Lola e o Garoto da Casa ao Lado

Lola e o Garoto da Casa ao Lado Stephanie Perkins




Resenhas - Lola e o Garoto da Casa ao Lado


406 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 |


Fabi | @psamoleitura 12/03/2018

{resenha feita no blog PS Amo Leitura}
Sem dúvidas pedir para três desejos se realizarem é algo bem simples, não é mesmo? Para nós talvez seja, mas para Lola, os três desejos parecem impossíveis.

Lola Nolan é uma designer de moda develação. Ela cria trajes completamente diferentes e sempre usa peruca para acompanhar suas roupas. Para ela, a vida é curta demais para ser apenas uma única pessoa, por isso se veste de diversas formas.

Apesar das suas roupas brilhantes e ultrajantes, Lola é uma excelente filha e dedicada aos seus amigos, e claro, com grandes planos para o seu futuro. Porém, ela possui três desejos: participar do baile de inverno vestida de Maria Antonieta, que os pais aprovem o seu namorado e por último nunca mais ver os gêmeos Bell.

Só que tudo está bem. Seus pais não aceitam o seu namorado porque ele é alguns anos mais velho que ela, mas está tudo bem. Sua fantasia está ficando maravilhosa e até o baile ela estará pronta. Quanto ao desejo de número três... ela achava que nunca mais veria os irmãos Bell, mas, certo dia, alguém se muda para a casa ao lado e ela jamais esperava que fossem Calliope e Cricket Bell.

Cricket foi um grande amor no passado e Calliope foi uma decepção como amiga e agora eles são seus vizinhos. Como Lola irá lidar com toda essa situação? Será possível fugir dos problemas batendo em sua porta?

Pensa em um livro fofo e engraçado e multiplica por mil! "Lola e o garoto da casa ao lado" é recheado de risadas e claro, com a dose certa de romance. Muitos momentos você estará rindo e em outros você irá suspirar com as coisas fofas que acontecem.

Lola é uma personagem que me chamou bastante atenção por sua personalidade diferente e mesmo não querendo desapontar seus pais, ela se torna determinada em algumas situações. Isso me conquistou bastante. E por mais que ela nutra uma raiva dos seus vizinhos, eu me apaixonei por Cricket: completamente fofo e dedicado.

Outro ponto que gostei bastante nessa estória foi o fato de reviver alguns personagens de "Anna e o beijo francês". Para quem não leu os livros em ordem sempre me dizia que era possível ler assim, pois a aparição não atrapalhava na leitura. Concordo em partes, pois alguns acontecimentos narrados em Lola só são revelados no final de Anna, entende? Mas, se isso não for um problema, é possível ler fora de ordem, sim.

A Stephanie Perkins tem uma escrita fluida e completamente encantadora que faz o leitor se apaixonar pelo enredo do começo ao fim. Um pouco diferente do primeiro livro que é bem apaixonante, este a autora já aborda alguns temas com delicados, mas de uma forma divertida assim como nossa personagem principal.

Então se apaixonem por "Lola e o garoto da casa ao lado". Vivam todas as aventuras junto com ela; se apaixonem pelos personagens; enfrente todos os problemas com ela e viva todos os momentos com grande intensidade.

site: http://psamoleitura.blogspot.com.br/2018/03/resenha-lola-e-o-garoto-da-casa-ao-lado.html
comentários(0)comente



L 09/03/2018

Ótimo enredo para um filme fofo da Disney
O tipo de leitura extremamente leve e rápida. Narrado em primeira pessoa e com uma linguagem simples, o leitor conhece a vida de Lola: uma jovem que ama ter uma aparência "diferente" e guarda dentro do coração um amor/amizade que teve um desfecho mal resolvido quando mais jovem.

O que torna Lola uma personagem agradável é o fato dela fazer questionamentos sobre ela mesma e procurar sempre ser uma pessoa melhor.

Cricket certamente parece aqueles mocinhos saídos diretamente dos filmes para adolescentes da Disney. O livro em si, tem um ótimo enredo para um filme fofo deste estilo.Já o imagino sendo exibido na Disney Channel. Enquanto não existe filme, leiam o livro...

Sou apaixonada pela capa de "Lola e o Garoto da Casa ao Lado", representa muito bem o cenário da história e os protagonistas.

