A Escola do Bem e do Mal

A Escola do Bem e do Mal Soman Chainani




Resenhas - A Escola do Bem e do Mal


234 encontrados | exibindo 1 a 16
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 |


spoiler visualizar
comentários(0)comente



juuliatbm 08/05/2021

Surpreendente
Familia no início eu nao dava nada por esse livro, mas gente ele é bom. Tem toda essa vibe de conto de fadas e o plot é tão bom de ler. Tem umas partes bem bizarras? Tem, mas a gnt ignora. Você tbm vai ficar com ódio de todos os personagens, tipo, todos. Você vai querer entrar no livro e arrastar a cara deles no chão
comentários(0)comente



Juu 08/05/2021

A escola do bem e do mal
Eu sinceramente não esperava muito dessa leitura, a sinopse não me agradou muito e eu não sentia que iria gostar do livro, mas, Soman Chainani me mostrou que eu estava errada!!!
Eu estava em ressaca a um tempo, e esse livro me tirou totalmente do meu estado ressaca.
O plot do livro foi a coisa mais incrivel!
Ainda assim fiquei curiosa sobre algumas questões no fim, preciso do livro 2 para ontem!!
Eu recomendo muito caso você goste de uma fantasia que sabe te enganar!!
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



Liah Lopes 07/05/2021

O bem é o novo mal, e o mal é bom também, ou parece que sim.
Eu aparentemente não sei contar ou tenho uma memória péssima, mas o fato é que não me recordo quantas vezes li esse livro. Mas a parte realmente importante é que me apaixono mais a cada vez que vivencio com Agatha e Sophie o desenrolar do seu conto de fadas único!

Eu fiquei nervosa nas cenas tensas, soltei gritinhos nas interações amorosas, fiquei puta de raiva com escolhas estúpidas e chorei no final que nem uma criança assistindo a morte da mãe do Bambi pela primeira vez! Tá, isso foi pesado, o final não foi triste gente (depende), só sou muito molenga mesmo e chorei horrores.

?

Em A Escola do Bem e do Mal acompanhamos as nossas protagonistas descobrirem um mundo novo, onde tudo que elas acreditavam desapareceu como a magia da Cinderela à meia noite.

Como parte de um plano maior até então desconhecido, elas tiveram suas certezas arrancadas junto com a esperança de irem para casa seguras ao se verem presas num lugar muito mais perigoso do que aparenta, e ainda se depararam com um engano gigantesco que as empurra e as motiva a provarem quem elas dizem que são, se quiserem sobreviver.

Seguindo seus instintos, elas terão de enfrentar a lei natural dos contos de fadas: O Bem ama, O Mal odeia. Mas e quando o mal se percebe amando, e o bem se vê odiando? O mundo dá uma volta, bagunçando suas mentes e sentimentos, e elas já não são as mesmas que entraram.

Agora, elas só precisam enxergar quem realmente são, descobrir o propósito das suas almas e lutar por ele, afinal, quem, no fundo do seu coração, nunca quis um Felizes para sempre?

Com personagens extremamente carismáticos (okay, alguns nem tanto cof cof Bea..), e uma ambientação impecável e melhor que muitos filmes da Disnaay, eu recomendo MUITO esse livro.
A evolução dessas crianças, a representatividade e a abordagem de temas importantes os tornando relevantes ao avançar dos livros fez essa série ser uma das minhas preferidas da vida!

?

Estava precisando de algo pra esquentar meu coraçãozinho e me ajudar a sair da ressaca literária, e acertei em cheio, pois acabei o livro morrendo de amores e super ansiosa pra ver o que vem a seguir!
comentários(0)comente



Taylor 06/05/2021

Escola do Bem e do Mal
É um livro com uma faixada bem tranquila ao abordar o tema de contos de fadas, mas isso dura apenas metade do primeiro capítulo, quando começa abordar sequestros.
As personagens principais são dois lados de extremos opostos, e de inicio não dá para entender se realmente são amigas, Sophie e Agatha são totalmente diferentes não apenas na aparência assim como é dito mais para frente.
O mistério que é colocado quando as mesmas chegam é muito interessante e intrigante, mas quando chega nas ultimas paginas parece que o autor não queria fazer com que essa primeira parte se estendesse e correu um pouco com a evolução das situações. Outra coisa que veio me incomodando muito ao desenrolar da nossa história foi a dependência física e sentimental de Agatha com Sophie, e o jeito de como por algum motivo Tedros esteja começado a se apaixonado de uma hora para outra, mesmo que a história diga que está tudo sendo escrito para um conto de fadas e todas as sejam completamente já prescritas, mas eu acho que poderia ter sido feita de maneira mais orgânica.
São pequenos problemas que não desclassificam a história, mas com aqueles se incomodam com discursos machista feitos e respingados em alguns personagens, pode acabar tornando a experiencia um pouco chato e um tanto revoltante.
marte 08/05/2021minha estante
amém, a primeira pessoa que vejo que aponta essa do machismo. me revoltou demais, demais mesmo.




