Mau Começo

Mau Começo Lemony Snicket




Resenhas - Desventuras em Série: Mau Começo


319 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 |


Dreis 19/04/2019

Nunca da certo!!
Se você está afim de uma leitura leve e que causa sensações diversas no seu corpo, Lemony Snicket tem a solução: Desventuras em Série!

Três crianças órfãs , amantes de livros, cada uma com suas personalidades. Violet, Sunny e Klaus passam por aventuras mal sucedidas durante todo o livro. Nada da certo!!
Presos na mansão mais imunda do mundo, comandado pelo tio conde Olaf, que só pensa em conseguir a fortuna dos Baudelaire.
Li em menos de 3 horas, sensacional!
comentários(0)comente



Tamiris 12/02/2019

Com este mau começo, as vezes só o que resta é chorar
?A não ser que vocês tenham tido uma sorte rara, raríssima, na vida, certamente terão passado por experiências que os fizeram chorar. Ou seja, a não ser que tenham tido sorte raríssima, vocês sabem que uma boa e longa sessão de choro é capaz de melhorar nosso ânimo, mesmo que as circunstâncias se mantenham as mesmas.?
comentários(0)comente



Roni Uisley 18/01/2019

Mau Começo
Este livro é simplesmente perfeito! Ao contrário do que o título do livro sugere, é um ótimo começo para a série que é cheia de desgraças. Logo no começo já somos apresentados a premissa do livro, onde os pais dos irmãos Baudelaire foram mortos em um incêndio misterioso.
Violet, Klaus e Sunny Baudelaire são levados a casa de seu novo tutor, o pérfido Conde Olaf, que pretende roubar a fortuna dos órfãos Baudelaire.
A leitura desse livro é muito boa do começo ao fim e não te causa cansaço, pelo simples fato do autor, Lemony Snicket, ser um personagem e um pseudônimo para o norte-americano Daniel Handler. O livro é bem curto e logo após o seu fim, você já quer logo pegar o segundo livro na prateleira para ler de uma só vez.
comentários(0)comente



Cris.Cousseau 07/01/2019

Desventuras em série - Mau começo
Se você se interessa por histórias com final feliz, é melhor ler algum outro livro. Pois como citou Lemoy Snicket, esse não tem nem um começo feliz.
Ele conta a história de três órfãos, Violet, Klaus e Sunny Baudelaire, que perderam os pais muito cedo (Violet, mais velha, tinha apenas 14 anos). O testamento dos pais exigia que fossem criados por um parente, e eles só teriam acesso a fortuna da família quando Violet atingisse a maioridade. Decidiu-se que o parente seria um tal de Conde Olaf, de quem as crianças nunca ouviram falar, ele não era o parente mais próximo, mas era o mais próximo geograficamente, que ainda morava dentro dos limites da cidade. E além de ser um sujeito estranho que tinha uma obseção estranha por olhos ele ainda era mau caráter e mau tratou os pobres órfãos. Mas com ajuda das poderosas alavancas e engrenagens do cérebro de Violet, do amor por livros de Klaus e das super mordidas de Sunny eles conseguiram escapar, e agora terão a chance de um novo começo, com algum outro parente distante. Será que dessa vez haverão finais felizes? Vale a pena continuar lendo a coleção.
comentários(0)comente



Geovana 02/01/2019

Chorei com esse livro, dó dos irmãos !
comentários(0)comente



Guilherme.Viegas 15/10/2018

Desventuras em serie mau começo
Sjskaoaosk
comentários(0)comente



Priscila 03/10/2018

Gostei!!
Bom, acho que todos conhecem a história desse primeiro livro né?? Mas vou falar mesmo assim (hahahaha): Esse primeiro livro da Série Desventuras em Série, traz a história trágica dos irmãos Baudelaire (Violet, Klaus e Sunny). Os irmãos ficaram órfãos depois de um incêndio que matou os seus pais. E com isso eles ficariam sob a guarda de um parente. Mas até descobrirem um parente, eles ficam na casa do Sr. Poe que também irá cuidar das finanças dos irmãos Baudelaire.

