Para Sir Phillip, Com Amor

Para Sir Phillip, Com Amor Julia Quinn




Resenhas - Para Sir Phillip, Com Amor


1917 encontrados | exibindo 1 a 16
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 |


Simba leitor 06/07/2020

Claramente a impulsiva da família
Essa garota é louca, gente, se é minha irmã eu chegava arrumando barraco também. Custei um pouco pra me afeiçoar aos protagonistas (principalmente Phillip), mas da metade pra lá eu me rendi aos dois (à Eloise na verdade, o Phillip foi mais pro final). Adorei a segurança e facilidade que Eloise tem para lidar com as crianças, pra mim foi um ponto fundamental que a série ainda não tinha abordado. A única coisa que me chateou um pouco na história é que senti falta da Penélope, acreditava que ela fosse aparecer na mesma proporção que Eloise apareceu no livro dela. Mas fora isso, foi uma boa leitura, bem fluida como todos os livros anteriores.
Lourene.Nunes 19/01/2021minha estante
Tbm senti falta de Penelope... Mesmo terminando como terminou rs




Daniella 05/11/2020

O epílogo me deixou super emotiva, admito. O que foi isso, Eloise? Assim meu coração não aguenta...
Aqui temos uma pegada diferente dos primeiros 4 livros e eu amei. Gostei dos personagens da Eloise e do Sir Phillip, fazer o que? Amo um personagem masculino mal humorado, e amo ainda mais quando a mocinha vem chegando (nesse caso não de mansinho, pois estamos falando de Eloise Bridgerton, então tá mais para um furacão haha) e PAH, desestabiliza o pobre kkkk'
Oliver e Amanda roubaram meu coração. São umas pestes, mas muito meigos.
A participação dos irmãos da Eloise foi o ápice, MDS, como eu ri kkkkk'
calie 06/11/2020minha estante
eu protejo taaaanto esse livro ? é demais, né? merece tranquilamente nossas 5 estrelas. é de aquecer o coração conhecer melhor a Eloise, o Phillip e os filhinhos dele


Daniella 06/11/2020minha estante
Com certeza. Concordo com cada palavra sua! ??




Bela 09/10/2020

Diferente dos outros livros não tem bailes ou aquela paixão fulminante a primeira vista, mas sim um relacionamento sendo construído aos poucos. Eu sempre gostei muito da Eloise e fiquei feliz ao ler o seu final feliz! Vale ressaltar que eu amo quando os outros membros família aparecem nos livros!!
comentários(0)comente



Tainá.tas 13/06/2020

Para sir Phillip, com amor
Os Bridgertons são a primeira série de romance de época que eu leio, e apesar desse ser o 5 livro até agora eu ainda me surpreendo.
Todos sabem que a estrutura de um romance de época segue aquele clichê clássico de casal que fica junto no final, e a minha ansiedade realmente agradece por isso, mas de alguma forma a autora consegue nos fazer esquecer disso e realmente torcer para que o casal fique junto.
A escrita te faz realmente pensar estar em pleno século XIX, muito rápida e também muito divertida.


Ps: Violet nos ensinou um novo jeito de lembrar do alfabeto: A, B, C, D, E, F, G, H.
comentários(0)comente



spoiler visualizar
Miriani 11/05/2020minha estante
Sem dúvidas a melhor parte do livro é a chegada dos irmãos na casa do Phillip....todo mundo estressado e o Collin estava como? com fome! Claro! kkkkkkk


Ana Karina (@aanadoslivros) 11/05/2020minha estante
kkkkkkk, eu lia e ficava me perguntando "Gente, como essa pessoa não engorda?" kkkkkkkkkkkkkkkk


Miriani 11/05/2020minha estante
Kkkk ele é um dos meus personagens favoritos..não tem como não amar ...mas deve estar com sobrepeso até o final da série! Hahaha


Natália Cristina - Leitura por Amor 11/05/2020minha estante
Acho que é o meu favorito da série! Amo, amo!


