A Morte de Sarai

A Morte de Sarai J.A. Redmerski




Resenhas - A Morte de Sarai


144 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 |


Felicidade Clandestina 21/03/2019

Surpreende e eletrizante!
Eu encontrei esse livro por acaso na internet, pesquisando sobre a temática de mafiosos? li a sinopse e resolvi conhecer a história.



Apesar de curiosa, comecei a leitura sem grandes expectativas e sem muito entusiasmo. Já conhecia a autora pela escrita do livro ?Entre o agora e o Nunca? e por esse motivo, estava meio sem esperança de que me conquistasse. Sair de um livro mais amorzinho e ter a habilidade de escrever uma trama com essa temática, e ainda por cima prender o leitor?! Estava duvidosa. A capa do livro é bem simples apesar dos detalhes com sangue. Porém, capas incríveis que mascaram história sem graça de enredo, estão aos montes por aí?

Mas acreditem, a autora conseguiu me prender ao livro logo na primeira página. (Frase clichê rsrs) acabei viajando na história e me sentindo em um filme de ação daqueles que se você piscar, perde detalhes importantes? Todos os problemas que a Sarai enfrenta, nos deixa com a respiração suspensa e um desejo maluco de justiça por todo o acontecido com ela.

O primeiro volume da série, se concentra mais na relação dos protagonistas, de forma que os personagens secundários se tornem meros coadjuvantes.

E vai a fundo na história de Sarai e mostrando alguns lados do misterioso e perigoso, Vitor.

Mostrando que bandidos também tem sentimentos. E o mais legal é que a gente anseia pelo sucesso do amor deles apesar de todo o impossível.

As cenas eróticas são bem descritas e o linguajar chulo só acrescenta mais realidade a elas. O mundo da violência não tem poesia. E tanto Sarai quanto Victor, mostram isso.

A ousadia da autora surpreende e, à medida que a história passa, a gente se vê compreendendo e apoiando as atitudes dos personagens.

Um livro incrível, que coloca nossas convicções em cheque. Será que seríamos piedosos se estivéssemos no mesmo lugar de Sarai?

Sarai não escolheu ser uma assassina. Toda a sujeira que ela viveu em cativeiro, simplesmente a transformaram em quem ela é. Uma pessoa forte e capaz de tudo pela sobrevivência.

E nós, leitores, ao vivenciarmos com ela essa luta, percebemos assustados que seríamos (e sempre seremos!) capazes de agir? da mesma forma.

No final, acabei me tornando muito fã dessa série apaixonante.

E no ano passado, foi anunciado que a série será adaptada para série de TV. Além de amar esses personagens, não vejo a hora de atores reais interpretarem e darem vida a essa história apaixonante.

#ansiosa

Não se esqueçam de me seguir no instagram para ficar por dentro das minha leituras e indicações.



@clandestinafelicidade



Um grande beijo e até a próxima!??
comentários(0)comente



Gisele.Arruda 23/01/2019

Um começo de desanimo, mas um final de quero mais.
A narrativa do livro começou de uma forma a não me prender tanto. Achava tudo meio arrastado, e a própria protagonista me deixava com tédio mostrando a sua história e sua personalidade. Mas com o passar das páginas a história vai prendendo mais, e o que nas 80 primeiras páginas parecia arrastado pra mim, começou a se tornar mais viciante e me fazer perguntar ?o que vai acontecer agora??. Da metade para o
fim o livro é bom demais. A relação entre Sarai e Victor passar a ser muito envolvente e cheia de química, mas com aquela pitada de desespero e o sentimento confuso de ser certo apoiar aquilo ou não. O final é realmente muito bom e pra quem tava de saco cheio do livro no começo, eu não vejo a hora de ler a continuação. Amei!
comentários(0)comente



Rochely 19/12/2018

Que venha O Retorno de Izabel.
Primeiro livro que leio desta autora, a trilogia dela " Na companhia de assassinos", conta com A Morte de Sarai como primeiro livro.

