O Inferno de Gabriel

O Inferno de Gabriel Sylvain Reynard




Resenhas - O Inferno De Gabriel


329 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 |


28/09/2019

Tinha tudo para ser bom e... não foi!
Dificilmente escrevo resenhas de livros que não gostei mas não poderia deixar de escrever sobre esse porque gostaria muito que tivesse sido bom.

Estou bastante acostumada à ler livros como esse (li O Professor, Cinquenta Tons de Cinza, A Garota do Calendário, etc) mas esse realmente deixou a desejar... porque?

Bom, para começar, Julia, a protagonista, têm seus 23 anos (mesma idade que tenho, por sinal) e parece ter seus 15 anos. Só se a menina tivesse sido criada presa em uma torre para ser tão ingênua e mesmo assim duvido muito...

Outra coisa que me irritou profundamente é que o personagem masculino, Gabriel, acha que carrega o mundo nas costas e se sente culpado por coisas completamente bobas e em que muitas vezes não é culpa de ninguém.

Julia fica ruborizada por TUDO e sinceramente deve ser a palavra que mais foi escrita no livro porque a cada três frases, uma diz que ela está ruborizada.

Tinha tudo para ser um livro bom... romances entre professores e alunas costumam ser instigantes e curiosos mas no caso desse livro eu só queria terminar logo de tão chato que era!

O autor não sustenta as características de Gabriel pois em um momento ele é grosseiro, frio e sem coração e em seguida já é romântico, fofo e cheio de amor para dar. A história em si não consegue se sustentar. As citações sobre Dante e Beatriz o tempo todo são incrivelmente chatas e Gabriel chamando Julia de Beatriz o tempo todo é ainda mais insuportável.

O autor com certeza nunca conheceu uma mulher de 23 anos para escrever sobre uma com essa idade e totalmente ingênua. Sinceramente acho que eu era ingênua assim com 12 anos. A escrita é normal e (pelo menos isso) não é cansativa e apesar de tudo isso pretendo ler as continuações para ver se o autor evolui na escrita e na história. Para um livro que foi indicado à prêmios é muito ruim. Um dos piores livros do ano para mim. Não recomendo.
Jess 28/09/2019minha estante
Nem tive coragem de ler


CRIS 30/09/2019minha estante
Estou lendo. Achando muito chato!


01/10/2019minha estante
Cris, sinceramente só não abandonei porque não consigo abandonar livros pela metade mas achei bem chato também!! Não tem nenhum plot twist que faça a gente sentir alguma coisa!!


CRIS 05/10/2019minha estante
Ju, eu também não tinha coragem de abandonar uma leitura. Agora com a maturidade ficou mais fácil sabe? O tempo passa e a gente merece fazer coisas que nos dão prazer.
Desapegue. ð




Leticia.Brito 20/07/2019

SINOPSE: O INFERNO DE GABRIEL

1º Livro da trilogia: O inferno de Gabriel

Ano da publicação: 2013
Autora: Sylvain Reynard
Editora: Arqueiro
Gênero: Literatura erótica, Mistério e Romance contemporâneo
Páginas: 512
________________________________________________________________________

Enigmático e sedutor, Gabriel Emerson é um renomado especialista em Dante. Durante o dia assume a fachada de um rigoroso professor universitário, mas a noite se entrega a uma desinibida vida de prazeres sem limites.
O que ninguém sabe é que tanto sua máscara de frieza quanto sua extrema sensualidade na verdade esconde uma alma atormentada pelas feridas do passado. Gabriel se tortura pelos erros que cometeu e acredita que para ele não há mais nenhuma esperança ou chance de se redimir do pecado.
Julia Mitchell é uma jovem doce e inocente que luta para super os traumas de uma infância, marcada pela negligencia dos pais. Quando vai fazer mestrado na Universidade de Toronto, ela sabe que reencontrara alguém importante um homem que viu apenas uma vez, mas que nunca conseguiu esquecer. Assim que põe os olhos em Julia, Gabriel é tomado por uma estranha sensação de familiaridade, embora não saiba dizer por quê. A inexplicável e profunda conexão que existe entre eles deixa o professor numa situação delicada, que colocara sua carreira em risco e obrigara os fantasmas dos quais sempre tentou fugir.
Primeiro livro de uma trilogia. O inferno de Gabriel explora com brilhantismo a sensualidade de uma paixão proibida . É a história envolvente de dois amantes lutando para superar seus infernos pessoais e enfim viver a redenção que só o verdadeiro amor torna possível.