Depois de muitos dias na casa do Sr. Poe, o mesmo consegue encontrar um parente dos Baudelaire: conde Olaf. E os irmãos ficariam com o conde, e quando Violet (a irmã mais velha) atingisse a maioridade, poderia mexer no dinheiro deixado por seus pais. Claro que quando ficaram sabendo desse parente em questão, ficaram desconfiados, pois Violet e Klaus nunca tinha ouvido falar desse parente. E ao questionarem o Sr. Poe, o mesmo disse poucas coisas sobre o mesmo.

Mas quando chegou o dia de os irmãos saírem da casa do Sr. Poe, ficaram tristes pois não sabia o que encontrariam pela frente. Ao chegarem na casa do conde Olaf e tocarem a campainha, se espantaram com a figura do próprio conde, que recebera os irmãos de forma muito simpática e amorosa. Claro que os irmãos ficaram com o pé atrás, mas entraram na casa do conde e deram adeus ao Sr. Poe.

Quando o conde fechou a porta e as crianças ouviram o carro do Sr. Poe indo embora, Olaf os levou para o que seria o quarto dos irmãos. Mas ao chegarem lá notaram que tinha algo de errado: o quarto estava quase vazio, contendo apenas uma cama. Mas mesmo assim entraram no tal quarto e tiveram que se revezarem na cama, para dormir (situação bem precária hein..hahaha).

Quando acordaram na manhã seguinte, Olaf não estava em casa mas tinha deixado dinheiro e um bilhete para os irmãos com informações sobre o jantar que eles deveriam fazer. Os irmãos se olharam, pois nenhum dos dois sabiam cozinhar, mas iam dar um jeito nisso. Então pegaram o dinheiro deixado e saíram. Mas ao saírem, eles encontram a juíza Strauss e lhe pedem ajuda explicando sobre o tal jantar.

A juíza Strauss decide ajudá-los, levando os até a sua biblioteca particular. E ao chegarem na biblioteca os olhos dos irmãos brilham. Então a juíza entrega para eles alguns livros de culinária para ajudá-los a decidir o que fariam no jantar. Eles ficam horas e horas vendo os livros de culinária e resolveram fazer um macarrão a carbonara. Então eles anotaram a receita, se despiram da juíza e foram comprar os ingredientes da mesma.

Quando voltaram das compras, foram logo para cozinha preparar o tal jantar. E quando estava quase tudo pronto, Olaf chega fazendo o maior barulho com os seus amigos. Claro que ele pergunta sobre o jantar e eles dizem que está quase pronto. Nesse momento, todos os seus amigos entram na cozinha fazendo a maior algazarra e também debochando dos irmãos.

Tenho que dizer que conhecia a história pela filme, e olha que o mesmo não havia me interessado. O que fez despertar a vontade começar a ler essa série, foi o fato de a Netflix faria uma série da mesma. Então resolvi dar uma nova chance. E confesso ao dizer que gostei da história desse primeiro livro.

O conde Olaf é realmente muito mau (mau que nem pica-pau…hahahaha) e tudo o que ele faz com os irmãos é realmente muito horrível. E nos deixa pensando: “será que eles não vão sair dessa??”. Mas então quando vai chegando ao final do livro, a história dá uma volta mas, já aviso que não teremos uma final feliz.

Achei a história bem envolvente e acredito que dê para ler em apenas um dia (o que não aconteceu comigo por que dei uma enrolada gostosa..hahahaha). A mesma é bem envolvente e o tamanho da tipografia ajuda na leitura e também na imersão na história. E todo o cenário proposto é bem bacana e sombrio, tudo bem coerente com a história.