Sarai é uma menina que foi levada ainda criança para morar no Mexico com um traficante. Após 9 anos presa ela vê uma oportunidade de fuga, ela se esconde no carro de um Americano, Victor que esta sendo contratado para matar alguém, sim, ele é um matador de aluguel integrante da Ordem.
Sarai começa a ser caçada pelo traficante ao fugir do seu cativeiro, e por mais que Victor não queira acaba ajudando, e protegendo Sarai colocando em risco sua vida e sua posição na Ordem, pois quebra todos os protocolos ao ajuda-la.
Mas claro que começa a rolar um romance no meio de tudo isso, uma atração.

Eu não sei se podemos chamar de romance, ele é bem diferente de livros de romances, temos de um lado uma menina que passou a vida lidando com mortes, e ameaças e pessoas morrendo e sendo violentadas ao seu redor e um assassino de aluguel que entrou na ordem as 13 anos, e mata geral desde então. Mas claro que mesmo os mais frios tem coração. E Sarai começa a tocar o coração do nosso assassino mesmo ele lutando contra esse sentimento.

Eles se veem em um situação delicada, Sarai não tem família, não tem para onde ir, não tem identidade, não tem dinheiro, não tem casa, e o único lugar que ela quer ficar é ao lado de Victor, mas acontece que ele é um assassino contratado pelo empregador para realizar serviços ao redor do Mundo, e Sarai não pode ficar com ele, mas ela também não consegue deixa-la.

Achei a história boa, mas o que mais me chamou atenção foi a construção dos personagens tanto Sarai, Victor e até mesmo Niklas é muito bem feito.
O livro é contado pelo ponto de vista de Sarai e Victor o que torna tudo mais interessante, ainda mais para entendermos a cabeça de ambos, porque temos de um lado uma menina que já esta "acostumada" "calejada" com situação que pessoas normais não reagiriam de certa forma, e temos um Assassino que esta redescobrindo seus sentimentos, e lutando contra esse lado seu.

Estou louca para ler o Retorno de Izabel, para ver o que Sarai irá aprontar como Izabel, só para vocês entenderem Izabel é uma " personagem" que Victor da a Sarai para ajuda-lo em uma das missões.

Mas chega de contar para não ter Spoilers. Vale muito apena ler, a historia e bem construída, e espero que o segundo livro venha para fechar esse romance de um jeito surpreendente.

Ultima informação o terceiro livro " O cisne e o Chacal" da serie Na Companhia de Assassinos é sobre Frederik, um personagem que aparece brevemente neste livro, acho que podemos ficar de olho nele.


comentários(0)comente



Tati.Lima 28/11/2018

Excelente...
Q livro ótimo ...q história ótima...eu amei os personagens e o desenvolvimento dessa intensa história entre eles...muito muito bom...ansiosa para começar a sequência e ver onde isso vai parar...
comentários(0)comente



Nara Santana 19/11/2018

Devorei esse livro!!!! Estou MUITO ansiosa para ler a continuação dessa estória!
comentários(0)comente



Erika.Santos @literandofotos 20/09/2018

A Morte de Sarai
Editora: Suma de Letras
Páginas: 256
Sarai foi levada pela mãe para a fortaleza com 14 anos, Fortaleza é o esconderijo usado por Javier Ruis, um poderoso chefão do tráfico de drogas, mulheres e arma no México. A mãe de sarai é uma dependente química e mantém relacionamento com Javier até morrer e Sarai se tornar sua amante, pois ele se apaixonara por ela desde que a viu. Sarai presencia as piores coisas na fortaleza, estupros, violência e assassinatos. Sarai ver um americano misterioso chegar a fortaleza e encontra nele sua chance de fugir. Como Sarai não foi comprada, foi levada pela mãe, isso fez com que ela se tornasse a preferida de Javier, fazendo ele começar uma busca sangrenta por ela.
.
?Javier viu algo em mim que não via nas outras garotas. Eu chamo de obsessão doentia, ele chama de amor.?
.
Eu amei o livro, cheio de ação, fazendo eu devorar cada página.
5 ?
comentários(0)comente



Jamile.Baliza 28/07/2018

Viciante!
Já tinha esse livro a algum tempo, mas toda vez que olhava pra ele, escolhia outro... Superou todas as minhas expectativas e além delas... instigante e viciante. Amei!
comentários(0)comente



Mayhara 24/06/2018

Me tirou da minha zona de conforto
Não que eu nunca tenha lido histórias em meio a sangue e violência, mas acontece que estamos lidando com uma historia de amor em meio a assassinos, sangue e, óbvio, morte. Parecido com isso, somente os romances de livros de fantasia.

