Feitos De Sol

Feitos De Sol Vinícius Grossos




Resenhas -


54 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4


Jefferson Vianna 02/08/2020

“Até quando vale esperar pelo amor da sua vida?"
“Até quando vale esperar pelo amor da sua vida?" Feitos de Sol, romance do autor Vinícius Grossos é um livro extremamente nostálgico, sensível e que despertou inúmeras sensações e sentimentos dentro de mim. Confesso que foi inevitável não relembrar alguns momentos da minha adolescência, especialmente em relação às músicas que marcaram o início dos anos 2000 e que foi trilha sonora de muitos momentos marcantes. O livro narra à história de Cícero e Vicente, dois adolescentes que se conhecem “por acaso” enquanto buscam pela última HQ de uma série, mais que isso, inconscientemente ambos buscam por aventura. Cícero não tem dúvidas de que o fim do mundo está próximo e aguarda a chegada das nuvens radioativas que cobrirão a Terra, pondo fim em qualquer possibilidade de sobrevivência. E Vicente é condicionado pela família a acreditar que o ano 2000 marcará o retorno de Jesus. Apesar do conflito de opiniões e das adversidades impostas, ambos se aproximam, se conhecem e nutrem um sentimento genuíno, apaixonam-se. O livro aborda temas delicados, como homofobia e intolerância religiosa, confesso que fiquei incomodado nestas cenas. Feitos de Sol despertou sentimentos que estavam adormecidos, portanto não foi fácil finalizar esta leitura. O final é enigmático, e aqueceu o meu coração com a esperança de que: “se estiver predestinado, não importa o tempo que passar, vai acontecer...” Leitura recomendada.
comentários(0)comente



Cleyson - @bookseestante 15/02/2020

A pior batalha é aquela que lutamos contra nós mesmos. Quando não nos aceitamos, quando nos quebramos e fazemos de tudo para tentar ser o que não somos. Isso causa uma série de conflitos que desencadearão tudo, menos o amor próprio e a felicidade.

Cícero acredita que o mundo vai acabar na virada de 1999 para 2000. Em busca da última edição da revista de seu herói favorito, ele conhece o Vicente, também fã do herói e que também procura pela última edição. Vicente também acredita que o mundo vai acabar, mas por outros motivos.
Em busca da última edição da revista, Cícero e Vicente descobrirão que têm muitas coisas em comum. O primeiro amor surge e com ele as consequências disso. Mas estão dispostos a viverem tudo antes que o mundo acabe.

"Há muitas coisas que nos amedrontam quando a gente se descobre diferente... muitas coisas ruins e tristes. Mas não deixe o preconceito e o temor andarem de mãos dadas contigo."

Grossos teve êxito em criar uma história linda e emocionante entre dois garotos numa época em que as coisas eram mais complicadas.
Narrado sob perspectiva do Cícero, “Feitos de sol” traz uma série de referências dos anos 90, me causando nostalgia, e também me fez lembrar que na passagem de 99 para 2000 eu também acreditava que o mundo iria acabar.

Me identifiquei com o Cícero e Vicente, especificamente com o Vicente, pois seus medos e anseios eram parecidos com os meus quando eu era mais jovem.
Grossos se atribui de alguns diálogos para dar uma verdadeira aula sobre aceitação e desconstrução, diálogos esses que deveriam estar estampados para todos possam ler e estabelecer outras convicções.

A narrativa oscilou um pouco para mim, pois não me agrada quando fico agarrado a uma perspectiva só, mas isso não tira o mérito da obra, é uma questão minha.
Uma obra de autoconhecimento, ruptura de barreiras e que traz uma lição importante: não negar quem você é. Se formos levar em consideração a imposição de uma sociedade conservadora e preconceituosa, negaremos para nós mesmos o direito de sermos quem somos, o direito de sermos felizes.
comentários(0)comente



CAssio.Fernandes 20/06/2020

Me senti parte do livro
Um história de amor linda, havia tanta verdade nas linhas do autor que eu me sentia parte da história o tempo todo. Gostaria da continuação.
Vini | @apenasliterando 20/06/2020minha estante
No conto "Quando tudo isso acabar" ele meio que dá um final bem massa pra essa história. ;)




Akemi 14/07/2020

A nostalgia dos anos 90
É impressionante como Vinicius Grossos se reinventa a cada livro. Diferente do que vemos em alguns autores, cada história nos leva para um novo universo, com problemas e dilemas semelhantes, mas que são bem únicos de cada personagem.

