Mentira Perfeita

Mentira Perfeita Carina Rissi


Compartilhe


Resenhas - Mentira Perfeita


252 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 |


Kennia Santos | @LendoDePijamas 10/04/2016

Você teria me satisfeito por uma vida inteira. Dez vidas. Cem delas, Júlia.
Carina minha diva, você quer ME DESTRUIR?
Eu NÃO vou começar essa resenha de forma normal, porque o que esse livro me causou DEFINITIVAMENTE não foram reações normais, então...
Esse livro é perfeito. PERFEITO. P-E-R-F-E-I-T-O.
Só de lembrar, me falta o ar. Não sei o que expressar, o que dizer ou como reagir, é MAGNÍFICO, MARAVILHOSO.
Pronto. Desabafo feito via caps-lock, agora vamos à resenha.
Júlia é a típica garota exemplar. Genial em TI, trabalha com programação na L&L cosméticos e é uma profissional dedicada e objetiva. Fora do ambiente de trabalho, ela vive em prol de uma coisa: manter a saúde de sua Tia Berê, o único vestígio de família que lhe restou nesse mundo, e que desde sempre a amou como se fosse uma mãe e lhe deu tudo do bom e do melhor.
E é por isso que quando tia Berê têm graves complicações na saúde, Júlia vê o mundo desabar aos seus pés. Mediante a um grande mal-entendido, ela se encontra numa emboscada, onde supostamente tem um namorado que a ama demais e está prestes a pedi-la em casamento. Quando recebe a notícia, o estado de Berenice muda completamente, pois nunca foi casada, e tudo que mais deseja é ver seu sonho ser realizado em sua sobrinha-filha. Quando sai do hospital, a senhora gasta todas as suas economias investindo no grande suposto casamento de Júlia, com direito a todos os tipos de mordomias e mimos.
Júlia, ao saber, entra em total desespero. Mas de ONDE ela, a geek, diferentona, que sempre teve problemas para se inserir numa vida social, com um passado cheio de mágoas e medos, que ama fatos culturais inúteis e vive tentando fazer piadas (que Dênis, seu melhor amigo, diz que não tem graça NENHUMA) e sempre tenta ser A MELHOR naquilo que faz independente da área, iria conseguir um NAMORADO-FUTURO-NOIVO assim, de uma hora pra outra?
E é aí que Marcus Cassani aparece.
Quando sua melhor amiga, Amaya, a pede pra levar alguns papéis pra Alicia Bragança (presidenta da L&L) assinar com urgência, o que ela menos esperava encontrar era aquele par de olhos verdes INCRÍVEIS e aquela massa de cabelos negros que AH! não deveriam ser permitidos pela lei.
Até ele abrir a boca.
Babaca. Idiota. Arrogante. Insuportável.
Júlia não consegue entender como aquele ser humano pode ser TÃO atraentemente estúpido.
É quando ele faz uma proposta.
A princípio ela nega veemente, alegando que JAMAIS faria algo assim. Mas, depois de pensar de forma mais clara, visando o melhor para a saúde de Tia Berê (que parece PRECISAR que Júlia encontre o verdadeiro amor antes que ela se vá) ela aceita. Com condições pré-determinadas, claro. Limites impostos.
O que ela não sabia?
É que, com Marcus Cassani, NÃO HÁ LIMITES.
Há exatamente o contrário.


Juro que, esse livro me causou diferentes sensações do início ao fim.
No começo, a história estava bem relax se comparada as outras obras da autora, tudo estava bem, normal. HAHAHAHAHAHA. Normal e Carina são palavras que não combinam. Ela AMA brincar com nossas emoções, AMA!
Júlia é uma personagem EXCELENTE, sério. Tem aquele jeitinho nerd, toda atrapalhada e tentei-não-ser-sexy, dá dois passos e tropeça 400 vezes.. se preocupa com aqueles que ama mais do que consigo mesma, priorizando sempre o bem-estar deles. Não tem aquele fogo todo de se mostrar atraente pro sexo oposto visto que, um relacionamento não é seu objetivo. Altruísta, engraçada, alegre, sonhadora.. sempre externando o melhor de si para não deixar transparecer o que ocorre por dentro. Nunca pisa em ninguém visando vantagem própria. Assume responsabilidades e culpas que não a pertencem. De todas as personagens da Carina, ela é sem dúvida A MELHOR.
Marcus é... AH, MARCUS!!
Eu quero muito descrevê-lo, mas é tão tão difícil sem dar spoiler, então vou resumi-lo aqui: INSPIRADOR, LINDO E FORTE, MUITO FORTE. É claaaaaaaaaaaaro que, pega mesmo. Mesmo mesmo. Mesmo mesmo mesmo. Mas sabe o melhor disso? É ver a evolução transcorrida durante a história.
O relacionamento postiço dos dois, é uma coisa hilária. HILÁRIA. Caramba, como eu ri. Ambos inexperientes em coisas sérias assim, tentando reformular tudo e despistar o inevitável em situações improváveis e ao mesmo tempo tão óbvias.
(Quero muito, MUITO falar mais, só que vou me segurar novamente para não dar spoiler).
PS.: Pra quem leu Procura-se um marido, pode se animar, porque haverão bastante cenas do Max e Alicia (confesso que até então não era grande fã, mas agora, sou FÃ DEMAIS) muito mais maduros mas continuam com aquela COISA TODA deles *-*

