Por toda a eternidade

Por toda a eternidade Kristin Hannah




Resenhas - Por Toda A Eternidade


171 encontrados | exibindo 1 a 16
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 |


Juliana Rodrigues 13/07/2020

Em "por toda a eternidade" temos a conclusão da história contada em "amigas para sempre", mostrando como a vida pode ser especialmente dura em algumas situações. Kristin Hannah retratou todos os acontecimentos de modo tão intenso que em vários momentos precisei reforçar o pensamento de que cada capítulo demonstrava a real evolução dos personagens, o que inclui todas as batalhas a serem enfrentadas ao longo da vida de qualquer pessoa.

Achei um livro extremamente denso e profundo, tentava ao máximo estar preparada para todas as emoções que a autora sempre consegue despertar em cada página, mesmo sabendo que isso é praticamente impossível. Fui surpreendida com mais uma história carregada de ensinamentos, como todas as experiências que tive com a autora.

É uma história sensível sobre amor, perdão e recomeços, mas principalmente sobre saber se perdoar, pois todo ser humano pode cometer erros em algum momento na vida, e precisa aprender a viver com isso, considerando que não podemos mudar o passado, apenas agir de acordo com todas as experiências vividas, e sempre tentar criar um futuro melhor.

"Amor. É disso que nos lembramos ..."
Katia C. Menezes 14/07/2020minha estante
Linda resenha!


Juliana Rodrigues 14/07/2020minha estante
Obrigada! ??




Mari.Vasconcelos 19/07/2021

Com que frequência temos segundas chances?
Uff!
Depois de 'Amigas para Sempre', 'Por toda a eternidade' traz outras perspectivas e muitas, muitas outras emoções...

Os personagens usam armaduras para esconder suas dores, medos e traumas tão enraizados que fica subjetivo saber quem está onde.
E quem nunca já não tentou esconder sua dor como forma de se fazer acreditar que ela não existia? Engolir o choro as vezes é o princípio para engasgar-se nele, lidar com a perda de alguém que se ama, é talvez a maior batalha da alma humana. Reconstruir-se, perdoar e sobretudo perdoar-se é vencer a guerra da vida sobre a morte, mas não é possível sem aliados confiáveis.

Não sei de onde Kristin Hannah encontrou inspiração para esse romance, mas é real a forma como nos toca, e como nos desperta emoções e medos, mas nos faz lembrar que tudo de mais grandioso é possível pelo poder milagroso do Amor.

Apesar de ter, em mim, disparado um gatilho, reforçou minhas esperanças.

"NÃO PARE DE ACREDITAR ATÉ SER OBRIGADA E NÃO PARE MESMO ASSIM"
comentários(0)comente



Raisa.Severo 21/02/2023

Mais um livro dela que termino em lágrimas
Uma história de redenção, amizade, família...tudo para se acabar em lágrimas. Esse livro dá vontade de viver!!
comentários(0)comente



Fernanda 06/03/2014

Resenha: Por Toda A Eternidade
Resenha: “Por toda a eternidade” é o segundo volume da série Firefly Lane, da autora Kristin Hannah, publicado pela Editora Novo Conceito, sendo que o primeiro “Amigas para sempre” foi publicado pela Editora Arqueiro. Nesta trama há uma exploração maior de outros personagens, sendo que o foco principal ainda é a amizade e os laços de afeto, atenção e carisma. As lembranças são apresentadas com cuidado e é perceptível o sentimento de cada um e de como lidam com as perdas e dificuldades.

A história se passa em dois períodos distintos, sendo que o passado é a base para entender os motivos da realidade atual. As passagens são como lições de aprendizados baseadas na perda, nas conformidades e na luta para continuar a viver com a dor. Kate acabou morrendo por causa de um câncer e agora todos precisam aprender a conviver com esse fato. Ainda assim é interessante destacar que Kate é citada bastante na trama e envolve todos os personagens com suas menções.



CONFIRA A RESENHA COMPLETA NO BLOG SEGREDOS EM LIVROS:

site: http://www.segredosemlivros.com/2014/03/resenha-por-toda-eternidade-kristin.html
Luciana 22/03/2014minha estante
Fernanda, o primeiro livro é com as mesmas personagens?


Fernanda 22/03/2014minha estante
Oi Luciana, o primeiro livro explora a relação das personagens Tully e Kate.


Leticia 06/05/2014minha estante
Livro parecer ser maravilhoso! Espere em breve poder le-lo!


Carol Ribeiro @carolcombina 07/07/2017minha estante
Por isso as resenhas nos ajudam tanto... Já ia começar a ler e então vi na resenha que ele é continuação. Ou seja, bóra ler outro porque ainda não tenho o primeiro deste; portanto esse vai pro final da fila!!!!




Mare.Passos 13/07/2021

Perfeito
Já tinha me apaixonado em Amigas para sempre, mas agora são tantos detalhes da vida de cada um, que a obra fica completa.
A vida de verdade, a gente erra, faz escolhas erradas achando que está acertando.
Não podemos julgar ninguém, a vida dessa pessoa e o que ela passou pelo caminho, só ela sabe. Kristin mostra isso algumas vezes.
Amor, amizade, família, perdão, saudades, esperança. Tudo numa misturinha perfeita!
comentários(0)comente



Ana Claudia 02/05/2021

Esse livro é a continuação de ?Amigas para Sempre? e conta a história de Tully e da família de Kate, após a sua morte.

