No Badalar da Meia-Noite

No Badalar da Meia-Noite Tara Sivec




Resenhas - No Badalar da Meia-Noite


98 encontrados | exibindo 1 a 16
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7


Queria Estar Lendo 23/07/2020

Resenha: No Badalar da Meia-Noite
No Badalar da Meia-Noite é o primeiro livro na trilogia The Naughty Princess Club, da Tara Sivec, publicado por aqui pela editora Gift Box. O livro é uma comédia romântica que recria - bem frouxamente - contos de fadas. E já se tornou a leitura mais divertida do ano!

Cynthia está tentando a todo custo esconder sua vida em frangalhos dos vizinhos fofoqueiros. Isso porque seu marido deu no pé com a babá, depois de limpar as contas bancárias deles e roubar mais de 5 milhões de dólares da empresa dos próprios pais. E tudo que ficou para Cynthia foram os papéis do divorcio e uma DST.

Pera, o quê?!

Depois de ouvir de Ariel, a vizinha de quem todo mundo fala mal, que seu marido (ex-marido) lhe passou uma DST, Cynthia desmaia no jardim de sua casa e é salva por um bonitão misterioso, Ariel e Belle.

É no meio desse caos que surge uma amizade improvável entre Cynthia, Ariel e Belle, três mulheres que acabam se aproximando devido a sua necessidade desesperada de dinheiro. E rápido. E depois de serem confundidas com strippers em uma festa, surge a ideia perfeita: porque não começar um negócio de strip em festas?

A ideia parece perfeita. Exceto pelo fato de que Ariel é desbocada demais e pode acabar ofendendo os clientes, Belle é tímida demais e Cynthia não consegue lidar com a ideia de tirar a roupa na frente de estranhos - ou fazer pole dance sem seus lencinhos desinfetantes.

E é aí que começa a saga das três amigas para recuperarem a autoestima de Cindy, ajudarem-na a descobrir quem realmente é - em vez da Barbie de plástico que seu marido a transformou - e, de quebra, fazer com que ela tenha a melhor transa da sua vida com o estranho que a ajudou no dia do desmaio.

No Badalar da Meia-Noite me fez rir muito. Seja com os diálogos engraçados, as briguinhas de Ariel e Eric ou até suas cenas bregas e fofas. Eu já esperava um excelente bom humor, dado o que a Eduarda achou de Malícias e Delícias e o que a Lu, do Balaio de Babados, tinha contado na resenha dela.

Mas gente, o livro realmente se superou. Além de ser bem curtinho, eu não queria parar de ler. A história fluía muito fácil, os capítulos passavam rápido e a Tara definitivamente não fica se enrolando em cima de um acontecimento. Tudo se desenrolava bem.

Cindy foi uma personagem divertida de acompanhar. Ela começa No Badalar da Meia-Noite como uma típica dona de casa rica do subúrbio, com o nariz em pé e morrendo de medo dos vizinhos descobrirem sua atual situação.

No entanto, com o passar das páginas e conforme sua amizade com Belle e Ariel se desenvolve - em especial com a Ariel - ela começa a se soltar. Cynthia percebe que seu comportamento é resultado de anos de pressão por parte da família do marido e seu medo de perder a sensação de segurança e família que conseguiu com ele.

Conforme Cynthia se descobre independente e dona de si, encontra uma lado seu que nunca achou possível. Tirando o gosto musical dela, que nunca muda. Honestamente, MMMBop pra um strip me fez rir demais.

Por outro lado também conhecemos o PJ. O príncipe encantado da história. Meu maior pé atrás com romances do tipo é que o gênero já naturalizou tanto o romance abusivo que eu sempre pego livros como No Badalar da Meia-Noite rezando para não ter nada disso. E fiquei muito feliz quando PJ se apresentou como um cara descente - sério, a que ponto chegamos de ficar feliz pelo mínimo, né?

PJ definitivamente é irritante. E toda vez que ele tentava fazer a Cindy mudar de ideia eu queria que ela socasse a cara dele. Mas ele também nunca tratou ela mal porque teve um passado difícil, também nunca negou compreensão, carinho e gentileza.

Outro ponto que me deixou feliz é que a história não tem aquela baboseira de "nós nunca vamos ficar juntos porque eu não me apaixono" e essas porcarias que precedem, claro, os protagonistas se apaixonando.

