Fisiologia do Amor

Fisiologia do Amor Lyra Rocha




Resenhas - Fisiologia do Amor


61 encontrados | exibindo 1 a 16
1 | 2 | 3 | 4 | 5


mari 24/09/2021

Para sair da ressaca
Nesse livro conhecemos a cientista Cecília Perosini, mais conhecida como a “Doutora do Amor”, mas se você já está pensando que ela é dessas que se entregam em relacionamentos, saiba que está completamente enganado.
Nas primeiras linhas deste livro a Cecília já soltando a bomba: ela não acredita em alma gêmea e acha essa coisa de seguir o coração uma grande bobeira. Ela afirma com todas as letras que tudo é culpa dos hormônios biológicos e usa fatos científicos para comprovar que o tipo ideal de homem perfeito não deve ser aquele cara que seja bonito, forte e que muitos acham atraente.
Ela literalmente escolhe um cara tendo base cientificamente comprovada que ele seria o ideal para a vida em dois com ela dar certo. O problema, ou talvez a solução, é que Cecília conhece Bernardo, o novo estagiário que logo de cara deixa a coitada nervosa.
Ela o vê pela primeira vez quando, sem querer, os dois se esbarram na cantina. Obviamente, Cecília tenta se enganar e fugir, ela até fala pro Bernardo os motivos dela não ficar com ele (essa cena é hilária), mas ele está disposto a não sair de perto dela, sendo seu “amigo” (todo mundo sabe suas intenções mocinho). Chega um momento em que Cecília finalmente encara a realidade e decide dar uma chance aos dois.
Mas, nem tudo são flores. Bernardo não fala muito sobre sua vida pessoal e isso faz Cecília ficar cada vez mais insegura. Acho legal que eles chegam a conversar na primeira discussão que acontece por conta disso, mas isso não faz ela ficar mais segura já que acontece outra situação que vira tudo de cabeça para baixo.
Não posso esquecer de mencionar que Cecília está pesquisando uma forma de evitar efeitos colaterais desagradáveis de uma planta amazônica que pode ser utilizada para a cura do câncer. Essa pesquisa tinha sido testada por vários outros pesquisadores homens que desistiram do processo por ser algo muito caro e lento. E por isso muitos chegam a duvidar que o resultado seja positivo. Só que no final tudo dá certo.
Esse livro é maravilhoso, engraçado e romântico. Me envolveu na história dos dois e fiquei até querendo mais. A escrita também é muito boa e leve. Confesso que foi muito difícil escrever a resenha, pois toda hora lembrava das cenas e ficava horas parada rindo de algo bobo que acontecia entre os dois. Vale muito a pena ler.


site: www.instagram.com/quandoanoitecaiblog
comentários(0)comente



ana10carol 02/05/2021

Li este livro, pois sou tão racional quando Cecília e queria ver até onde o pensamento científico a respeito da fisiologia do amor iria sustentar o discurso da personagem. Claro que não vai muito adiante e isso fica claro ainda no início. kkkk Vemos a metódica cientista, com a vida planejada, se apaixonando pelo estereótipo que mais abomina. A leitura é bem água com açúcar e rápida.
comentários(0)comente



Nordestinas de Papel 13/04/2021

Leve, divertido e encantador.
A Fisiologia do amor é um daqueles livros que nos fazem dar um suspiro satisfeito ao final da leitura. É divertido, leve e muito amorzinho.

Cecília é uma personagem metódica que camufla as inseguranças com teorias e mais teorias científicas e nos rende muitos momentos "Aí meu Deus, Cecil!" ao longo do enredo, mas é compreensível porque muitas vezes, fazemos aquilo também. Somos teimosos e demoramos a compreender que nossas crenças podem ser "erradas" e que podemos confiar no coração ao invés do cérebro.

Bernardo é um amor e um poço de paciência. Exatamente tudo o que Cecilia precisava. O que torna o livro leve e muito cativante. É difícil não se encantar por ele, ou negar a química maravilhosa entre os dois ( lembrei mto de Rômulo Estrela e Grazi em Bom Sucesso. Aliás, Eles são meus avatares kkkkkk).

