Álbum de Casamento

Álbum de Casamento Nora Roberts




Resenhas - Álbum de Casamento


516 encontrados | exibindo 1 a 16
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 |


Queria Estar Lendo 21/05/2020

Resenha: Álbum de Casamento
Finalmente criei vergonha na cara e resolvi fazer a resenha de um dos meus romances queridinhos. Álbum de Casamento é da Nora Roberts e faz parte de uma série chamada Quarteto de Noivas. A série é a história de cada uma das sócias da Votos, uma empresa de casamento.

Quem já me acompanha por aqui sabe que eu amo a temática casamentos e cerimoniais. Sou louca para casar sim, muito mais pela organização do que pelo dia mesmo (desculpa, amor). Então, obvio que uma das minhas séries favoritas tinha que ser um romance com cerimonial envolvido.

Mackensie e suas três amigas sempre gostaram de brincar de casamento. Mac já se casou milhares de vezes, tanto sendo a noiva quanto o noivo, muitas vezes no quintal da propriedade dos Brown onde sua melhor amiga Parker sempre morou. Parker sempre gostou de brincar de casamento, de organizar eles. Laurel e Emma também, mas essa era a brincadeira favorita da Parker.

Mac tinha ganhado do pai uma câmera, mas ela era pequena demais para um presente desse tipo. O pai de Mac deveria saber disso, se não fosse tão ausente. A mãe de Mac estava sempre com um namorado novo, sempre atrás de dinheiro e um "amor". Era e ainda é Mac quem sempre socorre a mãe a cada decepção amorosa.

Mac era uma garotinha muito teimosa e se negava a dar ouvidos as críticas da mãe e da avó, mesmo que elas estivessem certas. Da câmera só saiam fotos desfocadas, meros borrões. Até que uma tarde, enquanto brincavam de casamento mais uma vez, Mac conseguiu capturar o momento perfeito, uma borboleta azul no buquê de dente de leão da amiga Laurel fez tudo mudar.

A partir desse momento algo mudou em Mac. Ela sabia que era isso que queria fazer, capturar momentos de felicidade e amor, porque para ela era só isso que eles eram, momentos que um dia acabam. Essa incredulidade de Mac com o amor é muito por culpa da mãe.

Além dela, temos as outras três do Quarteto. Vou deixar para entrar em detalhes de cada uma nas resenhas dos próximos volumes. Mas Parker é quem organiza e administra a Votos e é extremamente organizada. Emma é a florista da Votos e é a romântica incondicional do quarteto e por fim, a Laurel, ela cuida de todas as guloseimas e docinhos dos eventos.

Dentre os homente, temos Del, Delaney Brown, irmão de Parker e advogado da Votos. Apesar de ser o irmão biológico só de Parker, ele considera todas as meninas suas irmãs e é super protetor com elas. Jack é o melhor amigo de Del, é arquiteto e ele projetou boa parte das transformações da propriedade para virar um ótimo lugar para eventos e ainda ser a casa das meninas. Por fim, temos Carter, ele é professor de inglês e entrou de novo na vida das meninas graças ao casamento da irmã dele.

Ele foi professor em Yale, mas resolveu voltar para a cidade e dar aulas na escola que ele estudou com Mac, Del e Parker. Ele foi dar apoio moral para a irmã na primeira reunião dela com a Votos, já que o noivo é médico e não poderia estar presente. Acontece que ele sempre foi apaixonado por Mac na adolescência, mas ela nunca notou o garoto tímido que ajudava Del a estudar para as provas. O tempo passou e digamos que ele se tornou um professor de inglês muito charmoso e atraente, o que não passou desapercebido por Mac agora.

Esse livro é um dos mais divertidos do quarteto para mim. Mac é uma pessoa muito divertida e despachada, enquanto Carter é extremamente tímido e atrapalhado o que os torna uma combinação e tanto. Nós, leitores, só temos o que agradecer pelas cenas engraçadas desses dois.

Como todo romance, você já sabe quem vai ficar com quem logo no começo, nem chega a ser um spoiler. A questão toda do romance é como eles vão chegar lá e como vão contornar todas as diferenças e bloqueios que cada um deles tem. Obviamente, Mac tem muito com o que lidar com a mãe dela e isso não é tarefa fácil.