Bom, esse livro me foi indicado no grupo no Facebook do Skoob, onde eu pedi indicações justamente por estar cansada de histórias fofinhas, e eu achei sensacional! Até torci o nariz pro livro por já conhecer a autora, achandl que é mais do mesmo...realmente é uma surpresa.

Como consta na sinopse, o livros trás a síndrome de estocolmo de forma leve, porque Sarai já estava calejada de prisões, Victor não né exatamente seu carcereiro, mas ao mante-la presa enquanto fogem, dá a entender a referida síndrome.

Amei os personagens, só gostaria que tivesse sido tratado o mundo fora dos personagens principais, tomara que aconteça nos próximos livros que estou afinzona de ler.

Super indico!
comentários(0)comente



Carla Martins 11/06/2018

Adorei!!!
mais em: https://leituramaisqueobrigatoria.blogspot.com/

A Morte de Sarai é um livro que me deixou louca de curiosidade logo pela capa. Ando numa fase meio suspense, lendo vários e vários livros nesse estilo. Já tive a fase erótico, agora to nessa. Qual será a próxima? Só Deus sabe...

Voltando ao assunto do post,o livro prometia ser um suspense arrebatador. E a promessa foi cumprida! E muito bem cumprida. Eu fiquei simplesmente viciada na história, que é bem escrita, misteriosa e mega intensa.

A história de Sarai e Victor vai acontecendo tão gradualmente que a gente fica ali torcendo a cada página e se envolvendo cada vez mais com a história.

Achei o final um pouco fraco, confesso que esperava mais. Mas super vou ler o segundo livro, que inclusive já está aqui na minha estante, só me esperando. :)

A trilogia contem:
- A morte de Sarai
- O retorno de Izabel
- O cisne e o Chacal
comentários(0)comente



Samanta Amorim 09/06/2018

É um livro realmente intrigante. Se conseguirmos nos envolver na história faltamos devorar até a última página. Ao mesmo tempo que eu não gostei muito da personagem principal eu entendi o porquê dela ser daquela forma e agir daquele jeito, tão impulsivamente. Algumas partes do livro eu simplesmente não aceitava o quê estava acontecendo, o final do livro é daqueles que ou você ama ou você odeia, eu particularmente diria que gostei, não consegui imaginar outro desfecho para o livro, e o final me pareceu bem justo :)
comentários(0)comente



mirna 05/06/2018

A Morte de Sarai
Simplesmente amei! Historia eletrizante, bem escrita, parece que eu estava vendo um filme. A história mistura ação e romance onde os protagonistas se vêem em situações difíceis, de abusos tanto físicos como psicológico, personagens que mostram as piores atitudes em situações inimagináveis na luta pela sobrevivência, a história é mais que sobre uma jovem em fuga, é a descoberta de quem ela será a partir desse ponto e onde ela se enquadra no mundo "normal" onde esse tipo de coisa não existe.
Que venha o segundo! ????
comentários(0)comente



