Uma Semana Para Se Perder

Uma Semana Para Se Perder Tessa Dare




Resenhas - Uma Semana Para Se Perder


144 encontrados | exibindo 31 a 46
3 | 4 | 5 | 6 | 7 | 8 | 9 |


Nathane 23/05/2020

Uma semana para amar
Será que todo Colin é fofo daquele jeito?
E Minerva? Garota destemida, forte e inteligente. Meu novo casalzinho ?
comentários(0)comente



Mona 20/05/2020

Simplesmente maravilhoso!!!!
Coração aquecido com esse livro maravilhoso, envolvente, fluido.......
Leiam
comentários(0)comente



may 20/05/2020

Nada como um bom clichê
Estava com expectativas altíssimas para esse livro e confesso que comecei a ler a série por causa da sinopse desse livro.

É o perfeito clichê de duas pessoas que se odeiam, Colin e Minerva, mas acabam desenvolvendo sentimentos em uma viagem para um simpósio de Geologia (quem é geólogo sabe o que se pode esperar nessas viagens).

Os personagens são tão engraçados, as discussões sempre geram boas risadas.
comentários(0)comente



Karyne.Maganin 18/05/2020

Se você é amante de livros de época e está disposta a se apaixonar por um um libertino, vale a pena conhecer spindle cove e tudo que Collin e Minerva podem apresentar a você.
comentários(0)comente



Silvana - Blog Prefácio 14/05/2020

No ano anterior a Sra. Highwood veio para Spindle Cove com suas três filhas solteiras passar as férias de verão por causa de um problema de saúde de Diana, a filha mais velha. O clima do lugar é perfeito para as jovens mais frágeis se recuperarem. Mas não foi só Diana que se beneficiou de Spindle Cove, Minerva, a filha do meio acabou sentindo se em casa já que em Spindle Cove Minerva pode ser ela mesma, uma garota que ama ler e também se dedicar a sua paixão pela geologia. Mas o verão acabou se transformando em meses quando Colin Sandhurst Payne, o Lorde Payne chegou ao local com seu primo Victor Bramwell, Conde de Rycliff. Certa de que Lorde Payne logo vai pedir a mão de Diana em casamento, a Sra.Highwood foi prolongando a estadia em Spindle Cove.

Mas Minerva sabe que isso não pode acontecer porque Lorde Payne é um libertino no pior sentido da palavra e se Diana, a garota com o coração mais bondoso do mundo se casar com ele, Minerva sabe que sua irmã vai sofrer pelo resto da vida. Então ela tem uma ideia para afastar Diana de Lorde Payne e de quebra ajudá-la a realizar seu sonho. Minerva procura Lorde Payne com uma proposta nada decente. Ela quer que Lorde Payne a acompanhe até a Escócia para apresentar uma grande descoberta em um simpósio de geologia, fazendo assim com que todos acreditem que eles fugiram juntos. Ela vai sacrificar sua reputação em troca da felicidade da irmã.

Em outras épocas Colin não pensaria duas vezes para negar a proposta de Minerva. Primeiro que ele apesar de ser um libertino, nunca o foi com garotas inocentes. E segundo que ninguém vai acreditar que eles fugiram juntos já que Minerva descrita pela própria mãe é sem graça, estudiosa, absorta, desajeitada com os cavalheiros e, sem salvação. Mas Minerva tem certeza de que vai ganhar o prêmio em dinheiro oferecido para a melhor apresentação e diz que vai dá-lo para Colin. E dinheiro é o que ele mais precisa no momento, já que quem controla sua herança é seu primo Bram, que não pretende dar o comando a Colin antes do necessário. Mas Colin só decide a ir mesmo depois que Minerva diz que se ele não for vai sozinha. E os dois vão descobrir que uma semana é o que basta para eles se perderem um no outro.

"Impossível? Por que é impossível que um homem se apaixone por uma garota improvável? Talvez Minerva não seja a garota mais bonita do local, mas pode ser que Lorde Payne tenha visto beleza em sua mente curiosa, ou em seu espírito independente. Será que é mesmo tão impossível que uma garota imperfeita seja perfeitamente amada?

E a Tessa acabou de se tornar a minha autora favorita de romances de época. Ela já vinha brigando pelo posto com a Sarah MacLean há algum tempo, mas com esse segundo livro da série Spindle Cove ela finalmente reinou absoluta. Que história maravilhosa. Eu acabei de ler o livro e nem sei o que dizer dele porque na verdade queria escrever aqui algo que fizesse todo mundo correr para ler ele. Mas parece que quando a gente ama tanto um livro, acaba de não conseguir colocar em palavras tudo o que ele significou para a gente. Mas vou tentar passar um pouco do tanto que a Tessa foi maravilhosa com essa história.

Para quem ainda não sabe esse livro faz parte de uma série. Cada livro vai contar a história de uma das moradoras de Spindle Cove, um lugar para onde as garotas da sociedade vão em busca de cura para uma enfermidade física ou para um coração partido. E também sempre tem um lugar especial para aquelas que não se encaixam nas regras de perfeição da sociedade londrina. E apesar de dar para ler as histórias separadas, acho muito interessante que sejam lidas na ordem em que foram escritas porque os personagens da série participam das histórias uns dos outros. O casal desse livro mesmo já teve suas tretas lá no primeiro livro da série. E nesse também já foi apresentado o casal do próximo livro.

