Odisséia

Odisséia Franz Kafka
Homero
Ruth Rocha




Resenhas - Odisséia


181 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 |


Paula.Souza 01/07/2020

Clássico
O livro narra a volta de Ulisses após a vitória na guerra de Tróia. A viagem dura 10 turbulentos anos com muitos acontecimentos. Durante todo o período Ulisses é acompanhado e protegido pela deusa Palas Atena, filha de Zeus! Um clássico que merece ser lido!
Carol M. 01/07/2020minha estante
Tenho essa versão também!! Amo




Rafael.Nascimento 01/07/2020

Clássico
Clássico maravilhoso, nos faz imergir na mitologia grega e adentrar na incrível jornada de Odissel voltando da guerra de Tróia. Para quem gosta de mitologia grega é uma obra imperdível.
comentários(0)comente



Jhoseli.Soares 03/06/2020

Resumido mas gostoso
Conta a história de Ulisses em seu retorno para Itica, de forma hiper resumida, mas em uma leitura gostosa que não se perde mesmo não contando tudo o que aconteceu em detalhes de seu retorno.

Achei resumido mas gostoso ??
comentários(0)comente



Luanna.Noronha 03/06/2020

Uma preparação
Sim, estou lendo adaptações infantojuvenis das obras clássicas kkk A idea é visitar todos os livros não lidos aqui de casa. Esse livrinho em prosa, ao contrário da obra original, conta a história de odisseu em ordem cronológica e pode ser um forma de entender o contexto da história antes de ler o clássico de Homero. Tem ainda ilustrações legais e comentários para entender o enredo.
comentários(0)comente



Lis 01/06/2020

Uma viagem ao passado
Deveria ser leitura obrigatória, para entendermos melhor sobre os deuses e o universo grego, que influenciam a arte e nossas vidas até hoje. Basta lembrar que até mesmo o nome americano comum Homer se refere ao Homero, o nome Ulisses é a versão latina de Odisseu, etc. A versão da Cosac Naify foi a que eu li, que possui uma linguagem mais fácil.

No auge do meu amadorismo, ousei discordar do prefácio e posfácio, que é de Kafka. Kafka diz que as sirenas não teriam cantado e que Odisseu dissimulou que estava sendo seduzido por elas. Duvido muitíssimo que tenha sido essa a intenção do autor/poeta/aedo. Não acredito que haja subjetividade no texto, que foi elaborado há mais de 20 séculos atrás para ser cantado durante banquetes, o que indica que provavelmente tinha a intenção de contar feitos heróicos e incríveis e instigar o temor aos deuses e divertir, com objetividade. Não vejo que tenha tido a intenção de incutir subjetividade, de interpretar se um feito ocorreu mesmo daquela forma ou se foi inventado por Odisseu, ou que deva ser interpretado como uma fábula ou uma alegoria. Ou seja, não creio que haja mais coisas para além da superfície. Para mim, it's what it's: uma narrativa épica.
comentários(0)comente



Maria Gabriela 31/05/2020

É um livro um pouco complicadinho de ler, principalmente por ser um poema épico, mas vale a pena ler
comentários(0)comente



Danápi 08/05/2020

Essencial
Certamente um dos livros mais impressionantes que eu já li. Essa Tradução de Carlos Alberto Nunes me pareceu bastante superior à outras que eu tentei por sua forma bela e harmônica de colocar as palavras.
comentários(0)comente



Eve Mota 07/05/2020

Muito maravilhoso
Eu sempre fui apaixonada por mitologia grega, então já é de se imaginar que eu amei esse, é incrível, perfeito.
comentários(0)comente



Thiago Peixoto 04/05/2020

Ler a Odisseia
A leitura da Odisseia também é também uma odisseia. Somos confrontados com a jornada de um herói que sabe o que é ser humano, que quer ser humano. Seu grande desejo é simples, mas o desafio que precisará enfrentar para alcançar o almejado será doloroso. A Odisseia é um desses livros que o ser humano precisa reler em diferentes momentos da vida, porque, conforme passam os anos, mais coisas descobrimos que ela possui para nos ensinar.
comentários(0)comente



Angel 29/04/2020

Os anos da vida de Ulisses em busca de retornar para sua pátria enchem os sonhos e os corações daqueles que gostam de grandes aventuras.
comentários(0)comente



Tábata 28/04/2020

Uma leitura mais fácil e rápida que a Ilíada, mas igualmente rica.
comentários(0)comente



Ana Flávia 25/04/2020

Esta epopeia conta-nos algumas das passagens do herói grego Ulisses depois de ter se desvencilhado da Guerra de Troia por infortúnios do seu destino com a ajuda dos deuses do Olimpo. Ulisses vai para Troia com seus companheiros a fim de guerrear contra os Troianos, deixando em Ítaca sua esposa, Penélope, e um filho, Telêmaco, recém-nascido.
Ulisses ficou preso por muitos anos na casa da ninfa Calipso, mas antes da ninfa lhe querer como esposo ele e os companheiros de navegação e de guerra chegaram à ilha dos ciclopes e o próprio Ulisses narra como escapou ao ciclope furando-lhe o olho e fugindo de sua caverna sobre as ovelhas do monstro. Ao perder os companheiros restantes em uma outra ilha por causa da fúria de um deus, Ulisses é levado pelo mar à Calipso que o mantém com ela por anos até que por ordem de Zeus, Atena informa-a de que deve deixá-lo voltar para Ítaca após 20 anos longe de sua família.
No caminho de volta Ulisses enfrenta a fúria de Poseidon e outras provações, além de ter de lidar com os pretendentes de sua esposa ao chegar em sua cidade, pois estes estavam a se banquetear as custas dos bens de Ulisses todos os dias e planejavam a morte de seu filho.
Muitos versos se repetem e a narrativa ao mesmo tempo que é instigante também se torna maçante, além de toda a dúvida existente sobre todos os versos erem sido escritos por Homero e se Ilíada e Odisseia realmente foram ambas escritas pelo mesmo autor.
A jornada de Ulisses é muio longa e a deusa Atena o ajudou em todas as suas batalhas, até à baixada de Hades ele vai. É uma bela narrativa para se entender um pouquinho de como era a crença na Grécia Antiga
comentários(0)comente



Bruno.Cajado 19/04/2020

As bases do Ocidente
Como um leitor "leigo", digo que não é de leitura fácil, diria até difícil, para alguém que não tá acostumado com poemas, épicos, e clássicos. A linguagem de 3000 anos atrás, todo o ambiente de deuses, de viagens, de sociedade trás um impacto incrível a obra, em que um spoiler em si não é tão importante assim (ademais, todos nós já sabemos um pouco dessa obra), obra essa que até hoje impacta a literatura.

Recomendo se você tiver tempo pra apreciar... A edição da CosacNaify é algo lindo demais, cheio de detalhes, da tradução à impressão, o que torna a obra mais especial ainda!
comentários(0)comente



Cdmm 15/04/2020

Menos árduo...
que a Ilíada. A tradução de Manoel Odorico Mendes é extremamente rebuscada.
comentários(0)comente



181 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 |