Cidade dos Etéreos

Cidade dos Etéreos Ransom Riggs




Resenhas - Cidade Vazia


280 encontrados | exibindo 31 a 46
3 | 4 | 5 | 6 | 7 | 8 | 9 |


Luuh.Sanches 01/05/2018

Fascinante!
Leitura concluída com sucesso.
Fascinante, realmente peculiar.
Única coisa que posso dizer é que preciso desesperadamente ler o terceiro livro.

Nota 1000.
comentários(0)comente



Dallia Crispim 25/04/2018

Uma viagem inesquecível - Cont da história de Jacob Portman - Livro 2º
Sinopse: "Cidade dos etéreos" dá sequência ao celebrado "O orfanato da srta. Peregrine para crianças peculiares", em que o jovem Jacob Portman, para descobrir a verdade sobre a morte do avô, segue pistas que o levam a um antigo lar para crianças em uma ilha galesa. O orfanato abriga crianças com dons sobrenaturais, protegidas graças à poderosa magia da diretora, a srta. Peregrine. Neste segundo livro, o grupo de peculiares precisa deter um exército de monstros terríveis, e a srta. Peregrine, única pessoa que pode ajudá-los, está presa no corpo de uma ave. Jacob e seus novos amigos partem rumo a Londres, cidade onde os peculiares se concentram. Eles têm a esperança de, lá, encontrar uma cura para a amada srta. Peregrine, mas, na cidade devastada pela guerra, surpresas ameaçadoras estão à espreita em cada esquina. E, além de levar as crianças a um lugar seguro, Jacob terá que tomar uma decisão importante quanto a seu amor por Emma, uma das peculiares. Telecinesia e viagens no tempo, ciganos e atrações de circo, malignos seres invisíveis e um desfile de animais inusitados, além de uma inédita coleção de fotografias de época tudo isso se combina para fazer de Cidade dos etéreos uma história de fantasia comovente, uma experiência de leitura única e impactante.

O livro é fantástico! Romance (sem melação), aventura e o que existe de melhor, muita, muita imaginação. O livro te faz passear pela área da criatividade e pela inocência de crianças que peculiares ou não são mais do que especiais!
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



Lucas.Tonon 20/04/2018

Melhorou muito.
Há um aumento considerável na qualidade da narrativa deste livro em relação ao primeiro. A história amadurece, os personagens se tornam mais profundos e a temática mais sombria. Somos expostos a muita ação e aventura desde o começo do livro, se no primeiro o início era muito lento e pouco dinâmico, neste encontramos um ritmo mais acelerado. Continua sendo um livro infanto-juvenil, mas a história evolui e deixa diversas pontas soltas e muito suspense para o próximo.
comentários(0)comente



dayukie 13/04/2018

"Eles teriam apenas três dias para chegar até Londres e encontrar uma das últimas Ymbrines que não fora capturada pelos Acólitos. O que eles não esperavam fosse que, ao sair da fenda e partir para Londres, muitas coisas fossem acontecer. Ciganos, sequestro, ataques a bomba e Acólitos, são apenas algumas das coisas que dificultarão o caminho dos Peculiares até seu destino final.
O que será feito do mundo peculiar? Tudo depende do sucesso que terão na missão, que a cada minuto se torna mais difícil.
Sem sombras de dúvidas, o segundo livro é muito melhor que o primeiro, nele encontraremos diversas reviravoltas, perdas, perigos extremos e muita tensão e aventura."