PJ e Cindy definitivamente se aproximam por conta da atração sexual que sentem um pelo outro. Mas o relacionamento se desenvolve para além disso e eles deixam as coisas acontecerem naturalmente. Eles não ficam inventando obstáculos e achei isso bem maduro. O que entra no caminho deles são as circunstância, não a imaturidade emocional - coisa que eu espero de adolescentes, não gente com mais de 30 anos, porque aí é caso de terapia.

Por fim, No Badalar da Meia-Noite foi uma leitura que me surpreendeu além das expectativas, me deixou muito feliz e me deu um fim de semana muito divertido.

Apesar de alguns comentários que a gente realmente poderia ter ficado sem, recomendo muito para quem curte romances gostosinhos, eróticos e divertidos. O livro está disponível em formato físico e e-book - e se você assina o Kindle Unlimited, lê todos os três de graça.

site: http://www.queriaestarlendo.com.br/2020/07/resenha-no-badalar-da-meia-noite.html
comentários(0)comente



Sanydier 04/11/2020

Princesas contemporânea, adoro essa pegada! Adorei a maneira como Cindy, Ariel e Belle se conheceram! Cindy, que é a personagem central deste livro, de dona de casa perfeita, à mulher traída mantendo a faxada de mulher exemplar que mantém as aparências, se vê em meio à mudanças e autodescoberta, dona de si e de sua sexualidade.
Hilário quando elas vão parar em uma festa de streptiase.
comentários(0)comente



Jéssica Souza @perdidaemlivros_ 06/05/2020

Marabilhoso, Lindo e divertido.
?#Resenhaperdidaemlivros . No Badalar da Meia-noite . The Naughty Princess Club 1 . @thegiftboxbr . @authortarasivec . 5?+??

Cynthia passou anos se dedicando ao marido,a filha e a casa se esforçando para ser a esposa perfeita.Até descobrir que seu marido deu um golpe na empresa da família e fugiu com a babá deixando ela e a filha sem nada.

É tentando manter as aparências na festa de Halloween do barrio vestida de Cinderela que ela conhece Ariel e Isabelle,também vestidas de princesas que nasce a amizade entre as três. Devido aos problemas financeiros elas acabam se metendo em um grande mal entendido e sendo confundidas com Strippes.Em meio a essa confusão elas econtram a solução para seus problemas e criam o The Naughty Princess Club.
É nessa nova busca de experiencias que Cindy conhece PJ, dono de um Club de strippes que a princípio,acha que ela não passa de uma dona de casa recatada.

- Nós mulheres,temos que nos juntar.Você precisa aprender a não se incomodar com o que as pessoas pensam sobre você e decidir o que fazer com a sua vida.

Que livro MARAVILHOSO!

Nessa recontagem moderna de Cinderela vamos ver uma mulher que esqueceu de si mesma para se moldar as vontades dos outros sair da fase da negação,superar a decepção para se redescobrir como mulher,tomar as rédeas da sua vida e aprender a seguir seus anseios e desejos. Acompanhar o desenvolvimento da Cynthia,como ela lidou com seus medos e inseguranças foi sensacional!

O mais legal é que mesmo o romance sendo lindo,o foco do livro é na Cindy, no crescimento dela como mulher e como pessoa.E eu amei isso! PJ é um príncipe disfarçado de playboy,que vai nós conquistando com suas atitudes.

A autora tem uma escrita leve e envolvente recheada de humor e sensualidade abordando temas atuais de uma forma maravilhosa eu simplismente não conseguia parar de ler.Além de trazer toques essenciais do conto de fadas para a trama,o que deixa tudo ainda mais encantador.A autora trás uma mensagem importante de empoderamento feminino,amizade,do poder e força da união das mulheres.
comentários(0)comente



Mari 15/02/2021

Eu amo tudo nesse livro, sério. A amizade das três, as referências às princesas, o casal principal. Mal posso esperar pra ler os outros.
comentários(0)comente



Isabela | @sentencaliteraria 18/04/2020

Resenha originalmente postada no IG @sentencaliteraria
📖 No Badalar da Meia-Noite | @thegiftboxbr

Cynthia tem a vida perfeita. É casada e tem uma filha linda, mora no impecável bairro de Farytale Lane, e tem uma casa invejável. Quem olha de fora pensa que a vida da jovem é um sonho que se tornou realidade... até seu marido fugir com a babá e levar todo o dinheiro deles!