Tully Hart, é uma mulher de 50 anos, solteirona, que há uns tempos atrás comandava um dos maiores programas de televisão dos EUA. Mas após a morte de seus melhor amiga, Kate, afunda em uma depressão sem conseguir se reerguer.

Marah Ryan é a filha de Kate, uma adolescente rebelde que foge de casa, por não saber lidar com a perda da mãe, achando que conseguirá resolver seus problemas sozinha.

Dorothy/Cloud é a mãe biológica de Tully, que esteve sempre ausente na vida da filha e por quem Tully esperou pelo seu amor e sua presença. No entanto, nunca entendeu o porquê da mãe tê-la abandonado quando criança.

Com uma narrativa externamente envolvente e fluida, essa história aborda o alcoolismo, drogas, estupro, amizade, amor e perdão, e nos mostra um dos maiores desafios da vida: a aceitação da morte.

Uma historia que reúne três gerações, três sofrimentos distintos, três formas de se perdoar e infinitas possibilidades de se amar.
comentários(0)comente



Ari 07/04/2023

Gostei
Livro bom, é gostoso acompanhar a história dos personagens, embora muitas partes sejam tristes, mas no final tudo fica bem.
comentários(0)comente



Ju Harue 23/03/2021

Eu confesso que primeiramente não parece ser uma continuação da mesma autora do primeiro livro, já que a narrativa desse vai por um caminho mais espiritualizado que não teve indício algum em toda a história. Tem cenas que cortam de maneira abrupta, causando certa confusão e estranheza entre narradores. Durante a história tem alguns pontos que levam a gente na curiosidade de saber o que ocorreu, mas em outros acaba sendo longo e arrastado, com personagens que causam muita dubiosidade. Pessoalmente foi um livro que não me conquistou.
comentários(0)comente



Fabi | @ps.leitura 24/02/2022

{resenha feita no blog PS Amo Leitura}
Por Toda Eternidade, continuação de Amigas Para Sempre, publicado pela Novo Conceito e escrito pela maravilhosa Kristin Hannah, vamos conhecer uma história de perdão e novas chances.

RESENHA DO SEGUNDO LIVRO SEM SPOILER

Falar sobre uma continuação nunca é algo fácil, ainda mais quando evitamos spoiler, mas ao mesmo tempo, quero expressar como foi a minha sensação com essa leitura.

Já falei algumas vezes em como Kristin Hannah é capaz de conquistar meu coração, deixar em mil pedacinhos e ir trabalhando em reconstruí-lo ao longo dos capítulos. Em Por Toda Eternidade ela soube como fazer isso também.

Após alguns acontecimentos marcantes do livro anterior, a vida de Tully e de outras pessoas próximas acabaram se transformando de uma forma inimaginável. É muito difícil ter que enfrentar algumas situações, principalmente quando alguém que sempre nos apoiou não está mais por lá.

Dói só de realmente pensar nessa possibilidade, então isso fez com que eu criasse empatia pela personagem. Mas, em outros pontos, acabei me incomodando novamente com as atitudes de Tully. Já havia comentado isso na resenha de Amigas Para Sempre e ressalto novamente esse ponto.

Aqui a autora apresenta alguns pontos do passado e a gente consegue conhecer melhor sobre a personagem e porquê ela tomou algumas atitudes ao longo de sua vida. Mas, ao mesmo tempo, vejo que muitas coisas poderiam ter sido mudadas se ela tivesse seguido um caminho diferente e não tivesse se deixado abater por algumas questões.

Sei que em muitos momentos Tully conseguiu dar a volta por cima de algumas questões que sempre a afringiram, mas também sei que em outras, ela deixou que isso tomasse conta, mas que poderia ter sido diferente.

Ainda assim, apesar dessa pequena ressalva, devo dizer que Por Toda Eternidade é uma continuação digna. Se esse livro não existisse, acho que ficaria faltando um certo ponto da trajetória da Tully e em como foi sua vida antes de um acontecimento marcante e como seguiu.

Mas um outro ponto que me fez gostar demais da obra, foi a apresentação de outros personagens. Isso que aconteceu na vida de Tully também afetou a vida de outras pessoas e conhecer esses pontos de vista me deixaram ainda mais conectada com a trama, deixando meu coração apertadinho em muitos momentos.

Então o que posso dizer da duologia Firefly Lane é o seguinte: leia! Se você assistiu a série Amigas Para Sempre, na Netflix, dê uma chance a obra. Existem grandes diferenças entre ambas e Por Toda Eternidade pode te trazer grandes respostas também.

