Um Crime da Solidão

Um Crime da Solidão Andrew Solomon




Resenhas - Um crime da solidão: Reflexões sobre o suicídio


27 encontrados | exibindo 1 a 16
1 | 2


Ak 17/11/2021

Ótima reflexão.
Entendo que para algumas pessoas pode ser um gatilho porque assuntos assim são bem delicados de se tratar e cada um age, se comporta e recebe a informação de um jeito, mas achei bastante esclarecedor principalmente o capítulo "A depressão também é uma coisa com penas" onde Andrew conta histórias de pessoas que contaram suas experiências pra ele, e me identifiquei ao mesmo tempo que foi muito esclarecedor porque pensei que só eu me sentia perdida em relação ao que sou de verdade ou até que ponto deixei de ser por conta da depressão, ou se o que sinto e estou passando é apenas depressão ou preguiça? Creio que é um ótimo livro tanto para aqueles que querem entender e ajudar alguém que conhece e está passando por isso, quanto aqueles que estão passando pela depressão no momento.
comentários(0)comente



Josiane.Castro 19/09/2021

Luto
Um livro sobre perdas e luto . O suicido acontece muito frequentemente e precisa ser falado sobre isso
comentários(0)comente



Caio 17/09/2021

Triste, analítico e anedótico
Esse livro é inevitavelmente um livro triste. Mesmo diante de uma tendência a romantizar situações como a depressão e o suicídio, nenhum dos dois é assim e esse livro é sobre isso. É sobre como as pessoas que se matam vivem em uma espécie de realidade paralela, cuja a percepção sobre si e a vida é fortemente distorcida. O uso de casos pessoais anedóticos experienciados pelo autor junto a textos sobre as recentes compreensões sobre as causas e possíveis soluções para essa calamidade pública, torna a leitura ao mesmo tempo melancólica e informativa. Não é a mais agradável das combinações, mas acho produz o resultado desejado: terminei a leitura mais sensível a dor alheia e consciente das minhas limitações e possibilidades...
comentários(0)comente



jemimapsico 13/09/2021

Ótima leitura!
Em uma manhã li o livro tranquilamente. É de rápido entendimento, com uma escrita simples e completa. Trás vários e incríveis pontos de vista, fatos interessantes, dados de pesquisa, e é bem bacana. Não é um livro técnico nem científico é um público mais leigo consegue lê-lo sem problemas.
comentários(0)comente



Bruno Cordeiro 10/07/2021

Isso também é coisa séria
Mais uma vez um tema tabu, mais uma vez um assunto delicado e mais uma vez a ótica por trás do véu cinza.
Solomon que já havia falado sobre depressão agora fala sobre suicídio, e embora os temas sejam relacionados, a atenção dada a um não isenta a necessidade de abordar o outro, muito pelo contrário; se olharmos para a depressão como causa, o estudo do suicídio é extremamente necessário como efeito - um efeito que se mede na perda de vidas, mesmo que não haja a morte em seu sentido literal.
Em diferentes abordagens o suicídio é tratado com a seriedade que o assunto pede, sem julgamento ou condenação por parte do autor, apenas o olhar analítico e imparcial de quem já teve a motivação de tirar a própria vida, de quem já quase renunciou a seu bem maior por não ver razão na persistência em algo que só causa dor e sofrimento. Sem dúvida a experiência de Solomon com a depressão severa confere autoridade pra falar sobre o assunto e principalmente a empatia necessária para compreender que um atentado contra a vida vai muito além de covardia, muitas vezes é apenas um grito de socorro que é ouvido tarde demais. Aí percebemos a importância do livro, pois a necessidade de falar sobre o assunto não é algo novo, mas olhar para o suicida e buscar compreender a situação (até mesmo quando ele matou várias crianças antes de se matar) é o que pode fazer a diferença e evitar tragédias maiores e em vários sentidos.
Novamente a escrita de Solomon nos mostra a visão de diferentes ângulos,  como a visão do filho e do amigo de um suicida, mas a escrita jornalística também chama a atenção quando nos deparamos com o relato de uma cidade desolada com uma chacina em uma escola, e a imparcialidade dele enquanto autor, o que mostra maturidade no assunto para que não seja dominado por emoções extremas.
Sobretudo um livro sobre a vida, ele nos faz pensar sobre esse crime que põe um ponto final em toda e qualquer dor ou angústia, crime que põe um ponto final em todos os amanhãs e todas as incertezas; pois na constante alegria que parece ser o extremo da dor que causa o suicídio, ou na tristeza que parece ser algo onipresente até na obra de quem segue por esse caminho, tudo que se sabe é o tamanho da perda que esse crime causa, se é que se pode dimensionar o que é a perda de uma vida.
comentários(0)comente



Gabriel Zupiroli 10/05/2021

Um compilado de diversos ensaios do autor, é curioso que possui uma veia fortemente pessoal, com constantes relatos muito íntimos de si mesmo e das pessoas ao redor. Apesar de se centrar na temática do suicídio, permea alguns outros assuntos correlacionados como depressão e sexualidade. Tirando uns dois ou três textos que são bem bons, o resto do livro soa como uma simples oportunidade de compilar alguns escritos dispersos em revistas do autor para ter algo para publicar. No fim, vale mais por alguns ensaios do que pelo conjunto todo.
comentários(0)comente



Corvus 04/04/2021

Um soco no estômago...
E na mente, e no coração. Ainda não consegui desapegar desse livro. ?? Uma coisa que é difícil acontecer.
comentários(0)comente



Klelber 17/01/2021

Abrindo o ano
Comecei 2021 com uma perda significativa, dentre os livros que busquei pra ajudar a lidar com o luto, esse foi o primeiro. Vários artigos que têm como tema o suicidio, que ainda é tabu na sociedade e precisa ser tratado mais abertamente. Um bom livro pra esclarecer o tema.
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



Lisiane.Dutra 30/12/2020

Bonito
Um livro que trata a delicada questão do suicídio de maneira respeitosa e esclarecedora.
comentários(0)comente



Gisa 31/10/2020

Excelente reflexão
O autor nos faz encarar uma realidade tão próxima e pouco abordada. Sem sensacionalismos, trazendo o assunto de forma clara e com diversos pontos de vista. Esclarecedor!! Super indico.
comentários(0)comente



SucoDeFruta 25/10/2020

bem interessante
para um primeiro contato com as obras desse autor, achei bem interessante o jeito q ele trata do assunto e das histórias q conta, gostei bastante e estou interessado em ler "o demônio do meio-dia" q é um livro mais completo sobre esse tema.
comentários(0)comente



João | @bookctor 18/09/2020

Nada é mais presente que a ausência
Um Crime da Solidão é uma coleção de textos publicados pelo Solomon ao longo de sua carreira, nos mais diversos veículos (revistas acadêmicas, livros, imprensa...), que têm como fio condutor o tema do suicídio. Seguindo o sucesso de O Demônio do Meio-Dia, esse livro é uma forma de ?matar a saudade? da delicadeza e sensibilidade do Solomon ao tratar de temas difíceis e pessoais. Pra quem tem medo de ler O demônio do meio dia e Longe da Árvore, talvez esse livro seja uma boa introdução ao mundo desse grande autor de não-ficção.

Fica aqui a minha recomendação, mas se você se interessou pelo livro para buscar ajuda com pensamentos suicidas, ligue gratuitamente para 188; o Centro de Valorização da Vida realiza apoio emocional sob sigilo a todos que precisarem conversar.
comentários(0)comente



27 encontrados | exibindo 1 a 16
1 | 2


Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com a Política de Privacidade. ACEITAR