O Fascismo Eterno

O Fascismo Eterno Umberto Eco




Resenhas -


83 encontrados | exibindo 1 a 16
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6


Prim 24/10/2021

O fascismo eterno
Em 1995, Eco discursa em uma conferência nos EUA sobre a vivência dele no período do fascismo na Itália. Fala sobre como há uma ideia generalizada do que é o fascismo, mas que isso torna difícil o reconhecimento dele como tal, pois é um movimento que se adapta à cultura de cada lugar (sincretista), possui um cerne, mas depende dos anseios dos povos para se instalar e crescer. No livro, ele caracteriza o que seria o fascismo eterno, embora deixe claro que nem todas essas características serão encontradas em todas as vertentes fascistas.
Por fim, traz a mensagem de que devemos estar sempre vigilante e para que não esqueçamos o que aconteceu no passado.
"Liberdade e libertação são uma tarefa que não acaba nunca. Que seja este o nosso mote: Não esqueçam".
comentários(0)comente



leticia 14/10/2021

gostei muito, principalmente dos 14 tópicos do final. muito importante as partes iniciais em que o autor demonstra significativamente que tem lugar de fala sobre o assunto. não entendi algumas referências mas como um todo o livro é muito bom.
comentários(0)comente



booklover101 25/09/2021

O fascismo não dorme
A leitura permite avaliar o comportamento de representantes políticos atuais com tendências fascistas e contém também um pouco da infância do autor italiano, que conviveu com Mussolini no poder. ("tinham me dito que a guerra permanente era a condição normal de um jovem italiano")


O aviso do Umberto Eco é simples e precisa ser ecoado (rsrs): "Não esqueçam". Que não esqueçamos como se desenrolou as correntes fascistas do século XX para que consigamos identificar nas dinâmicas sociais de hoje.
comentários(0)comente



Tamy 16/09/2021

Uma aula
Livro fácil, pequeno e sucinto sobre o fascismo. Para quem já chega nesta leitura com o olhar treinado pela história, é fácil reconhecer as características descritas pelo autor no atual momento político (não apenas no BR).
Quem quer entender melhor, estudar mais, ou afiar sua crítica política, esse autor é fundamental.
comentários(0)comente



Camila 09/09/2021

Será mesmo eterno o fascismo?
Óbvio que pela ótica de alerta do autor fica claro que não se trata de fascismo todo regime político que tenha uma ou duas características fascistas. Mas óbvio está também que devemos nos manter alerta aos levantes nacionalistas de direita, eugenistas em suas raízes e intolerantes por unanimidade. Qualquer semelhança com os eventos ocorridos nessa semana com as características atribuídas pelo autor não são meras coincidências, devem ser interpretadas como as ameaças que são !
comentários(0)comente



Hera 06/09/2021

Aponte o dedo
Texto curtíssimo que indica arquétipos possíveis de um movimento fascista. Possui mais formas do que se imagina. Portanto tá aí uma boa leitura que nos deixa o dever de sempre apontar e desmascarar cada uma das novas formas desse perigoso movimento em cada lugar do mundo.
comentários(0)comente



Duda 1029 30/08/2021

Necessário
É assustador notar as características Ur-fascistas do nosso governo atual, desesperador.


?O Ur-Fascismo ainda está ao nosso redor, às vezes em trajes civis?

?Nosso dever é desmascará-lo e apontar o dedo para cada uma de suas novas formas?
comentários(0)comente



garrido79 25/08/2021

"Não esqueçam."
Obra maravilhosa, eternamente necessária à humanidade, principalmente nos obscuros dias atuais...
Se trata de uma conferência pronunciada em inglês por Humberto Eco em 1995 para estudantes estadunidenses logo após do atentado de Oklahoma que mostrou a existência de organizações militares de extrema-direita nos Estados Unidos.
Traz sua experiência na infância com o fascismo italiano, depois fala das diferenças entre o nazismo e o fascismo para então pontuar 14 características do que ele chama Ur-fascismo, ou fascismo-eterno, onde os fascista se escondem, possuem uma ou mais dessas 14 características mas não se denominam como fascista, embora os sejam...
Finaliza dizendo aprender o significado das palavras "liberdade" e "ditadura" após a prisão de Mussolini, e que para evitar o retorno no fascismo daí devemos esquecê-las.
O Brasil contemporâneo ilustra bem essa sua obra...
"Nós esquecemos" o sentido das palavras "liberdade" e "Ditadura", logo os fascistas entraram no poder, resta saber se continuarão...
comentários(0)comente



Adriana Scarpin 15/08/2021

"Pensar é uma forma de castração. Por isso, a cultura é suspeita na medida em que é identificada com atitudes críticas." - Umberto Eco em O Fascismo Eterno.

Leitura rapidíssima, uma aula bem básica sobre ur-fascismo, o qual você encontra no modo de vida brasileiro aos montes na última década, mesmo nos alecrins dourados arrependidos a essência ainda é a mesma.
comentários(0)comente



Victória Lays 28/07/2021

Ótimo livro
Muito bem escrito, é uma leitura bem curtinha mas muito necessária, ele explica algumas das facetas do Fascismo em uma palestra que deu em 1995.
Um livro que achei muito necessário para entendermos melhor alguns pontos que aconteceu na Italia também nesse tempo tao obscuro que foi a Segunda Guerra Mundial.
comentários(0)comente



Ale 26/07/2021

Umberto Eco define os aspectos do fascismo e como o identificar nos tempos atuais.
Leitura obrigatória para qualquer ser humano.
comentários(0)comente



Rafaela.Cruz 11/07/2021

Necessário.
Esse livro é um escândalo. Muito necessário pra entendermos o contexto político atual. Eco conseguiu destrinchar, na minha opinião, a face mais dissimulada do regime facista.
comentários(0)comente



Maria.Luiza 13/06/2021

O livro traz ótimos esclarecimentos e reflexões sobre o tema! Conseguimos aprender muito sobre nosso cenário atual e porque o termo "facismo" apresenta tantas contradições e "diferentes versões" dentro de um mesmo regime
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



CarlaPinto 08/06/2021

Não é um livro
Esperava um texto mais detalhado, tipo uma aula explicativa. Porém, trata-se de uma apresentação que aconteceu num simpósio para celebrar a libertação da Europa. Expõe a visão de uma criança que cresceu na Itália e tornou-se homem no meio dessa loucura chamada Fascismo.
Apesar de um pouco decepcionada encontrei tantos apontamentos que se igualam ao que estamos vivendo hoje no Brasil. Acabei ficando ainda mais assustada do que já estava.
Como o que ocorreu a tanto tempo atrás, tão preconceituoso, radical e avassalador para a sociedade, pode tomar força ainda hoje.
Informem-se, leiam sobre o assunto, espalhem a informação para não entrarmos nessa novamente.
comentários(0)comente



83 encontrados | exibindo 1 a 16
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6


Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com a Política de Privacidade. ACEITAR