A Profecia das Sombras

A Profecia das Sombras Rick Riordan




Resenhas - Profecia das Sombras


4 encontrados | exibindo 1 a 4


spoiler visualizar
comentários(0)comente



zoni 12/05/2017

Para o Sul o Sol segue caminho.
Esperamos um ano, mas toda essa espera valeu a pena porque Riordan nos trouxe mais uma história envolvente e super apaixonante, daquelas que nos faz desejar o próximo volume em nossa estante antes mesmo de ter acabado o livro que está nas mãos.

Esse livro nos traz novamente os problemas de Apolo que está em um corpo mortal, tentando não ser morto por todos os seus inimigos e retornar ao Olimpo como um dos doze olimpianos, porém, dessa vez a história vem com um nível de aprofundamento maior que a história do primeiro livro.

A trama se inicia com Apolo, Calipso e Leo Valdez chegando a Indianópolis, uma pequena cidade no meio oeste dos estados unidos, assim que desembarcam na cidade nosso trio de heróis já se mete em uma confusão, sim, mais monstros tentando matar Apolo, apenas um dia comum na vida do ex deus. Eles são salvos por o que parecem ser uma caçadora de Ártemis, mas ela está velha, sim, eu disse velha. Confuso? Essa mulher, senhora, velha, é uma ex caçadora que resolveu largar a caça para viver um romance com uma de suas companheiras. Está surpreso? Eu fiquei, achei o máximo o espaço ainda maior para a representatividade LGBT.
Apolo é obrigado a ir em uma missão para salvar os grifos de uma deusa e só assim terá informações para conseguir entrar na fortaleza de um de seus maiores inimigos, um dos imperadores que ouvimos falar desde o primeiro livro. É nessa missão que Apolo é salvo por Meg, e nós vemos nossa garotinha semáforo voltar para a ação.

No decorrer do livro nós ainda temos aquele Apolo que choraminga por tudo, querendo voltar para sua vida antiga onde era paparicado por todos e via seus amados semideuses se fo#%#!# para resolver suas merdas, mas aos poucos e com a ajuda de outros personagens ele vai descobrindo a resposta para a pergunta “O que é ser um humano?” e vai dando um pouco mais de valor para a raça que ele nunca levou a sério.

O livro é espetacular, nunca nos cansa, está sempre acontecendo alguma ação que nos faz ler e ler, sem conseguir parar. Uma coisa muito importante no livro foi a inserção de excelentes coadjuvantes. Todos eles trouxeram seu próprio brilho a trama, dando uma pitada de novidade que a série precisava. Vimos personagens antigos, vimos novos personagens, semideuses ou não. (Sim, Riordan nos dá uma aula de representatividade e põe um personagem nigeriano de outros deuses, os iorubás).

O livro assim como qualquer outro tem um ápice, e nesse é uma batalha. Porém, o que mais chama atenção no final do livro, não é a batalha, mas sim a profecia que Apolo recebe logo depois dela. É algo diferente e que nunca vimos nos livros de Riordan, a profecia é quase um poema. É enorme e maravilhosa, eu levei um tempo para digerir e entender. E cara, depois que a gente entende dá mais ansiedade ainda pelo próximo.

Riordan é um mestre em unir as mitologias com o século XXI, ele sempre nos dá uma bela junção do velho com o novo. Ainda mais na visão de um deus, que tudo viu, quando viu...
Acho que consegui falar um pouco do livro sem dá spoilers, ou dando o mínimo de spoilers possíveis. Mas antes de encerrar preciso dizer que a coisa que mais me chamou a atenção e que era minha maior preocupação, foi a forma como Riordan aproveitou e explorou a bissexualidade de Apolo, não foi forçado, não pareceu falso e principalmente o personagem não pareceu um cafajeste confuso. Riordan merece todos os prêmios do mundo.

Eu recomendo o livro, é perfeito, gostoso, divertido e com um ritmo espetacular. E estou ansioso pelo próximo, pois tenho certeza que vamos nos divertir muito.
comentários(0)comente



Mundo das Resenhas 11/05/2017

Não se mexe em time que está ganhando
A Profecia das Sombras traz um nível de aprofundamento de personagem raramente visto nos livros do tio Rick, principalmente com Apolo. Sim, ainda temos aquele Apolo que choraminga querendo voltar para sua vida antiga, porém, cada vez mais ele descobre a resposta para a pergunta “O que é ser um humano?” A vida não é tão simples quando um deus vira um humano. E Apolo está aprendendo sua lição com maestria.

Outra coisa que eu gostei muito no livro foi a inserção de excelentes coadjuvantes. Todos eles trouxeram seu próprio brilho a trama, dando uma pitada de novidade que a série precisava.

Como sempre, Tio Rick soube usar, e mesclar, muito bem as mitologias com o século XXI, uma bela junção do velho com o novo. Mas, o mais interessante dessa saga é ver situações que aconteceram na Grécia Antiga sendo contados do ponto de vista de Apolo, pelo menos quando ele lembra de alguma coisa.

Quer ver a resenha completa? Acesse nosso site!

site: http://www.mundodasresenhas.com.br/resenha-as-provacoes-de-apolo-a-profecia-das-sombras/
comentários(0)comente



spoiler visualizar
Lou 10/05/2017minha estante
ELE SE APAIXONA PELA MEG? KE


zoni 12/05/2017minha estante
Essa sua resenha deixa a entender que Apolo é apaixonado pela Meg. E não é bem assim, esse trecho que você usou (sem marcar que sua resenha contém spoilers) deixa bem claro que o amor entre eles dois é quase um amor de pai e filha. Acho que você deveria corrigir isso. Mas gostei da resenha. Beijão.


Mi 14/05/2017minha estante
Obg pela dica Zoni




4 encontrados | exibindo 1 a 4