Teteh 05/05/2021

Escola do bem e do Mal
Um livro que demorei muito pra começar por que achava que issa ser bobinho,muito infantil mas que me supreendeu muito,tem várias mensagens que dar pra ser tirada de apredizagem,um livro que começa como o PORQUE AGATAH E SOPHIE FORAM TROCADAS DE ESCOLA?E dai vem sua curiosidade e ao decorrer do livro você vai entendendo,minha experência com esse livro foi muito boa e a leitura muito rapidinha e gostosinha uma história que merece mas reconhecimento e ai vai minha recomendação SIM pra quem gosta de fantasia!Anciosa pela leitura dos outros livros.
comentários(0)comente



Maria 04/05/2021

Bom pra pensar
Na época pra mim esse livro foi um grande plot twist com a questao da inversão do bem e do mal e como as pessoas são tão influenciadas pelo superficial. Eu gostei das duas protagonistas, embora a Sophie fosse muito egoísta eu pude entendê-la mas não quer dizer que ela merecia uma amiga tão boa quanto a Agatha. Parei esta série no livro três não porque foi ruim mas pelo momento que estava passando, sei que o livro seis foi lançado recentemente e que uma série também vai ser lançada então estou ansiosa pra reler e continuar a série que lembro com tanto carinho.
comentários(0)comente



sammy 30/04/2021

adoreii
devia ter lido isso antes cara, adorei a escrita, a história, os personagens, o plot twit....achei uma leitura mto boa. Fiquei mto puta em algumas horas cm a Sophie, espero não passar raiva dnv
comentários(0)comente



Lori 30/04/2021

Interessantíssimo
Essas 5 estrelas não é para a história, mas pela construção dos personagens. Incrível, reflexivo. Te faz pensar sobre o quanto o mundo está povoado de Sophies, e ainda, o quanto dela está em nós.
comentários(0)comente



Clara Azevedo 27/04/2021

A Escola do Bem e do Mal
Esse é o primeiro volume de A Escola do Bem e do Mal. No povoado de Gavaldon, a cada quatro anos, na décima primeira noite do décimo primeiro mês, dois adolescentes um bom e o outro mal somem misteriosamente há mais de dois séculos. Na temida ocasião, os pais costumam proteger seus filhos para que eles não sejam levados para A Escola do Bem e do Mal, onde estudariam para se tornarem os heróis ou os vilões dos contos de fadas. E isso tudo não é 100% de baboseira. E enquanto os adultos tentavam descobrir o que diabos estava acontecendo as crianças perceberam que os desaparecidos davam as caras nos livros de contos de fadas elas reconheceram o rosto de várias mais no início os adultos não deram muito bola até que um dia acabaram se convencendo de que era verdade. Sophie deseja ser escolhida e admitida na Escola do Bem. Com seu vestido cor de rosa e devoção as boas ações, ela sonha em se tornar uma princesa e encontrar seus príncipe encantado. Sua melhor amiga, Agatha, porém não entende como uma cidade inteira pode acreditar nesta história de que existe uma Escola do Bem e do Mal. Com suas roupas pretas e mau humor permanente, é o oposto da amiga, que mesmo assim é a única que a entende. O destino, porém, prega uma peça nas duas elas são levadas de fato para esse mundo de contos de fadas apesar de que apenas uma delas queira, A Sophie vai parar na Escola do Mal enquanto Agatha vai para a Escola do Bem. Mais isso está errado não? Sophie é que deveria ser a princesa e a Agatha a bruxa malvada. Ou será que as aparências enganam? Esta aventura pode dar a estas duas melhores amigas as pistas para quem elas realmente são. O livro é narrado em terceira pessoa. Amo esses recontos de contos de fadas acho muito legal. Sophie é meio chatinha prefiro a Agatha. Na capa do livro estão Agatha vestida toda de preto e a Sophie vestida de rosa. No fundo estão A Escola do Bem e do Mal.

Na floresta primitiva
Há duas torres erguidas.
Na Escola do Bem e do Mal
A Pureza e a Malícia.
Quem nelas ingressar
Não tem como escapar
Se um conto de fadas
Não vivenciar... Pág:25.

Há cinco regras que separam o Bem e o Mal:
1- O Mal ataca. O Bem defende.
2- O Mal pune. O Bem perdoa.
3- O Mal machuca. O Bem ajuda.
4-O Mal toma. O Bem dá.
5-O Mal odeia. O Bem ama. Pág:113.

Qual é a única coisa que o Mal jamais poderá ter...e que o Bem jamais viverá sem? Pág:126.
comentários(0)comente



thianna 22/04/2021

gente que final foi esse???? to chocada, não esperava por nada disso que aconteceu a partir da metado do livro, o que a Sophie e a Agatha passaram foi muito insano.
jupikkjjkk 22/04/2021minha estante
nossa sim eu odeio a sophie




20/04/2021

Me surpreendeu
Além da floresta, no povoado de Gavaldon, a cada quatro anos dois adolescentes somem misteriosamente há mais de duzentos anos. Há boatos de que jovens são levados para a Escola do Bem e do Mal, onde estudam para se tornarem heróis e vilões dos contos de fadas.