A seguir alguns trechos:

"[...] um vasto santuário de discos de vinil raros, cartazes de bandas e intermináveis fileiras de CDs com abas de gêneros musicais identificadas por cores. Ainda há vantagens em se poder segurar a música nas mãos." - Página 77

"[...] Até onde consigo lembrar, eu costumava conversar com a lua.Pedia orientação.Existe algo profundamente espiritual em seu brilho pálido, sua superfície povoada de crateras, sua fase crescente e sua fase minguante. Ela usa um vestido novo a cada noite, ainda que seja sempre ela mesma." - Página 91

" — [...] As pessoas se esforçam mais quando sabem que alguém se importa com elas." - Página 269

" — Sei que você não é perfeita, mas são as imperfeições de uma pessoa que a tornam perfeita para alguém." - Página 277

site: https://eternamente-princesa.blogspot.com.br/2018/03/livro-lola-e-o-garoto-da-casa-ao-lado.html
comentários(0)comente



dayukie 07/03/2018

"Apesar de ser um livro adolescente, o livro aborda temas interessantes e importantes, como drogas, homossexualismo e o preconceito social, deixando uma enorme lição para o leitor. Com um romance leve, a autora soube dosar os temas fortes de maneira leve, junto a isso também tivemos os momentos engraçados e doces. Com um final fofo, eu adorei o livro todos. As roupas e as perucas da Lola, o jeito meigo do Cricket, os pais da Lola e no final, até mesmo a irmã meio arrogante do Cricket a deixou um pouco menos odiosa."

Resenha completa no blog.

site: https://goo.gl/YqwKyo
Ray 07/03/2018minha estante
AMOOOOO




Micheline.Silva 02/03/2018

Gostei
No início o livro é bem parado, quase abandonei, porém fiquei muito feliz por ter continuado, a história fica bem empolgante do meio pro final.
comentários(0)comente



Anna Bonnie 28/02/2018

Mediano
Depois de ter lido Anna e o beijo francês, que foi maravilhoso, eu esperava o mesmo desse livro. Mas não aconteceu. Lola é detestável, infantil e tem um namorado babaca que me irritou do início ao fim.
O que salvou esse livro de ser um fiasco total foi Cricket, que trouxe vida a história. Depois que ele apareceu a leitura melhorou muito.
comentários(0)comente



Coisas de Mineira 15/02/2018

Depois de ler o primeiro livro eu já esperava algo fofo, bem adolescente, com suas birras e bagunças que só os sentimentos conflitantes dessa fase é capaz, e não é que me pego lendo um livro bem mais profundo, só que de uma forma bem sutil e de fácil entendimento, numa visão muito romântica.
Lola é uma jovem de 17 anos, que vê o mundo de uma forma única, ela é alegre, animada, e acima de tudo tem uma personalidade inusitada que reflete através de sua roupas extravagante e suas milhares de perucas.

Cricket é um jovem que viveu a vida toda à sombra de sua irmã, uma atleta concorrendo as vagas olímpicas, eu achei que era uma personagem medíocre que eles quiseram colocar como par da Lola, mas pelo contraio, mesmo sendo o segundo em sua casa, ele e extremamente inteligente, meigo e um pessoa maravilhosa, que tem que lidar com sendo excluído pelos pais e ao mesmo tempo não sendo amargo, ficou super legal, por que a autora mostrou que ele é uma pessoa única, super de bem com a vida e muito amigo e realmente gosta de nossa mocinha, mas sua dificuldade em comunicar o que sente, por causa de sua timidez atrapalha bastante seus relacionamentos.

O livro aborda temas muito complicados nessa fase, mas de uma forma divertida e leva, começando pelo namoro da Lola com um aspirante a estrela de rock, que seus pais detestam e quanto mais eles falam que ele não é bom para nossa menina mais ela acha que Max é seu príncipe encantado, mesmo ele sendo mais velho, tendo uma vida super louca e não lhe dando o devido valor.
Você vê como as coisas entre os pais da Lola e o Max são complicadas pelos cafés nas manhãs de domingo que o bonitão tem que participar ou pelos vários telefonemas que nossa moçinha é obrigada a dar aos pais quando sai com ele, mas você entende que não é somente porque eles não gostam do cara tem mais coisas ai que fazem o casal nada convencional ficar preocupados com a sua menina, a mãe dela é uma viciada em drogas e bebida e viveu vários anos na rua, eita mas a autora já nos mostrava um tema complicado, ela vai e apresenta mais um, e que não é, que ela não para por ai, o livro também fala sobre uma menina sendo criada por dois Gays, e como ela foi educada e virou a pessoa maravilhosa segura de si, fala sobre a volta do amor de infância e como ele pode não ser só um amor de infância, mostra como a timidez algumas vezes pode atrapalhar muito a comunicação entre as pessoas.