Resenha completa no blog.

site: https://goo.gl/ucFDQT
comentários(0)comente



Gi (IG: @readsnplays) 09/04/2018

Ótima continuação
Depois da a destruição de sua fenda temporal e do resgate da srta. Peregrine, os peculiares precisam fugir dos etéreos e acólitos e travar uma batalha contra o tempo para salvar sua ymbryne antes que a mesma se transforme permanentemente em ave.
.
Para isso, usam como guia o livro de histórias que a srta. Peregrine costumava ler para eles todas as noites. Passagens para fendas secretas, novos peculiares, aves falantes, circos e muitos outros mistérios escondem-se nesses contos.
.
Após decifrarem a mensagem escondida em um dos contos, as crianças conhecem Addison e descobrem que tem três dias para chegar à Londres e encontrar a srta. Wren, a única ymbryne que não foi capturada pelos acólitos, para que a mesma possa curar a srta. Peregrine.
.

A viagem até Londres e a luta para não serem capturados pelos acólitos e salvar a srta. Peregrine são o foco principal desse segundo volume. Os peculiares passam a narrativa toda viajando e fugindo, porém não se torna cansativo, já que existem diversas reviravoltas e não há nada de monótono quando se trata dessas crianças.
comentários(0)comente



Bela 27/03/2018

Explore novas fendas!
Com seu começo no exato momento do final da história anterior, este livro nos traz Jacob de volta, dessa vez cercado de crianças incrivelmente especiais: os peculiares. Ao lado de sua grande paixão, Emma, e seus novos amigos, Millard, Enoch, Fiona, Hugh, Horace, Olive, Claire e Bronwyn, eles já não estão mais na segurança das asas e da fenda da Senhorita Peregrine. Perdidos no mar, fugindo dos tenebrosos ácolitos e seus respectivos etéreos, todos são postos à prova e forçados a descobrir e desenvolver mais suas peculiaridades, além de necessitarem encontrar outra ymbryne para lhes dar apoio.
Desta vez, o livro nos traz um cenário totalmente diferente: uma Londres em guerra e uma nova fenda temporal beeem diferente da que estávamos acostumados. Também somos apresentados a novas criaturas peculiares que povoam a Terra, em suas próprias fendas. Cercados por um mundo novo, do qual já não estavam mais acostumados as crianças enfrentam diversos desafios que os fazem aprenderem a agir por si mesmos e os forçam a conviver e aceitar suas diferenças.
Além disso, temos um Jacob maduro e consciente de todo o seu poder, que também o experimenta com mais força e mais aprofundamento agora, mas que sabe que um passo errado levará a ruína de todos os seus amigos.
Com uma história que continua a nos trazer fotos extremamente inquietantes e bizarras, que continua com a narrativa em primeira pessoa como um diário, este se tornou o meu livro favorito da série. Ele explora a mitologia do mundo peculiar e nos mostra que o universo criado por Ransom Riggs é extremamente rico e detalhado. Não vá, os peculiares ainda precisam de sua ajuda.
comentários(0)comente



Keyth 26/03/2018

Sensacional...
Muito melhor que o livro 1, faz a gente entender mais ainda o mundo peculiar. Mais engraçado que o primeiro e muitos personagens divertidos surgindo. Inclusive o filme 1 é tão bosta que não vai poder ter o 2. Então foquemos no livro que é maravilhoso.
comentários(0)comente



Valeska 10/03/2018

Perplexos Anomalous - O mapa dos dias.
comentários(0)comente



brunagpolicarpo 07/03/2018

Da baixa expectativa à ansiedade pelo próximo
Esse livro é a continuação de "O lar da Srta. Peregrine para crianças peculiares" que li em janeiro durante a maratona literária de verão. Eu demorei mais do que gostaria para concluir o primeiro livro. Não pelo tamanho, pois nesse quesito, era até rápido de ser lido, nem pela linguagem, que não é nada complicada; o que me atrasou foi o ritmo lento com que a história se desenrolou. Os acontecimentos mais emocionantes demoravam demais para acontecer e a narração em primeira pessoa de Jacob, o protagonista, não é exatamente o que se pode chamar de atrativa. Acho seguro dizer que o esqueleto da história foi formado pelas imagens. Mesmo quando a trama estava parada, surgia uma foto mais interessante que a outra, o que me deixava ansiosa para ver a próxima e saber como se encaixaria. Não me imagino lendo com a mesma vontade sem elas.