Ela agora se sente no fundo do poço, mas logo vai conhecer duas moças que estão com os mesmos problemas financeiros. Ariel é dona de uma loja de antiguidades e a maior boca suja, e Isabelle é uma bibliotecária nerd e tímida que mora no porão do pai. Só isso para juntar três mulheres super diferentes, mas que tem uma coisa em comum: a necessidade de ganhar dinheiro e se tornarem independentes.

Após serem confundidas com strippers em uma festa, elas vão ter uma ideia que vai fazer seus problemas desaparecerem. Decidem criar o “The Naughty Princess Club”, uma empresa de eventos particulares em que elas vão dançar e entreter quem lhes contratar. Mas primeiro precisam aprender a arte do pole-dancing, e nada melhor do que fazer isso na casa de strip de um certo “anti-príncipe” de olhos azuis que surgiu no caminho de Cynthia. Será que a empoderada princesa Cindy pode finalmente estar no caminho para ser feliz de verdade, na carreira e no amor?

❝Estou atraída pela maneira como ele me desafia e me faz ser a pessoa que eu quero ser, pela maneira como ele cuida de mim, sem que eu deixe de fazer as coisas que eu quero.❞

💪🏻 Você quer ler um romance com uma ótima história e que tem personagens empoderadas? Então esse é o seu livro! Confesso que comecei a lê-lo sem expectativas, mas felizmente terminei amando muito. Era o tipo de livro que eu precisava no momento, e acredito que todas as leitoras vão se sentir representadas nessas três mulheres incríveis. Me adianto um pouco porque já finalizei a leitura da série, mas digo que esse primeiro é o melhor livro.

👸🏼 É lindo ver a Cindy desabrochar, começando a confiar mais em si mesma e criando uma rede de amigos que a apoia. Amei também o “príncipe” PJ, mas as interações entre Cindy, Belle e Ariel é que me ganharam. Por favor, leiam esse livro!

site: https://www.instagram.com/sentencaliteraria/
comentários(0)comente



Roseane 24/05/2020

Divertido demais.
Se vc procura um livro divertido sobre uma mulher “perfeita dona de casa e esposa”que é trocada pela baba de sua filha quase metade da idade dela e ainda por cima fica sabendo que foi largada quando o ex-marido lhe deixa os documentos do divorcio e some com todo o dinheiro.
Um livro sobre uma mulher que conheceu novas amigas (de verdade) que se reinventou, se libertou, se encontrou e deu a volta por cima.
Esse é o livro.
* A Ariel é a mulher mais desbocada e engraçada e a Bell a nerd mais querida. Juntas as três são demais.
Recomendo.
comentários(0)comente



VanessaKroline 14/02/2021

Mas que belo-fucking livro
Sempre em final de livros eu quase não sei como me expressar. Tive uma pausa no livro mas quando voltei, fluiu tão rápido a leitura que nem eu acreditava que já estava quase terminando.
A leitura é fluída, divertida, sensual, linguajar proibido para menos de 16 anos (a não ser que a sua mãe seja a Ariel- ou a Nova Cindy!)
Eu tô bem impactada pq eu acabei de concluir o livro. E os últimos capítulos, me surpreenderam UM MONTE! Foi muito gostoso de ler. De finalizar. De conhecer esse mundo que a autora criou!!
Muito difícil ter que superar Cynthia e PJ ?
comentários(0)comente



@contaolivro 19/05/2020

Apenas perfeito
Uma leitura super divertida e refrescante. Kk
Me surpreendeu muito e fiquei completamente apaixonada.
Ansiosa para o 3º logo.
comentários(0)comente



Ohara 14/05/2020

Maravilhoso, a escrita é leve e divertida.

Cindy passou 13 anos da sua vida tentando agradar o marido, os sogros, a vizinhança...tentando agradar todo mundo, menos ela mesma. Mas isso muda, e ela descobre que tem força e voz para decidir o que fazer, e como viver.

Ariel e Belle contribuem com tudo isso e se ajudam mutuamente. E PJ...bem, ele é o principe encantado da Cinderela!
comentários(0)comente



Camila | Book Obsession 24/04/2020

Tara Sivec tem uma escrita gostosa, fluida, cheia de sarcasmo e tiradas inteligentes. Fui conquistada já nos primeiros capítulos e quando me dei conta já tinha passado da metade do livro.