Aqui somos apresentados a Cícero, um garoto que hoje chamaríamos de nerd e que pensa que o mundo vai acabar na virada do ano 2000, mas que está determinado a todo custo ler o último volume da sua HQ favorita. Esse elemento, do "bug do milênio", é muito interessante para o público que nem sempre é o do autor, geralmente uma galera mais jovem.
Nesta história, Vinicius parece querer cativar não só a galera mais velha, talvez próxima dos 30, mas também a si mesmo, já que alguns elementos dão a entender que ele seja um pouco desses personagens. O livro é repleto de referências aos anos 90 e quando digo isso, não me refiro só a música, mas também aos hábitos e comportamento. Um verdadeiro passeio cultural para a galera mais jovem e um gosto maravilhoso de nostalgia para a galera que pega todas as referências do livro.
Sem dúvidas, um enredo excelente que vai cativar o público fiel do autor, mas que também não deixa nada a desejar, para quem vai se aventurar como um primeiro livro do autor ao lê-lo. Para os que já o conhecem, mas ainda não leram, há excelentes surpresas no decorrer do livro. É impossível não devorar essa leitura para tão rápido. Simplesmente incrível!
comentários(0)comente



Tami 26/10/2020

Que livro incrível! Foi uma mistura de sentimentos, com cenas fofas, engraçadas, reflexivas, tristes e reais.

Infelizmente muita gente vive a intolerância que se mostrou cotidiana na vida do Vicente, e o encontro desses dois sóis foi um bálsamo na vida de ambos.

Cícero e Vicente vivenciaram na adolescência o que muitos não vivem durante toda a vida, e foi lindo e tocante acompanhar cada momento de descobertas entre eles.

Terminei chorando, mas com um sorriso estampado no rosto e aquele gostinho de quero mais.

Vinícius se mostrou um excelente escritor, e com toda certeza quero ler mais obras dele.
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



Coruja Leitora 12/08/2020

Feitos de Sol é luz, ele é todo luz
É complicado, ainda estou digerindo e processando todos os sentimentos que esse livro me trouxe. Mas antes de qualquer coisa, tenha em mente que ele é muito, mas muito mais que um romance adolescente!!
comentários(0)comente



rafazaakar 20/02/2020

AH PRONTO, AQUI ESTOU EU CHORANDO POR CAUSA DE LIVRO DE NOVO
#resenha - ?Feitos de Sol? (Vinicícius Grossos, 2019) #13

Ah, é sempre bom ler um romancezinho pra dar aquela aquecida no coração, né? Eu já conhecia a escrita do Vinícius de um outro livro que li, então não me surpreendi quando percebi que estava amando a leitura.

O autor traz a história de Cícero, um garoto de olhos puxados, introvertido e que ama uma série de quadrinhos chamada Under Hero, que no dia mais importante do ano, o dia do lançamento do último volume de sua série, descobre que a loja havia fechado. E agora?

E é nesse momento, e graças à falência da chamada Taverna do Dragão, que Cícero conhece Vicente, outro super fan de Under Hero. E é a partir dai que eles começam a se conhecer e se interessar cada vez mais um pelo outro e por suas teorias do fim do mundo.

Eu gostei bastante da história, Grossos escreve de um jeito bem fácil de se ler, fácil a ponto de a leitura apenas seguir e seguir e seguir e quando você percebe o livro já acabou. Ele aborda temas muito importantes como violência infantil, homofobia e fanatismo religioso, tudo de uma forma bastante aberta e simples.

O romance entre Cícero e Vicente é aquele afago no coração que a gente sempre fica feliz em receber. É aquele amor adolescente desesperado e imediato, aquele desespero por ser feliz e amar, sabe? Ele criou personagens incríveis, que ganham nosso carinho logo de cara.

Mas preciso comentar: 20 anos? Sério? Precisava de tudo isso? Eu acho que morreria de depressão se fosse comigo! Achei fofo o final? Achei! Fiquei puto? Fiquei também! Hahaha Mas eu gostei, gostei do jeito que o ele traçou os caminhos e fez tudo dar certo. Gosto disso. Finais felizes -mesmo que sejam demorados- são bons, faz a gente ter esperança.

Uma leitura que eu com toda certeza indicaria. Não vão se arrepender!