Agora, finalmente falando sobre "Cidade dos Etéreos", devo dizer que passei pelo menos dois dias sem conseguir sair dos primeiros capítulos, talvez por causa do meu problema com a narração de Jacob, que mencionei acima, ou pela baixa expectativa que eu tinha dessa história por conta da minha decepção com a anterior. Além disso tudo, novamente a lentidão foi um fator extremamente desanimador. No entanto, os novos elementos que vão surgindo na história ao longo dos capítulos começaram a prender a minha atenção. O fato de os personagens agora estarem em uma jornada, tendo um objetivo, mudando constantemente de cenário e precisando eventualmente lidar com perigos durante o trajeto, tornou tudo muito mais interessante de acompanhar.

De qualquer maneira, só tive certeza que gostava mesmo desse livro após ler o último capítulo e o plot twist que ele trazia. O desfecho - se é que dá pra chamar assim sabendo que existe uma continuação - foi totalmente imprevisível, e fez com que eu me sentisse da mesma forma que os peculiares: surpresa, revoltada e com a sensação de ter sido manipulada e enganada durante um longo período. Esse final foi essencial para despertar a minha vontade de concluir a série (que, confesso, eu estava prestes a abandonar). Se li "Cidade dos Etéreos" como se dando uma segunda a chance ao autor e a seu universo, sem muitas esperanças, lerei "Biblioteca de almas" por ansiar a continuação e o final da história, cheia de expectativas.
comentários(0)comente



Jonathan 27/02/2018

Cidade dos Etéreos
RESENHA : "Cidade dos Etéreos continua exatamente de onde O Orfanato terminou. Algo aconteceu com a Srta. Peregrine e os jovens peculiares precisavam resolver esse problema, para então, voltarem a ser guardados pela tutora. Porém, resolver esse problema não seria uma tarefa fácil nem para adultos, imagina para crianças.Rodeados de dificuldades os peculiares vão atrás de mais uma Ymbrine, pois somente uma semelhante da senhorita Peregrine resolveria o problema dela, contudo, achar uma será um verdadeiro desafio. Acólitos e Etéreos estavam de olho nos peculiares desde quando saíram nessa aventura e conseguir escapar deles não será nada fácil.Nesse livro novos amigos irão surgir, o mundo peculiar será melhor explorado, a ponto de resolver até mesmos alguns questionamentos que perduram durante a leitura do primeiro livro. Ransom Riggs conseguiu fazer uma sequência muito boa, sendo este superior ao seu antecessor."
MINHA OPINIÃO:
Nesse segundo livro a continuação do primeiro novos personagens entrou na historia , mais acontecimentos engraçados,(passei dar risada sozinho de tão divertido que era em muitas partes do livro),curiosos, muito clímax que torna o livro mais interessante .O final desse livro ocorre um fato que ninguém esperava , entre todos da série esse foi o que eu mais gostei .
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



Ponma 21/02/2018

Morno mas suficientemente bom
O segundo volume não superou o primeiro , como sempre espero , mas foi bom .
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



Coisas de Mineira 15/02/2018

“Cidade dos Etéreos” é a sequência do famoso livro “O Orfanato da Srta. Peregrine para Crianças Peculiares”. Se você ainda não conhece a trama, mas pretende embarcar na história, eu sugiro que leia o primeiro livro antes de conferir essa resenha, pois ele introduz os fatos e saber como tudo começou é essencial para compreender o que se passa a essa altura.

O segundo livro começa com as dez crianças e uma ave em três pequenos barcos. A situação não é nada fácil para os pequenos pupilos... Com sua antiga fenda destruída eles deixam a ilha rumo ao País de Gales e sabem que os acólitos os perseguem, por isso precisam ser rápidos se quiserem se salvar. Em terra eles encontram uma nova fenda temporal e lutam contra um etéreo.