Eu gostei muito das duas primeiras histórias da série. Favoritei o primeiro livro como fiz com esse. Mas se for para comparar os protagonistas das duas, Uma Semana Para Se Perder ganha de longe de Uma Noite Para Se Entregar. Principalmente por causa do protagonista masculino. Colin é incrível gente. E olha que eu não tinha gostado do jeito dele nos livros anteriores. Mas a forma com que ele trata Minerva não tem como não se apaixonar. Minerva tem baixa autoestima e Colin faz com que ela veja tudo o que ele enxerga nela. É lindo de ver como ele vai rompendo as barreiras dela e chegando em seu coração.

E o melhor eu ainda não disse. Minerva tem uma profissão que hoje em dia não é valorizada, imagine naquela época e ainda uma mulher fazendo aquilo. Ao ler tudo que eles passam durante a história, porque é uma aventura o que eles vivem em uma semana, é de se imaginar que a preocupação de Minerva com suas descobertas fosse ser uma "bobagem" perto de tudo o que eles enfrentam. Mas não para Colin. Ele incentiva e dá valor ao trabalho dela. As vezes, muito raro, acontece da gente encontrar um homem feminista em um romance de época. Acho que é o segundo que eu vejo. E quando isso acontece tem que aplaudir a autora por ter escrito alguém como ele.

E Minerva não fica atrás. Apesar de ter a autoestima lá no chão, por culpa da mãe dela, ela consegue lutar pelo o que quer. E quando ela "descobre" com a ajuda de Colin que sua aparência não importa, e com isso não estou dizendo que ela era "feia" (até porque beleza não é uma verdade absoluta), ela ganha confiança e enfim começa a acreditar que pode ser feliz. Esses dois foram feitos um para o outro e fazia tempo que não torcia tanto por um casal como torci por eles (mesmo já sabendo que iam ficar juntos hehe). A história se passa em sua maioria na estrada, então temos uma participação menor dos moradores de Spindle Cove, mas eles ainda aparecem ocasionalmente. E para finalizar tenho que falar da capa, que novamente tem tudo a ver com a protagonista. Amei os óculos na mão da modelo.


site: https://blogprefacio.blogspot.com/2020/04/resenha-uma-semana-para-se-perder-tessa.html
comentários(0)comente



Dani 13/05/2020

Um dos melhores romances que já li!
Envolvente, sedutor, improvável! São essas as palavras que descrevem o meu sentimento sobre esta obra! Comecei lendo o segundo livro da série, por ter captado meu interesse na sinopse. Minerva é a estudiosa improvável para a escolha de um devasso Visconde, Lorde Payne, cachorro, cafajeste, devasso e irresistível! Que faz todas as mulheres babarem por ele, mesmo tendo comportamento tão repreensível, o que leva à Minerva repudiá-lo. A provocação e o desgosto entre eles é palpável, mas a antipatia aparente pode mascarar a atração oculta. Eles passam pelas mais improváveis situações à caminho do simpósio de Geologia, que é para onde fogem juntos, e quanto mais tempo dividem em sua aventura, mas difícil fica para ignorar a crescente atração entre ambos! Apaixonante! E por mais que tenha outros livros na série e personagens em comum, considero cada leitura independente, mesmo tendo aspectos que interligam as histórias!
comentários(0)comente



Amanda 30/04/2020

5 estrelas
Confesso que comecei essa história porque me apaixonei pela escrita divertida da Tessa! Kkkkkkk Essa série é incrível de divertidaaaa! Imaginei que não seria tão incrível como ?Como se livrar de um escândalo? (e sim, eu leio as séries na ordem que me dá na telha... kkkkk) Mas confesso que a jornada de Colin e Minerva, ali depois do capítulo 5/6, é muito engraçada! As histórias que Colin inventa me fizeram rir alto!!! Todas elas! (Mas a da mansão do Duque?! Prepare-se pra rir até a barriga doer! Kkkkkkk) Me apaixonei pelo jeito leve e divertido do mocinho, coisa que, no geral, não é muito comum nos mocinhos de época, sempre mais fechados e sérios, enquanto as mocinhas ?quebram suas cascas?. A proposta aqui é o oposto, ele é leve e divertido e ?quebra a casca? de uma mocinha extremamente séria e centrada... curti! Kkkkkkk E o final?! Aaaa o
final é surpreendente de uma forma muito especial! Toda mulher merecia um Colin em sua vida! E o mundo se beneficiaria muito de homens como Colin por aí.... p.s.: eu também acho que o epílogo desse livro poderia ser diferente (como o outro que li dessa série, eu sinto falta do drama, fazer o que...kkkk) mas não deixa de ser lindo, leve e divertido! Muito merecedor de 5 estelinhas!
comentários(0)comente



Gabriela Goulart 25/04/2020

" Quando uma garota se arrasta penosamente, debaixo de chuva, no meio da noite, para bater na porta da casa do diabo, este deveria no mínimo ter a decência - se não a indecência - de atender".

