Lírio Azul, Azul Lírio

Lírio Azul, Azul Lírio Maggie Stiefvater




Resenhas - Lírio Azul, Azul Lírio


124 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 |


Syrah 15/10/2020

Acho que podemos comparar ele com o primeiro livro da saga... me desanimou um pouco em um ponto mas depois a curiosidade foi mais forte e finalmente no final ficou interessante novamente...
Ele mais apresenta problema do que chega a nos responder realmente, ao menos foi isso que minha mente um pouco(muito) lenta reparou.
Como o próximo livro é o ultimo espero que seja muito bom e que realmente nos dê as respostas
comentários(0)comente



Aline 15/10/2020

Continua incrível
Apesar de Ladrões de Sonhos ser o meu favorito da saga (até agora) Lírio Azul, Azul Lírio é incrível!
comentários(0)comente



Isa 14/10/2020

Li quase em uma sentada e apesar de ser inferior ao livro anterior no quesito de acontecimentos e reviravoltas, esse livro é excepcional em mostrar o amadurecimento deles e de sua relação.
comentários(0)comente



Raf¡nha 10/10/2020

todos dizendo que esse foi o livro preferido da saga, porém eu achei o mais chato ??? realmente não sei, mas o livro todo era tão intenso, ao mesmo tempo em que acontecia tudo, todas as informações jogadas na mesma hora, também não acontecia NADA. Foi tudo muito confuso e pra mim, não explicado

Uma ponto que eu amei no livro, foi ver a evolução do personagens, porque é nítido o quanto eles amadurecerem, foi fantástico! Gostaria de ter lido narrações do Ronan aqui, porque se não estava claro, ele é meu corvo favorito, porém não teve nenhuma (eu sofro)

Achei os vilões (que não são bem vilões), Piper e Colin muito ??? sla acho que deveriam ter mais história por trás deles. E não apenas eles serem ricos que correm atrás de objetos sobrenaturais e matam pessoas pra conseguir isso! Inclusive, com toda a história do segundo livro, do Homem Cinzento falando tudo aquilo do Colin, eu esperava bem mais dele em Lírio azul, azul lírio. Ele se mostrou um bata covarde do caralho ao invés daquele embuste que Homem Cinzento tanto falava. Parecia maia que ele estava descrevendo a Piper, e eu realmente não duvidaria que ela estivesse por trás de tudo em Ladrão de Sonhos.

O final também terminou do nada ???? Uma hora eles estavam naquela caverna aí do nada aqueles animais ressuscitam por causa da obra que o Ronan criou nos sonhos, aí a Blue entra no lago e finalmente encontra a mãe que tava desaparecida o livro inteiro, junto com o pai aí do nada a Piper aparece, acontece uma discussão quase teve mortes aí do nada a Blue foge com a mãe, o pai e o Homem Cinzento e passado pouco tempo eles saíram da caverna e já pula pro epílogo ??? E aliás, QUE EPÍLOGO!!! AQUELA DESGRAÇADA DA NEEVE APARECEU DE NOVO PRA FAZER MAIS MERDA QUE ÓDIO

enfim, achei o mais chato exatamente por ter muitas informações e quase nada explicado, parecia que eles estavam parados no mesmo lugar e não iam sair tão cedo, espero que o próximo livro seja melhor
comentários(0)comente



Vivi 10/10/2020

Aaaaaah que história bem elaborada, estou morta de curiosidade sobre o próximo livro da saga
comentários(0)comente