Marisol 12/05/2020minha estante
Essa série é Maravilhosa.


ana 08/07/2020minha estante
Pra mim o livro só começou quando os irmãos chegaram




Rosinha.Correia 15/04/2021

Não é o melhor livro da série (considerando que já li 5 deles kkkkkkk),
Eloise sempre foi a mais eloquente dos Bridgestons, eu esperava mais da história dela, na verdd acho que ela merecia mais.
Phillip é chato e bruto, mas até que com o passar do tempo ele evoluiu, e gostei muito disso, tava precisando.
comentários(0)comente



Lua 28/01/2021

Muito bom
Gostei muito da história de Eloise, da leveza, dos ensinamentos. Dei gargalhadas e meus olhos tbm se encheram de lágrimas. ??
Laura 28/01/2021minha estante
Estou terminando ele! ?


Lua 29/01/2021minha estante
Aaah ? espero que esteja sendo uma leitura maravilhosa ?


Laura 29/01/2021minha estante
Sim, terminei ele e favoritei! ?




spoiler visualizar
Anya 13/03/2021minha estante
amo a Eloise




Ray 20/12/2020

Para Sir Phillip, com amor
Bom, para começar, preciso dizer que sempre gostei da Eloise, ela é divertida e espirituosa e isso me cativou desde o primeiro momento, me identifico com ela mais do que com os outros personagens. Porém, acho que, apesar de eu ter gostado desta história, eu esperava um pouco mais.

À princípio, eu não tinha gostado muito do Sir Phillip, mas, conforme os capítulos passavam, consegui compreendê-lo e houve uma bela evolução.

Me apaixonei pelos gêmeos, mas senti que poderiam ter aparecido mais.

Enfim, acho que a história deveria ter sido mais explorada, mas, num todo, eu gostei. Espero que a Shonda possa aprofundar isso tudo.
Ingrid 22/12/2020minha estante
Eu senti que faltou a reação dela ao saber quem era Lady Whistledown, esperei ansiosa por esse momento e nem teve


Ray 22/12/2020minha estante
Sim, mas consigo compreender porque ela não estava presente e acho que a autora também não quis tirar o foco dela.




Camila 15/03/2021

O quinto livro da série vem pra se diferenciar dos outros. Fiquei bem feliz que a autora mudou um pouco o método da história, trazendo um novo cenário e um homem diferente dos anteriores, já estava meio exausta da repetição. O livro não tem muitos reviravoltas ou se quer muitos personagens, o que faz ele ser meio parado, mas mesmo assim não é ruim.
comentários(0)comente



Queria Estar Lendo 26/03/2020

Resenha: Para Sir Phillip, Com Amor
Meu primeiro livro do ano foi da Julia Quinn. E por que não Para sir Philip, com amor, o quinto livro da série Os Bridgertons? Eis o que eu pensei, ainda que a expectativa e a realidade não tenham se igualado.

Eloise é uma das minhas Bridgertons favoritas; nesse livro, é a vez dela protagonizar a sua história de amor. Até então, ela tem visto seus irmãos se casarem e ficou taxada como solteirona, já que recusou diversos pedidos de casamento e, aos 28 anos, não encontrou nenhum candidato bom o suficiente para se casar.

Depois de uma prima muito distante falecer, ela começa a trocar cartas com o viúvo, o Sir Philip. Eloise sempre adorou escrever cartas, então foi fácil ficar se correspondendo com Philip, que era uma pessoa agradável de se conversar.

Um ano após a morte da esposa, Philip tem a certeza que precisa de uma nova esposa. Seus filhos precisam desesperadamente de uma mãe, já que ele é um pai extremamente ausente e não sabe lidar com os terroristas gêmeos de seis anos. Bom deixar claro aqui que Philip se sente, sim, mal por ser um péssimo pai. Mas também não faz muito esforço.

Em uma tentativa desesperada e inconsequente, Eloise foge de Londres e vai até a casa de Sir Philip, a convite dele para se conhecerem pessoalmente e ela se tornar sua esposa. Evidentemente, ele nunca quis fazer mal a reputação da Eloise e sugeriu uma dama de companhia. Mas Eloise, na sua inconsequência, não avisa sua chegada para Philip e fica dias sozinha com ele e com os gêmeos.