#editorafaroeditorial #faroesitorial #viniciusgrossos #feitosdesol #lgbtq #lgbt #love #pride
comentários(0)comente



Michele @leituraempauta 30/08/2020

Estamos em 1999. Cícero é um adolescente de 15 anos, que adora quadrinhos e ama desenhar. Mora apenas com sua mãe Alessandra, que sempre o criou sozinha, e ambos tem uma relação de confiança e amizade. Cícero não tem muitos amigos além de Karol, que é bem doidinha e sempre fala o que pensa.
A vida de Cícero muda quando num belo dia ele vai até a Taverna do Dragão, uma loja que vende, dentre outras coisas, seu quadrinho favorito, o Under Hero, que está chegando na última edição. Porém, chegando lá uma surpresa: a loja havia fechado as portas! Logo chega Vicente, que também tem 15 anos e foi à Taverna com o mesmo objetivo, comprar a última edição de Under Hero.
Vicente leva uma vida muito difícil e muito diferente de Cícero. Seus pais são religiosos ao extremo, muito preconceituosos e não aceitam Vicente como ele é. Seu único conforto é sua avó, dona Emir, que é bem moderna e descolada, e ajuda o neto como pode. Mesmo sofrendo tanto, Vicente não perde a fé em Deus e a alegria de viver.
Logo Cícero e Vicente se tornam mais que grandes amigos. Ambos acreditam que o mundo irá acabar na virada de 1999 para o ano 2000. Cícero acredita que irá ocorrer o Bug do Milênio, que os computadores do mundo todo não entenderão a mudança das datas; e Vicente acredita que o mundo irá acabar por causa do Apocalipse.
Cícero e Vicente embarcam na maior aventura de suas vidas em busca da última edição de seu quadrinho favorito, mais que isso, descobrir mais sobre si mesmos.
Feitos de Sol é pura nostalgia! Foi muito bom relembrar da época em que íamos à locadora alugar filmes, nas lojas de discos comprar cds com coletâneas de músicas, das guloseimas, de comer kinder ovo (que naquela época era bem mais barato e dava para comprar muitos), das músicas que tocavam nas rádios.
Ao mesmo tempo é muito triste vermos, através do Vicente, como o preconceito prejudica a vida de muitas pessoas. Adorei a avó do Vicente, dona Emir, que já sofreu muito com o marido, e depois que o perdeu procurou aproveitar a vida e ser feliz.

site: @leituraempauta
comentários(0)comente



Rafa Durães 27/03/2020

Ótimo leitura.
Vinicius Grossos sempre rende bons livros. Sou admirador. Feitos de Sol não é seu melhor livro mas é encantador. Bonito, direto e verdadeiro. Nos faz refletir sobre religião, familia, amigos e destino. Super recomendo.
comentários(0)comente



Albieri 13/02/2020

Emocionante
A descoberta da sexualidade na adolescencia, mais a descoberta do amor, faz com que esse livro seja lindo, pois trata-se de um amor juvenil e também da luta contra o preconceito. Simplesmente amei.
Gustavo Igor 14/02/2020minha estante
Quero


Albieri 14/02/2020minha estante
Muito bom ele.




Nanna - Livraneios 22/07/2019

Leitura que mudou a minha vida...
Não sei direito o que eu esperava dessa leitura. Sabia que seria emocionante, mas talvez não tanto.
Desde a primeira página de Feitos de Sol eu já fui recebida com um sentimento muito forte sendo transmitido pelas palavras do autor. Conhecer Cícero e Vicente só fez com que essa sensação aumentasse de maneira exponencial no decorrer do enredo.
Essa é a história de um amor muito intenso que surge de um momento extremamente simples. Os personagens que nos são apresentados tem bagagens bem descritas, que os tornam em pessoas reais, quase palpáveis.
Me emocionei muito com o desfecho da história, Feitos de Sol me fez compreender como ter uma pessoa iluminada próximo de nós pode fazer a diferença.
O livro ganhou 5 estrelas e se tornou um dos meus favoritos da vida, sem dúvida.
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



poneimax 01/05/2020

VINICIUS EU TE AMO
Sabendo que o Vinicius Grossos é um dos meus autores favoritos, sou suspeito para falar, mas esse foi mais um de seus romances onde nos encantamos pelos personagens e ficamos com aquele gostinho de quero MUITO mais no final!
comentários(0)comente



Gu 11/09/2020

Quentinho
Um livro que retrata bem o romance forte que acontece na adolescência.
Uma aventura estilo filme da sessão da tarde, uma leitura relaxante com um amor forte entre dois adolescentes em busca da edição final da sua serie de quadrinhos favorita
comentários(0)comente



54 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4