Mas mesmo mostrando tantos assuntos a autora continua firme e forte sem perder o rebolado na historia, ela não se perde ou transforma seu livro em um drama, pelo contrario ela o faz ser uma comedia linda com uma pitada de romance adolescente, através dos lindos olhos de nossa protagonista, o que me deixou fascinada foi como ela abordou o fato da Lola ser criada por dois homens, e não faz a menor diferença na vida dela, e sim o amor que eles nutrem por ela a forma que a tratam como o ser humano mais importante do mundo, e como eles são rígidos com sua educação, seus estudos e isso fez dela uma pessoa maravilhosa, e a explicação dela de porque irrita tanto quando alguém pergunta que e a mulher da relação demonstrou a mesma ira que qualquer pessoa que tem amigo gay, irmão gay na família sente.

A Diagramação ficou bem legal, cheio de detalhes nas paginas, com uma capa linda que reflete bem seus personagens.

Por: Leh Pimenta
Site: http://www.coisasdemineira.com/2016/03/stephanie-perkins-lola-e-o-garoto-da.html
comentários(0)comente



Rai 11/02/2018

Confesso que depois de Anna e o beijo francês fiquei animada para ler os outros livros dessa série, mas as primeiras 100 páginas desse livro me fez desejar ter parado em Anna mesmo. Foi uma tortura porque as primeiras páginas são bem lentas e cansativas, porém, depois que passa essa parte longa de introdução a história, o livro fica muito bom e no fim vale a pena a leitura.
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



Val Abranches 04/12/2017

Amei
Apesar do Cricket dar outra significação p a palavra "devagar" e a Lola ser bem pouco autoconsciente, amei cada página. Leve, fofo, uma história p te deixar de bom humor e de bem com a vida.
comentários(0)comente



Katy.Paiva 22/11/2017

Não excedeu as minhas expectativas
Amei Anna e o Beijo Francês, não pela estória em si (que é bem clichê), mas porque têm personagens cativantes. É o que eu chamo de manobra Friends, você não gosta a estória mas ama os personagens.
O que não aconteceu em Lola, os personagens não me surpreenderam muito, o livro é bem clichê e previsível, nada que surpreenda. O romance entre Lola e Cricket é arrastado, demora mesmo sem necessidade, os conflitos da personagem principal são bobos e egoístas.
Vindo da stephanie perkins eu realmente esperava mais, principalmente depois do Hinário livro da Anna.
comentários(0)comente



nati 03/11/2017

O primeiro amor reina!
Lola está tomando café da manhã com seus pais e seu namorado, Max. Max tenta de tudo para os pais de Lola gostarem dele, mas de nada adianta. Todo domingo eles tomam café da manhã juntos com a recompensa de terem um dia mais sossegado, sem tantas ligações de seus pais. Até que um caminhão de mudança para ao lado da casa de Lola e o garoto que destruiu seu coração regressa para a casa ao lado. A partir disso, Lola tenta seguir uma vida normal, mas se da conta que não consegue conviver com Cricket novamente, pelo menos não fingindo que nada aconteceu entre eles a uns anos atrás. Com a volta de Cricket, os esclarecimentos de alguns fatos que ocorreram no passado e algumas atitudes de Max, Lola se vê em uma difícil escolha.

Leitura fácil e leve. Bom, principalmente para quem está começando na leitura. Um livro muito bonito, porém, previsível, mas não retira em nada no quão bom ele é.
comentários(0)comente



Andréa Araújo 27/09/2017

Ele é bom, mas nada espetacular
Eu realmente gostei desse livro. Li em um dia, na verdade comecei a ler a tarde e terminei a noite, assim como Anna e o Beijo Francês, é fácil de ler.

