Arrebatado Pelo Mar

Arrebatado Pelo Mar Nora Roberts




Resenhas - Arrebatado Pelo Mar


48 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4


CarlaC 13/03/2012

Eu só conhecia a Nora Roberts de ter lido alguns livros dela de banca e, sinceramente, como autora de banca ela não me seduziu. Tanto que após ler 2 livros dela em formato banca eu não insisti mais. Mas a querida Dri kellen me recomendou tanto essa série que eu acabei por comprar o primeiro livro. Eu queria saber o porquê dessa autora ser tão amada e então resolvi arriscar.

Posso dizer que foi uma ótima escolha ter começado por essa série. A história me lembrou bastante a série Kendrick/Coulter/Harrigan da Catherine Anderson. Não a história em si, mas o estilo. A NR, tal como a Catherine Anderson, não se limitou a contar uma história de amor. Ela conta sobretudo a história de uma família e explorou muito bem as relações familiares. Ela pegou no tema da adoção e criou uma história muito humana e cativante.

Nesse primeiro livro da série somos apresentados aos "irmãos" Quinn, (todos eles lindos de morrer e másculos até ao último fio de cabelo, claro!), com um passado turbulento e sofrido, que foram adotados quando adolescentes por um casal maravilhoso. Entretanto o pai adotivo, já viúvo, no leito de morte pede que eles criem Seth, um menino problemático que ele abrigou e cujos papéis de adoção estavam em fase de conclusão. Agora eles devem conseguir a custódia do menino e assumir a tarefa de educá-lo. É sobretudo sobre Cam, o mocinho da história, que vai recair essa tarefa pois ele é, dos 3 irmãos, o que tem melhores condições de se dedicar a Seth. Há tb um mistério em volta da adoção de Seth pois suspeita-se que ele seja realmente filho de sangue do pai deles. Mas será mesmo?

Cam é um mocinho apaixonante, um autêntico libertino dos tempos modernos, a sua vida amorosa é tão inconstante como os mares por onde navega como campeão de corridas de barcos. (E por falar em vida amorosa, o homem tem uma pegada assustadora!). Isso até ele conhecer a assistente social encarregada do caso de Seth. Ela é tudo aquilo que ele "temia" encontrar um dia e juntos ambos fazem faísca..

O romance de Cam e Anna me cativou totalmente mas a história é muito mais do que isso. As melhores cenas quanto a mim são as cenas entre irmãos. O amor que os une é palpável... apesar das cenas de pancadaria. rsrs Além disso Cam me rendeu imensas gargalhadas. Amei as cenas em que ele tenta desempenhar as tarefas domésticas, mais parecendo uma dona de casa desastrada. kkk

Altamente recomendado! Adorei e finalmente entendi por que NR tem tantas fãs.

Carla 13/03/2012minha estante
Carla, eu sou fã da Nora e esta série é uma das minhas favoritas! Se tiver oportunidade, leia a série dos Irmãos Stanislaski, eu amo!!!!!


Semiramis 13/03/2012minha estante
Ebaaaa!!!! Mais uma "Noraholic"!!!!!kkkkkkkkkk
Amiga, como comentei pra vc, as trilogias da Nora são o máximo!!! Essa é a melhor mesmo!
Que bom que vc gostou. Fiquei super feliz!!!!
:D


CarlaC 13/03/2012minha estante
Carla, obrigada. Vou dar uma checada nessa série.

Semi. kkk mais do que gostar, eu amei. kkkkkkkkkkkkk Obrigada pelo incentivo. Lerei mais livros da Nora com certeza. Estou muito curiosa com o livro do Ethan. Ele é mais caladão e parado mas me conquistou. Desconfio que ele e o Cam vão ficar sendo os meus favoritos.

Bjs


Monica 13/03/2012minha estante
Que bom que agora você entende o porquê de tanto sucesso. Depois dessa série te indico a trilogia do sonho que fala da amizade entre três mulheres de maneira fantástica.