Além do romance, temos a união e amizade das meninas. É uma por todas e todas por uma. Todos os perrengues que a Mac passa com a mãe afetam as meninas de forma diferente, mas afetam. E esse é outro toque que faz a série ser maravilhosa, essa união dessas mulheres é linda de ver. Elas são realmente uma família, brigam as vezes, mas fazem as pazes e dão um jeito de se entender.

Sou bem suspeita para falar, mas se você quer um livro amorzinho, leve e divertido, esse é uma excelente opção.

site: http://www.queriaestarlendo.com.br/2020/05/resenha-album-de-casamento.html
Estante da lyz 03/07/2022minha estante
Estou lendo e amando ?




Juliana Rodrigues 05/03/2022

Há muito tempo estava querendo conhecer algum livro da Nora Roberts, e não poderia ter feito escolha melhor. Estava conversando com uma amiga esses dias e ela comentou que algumas pessoas acham que os livros da autora trazem histórias muito comuns (clichês), pois sabemos o que provavelmente deve acontecer.

Chegamos a conclusão de que não há nada melhor do que aquele tipo de história que nos deixa com o coração "quentinho" no final. Álbum de Casamento (e acredito que os outros livros da série também) é exatemente esse tipo de história. Aquele romance engraçado e gostoso de ler, mas com a descrição de personagens minimamente "reais".

Também não posso deixar de mencionar a amizade descrita na história, confesso que adoro livros que conseguem transmitir sentimentos reais de amizade, carinho e união. Me identifiquei muito com algumas personagens e estou louca para conhecer um pouco mais da vida de cada uma delas.

Recomendo muito!
Nilma 06/03/2022minha estante
Meu casal favorito. ?


Juliana Rodrigues 06/03/2022minha estante
Amei muito ??

Já leu a série inteira?


Nilma 06/03/2022minha estante
Falta o último... o da chefona... que promete ser tão bom quanto da Mac.


Juliana Rodrigues 06/03/2022minha estante
Ahhh ?

Estou super curiosa com os próximos, mas estou lendo intercalando com outros livros.


Nilma 06/03/2022minha estante
Os personagens são bem marcantes, então não vai ser problema intercalar... não tem como esquecê-los. ?




resenhasdajulia 20/02/2021

A série "Quarteto de Noivas" nos apresenta a quatro amigas: Mac, Emma, Laurel e Parker, que se conhecem desde a infância e sempre foram apaixonadas por casamentos. Por isso, não foi surpresa para ninguém quando, adultas, fundaram a Votos, uma empresa especializada no assunto, sendo cada uma responsável por uma área da organização dos eventos.

Nesse primeiro livro, conhecemos a história de Mackenzie Elliot, a brilhante fotógrafa matrimonial. Quando criança, ao tirar uma foto de uma borboleta azul num buquê de dente de leão enquanto brincava de casamento com as amigas, ela soube que era isso que queria para sua vida. Ela adorava capturar momentos de felicidade e amor e, para ela, eram apenas isso: momentos. Não que ela não acredite no amor, ela apenas acha que é incapaz de durar para sempre.

Isso se dá por causa da relação nada agradável que ela tem com os pais, que a tornou avessa a relacionamentos duradouros. Mas, quando ela reencontra Carter, um antigo colega de escola, ela deseja que o "felizes para sempre" seja real.

Carter é um professor apaixonado pelo que faz, é muito tímido e atrapalhado, e não faz o tipo de Mac, que é extrovertida. Por isso, na época do colégio, ele era apaixonado por ela, mas nunca foi notado. Quando ele vai à uma reunião na Votos com sua irmã e vê Mac de novo depois de tanto tempo, ele se dá conta de que talvez os sentimentos por ela ainda sejam os mesmos.

Eles são completamente diferentes, e isso os torna um casal maravilhoso.

É um livro leve, mas que também aborda assuntos delicados.

Amei!
comentários(0)comente



Kecia Jolie 03/09/2022

Gostei da leitura. Às vezes é bom ler um clichezinho pra variar. Leitura rápida, gostosa e de deixar o coração quentinho no final.
comentários(0)comente



Ju 24/02/2022

É uma história bem construída em relação as amizades, achei esse primeiro casal fofo e gostei como a autora abordou sobre as relações familiares..
Gabrielle Reis 24/02/2022minha estante
Eu tenho os livros há anos mas nunca tive vontade de ler. Vou dar uma chance ?