⚠ Esse livro pode conter gatilhos de luto, depressão, automutilação e drogas.

site: https://www.psamoleitura.com/2022/02/resenha-por-toda-eternidade-kristin-hannah.html
comentários(0)comente



Jenifer Tertuliano 07/10/2021

Difícil de explicar
Apesar da mensagem do livro e do conteúdo ser delicado e importante, afinal trata-se da dor do luto, do ponto de vista da Marah a filha da Katie, do Johny marido da Katie e da Tully melhor amiga da Katie e madrinha da Marah.
A verdade é que nenhum deles sabe como lidar com isso, como demonstrar seus sentimentos e sua dor.
A depressão também é evidente nos personagens, chegando a auto mutilação, a tentativa de suicídio e ao consumo de drogas.
Apesar de todo esse assunto o livro todo é muito chato, parado e tudo muito repetitivo, uma chatisse que não não mais, vom partes interessantes claro, mas em geral chato.
comentários(0)comente



spoiler visualizar
Allyne 27/01/2022minha estante
Como a sua resenha está marcada com SPOILER, acho que não tem um problema se eu fizer algumas perguntinhas kkkkkkkk eu gostaria de saber sobre o Johnny. Em algum momento no livro aparece ou dá a entender que ele e a Tully estão ou vão ficar juntos?


Gabexrv 27/01/2022minha estante
Não, pra mim eles são amigos


Allyne 27/01/2022minha estante
Que notícia boa!! Meu coração tá respirando aliviado agora ??




Flavia 14/08/2022

O luto é devastador. Trata-se do doloroso caminho que todas as personagens de "Amigas para sempre" precisam percorrer em busca da felicidade possível após a perda. Muito boa leitura.
comentários(0)comente



Jorge.Luiz1 11/07/2023

Johnny fica viúvo e se vê sozinho com os filhos.
Uma famosa apresentadora de talk show perde sua melhor amiga... O desenrolar da história é desenvolvido a partir desses argumentos.
Pêpe 11/07/2023minha estante
Maravilhoso????




Arca Literária 16/04/2014

Por Toda a Eternidade
Em Por Toda a Eternidade Tully Hart é uma grande estrela da TV, perseguida por um passado sombrio de abandono e dor. Sua vida gira em torno do trabalho e da melhor amiga Kate Ryann, que lhe devotou todo o amor que aquela não teve de sua própria família. O mundo de Tully desaba quando Kate descobre estar com câncer, que vem a causar-lhe a morte. A falta de Kate desestabiliza todos ao seu redor. Lidar com a falta não foi fácil para a Tully, nem para o marido Johnny, e menos ainda para a filha Marah.

Diante de toda a dor, Tully se afunda na depressão, vivendo a base de remédios e não se sentindo apta para o próprio trabalho. Porém quando decide que é hora de voltar, toda a expectativa de trabalho se transforma em um infinito de portas fechadas.

Os problemas da vida de Tully só pioram a dificuldade de Johnny em lidar com a própria dor torna a perda de Kate ainda mais destrutiva para a filha Marah, uma adolescente antes cheia de vida, e hoje depressiva e com compulsões autodestrutivas. No intuito de cumprir a promessa feita a Kate e cuidar de sua família, Tully na busca desesperada por ajudar à afilhada Marah, involuntariamente acaba colocando em seu destino Paxton, um garoto problemático que só aumentará as preocupações da família.

Este foi o primeiro livro que li da autora Kristin Hanna, e confesso que as primeiras 100 páginas foram confusas para mim. A narrativa é alternada, tanto entre capítulos, quanto dentro deles, em uma confusão de vozes; isto porque o livro é narrado parte em primeira pessoa pela protagonista Tully, parte em terceira pessoa. Outra característica marcante da obra é que ela se inicia com o acidente de carro de Tully, após sofrer um grande golpe da afilhada, e a história é narrada a partir daí. Narrada no tempo presente e no passado, além de trazer em seu texto a visão do presente da própria Tully, daquilo que acontece ao seu redor no tempo do coma, e diálogos que esta mantém no plano espiritual com a amiga a morta.

Tais aspectos, apesar de terem-me gerado certa agitação no principio do livro, evoluíram de modo a contribuir com o enriquecimento da trama, formando uma narração mais dinâmica. Porém, ainda acredito que a escritora pecou em algumas transições entre a narração de terceira e primeira pessoa, pois em várias partes do livro ela repete desnecessariamente fatos já narrados.

Os personagens foram muito bem construídos, e cada um possui uma história e uma razão de ser. O livro gira em torno da Tully, mas dá ênfase a história de todos os personagens, nos levando entender as desventuras de cada um, isso nos aproxima dos mesmos e faz com que nos envolvemos na história.

Além disso, a história chama atenção para vários problemas sociais e psicológicos, como a depressão, a compulsão em se cortar, o uso de drogas, a dependência química, e os casos de violência doméstica.

Indico o livro para aqueles que gostem de dramas, com um leve toque de sobrenatural. Por Toda a Eternidade é um livro que nos passa lições de vida, nos ensina o poder do amor nas relações.

________

Resenha de Karol Lopes, resenhista do Arca Literária

site: www.arcaliteraria.com.br
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



171 encontrados | exibindo 1 a 16
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 |


Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com a Política de Privacidade. ACEITAR