Silvanna 13/03/2012minha estante
oi Carla também gosto de alguns livros desta autora principalmente a triologia sonho e herança. Valem bem a pena. Beijinhos


MI 18/04/2012minha estante
Oi Carla, eu já também conheço a Nora de romances de banca e tb não tive boa impressão, mas após ler sua resenha e ver recomendações de uma outra amiga, confesso que estou bem curiosa pra dar uma olhadinha nessas séries...depois te conto. Bjo


Vania 11/10/2012minha estante
Adoro Nora Roberts!! Já li vários livros e varias trilogias dela, são excelentes. Agora estou lendo a trilogia da gratidão e estou amando. Vale ressaltar também a trilogia do coração, a da magia e a série Mortal, onde NR escreve como J.D. ROBB.




Paty 12/03/2009

bom demais!
Nora Roberts é sempre Nora Roberts... romances avassaladores e descontrolados, amores instantâneos e mulheres inteligentes!! Neste livro não é diferente, a escritora consegue manter o leitor sintonizado com a história dos 4 irmãos com destaque para Cam que é o personagem principal deste primeiro livro.
No decorrer da história ficamos em dúvida sobre alguns pontos ( a verdadeira história de Seth) que possivelmente só serão revelados nos outros livros e isso deixa a leitura muito mais prazerosa! O que a escritora consegue passar para os leitores é que uma família não é composta somente de ligações de sangue, mais sim de coração, respeito e amor. Vale a pena se deixar apaixonar por esta história de 3 homens que mudam suas vidas por causa de um menino de 10 anos. AMO A NORA!!!
comentários(0)comente



neli 24/04/2011

Inicio perfeito
Cameron Quinn foi adotado, juntamente com mais dois adolescentes problemáticos.
Depois de adulto, vira piloto de corridas e vive pelo mundo. Só que tem que voltar para casa ao receber um chamado de seu pai, que se encontra no leito de morte.
Ele se surpreende quando o pai pede a ele e aos irmãos que cuidem de mais um adotado, Seth.

É muito divertido ver como ele tenta se adaptar novamente a uma cidade pequena, cozinhar, tomar conta do menino. E, ao tentarem adotar legalmente Seth, ele conhece Anna, a assistente social responsável pelo caso.

Cam e Anna juntos é algo de tirar o folego, super hot.
Esse é o primeiro livro de uma das melhores trilogias da Nora.
Recomendadíssimo.

comentários(0)comente



Larissa Guedes de Souza 30/01/2013

Arrebatado pelo Mar
Este é o primeiro livro da que eu considero a melhor trilogia/série de Nora Roberts (até porque foi a primeira que li). É realmente um livro apaixonante, com uma história e personagens que arrebatam o seu coração.

Os três irmãos Quinn se tornaram uma família quando cada um deles foi salvo de um passado duro e triste e foram acolhidos para o lar do casal Quinn que não tinha filhos. Cada um deles tem um passado terrível, que provavelmente iria levá-los a um futuro pior ainda se não fosse pela bondade e pelo amor puro de Stella e Ray Quinn que os adotaram e formaram uma verdadeira família unida não por sangue, mas por amor.

Neste livro, Nora Roberts conta de forma encantadora e envolvente a história de Cameron Quinn, que havia sido "Arrebatado pelo Mar" e ganhava a vida fazendo corridas, de barcos ou de carros, e aproveitando a liberdade despreocupada que ele tanto gostava. Até que ele é convocado de volta à casa, pois seu pai está no leito de morte e tem um pedido a fazer para os três filhos: que eles cuidem do último de seus "meninos perdidos", Seth. A partir daí tudo na vida dos Quinn muda drasticamente e eles têm que criar um garoto de 10 anos e descobrir os mistérios que o envolvem, como por exemplo, porquê ele se parece tanto fisicamente com o seu pai. Essa dúvida atormenta os irmãos, pois eles jamais poderiam acreditar nos boatos e que Ray teria traído a sua mãe, mas então por quê diabos esse meninos é tão parecido com Ray Quinn?!

Cam tem que deixar a sua vida aventureira e novamente criar raízes na baía de Chesapeake para ajudar seus irmãos a cuidar de Seth. E ele ainda vai ter que lidar com a sexy e maravilhosa Anna, que é a assistente social responsável pelo caso de Seth. Lógico que eles se apaixonam loucamente!

Cam é, claro, lindo, forte, sexy... Mas o mais apaixonante nele é como ele vai mudando, se adaptando e aprendendo rapidamente a amar o garoto Seth como irmão e até como um pai. A mesma cumplicidade, proteção e carinho que ele tem com seus irmãos de uma vida inteira ele passa a ter com Seth.