Ju 24/02/2022minha estante
Não consigo ficar com livro encalhado por muito tempo kkk tenho que ler, mesmo que não goste tanto


Gabrielle Reis 24/02/2022minha estante
Vixi, queria ser como você ???? assumo que tenho alguns parados há anos.


guidix3 25/02/2022minha estante
Dei uma chance para esse quarteto no ano retrasado, e até que me surpreendi. Não é nada surpreendente, mas dá pra gente se afeiçoar às personagens


Ju 25/02/2022minha estante
Exatamente isso




Thauany 06/01/2023

? E ela tinha amor ?
Onde eu encomendo um Carter para chamar de meu? ??????
Primeiro contato com a escrita da Nora Roberts e estou apaixonada, como é bom ler um romance clichê que não é tóxico.
O ponto alto para mim foi o personagem do Carter, a autora criou o homem dos meus sonhos quando eu nem sabia o que procurava, vai ser difícil outro crush literário superar ele.
E o pano de fundo de amizade entre as 4 sócias também é muito fofo e real, não deu para entender muito das personalidades da Emma e da Laurel mas a Mac e a Parker foram muito bem construídas.
Enfim, história para aquecer o coração.
its ranna 08/01/2023minha estante
Esses livros são incríveis! Pretendo reler todos, são fofos demais




Fernanda 06/05/2014

Resenha: Álbum de Casamento
Resenha: Álbum de casamento possui uma narrativa tão habilidosa que levei poucas horas para finalizar a leitura. Os personagens são carismáticos e se envolvem de verdade em suas relações e laços de amizade, compreensão e amor. O principal destaque está nas afinidades dessas quatro amigas, unidas por ideais objetivos e sensatos.

Por mais que o enredo não remeta a algo mais complicado, é muito interessante poder acompanhar a trajetória de Mackensie Elliot ou apenas Mac , protagonista deste volume. O início é uma preparação ao leitor sobre a história de vida das amigas: Mac, Parker, Emma e Laurel. Cada uma se encaixa em uma característica bem peculiar, mas elas se complementam diante dos desafios propostos.


CONFIRA A RESENHA COMPLETA NO BLOG SEGREDOS EM LIVROS:

site: http://www.segredosemlivros.com/2014/05/resenha-album-de-casamento-nora-roberts.html
comentários(0)comente



Kaliane 22/11/2013

Dá até vontade de casar também
Álbum de casamento é o primeiro volume desse quarteto fantástico. Primeiramente, amei a capa. Achei bem simples, mas é linda e se parece com a original americana, algo que não percebo muito em capas brasileiras de livros dela. O papel é pólen (e nossos olhinhos agradecem). Mas, sem mais delongas, vamos ao que interessa.
Mackenzie Elliot já se casou muitas vezes. Dentre essas, já foi celebrante, noiva, noivo... tudo isso quando brincava com as suas melhores amigas: Parker, Emma e Laurel. Não foi surpresa nenhuma que, depois de adultas, tenham criado a Votos, uma empresa especializada em casamentos. Nesta, Mac é a fotógrafa. Porém, apesar de captar toda a magia e a perfeição que esse dia traz, ela não tem sorte no amor. Ou pelo o menos não acredita na instituição do matrimônio.
E ela tem boas razões para pensar assim:
Seus pais se divorciaram cedo e sua mãe não é o tipo de pessoa que tem uma relação estável com alguém. Me atrevo a dizer que ela troca de namorado mais do que de roupa. Além de ser uma manipuladora de primeira qualidade, infernizando a vida da Mac com as suas queixas e lamúrias.
Então, mesmo lidando com casamentos frequentemente, Mac só acredita no amor entre ela e suas amigas. Elas são a família que ela não tem.
Agora vamos ao Carter Maguire. Bom, ele é fofo. Esse é um adjetivo que vai se repetido nessa resenha porque ele é... fofo demais. É interessante, pois todos os homens criados pela Nora (pelo o menos os que li) são bem resolvidos, não precisam da ajuda de ninguém... mas o Carter é a timidez em pessoa. E isso é o quê? Fofo.
Sabem aquele personagem meio nerd, que parece quietinho, mas que no fim das contas, surpreende da raiz do cabelo até o dedão do pé? Bom, Carter é esse tipo. Eu o comparo com o Murphy, do livro Laços de pecado (3º vol. da Trilogia da fraternidade). Na verdade, os dois são a prova de que os mais contidos são bem... assanhados.
Carter é um homem reservado, professor de inglês, que usa paletó de tweed e fala sobre as obras de Shakespeare como se fosse um assunto bem trivial. Sempre citando algo. Meio enfadonho? Que nada. Ele é uma gracinha, muito lindo. Como pessoa e de aparência também. Ele nutre uma paixão pela Mackenzie desde a adolescência, mas nunca teve coragem de se declarar. Devido ao casamento da sua irmã, eles acabam se reencontrando de uma maneira bem desastrada. Típico dele, eu diria.
A historia é bem leve, gostosa de ler, super divertida. Em algumas páginas, tive vontade de xingar a mãe da Mac.
Já em outra, me deu vontade de dar uns tapas na senhorita Mackenzie. Mas eu sou assim mesmo quando estou lendo.
Para concluir, estou apaixonada por essas amigas e por essa amizade tão verdadeira que elas têm. E agora já tenho outro bonitão da diva pra suspirar: Carter Maguire.
A fofura em pessoa.
Glauci 24/11/2013minha estante
Kali, vou começar a ler agora!!!
rssss


