autora conduz com maestria a narrativa das duas personagens e todos os fatos históricos que circundam os acontecimentos da trajetória de ambas.

É impossível não se sentir como se fizesse parte da história em si e mergulhasse de cabeça nessa viagem por tantos lugares.

Com certeza entrou na minha lista de favoritos da vida!
comentários(0)comente



Adriele.GuimarAes 04/10/2020

Uma história sobre mulheres, mulheres guerreiras, uma leitura que te prende e te faz querer viver dentro dela, um livro que mistura mitologia, drama familiar, antiguidade e atualidade, o livro fez nao querer de parar de ler
comentários(0)comente



Sara Figueiredo 11/08/2020

Fantástico!
A Irmandade Perdida de fato foi a leitura que eu esperava. Rica em detalhes, Anne Fortier nós dá uma visão completamente clara do que quer contar. Algumas vezes julguei a leitura ser um pouco arrastada, devido a excessividade de detalhes, porém logo vi que isso só ajudou a estruturar melhor a narrativa. Eu, como aspirante a escritora, comecei a escrever um livro com a mesma técnica, porém tinha muitas dúvidas quanto a estrutura. Lendo esse livro, fui capaz de admirar a técnica perfeita de presente/passado usada pela autora, me ajudando então com minha própria obra. Várias vezes me via ansiosa por ler a história de Mirina, porém em seguida Diana me deixava ansiosa com seu desenlace. Duas mulheres fortes e corajosas, que conquistaram meu coração de leitora. Duas amazonas!
comentários(0)comente



Enzo Feliciano 23/06/2020

Virou favorito
A história traz eventos históricos e ficção entrelaçados de uma forma que não vai te deixar parar de ler até acabar
comentários(0)comente



Martinha 15/06/2020

O entrelaçar de duas histórias que se completam em uma
Acabei de terminar a leitura desse livro que estava na minha estante a 3 anos sem ser lido...
E tudo graças a essa pandemia em pleno 2020, permitindo que eu desse chance à essas palavras escritas que me contam as histórias tão envolvente e fascinante. O livro traz uma narrativa com duas histórias que se entrelaçam e se completam...

Acompanhando passado e presente... na narrativa do presente, conhecemos Diana Morgan, uma filóloga que tem muito interesse sobre tudo que se relaciona as Amazonas e na narrativa do passado conhecemos a história de Mirina e LIlii.


Confesso que inicialmente não gostei da narrativa da Diana, muito arrastada e sem emoção nenhuma... enquanto isso, a história de Mirina sempre tão evolvente e bem centrada me deixava ansiosa para ler o próximo capitulo que trazer a continuidade de onde havia parado sua narração. Por isso, continuei lendo as partes de Diana, justamente para poder descobrir o que aconteceria na narrativa de Mirina.
Mas preciso confirmar as pessoas que estão tendo as mesmas sensações e sentem-se inclinadas a abandonar a história.
Eu afirmo, continuem! Deem uma chance para Diana, nossa personagem evolui durante a trama e sua história ganha uma narrativa mais emocionante e envolvente, mais misteriosa e menos parada... é como se ela parasse de passar páginas e páginas descrevendo coisas que não tem tanta importância e começa a perceber o que realmente queremos ler.
comentários(0)comente



Ana 31/05/2020

Já nasceu aclamado
Esse livro traz simultaneamente duas histórias, uma no presente e outra no passado assim como o livro de Julieta da mesma autora. A história de Mirina é incrível e toda a força dela te inspira, tem momentos que você fica "como que essa doida fez isso, e isso, e isso???". A base histórica/ mitológica desse livro = tudo.
A história de Diana também é de tirar o fôlego, 828281919 coisas acontecem, acho q o mais legal foi a relação dela com a avó que é a base de tudo que acontece com ela nessa aventura doida.
Vale a pena citar também que esse livro é quase uma volta ao mundo, ela passa por vários países durante essa caçada arqueológica, e isso é muito legal.
comentários(0)comente



Ci 21/04/2020

Livro + ou -
Quando pego esse livro o que me vem a memória é "como uma capa tão instigante pode decepcionar as vezes". Infelizmente, julguei o livro pela capa, e me decepcionei um pouco.
O começo da história é muito legal, é uma proposta diferente do que já li, um romance envolvendo as Amazonas.
O livro é dividido em partes, uma parte no presente e outra no passado, até que tudo se junta e "tenta" fazer sentido.
Amei a história de Mirina, a guerreira Amazona, mas sinceramente, achei muito chata a história de Diana Morgan. Cada vez que lia um trecho na época de Mirina, ficava louca para ler a próxima, mas a de Diana, foi um pé no saco.
Concluindo, o que salvou o livro na minha opinião, foi a parte de Mirina.
comentários(0)comente



Nabia 17/04/2020

Me surpreendeu
A autora me fisgou completamente com essa história tão intrincada. Foi uma delícia acompanhar Diana nessa busca pela sua Avó, pela história e por si mesma.
comentários(0)comente



Joao.Paulo 29/03/2020

O livro conta a história do surgimento do mito das amazonas, através de uma narrativa bem articulada duas histórias, passado e presente se conectam. É uma boa história, tem um final satisfatório mas não é um grande épico por assim dizer... O que mais achei interessante foi as participações de personagens conhecidos da história antiga da Guerra de Tróia, Páris, Rei Príamo, Agamenon dentre outros, você sabe da guerra e tal, mas as motivações que levaram a cada acontecimento são diferentes do que conhecemos... Pra mim o ponto alto do livro.
comentários(0)comente



Ellizieb 26/03/2020

A força encontrada
Eu tenho o hábito de não ler sinopse de livro, gosto de começar a ler e ir descobrindo do que se trata. Até a leitura deste livro pouco tinha tido contato sobre amazonas, Tróia e por aí vai... Talvez por isso foi tão fácil mergulhar nesse universo. Me apaixonei por Diana Morgan e me encantei com a força das mulheres deste livro. Num mundo onde sempre fomos tão reprimidas é bom imaginar mulheres seguras de si e capazes de buscar justiça com um tom de mistério. As mulheres aqui têm um pensamento um tanto radical e como em certo ponto foi dito “Aqueles capazes de abrir mão da liberdade essencial para obter uma pequena segurança temporária não merecem nem liberdade nem segurança”. Um livro apaixonante que mostram lutas que da ficção e históricas, mas que muito tem em comum com as lutas das mulheres na atualidade. Leiam e se apaixonem.
comentários(0)comente



Lara @ler_faz_bem_oficial 10/03/2020

A Irmandade Perdida é um livro incrível
Esse livro faz o leitor viajar para um mundo totalmente diferente onde conhecemos um pouco mais sobre as amazonas e sua forma de vida . É uma excelente leitura . E super recomendo. Com certeza é um dos meus livros favoritos . Amei conhecer a história da Mirina. E participar nas buscas pela a história das Amazonas com a Diana Morgan foi extraordinário, amei esse livro mereceria muito mais que só ☆☆☆☆☆. Merecia um milhão de estrelas para falar a verdade é um ótimo livro. Recomendo a todos essa leitura incrível.
comentários(0)comente



70 encontrados | exibindo 1 a 16
1 | 2 | 3 | 4 | 5