Um Sedutor Sem Coração

Um Sedutor Sem Coração Lisa Kleypas




Resenhas - Um Sedutor Sem Coração


322 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 |


Leitora Feérica 09/07/2020

Acho que este foi um dos piores livros que já li. A verdade é que quase todos os romances de época são iguais, giram apenas em torno de um libertino que quer conquistar uma mocinha inocente.
comentários(0)comente



Mariana Barbosa 08/07/2020

As personagens secundárias me arrancaram essas 2 estrelas
Não curti o romance principal. As persongens não me cativaram, não me despertaram interessante; pelo contrário, achei o casal protagonista bem chatinho.
Por outro lado, as personagens secundárias me chamaram atenção. Winterborne, as irmãs Revenel, West... Me cativaram, e continuarei a leitura da série pra saber deles.

Achei a escrita da autora boa, mas o enredo teve um ritmo estranho, meio atropelado; as ações das personagens, os acontecimentos, ..., não aconteceram de forma natural. Tudo me pareceu corrido e inesperado (não de uma boa forma).
comentários(0)comente



Gabi 07/07/2020

Uma nova série da Lisa para amar @leioporhobby
Bom pra começar Lisa Kleypas é uma das minhas autoras favoritas então fica difícil eu não gostar.Como eu estava com saudades de um romance de época (um dos meus gêneros favoritos).Tenho que dizer que adorei a escrita porém tem alguns pontos negativos que me chamaram atenção (mas a escrita é tão boa que eu não parei de ler por isso não ) ⠀ ⠀⠀⠀⠀ ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
Primeiramente achei Katheleen muito chata com aquele regramento de viúva,nos outros livros da Lisa,as personagens eram “atrevidas” e é o que mais gostava portanto não consegui gostar da personagem principal porque ela não parava de reclamar das etiquetas como viúva ⠀ ⠀⠀⠀⠀ ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
Segundo,geralmente os personagens masculinos são “rabugentos” mas tem um motivo.Devon é chato só por ser um Ravenel.Não achei essa justificativa plausível para ser uma pessoa arrogante.Senti falta daquela história “traumatizante” por trás pra justificar aquilo ou não seja um personagem rabugento.
⠀ ⠀⠀⠀⠀ ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
Mas apesar de não gostar dos personagens,Lisa tem a escrita tão maravilhosa que eu não conseguia largar o livro.Tenho uma coleção dos livros dela e sempre serei fã .
comentários(0)comente



Monike 06/07/2020

Lisa Kleypas consegue se superar
Excelente escrita
Personagens interessantes
Estória envolvente
Claro que vou ler todos os próximos
comentários(0)comente



Ella | @booksaquarius 05/07/2020

a lisa tem problemas com primeiros livros;
depois que eu assisti emma entrei em uma onda tão forte de romance de época que resolvi pegar essa série aqui da lisa para ler e...bem...foi legal, eu ainda tenho vários problemas com romance de época, mas pelo menos esse foi divertido, infelizmente eu sinto que a lisa tem um certo problema com os primeiros livros da série dela, os protagonistas nunca convencem muito nem o romance e foi o que aconteceu aqui, graças a deus os outros personagens deram uma salvada aqui.
comentários(0)comente



Marcela.Pinheiro 01/07/2020

poderia ser melhor
esperei demais e cai do cavalo! me apaixonei mesmo foi pelo West que nem personagem principal é, lá pelas últimas 100 páginas ficou bem massante e eu não senti verdade no casal. A escrita é incrível e os cenários maravilhosos
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



Edy 29/06/2020

Fofo
Eu nunca tinha lido nada a autora e me apaixonei amei a história e já que continuar Júlio km
comentários(0)comente



Má Powzum- @entrelinhaslivros 29/06/2020

Apaixonada nessa família!
Eu adoro romances em que temos um completo cafajeste se transformando num completo cavalheiro, é o caso de Devon. De início ele era extremamente egoísta, mas com o passar da história ele começa a se importar tanto com Kathleen quando com Pandora, Cassandra e Helen (irmãs do antigo conde). ?

Acompanhamos Devon amadurecendo muito e enfrentando o peso das responsabilidades. Seu irmão West é outro libertino, um personagem que encanta pelo bom humor. Ele ajuda muito Devon e se mostra um amor de pessoa com as mulheres da casa. Apesar de não saberem como salvar a propriedade da ruína ambos lutam com unhas e dentes para isso.

Esse casal é encantador e Devon vai ?dobrando? Kathleen aos poucos. Preciso falar que a escrita da Lisa é ótima, bem construída, fluída. Um livro para se devorar em poucos dias.