O que posso resumir desse livro?
Me fez rir (muito), suspirar (alto), querer chorar (intensamente), refletir (profundamente) e o melhor... me fez ter esperança.
Não foram apenas os personagens que me fizeram amar. A história é linda, LINDA. Não irei dizer que foi o melhor livro da Carina, mas foi, sem dúvidas, A MELHOR HISTÓRIA.
Porque ela consegue gerar o misto de sensações, um choque de conceitos, nos faz refletir em atitudes e opiniões que nós temos de forma tão automática e o quanto isso pode ferir o destino das mesmas.
Mentira perfeita consegue mostrar que, o amor pode nos pegar de surpresa, e o quanto pequenas atitudes podem se tornar o melhor momento do nosso dia.
Um sorriso, um abraço, um toque.
A forma que lhe é redigido o olhar, pode mudar suas estruturas internas. A intensidade desse olhar, pode lhe causar um impacto tão grande capaz de te fazer sentir todos os seus milhões de células queimando sua pele.
Mostra também que ao lado das pessoas certas, o que é taxado como limitação ou impossibilidade, pode se tornar nada, NADINHA. Porque o que realmente importa vai estar no seu interior, no seu caráter e na forma que você pode fazer alguém se sentir.
Quem me conhece, sabe que pra escrever coisas assim, sentimentais, eu devo estar doente ou completamente abalada.
Eu estou.
Não vejo outra forma de descrever esse enredo MAGNÍFICO, com personagens APAIXONANTES, discursos de TIRAR O AR. Carina narrou com maestria tudo, terminou de forma tão tão tão TÃAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAO perfeita (quero muito gritar, sério) que me deixou com lágrimas nos olhos, rir feito louca, amar muito tudo, repensar a minha vida e atitudes.
PARABÉNS CARINA, VOCÊ É MESTRA.
Eu estava tão confuso quando você me encontrou. E não sei ao certo o que teria acontecido se você não tivesse aparecido e dado sentido à minha vida. Antes eu pensava em você como uma coceira que eu não conseguia me livrar. Agora eu sei que é mais do que isso. É uma infecção grave, que afeta tudo dentro de mim. Uma infecção da qual jamais vou me curar. Você está dentro de mim de uma maneira que eu não sou capaz de tirar. Cada vez que olho para você, cada vez que vejo o seu sorriso, cada vez que o seu olhar encontra o meu... Ah, caramba... O meu coração dói. Nunca sei se estou me apaixonando de novo.
Marcus é O CARA. Não é, Pin? (quem ler vai entender).
s2 s2 s2
Daia @contandocapitulos 11/04/2016minha estante
Perfeitooooo *-*


Jess 11/04/2016minha estante
Omgg! Precisooooo!


Érica 11/04/2016minha estante
Uau! Que resenha top! Adoreeii...Pq não disse logo que era um romance por conveniência?? QUERO! PRECISO! Vou comprar, tipo, AGORA! kkkkkkk


mary 11/04/2016minha estante
como faz pra ler mentira perfeita


Jeizy 11/04/2016minha estante
Ai Meu Deus!!!!!!!!!!!!!!!! não sei se o meu coraçãozinho vai aguentar!!! Eu quero pra ontem!


Kennia Santos | @LendoDePijamas 12/04/2016minha estante
Sério gente, vocês PRECISAM LER PRA ONTEM, é perfeito, história, personagens, TUDO, TUDOOOOOOOOOOOOOOO *0000*


Crika | @PitacosLiterarios 13/04/2016minha estante
Livro maravilhoso!!!! Dei vários suspiros com o Marcus e amei PIN. Sério, eu amei isso, rsrs.
E senti uma felicidade imensa do meu livro já ser autografado, hahaha. Muito amor!!


