O Leão, a Feiticeira e o Guarda-roupa

O Leão, a Feiticeira e o Guarda-roupa C. S. Lewis




Resenhas - As Crônicas de Nárnia: O Leão, a Feiticeira e o Guarda-roupa


111 encontrados | exibindo 61 a 76
1 | 2 | 3 | 5 | 6 | 7 | 8


spoiler visualizar
Khetelen 10/07/2019minha estante
Que linda a sua resenha. S2


Kelly Oliveira 10/07/2019minha estante
Obrigada Khetelen :)


Khetelen 10/07/2019minha estante
De nada :)




Danne ( Nas Entrelinhas dos Livros) 20/02/2015

O Leão, a Feiticeira e o Guarda-Roupa
Dando seguimento nas minhas leituras do livro as Crônicas de Nárnia, a segunda Crônica lida foi O Leão, A feiticeira e o Guarda-Roupa.
Uma das preferidas em todo o mundo, porque conta a história de quatro crianças, que tiveram que sair de Londres por causa dos ataques aéreos, da segunda Guerra Mundial e foram morar com o velho professor, no campo.

Ao se familiarizarem com o ambiente, os quatro foram explorar a casa com vários aposentos, que para eles era uma novidade. Quando se deparam com uma sala separada de todos os outros aposentos, dentro dela apenas um Guarda-Roupa, e é neste guarda-roupa que se inicia as aventuras de Pedro, Suzana, Edmundo e Lúcia.

Lúcia a mais nova dos quatro irmãos é a primeira, por causa de sua curiosidade que entra no guarda-Roupa, quando dar por si está num Bosque repleto de neve. É justamente neste momento que se depara com o Sr. Tumnus, um fauno que vestia um cachecol vermelho de lã no pescoço. À princípio os dois ficaram assustados um com o outro, porém aos poucos foram se conhecendo, o Sr. Tumuns fica completamente envergonhado e conta para Lúcia quais eram os seus planos, na verdade ele teria que prendê-la e levar para a Feiticeira.

No entanto, o Sr. Tumuns gostou da Lúcia desde o momento que se encontraram, após a confissão eles se tornando grandes amigos.
Lúcia havia passado horas na companhia do Sr. tumuns, havia esquecido completamente de seus irmãos e deveria ir embora. Contagiada para contar tudo que se passou em Nárnia para os irmãos, se viu triste ao compreender que eles não acreditaram em nenhuma palavra que Lúcia dissera. E Edmundo não somente não acreditou como à humilhava e á desdenhava.

Lúcia após algum tempo resolveu voltar a Nárnia e Edmundo também foi escondido de todos e ao chegar encontra a Feiticeira, que o enfeitiça com o Manjar Turco. Ele tão fica encantado que faz um tipo de acordo com a Feiticeira.

Após algum tempo eles voltam para Nárnia e lá descobrem que a feiticeira transformou o Fauno e vários habitantes de Nárnia em estátuas. E eles decidem encontrar Aslam com a ajuda do Sr. Castor e sua esposa. E Edmundo foge ao encontro da Feiticeira que fica bravíssima quando o menino chega sem os seus três irmãos.IMG_1324
Lúcia, Pedro e Suzana encontram com Aslam primeiro e ficam admirados, mas logo se tornam amigos. O Leão já está reunido com alguns habitantes de Nárnia para confrontar a feiticeira que se enche de orgulho quando percebe que tem nas suas mãos um trunfo.

Aslam dará sua vida em troca de Edmundo que volta arrependido para seus irmãos. Em meio a tristeza de ver Aslam se sacrificar Suzana e Lúcia ficam desapercebidas que tudo isso não passava de um plano de Aslam para derrotar a tão temida feiticeira. E acima de tudo trazer à paz novamente para Nárnia.

Eu amei esta crônica, em especial, fiquei fascinada com a sua história, com as emoções advindas dela, com o detalhamento dos diálogos e as ilustrações.
É um épico da literatura que me encantou desde o início da leitura, uma história de amor, ódio e misericórdia. Com toda a certeza é uma das ninjas crônicas preferidas. ?
Para ler a resenha da primeira Crônica
Veja também no: http://danielacorrea2011.wordpress.com
comentários(0)comente



Jully 11/11/2012

http://comentandolivroslidos.blogspot.com.br/2011/06/3-de-2011-o-leao-feiticeira-e-o-guarda.html
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