É uma história que vale a pena conhecer. Ansiosa pelos próximos livros dessa autora.
comentários(0)comente



Anne 09/03/2021

Eu amei como a autora conseguiu mostrar um pouco da dura realidade de ser um pesquisador em nosso país. Deu para perceber que a autora sabia mesmo sobre o que estava falando, em relação a parte fisiológica (tudo bem explicadinho) . A personagem Ceci é muito segura no que faz, porém é muito insegura na parte emocional. Entendi que era para mostrar que ela é imperfeita, porém às vezes deu uma vontade de entrar no livro e mandar ela parar , kkkkkk. Tem muitos momentos engraçados e muito também da nossa cultura brasileira. Merece ser lido
comentários(0)comente



Viviane 24/11/2020

My Bueno ?
No começo você até acha que é um livro super científico e tal, mas com o decorrer da leitura percebe que não. É diferenciado. As personagens são muito agradáveis e não é todo dia que encontramos um livro com um cenário como esse. Gostei bastante!
comentários(0)comente



Lívia 20/10/2020

Chato mas da pra ir até o final com esforço
A premissa é interessante porém o desenvolvimento, principalmente da personagem principal, achei muito chato.

Cecília é chata ao extremo e não achei que em nenhum momento a autora realmente conseguiu dar verdade a personagem isso somado a escrita da dela nas partes mais científicas também não ajudou para deixar a sua personagem menos chata.

Ela até tentou sair do básico e construir um clichê que funcionasse, pois desde as 5 primeiras páginas ja sabemos o livro todo mas não funcionou para mim.

A premissa era interessante até por eu mesma ser da área das biológicas e a escrita da autora é minimamente interessante também a ponto de conseguir nos levar até pelo menos 70% do livro, o resto eu fiz na famosa leitura dinâmica e pulando pois já não aguentava mais.
comentários(0)comente



Denise Gabrielle 21/09/2020

um livrinho bem sessão da tarde
Eu achei a proposta de Fisiologia do amor bem interessante e inusitada, é um livro bom para passar o tempo e ver um romancinho acontecer. Eu já havia previsto o plot, então não tive surpresas mas achei isso bem aceitável... afinal, gosto de finais felizes. A única coisa que me incomodou foi em certo momento da história que teve um chove não molha, mas é explícito na história que foi necessário.

Bernardo é maravilhoso, me apaixonei um pouco por ele. Há momentos super engraçados e também achei interessante algumas explicações de expressões do nosso cotidiano. Só senti falta de ressaltar mais o tema da pesquisa dela porque acabei me esquecendo ao longo do livro, só lembrei quando falaram novamente.
comentários(0)comente



Cia da Leitura 08/09/2020

Divertido e apaixonante
Cecília Perosine é professora e pesquisadora. Uma especialista nas armadilhas do amor, segundo ela, conhece todas as reações que a atração, amor e paixão despertam no corpo humano. Com suas teorias a respeito, muitas vezes era chamada para palestrar sobre o assunto, por isso é conhecida com Dra. Do Amor.
????
Como conhecedora e estudiosa do assunto acha ter total domínio de seus desejos. Com seus planos de par perfeito, acha ter a fórmula para conseguir um bom homem, sem ter seu coração partido no caminho. Acredita ter o encontrado em um colega de trabalho, mas sua teoria vai por terra quando surge tempestuosamente Bernardo, o novo aluno da faculdade e que irá estagiar algumas semanas em seu laboratório.
????
Bernardo está instigado com as teorias de Ceci, segundo ela homens bonitos e fortões são péssimos atributos para um bom homem, e ele está disposto a derrubar essa teoria.
????
Nesse caminho ela se depara em uma briga interna em manter suas teorias e não arder aos comandos de seu corpo, enquanto Bernardo contradiz a tudo que as pesquisas mostram. Determinado em ajudá-la em sua pesquisa, deixando Cecília ainda mais em indecisa em que caminho seguir, o das suas teorias ou do seu coração.
????
Esse é meu primeiro contato com a autora e confesso que fiquei fascinada com a história e a fluidez da escrita. Achei muito divertido desde o início e acompanhar todos os questionamentos internos de Ceci e suas inseguranças foi incrível!!!
????
Um livro muito gostosinho de ler, que me prendeu desde o primeiro capítulo! Afinal queria saber a fundo sobre as teorias doidas de Cecília!!
comentários(0)comente



