A Fera em Mim

A Fera em Mim Serena Valentino




Resenhas - A Fera em Mim


124 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 |


Polly 31/03/2020

Diferente
Acreditei que veria o conto da Bela e a Fera, sob os olhos do príncipe... Mas descobri a origem da história, o porque da maldição. Não é um livro ruim, li em 3 horas, porém, como eu tinha muitas expectativas, fiquei um pouco frustrada...
Vale a pena ler, não é um livro ruim... Mas tinha potencial para ser muito melhor.
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



Taty 19/03/2020

O conto pelos olhos da Fera
O conto de A Bela e A Fera partindo da história da Fera.
Como e porquê ele se transformou, quem o transformou e como aconteceu toda essa transição entre o príncipe e o monstro.
Muito legal! Gostei. Bom pra dar uma variada... Kkkk
comentários(0)comente



Wendy 13/03/2020

Gostei muito
Sempre gostei do conto de fadas: A bela e a fera. Particularmente gostei dessa versão. Ainda mantendo pontos da história original. Aqui encontramos a trajetória do príncipe até chegar na fera,e de fato na Bela.
E achei bem detalhado a transformação de príncipe para fera,isso é bem positivo também.
Afinal esse livro é retratado a história da fera.
Não é um livro excepcional mas é bom.
E pra quem gosta de A bela e a fera,vale a pena ler.
comentários(0)comente



Patty 11/03/2020

A história não contada pela Disney.
A história de A Bela e a Fera todo mundo já conhece, porém a ideia da autora ao escrever esse A Fera Em Mim é mostrar um lado não explorado nos filmes.
Nesse livro Serena cria uma narrativa para explicar como era o Príncipe antes de se tornar a Fera, o que teria motivado a bruxa a amaldiçoa-lo, e como ele encarou essa transformação, o quanto foi doloroso para ele se conscientizar de que era mesmo uma fera.
Com uma leitura fácil e rápida, o livro encanta a todos os apaixonados por esse conto de fadas e mostra como o amor pode salvar ou não a amargura em uma pessoa.
De início dá pra ter raiva do Príncipe, mas depois entendemos o que motivou Bela a se apaixonar, quebrando a maldição.
Com certeza é uma excelente leitura para todos que, assim como eu, tiveram a infância marcada por esse conto.
comentários(0)comente



Vitoria 05/03/2020

Uma nova história, nova perspectiva e novo recomeço
Adorei ler esse livro, me fez ver o quanto só ver a beleza dos outros e esquecer das coisas boas,acaba com você
Foi rápido de ler, me deixou uma sensação de que naquela hora o livro preencheu o que eu gostaria.
comentários(0)comente



Bruna.Araujo 03/03/2020

A história da Fera
"É difícil sentir pena daqueles dispostos a viver em um desastre. Eles são suas próprias ruínas."

Tenho que ressaltar que amei a narrativa desse livro. O livro é bem curtinho mas mesmo assim você percebe o cuidado que a autora teve ao recontar uma história que todos já conhecem sem a tornar maçante.
Gostei muito de conhecer a história da Fera; e sério esse príncipe mereceu muito o que aconteceu com ele.
É o primeiro livro da série Vilões que leio e me surpreendi muito como todas as histórias se interligam te fazendo ficar com vontade de ler os outros.
É uma leitura muito válida para quem gosta das histórias da Disney e quer conhecer mais sobre a Fera.


Anne 02/03/2020

Personagens mal desenvolvidos
O personagem do príncipe é muito mal desenvolvido. A parte da luta foi muito apressada com o envolvimento do Gaston (que era pra ter sido importante). No fim é um príncipe odiável que em nada se assemelha ao filme.

Senti falta do desenvolvimento do resto dos personagens.
comentários(0)comente



Belle 29/02/2020

O que dizer dessa obra de arte para os fãs de bela e a fera (Euzinha)?! É um livro tão lindo, emotivo e fofo que chega a fazer os olhinhos brilharem.

O principal motivo para lhe dar 4 estrelas, é pelo fato de não ser surpreendente, sabemos o que vai acontecer no final, apesar de termos duvidas durante a história. Realmente gostei muito de como a autora nos apresentou a evolução da Fera e de como ela fez referência ao clássico.

Ao meu ver, a fera ela ficou de segundo plano, e as bruxinhas traiçoeiras acabou roubando toda a minha atenção. Mas essa foi uma experiência minha como leitora.