Lunardi 23/12/2014minha estante
Que resenha bem feita! Parabéns!




Ray 28/06/2022

Álbum de casamento
O primeiro livro da série ?O quarteto de noivas? traz a história de Mackensie, a fotógrafa da empresa Votos, uma empresa de organização de casamentos criada por ela e mais três amigas.

Mac tem certa dificuldade no amor, ela não acredita muito, visto que seus pais não tiveram um bom casamento e se casaram algumas vezes ao longo da vida? Mas o reencontro com um antigo colega de escola a deixa em conflitos e a faz repensar sobre algumas coisas.

Carter Maguire agora é um professor de inglês, ele tinha uma quedinha pela Mac na época da escola mas eles nunca se falavam direito. Felizmente a vida o faz reencontra-lá e desperta os sentimentos que estavam paralisados. Diferentemente da Mac, Carter acredita no final feliz e espera pelo seu.
O reencontro muda a vida dos dois, incomoda a Mac e faz com que o Carter tenha mais certeza do que quer.

A história é um clichezinho gostoso, com bons personagens e um fundo de amizade e união incríveis. Um bom romance rapidinho de ler.

A escrita da autora também foi algo que me surpreendeu positivamente.

Agora, apesar de eu ter gostado da proposta do livro e dos personagens, a Mac me irritou algumas vezes e achei que o final foi extremamente corrido! Sei que é um clichê e sei que ainda tem outros livros pela frente, mas senti que precisava ser mais elaborado.
Num todo, é um livro bom e bem tranquilo mas espero que os próximos sejam melhores. Estou curiosa para a história da Emma.
comentários(0)comente



Juliete 20/06/2021

Uma comédia romântica da sessão da tarde
Esse foi um livro no geral muito gostosinho de ler foi maravilhoso ver a amizade das 4 gurias e o emprego que elas amam tanto inclusive amei que os nomes dos livros tem a ver com as profissões de cada uma na empresa delas.
Eu vi um post um tempo desses que dizia "Eu amo homens escritos por mulheres" e esse livro é um ótimo exemplo disso FINALMENTE eu li um livro de romance onde o personagem principal masculino é que é tímido e desastrado ao invés da personagem feminina (se eu já li algum livro com algo assim eu realmente não lembro) então foi uma feliz surpresa. Eu também me identifiquei bastante com a personagem principal na questão de ter problemas com os pais e de ter um dos pais sendo um egoísta/narcisista, acho que foi por isso que passei pano em algumas partes em que ela foi chata, trouxa ou ficou de mau humor eu entendi muito ela.
Uma coisa interessante que eu tenho notado é que eu não vejo muito em livros sendo abordado o tema da terapia, tipo não teria "resolvido a vida" dessa personagem, mas com toda certeza teria ajudado.
Eu fiquei em dúvida até acabar esse livro que nota eu daria pretendia dar 3,5 porque realmente foi muito gostoso de ler, mas no fim aquele final desnecessário e apressado pra caramba eu decidi por 3 mesmo.

Trechos que gostei:

"AOS 8 ANOS, MACKENSIE ELLIOT já havia se casado catorze vezes."

"Ser feliz para sempre talvez fosse conversa fiada, mas ela sabia que queria tirar mais fotos de momentos que fossem felizes. Porque, assim, eles permaneceriam para sempre."