Lizzie - @samurailiteraria 28/08/2020

"Ele não podia ficar ali, eu não queria ele ali. Todo o seu corpo piscava para mim um sinal de alerta enorme e me mostrava uma grande placa de “perigo”."
Em Fisiologia do Amor conhecemos a história da cientista Drª Cecília Perosini, conhecida com a Doutora do Amor, mas não por ser uma eterna amante, mas por acreditar que sua vida amorosa não poderia ser dirigida pelos hormônios e sim pela razão, fazendo cálculos para encontrar a pessoa certa com quem deveria se relacionar!
Cecília estava estudando uma planta amazônica, que poderia auxiliar na cura do câncer, mas que estava tendo alguns efeitos colaterais desagradáveis ao corpo, ela testava cada ativo da planta e buscava achar entre eles o que não causasse tais reações, mas isso acabava sendo um processo complicado e muito demorado, o que fazia com que ela temesse que seu projeto fosse cancelado pela universidade por não estar apresentando resultados tão facilmente quanto os outros. Mesmo sabendo o que seus colegas faziam e adulteravam para conseguir seus resultados, Cecília sempre seguiu pelo caminho da honestidade, fazendo todos os testes necessários e nunca usando produtos de má qualidade ou vencidos, mesmo isso tendo um custo maior e seu projeto não tendo tantos recursos financeiros assim, Cecília prezava pela honestidade e pelo verdadeiro resultado, mesmo se isso custasse seu pos-doc.
A vida de Cecília começa mudar quando Bernardo aparece em sua mesa no restaurante da universidade, um cara bonito, perfeito como ela diria, que por tudo que ela havia estudado ela sabia que era confusão na certa, alguém com quem ela nunca deveria se relacionar, e por quem ela sentiu atração no segundo em que o viu!!!
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
Eu adorei a leitura desse livro, mesmo tendo raiva da Cecília em alguns momentos, mesmo achando que o foco dela em seguir a razão a fazia ser cada vez mais irracional, muitas vezes a Ceci foi infantil e paranoica apenas pelo fato de que, pra ela, o Bernardo nunca poderia ser um homem fiel por ser bonito, pelo fato que sua aparência fazia dele uma pessoa sem caráter, que um homem com os mesmos atributos que ele nunca poderia ser fiel.
Mas também fiquei com raiva do Bernardo por todos os segredos que ele guardava dela, sabendo que ela era paranoica e que isso faria ela surtar! Mas quando ele explica os motivos de tantos segredos nós passamos a entender o lado dele melhor rs
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
Eu amei essa história, amei as reviravoltas e o rumo que a história tomou no final, achei incrível a redenção que ela teve e como, por mais que fosse quase impossível pra ela, ela foi atrás dele para pedir perdão e pedir uma nova chance, mesmo ela sabendo que não merecia, ela deu o braço a torcer e foi atrás do seu amor, aquele guiado pelos hormônios que ela não queria dar ouvidos nunca!
A escrita da Lyra é super fluida e envolvente, fazendo com que cada pagina me chamasse mais ainda pra próxima e não me deixasse largar o livro hahaha eu amei o livro e to super ansiosa pelos próximos dessa série 😍😍
comentários(0)comente



Luana.Tatsch 26/08/2020

Fisiologia do amor
Cecília é uma mulher prática e determinada que acredita ter controle sobre todos os acontecimentos da sua vida, mas ela vai aprender que os sentimentos ninguém controla.