apreensiva_mendes 04/10/2020

Resenha: Lírio Azul, Azul Lírio
Neste terceiro volume, nossos personagens continuam sua busca por esse rei galês misterioso.
A mãe de Blue desapareceu no fim de Ladrões de Sonhos, então enquanto eles procuram por ela, vão surgindo novas pistas sobre a localização de Glendower.
Aliás, eu tô até agora sem entender bem o porquê do sumiço da Maura, o porquê dela ter ido pra debaixo da terra, eu acho que apenas ir em busca do pai da Blue não foi um argumento muito convincente pra mim...
Mas por outro lado, foi algo bom, pois esse ocorrido desencadeou várias outros acontecimentos....como o desenvolvimento da Blue dentro da série. Provavelmente esse tenha sido o motivo de a Maggie decidir enfiar a Maura numa caverna.
Por cima disso, existe o enigma dos três adormecidos: Um deve ser despertado, o outro nem pensar, e o do meio pode ser... O ruim é saber Quem é quem.
Vamos ter Também a introdução de Colin Greenmantle na trama,(que foi quem contratou o Homem Cinzento para ir em busca do Greywaren: um suposto alguém/ algo capaz de trazer sonhos para o mundo real). Eu achei que ele fosse ter uma forte influência nos acontecimentos e tudo o mais, porém não foi o que aconteceu... tudo em Henrietta é um emaranhado de coisas estranhas... É como procurar uma agulha no palheiro!
Um personagem secundário muito querido vai nos deixar em Lírio Azul... Essa morte causa muito impacto no nosso quinteto, na Blue principalmente. Os faz pensar que essa jornada pode ser muito perigosa e fatal para alguns... Os lembram que nem todos ali tem um escudo místico e que eles devem agir com mais cautela.
Com o desaparecimento da Maura, a Blue fica meio sem norte, mas sem fazer nada estúpido, graças a Deus.
Eu gosto muito da Blue por ela não ser um personagem feminino convencional, por possuir essa sensatez, me identifiquei muito com ela e acima de tudo acho que ela nos representa bem como um ser real.
O Gansey continua com sua postura protetora em relação a seus companheiros. O engraçado é que ele é incansável quando se trata dos amigos e de Glendower, porém quando ele se vê cara a cara com seu medo, ele fica sem ações.
A relação dele com a Blue é intensa e pacífica ao mesmo tempo, e por causa da maldição da Blue, eles tentam transformar cada contato e momento juntos em algo especial.
A gente sente bastante a profundidade que há entre eles. É um casal super fofo e apaixonante.
A Maggie trabalha o romance de uma maneira sutil e leve, até porque esse não é o assunto central da história.
O Adam está bem mais acostumado com sua ligação com a energia da linha Ley. Não está mais tão repetitivo em relação aos seus status sociais. Ele se fortaleceu muito; as coisas que importam pra ele agora não são as mesmas que antes ( é assim com todos eles na verdade).
Existe um detalhe muito importante em relação ao Ronan(que eu só notei depois de ler uns comentários no Skoob) que me deixou pasma e ainda mais encantada por essa Saga, que é o fato de ele ser gay.
Eu não havia percebido, e se você que já leu os outros volumes não havia percebido também, agora já sabe!?
Todos Ali sabem que o Ronan, por baixo daquela camada de durão que ele tenta passar, tem na verdade um coração doce e verdadeiro.
A relação entre o Ronan e o Adam é diferente de tudo que já li, existe um carinho, um respeito e um amor tão peculiares e especial entre eles, e nesse "eles" eu incluo o Gansey e a Blue também, que é inexplicável!
Olhando toda a trajetória deles sob essa perspectiva, muda bastante coisa. A gente percebe então o quanto a delicadeza da construção dos personagens é fantástica!
Eles são tão intensos, que pra eles não é preciso ter um contato físico pra pôr em prática esse amor, algo bem platônico mesmo, mas nada clichê ou meloso. É uma emoção simples, que flui e É bonito de ler.
Quando essas duplinhas estão juntas, é uma apreensão muito grande, a gente fica torcendo pra eles se beijarem logo qualquer que seja a consequência disso!
Torço muito pra eles se entenderem.
Um outro ponto que esse livro trás é nos fazer lembrar o quanto nossos queridinhos são humanos, eles possuem medo e ao mesmo tempo coragem, ao invés daquele heroísmo cego: a causa acima de tudo
E o Noah pessoal, continua instável, uma hora está e outra não. A impressão que fica é de que ele não é mais alguém, e sim algo. É como se ele não pertencesse mais a si mesmo, e sim a essa entidade que é a linha Ley... Um está dentro do outro e vice versa.
Esse livro tem aquele cheirinho de suspense no ar... Uma pressentimento de estar perto do grande final... Ou uma grande decepção.
Apesar de ser uma trama complexa, a estrutura e a escrita da autora permite uma leitura leve e bem gostosinha.
a autora desenvolve a história sem nunca deixar os personagens para trás. Tem a questão dos conflitos internos de cada personagem que se chocam com os conflitos externos.
Eu adoro e invejo a escrita da Maggie Stiefvater. A forma engenhosa e surpreendente com que ela escreve é mágica... Você espera pelo baque sempre que inicia um novo capítulo.
comentários(0)comente



Cecily 02/10/2020

02 de outubro de 2020
Meu preferido da saga até o momento! Simplesmente perfeito, vi amadurecimento nos personagens, ri bastante durante a leitura, mas infelizmente nos despedimos de pessoas incríveis.

