A Lentidão

A Lentidão Milan Kundera


Compartilhe


A Lentidão





Integrando diversos personagens em planos múltiplos - o próprio autor e sua mulher, um entomólogo tcheco, os personagens de uma novela libertina do século XVIII, o “dançarino” -, Kundera propõe, em A lentidão, uma discussão a um tempo profunda e prazerosa sobre a dificuldade de apreensão do real ante a velocidade da vida moderna, a memória e o esquecimento, o clima frenético de hoje e uma época em se podia retardar o movimento em favor da fruição.

Edições (4)

ver mais
A Lentidão
A Lentidão
A Lentidão
A Lentidão

Similares

(11) ver mais
A Insustentável Leveza do Ser
A Identidade
A  Valsa dos Adeuses
A Vida está em Outro Lugar

Resenhas para A Lentidão (8)

ver mais
Quando as coisas acontecem rápido demais, ninguém pode ter certeza de nada.
on 22/2/13


Esse pequeno livro é realmente muito interessante. Kundera começa a narrativa, em primeira pessoa, através da voz masculina de um casal que está a caminho de suas férias num castelo na França. Este castelo é supostamente – ou pelo menos é isso o que o narrador nos faz entender – o mesmo castelo onde Madame de Tourvel, do romance “Ligações Perigosas”, de Chordelos de Laclos, teve suas aventuras adulteras e anseios libertinos do século XVIII. No caminho, o narrador faz especulações me... leia mais

Estatísticas

Desejam86
Trocam6
Avaliações 3.8 / 352
5
ranking 29
29%
4
ranking 36
36%
3
ranking 28
28%
2
ranking 5
5%
1
ranking 1
1%

34%

66%

Nessa Gagliardi
cadastrou em:
04/08/2011 17:47:56