Livro indicado para quem procura um romance clichê com uma leitura leve e divertida!
comentários(0)comente



Juliana.Tatsch 24/08/2020

Filosofia do Amor
Como é difícil o ser humano sair de sua zona de conforto, não é mesmo? Cecília mostra à ela mesma o quão difícil pode ser amar alguém que não é aceito pela ciência dela. E Bernardo um romântico apreciador da paciência .Esse livro tem aquele clichê romântico que todo bom leitor admira e gosta, além de ser divertido e leve!
comentários(0)comente



Lendocomamih 18/08/2020

Quote: ? ???? ?? ??????????, ???? ?????? ???????? ??? ?? ?????? ??? ???????????, ??????, ?????? ????? ??????? ???? ??????????? ? ?????.
??? ??? ???
Cecília Perosini é professora e pesquisadora. Sabe tudo sobre a fisiologia do ser humano durante o amor. Ela acredita que o coração saltitando, mãos suando e corpo tremendo é tudo resultado dos hormônios biológicos do nosso corpo. Cecília está disposta a usar seus conhecimentos para não ter o coração quebrado por nenhum homem e ainda provar sua teoria de que o homem perfeito está idealizado na sua mente. Nada de homens bonitos, atraentes e fortões. Mas o que fazer quando se conhece um homem que é exatamente tudo que ela sempre fugiu? Agora Cecília segue em um embate entre a razão e o coração.

Opinião: Cecília é uma mulher determinada e segura enquanto está na sua zona de conforto. Ela defende a unhas e dentes a sua teoria e se vê totalmente perdida e insegura quando conhece Bernardo, um cara que foge de todos os padrões de caras com quem ela pode vim a se relacionar. Logo que comecei a ler já achei a Cécilia louquinha de pedra então já me identifiquei logo kkkk. Cecília é uma personagem cativante e que mostra toda a sua paixão pela ciência, defendendo os seu ideias e lutando por aquilo que acredita. Já o Bernardo me conquistou pois sempre estava ao lado de Cecília apoiando-a na sua pesquisa e acreditando que daria certo (um fofo). Foi muito divertido ver a luta interna da Cecília, não sabendo se seguia seu coração ou se mantinha firme a sua teoria. E quando ela finalmente resolveu seguir seu coração confesso que ela me irritou com a sua insegurança, pois estava sempre fugindo e não deixando o Bernardo se explicar. Com personagens bem construídos e com uma escrita fluida, divertida e gostosa eu indico essa leitura para quem assim como eu ama um chick-lit.
comentários(0)comente



Let 13/08/2020

fofo demais
um livro para relaxar e esquecer dos problemas! Quero um bernado para mim, ele é tudo de bom!
comentários(0)comente



Carolina.Teixeira 03/08/2020

Razão e Emoção em foco
A velha teoria de que na verdade tudo é fisiológico e pode ser controlado é defendida sob unhas e dentes por Cecília - isso pode deixar ela um pouco não aceita pelos leitores, mas de verdade, faz bastante sentido com tudo que ela acredita tanto. E, no decorrer da história, vemos surgir uma nova Cecília. O livro não tem surpresas, como todo clichê que gostamos de ler para relaxar a cabeça, e dá para tirar algum aprendizado. Sempre dá. Como o fato de tomarmos cuidado em julgarmos os outros a partir de crenças (independente de quais e de qual área) que temos impregnadas em nossas vidas.
Eu me identifiquei com a personagem em vários aspectos, o que me deixou bem confortável com a leitura - mas muitas colegas no #clubedeleituraemcasa não gostaram muito de Cecília. Já o personagem masculino, sem comentário né, só suspiros. Apesar de achar que ele podia ter falado uma coisinha ou outra só para ganhar a confiança. Enfim. Eu gostei! Eu gostei de verdade.
Para algumas pessoas o vocabulário incomodou um bocado. Então, se for arriscar ler, já saiba que não tem nada requintado ou estiloso é basicão - em alguns casos até colonial demais.

site: https://bit.ly/livrofisiologiadoamor
comentários(0)comente



mandinha 30/07/2020

Clichê romântico
De inicio demorei a me envolver na história. Ceci não me cativava! Até que conheci o Bê o que me fez dar mais uma chance a Cecília. Uma leitura rapidinha,
ótimo para quem gosta de ler entre lugares (viagens de ônibus e afins)
comentários(0)comente



61 encontrados | exibindo 1 a 16
1 | 2 | 3 | 4 | 5


Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com a Política de Privacidade. ACEITAR