Kennia Santos | @LendoDePijamas 14/04/2016minha estante
Como não suspirar com o Pin? *----------------*
Livro apaixonante


maira.danielleto 14/04/2016minha estante
Nossa, vc conseguiu expressar tuuudo que está dentro de mim depois de ler esse livro


Camila 16/04/2016minha estante
tô louca pra ler hauahaa but só ebook tá 30 dilmas :((( vamo chorar


Kennia Santos | @LendoDePijamas 24/04/2016minha estante
Maira, e olha que ainda acho que me expressei pouco perto do que senti


Kennia Santos | @LendoDePijamas 24/04/2016minha estante
Camila, ele é caro mesmo, na livraria é 45,00 mas vale MUITO MUITO a pena cada centavinho


wingridy 17/07/2016minha estante
vc descreveu tudo que eu senti! fiquei sem ar varias vezes, ri e chorei com o Marcus. simplesmente melhor historia.


Kennia Santos | @LendoDePijamas 19/07/2016minha estante
Melhor livro s2s2


31/07/2016minha estante
Gente, me ajudem. Estou ficando louca aqui. A Julia devolve o anel pro Marcus depois do episódio do cinema e depois do nada aparece com ele no jantar com os pais do Marcus, sendo que só no final que o Marcus devolve o anel pra ela.... É isso ou eu li errado? :/


Fabricy 23/03/2017minha estante
Me apaixonei por eles também!!!!! Acabei de ler e já me sinto órfã....


Tamy 04/12/2017minha estante
esse livro tem cenas de sexo ?


Isadora.Picolo 13/07/2018minha estante
Amei a resenha! Acabar de ler Procura-se um marido e fiquei com medo de ler este não gostar da historia do Marcus. Me frustar! Fiquei mais tranquila!!




Kelly 21/09/2016

A Carina Rissi, está seguindo uma linha muito comercial.
Infelizmente temos uma história que tinha tudo para ser boa, mas nos deparamos com personagens chatos e atitudes infantis.
Perdeu-se a oportunidade de explorar as dificuldades dos cadeirantes, e, conscientizar o leitor sobre essas dificuldades.
Entendo que o foco do livro era a “mentira”, mas passa a sensação de que foi muito mal elaborada e sem conexão.
O motivo que levou Julia a mentir não convenceu ninguém, nem a personagem fictícia tia Berenice.
Foram 462 páginas de um livro que me emocionou em dois momentos e foram com o Marcus. Isso aconteceu em duas páginas, ou seja, senti falta daquela autora que nos fazia sorrir até chorar e se encantar com a escrita e a fluidez da leitura.
Jey 05/10/2016minha estante
Compartilho da mesma opinião.


Kaah 04/01/2018minha estante
Alguém sensato, por que só consigo ouvir rasgação de seda com esse livro e to me perguntando se li o mesmo livro q essas pessoas. Dificil foi engolir a tal mentira, e depois de sei lá quantas páginas percebemos o quanto foi desnecessária justamente por que foi mal elaborada.


Gisele.Regina 02/04/2018minha estante
Fico me perguntando sobre todas as avaliações positivas. Será que li o mesmo livro?




Wélida 01/06/2016

Mediano
Tô aqui me perguntando o que aconteceu com Carina Rissi? Não quero acreditar que No Mundo da Luna foi o auge da carreira dela como escritora, pq depois de Destinado e desse... tá complicado... Muita forçação de barra para fazer algumas partes serem engraçadas, e não estou falando das piadas sem graça... parece aqueles chick-lit ingleses que coloca situações banais, como uma pessoa tropeçar, cair ou passar vergonha, como a coisa mais engraçada do mundo... parece que perdeu a sutileza... não sei bem... Julia não me encantou, Max só parecia um bobalhão... o Marcus deu uma salvada... mas, ficamos muito pouco na cabeça dele. Deixou de desenvolver partes da história para dar atenção para banalidades... poderia ter trabalhado melhor a questão do Maníaco do Cinema. A situação dramática, que já está ficando repetitiva, já que teve algo parecido em todos os livros, foi fraca... A falta de noção da tia era engraçadinha, mas forçada... pareceu tudo muito forçado... Está levando três estrelas por ter me feito chorar em algumas partes, o final também foi fofo, mas nada de outro mundo... enfim... mediano...
Kelli 01/06/2016minha estante
Também achei issoooo.. alguma partes forçadas demais, o marcus muito bobalhão e a julia zzzz


Duan Baptista 04/07/2016minha estante
Acabei de comprar o Mentira Perfeita. Diferente de vc, eu odiei o Mundo da Luna e amei o Destinado. Gosto é gosto, vamos ver se eu consigo gostar desse kkkkk


Kelly 13/09/2016minha estante
Concordo plenamente com você Wélida. Penso que a autora está mais comercial. Em alguns capítulos a leitura ficou até infantil e bobo.