Fiquei o tempo todo torcendo para os irmãos acharem uma solução para se livrar do tal conde Olaf, e isso me fez ler mais e mais da história. E posso dizer com certeza, que já estou be curiosa para ler o segundo volume.

No geral: a história é bem envolvente, com personagens bem amarrados com a história e também com cenários bem construídos. A tipografia é excelente, assim como a diagramação também. Só tem uma coisa me deixou um pouco incomodada: em algumas partes da história, o autor usa algumas palavras das quais ele fica explicando o seu significado. Achei isso meio desnecessário, pois quando lemos a cena, podemos entender o que a tal palavra significa.

Mas fora isso, recomendo muito a leitura.

site: http://bresenhando.blogspot.com.br
comentários(0)comente



Marci 21/09/2018

O primeiro livro da série "Desventuras em série".

Comecei a ler o livro por causa da série que comecei a assistir na Netflix. Como sou apaixonada pela série, já sou suspeita por ter avaliado o livro tão bem.

O livro é apenas o começo (o mau começo) da história dos Baudelaires. Três crianças que perderam os pais em um terrível incêndio e são encaminhados para um tutor que tem um único objetivo: roubar a herança que um dia irão herdar. Conde Olaf (é esse o nome da peste) é muito mal com eles e a cada página, você quer que eles se deem bem, mas como o próprio autor diz "o livro que você tem nas mãos é bastante desagradável" e ainda aconselha: "...não há nada que o impeça de largar o livro imediatamente e
sair para outra leitura sobre coisas alegres, se é isso que você prefere.", mas quando se mergulha na história, você não quer mais sair. :D

A leitura é beeem clara e o autor quebra a terceira parede conversando com os leitores, o que torna o livro diferenciado.

Recomendo muito a leitura!
PABLO DIEGO GARCIA 27/09/2018minha estante
Eu vou começar a ler em breve. To amando a série tb


Marci 15/10/2018minha estante
Pablo, a série é muito boa mesmo e inclui alguns mistérios que não tem no livro.. Estou acompanhando os dois..




Kaio 09/07/2018

Um infantil para adultos
"Há muitos tipos de livros no mundo, o que faz sentido, porque há muitos e muitos tipos de pessoas, e os gostos são diferentes. Por exemplo, pessoas que detestam histórias em que acontece coisas horríveis a criancinhas deveriam fechar este livro imediatamente".

Confesso que não sou fã dessas séries longos e nem dessa literatura gótica, mas o primeiro livro é um grande "abre alas" para série.

Os irmãos Baudelaire e a grande falta de sorte que transformou suas vidas felizes em momentos de horror quando, após ficarem órfãos, vão morar com o horrível Conde Olaf que pretende se apoderar da herança das crianças. Mas ele não contava com a esperteza e inteligência dos órfãos.

O Conde é o tipo de vilão desprezível, impossível de não odiar. A juíza Strauss, o oposto de Olaf, uma ponto de luz na escuridão. Contrastes importantes na obra.

O livro é recheado de referências a outros autores e obras. Tempo e local indefinidos, mas que vagam em diferentes épocas.

Sem dúvidas, um pequeno grande livro!
comentários(0)comente



Once Upon a Book 19/06/2018

Desventuras em Série- Mau Começo
Esta série de 13 livros conta a história dos 3 irmãos Baudelaires que se tornaram órfãs já no primeiro capitulo de suas desventuras.
Violet, Klaus e Sunny passam a ter que viver com o terrível Conde Olaf, que quer de qualquer jeito a herança dos órfãos Baudelaires.

Leia a continuação dessa resenha e muitas outras no instagram @onceuponabook08
comentários(0)comente



Jean Lopez 15/06/2018

História e enredo incríveis.
Virou um de meus favoritos.
Caso tenha a oportunidade não leia esta história trágica, triste e deplorável dos irmãos Baudelaire.
comentários(0)comente



Lucas 06/06/2018

[Leitor dos Sonhos] Desventuras em Série - Lemony Snicket
Decidi ler Desventuras em Série ano passado com o lançamento da série da Netflix. Li os quatro primeiros volumes que correspondem a primeira temporada e deixei o resto para ler este ano para o lançamento da segunda, que vai até o nono volume. Mas a leitura estava tão boa que não aguentei e li até o fim.