FRASES MARCANTES

" Acho que, se você se importa com uma pessoa a ponto de fazer sexo com ela, deveria respeitá-la, e não tratá-la como um objeto."

"- Em que você está pensando?
- Estava pensando em quanto eu esperei por você. Esperei, esperei e você nunca veio."

"Você é um imã para desastres, Srta. Mitchell. Eu sou um imã para os pecados."

"Não se preocupe. Você ainda vai ser feliz. Vai se apaixonar por um homem lindo e ele a amará tanto que o peito dele vai chegar a doer. Então vocês se casarão, terá uma filhinha e serão felizes para sempre. Na nova Inglaterra, acho. Pelo menos a história que eu escreveria para você seria assim."

site: https://www.instagram.com/tudoemum_livro/
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



Sarah Thifanny 06/05/2019

Incrivel.
Cada pagina me faz flutuar...
O livro é lindo, inspirador e totalmente incrivel.
Me Sinto julia, amada, totalmente linda e inocente.
Eu super recomendo, nao tem como fugir de Gabriel.
Esse livro é cheio de integencia e bom gosto, principalmente no quisito Músik.
Amei, e reler esse livro so almentou o amor que eu sinto pela vida e pela literatura.
Obrigada.
Dreia 08/06/2019minha estante
Comprei este livro pela capa e confesso que amei ler os 03. Estou relendo novamente para falar dele no meu canal, mas confesso que esta tão saborosa a leitura que a impressão que tenho é de que é a primeira vez que estou lendo ele.
Super amo essa história.




spoiler visualizar
Lijadson 20/06/2019minha estante
Também não gostei! Para mim, a autora enrolou demais e, por este motivo, não consegui terminar o livro. Ficou muito exaustivo!




Rebeca 17/04/2019

Fez eu me sentir burra/ Gabriel is the new Christian Grey
Os diálogos são MUITO inteligentes e eu gostaria de saber metade das citações que existem nesse livro. Ou saber falar tantos idiomas e debater os assuntos tão veemente como eles fazem. A escrita é incrivelmente boa e me deu vontade de expandir o repertório linguístico.
Mas Julia...
Ela é a personagem mais chata da história e, infelizmente, a principal. Seus pensamentos são chatos, ela muda de ideia muito facilmente, falta um pouco de sensatez e age como se tivesse 17 anos em muitas das vezes.
O cara é um Edward de crepúsculo misturado com o Grey só q estranho e sem ser erótico. Se fosse mal escrito e tivesse sexo seria o mesmo livro.
Então, por conta da mocinha, do pseudo Grey e da descrição realmente se alongar onde não deveria, tirei umas estrelinhas. Não que minha opinião mude alguma coisa, mas é isso ai.
#pas
Dreia 08/06/2019minha estante
Vejo muita gente comparando o livro como 50 tons, na minha visão não tem nada a ver apesar de amar 50 tons.
Realmente as citações e toda esta volta que dá em torno de artes, me deixa um pouco chateada, pois eu nunca me interessei por artes e quando li não consegui visualizar muitas das situações kkk.
Mas amo todo o restante.




Leitura da crys 21/03/2019

Muito melhor do que 50 tons de cinza olha que eu tenho os três livros só que ainda não li os dois últimos amei livro
Dreia 08/06/2019minha estante
Não acredito ser nem parecido com o 50 tons, para mim são totalmente diferentes, mas amo dos dois.




Caixinha Literária 03/02/2019

RESENHA O INFERNO DE GABRIEL
Olá Seguiamores, tudo bom ?

Hoje vim trazer uma resenha de um dos meus livros favoritos de todo o mundo. No começo eu odiava o mocinho nesta história pois só fui conhecê-lo em outro livro que ele faz uma participação, mas vamos lá.

