A Guerra dos Tronos

A Guerra dos Tronos George R. R. Martin




Resenhas - A Guerra dos Tronos


1000 encontrados | exibindo 16 a 31
2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 | 8 |


Felipe 26/07/2019

A Perfeita Desconstrução da Fantasia
Tenso, denso e intenso. Adjetivos jamais atribuíveis a livros de fantasia. Os personagens criados pelo Martin são tão bem construídos, fugindo do maniqueísmo, e humanos que a sensação do leitor é de extremo pavor, e emoção, com as reviravoltas que vão acontecendo na história. O final é simplesmente memorável!
comentários(0)comente



Matheus.Ayres 18/07/2019

Deus amado
Com o dinheiro que investi nos livros dessa série horrível e extremamente mal escrita dava para ir num rodízio de pizza e fazer a festa
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



Gabi 14/07/2019

Esperava mais
Muito se falou sobre este livro, mais ainda se falou sobre a série.
A série eu não consegui me engajar o suficiente para assistir, mas no livro eu decidi insistir.

Em alguns aspectos a história é boa, mas a leitura foi bastante enfadonha no início, especialmente porque senti que o autor acaba pecando nas digressões, pois tive a impressão que diversos capítulos terminaram sem nenhum acontecimento marcante.

Narrações à parte, vamos ao enredo: poucos acontecimentos foram inesperados e poucas surpresas aconteceram no decorrer da história. O destino de muitos personagens e o desfecho de muitas batalhas e alianças foram totalmente previsíveis.

Quanto aos personagens: não consegui me afeiçoar à maior parte deles, inclusive cheguei a um nível de saturação com a narração do ponto de vista da Daenaerys que quase acabei largando o livro. A personagem não faz nada de especial e tudo que acontece de positivo ou impactante com ela é devido à sorte ou proteção de outros personagens, incluindo os ovos de dragão, que foram dados de presente para ela. Nos demais capítulos ela se mostra uma personagem fraca e algumas cenas dos capítulos dela poderiam ser perfeitamente deletadas, gerando somente benefícios para a história.

[ATENÇÃO, ESTE PARÁGRAFO PODE CONTER SPOILER] A cena final também achei bastante controversa, primeiro porque os dragões não são mamíferos, mas eles mamam (????) e o khalasar não pode jurar finalidade a uma mulher, exceto no caso de ela ter perdido o juízo (????), conforme me pareceu. Os integrantes do khasalar são bastante temorosos com relação à bruxaria e Maegis, mas eles parecem ter achado absolutamente normal e muito legal ela não se queimar no fogo e ter "dragões mamíferos".

Feitas as ressalvas, o livro me entreteu significativamente depois de passado o início, e pelo menos um fato me surpreendeu no decorrer da leitura.
comentários(0)comente



Renato.Fraga 12/07/2019

Fogo, Gelo e Sangue
A Guerra dos Tronos é um livro para os fortes, onde basicamente ou você ganha ou você morre.

A ambientação da história poderia ser facilmente imaginada como uma Europa Medieval, salvo por alguns cenários mais fantasiosos, como é o caso da colossal Muralha (The Wall).

O enredo da Série gira em torno principalmente de 3 núcleos, sendo eles:

A Ameaça Além do Mar
Os últimos descendentes dos Targaryen, os herdeiros legítimos ao trono de Westeros. Enfraquecidos, buscam alianças com outros povos a fim de retomar a coroa. São desprezados e subjugados pelos povos de Westeros.

A Guerra dos Tronos em Westeros
Essa envolvendo principalmente a casa dos guerreiros Baratheon, a casa dos honrados Stark e a casa dos ambiciosos Lennister. Nesse núcleo é onde ocorre a guerra mais política e civilizada, respeitando as leis fundamentais e a "Justiça do Rei".

O Inverno
O mais longo inverno de todos, que está chegando e trazendo consigo a ameaça do Rei da Noite (Night King) e dos Caminhantes Brancos (White Walkers), criaturas humanoides morto-vivas que vivem além da Muralha.

Apesar do título, de fato existem poucas batalhas nesse primeiro livro, o que pode dar a impressão de ser um livro parado, o que certamente não é.
O primeiro volume da série trata principalmente das características e do desenvolvimento de cada personagem, que por sinal são muitos e muito bem detalhados por Martin.
É difícil descrever mais sobre o livro sem dar spoiler. A Guerra dos Tronos é isso. Um livro tão impressionante, que apenas lendo você poderá compreender o quão grandioso ele é.

