Perdido em Marte

Perdido em Marte Andy Weir




Resenhas - Perdido em Marte


318 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 |


Ize 16/10/2020

Lento, contudo não é cansativo
O livro conta a história de tripulação que está em uma missão em Marte. A missão foi abortada devido a uma tempestade de areia. Na hora que eles estavam indo embarcar no veículo espacial que vai levar eles para nave, uma antena se solta e acerta Mark. Os outros tripulantes entram na nave e acham que Mark morreu, mas na verdade ele está perdido em Marte.
comentários(0)comente



Bruno G. Guimarães 15/10/2020

O marciano.
Para mim, foi como ler algo do Michael Crichton com uma pitada considerável de humor.
A história é sensacional! Andy Weir, pelo que sei, é um cara extremamente inteligente e fissurado por viagens espaciais. Assim como Crichton, se preocupou bastante em manter a precisão científica de tudo que relatou. Mesmo se tratando de uma história ligeiramente futurista, onde a exploração de Marte por seres humanos já é realidade, é muito preciso com dados bastante verossímeis .
É uma história gostosa de ler, com personagens cativantes e um protagonista que não tem como não amar.
Foi um livro que me surpreendeu bastante e recomendo sem medo. Se você é fã de ficção científica e de ciência em si, vai amar o livro!
comentários(0)comente



Bianca Martins 04/10/2020

Caramba, que livro!
Esse livro merece as 5 estrelas!
A história é extremamente cativante. A escolha do personagem mais debochado foi perfeita, pois ele explica cada detalhe do que está acontecendo e do que ele está fazendo de uma maneira clara q qq um pode entender e querer ler mais para saber o que vai acontecer.
Eu prendi a respiração e fiquei nervosa por vários momentos do livro e isso é incrível! Fazia tempo que não me sentia tão envolvida em uma leitura!
Agora vou ver o filme!
Livro que vale 100% a leitura!
comentários(0)comente



@danielbped 22/09/2020

?Me dei conta de que Marte é um deserto estéril e de que estou completamente sozinho aqui.?

Durante uma das missões tripuladas da NASA, com o intuito de expandir os horizontes, em Marte, os astronautas foram surpreendidos por uma tempestade de areia que até então não era um problema com o qual eles deveriam se preocupar, de acordo com as estimativas. Porém, a tempestade chegou a uma velocidade que comprometeu a missão, fazendo com que eles tivessem que abandonar o planeta imediatamente, caso contrário, a tempestade iria virar o veículo espacial de lado, os prendendo em Marte por tempo indeterminado. Durante a volta para o veículo espacial, uma antena é desacoplada e atinge um dos astronautas em cheio, o arremessando longe da visão dos outros astronautas. A Comandante Lewis cogita arriscar tudo para resgatar Mark Watney, mas os sensores de seu traje indicam que ele está morto. Com muito pesar, eles entram no veículo espacial e abandonam o planeta vermelho.

Após algum tempo, Mark Watney acorda, ao ser atingido pela antena, ela fincou em seu tórax e por um momento seus sinais vitais zeraram, mas seu sangue coagulou e, por sorte, fechou a abertura que havia entre a antena e o seu traje.

Os astronautas possuem um kit de primeiros socorros, e em Marte, havia alguns preparativos para a missão que foram deixados para trás. O Hab, que é basicamente uma casa, com todos os preparativos para seis astronautas passarem o tempo necessários para a missão. Então Mark utiliza tudo o que está a sua disposição para sobreviver, utilizando seus conhecimentos, pois todos os astronautas possuem duas especializações, e Mark é botânico e engenheiro mecânico.

Ele precisa lidar com vários problemas. Primeiramente, ele precisa avisar ao mundo que está vivo, mas a antena que de comunicava com a Terra foi a mesma que o atingiu. E, também, Mark precisa racionalizar a alimentação, o oxigênio, a água, entre outras coisas, se quiser sobreviver até que possa ser resgatado, se é que isso possa acontecer.

Sem dúvida, Perdido em Marte foi um dos melhores livros que li este ano. Mark tenta lidar com esta situação sempre com ironia, e termina não sendo muito abordado o psicológico dele. O livro é bastante científico em suas explicações, o que torna a experiência bem próxima da realidade. Cada solução que ele utiliza para sobreviver é bem detalhada, o que para alguns pode ser um pouco chato.