Mas ele é melhor do que o livro da Anna, porque a Lola é nelhor do que ela como personagem. Ela é um pouco mais profunda, a história também é mais trabalhada e todos os outros personagens também. A trajetória que a Lola passa também é mais sólida, e essas são as razões de porque esse livro é melhor.

Ainda não é perfeito, não foi um livro que mudou a minha vida, não virou um favorito, mas é uma boa leitura. Rápida e divertida.
E acho que muito disso se deve ao Cricket, por ser bem amorzinho.

Sério, amei o jeito dele. Atrapalhado, fala demais. Entendo a Lola ter sido apaixonando por ele desde sempre, eu também me apaixonaria. É o tipo de cara que você quer ter por perto.
LauraaMachado 28/09/2017minha estante
Esperar que algum desses três livros mude sua vida é pedir uma decepção! Haha


Andréa Araújo 28/09/2017minha estante
Ainda bem que fui devidamente preparada por você




Manu 13/09/2017

Lola e o garoto da casa ao lado
Quem já leu algum livro da Stephanie Perkins e não se apaixonou pela escrita que atire a primeira pedra. Quando eu li Anna e o beijo francês fiquei realmente cativante, e pela história se passar em paris fez com que eu me apaixonasse e realmente ficasse curiosa com os próximos lançamentos da autora.

Lola Nolan não acredita em moda, ela acredita em trajes, com uma forma de pensar, agir, se vestir; tudo nela caminha para a exclusividade, mas isso é parte dela, ela não tenta ser diferente, simplesmente o é, característica que a torna transparente na demonstração de seus sentimentos. Como qualquer jovem com dezesseis anos de idade ela vive vários conflitos e desentendimentos, apenas com o tempo, como seguir em frente. O livro surpreende ao tratar consumo de drogas, homossexualismo, preconceito social, deixando uma mensagem que cativa realmente o leitor.

Lola tinha uma vida particularmente boa, embora seus pais não aceitassem Max, seu namorado, e ela vivesse assombrada com uma possível volta dos irmãos Bells, antigos vizinhos que moravam na casa vitoriana cor de lavanda ao lado da sua. Nem preciso dizer então que as coisas fugiram do controle quando os gêmeos Bells um belo dia retornaram, e um deles em especial, Cricket Bell, vira a vida Lola de ponta a cabeça. Cricket, assim como sua irmã gêmea, Calliope, são amigos de infância de Lola, mas certos acontecimentos no passado acabaram por afastar os três, principalmente Lola e Cricket. E quando ele se mudou com a família, deixou para trás feridas em Lola aparentemente incuráveis e uma baita paranoia por um suposto regresso.
Só que agora Cricket está de volta e Lola é arrebatada pelos confusos sentimentos que possuí por ele. Sua mágoa com tudo era óbvia, mas além disso fica nítido que por mais que ela realmente goste de Max, seus sentimentos por Cricket vão muito além do que ela insiste em admitir.
A narrativa de Perkins é leve e flui de forma fácil. Quando você percebe já está nas páginas finais, conseguimos também acompanhar o relacionamento de Anna e St. Clair. Recomendo a todos que amam um romance clichê e adoram conhecer partes diferentes do 🌎

site: https://www.instagram.com/livrosuai/?hl=pt-br
comentários(0)comente



Déborah 02/09/2017

Bom, nada excepcional
A história é bonitinha, o livro é leve e fácil de ler mas, não escapa do velho e bom clichê romântico e adolescente.
História mais envolvente do que Anna e o Beijo Francês, certamente.
Em geral, acho que a Stephanie Perkins torna-se bastante repetitiva no decorrer de seus livros, repetindo as mesmas discussões e questionamentos durante quase 300 páginas que poderiam facilmente ter sido reduzidas a 100.
comentários(0)comente



Jaque 30/08/2017

Gostei
Gostei da história, apesar de não ter uma história tão boa quanto Anna, você percebe que o esperaso não acontece porque a garota é bem lenta mesmo...se fosse eu não perdia 1 segundo e já casava com Cricket.
Outra ponto, cada vez que ela o rejeita você espera que ele desista dela, mas não .
As participações de Anna e Etienne são bem legais e necessárias, foram bem inseridos pra não serem só "referências".
Enfim, Stephanie Perkins, eu ainda te venero
comentários(0)comente



406 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 |