Thif Souza 20/09/2016minha estante
Concordo com tudo o que você disse. Eu acho que, com o sucesso dos livros anteriores, a Carina perdeu a carisma e o encanto da escrita.
Sempre gostei da autora, mas depois de No Mundo da Luna sua escrita foi enfraquecendo. Com o sucesso acaba escrevendo para entregar rápido, o que acaba comprometendo a qualidade da história. Me decepcionei bastante.


Wélida 20/09/2016minha estante
Pois é... Mas eu acho que ela tá tentando imitar essa Marian Kies... Pq o estilo de escrita tá igualzinho... chega a ser bizarro... Ela tá esquecendo que o leitor é brasileiro e não britânico... perdeu a mão total


Thif Souza 20/09/2016minha estante
Notei algumas coisas em Mentira Perfeita que já tinha visto em alguns dos livros da Sophie Kinsella. Infelizmente a Carina está perdendo a originalidade.


Wélida 22/09/2016minha estante
Acho que ela tá querendo se inserir no mercado internacional... mas talvez esquecendo que isso só se abriu pra ela por causa do estilo de escrita dela e não imitando as escritoras europeias... espero que esse livro novo não seja outro desastre.




Cris Paiva 08/08/2016

Da autora eu já havia lido “Perdida” e amei, com base nesse livro resolvi ler “A Mentira Perfeita” por conta de um detalhe sobre o personagem principal, Marcus.
Julia, é uma programadora de sistema e precisa arrumar um noivo com urgência, por causa da sua tia Berê, que enfiou na cabeça que precisa casar a sobrinha antes de morrer. Tia Berê precisa de um transplante de coração e a situação de “solteirona” da sobrinha está prejudicando ainda mais a saúde dela.
Como a Julia ama muito a tia, que a criou desde pequena, ela resolve que vai arrumar um noivo decente, e de mentira, para fazer a tia feliz, e acaba conhecendo o Marcus, cunhado de uma amiga sua.
Marcus também tem seus próprios problemas, ele é cadeirante, e quer dar seu grito de independência e morar sozinho, mas a família só vai largar do seu pé se ele arrumar uma cuidadora para morar com ele. Então, ele e Julia acertam as pontas: ele vai fingir ser o noivo e ela a cuidadora, mas as coisas não saem tão redondinhas assim...
Tia Bere é pra lá de intrometida e já até pagou o casório da sobrinha, os parentes do Marcus não dão sossego e ficam se metendo a toda hora na vida dele. E existe uma atração imensa entre o Marcus e Julia que vai complicando ainda mais a historia.

O romance é fofo! O Marcus e a Julia são um casal perfeito, cada um com as suas neuras e problemas, mas foram feitos um para o outro. Gostei principalmente da novidade do mocinho cadeirante, e de como o romance dos dois é boicotado pela vida real. O rapaz não consegue nem levar a namorada para tomar um sorvete porque não tem rampa na entrada da sorveteria.
Acho que autora poderia ter enxugado um pouco mais a historia, teve muita enrolação para o meu gosto e muita coisa que poderia ser tirada para tornar a história mais ágil, mas mesmo assim, valeu muito a pena!
comentários(0)comente



Lorena Silria 01/12/2016

Quase favorito...
A história simplesmente estava me cativando. Adorei como ela abordou a vida de um cadeirante, pois tenho um irmão nessa situação e me vi em vários momentos (vagas, falta de acessibilidade, olhar penoso).
Ela poderia ter focado mais na questão de como é ser um cadeirante no Brasil? Para mim não! Ficou na medida certa, pois não gostaria de ler um romance com muito mimimi "eu sou cadeirante ", mimimi "sou um pobre coitado".
Como a Júlia, eu aprendi a não olhar para a deficiência das pessoas e limita-las a isso, pois o que mais a pessoa com alguma deficiência quer é ser olhada como uma pessoa igual a qualquer outra.
O que não gostei foi o melodrama exagerado em relação à psicopata, se retirassem não faria falta nenhuma. E não ficaria tão novela mexicana.
comentários(0)comente