A primeira coisa que eu ouço as pessoas falarem sobre Desventuras em Série é que ela é bem infantil, o que é esperado visto que se trata de um livro para esse público. Porém, eu não concordo que isso impede que adultos leiam e gostem. A simplicidade infantil pode ser algo muito agradável e engraçada de se ler.

A história é narrada pelo próprio autor, que se coloca como um personagem oculto na trama. Os protagonistas são os irmãos Baudelaire: Violet, a irmã mais velha com 14 anos, é uma inventora muito criativa. Klaus, o irmão do meio com 12 anos, é um menino que adora ler e usa seus conhecimentos para ajudar a resolver os problemas que eles encontram pelo caminho. E Sunny, a irmã mais nova, que ainda é apenas um bebê, mas mesmo não sabendo falar e andar, é muito esperta e conhecida por ter dentes fortes que se provam ser bem úteis.

Tudo começa com a primeira tragédia, a morte dos pais dos Baudelaire, que desencadeia uma série de outras tragédias ao longo dos 13 volumes. Agora órfãos, eles contam com a ajuda do Sr. Poe, um bancário, responsável por administrar a fortuna que as crianças vão receber assim que Violet tiver idade suficiente, e que também precisa encontrar um novo lar para eles viverem.

O problema é que o Sr. Poe, mesmo demonstrando verdadeira preocupação pelas crianças, se mostra ser totalmente incompetente, dando a guarda delas para pessoas inadequadas. O primeiro tutor dos Baudelaire acaba sendo o Conde Olaf, o grande vilão da história, que inescrupulosamente vai fazer de tudo para ficar com a fortuna dos órfãos.

Isso nos leva a segunda crítica que eu ouço falar, que é a série ser muito repetitiva, sempre com o Conde Olaf executando planos malignos através de seus disfarces horríveis (porém, de alguma forma, eficientes), sempre com as crianças numa situação ruim, sem poder contar com a ajuda dos adultos, sempre tudo dando errado pra ambos os lados, sempre tudo terminando em mais tragédia. De fato existem essas repetições, e que é muito frustrante quando você torce para as coisas darem certo e perceber que elas nunca vão dar, mas é isso que a história é: Desventuras em Série. E o autor faz questão de alertar em cada livro, que se você não está preparado pra lidar com isso, pare de ler agora e vá ler um livro que te deixe feliz.

Gostaria de fazer um destaque ao grande trabalho que o autor faz evoluindo os personagens ao longo do tempo, em especial Sunny, que começa como um bebê que não consegue falar e andar, e termina não apenas falando e andando, mas com habilidades culinárias impressionantes. E é incrível ir percebendo essas evoluções. Inclusive, a Sunny é minha personagem favorita, responsável por me fazer rir diversas vezes durante as leituras.

Durante a história existe um grande mistério que envolve todos os personagens, incluindo o narrador, e que ao longo dos volumes esses segredos vão sendo revelados. Algumas pessoas consideram o final da série muito aberto e inconclusivo, eu particularmente não gosto de finais assim também, mas neste caso eu admito que encaixou muito bem e posso afirmar que gostei, porque o que não foi dito, ficou subentendido.