O inferno de Gabriel e uma literatura romance com um algumas cenas picantes e se passa em Toronto no canadá.
Gabriel Emerson é um jovem professor especializado em Dante, sempre enigmático é reservado poucas pessoas conhecem o seu lado obscuro, quer dizer, ninguém conhece seu lado obscuro. Gabriel tem um passado no qual ele tenta fugir de todas formas e uma delas e recorrendo a libertinagem até que Julia Mitchell cruza seu caminho e ele se vê tentado a ela. O fato é que, Gabriel e Julia são velhos conhecidos e quando a bomba explode meus amores tudo começa acontecer.

Bom, Gabriel e lindíssimo isso não é mentira e seu jeito tão severo de ser deixa qualquer um(a) soltando suspiros é mais suspiros. Depois que li a trilogia me vi procurando vários cursos de literatura italiana. E esse e o mal do autor da série, te envolve de uma maneira que você não deseja parar de ler de maneira nenhuma pois sempre deixa um gostinho de quero mais e de que eu preciso ler mais, é o famoso só “ só mais um capítulo.”


Editora: Arqueiro.
Autor: Sylvain Reynard
Páginas: 477



site: https://caixinhaliterariadaliss.blogspot.com/
comentários(0)comente



Sabrina 30/01/2019

Às vezes você pensa que um bom contexto é mais do que suficiente para eliminar as chances de um livro acabar dando muito errado. Que doce ilusão. O primeiro livro da trilogia tinha tudo para superar minhas expectativas, mesmo que clichês: um amor impossível, passados sombrios e atormentadores, e um maravilhoso contexto artístico com Italiano e Dante Alghieri. No entanto, foi uma decepção tão grande na maior parte do livro, que foi realmente difícil insistir pra terminá-lo.

Julia Mitchel e o professor Emerson aparentemente têm um passado em comum. Quanto ela decide fazer mestrado em Toronto e ingressa na turma dele, a personalidade tumultuosa do professor imediatamente se choca com a fragilidade dela. Até aí, tudo bem. Gabriel era enigmático, reservado e ferido de um jeito poeticamente lindo, mesmo que às vezes parecesse tão cruel que era considerado por seus alunos como “implacável”. Mas Julia precisava dele para sua tese.

Os acontecimentos levaram ambos a se aproximarem e trazerem a tona seus sentimentos por muito tempo escondidos e consequentemente um passado transtornado e confuso. O que tinha tudo para ser uma linda história de amor, se torna algo dependente e corrompido, uma obsessão forçada de ambas as partes que aconteceu de muitas maneiras, menos como deveria ser.

Julia é uma mulher doce e muito ingênua, e desde o início do livro apresenta sentimentos expressivos e profundos sobre Gabriel, no entanto, algo a prende tanto no pavor dessas emoções, que simplesmente não sobra espaço para o romance fluir, ou desabrochar ao longo do tempo. A primeira metade do livro consiste em uma Julia indecisa e extremamente irritante, que em um minuto está correndo atrás desesperadamente, e quando consegue se fecha e se isola em um casulo sem motivos.

E basicamente é isso o que acontece no livro inteiro. Não estou dizendo que o contexto é ruim, só acho que os personagens que podiam ser bons, se transformaram em nada. Gabriel era apaixonado, intenso, misterioso, mas no fim se tornou apenas um cãozinho que corre atrás de qualquer coisa que o faça se redimir pelo seu passado, independentemente do quão ridícula e incoerente possa ser. Julia continua irritante ao longo de todo o livro, sem evolução, sem inteligência e sim, sem sensatez. Porque a fragilidade e a sensibilidade não representam sensatez, e Julia parecia só uma criança birrenta, mimada e medrosa.

O contexto de um amor puro, desabrochado ao longo do livro com mistérios resolvidos e redenções atingidas, foi destruído e pisado. Livros com essa ambientalização normalmente me capturam a atenção e me fazem mergulhar na arte junto com eles, mas esse livro não conseguiu me fazer sentir muita coisa além de raiva. Com exceção de algumas cenas de Gabriel que realmente fizeram sentido, eu particularmente não simpatizei com nada. Não achei natural, não achei envolvente, não achei profundo e não achei intenso. Foram 500 e sei lá quantas páginas de personagens e contexto mal explorados.