Pode esquecer alienígenas e coisas do tipo, o livro é bem focado na realidade, Mark é o único ser vivo em Marte (ele e suas batatas).

Aqui você vai rir, vai ficar preocupado com que vai acontecer a cada imprevisto, e vai se emocionar. Recomendo muito, principalmente para os amantes de ciência.

?Talvez decretem um dia de luto nacional em minha homenagem e minha página na Wikipedia vá dizer: Mark Watney foi o único ser humano que morreu em Marte.?
comentários(0)comente



Paula.Leite 21/09/2020

Imperdível
Ok, você não precisa de uma descrição desse né??!! Eu acabei de passar por uma viagem de 369 páginas. Foram intensas. E eu amei cada segundo. Querem alguém que escreve bem? Andy Weir, que baita escritor. Absolutamente tudo foi fantástico, cada momento científico que eu tive que parar e reler para entender, cada decisão fantástica, assustadora e difícil que o Mark (e a NASA) teve que tomar, e cada uma das batatas. Não só isso, o cenário desse livro é incrível, foi muito difícil de imaginá-lo, mas que aventura. Ainda por cima, é maluco o quão acreditável tudo é. Eu me peguei conversando como se tudo tivesse acontecido, como se nós já tivéssemos ido para Marte. O tempo todo eu estava grudada no livro, doida para conseguir espremer o máximo possível de cada momento. Eu amei todos os pontos de vista e quão bem eles foram orquestrados.

Eu estou apaixonada por esse livro e, assim, ele é simplesmente um dos melhores livros que eu já li.
Definitivamente: LEITURA OBRIGATÓRIA!

Com amor, Paula em uma Estante ?
comentários(0)comente



Jeff.Souza 18/09/2020

Grande livro de ficção científica
O livro é cheio de termos técnicos mas de fácil entendimento. Lê a resenha no Instagram Binóculo Literário https://www.instagram.com/p/B_3Ljx-Dkek/?igshid=qeia8fbklf3h
comentários(0)comente



Fox 29/08/2020

Tão bom qnto o filme, quem sabe melhor. Sua base cientifica e conhecimento deixaram o livro mais verocimel e isso deixou ele muito mais legal.
comentários(0)comente



Thiarles 20/08/2020

Scifi de qualidade
É um livro bom do início ao fim, te prende, a história te dá tantos detalhes quanto qualquer fã de scifi poderia sonhar e pedir. Após tantos desafios que o personagem enfrenta, você se sente aliviado junto com ele.
comentários(0)comente



Lucas Apostolo 20/08/2020

Um convite a ver beleza na ciência
É um livro do gênero ficção científica hard science então (quase) tudo que há de científico apresentado é possível, pode não ter sido realizado ainda, mas é possível e, nesse ponto, o autor descreve com detalhes todos os procedimentos que o protagonista realiza em Marte para tentar sobreviver. Isso é incrível, você vê como ele se vira com o que tem e tenta resolver cada problema usando ciência. A cada vez que Watney pensa numa maneira para se safar de um problema, a cada descrição de como as coisas funcionam em Marte ou a cada explicação sobre os foguetes, o livro te convida a ver mais beleza na ciência.

A parte ruim é que não tem muito desenvolvimento de personagem: apesar de você acompanhar a vida de Watney em Marte, você não fica sabendo muito sobre ele (ou sobre outros personagens), mas isso não chega nem perto de estragar o livro.

A adaptação pros cinemas é muito boa: perde-se um pouco dessas explicações que no livro são mais detalhadas, mas a história é tão bem contada nas telas quanto nas páginas.
comentários(0)comente