Como boas crianças de 6 anos e com um pai viúvo que não dá atenção, os dois tentam chamar atenção a todo momento. Ter que dividir essa atenção com a indesejada Eloise gera uma certa mágoa nos dois e eles começam a aprontar com ela. As peças variam de farinha na cabeça a tropeção com direito a roxo no olho. Ver a "briga" entre os três até que era divertido.

Eloise em momento nenhum se deixa abalar pelas atitudes das crianças e revida muito bem. Ela é uma Bridgerton e teve cinco irmãos mais velhos, sabe muito bem se virar. Mas é com o Philip o maior problema. Ele sempre foi um doce nas cartas, mas quando estão frente a frente ele é extremamente bipolar. Em um momento os dois se beijam, no outro Philip está evitando Eloise.

Não foi fácil perder a esposa, mas eu realmente fiquei muito irritada com essas alterações de humor dele. Ele simplesmente não sabia lidar com um romance, muito menos com Eloise que é uma mulher extremamente forte. A prova disso é que apesar de ele ser muitas vezes um pé no saco, ela não desiste e segue lá.

O livro e o romance realmente começam a deslanchar quando todos os homens Bridgerton aparecem na casa de Philip e se deparam com Eloise. A cena deles chegando na casa do Philip é hilária e naquele momento percebi o quanto a família Bridgerton em si fazia falta.

Obviamente, eles pressionam Philip para se casar com Eloise. Como se não estivesse nos planos dele se casar com ela de qualquer jeito. Apesar de já terem se beijado e rolado alguns momentos de romance, somente no final do livro eu senti que os dois realmente deviam ficar juntos. Não fui muito conquistada pelo casal, confesso.

Essa falta de conquista do casal me incomodou bastante. Quando os irmãos de Eloise chegam, Philip muda bastante sua postura, chegando a ser um pouco irritante. Eu detestei isso; ele tinha tudo para se mostrar um excelente marido e companheiro para Eloise, mas na presença dos irmãos dela ele se torna o machão que compete por qual cavalo é maior. Apesar de todos os Bridgertons, incluindo as mulheres da família, serem competitivos, nenhum deles nunca bancou o machão babaca de forma tão evidente.

Eloise realmente é quem salva o livro e minha nota se deve à ela e a consideração pela Julia Quinn que eu tenho. Eloise dá um exemplo de mulher forte, determinada e disposta a ir onde quiser e fazer o que precisa ser feito. Ela conquista os pestinhas gêmeos numa facilidade maior do que eu esperava, mas quem consegue resistir ao charme da Eloise, não é?

Um outro detalhe, esse eu reclamei desde a resenha passada da série, foi que já sabemos quem é a Lady Whistledown e sua coluna foi encerrada. Senti falta dos comentários da nossa fofoqueira favorita.

Apesar da decepção com o livro, eu realmente senti vontade de largar não só esse volume como o resto da série. E considerando que o quarto livro tinha tudo para ser meu favorito e também não correspondeu as expectativas, continuarei lendo. O prefácio do próximo livro que conta da Francesca me diz que ele tem tudo para ser bom, mas estou reconsiderando sobre criar expectativas.

site: http://www.queriaestarlendo.com.br/2020/03/resenha-para-sir-philip-com-amor.html
Taizinha 11/04/2020minha estante
No final desse livro eu chorei de alegria, e gritei de raiva pelo livro ter acabado. Eu nunca tinha me visto desse jeito, nunca fui tão cativada por um livro a poto de fazer uma birra. Foi um livro incrível, no qual eu me apaixonei pelos personagens. Foi o livro mais realista pra mim até agora. Mostra realmente o quanto o ser humano erra, e sente medo. E que na verdade, isso permite que aprendemos tanto. A Eloise é minha gêmea, é incrível o quanto me identifiquei com ela. E senti que o Philip me mostrou o quanto nos seres humanos nos privamos da felicidade por medo, por ser mais fácil deixar a vida como esta. Esse livro me mostrou o quanto vale a pena correr atrás do que você quer, o quanto sua vida muda quando você sai da sua zona de conforto. Enfim, eu amei esse livro e me sinto grata por ter lido algo tão incrível que me trouxe tantas emoções.