Adorei Minervar e Colin, porém tinha momentos que que queria bater na Min, ela conseguia me irritar, mas o livro é muito bom, vale a pena a leitura.
comentários(0)comente



Lua 22/04/2020

Arrebatador de coraçõezinhos!
Sem dúvidas Minerva Highwood é uma das minhas personagens favoritas, perdendo para Susanna (do primeiro livro da série). No entanto, seu livro "Uma semana para se perder" é o meu preferido da série Spindle Cove. O livro trás mocinhos não tão mocinhos, e uma protagonista verdadeira e real (Assim como todas que a querida Tessa escreve ? pausa para uma reverência.) A questão é: O ponto inicial do romance se dá quando nossa protagonista tida como tímida e reclusa, toma coragem e decide ir em busca dos seus sonhos. No entanto, para isso, ela precisa da ajuda de Colin. Improvável que isso dê certo, não é?
Porém, nossa inteligente escritora (mais uma vez) nos mostra que O AMOR gente, ele é lindo, e o melhor é quando a gente teima sempre em dizer NÃO, quando na verdade queremos dizer SIM.
Colin luta pela fama de libertino, quer por tudo no mundo não admitir que está ? verdadeiramente ? encantado por Minerva. Por suas sardas, seus óculos e seus cabelos fartos.
Você não vai se arrepender de ler esse livro. Além de conter cenas hilárias e uma leveza tênue, Uma semana para se perder não somente promete uma Aventura até a Escócia, como também, conquistar o leitor ardentemente.
comentários(0)comente



Julie 07/04/2020

Cada vez mais apaixonada pela Tessa Dare
As narrativas dela são deliciosas, as personagens cheias de humanidade e as tensões sexuais... muita criatividade, só posso dizer que amo hahaha
Ai, apenas leiam, Minerva e Colin tudo pra mim, vcs vão se divertir bastante com os dois.
comentários(0)comente



Júlia 30/03/2020

Minerva Highwood e Colin Sandhurst. Um casal diferente que conquista o leitor logo no início..
comentários(0)comente



Sah 25/03/2020

Aawnnn é tão fofinho! Eu estava ansiosa por esse casal!
O livro não é perfeito, mas é muuuuito bom!
Amo o estilo de escrita da Tessa, ela é tão engraçada e envolvente. Um amorzinho!
comentários(0)comente



Ana Magiero 20/03/2020

📖 06/60: Uma semana para se perder. Tessa Dare. 5/5 🌟 288 páginas.
Segundo livro da série Spindle Cove, nesse romance de época encontramos o casal mais engraçado e o menos provável – pela sociedade, claro. A geóloga Minerva Highwood acabou descobrindo um fato extraordinário, mas para isso, precisa ir para a Escócia e revelar o que descobriu, mas uma dama não pode ir viajar sozinha, por isso, Minerva acaba pedindo ajuda para o mais insuportável ser de Spindle Cove: Lorde Colin Payne.
Payne acaba ficando preso nessa pequena cidade rodeado de jovens solteiras e isso está enlouquecendo-o. Ele precisa sair dali, por isso, quando Minerva aparece com uma proposta insana, ele fica tentado a embarcar junto com ela nessa viagem que poderá fazê-los se matarem ou se apaixonarem perdidamente.
Confesso que nunca esperava essa história tão envolvente. Os dois personagens já aparecem no primeiro livro e eles são os típicos cão e gato. Sério! É quase impossível afirmar que esses dois um dia seriam um casal, mas claro, Tessa Dare não brinca em serviço e além de escrever um romance lindo, cria uma história surpreendente por trás. JURO! O mocinho não é tão mulherengo assim (tenho uma teoria que todos os Colins de romances de época só têm a fachada de serem mulherengos) e ele tem um passado tão inesperado, que sério, reli duas vezes para ver se não li errado. Já a nossa protagonista é tão – perdão a palavra -, mas tão MARAVILHOSA, que você só torce para ela chegar logo no simpósio e mostrar ao mundo que uma mulher pode sim ser inteligente, pensar por si, descobrir fatos incríveis e bota os homens no chinelo. Sério, esse livro é tão a frente da época em que ele é narrado e muito espetacular ler isso.
Eu não estava dando nada por esse segundo livro da série, pois sempre tenho um receio quanto continuações de séries, mas dessa vez, não me decepcionei nenhum pouco. Só tenho que agradecer a autora por nos propiciar um romance esplêndido, com personagens incríveis e de tirar o fôlego. Com uma pitada sensual que não deixa a história pesada. Só leiam.
comentários(0)comente



Deiseane.Dantas 12/03/2020

Bom!!!
Recomendo
comentários(0)comente



Lilian 09/03/2020

Gosto quando o personagem se redime, mostra que é só fachada kkkkk. Adorei o livro .
comentários(0)comente



144 encontrados | exibindo 31 a 46
3 | 4 | 5 | 6 | 7 | 8 | 9 |