Indispensável a todos os apreciadores de fantasia medieval. Boa leitura.
comentários(0)comente



Thais.Pires 11/07/2019

Amei.
Incrível riqueza de detalhes, história excelente... me fez querer ler o mais brevemente possível a série completa.
comentários(0)comente



Herllem 03/07/2019

Perfeito
Sou completamente apaixonada pelas crônicas de gelo e fogo a forma que toda história é escrita e se entrelaça com os demais núcleos é majestosa de se ler.
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



Leonardo 16/06/2019

O Inverno Está Chegando!
A Guerra dos Tronos é o primeiro livro da saga de Fantasia épica As Crônicas de Gelo e Fogo, escrito por George R. R. Martin, e lançado em agosto de 1996 nos Estados Unidos. Venceu o Prêmio Locus de 1997 e o Prêmio Nebula de 1998, tendo sido indicado também ao World Fantasy Award de 1997, porém perdendo para o livro Madrinha Noite, da Rachel Pollack. A novela Blood of the Dragon, compreendendo os capítulos de Daenerys Targaryen do romance, venceu o Prêmio Hugo de 1997 para "Melhor Novela". No Brasil o livro foi lançado em setembro de 2010 pela editoria Leya. O livro tem fortes influencias dos romances do J.R.R. Tolkien, o influente escritor de fantasia, autor da trilogia O Senhor dos Anéis e também de O Hobbit, considerado por muitos como os livros mais influentes do gênero. Com o sucesso dessa saga, a HBO comprou os direitos e lançou uma série, sendo lançado em abril de 2011 e terminando em maio de 2019.

É um livro baseado em temas medievais, onde a magia também existe, mas não é tão comum como em outras obras do gênero, como O Senhor dos Anéis ou Harry Potter, sendo considerado como mito por muitos dos residentes desse universo. Tem uma narrativa muito parecida com o do Tolkien, onde o autor descreve com muitos detalhes o cenário, tempo e também os personagens. Algumas pessoas não gostam desse tipo de escrita, pois acham cansativas. Em contrapartida muitos leitores gostam, pois podemos criar toda a cena na nossa mente, tendo uma leitura muito mais rica e imersiva. Os eventos são narrados pela visão dos personagens, não necessariamente em ordem cronológica. E isso traz uma interação muito maior com a história, já que assim os eventos são descritos e observados pela visão dos personagens, estando sujeito aos seus preconceitos, o que acaba sendo um ponto muito positivo no livro.

Nesse primeiro livro da saga o universo das crônicas nos é apresentado, sendo que já no preludio podemos conhecer os temíveis Walkers, seres misteriosos que parecem ter o poder da necromancia e emanam muito frio. Boa parte da trama gira em torno desses seres, que são considerados como mitos pela maioria da população de Westeros (continente onde se passa a maior parte da história). Existe uma ordem de guerreiros, chamada “A Patrulha da Noite”, uma milícia que protege o reino dos homens, e ficam em uma muralha gigantesca de gelo que divide os homens do sul com os do Norte, chamados de selvagens pelos sulistas. Inicialmente essa ordem tinha o dever de proteger o reino dos homens seres que viviam além da muralha, como os Gigantes, seres gigantes que supostamente viviam nessa área, e também dos Walkers, seres que traziam o frio e tinham o poder de ressuscitar os mortos para lutarem ao seus lados, e que é considerado como mito pela maioria das pessoas. Porém nos últimos milênios a maior ameaça eram os próprios habitantes daquela área, os ditos Selvagens, que vez ou outra se organizavam e davam dores de cabeça para os patrulheiros.

Tudo começa quando Eddard Stark, um dos protagonistas da história, vai julgar um desertor da Patrulha da Noite. Na volta ele e seus filhos encontram 5 filhotes de uma loba gigante, que eles acabam adotando, depois que um filho bastardo do Lorde Stark, Jon Snow, o aconselha a não matar as criaturas, já que poderiam dar azar, por ser o selo da sua casa, o lobo gigante. Logo depois Eddard recebe a notícia que Jon Arryn, a mão do rei, morreu. Jon Arryn era como um pai para ele, pois quando seu pai morreu, foi ele quem o acolheu e o criou como um de seus filhos. Assim Eddard acaba sendo convidado pelo rei Robert Baratheon, para ser a sua nova mão do rei, segundo cargo mais importante do reino. E é a partir daí que começa a guerra dos tronos, onde ocorrem muitas tramas e reviravoltas nessa sangrenta luta pelo poder.