Resenha completa no ig @entrelinhaslivros.
comentários(0)comente



Yoná 28/06/2020

Livro gostoso e rapidinho de ler!
Ansiosa para saber o que acontece com os outros personagens
comentários(0)comente



Fernanda.Rodrigues 28/06/2020

Bom.
Eu achei o livro bom, ótimo para passar o tempo lendo um romance clichê. Não teve nada que me fizesse ficar impressionada com a história e acho que poderia ter tido mais momentos do casal se conhecendo e aproveitando a companhia um do outro, visto que em muitos momentos os dois estavam se odiando.
comentários(0)comente



Luana 25/06/2020

Eu achei o Devon super machista e com um temperamento terrível. Eu achava que o West seria o que eu menos ia gostar, mas acabou que eu li o livro esperando que o West aparecesse, bem como os outros personagens (menos o casal principal)
comentários(0)comente



Verônica 22/06/2020

Amei
Nunca havia lido nenhum livro da escritora. Fiquei muito fascinada pelos personagens, pela forma que foi escrita a estória. Este vai para os preferidos.. continuarei a série louca para descobrir o final..
comentários(0)comente



Vevé 22/06/2020

Bom, mas nem tanto...
Trata-se de uma história bem escrita e fluida, e basicamente, me encantei de cara com a Kathleen. Mulher determinada, que não se cala. Bem diferente do que a maioria das mulheres eram na época. Devon é o clássico libertino que vai se encantar pela viúva forte que mora na propriedade recebida de herança. Amei ver a contrução da relação dos dois, como eles se desafiaram e implicavam um com o outro. Amo casal tipo cão e gato!
West, o irmão de Devon juntamente com as gêmeas maluquinhas roubaram a cena. Foi muito bom ver o amadurecimento e a mudança de hábitos de West (ansiosa pelo livro dele), e digo que ele conseguiu me encantar mais do que o protagonista!
Outra coisa que gostei muito foi como a autora narrou as cenas de amor do casal, com uma linguagem bem poética, elegante e nada vulgar. E embora tenha relatado que eles tiveram relações algumas vezes, ela não narrou cada detalhe, como comumente vemos em outras obras. Ou seja, não ficou cansativo.
Porém devo admitir que achei o livro um pouco confuso. Acho que na tentativa de apresentar o casal do livro seguinte, a autora acabou extrapolando na exposição da relação, como se o livro tratasse de duas histórias paralelas (o que não é o caso). Então para mim, o livro só funcionou até um pouco depois da metade. Aí foi ladeira abaixo. Além da misturada de histórias, o final foi corrido e não fez jus a história do casal protagonista. Enfim, para a obra de início de uma série, não achei muito forte. Mas vou seguir com os demais livros, embora não esteja realmente empolgada pela história de Helen e Winterborne (já odeio milhões).
comentários(0)comente



Amanda Caldeira 21/06/2020

A mocinha deu uma desanimada, mas gostei!
Finalmente eu estou começando a coleção dos Ravenels da Lisa Kleypas. Há alguns anos eu venho enrolando para começar devido às críticas que li sobre esse primeiro, mas resolvi me arriscar e arriscar.
Bom, o livro conta história de Kathleen e Devon Ravenel, o atual conde a viúva do último conde de Trenear. Devon é um devasso, bon vivant e irresponsável que junto ao irmão West Ravenel, só quer saber de curtir a vida. Quando ele recebe uma missiva informando que seu odioso primo Theo morreu e ele é o próximo conde na linha de sucessão, ele se torna conde de Trenear.
Isso era tudo o que ele não precisava e nem queria. Ele parte com a firme intenção de vender tudo e viver seus dias como sempre viveu, mas chegando lá ele se depara com a viúva e as irmãs de Theo que o fazem pensar. Após alguns dias e algumas discussões com Kathleen, ele vai embora e decide que vai assumir as responsabilidades e dívidas daquele condado, apesar de toda dor de cabeça que terá.
Kathleen estava casada há 3 dias quando Theo sofreu o acidente e esses dias não foram nada felizes. Ela se culpa pelo acidente por terem discutido antes dele intempestivamente ter ido montar o cavalo árabe que ela estava treinando. Agora, ela está preocupa com suas cunhadas que não debutaram e podem perder sua casa a qualquer momento se aquele bárbaro do novo conde for metade do que pregam.
De cara eu peguei certa implicância com a Kathleen, muito chata e cheia de não me toques, mesmo com o passado de rejeição e restrições, ela não precisava ser tão chata. Ela parecia que ia explodir a qualquer momento e eu fiquei esperando por isso, mas ela só ficava naquele chove não molha se fazendo de durona e parecendo uma tia solteirona chata que normalmente aparecem no romance para te irritar.
Já Devon era completamente o oposto, cativante, carismático, até quando estava agindo como boy lixo que esses mocinhos costumam ser no começo. A interação dele com West e mais tarde com a Kat e as meninas, foi linda. E quando ele virou herói?! Nem vou comentar pra não estragar a leitura alheia, mas amei!
Enfim, acabei me interessando muito mais pelos personagens secundários ( como as gêmeas, West e o romance de Helen e Rhys) do que pelos próprios principais por causa da mocinha chatinha. Assim, falando desse jeito parece que o livro foi insuportável, não foi, eu gostei. Mas conhecendo outros livros da Lisa, ele acabou deixando um pouco a desejar. Agora vou começar o próximo, estou ansiosa por Helen e Rhys e mais ainda pelos que virão com as gêmeas e West *-*
Raphaela 21/06/2020minha estante
a série só melhora DE VDD, vai na fé


Amanda Caldeira 21/06/2020minha estante
Já notei nas primeiras páginas de Uma noiva para Winterborne! Estou amando ?




322 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 |