Recomendo muito pra quem quer ler algo mais leve e divertido. É perfeito pra ler intercalando com leituras mais pesadas, além de serem livros curtos e rápidos de ler. Porém, já aviso que existe a chance de você deixar tudo de lado pra focar em ler Desventuras em Série porque é viciante.

site: https://leitordossonhos.wordpress.com/2018/05/23/desventuras-em-serie-lemony-snicket/
comentários(0)comente



@injoyce_ 02/06/2018

Mau Começo - Desventuras em Série
Nesse primeiro volume da Série dos Baudelaire, conhecemos os três irmãos e a tragédia que é suas vidas.
Por todo azar que as crianças tem, a uma sorte. Porém, a única sorte deles é serem bastante espertos.
Klaus tem 12 anos e adora ler;
Violet tem 14 anos e faz invenções incríveis;
Já a pequena Sunny, bem, ela adora morder tudo o que ver pela frente.
Os pequenos Baudelaire acabam indo parar nas mãos de Conde Olaf, que está louco pela fortuna dos pequenos Órfãos.
Olaf é um ator louco que maltrata e faz as crianças de escravos.
No primeiro volume dessa grande série, o objetivo dos Baudelaire são evitar que Olaf case com Violet, Mas como diz o Autor no começo, a história dos três irmãos Baudelaire não terá um final feliz.
O livro é bem curto, da pra ler em apenas uma noite.
Tem ótimo acabamento, folhas grossas e ilustrações bem bacanas.
comentários(0)comente



Gust__XD 21/05/2018

top
Fui atraído pela a série e o filme,li o livro realmente as obras são bem fiéis mas o livro contém uma tensão que não há nas outras, muito bom
comentários(0)comente



Gabyh 21/05/2018

"Nessa manhã de que estamos falando, o dia se mostrava cinzento e nublado, o que não importava nem um pouco aos jovens Baudelaire."

Logo de cara já vemos um livro bem diferente do que estamos acostumados, afinal, são poucos os livros onde o narrador para de contar a história para passar ao leitor provas do que está acontecendo assim como de passar a sua opinião pessoal sobre coisa que estão acontecendo.

Mas vamos lá, no livro Mau Começo, nós ficamos conhecendo os três irmãos Baudelaire, jovens ricos, inteligentes e felizes, ao menos nas primeiras páginas até que a história deles mude completamente e ele se vejam meio perdidos em meio a tramas maquiavélicas.

O dia começou como qualquer outro para os três irmãos, até que foram surpreendidos na praia por Sr. Poe, o banqueiro responsável pela fortuna da família, que chega até eles para lhes dar a triste notícia de um incêndio destruiu a casa em que moravam assim como levou a vida de seus pais. Eles passam alguns dias morando na casa do Sr. Poe, até que o homem arrume onde eles vão ficar - como pedido no testamento dos pais com algum parente - mas logo eles são enviados para a casa do Conde Olaf.

Os jovens - e agora órfãos - Baudelaire se dão bem e sempre estão dispostos a fazer o melhor para eles. Violet é a mais velha dos três irmãos, mas ainda é menor de idade e não pode tomar conta da fortuna herdada por eles para que tenham uma vida boa - ou ao menos mais tranquila - ela possui uma habilidade e interesse incrível para criar coisas. Klaus é o irmão do meio, o único homem dos três, mas um garoto extremamente inteligente, adora estar envolvido em alguma leitura diferente, possui memória fotográfica e por isso lembra de tudo o que já leu e sabe um pouco de várias coisas. Sunny ainda não passa de um bebê, mas com seus quatro dentes adora morder as coisas, mesmo fazendo barulhos que quase ninguém consegue entender, Sunny consegue se comunicar bem com seus irmãos.

Conde Olaf é o seu novo tutor - um parente distante - que também é um ator bem ruim, mas que adotou as crianças já com uma segunda intenção, a de colocar as mãos na herança, ele é o tipo de vilão que não é completamente mal, ele é destrambelhado e muitas vezes engraçado, faz muitas coisas cruéis, mas ao mesmo tempo ensina as crianças a serem mais desconfiadas, já que ele mesmo sempre esta tramando algo.

É um livro bem rápido de ler, mas trás uma história gostosa e envolvente, que mesmo sendo cheia de coisas ruins são capazes de agradar ao leitor.
comentários(0)comente



319 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 |