E Seth, nem precisa explicar, né? É um garoto arredio, mas que vai se soltando aos poucos e se mostrando uma criança de talentos artísticos e bem extrovertida. Ele é adorável, especialmente quando fica se policiando para não falar palavrões ou "cagando e andando" na frente das mulheres.

O romance de Cam e Anna também é lindo e eles são o meu casal favorito de toda a série! Eles são um casal de verdade, entende? Eles brigam, eles se amam, eles riem. O melhor deles é que eles são personagens realistas, com quem você pode se identificar, e a sua relação também é assim.

Enfim, é um livro lindo, com uma história linda, e personagens lindos. É tudo lindo! heheh Super recomendo, pois como já disse antes, esse é o começo da melhor série de Nora Roberts.

Bibliomaníacas: http://bibliomaniacas.blogspot.com.br/
comentários(0)comente



Talita Helen 17/01/2013

Resenha - Arrebatado pelo Mar, Nora Roberts
Arrebatado pelo Mar é o primeiro livro da Trilogia da Gratidão, escrito pela Nora Roberts. O livro conta a história de Cameron Quinn, um homem bem sucedido que só quer saber de correr, seja de carro ou barco, contando que isso lhe traga aquela sensação de liberdade que tanto aprecia, e de mulheres é claro.

A sorte de Cam começa a mudar quando ele recebe uma carta de seu irmão falando que seu pai sofreu um acidente e está à beira da morte, ao voltar correndo para a baía de Chesapeake Cam terá que lidar com muito mais do que apenas a morte do pai. Ao pedido do próprio pai ele e os irmãos terão de cuidar de um garoto de 10 anos, que estava a vias de ser adotado pelo pai dos irmãos Quinn.

O livro é lindo, Cam, Phillip e Ethan irmãos de coração, todos adotados por Ray e Estela Quinn quando suas vidas estavam incertas e perdidas, os irmãos foram resgatados pelo amor dos Quinn e agora é a vez de Seth, porém quando Ray estava prestes a adotar o menino legalmente um acidente lhe tirou a vida, e agora quem tem de lidar com essa questão são os irmãos. Cameron é quem sai mais afetado nessa história toda, afinal teve de largar a Europa, suas corridas e as mulheres para cumprir o último desejo do pai.

Além de toda a mudança brusca na vida de Cam, ele também terá de lidar com Anna Spinelli, a assistente social designada para cuidar do caso de Seth, ela é linda, e firme como uma rocha, e de certa forma cabe a ela decidir o futuro dos Quinn.

Como eu disse ali em cima o livro é lindo, mas não é para menos já que se trata de uma obra de Nora Roberts né?! Intenso e ao mesmo tempo leve, o livro mostra com muita emoção a relação de Cam e seus irmãos com o pequeno Seth. É aquele tpod e livro para se ler comum sorrisinho no rosto, pelo menos foi assim comigo.

Bem, o livro é super recomendado, é claro e eu não vejo a hora de ler “Movido pela Maré” o livro de Ethan, o mais tímido dos irmãos.

“[...]-Você acredita na santidade de uma promessa feita em um leito de morte?
-Sim – respondeu ela, antes de conseguir evitar.
-No dia em que meu pai morreu eu prometi a ele...nós três prometemos a ele...que íamos manter Seth em nossa companhia. Nada nem ninguém vai me fazer quebrar essa promessa. Nem você, nem o seu sistema, nem um batalhгo de tiras.” Página 62

http://etcoetra.blogspot.com.br/2012/12/resenha-arrebatado-pelo-mar-nora-roberts.html

Título Original: Sea Swept
Autora: Nora Roberts
Editora: Bertrand Brasil
comentários(0)comente



Zana 26/10/2015

Primeiro livro da Trilogia da Gratidão: CAM.
Primeiro livro da Trilogia da Gratidão que enfoca os “irmãos" Quinn: Cam, Phillip e Ethan. Irmãos entre aspas por serem adotados por Ray e Stella Quinn. Um maravilhoso casal que resgatava meninos problemáticos marcados pela vida. Gratidão porque relata a vida dos irmãos depois da morte de Ray e Stella, agora adultos e unidos na intensão de obter a guarda e educar o menino Seth, outro garoto em condições parecidas com a deles que Ray Quinn tentava adotar antes de morrer. Paira no ar mistério e dúvidas em relação a morte de Ray e a paternidade do garoto.