"-Tristeza. Só um pouquinho. Uma fase da sua vida termina hoje. Não tem problema você ficar triste por se despedir."

"A juventude e a velhice, refletiu. Princípios e fins, vínculos e continuidade. E amor, é claro."

"Certo, ele tinha entendido. Aquilo não era uma conversa. Ele estava ali só para servir de caixa de ressonância."

"Mas de repente me vi no meio de um beijo daqueles de fritar o cérebro, fazer o sangue circular depressa, no ritmo de tambores selvagens. Do tipo "me joga na parede e me chama de largatixa"."

"- Só porque ele é legal, doce, ligeiramente desastrado e beija como um guerreiro? - Emma deu um chute de leve em Laurel por baixo da mesa. - Pois eu sinto cheiro de romance.
- Você sente cheiro de romance até num engarrafamento."

"É, amizade. Essa era a única coisa com que se podia contar sempre."

"- Você mantém minha mente ocupada, Mackensie. Quando estou com você e quando não estou."

"É preciso ter coragem e estômago para conseguir se dar bem na vida sem ter alguém dando apoio."

"- Estava me preparando para esmagar você como a um inseto.
Mac assentiu e pegou um coração de chocolate amargo.
- Comer um doce é melhor.
- Tem razão."

"- Eles eram incríveis.
- Você também é. Não perco tempo com amigas que não sejam."

"- Buracos e quebra-molas? Bem-vinda ao mundo. Toda estrada tem isso. Temos que contorná-los, evitá-los, passar por cima deles ou sair pelo outro lado. O seu problema é que continua dirigindo em frente, caindo direto no buraco que é a sua mãe, fazendo com que isso estrague o restante da viagem. Ela não é culpada por sua pouca habilidade de condução. Você é."

"- Ela não confia em nós porque nada em sua vida lhe deu fundamento para confiar."

"Há coisas na vida que escapam ao nosso controle. Podemos fazer disso uma festa ou uma tragédia."
comentários(0)comente



Annah Oliveira 12/02/2022

Releitura
Já tinha lido esse livro uma vez, me deu saudade e resolver ler novamente. Estava com um pouquinho de medo de não gostar tanto quanto eu gostei da primeira vez que eu li, mas, foi até melhor, não sei como isso é possível.

Carter é um amor. Ele é um daqueles homens que só existe em livros mesmo, de tão perfeito que ele é. Amo demais, Mac e Carter são o casal mais fofo. ???
comentários(0)comente



@leiturasdabah 22/06/2020

AQUELE QUE É MEU QUERIDINHO ❣️
#ResenhaDaBah

Álbum de Casamento/Nora Roberts/288 Páginas

Este é o primeiro livro da Série "Quarteto de Noivas" que conhecemos as amigas Mac, Emma, Laurel e Parker.

Quando crianças todas amavam se divertir organizando casamentos de mentirinha. Depois de anos dessa brincadeira, não é de surpreender que tenham fundado a Votos, uma empresa de organização de casamentos bem-sucedida. Apesar de planejarem o dia perfeito de tantos casais, nenhuma delas teve sorte no amor (ainda).

Em "Álbum de Casamento" temos como protagonista Mackenzie Elliot, fotógrafa e sócia da Votos, que por causa da separação dos pais e do difícil relacionamento que tem com eles, não leva muita fé no amor. Até reencontrar o ex colega de classe, Carter Maguire (UM DOS MEUS MAIORES CRUSHES LITERÁRIOS)

Carter definitivamente não é o seu tipo. Professor apaixonado pelo que faz, que cita Shakespeare e usa paletó de tweed. Devido a uma antiga quedinha por Mac, ele fica atrapalhado na frente dela, o que o torna muito fofo.

Para saber o decorrer desse romance icônico, só lendo essa maravilha (link está na bio ❣️)

A história traz aquele casal inesperado, com uma protagonista independente e linda, e que possui traumas mal resolvidos sobre abandono afetivo e um boy maravilhoso, nerd, lindo, tímido e sarcástico.
A narrativa consegue ser leve, mesmo tocando em assuntos delicados, com uma doçura nas palavras apaixonante.

Temos as amigas inseparáveis como secundárias. Uma amizade feminina natural, íntima e muito linda, que transborda amor, lealdade e companheirismo.