Li porque realmente não gosto de abandonar um livro sem dar uma chance para o final. Mas estou muito decepcionada, tinha grandes expectativas para o livro se tornar um de meus favoritos, mas infelizmente não foi o que aconteceu. Não estou julgando a escrita, o uso de palavras e as citações foram boas jogadas, mas o desenvolvimento não funcionou para mim. Dei 2 estrelas porque como eu disse, a ambientalização e as citações pra mim contam muito.
comentários(0)comente



Ana.Oliveira 15/01/2019

Esse livro têm uma pegada bem gostosa para se ler, clichê em cerca medida mas cheio de reviravoltas, além de introduzir o leitor em clássicos como a divina comédia.
comentários(0)comente



Iara.Bubolz 21/11/2018

O Inferno de Gabriel
Nossa sem palavras esse livro me deu uma sensação de Déjà vu, foi muito bom poder ler um livro tão fofo, inocente, bom resumindo o livro é MARAVILHOSO é gostoso de ler. Sem Palavras gostei muito da escrita. Se eu pudesse dava 10 estrelas.
comentários(0)comente



Eugenia.Pimenta 16/11/2018

Meus favoritos?
Trilogia maravilhosa e emocionante. Amei de paixão.????
comentários(0)comente



Kit Kat 06/11/2018

O inferno de Gabriel
Livro maravilhoso!! Merece cinco estrelas! Tem uma narrativa que te prende bastante! Os personagens são muito bem construídos assim como o mistério por trás de cada um! Apaixonante!! Super recomendo! A única coisa que achei meio negativo foi o enrolar para acontecer o hot porém quando acontece! Pensa em uma coisa boa? Bem detalhada, que te faz se sentir na pele da personagem ? Super hiper mega ansiosa para o segundo livro!!
Luiza.Matos 19/11/2018minha estante
Pretendo ler esse livro...ele físico para sentir melhor.




Kit Kat 06/11/2018

O inferno de Gabriel
Livro maravilhoso!! Merece cinco estrelas! Tem uma narrativa que te prende bastante! Os personagens são muito bem construídos assim como o mistério por trás de cada um! Apaixonante!! Super recomendo! A única coisa que achei meio negativo foi o enrolar para acontecer o hot porém quando acontece! Pensa em uma coisa boa? Bem detalhada, que te faz se sentir na pele da personagem ? Super hiper mega ansiosa para o segundo livro!!
comentários(0)comente

Luiza.Matos 19/11/2018minha estante
Pretendo ler esse livro...ele físico para sentir melhor.




Nicole Gonçalves 18/10/2018

...
O nome do livro é "O Inferno de Gabriel", mas deveria ser "O Inferno de Nicole" porque, Jesus, foi um verdadeiro inferno ler isso. Foi o primeiro livro NA MINHA VIDA que não conseguiu me arrancar NENHUMA emoção. Foi zero. Zero mesmo. Eu ainda tô chocada porque, às vezes acontece de odiar o enredo, mas gostar de alguma personagem ou da escrita, etc, mas NADA, absolutamente NADA nessa história arrancou alguma emoção minha. As personagens são extremamente chatas, a escrita é uma coisa parada pra cacete, personagem secundário nem graça tem e o casal???? Gente, que coisa mais sem química, na boa!

Ainda tô muito abismada com a diferença que essa história conseguiu fazer na minha vida: um belo de nada.

Dei meia estrela por, sei lá, dor na minha consciência de ter lido 500 e poucas páginas, cansado as minhas vistas e por pena, talvez.
lee 18/10/2018minha estante
Kkkk desculpa, mas eu tô rindo


Tiele 26/01/2019minha estante
Sua resenha está perfeita, li o livro inteiro na esperança de melhorar em algum momento e nada, nem fiz questão de ler os outros


juh_lo 15/07/2019minha estante
Dei meia estrela pq se der 0 não conta pra avaliação mas me senti igual a você. Hahahahaha.vou rebatiza-lo de "o inferno de Juliana"




329 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 |