Cam, Phillip e Ethan largam suas vidas estruturadas e tentam deixar de lado todas as diferenças pelo bem de Seth. A convivência, brigas e entendimentos entre eles remetem a passagens divertidas e prazerosas da história. Todavia, os holofotes do livro recai mesmo para Cameron Quinn, ou simplesmente CAM, um viajado e mulherengo piloto de barcos de corrida que se envolve com a assistente social responsável em decidir o destino do garoto Seth.

Anna Spinelli é uma mulher decidida e muito bem resolvida, mas como não poderia deixar de ser guarda traumas de um passado sofrido. E é aí que reside a falha sem noção de Nora Roberts. A bagagem trazida pela personagem jamais combinaria com a personalidade de mulher sexualmente resolvida apresentada pela escritora. A terapia professada pela personagem não isentou a falta de coerência da escritora. Não obstante esse mero detalhe (mero porque a Nora tem crédito e quase sempre manda bem em suas tramas), a história é interessante, os personagens masculinos são os conhecidos ‘Uau lá em casa’ carregados de sex appeal. Portanto sugiro que leiam e desfrutem do CAM, enquanto sigo atrás do Ethan em ‘Movido Pela Maré’, livro 2 da trilogia.
Érica | @aquelacomlivros 26/10/2015minha estante
Então não deu pra deixar passa mesmo, né? 3 estrelinhas pra Nora é dose! =/


Zana 27/10/2015minha estante
Oxente, 3 estrelinhas é conceito bom!


Érica | @aquelacomlivros 27/10/2015minha estante
Não pra Nora...rsrs


Zana 27/10/2015minha estante
Uso minhas estrelas com parcimônia, me arrancar um 5 é meio complicado rsrs


Érica | @aquelacomlivros 27/10/2015minha estante
Rsrsrs...Eu te entendo, nem sempre vamos amar um livro do nosso autor adorado.


Lorrayne.Kalinka 16/05/2019minha estante
Ótimo comentário, apenas não curti a coloação "Irmãos entre aspas", tanto na vida real e assim como minha querida Nora demonstra maravilhosamente bem, irmãos de sangue ou irmãos adotivos tem entre si laços afáveis e verdadeiros e essas relações podem ser genuinamente equiparadas, afinal são iguais. Joguemos estas e todas as outras aspas fora srsrsr Abraços




Lu 20/10/2009

Esse livro é legal. O casal de protagonistas têm uma boa química e brigam bastante. Os livros da Roberts são leves, envolventes e sensuais... perfeito pra uma tarde preguiçosa de domingo.
comentários(0)comente



Alanah 23/03/2013

Fazia muito tempo que não lia um livro que me cativasse tanto quanto esse, acho que é porque estamos acostumados com histórias de amor entre casais, então quando deparamos com uma história que foge disso, nos surpreendemos. É uma história cativante do inicio ao fim, me prendeu página por página, onde os três irmãos se vem diante de uma situação impensável para eles, em que o pai morre e pede para que eles fiquem com o mais novo membro da família, o irmão mais novo. No livro mostra o esforço dos três para cumprir a promessa feita ao pai no leito de morte, ao mesmo tempo em que se apaixonam, começam a se apegar ao caçula da família sem perceber e se unem cada vez mais para lidar com os problemas que começam a aparecer. Me encantei pelo livro a cada página que passava e não vejo a hora de ler o próximo.
comentários(0)comente



Dreeh Leal @blogmaisquelivros 09/05/2014

Arrebatado pelo Mar - Trilogia da Gratidão - Livro 01 - Nora Roberts
Os irmãos Quinn foram unidos pelo amor de um casal que os adotou e lhes deu uma família, não de sangue, mas de um laço mais forte: o amo! Depois de adultos, cada um seguindo sua vida, és que surge um fator que irá uni-los novamente, e porque não, mudar suas vidas para sempre.. o Grande Ray, em seu leito de morte, pede para que eles se unam, a fim de cuidar de Seth, um menino problemático e rebelde – bem parecido com quem um dia eles já foram -, o ultimo salvo pelo amor deste homem. O mais velho desses irmãos, Cameron, ganhando a vida como piloto de barcos de corrida. Acostumado a esbanja o dinheiro das vitórias pela Europa com mulheres e Champanhe, ele vê sua vida dar uma virada ao cumprir a promessa que fez ao seu pai. Preso novamente a Maryland, no litoral da Baia de Chesapeake, ele e seus irmãos tem que reaprender a conviver de baixo do mesmo teto, ao mesmo tempo em que ele precisa cuidar dos afazeres domésticos e ganhar a confiança de um menino muito complicado de se lidar. Como se não bastasse, ele precisa lidar com uma assistente social – muito bonita e comprometida com o seu trabalho – que pode levar o garoto em bora a qualquer momento, só depende deles.