. 12/10/2016

Razoável
Pelo meu histórico é possível notar que senti muita antipatia pela mocinha. E ao decorrer da história ela só piorou.
Estou dando 3 estrelas com muita vontade de dar 2, mas não posso ser injusta com a participação do Marcus e que só não abandonei a leitura por causa dele.
Ainda acho que esse livro foi uma versão de Procura-se um Marido e que o título deveria ter sido Procura-se um Noivo no lugar de Mentira Perfeita.
O casal não me fez torcer por eles e no finalzinho quando o Marcus se declara e explica seus medos e os motivos por ter feito o que fez, a Júlia me prova mais uma vez que minha antipatia por ela não era gratuita. E sinceramente, a Carina forçou a barra quando a Júlia depois de ter dado aquele sermão todo no Marcus - mesmo depois daquela declaração linda que ele fez- sobre o pq deles não poderem ficar mais juntos, mudar de ideia por causa do CD... ah me poupe, tipo, o cara rasga a alma e ela fica firme e forte em seu não e resolve que eles não devem ficar separados por causa do conteúdo do CD, que pra mim foi um argumento bem pobre pra fazer alguém tão decidida como ela estava mudar de ideia.
Realmente esse não está na lista de melhores livros da Carina Rissi.
comentários(0)comente



Bruuh 05/04/2016

Mentira que você ainda não leu esse livro! ;)

Mentira Perfeita traz a história de Júlia, que está com o coração na mão após tia Berenice, sua única família, passar mal e ir para o hospital. Junto de seu melhor amigo Dênis, ela entra na sala onde sua tia está internada e, ao perceberem que ela está preocupada em deixar este mundo com a Júlia sozinha assim, sem ela poder passar por emoções muito fortes, eles acabam mentindo que Júlia tem sim um namorado e que ele até pensa em propô-la em casamento. Após isso, tia Berê acaba por sofrer três infartos seguidos, causado por um grave problema no coração que necessita de um transplante.
Um milagre acontece e tia Berê volta ao normal, dizendo que nunca morreria sem ver o casamento de sua amada sobrinha.
Logo, ela está atrás de bufês e até costurando o vestido de noiva da Júlia, que fica desesperada, pois não pode contar a verdade por causa do estado frágil da tia.
Paralelo a isso, temos Marcus Cassani (aiai), por causa de um acidente de moto, ele sofreu uma lesão na medula e perdeu os movimentos das pernas. Desse modo, fazem três anos que ele está em uma cadeira de rodas, porém a esperança de andar novamente prevalece.
Marcus acabou saindo da casa de seus pais, pois eles se preocupavam muito, assim ele rumou para a casa de seu irmão mais velho, Max. Só que ultimamente, ele quer ter seu próprio espaço, onde ele sinta que consegue ser independente, mas como nada são flores, depois de muita discussão, Marcus só consegue o aval para ter seu próprio canto se ele contratar um cuidador.
Já imaginam o que acontece né?
Júlia trabalha na L&L e, acaba esbarrando em Marcus ao ter que entregar uns documentos para Alicia. Logo, eles se esbarram novamente e ele, ao saber da mentira de sete cabeças em que Júlia está, propõe fingir ser seu futuro noivo se ela fingir ser sua cuidadora.

- O dia está lindo, não está?
Marcus observou o manto cinzento repleto de pesadas nuvens escuras sobre as nossas cabeças. Sorriu de novo. Mais um daqueles sorrisos raros. Que já não eram mais tão raros como antes, me dei conta.
- Está perfeito, Pin. Não consigo imaginar um dia mais bonito que esse.

Desse modo, Júlia tem que se virar para conciliar o trabalho, cuidar da tia Berê, cuidar da casa e sair com Marcus, para que eles possam se conhecer melhor e contar a Mentira Perfeita.
O leitor passa então a conhecer Júlia mais a fundo, descobrindo seus medos; além de ver Marcus, o garanhão rs, se retorcer por não querer aceitar o fato de que essa mentira irá mudar suas vidas para sempre.

Ás vezes você se sente tão sozinho que parece estar á deriva no meio do oceano. Nada á frente, nada atrás, nada em lugar nenhum exceto as ondas que quebram sobre você, ameaçando engoli-lo. Mas algumas vezes - raras vezes - um ponto negro surge no horizonte e vai crescendo até se tornar a silhueta de um barco, até uma mão se esticar em sua direção e você sair do inferno. Júlia era o meu barco, a mão estendida, o ponto negro do meu nada.