Duda 11/08/2020

Perdido em Marte - Andy Weir - 4⭐
Mark Watney, um dos astronautas da Nasa, está em uma missão espacial, juntamente com sua equipe, quando a tripulação se vê obrigada a abandonar o planeta. Infelizmente, o ocorrido desencadeia um acidente e Mark permanece em Marte completamente sozinho, sem que ninguém esteja ciente de sua vivência. Sua única esperança é a vinda da próxima nave tripulada, programada para quatro anos mais tarde, mas para isso ele terá de sobreviver com pouquíssimos recursos durante todo esse período de tempo. Dessa forma, enfrentando inúmeros desafios e dificuldades, que poderiam lhe custar a vida o astronauta, e botânico, prossegue seu caminho superando obstáculos, mesmo quando está prestes a desistir. O livro é escrito em forma de diários, pelo próprio protagonista, onde há uma enorme riqueza de detalhes e conhecimentos científicos muito bem explicados, o que torna a leitura muitíssimo interessante.
A adaptação cinematográfica, mesmo com duas horas de filme, com certeza não conseguiu trazer todos os detalhes que a gente consegue apreciar no livro, eu senti que, se não houvesse lido antes, quando assisti ao filme, não conseguiria compreender muitos acontecimentos que são tão bem explicitados no livro. E há também as divergências da personalidade e das atitudes do personagem, pois, no livro Mark é muito mais sarcástico, apesar de toda a situação, o que trás uma certa leveza a história, não a tornando menos realista. Isso, simultaneamente, é outro ponto que diverge do filme, particularmente, eu o achei muito sensacionalista, tirando o mérito do esforço do protagonista.
Uma leitura incrível, para devorar em poucas horas. 🤗
comentários(0)comente



Pedro 02/08/2020

Livro muito bom
Minha expectativa estava muito alta... mas foi correspondida. Mas vale salientar que, para mim, é um hard sci-fi, tem muita ciência no livro.
comentários(0)comente



Cleiton da Rosa 30/07/2020

Perdido em Marte
Me surpreendi com a qualidade desse livro, leigos podem achar a leitura arrastada,mas o livro tem um embassamento cientifico muito bom,que me fez pensar o tamanho da pesquisa que o autor teve que fazer pra escrever o livro.
Se você tem um conhecimento básico de fisica,quimica não terá problemas em entender o livro.Eu classificaria esse livro como um sci-fi ''pé no chão'', pois a ciência aplicada no livro é a que temos nos dias de hoje com todas as limitações que uma viajem a Marte tem hoje em dia.Concluindo não seria nada fácil resgatar alguém Perdido em Marte.
Rozangela 30/07/2020minha estante
Sou péssima em física e química, mas amei a leitura.




Bia 27/07/2020

...
Eu realmente esperava mais. Eu não gostei muito, é bem interessante na verdade, porém eu acho que seria melhor se tivesse mais foco em alguns assuntos
comentários(0)comente



MariCarolina 27/07/2020

uma comédia sci-fi
Assisti ao filme na época que saiu nos cinemas e me apaixonei, o carisma do personagem, o seu bom humor e a sua desenvoltura eram características que me fizeram amar à obra cinematográfica, então esperei até que o filme saísse um pouco da minha cabeça para ler o livro e poder opinar sobre a sua narrativa sem sofrer uma influencia grande do seu enredo nas telonas.
Pois bem, inicialmente cumpre ressaltar que o narrador principal do livro, esse biólogo/engenheiro que ficou preso no planeta vermelho é extremamente carismático, sarcástico e possuí um instinto de sobrevivência de dar inveja a qualquer um, e, em alguns momentos, faz umas gambiarras no maior estilo brasileiro de fazer as coisas, é impossível não construir uma relação de empatia com ele. A medida que o livro avança somos expostos a outros pontos de vista, no caso, do grupo de resgate dele formado na NASA e do grupo de astronautas que deixou a pobre alma em Marte, dando uma profundidade a mais a circunstancia que é vivida pelo protagonista, seu inegável risco de vida e as manobras que tiveram que ser feitas para proporcionar a sua volta ao planeta Terra.
Cumpre ressaltar que, eu não entendo nada de química/física/biologia nem em solo terrestre, imagina em Marte, mas o livro tem diversos detalhes, cálculos matemáticos, exposição de conceitos físicos que foram explanados de uma maneira que essas informações não são jogadas de qualquer jeito, mas sim acrescentam a nossa sensação de verossimilhança com o que está sendo retratado - novamente, como sou uma noob no assunto, só acreditei no que tava escrito.
É um livro curto, com uma aventura diferenciada, um narrador principal que deveria ser coroado como o rei do sarcasmo e uma escrita fluída, me peguei rindo horrores da maneira como o astronauta falava.
Eu adorei.
comentários(0)comente



Fabs 27/07/2020

Perdido em Marte
Esse livro é PERFEITO, foi um marco pra mim pra ser sincero, lembro como foi gostosa a sensação de ler ele, de me sentir inteligente por entender os problemas complicados da qual o protagonista teve que superar. Se ainda não leu eu recomendo bastante.
comentários(0)comente



318 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 |