É uma escritura muito rica, onde as descrições dos locais e também os sentimentos dos personagens são muito detalhados, o que nos dá uma imersão muito grande na história, e muitas vezes entendendo as ações dos personagens, mesmo sendo atos que podem ser contestados moralmente. Os diálogos da trama são muito bem elaborados, sendo um dos pontos mais forte dessa saga. A trama tem um pano de fundo muito profundo e complexo, muito semelhante ao universo do Tolkien, onde existe uma gama enorme de histórias anteriores aos ocorridos nos principais romances, que tem fortes influencias no decorrer da história. É uma história indispensável para todos os leitores que apreciam uma boa história de fantasia com uma dose mais real, dando mais destaque as intrigas interpessoais do que a própria magia.
comentários(0)comente



Juliano 16/06/2019

Magistral
Simplesmente inacreditável, esse autor é um monstro.
comentários(0)comente



Vinícius 15/06/2019

Primeiro livro das Crônicas de Gelo e Fogo, introduz o mundo de Westeros, sua mitologia e personagens de forma interessante, enquanto sua trama se desenrola de forma intrigante, estabelecendo uma rede de intrigas e conflitos a serem mais explorados em suas continuações. Apesar da extensão do livro, a escrita de George R. R. Martin não é cansativa, possuindo detalhes na medida certa para manter o leitor cativo de sua história.
comentários(0)comente



lisa 03/06/2019

O último capítulo, aah, o último capítulo deu muita vontade de já começar o segundo...
Vô Gusta 06/06/2019minha estante
Dá um tempinho pra bater a saudade e lê o segundo! Rsrs




Valério 03/06/2019

Cativante
Poucos não assistiram a série.
Então, falar sobre a história pouco agrega. Um resumo para os que não assistiram: Sete reinos compõem os personagens que disputam o trono de ferro, criando a guerra dos tronos. Quem se senta no trono de ferro governa todos os reinos.
A partir daí, há uma miríade enorme de personagens. E cada capítulo foca em um destes personagens.
Este é apenas o primeiro de vários livros. E veja que não são poucas páginas.
Mas, para abarcar tantos personagens, cada um em sua saga pessoal, é difícil imaginar o feito em menos páginas.
Compensando o número exagerado de páginas, temos um enredo intrincado e bem construído, com cenas de causar indignação e buscar logo avançar para conhecer o que virá.
Vale a pena. Mas a série não fica devendo tanto para o livro, como sói acontecer em outras obras.
Portanto, ao contrário do que geralmente digo, neste caso específico você se divertirá tanto quanto (ou até mais) assistindo a série da HBO (que, aliás, ultrapassou os livros, que ainda não terminaram de ser escritos).
Estela 03/06/2019minha estante
olá, Valério. Sobre a relação entre os livros e a série, a primeira temporada é bem fiel ao que p Martin escreveu, mas ao avançar das temporadas as obras vão se afastando cada vez mais, mesmo antes da sexta temporada, alguns personagens tomam rumos completamente diferentes, e alguns núcleos são até mal feitos e personagens importantes simplesmente ignorados. Chega a um ponto em que não da p relacionar as duas produções, viram coisas independentes e, depois do final da série, embora eu seja absurdamente fã da série, não há como não preferir os livros em virtude da complexidade que o Martin da p a narrativa. Ele é fenomenal.


flávia 03/06/2019minha estante
raiva desse autor. vou ter de reler td qdo sair o sexto livro qdo pq a série não chega ao mindinho do livro e mtos personagens não aparecem na adaptação da tbo. hunf


Valério 04/06/2019minha estante
Estela e Flávia. Obrigado. A visão de vocês, bem mais completa por terem lido todos os demais livros, deixa bem claro que apenas o primeiro livro foi fielmente seguido. E, como minha opinião foi baseada somente nele, já estava desanimando de ler os demais livros da série. Decisão que agora vou reconsiderar.


flávia 04/06/2019minha estante
acho que até o terceiro livro a série está ok, depois descamba tudo e o que o autor tinha em genialidade a hbo quis suprir com violência, atos chocantes... qdo ele terminar (e sim, espero que o faça) pretendo reler tudo. mas não sei se veria a série de novo.


flávia 04/06/2019minha estante
... uma vez que os livros me prenderam bem mais. talvez seja o caso de vc gostar mais da primeira versão que viu rs. leia sim, depois nos conte, eu creio que vc iria gostar de ambos.




Volnei 24/05/2019

A guerra dos tronos
ESTE é o primeiro livro da série que segundo contam o autor ainda não terminou de escrever. Constam nas livrarias já cinco volumes enormes publicados

site: http://toninhofotografopedagogo.blogspot.com.br
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



1000 encontrados | exibindo 16 a 31
2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 | 8 |