Mentira Perfeita é um Spin-off de Procura-se um Marido, ou seja, se passa no mesmo universo, com personagens antigos e novos.
Não é necessário ler o livro anterior, porém se você ler entenderá muito melhor, pois Max e Alicia aparecem sempre
Sou muuuuiiito suspeita em falar dos livros da Carina, mas fico boba em como, a cada livro, ela consegue me encantar com suas palavras. Já tinha me apaixonado pelo Marcus em Procura-se um Marido, porém ele se mostrou mais sarcástico, fofo, idiota e apaixonante nessa trama. A Júlia é uma personagem doce e com um coração de ouro, colocando a felicidade de todos a cima de si mesma. É super inteligente, nerd e fofa , não tem como não amá-la!
As 462 páginas podem chegar a assustar, porém a escrita da Carina flui muito bem e o leitor não consegue parar de ler (vai por mim, onde eu ia levava o livro comigo).
Além disso, quando terminamos a leitura nos resta muita saudade dos personagens. A vontade é começar o livro novamente.
Se você ama livros leves, com pitada de drama, humor, suspense e muito romance \/ Leia e ame este livro \/ #vivaaliteraturanacional #essamulherémuitodiva

site: http://umminutoumlivro.blogspot.com.br/
Allyne Araujo 06/04/2016minha estante
A Carina é a Diva!!!


Aninha 07/04/2016minha estante
Louquinha pra ler, mas é meta para o ano que vem esse livro! Bom saber que gostou! Eu adoro a Carina Rissi!




Thais Lima 13/05/2016

Carina Rissi é demais!
Já li todos os livros dela e são sempre surpreendentes principalmente porque eles são historias reais e emocionantes. Gostei muito da mocinha Julia. Nos outros livros dela as protagonistas eram muito doidas e essa não, ela é tímida e fechada. O mocinho Marcos é o brincalhão apesar do acidente dele. A historia é muito bonita principalmente o amor que a Julia tem pela tia.
Vale muito a pena ler!
comentários(0)comente



Rafa 09/07/2016

conheci o marcus no livro da max e da alicia e quando soube que teria um livro inteirinho sobre ele, fiquei curiosa. primeiro porque eu amo a carina e amei todos os livros dela que li e segundo porque ele é cadeirante. é difícil encontrar romances com esse tipo de temática. geralmente as autoras fazem seus mocinhos perfeitos, sem defeitos nenhum, e nosso marcus está longe disso. porque além dele ser cadeirante e ter todas as limitações que a deficiência trás, ele ainda está em processo de aceitação, super confuso. e aceitar que os outros te aceitam do jeito que você é, fica difícil quando você mesmo não se aceitou ainda, não é mesmo? mas enfim, marcus mora com o irmão, max(suspiros) e sua noiva alicia. ele ama morar com os dois mas agora, ele está preparado pra morar sozinho, ser finalmente independente. o problema é que por ser cadeirante, seus pais, seu irmão e cunhada, acham que ele não tem condição de se virar sem ninguém, que é perigoso ele morar sozinho. por isso, fica decidido que ele poderá morar sozinho, se contratar um cuidador pra ficar com ele em casa. é aí que a júlia entra. por motivos que só sendo para descobrir, ela vira "cuidadora" do marcus. só que a relação deles vai muito além disso. e não vou falar mais nada pra não dar spoiler. amei o livro, li numa tarde. ele é engraçado, romântico, cheio de momentos fofos e dramáticos e até emocionantes, as vezes. recomendo muito esse e todos os livros da autora.
comentários(0)comente



Thif Souza 19/09/2016

Mentira mal contada
Tenho uma admiração enorme pela Carina Rissi, por causa de Perdida e Procura-se Um Marido. Quando soube que haveria um spin off de Procura-se Um Marido, surtei. Criei muitas expectativas por Mentira Perfeita, porém me decepcionei.
A começar pela Júlia que foi uma personagem que, realmente, não me convenceu. Acho que o meu pecado foi esperar por uma protagonista como a Sofia ou a Alicia, que são beeeeeeeem atrapalhadas e engraçadas. No entanto, a Júlia não tem a essência das personagens anteriores. Achei-a chata e sem personalidade.
Outro ponto negativo é o enredo em si. O livro, para falar a verdade, é um grande "enchimento de linguiça". A história não foca no que é destacado na sinopse e acaba se tornando uma grande mistura de "ideias jogadas". Achei bem desnecessário e confuso alguns acontecimentos.
Por outro lado, gostaria de destacar o meu encanto pelo Marcus. Amei sua personalidade forte (completamente oposta a da Júlia) e a mensagem passada. Porém, achei o casal Marcus e Júlia um dos mais chatos que já vi.
Outro personagem que merece destaque é a Tia da Júlia. Sem sombra de dúvidas foi a melhor personagem do livro inteiro. Me diverti bastante com suas poucas aparições. Foi a grande salvação do livro, o que me motivou a continuar a leitura.
Achei a história, como um todo, bem chata. A Carina perdeu alguns pontos comigo. Acredito que o livro foi escrito com muita rapidez, o que, na minha concepção, acabou se tornando superficial e com pouco conteúdo. As passagens foram bem fracas e a história não me convenceu. Admiro o trabalho da autora, mas achei que MP só serviu para fazer número na prateleira.
Kaah 04/01/2018minha estante
Dificil gostar da Julia quando ela se mostra tão sem personalidade. Deixar uma tia ''doente'' gastar todas as suas economias em um casamento que não é nem perto do que ela quer, e ela nem estando perto de estar sequer namorando, e ainda o meio que ela encontrou pra situação foi arranjar um namorado pra sanar as vontades da tia. Me poupe!