Conhecem animais peculiares e descobrem que somente outra ymbryne pode libertar a Srta. Peregrine que está envenenada, não consegue assumir a forma humana e corre o risco de permanecer para sempre como uma ave. Sendo assim, as crianças partem para Londres em busca da Srta. Wren, a ymbryne capaz de ajudá-los a salvarem sua protetora.

A busca pela Srta. Wren se torna uma emocionante jornada que garante aos leitores muita aventura. De uma fenda a outra as crianças se deparam com um cachorro falante, ciganos, bombardeios, encontros inesperados com novos peculiares e muito mais... É uma trama cheia de ação e acontecimentos inusitados que casam perfeitamente com as inúmeras fotos que vão aparecendo ao longo de toda a narrativa. Na historia o personagem Jacob (que é quem narra a história) encontra-se um pouco confuso. Sua habilidade de sentir os etéreos está se aprimorando e seus medos, sentimentos e dúvidas estão mexendo com suas emoções, mas seu amor por Emma e sua vontade de ajudar a Srta. Peregrine dão a ele forças para seguir adiante.

“E, se eu ia ser lançado em uma batalha contra uma legião de criaturas saídas diretamente de um pesadelo, isso tinha que partir de uma decisão minha.” Pág.43. As crianças contam com o auxílio do livro de Contos Peculiares da Srta Peregrine, pois descobrem que há muito mais que pura fantasia nos contos. Ficou curioso pra saber se as crianças vão conseguir ajudar sua protetora? Somente lendo para compreender como essa trajetória é misteriosa e envolvente.

Em minha opinião os personagens criados por Ransom são incríveis. Fiquei muito feliz por poder conhecê-los um pouco melhor. Além de haver no início do livro a foto de cada um deles seguida da descrição de sua peculiaridade, há também momentos dentro da história em que os personagens contam um pouco de suas vidas e como descobriram suas peculiaridades.

Todos eles me cativaram, mas tenho um carinho especial por Bronwyn Bruntley, a menina absurdamente forte que equilibra toda essa força com a doçura de sua personalidade maternal. Ela é minha preferida! Gostei muito da escrita do autor, a narração é feita de tal forma que me sentia dentro das cenas, o ritmo é contagiante e nada monótono, resumindo: a história me prendeu. Gosto de livros bonitos, bem caprichados e essa edição da Intrínseca está maravilhosa. Capa dura, um papel excelente com detalhes coloridos nas bordas das páginas, folhas estampadas nas trocas de capítulo, fotografias antigas em preto e branco, tudo muito lindo de se ver. Amei.

Eu não li o primeiro livro. Na verdade apenas assisti ao filme e foi a adaptação que despertou meu interesse por ler a continuação. Gostei muito do filme, mas agora que li pude perceber que houve algumas alterações na história e prefiro sem dúvidas o livro. Fiquei muito interessada pela obra e queria muito entender seu processo criativo. No fim da obra há uma entrevista com o autor que me deram as respostas que eu buscava.

Na escrita do primeiro livro vieram primeiro as fotos e a história foi criada para se encaixar nas imagens. Já no segundo, grande parte da história já existia e o autor buscou no acervo de colecionadores, as imagens que se encaixassem a trama. Achei tudo isso interessantíssimo e passei a gostar ainda mais da trama. Um dos acontecimentos da reta final me surpreendeu bastante e como era de se esperar o fim fica em aberto, deixando margem para o terceiro. Há nas páginas finais o primeiro capítulo de “Bibliotecas de Almas” que pretendo ler em breve! Eu não mudaria nada na trama, achei ótima e recomendo. Se esse é um estilo que te agrada, vá fundo!

Por: Nathalia Reis
Site: http://www.coisasdemineira.com/2017/04/cidade-dos-etereos-o-orfanato-da-srta.html
comentários(0)comente



280 encontrados | exibindo 31 a 46
3 | 4 | 5 | 6 | 7 | 8 | 9 |