Publicado pela The Gift Box, vale ressaltar que todo o projeto gráfico está belíssimo. Na edição ainda vieram pôster e marcador.

No badalar da meia-noite é um romance empoderado com altas doses de comédia, confusões, romantismo e sem deixar de lado as referências ao clássico conto da Cinderela.

Resenha completa no blog

site: https://www.bookobsessionblog.com/2020/04/resenha-no-badalar-da-meia-noite-tara.html
comentários(0)comente



Karla Castelli 06/06/2020

Divertido e quente
Acompanhar essa nova adaptação de Cinderela foi mais do que fascinante, foi engraçado e sexy, com um toque de liberdade.
comentários(0)comente



Hellen (@literatucracia) 12/02/2020

No badalar da meia-noite
Fiz tão bem em dar chance de conhecer as histórias dessa autora! Tara Sivec tem uma escrita fácil, rápida, super bem-humorada e sabe construir romances fofos, apaixonantes e com uma carga hot na medida certa. Mais um livro gostosinho, com personagens femininas fortes e masculinos que entendem que mulher não é propriedade, mas sim companheira.
Não se deixem afastar da história pela Cinthia do começo do livro. A metida e chata dondoca se transforma num pessoa melhor e numa mulher forte, independente e muuuuito mais fácil de entender e se identificar.
(Ahh, como estou doida pelo livro da Ariel!)
comentários(0)comente



Suéllen 10/03/2021

Divertido!
Livro divertido apesar de mostrar as dificuldades que três mulheres enfrentam. Aqui temos a história de Cinthya que foi traída pelo marido e se vê sozinha, falida e com uma filha adolescente pra sustentar. PJ é meu novo crush! Cara encantador, que só valorizou Cinthya. Ansiosa para ler os próximos e ver como Belle e Ariel vão se sair nos negócios.
comentários(0)comente



Aline.Petronilio 06/03/2020

Fraquinho
Da autora de Malícias e Delícias, ( que adorei) esse livro é o 1° de uma trilogia sobre três amigas, que se vêm sem dinheiro e desesperadas para pagar suas dívidas.
A protagonista desse livro é Cynthia, que é abandonada pelo marido que foge com a babá de sua filha e some com todo o dinheiro da família.
Ela é a típica mulher recatada e do lar, que faz tudo pelo marido e esquece de si mesma. E no começo é bem irritante!
Depois têm algumas partes legais: sobre empoderamento feminino, a amizade entre as três amigas crescendo também é bacana e o "mocinho" é um companheiro bem "perfeitinho" que leva pra vida da Cynthia tudo que ela precisava. Mas como no final de Malícias e Delícias, esse livro também tem um final que deixa a desejar. Parece que a autora não consegue terminar um livro de forma satisfatória de jeito nenhum kkkk. Mas não é ruim, é só rápido e esquecível.
comentários(0)comente



Victoria | @vilivros 15/05/2020

Um livro para rir e se divertir
The naughty princess club é uma trilogia de livros que, pela minha experiência com o primeiro, tem tudo para ser uma das minhas favoritas! Inspirado nas histórias das princesas da Disney com um viés mais adulto e sexy. Cindy é a nossa Cinderela.

Tara tem uma escrita viciante e me fez rir várias vezes durante a leitura. Já adianto que o livro tem muitos palavrões e obscenidades. Então, se você não curte histórias com essas características, talvez o livro não seja para você.

Os personagens foram a cereja do bolo. Após concluir fiquei muito curiosa para conhecer Ariel e Belle, que serão as protagonistas dos próximos livros. Gostei de como a Cindy evoluiu durante a história e conheceu PJ, que é um charme de homem.

A escritora me presenteou com um romance cheio de empoderamento feminino, sensual e divertido. Tudo o que eu estava precisando em um momento tão conturbado como o que estamos vivendo. É aquele tipo de livro que sabemos como irá terminar, mas nem me importei, o que vale são os sentimentos adquiridos durante a narrativa e o crescimento dos personagens.
comentários(0)comente



98 encontrados | exibindo 1 a 16
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7


Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com a Política de Privacidade. ACEITAR