Recomendo a todos que leiam este belo livro.
comentários(0)comente



Jackelline.Vieira 17/02/2020

Apaixonada
Todos os livros dessa saga de contos são maravilhosos. O livro em si é muito bem feito e a história te prende do início ao fim, vale muitoooo apena compra a coleção dos vilão da Disney.
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



Franci 05/01/2020

A fera em mim
O livro é muito bom por que retrata o ponto de vista da fera na história,e mostra o por que o Princepe firou fera e por que as bruxas o trasformaram em fera e além do mais o livro conta muitas coisas que o filme não conta
comentários(0)comente



Joana.Cavalcante 27/10/2019

Nesse livro temos uma história do príncipe da Bela, nele retrata que a fera é muito fria, egoísta e que só se importava com a beleza exterior, até que ele conhece a Bela, e se apaixona. Um dia, ele descobre que ela e filha de um criador de porcos, de imediato ele ofende a moça e rompe o compromisso. Certo dia, ele ficou muito doente quase a beira da morte, ai a bela apareceu e deu um beijo de amor verdadeiro, e assim o impediu que ele morresse. Dessa forma, ele se transfonou em príncipe de novo.E viveram felizes para sempre. Resumo ''A Fera em Mim''
escrito por Joana Almeida Cavalcante.
comentários(0)comente



Memys 17/10/2019

Babaca
Realmente, o principe era um babaca, e dos grandes hahahahahaha
Meio que destruiu a minha infância (ps: sou dramática), prefiro conhecer a Fera aos olhos da Bela do que conhecer a Fera aos olhos da Fera. Mas acho que esse era o real propósito do livro então tenho que admitir que nesse aspecto foi um bom livro e passou a mensagem que queria dar, pois complementa o filme ao nos mostrar como foi drástica a transformação de um príncipe esc..to para uma fera amável.
Dou 3/5 pois achei uma história bem superficial, mas condizente com uma história de filmes disney, nada muito complexo.
comentários(0)comente



AmadosLivros 13/10/2019

Resenha do Blog Amados Livros
"No momento, ele queria pensar na única coisa que poderia acalmá-lo, nem que fosse um pouquinho. Queria pensar nela. Bela."

"Sentimentos sãããooo fáceis de mudaaaar..."♪ Ah, é! Vocês estão aí, esperando a resenha começar! E eu aqui cantarolando...

Quem não conhece a história da Bela e a Fera? Acredito que vocês já tenham assistido a animação da Disney inspirada neste conto de fadas escrito por Madame Leprince de Beaumont em 1740. Ou até mesmo o live action do mesmo estúdio, que saiu ano passado, com a nossa querida (Hermione Granger) Emma Watson no papel principal. Ou alguma das outras inúmeras adaptações de A Bela e a Fera que já foram filmadas/produzidas/escritas ao redor do mundo.

Não importa, o que importa é que até minha avó (que Deus as tenha) com certeza conhecia a história da Fera que vivia num castelo amaldiçoado, onde os criados haviam se transformado em mobília, e da Bela que trocou de lugar com o pai e decidiu permanecer no castelo, como refém da fera. Até que os dois se apaixonam e ficam juntos, a maldição é quebrada, viveram felizes para sempre, the end, sobem as letrinhas dos créditos... Um caso de Síndrome de Estocolmo romantizado (principalmente quando se conhece o conto original), mas eu não vou entrar nessa discussão e estragar nossas infâncias. Vamos continuar amando nossa Belinha e nossa Ferinha (que, diga-se de passagem, prefiro a versão besta do que a versão humana - zoofilia, omg, porque eu virei adulta e perdi minha inocência?).

Bom, toda história tem dois lados. E se tem uma coisa que eu gosto é de ver uma mesma história sob um ponto de vista diferente. Em A Fera em Mim, vamos ler a versão na visão da Fera. Ficamos sabendo sua história até o momento em que conhece a Bela. Mas, como em toda adaptação que se preze, a história é um tanto quanto diferente do que já estamos habituados. PODE CONTER ALGUNS SPOILERS!

Conhecemos primeiro o Príncipe (é, não tem nome, mas quem se importa?), um jovem bonito e adorado, mas também egoísta e superficial, que só sabe caçar com seu amigo Gaston (sim, BFFs os dois aqui) e cortejar as novinhas. Um dia, conhece uma bela moça por quem aparentemente se apaixona, mas, ao descobrir que a garota era na verdade filha de um simples criador de porcos, e não da nobreza como ele acreditava, o Príncipe se sente enojado e ultrajado, e acaba por humilhar a noiva, terminando tudo. Mal sabia ele que a moça, Circe, era na verdade uma feiticeira, que resolve lhe ensinar uma lição. Ela e suas três irmãs (três capetas) também feiticeiras, porém menos poderosas que Circe, lançam-lhe um feitiço que o transformará em uma fera com o passar dos dias (aqui a coisa é gradual). Ele teria até seu aniversário de 21 anos para se arrepender, deixar de ser tão mesquinho e encontrar um verdadeiro amor, dado e retribuído, e voltar ao normal. Caso contrário, permaneceria Fera para sempre.