Acima de tudo, esse é um livro que fala sobre o amor e sobre todas as formas pela qual ele se manifesta. Nora mais uma vez escreve com uma maestria que poucos têm, envolvendo o leitor nessa rede emoções que vai do primeiro ao último capitulo! Eu sou apaixonada pelas capadas dessa série. Tons fortes e recheada de detalhes.. A edição é impecável, realmente nada tenho a reclamar.

Como todo primeiro livro de uma série, esse também é introdutório – e muito mais que isso também. Aqui conhecemos a família e um pouquinho de cada um deles. Apesar de o livro ser focado em Cameron, é impossível dizer que os demais personagens são secundários. Quando o romance entra em cena não da pra mais ninguém, mas quando se trata da família Quinn...

Ana Spinelli é a assistente social responsável pelo caso de Seth. Se por um lado ela é bonita e sexy, por outro ela é uma profissional muito dedicada, e que procura dar o melhor de si em cada caso que assume. Ela é uma personagem que já se tornou marca registrada da autora. Ela é uma mulher de verdade, com desejos e vontades; nada parecida com as mocinhas que costumamos encontrar nos livros. Apesar de já ter lido uma trilogia totalmente feminina e saber exatamente como a Nora as descreve, ainda sim me surpreendo quando vejo.

Acompanhar o progresso e as evoluções que os personagens tiveram ao longo do livro foi algo muito interessante. Pela primeira vez não me surpreendi com o final de um livro, mas mesmo assim fiquei ansiosa aguardando como seria o desenrolar das situações.
A resenha está enorme, e olha que eu nem entrei em detalhes sobre os demais irmãos. Mas deixarei isso para os livros respectivos. Enfim, eu aconselho para qualquer pessoa, em qualquer momento de sua vida. É um livro que realmente vale muito a pena ler.

site: http://www.maisquelivros.com/2013/12/resenha-arrebatado-pelo-mar-nora-roberts.html
comentários(0)comente



Barbara Sant 19/09/2010

Oie Pessoas!

Meu vício por Nora Roberts é conhecido em vinte e seis Estados e um Distrito Federal. rs
Então é sempre divertido começar uma resenha sobre um livro dela.

Arrebatado pelo Mar é o primeiro livro da Trilogia da Gratidão. Apesar do nome, é uma série de quatro livros (coisas de Nora Roberts), que conta a estória da Família Quin, uma das famílias mais diferentes já criadas pela Nora.

Três meninos problemáticos adotados por um casal, formando uma família diferente. Já adultos, se vêem tendo que reformular toda a própria vida e voltar para casa quando o pai deles se encontra a beira da morte, com um novo filho e muito mistério ao redor da nova adoção.

Arrebatado pelo Mar é um dos "romances românticos" da Nora, e vai garantir risadas, lágrimas e diversão.
Cameron Quin é o típico viciado em adrenalina. Esportes radicais, mulheres e muita farra, ele vê sua vida virar de cabeça pra baixo quando conhece Seth e Anna.
Seth é o mais novo filho da família Quin e lembra muito os três personagens da estória.
É encantador acompanhar o desenvolvimento da relação entre todos eles, os tropeços, acertos e adaptações que toda nova família precisa fazer.
Também é divertido acompanhar em quantas encrencas eles conseguem se meter. Até uma simples batata no forno consegue virar um caso de vida ou morte com essa família!