Ansiosa para o último livro, sinto que teremos muitas surpresas... e temo por isso.
comentários(0)comente



lightwood 01/10/2020

Ah Deus...
Como explicar né? Como fazer uma resenha ao menos decente desse livro.
Vi mais a fundo quantos problemas nossos garotos corvos e a querida Blue enfrentam juntos e sozinhos..
Adam continua sendo usando por Cabeswater,sente medo pelos amigos,continua pensando se as pessoas estão fazendo o bem a ele por caridade.

Ronan,continua mostrando sua fachada de bad boy e depois sua triste história e o quando está sofrendo por dentro. Ainda pela morte do pai e veja,só pelo irmão Matthew que saiu do seu sonho!

Gansey continua desesperado na busca pelo rei gales que lhe salvou a vida anos atrás e tirou a de Noah. Ele e Blue continuam desenvolvendo sentimentos mas os dois tem o peso na consciência em relação a Adam.

E Blue,a pequena Blue... Sofreu pelo sumiço da mãe,seu porto seguro, durante vários dias. Descobriu um pouco mais sobre seu pai e sobre si mesma com a ajuda da filha do rei galês,Gwenllian que foi despertada da caverna de Cabeswater. E ainda sofre com seu terrível dilema de se caso beije seu verdadeiro amor,ele morrerá. E todos nós sabemos que esse verdadeiro amor é ninguém menos do que Gansey.

Senti muita empatia e dei risadas com os vilões Collin e Piper. E quão diferente Piper se mostrou viu. Uma mulher de atitude que se cansou de esperar pelas atitudes do marido e foi fazer as coisas do seu próprio jeito.

E assim acaba o livro. Com o terceiro que não deveria ser despertado,despertando.

O fim se aproxima no próximo livro e mal posso esperar para o ler.

Maggie Stiefvater continua cativando com a leitura simples e envolvente,que deixa o leitor curioso para ler mais e não o deixa cansado depois de engolir vários capítulos de uma vez.
Nota máxima novamente para essa sequência.
comentários(0)comente



Bia 26/09/2020

um dos meus livros preferidos da saga, muita coisa importante acontece, dando um grande avanço pra narrativa
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



Mi 22/09/2020

Confusa, arrasada, surpresa!
O que dizer desse livro maravilhoso?
Muitas emoções ao mesmo tempo... Só quero continuar... preciso continuar!
comentários(0)comente



cris 14/09/2020

Que confusão
Eu achei essa leitura bem confusa se comparada com os outros livros,mta informação,tudo acontecendo de um jeito mto rápido e intenso.
Uma coisa q sou mto boa é perceber as mensagens nas entrelinhas e eu peguei tanta coisa nesse livro que levei spoiler de mim mesma.
Uma coisa que me incomodou foi o jeito que Greenmantle(que sobrenome é esse né minha gente?)foi descrito em Ladrões de Sonhos e como ele apareceu incrivelmente covarde aqui, sério, será q o Sr.Cinzento não estava descrevendo a Piper não?
O final foi uma bomba e eu espero que o último livro não seje tão confuso,seje menos apressado e que o desfecho seje algo que me agrade pq vi umas resenhas sobre o final,eu não devia,mas vi, então não quero me decepcionar.
comentários(0)comente



Velaris 14/09/2020

Que surto foi esse meu Deus
comentários(0)comente



Gabie 08/09/2020

Lírio Azul, Azul Lírio
Comecei essa leitura morrendo de medo de ficar saturada e eu não acabar aproveitando tanto quanto deveria, mas no fim tudo saiu melhor do que o planejado.
Até agora, esse foi o livro que teve mais ação e coisas acontecendo ao mesmo tempo. Há um milhão de situações diferentes que, ao invés de nos proporcionar respostas, só aumentaram a confusão.
Estou com expectativas altíssimas para a conclusão, e espero não me decepcionar.
comentários(0)comente



Larissa.Gimenes 08/09/2020

LEIAM, LEIAM ESTE LIVRO IMEDIATAMENTE
é isso mesmo que você leu, confia no pai e nos meus livros favoritos
comentários(0)comente



124 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 |