spoiler visualizar
comentários(0)comente



Aione 15/05/2016

Não tenho dúvidas: ter um livro de Carina Rissi em mãos é ter a garantia de uma leitura divertida, extremamente envolvente e completamente apaixonante. Por já me considerar fã de carteirinha da autora, a rainha dos chick-lits nacionais em minha opinião, é claro que eu estava curiosíssima para conhecer a história de Júlia e Marcus, protagonistas de Mentira Perfeita, mais recente lançamento da autora e spin-off de Procura-se um marido.

Júlia é genial. Sempre a melhor em tudo o que costuma fazer e extremamente devotada a sua tia Berê - uma mãe, mais do que uma tia -, ela se vê em uma bela confusão: praticamente obrigada a contar uma mentira para sua tia a fim de alegrá-la em seu leito de morte, acaba não sabendo o que fazer para lidar com ela quando tia Berê tem uma súbita e repentina melhora. Tudo fica ainda pior quando ela conhece Marcus Cassani e vê sua vida virar de cabeça para baixo do tia para a noite.

A narrativa, sempre em primeira pessoa, se intercala entre as perspectivas de Júlia, principalmente, e de Marcus, de forma a acompanharmos os dois lados da situação e termos um panorama mais completo de toda a trama. Ainda, esse recurso nos permite compreender mais a fundo cada um dos personagens, além de termos duas visões da evolução do romance, o que tornou o livro ainda mais agradável. Também, é ótimo ver como a escrita de Carina se adapta aos personagens, assumindo suas personalidades e sendo, de certa forma, diferente quando dá voz a cada um deles.

Mais uma vez, ficou claro o domínio da autora não apenas para desenvolver o enredo, mas em, principalmente, ser capaz de envolver o leitor durante a leitura. Além de ter dado gargalhadas em muitas passagens do livro - eu literalmente ri alto, inclusive em lugares públicos -, foi impossível não torcer pelas personagens e me apaixonar juntamente delas. Enquanto vemos brotar os sentimentos de um pelo outro, nós desfrutamos das mesmas sensações e dos muitos frios na barriga, e suspiramos a cada passagem repleta de romance. E, é claro, também sentimos todas as dores de cabeça que elas sentem ao enfrentarem os muitos obstáculos que acabam por aparecer. Não apenas pela evolução do romance, também me encantei pela maneira de como tanto Júlia quanto Marcus precisam enfrentar seus próprios fantasmas e superarem as dificuldades encontradas em suas vidas - e que são expostas justamente a partir do relacionamento que acabam por desenvolver. Também, vale dizer como Carina Rissi inseriu a problemática referente à inclusão de cadeirantes na sociedade, considerando-se que Marcus é um: ainda que de forma sutil e leve, não deixou de abordar as dificuldades encontradas, proporcionando, assim, a reflexão necessária à conscientização, questão de extrema importância social.

E, mais do que me apaixonar pelos protagonistas e pelo romance nascido entre eles, eu me apaixonei pelo contexto familiar que Carina deu a eles. Achei incrível a relação de Marcus com Max, seu irmão e protagonista de Procura-se um marido, ao mesmo tempo em que quis conhecer dona Berê para poder abraçá-la, de tão querida essa romântica incorrigível, apaixonada por seus filmes antigos e romances clássicos da literatura. É simplesmente emocionante ver a interação de Júlia com ela, além do próprio destino que Carina reservou para dona Berê. Porém, ainda dentro do espectro familiar, a única questão do livro que, para mim, poderia ter sido abordada de outra maneira foi a complicada relação de Júlia com sua mãe biológica. Ainda que seja completamente compreensível o sentimento que Júlia tem por ela, esperei encontrar, talvez, um outro lado da história que, mesmo não justificando as atitudes de sua mãe, permitisse uma compreensão maior dela, a fim de que não fosse vista com toda negatividade com que é apresentada, inclusive por esse já ser um problema social bastante considerável. Por piores que tenham sido suas escolhas, acredito que haja toda uma teia maior de problemas relacionados a sua situação e seria bonito, também, ver Júlia descobrindo sua mãe além de seus erros.