E, me acreditem, vocês vão se divertir tremendamente com o "fantasminha camarada" do livro!
Esse eu recomendo!! =)

Www.indeath.com.br
comentários(0)comente



Natalia 07/06/2011

Um romance sem melosidades, personagens complexos e uma pitada de surpresa.
Conheci Nora Roberts através dessa saga, quando li o nome, não me convenci muito, mas logo mudei de opinião. Em uma história ardente, incrível, e excitante, Nora Roberts quebra todo tipo de expectativa de um livro de romance. Se você espera encontrar um livro cheio de clichês, mortes súbitas de entes queridos, ou até mesmo uma história super melodramática com tristezas do começo ao fim, está com o livro errado.


Nesse romance, Nora, conta a história de um casal, que adota três filhos, ou melhor, os salva de uma vida terrível de prostituição, pobreza, e desafeto. Três garotos problemático, crescidos em condições precárias, como educa-los e lhes ensinar os valores da vida? Não poderia encontrar forma melhor. O casal consegue educa-los, e transforma-los em outras pessoas, mas infelizmente a mãe adotiva deles morre, e alguns anos depois o pai também morre em um súbito acidente de carro, do qual surge muitos boatos. Mas o que os três não imaginavam que com essa morte, também ganhariam uma nova vida, e uma surpresa que seu pai os deixou...


Como três irmãos fariam para cuidar de um menino, cuja infância era semelhante a deles? Como fariam para educa-los como seus pais o fizeram?Cameron, um dos irmãos Kinn, acaba se espelhando no garoto, e vendo nele todas os seus medos e conflitos de sua infância, e com isso surge muitos conflitos entre os dois. Mas com o tempo ele acaba se afeiçoando ao garoto, e uma grande amizade ali surge, e junto com eles novos amores.

Cam, acaba se apaixonando pela assistente social encarregada pelo caso de Seth (o garoto adotado), mas como coincidir seu amor por ela, e profissionalismo ? Anna encontra em Cam algo diferente, um homem que por fora é bruto, mas portador de um coração imenso, sentimentos fortes, e principalmente, um amor sem igual pela família.

Ao contrário de muitos romances, esse casal é um casal mais maduro, Anna, um personagem complexo, trabalhadora e muito focada em seu ambiente profissional, nunca se apaixonou verdadeiramente por um homem, e sempre pensa que não haveria tempo para isso. Anna está longe de ser a garotinha perfeita, tímida, e muito menos sentimentalista, pelo contrário, ela é forte, sedutora, inteligente, dona de um corpo esbelto, e tem tudo para se dar bem na vida. Mas um segredo de seu passado, a deixa frágil em certos aspectos, coisa que está longe de ser em seu tempo integral. Ela se dedica de corpo e alma, a conseguir que Seth fique com a melhor família, enquanto isso tem de lidar com sua paixão avasaladora que sente por Cameron.


Percebe-se claramente que esse é um romance mais maduro, e não cheio de mesmices . Os dois, já adultos, não conseguem lidar com um sentimento que para eles parece tão adolescente. O interessante, é que mesmo o foco do livro ser os irmãos Kinn, a autora consegue desviar um pouco, não muito, mas o suficiente para abrir espaço ao romance dos dois, deixando o livro ainda mais empolgante. Cam, tem o perfil de homem encorpado, o sonho de toda mulher, ao contrário de outros personagens de livro românticos, ele não é o mais gentil, fala palavrões o tempo todo, e é todo imperfeito, o livro também não tem aqueles pensamentos de ambos, bem melosos, do tipo, " a amo tanto que mudarei por ela", ao contrário, eles são orgulhosos demais para isso.


As cenas íntimas, de amor, são bastante selvagens, mas sem perder o romantismo, deixando a cena bastante empolgante e ao mesmo tempo emocionante. Gosto do jeito como Nora escreve, ela realmente traduz como seria a casa onde só vivem homens: desorganizada, cheia de palavrões, e principalmente cheio de desejos para com as mulheres.


Quem for ler esse livro, se prepare para uma história empolgante, um romance forte, com muitas emoções, mas sem clichês. Este livro tem tudo o que gosto numa história: suspense, amor, personagens complexos e cheio de originalidade. Vale muito a pena a leitura, sem dúvidas marcará muito sua estante. Mas sugiro que ao ler esse livro, não fique esperando por cenas melodramáticas, e sim se deixe surpreender pela autora, assim como eu fui. Este livro vai além das expectativas, nos surpreende, e nos leva a desejar conviver com eles.
comentários(0)comente