Alan Mota 06/02/2016

A fantástica viagem pelo Armário
Quando conheci C.S. Lewis fiquei apaixonado. Sua história, suas ideias, sua vida. Ao ler esta obra, o fascínio foi imediato. Todo o mistério, os personagens, a narrativa simples, mas repleta de metáforas (que inclusive geram muitas discussões) e a própria Nárnia encantam os adultos, isso mesmo! As Crônicas de Nárnia, no geral, tratam da infância perdida, da falta de sensibilidade adulta, da falta de esperança adulta. Não subestime este livro, como sempre digo, ele não é (e é também) um livro para crianças, ele fala sobre a infância.
comentários(0)comente



Rafaela 17/04/2014

Nesse volume acompanhamos quatro irmãos que viajam para o mundo mágico de Narnia através de um guarda-roupa. Em Narnia é sempre inverno por causa da Feiticeira Branca, que transforma seus inimigos em pedra e acredita que os irmãos poderão acabar com o seu reinado. Aslan, o criador de Narnia retorna, então começa uma batalha para libertar o reino da feiticeira.

O leão, a feiticeira e o guarda-roupa é um livro mais agradável de ler do que o O sobrinho do mago, mas, mesmo assim, ainda fico com a sensação de que as crianças dessa fantasia parecem adultas, pelo menos os diálogos, as palavras não parecem infantis. Vou continuar a leitura da saga mesmo não achando os dois primeiros livros empolgantes.
comentários(0)comente



Cleópatra 14/08/2009

òtimo
a história é maravilhosa
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



JV 23/11/2013

Legal, mas gostei mais do sobrinho do mago!
comentários(0)comente



Paulo 09/06/2016

As crônicas de Nárnia livro II
O leão a feiticeira e o guarda roupa.
Quatro crianças são mandadas para uma casa de campo longe da cidade, por conta de uma guerra que era travada, sua origem e motivos são desconhecidos. As crianças eram dois meninos e duas meninas. Um dia brincando de se esconder a mais novinha do grupo se esconde em móvel da casa, dentro daquele compartimento ela descobre uma passagem que dar acesso a uma floresta que era aparentemente era comum, mas logo se descobri que não. Os seres que lá habitam são criaturas fantásticas e animais falantes e a terra era fria e coberta de gelo. Depois de passar por uma situação inusitada a pequena garota consegui voltar por aonde veio, e para a sua surpresa os seus irmãos nem notaram sua falta, na cabeça da garotinha ela tinha passado muito tempo naquele lugar, mas quando retornou passou-se apenas alguns segundos. Depois de explicar para seus irmãos o que ela havia passado e onde estava eles não acreditam nela. Eles achavam que ela talvez lhes tivessem pregando uma peça.
A casa era habitada por algumas pessoas, antes de as crianças chegarem. Dentre elas um homem bem velho e uma governanta que toma conta da casa, que é extremamente chata e que os quatro irmãos fazem de tudo para evitá-la enquanto ela estar trabalhando. Um dia explorando a casa as crianças a encontram trabalhando e para evitar-la se escondem dentro de um móvel, que era justamente o mesmo que a menor deles havia entrado da outra vez. Lá dentro eles acabam vendo que a garotinha estava certa, de fato ali dentro era uma passagem para uma floresta e os quatro decidem explorar aquele lugar. Ali dentro é descoberto um segredo que mais tarde comprometeria a vida dessas crianças e o destino daquela floresta.
Uma batalha do bem contra o mal será travada e nossos quatro heróis vão ser parte primordial nessa luta. A história é uma parábola sobre o poder que o mal tem de nos seduzir e ao mesmo tempo sobre o Perdão que é capaz de nos redimir mesmo quando achamos que não há mais jeito. Uma história muito bonita, as referências cristãs são bem mais evidentes nesse livro do que no livro anterior, o ritmo é bem ágil e os personagens são marcantes e alguns bem divertidos. O enredo parece até meio bobinho mais como eu disse na resenha que fiz do livro anterior, o autor escreveu essa serie de livros para crianças, por essa questão um adulto não pode lê-lo? É claro que não! Os livros transcendem idades e lendo-os percebe-se a genialidade de C. S Lewis, um autor profundo, inteligente e que escreve excessivamente bem. O livro que li faz parte do volume único da editora Martin Fontes e é o segundo de acordo com a ordem da obra do livro. Leitura satisfatória e recomendada para todas as idades.
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



Julia 17/10/2013

Welcome to Nárnia island!
Pedro, Susana, Edmundo e Lúcia são quatro irmãos cujos pais foram para a guerra, deixando-os na mansão de um velho professor (o nome não é citado, mas tenho certeza que é o Digory). Certo dia, os quatro foram brincar de esconde-esconde na casa, e Lúcia, a caçula, encontrou uma sala com um guarda-roupa de madeira no qual decidiu se esconder. Conforme ia chegando mais fundo e mais fundo no guarda-roupas, Lúcia nunca encontrava o fundo. Até que caiu em uma poça de neve, e encontrou Nárnia. Confusa, ela foi andando pela terra estranha e gelada até encontrar o Sr. Tumnus, um sátiro muito simpático.