Ainda que Mentira Perfeita em alguns aspectos tenha semelhanças com Procura-se um marido, inclusive no que se refere à estrutura do enredo, suas particularidades fazem dele um livro único, com suas próprias características. É, sem dúvida alguma, uma excelente opção de entretenimento, sendo capaz de divertir, emocionar e provocar suspiros nos corações mais românticos! Vale lembrar, também, que a leitura prévia de Procura-se um marido não se faz necessária para a de Mentira Perfeita no sentido de as tramas serem independentes; contudo, se você deseja conhecer a história de Alícia e Max, o ideal é que os livros sejam lidos em ordem, considerando-se que Mentira Perfeita traz spoilers de Procura-se um marido.

site: http://minhavidaliteraria.com.br/2016/05/15/resenha-mentira-perfeita-carina-rissi/
comentários(0)comente



Marina 08/07/2016

Muito bom, mas meio atrapalhado
Sou fã de carteirinha da Carina Rissi e admiro bastante o trabalho dela como autora há vários anos!
Esse livro, como esperado, é maravilhoso, ela desenvolveu super bem as personagens, realmente fez o leitor entrar na história e sentir tudo o que o Marcus e a Júlia sentiram em cada um dos seus povs, mas achei que em um certo momento a história acabou se tornando um pouco mirabolante demais, achei estranho porque fugiu um pouco da trama e essa "aventura" no meio da história acabou ficando meio desconectada! Mas vale a pena sim a leitura, principalmente se você estiver procurando por um livro divertido e de amorzinho!
comentários(0)comente



Gabriela Pereira 05/06/2016

amo
Ameiiiiiiiiii o livro do Marcus 💗

Mentira perfeita é um spin-off de Procura-se um Marido, onde o protagonista é o Marcus, irmão do Max (Tipo, vem aqui Max? kkk). Nesse livro Marcus quer sair da casa do Max e da Alícia para dar mais espaço a eles e para ter mais autonomia da sua vida, mas para isso, seus pais determinaram que ele teria que ter um cuidador.

A Júlia vive para o trabalho e para a sua divertida tia Berê. A tia Berenice cuida da Julia desde que ela era criança, e agora está com problemas de saúde, ficando então na fila de transplante de coração. O sonho da tia de Júlia é ver a sua menina casar, e no ato de desespero ela diz à tia, enquanto ela está na cama de um hospital, que estava namorando e que o cara pretende pedi-la em casamento assim que a tia Berê melhorar.
A Berê melhorou, e a Júlia tinha que arrumar um noivo urgente.

O Marcus precisava de um cuidador, a Júlia de um noivo... então porque não juntar o útil ao agradável? 🎉
Eu particularmente amo essa série, espero que a Carina escreva outro livro do universo Procura-se Um Marido.💗 Esse livro é muito divertido. O Marcus é um amor, super engraçado com seu sarcasmo louco. Superrrrrrrrrr amei.
Amei a Júlia, a simplicidade, a humanidade, o amor à sua tia. Amei ler o crescimento dos personagens.

Eu achei que teve partes que ficou muito forçado tipo: Ninguém liga que o cara é deficiente físico, todo mundo ao redor da Júlia nunca ligava, quando na realidade seria mais chamativo que luz de néon. Não que deva haver a diferenciação, pq realmente não deveria ser impactante, mas porq acho que deveria ser mais real. As pessoas são preconceituosas.
Apesar de ter ocorrido momentos que mostraram o quanto o ser humano pode ser cruel com as pessoas.

Foi um livro incrivelllllllllllllllllllllll 🤗💗😍🎉

site: https://www.instagram.com/p/BFvBIEtgYrD/?taken-by=ps_gabiih
Maris 05/06/2016minha estante
como não amar o Marcus?!!


Carol 09/10/2017minha estante
Sério mesmo q é com os mesmo personagens!?
Já amei!!!
Ganhei ele na semana passada e, só vou acabar o que estou lendo e, começá-lo!




Bárbara 08/12/2016

Divertido!
Divertido e mais emocionante que o primeiro livro. Recomendo!
comentários(0)comente



252 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 |