Déa Moury 04/01/2019

Simplesmente perfeito....
Fazia tempo que não lia um livro de Nora Roberts( Olhe que tenho quase todos dela...) tão envolvente, empolgante. Foi impossível parar de ler o livro até terminá-lo.... Simplesmente, maravilhoso.
comentários(0)comente



Pretenses 28/06/2017

“— A vida é um presente. Nem sempre ela funciona às mil maravilhas, mas é algo precioso.”
Trilogia da Gratidão #01

Essa série é uma das mais aclamadas da Nora Roberts em todo mundo e sucesso absoluto nos EUA. Pra quem conhece apenas uma Nora Roberts, romance de banca, vai ter uma surpresa muito grande, e bastante agradável. Para quem é fã de J.D. Robb vai começar a dar mais atenção aos livros da Nora.

Esse primeiro livro é essencialmente masculino, mas não tire conclusões precipitadas, de forma majestosa Nora mostra o jeito masculino de amar, si relacionar com pessoas e coisas. E também que existe muito mais no silêncio que apenas a ausência de palavras. O quanto o pedido de alguém que você ama no leito de morte, seria capaz de mudar a sua vida?

“[...]-Você acredita na santidade de uma promessa feita em um leito de morte”? -Sim – respondeu ela, antes de conseguir evitar.
-No dia em que meu pai morreu eu prometi a ele... nós três prometemos a ele...que íamos manter Seth em nossa companhia. Nada nem ninguém vai me fazer quebrar essa promessa. Nem você, nem o seu sistema, nem um batalhão de tiras.

Este primeiro livro, apresenta a história de toda família Quinn, porém tem seu fio condutor a história de Cameron. Campeão como piloto de barcos de corrida, já viajou pelo mundo gastando o dinheiro que ganha em suas vitórias com champanhes e mulheres. Sem si esquecer que foi alguém que ganhou uma segunda chance. Que teve em seus pais adotivos muito mais que amor, e agora um chamado vai fazê-lo reviver sua história e colocar a prova quem ele é;

“— Isso vindo do arrojado Cameron Quinn? O homem que arrasa nas corridas de barco arrasa nas estradas e destrói os corações da Europa? Acho que a sua pequena guloseima que mora em Roma não conseguiria reconhecê-lo.”

Depois de anos de independência, Cam tem de reaprender a conviver com seus irmãos novamente, ao mesmo tempo em que luta para cozinhar, limpar a casa e cuidar de Seth um menino complicado, problemático e rebelde, não muito diferente daquele que o próprio Cameron fora no passado, resultado da promessa a seu pai.

“— Organizar uma casa e cuidar de uma família é um trabalho importante. O mais importante que existe!”


Nada disso importa para Cam, sua promessa é mais que questão de honra é uma demonstração de gratidão por tudo que recebeu. Mas não basta simplesmente querer algo, caberá a uma assistente social à responsabilidade de decidir o destino do garoto. Tão bonita quanto firme, ela tem nas mãos o poder de unir os Quinn novamente... Ou separa-los para sempre.
.
.
.
Quer saber mais? Leia no blog Pretenses!

site: https://blogpretenses.blogspot.com.br/2017/02/arrebatado-pelo-mar-resenha.html
comentários(0)comente



Tábata 24/09/2011

Adorei
Cameron é tudo de bom, aquele tipo de homem que, apesar de machão e arrogante, faz a nós, mulhres, nos sentirmos felizes por eles existirem. Ele exala testosterona por todos os poras e eleva a nossa pressão sanguínea.
Mais, além do fator hot no livro, existe também os laços que unem os irmãos Quinn e o amor que Cameron começa a sentir por Seth. Esta parte do livro linda e tocante sem se tornar melodramática.
Enfim o livro nos brinda com risadas, drama e sensualidade na medida certa.
Recomendadíssimo!!!!!!!!!!!
comentários(0)comente



Beta Oliveira 31/12/2015

Nora Roberts escrevendo famílias. Nora Roberts falando sobre homens saudáveis e bem sucedidos à sua maneira. Nora Roberts abordando pessoas com traumas fortes no passado. Nora Roberts deitando e rolando. Leitoras felizes agradecendo.

Confira o texto completo no Literatura de Mulherzinha.

site: http://livroaguacomacucar.blogspot.com.br/2015/04/cap-1006-arrebatado-pelo-mar-nora.html
comentários(0)comente



48 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4