Sophie espera ansiosamente para ser levada e admitida na Escola do Bem e vive seus dias usando vestidos cor de rosa e sapatos de cristal com a esperança de ser uma princesa. Sua melhor amiga, Agatha, não consegue acreditar em toda essa mentira, sendo o oposto de Sophie, ela só quer continuar no seu pequeno povoado para o resto de sua vida, porém o Diretor da Escola toma uma drástica decisão.

Eu sinceramente nem sei o que falar sobre este livro. Faz muito tempo que eu não lia uma ficção como essa, com princesas, príncipes, bruxas e outros vilões dos famosos contos de fadas que conhecemos e confesso que estou impressionada.

Para algumas pessoas esta narrativa é superficial, pois as princesas precisam ser loiras, usar rosa e serem lindas fazendo com que o nosso lado feminista grite de pavor. Também entendo que este livro tem várias falas preconceituosas e gordofóbicas que podem causar má impressão para os adolescentes, pois é uma ficção infanto-juvenil, fora que o início foi um pouco arrastado e por esses motivos eu não dou 5 estrelas. Mas sejamos realistas... crescemos ouvindo a história da bela adormecida que esperou seu príncipe encantado, da branca de neve que ressuscitou com um beijo e todas as outras que a princesa era indefesa e o príncipe era o cara forte que lutava e a salvava do mal do mundo então claro que com este livro não seria diferente, mas eu não levo para o lado pessoal. Posso muito bem ler um livro como este e continuar afirmando para todas as meninas que eu conhecer que elas podem ser o que elas quiserem usando preto ou rosa e ponto final.

Entendo que essa pode não ser a conclusão que o público alvo chegará, mas para mim não tira o mérito de que depois de certo ponto a história deslanchou, surgiram vários mistérios que me fazem querer ler a continuação. Há também uma adaptação sendo produzida, mas sem data de lançamento que eu espero que seja boa.
Raquel Oliveira 22/04/2021minha estante
Eu comprei o livro 1 há muitos anos, mas comecei a ler, cheguei na terceira página do capítulo 1 e desistir, anos se passaram e eu só vim ler o livro 1 ano passado.
O famoso quebra cara ?




Nina 18/04/2021

O QUE ACONTECEU E POR QUE É PRA CRIANÇAS?
Eu fui ler esse livro mesmo sabendo que era uma fantasia infantil porque achei a sinopse interessante e ouvi dizer que a Neflix está produzindo uma adaptação, então, por que não? Mas, honestamente, fiquei muito decepcionada.
Apesar de ser um livro escrito para pessoas de uns 12 anos (acho eu), eu achei a escrita muito confusa. Em muitas cenas eu não tinha ideia do que estava acontecendo porque parecia que o autor passava de uma ação para outra totalmente diferente sem explicar como a gente foi parar ali. E isso porque eu tenho 21 anos, imagina como deve ser para alguém de 12. Fora isso, eu achei que o livro "ensina" muita coisa errada. Todo os estereótipos, os comentários maldosos sobre gordos e/ou gente que não faz dieta, absolutamente tudo que envolvia os príncipes, a falta de diversidade e, principalmente, toda a sensualização de CRIANÇAS DE TREZE ANOS.
Ao longo do livro as personagens principais (pré-adolescentes) são descritas usando vestidos curtos e colados, salto alto, corpetes, e vários outros tipos de vestimenta desse tipo. Fora isso, elas têm aulas sobre "como seduzir garotos com dança do ventre". Sério. Eu queria que fosse brincadeira. Não sei nem o que é mais errado: meninas de treze anos terem aula de sedução, ou terem pego a Sherazade do conto Mil e Uma Noites para ser essa professora que usa a dança do ventre com esse objetivo. Honestamente, péssimo. São muitas as cenas desse tipo.
Eu fico muito feliz de estar lendo esse livro já com 21 anos, porque eu tenho medo do que essas cenas teriam feito com a minha cabecinha se eu ainda tivesse na pré-adolescência.
Fora isso, o final foi a melhor parte (ou menos pior). Foi quando pareceu que o livro estava tentando dar umas lições de moral melhores, e fiquei curiosa com o que vai acontecer. Mas com certeza não vou ler os próximos, vou só pesquisar na internet um resumo, porque não vou aguentar ler mais nenhum capítulo dessa história.
comentários(0)comente



lív 18/04/2021

Tinha grandes expectativas pra esse livro, as quais infelizmente não foram nem um pouco correspondidas. Poucas e raríssimas coisas tal qual acontecimentos prenderam minha atenção. Vou continuar por pura teimosia, já que não me cativou (lembrando que: essa é minha e apenas minha experiência com a obra)
comentários(0)comente



234 encontrados | exibindo 1 a 16
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 |