Lídia | depoisdaleitura.com.br 20/05/2018

[RESENHA]: A Morte de Sarai (Na Companhia de Assassinos #1)
Olá pessoas, tudo bem com vocês? Eu não estou muito bem hoje e aproveitei meu tempo de molho na cama para escrever essa resenha. Bom, o livro que eu trouxe hoje tem um gênero bem diferente que costumo ler e resenhar. O gênero policial as vezes chama a minha atenção. A Morte de Sarai é um livro sobre tráfico de mulheres, traficantes mexicanos e mortes, sim, muitas mortes.
.
Sarai é uma mulher de 24 anos que, desde pequena encontra-se aprisionada em um local desconhecido no México. Nenhuma mulher conseguiu fugir dessa fortaleza. Sarai é a preferida do Javier (traficante), com isso, ela em algumas "liberdades". Desde sempre Sarai tenta bolar um plano para sair da fortaleza e voltar para sua terra natal. E, esse dia chegou após ela conhecer um americano que estava negociando com o chefe do tráfico. Ela correu muito para sobre viver, e estão conhecemos o Americano.
.
Victor é o nosso homem misterioso. Ele faz parte de uma organização que presta serviços para matar em troca de muito dinheiro. E, matar não é problemas para ele. Ele estava fazendo um acordo com Javier, mas sua visita veio com um presentinho no porta malas. Agora Victor tem que cumprir o acordo com Javier e conviver com Sarai. Porém, um novo acordo foi feito, morte, ameaças, armas, perseguições e no meio de tudo isso temos Sarai, que tentará sobreviver a Javier e Victor.
.
Quando eu comecei a ler essa história eu já me interessei pelo drama da Sarai. Uma mulher que vive para sobreviver e já passou por muita coisa. Li esse livro porque é da mesma autora do livro Entre o Agora e Nunca. Além de me tirar da zona de conforto, adorei a história e acho que o segundo livro será ainda melhor. Temos um pequeno romance envolvido em tanto sangue. Recomendo esse livro para quer gosta de livros policiais.
.
É isso gente, um beijo até mais.

site: https://www.instagram.com/depoisdaleitura.lm/
comentários(0)comente



Sah 15/05/2018

Sabe aquele livro que te prende do começo ao fim? É. O. Próprio.

O final é demais.

Bem, li a duologia "entre o agora e o nunca" e o "entre o agora e o sempre", da mesma autora e gostei, mas não amei. Já esta série, "Na companhia de assassinos", onde "A morte de Sarai" é o primeiro livro e simplesmente envolvente, emocionante!

Sério, você precisa ler este livro!
comentários(0)comente



Mayara.Souza 23/04/2018

Este livro é ótimo. Te prende do começo ao fim! Super recomendo.
comentários(0)comente



Dayanne 06/03/2018

Não sei opinar!
Vamos lá, eu li tantas resenhas boas sobre o livro, tantos comentários positivos, que cheguei a pensar, legal, vou ler um livro bom, e sinceramente?
Não sei opinar!
Sério, sem dramas.

Talvez tenha spoiler, mas tentarei ao máximo não dar.

Mas vamos lá, pra você entender, não farei resenha, darei minha sincera opinião.

Saraí: sério, essa garota tem sérios problemas psicológicos, e não estou falando com cinismo, estou falando sério. Você ficar em cativeiro por 9 anos, quando vê uma oportunidade faz de tudo pra fugir, e quando consegue, quando tem a chance de ter uma vida normal, a pessoa escolhe permanecer no lado negra da força? Só me diz que ela tem grandes problemas emocionais e psicológicos a tratar.

Victor: no início eu entendia ele, sério, mas depois? Não, o cara é egoísta, ele está vendo ela se auto destruir e continua permitindo que isso aconteça, apesar dele mesmo falar que quer dar a oportunidade dela de ter uma vida, chega de sofrimento. Mas não, tudo porque? Quer ela perto.
Mas no fim, eu gostei do que ele fez, pra mim agiu certo, depois de ter deixado cagar tudo.

E o romance? Forçado, e eu não chamaria o que eles tem de amor, ou paixão, nem sei se existe uma palavra pra definir, acho que seria desejo? Atração? Sei lá, só meio pah pum!

Se irei ler o segundo livro? Não sei, estou até com medo, porque nesse houve tantos comentários positivos e me decepcionei.
Já deveria esperar, porque a autora escreveu um livro incrível em Entre o agora e o nunca, mas cagou a continuação.
Se eu vier a ler O retorno de Izabel (continuação) será pra tirar a curiosidade e se vale a pena, vai que o primeiro foi meio blaaah pro segundo ser muito bom né?!
Assim espero, enfim, é isso.
Recomendo? Não, mas vai por sua conta em risco!
Pamella.Ribeiro 27/04/2018minha estante
Eu li um pouco do segundo livro e ñ tem nada a que temer, pode ler eu recomendo o segundo é muito melhor que o primeiro, se tiver errada pode brigar comigo ou me dá um sermão.




144 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 |