"Deixe-os confirmar o quanto ele era perverso e feio. Ele não se importava! Afinal, era um monstro. E monstros não conheciam sentimentos, principalmente o sentimento chamado amor."

A princípio, o Príncipe, que não percebe nada de diferente em sua aparência, acha que tudo não passou de uma brincadeira ridícula (vai sonhando...). Só que os dias vão passando, e ele começa a notar que seu reflexo no espelho não é mais tão bonito como antes. Ele então resolve dar uma festa no castelo a la o príncipe de Cinderela, para conhecer uma jovem por quem pudesse se apaixonar e ser amado em retorno, quebrando assim a maldição. É nessa festa que vemos a primeira aparição da Bela, a filha de um inventor "maluco" e cheia de ideias que hoje chamaríamos de feministas. Mas não é por ela que ele se encanta logo de cara. E sim, por uma princesa de outro reino. Os dois resolvem se casar, acreditando estarem apaixonados um pelo outro, maaaaas parece que as coisas não são o que aparentam ser.

O Príncipe, a cada dia que passa, parece ainda mais orgulhoso, egoísta e arrogante. Sua aparência física também se modifica: cada vez mais ele lembra um homem mais velho do que é. E um detalhe: quanto mais piora, mais empregados seus desaparecem, e curiosamente, aparecem novos itens na mobília do castelo. Sem contar que ele começa a "garrar" um ódio da princesa, do nada, pois a moça, era muito doce, delicada e muito amorosa com ele. Que carinha antipático! Mas é justamente essa a intenção de Serena Valentino, fazer com que nós leitores entendamos porque o Príncipe mereceu sua maldição.

Mas, Mariana, e a Bela? Bom, eu já disse que essa versão é contada pela perspectiva da Fera. A Bela continua sendo aquela mesma Bela que conhecemos da animação. Vamos vê-la trocar de lugar com o pai, recusar-se a jantar com a Fera, desobedecer as ordens dele e visitar a ala Oeste, fugir e ser atacada por lobos, ser salva pela Fera, voltar para o castelo, ganhar uma biblioteca de presente (que sortuda!), e o etc. que já sabemos. Mas é claro que não é SÓ isso. Ainda temos as irmãs maléficas de Circe, que resolvem fazer de tudo para atrapalhar o casal. E com isso, o tempo vai passando e as pétalas da rosa vão caindo... Será que a maldição se quebrará?

"As mulheres conheciam o mundo através de seus pais, seus irmãos e, se tivessem sorte, seus maridos. Não parecia muito justo."

Eu gostei da ideia desse livro. Fiquei muito fã de Circe, que resolveu dar uma lição no príncipe, mas não era uma feiticeira malvada, ao contrário de suas irmãs. E ainda rola um pequeno crossover com a história de Úrsula, a vilã de A Pequena Sereia, que também tem livro e eu quero muito adquirir e ler (tenho também, da mesma escritora, A Mais Bela de Todas, a história da Rainha Má de Branca de Neve, mas ainda não li). Até o momento já foram lançados, contando com esses três, quatro livros com os vilões da Disney como protagonista: Malévola também ganhou livro.

O que não curti muito foi a "participação especial" de Bela, pra mim ficou parecendo que ela era apenas uma mera coadjuvante. Sei que a história era na visão da Fera e que a intenção da autora não era nos contar uma história que já sabíamos de cor e salteado, mas achei que encheu de muita coisa para chegar na parte mais importante (o romance dele com a Bela e finalmente a redenção da Fera) e correr para concluir. Talvez deveria ter sido um livro um pouquinho maior, com tudo que foi contado antes deles se conhecerem, porém explorar mais da relação dos dois. Quanto à edição, não encontrei erros e achei muito boa para ler, mesmo sendo na versão econômica. As letras são de tamanho razoavelmente bom. Li num tapa durante a Carnatona - era um dos escolhidos para a TBR da maratona de carnaval - e achei no mínimo um ótimo passatempo. Boa leitura!

site: http://amadoslivros.blogspot.com/2018/02/livro-fera-em-mim.html
comentários(0)comente



124 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 |