O que Mac não teve com os pais, foi suprido por suas amigas. É um quarteto que aquece nosso coração do início ao fim.

A história é super divertida, a narrativa é em terceira pessoa, bem fluída que consegue detalhar os bastidores da carreira das meninas de forma muito didática, sem ser monótona.

Cada capítulo demonstra e transmite amor, o sentimento mais belo desse mundo ❣️

Esse é um dos meus livros favoritos. O casal é tudo pra mim, releio todo ano e nunca me canso.

Simplesmente incrível, apaixonante e perfeito.

5⭐+

Siga o @leiturasdabah para mais resenhas icônicas

site: https://www.instagram.com/p/CBwXa5xDd6y/
comentários(0)comente



mariacwho 22/10/2022

Álbum de casamento
É um livro bom pra se ler quando se quer algo leve e sem muitas reviravoltas.
O que eu mais gostei nesse livro, foi da amizade das meninas e de como elas se ajudavam e se apoiavam. Achei um amor.
O casal é uma gracinha também, Carter e Mac tem meu coração.
Só não gostei mais, pq até 50% a história não tinha tido muito conteúdo e as vezes era focada demais em partes desnecessárias.
Mas é uma ótima leitura! Gostei muito e com certeza irei ler os seguintes.
comentários(0)comente



lunaelivros 19/06/2020

primeiro livro que li da Nora Roberts e até gostei. Mesmo ele sendo um clichê.

comentários(0)comente



Sueli 29/11/2013

Se Todos Fossem Como o Carter...
Ler Nora Roberts é sempre um enorme prazer, e quando acontece de termos a alegria de três lançamentos em um espaço de tempo reduzido, aí sim é garantia de muitas horas felizes por um longo período.
O que eu mais gostei no primeiro volume da série Quarteto Noivas, Álbum de Casamento, foi o fato de que finalmente eu estava diante de um livro que havia sido publicado no original relativamente há pouco tempo, já que existe uma defasagem enorme entre as publicações dos livros de Nora Roberts, do momento em que são editados nos Estados Unidos e no Brasil, restando muitas vezes como saída a opção de comprarmos seus livros em Portugal.
Então, voltando ao assunto da relativa proximidade dos lançamentos, isso quer dizer que todas as referências que Nora deu aos seus personagens estão muito presentes em nosso próprio cotidiano, como por exemplo o fato dos celulares serem mais modernos, a escolha de Alanis Morissette como trilha sonora, e todas as novidades que sentíamos falta em seus romances, que são em sua maioria contemporâneos.
Dizer que o Carter é um fofo é chover no molhado! Que o livro nos proporciona momentos de alegria e divertimento, certamente será enorme redundância. Que ele nos emociona e nos deixa com olhinhos brilhantes, principalmente para aqueles leitores que entendem perfeitamente a dinâmica dos longos relacionamentos, sejam eles de amizades ou matrimoniais, seria até banal, mas acontece que é verdade! E, está tudo lá... Escrito de uma forma muito simples e direta, e que escrito por Nora Roberts nos faz pensar sobre coisas importantes de forma simples e direta também! Lembrando-nos que não devemos complicar quando é tão fácil ser feliz. Desde que se queira, é claro!
Não poderia deixar de comentar que adorei a tradução de Janaína Senna, que corajosamente deve ter adaptado o linguajar e as expressões idiomáticas americanas para o “nosso” português, dando muita veracidade aos diálogos deliciosos, que a meu ver é o verdadeiro tesouro dos livros da Diva Nora Roberts.
E, por último, porém não menos importante, após tantos livros lidos da minha autora favorita, não posso deixar de dizer que desconfio que o verdadeiro amor de Nora seja o CAFÉ! Leitor se você como eu já leu muitos e muitos livros dela sabe que nenhum de seus personagens passa impunemente por suas maravilhosas histórias sem beber várias e várias xícaras de café... Sem contar que Roarke - o grande amor da minha vida - conquistou Eve Dallas definitivamente - para meu profundo desespero - fornecendo um suprimento inesgotável do mais puro café! Rsrsrsrsr
No mais, é ler e ser feliz!
Fabricy 26/06/2017minha estante
Adorei a resenha Sueli!!! Estou lendo e adorando o universo criado pela Nora!!! É meu primeiro livro dela e já sinto que vou viciar....rs!




516 encontrados | exibindo 1 a 16
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 |


Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com a Política de Privacidade. ACEITAR