risi 17/03/2021

Raiva e decepção
Sinceramente nunca passei tanta raiva lendo um livro na minha vida, e o pior que eu sei que não era essa a intenção da autora pois ela tenta de tudo para fazer esse casal acontecer, mas simplesmente não tem como suportar o Phillip, ele é rude demais, negligente com os filhos e tudo que ele quer é uma empregada que cuide da casa e dos filhos e que as vezes possa ter relações sexuais e não uma esposa. Ele sustenta isso o livro inteiro, até o penúltimo capitulo(no ultimo ele milagrosamente vira outro homem). Ele sustenta isso quando chama a Eloise de insuportável, quando fala que casou com ela obrigado e que por isso não tem culpa de se casar com alguém que fala demais, quando briga com ela pq ela queria conversar com ele sobre os filhos e ele só queria transar, e ainda reforça isso no penúltimo capitulo quando pede pra ela não dizer que eles tem problemas pq ele já passou muito com a Marina e agora ele só quer alguém moldado as suas necessidades e muitos outros momentos. Sinceramente não tem como se afeiçoar em nada com esse mocinho, e a "redenção" dele no ultimo capitulo foi a coisa mais forçada do livro(o olha que tiveram vários momentos forçados).
Minha decepção é inteiramente sobre a Eloise, ela não só parece outra pessoa nesse livro, como aceita coisas que eu sei que a Eloise que vimos antes nunca faria. O tempo todo ela fala que é perspicaz, obstinada, inteligente, dona de si e a família dela também cita isso aqui, mas as ações dela são totalmente o oposto do que é dito. Só o fato de quando os irmãos dela quererem forçar ela a casar e ela ficar com o pé atrás já mostra a duvida que ela tinha sobre o Phillip, mas depois ela aceita tudo, ele ofende ela e depois ela pede desculpas, ele assume os erros com a Marina e os filhos e ela ta dizendo que não que ele nunca errou, meu Deus como pode chegar a esse nível? E o pior, ela "percebe" que o ama quando passa o dia inteiro longe dele e um dia depois que ele brigou com ela por querer conversar e a ter chamado de insuportável. Amor mais forçado do que desses dois não existe.
Infelizmente aconteceu com a Eloise o mesmo que aconteceu com o Colin, mudaram totalmente no livro deles em relação ao que a gente via nos livros dos irmãos e não foi uma mudança legal.
Minha nota é inteiramente dedicada a escrita da Julia Quinn que continua muito boa e envolvente e a talvez alguns momentos interessantes que aconteceram, mas esse é de longe até agora o pior livro da série, a Eloise merecia mais, não só em relação a quem ela casou, mas também a como ela foi tratada pela autora.
Aninha 17/03/2021minha estante
Concordo com tudo, tenho um ódio desse livro que não consigo superar




Bia 17/11/2020

"Ria,Ria alto, e sempre. E quando as circunstâncias pedirem Silêncio, transforme sua gargalhada em um sorriso.
Não se acomode. Saiba o que quer e corra atrás. Se não souber o que quer, seja paciente. As respostas chegarão no tempo devido, e pode ser que você venha a descobrir que o seu coração deseja estava bem debaixo do seu nariz o tempo todo."
Gostei da história desse quinto livro, é uma história triste no início,mas que aos poucos vai adquirindo felicidade. Sir Phillip é um homem bastante forte,não tem como negar isso,passou por muita,muita coisa mesmo e mereceu a felicidade que esperava por ele no final. Não posso deixar de falar das crianças kkkkk, dois quase anjinhos,mas que se não fossem as travessuras o livro não teria um toque engraçado. E claro, nossa querida Eloise nós surpreendendo com sua decisão e escolha de marido,acho que não tinha como ela surpreender mais kkkkkkk.
É uma leitura muito boa, recomendo!
comentários(0)comente



gabi 01/08/2020

então, dos bridgertons esse foi o livro que menos gostei. me incomodei muito com o personagem masculino e com o ?instant love? apresentado no livro, mas me emocionei bastante com o final e acabei gostando mais do que esperava, quase desisti nas primeiras páginas kkkk
Janinha 01/08/2020minha estante
Mesmo sentimento! Kkkkkk




1917 encontrados | exibindo 1 a 16
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 |