É uma leitura fácil, com um palavreado bem simples, feito para crianças. O amor de Aslam pela sua terra é simplesmente emocionante. Uma história de confiança e muito amor, com uma pitada de ação.
Simplesmente fantástico.
comentários(0)comente



Lay 15/04/2015

É LEWIS! TEM COMO SER RUIM?
Segundo livro da saga As Crônicas de Nárnia em ordem cronológica e o primeiro a ganhar adaptação cinematográfica, “O Leão, a Feiticeira e o Guarda-roupa”, publicado em 1950, é o mais conhecido da série.

Logo de cara, Lewis nos apresenta os personagens principais dessa história, sendo eles os quatro irmãos Pevensie: Pedro, Susana, Edmundo e Lúcia. Estes fugindo dos bombardeios em Londres durante a 2º Guerra Mundial.

Eu já falei um pouco da saga em outro post, no qual tem uma breve resenha do primeiro livro “O Sobrinho do Mago”, quem quiser ler – e eu recomendo -, corre lá no blog, ou procura aqui no skoob mesmo, que tem resenha.

A adaptação cinematográfica é impressionantemente fiel ao livro, o que eu não esperava antes de começar a ler, mas aí você me pergunta: então o livro é bom Lay? Bom ele é, claro. Porém, tinha grandes expectativas sobre ele, e como não ter? O filme é super bem produzido! Assisti várias vezes, e se eu não tivesse assistido, sinceramente, não teria vontade nenhuma de ler.

Como o livro é extremamente parecido com o filme, não tive surpresas durante a leitura, o que a tornou mais “lenta”, como diria minha mãe: “Devagar-quase-parando”. Não deixa de ser uma obra belíssima, queria ter lido o livro antes de ver o filme, mas sério, antes de 2005, era impossível eu ler livro algum.

E cá estou, não é?

Agora, falaremos um pouquinho de Aslam. É o meu personagem favorito, e não é surpresa.

Ele aparece bem pouco em O Sobrinho do Mago, já nesse, se faz bem mais presente, e isso deu um “up” no livro.

Todas as partes em que Aslam aparece, o autor fez questão de frisar o temor em que todos sentem em relação a ele, medo e respeito ao mesmo tempo, isso nos leva a crer que Lewis faz, no personagem de Aslam, uma referência a Jesus, ou até mesmo, nos apresenta ele como o Cristo de Nárnia.
Bom, chega de Aslam por hoje (ou por esta resenha). Não quero entrar muito em detalhes para não dar spoilers, mas leia, qualquer livro da série, com muita atenção, vai perceber coisas incríveis, ainda mais se você conhece bem o cristianismo.

Pontos positivos: Totalmente original e bem escrito, todos os personagens possuem sua personalidade única. Sem falar de Aslam, Aslam é incrível.

Ok, eu disse que eu não ia falar mais dele. Who cares?

Pontos negativos: Na verdade, verdade, verdade mesmo, não tem.

site: https://2books4films.wordpress.com/2015/03/17/resenha-2-as-cronicas-de-narnia-o-leao-a-feiticeira-e-o-guarda-roupa/
comentários(0)comente



EllisaAraujo 17/07/2016

Extraordinário
Fico meio sem palavras para expressar minha sincera afeição por essa linda história.
Lúcia é muito corajosa.
Edmundo aprende uma grande lição.
Suzana torna-se uma grande protetora.
E Pedro, um grande moço respeitado.
comentários(0)comente



Sanes 01/01/2011

Apenas um comentário...
Os livros de C.S.Lewis não são lá grande coisa, são sempre compensados pelo filme, mas pegando pelo nível do autor o livro é muito bom.
Fala de viagens marítimas, em busca de 7 fidalgos perdidos. Eles passam por várias aventuras, como serpentes marítimas e o fim do mundo.
Recomendo a quem goste de aventuras.
comentários(0)comente

mateusmfs 16/01/2011minha estante
Acho q comentou no livro errado. xD
Esse não trata sobre viagens marítimas não. ;D




111 encontrados | exibindo 61 a 76
1 | 2 | 3 | 5 | 6 | 7 | 8